Chlorella Green Gem Pelo menor Preço Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 2 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
10 estudos científicos que provam que os transgênicos são prejudiciais á saúde humana
17-09-2014, 12:23 AM
Resposta: #1
10 estudos científicos que provam que os transgênicos são prejudiciais á saúde humana
1.Várias toxinas originárias dos OGM foram detectadas em sangue materno e fetal

Pesquisas no Canadá (as primeiras deste tipo) identificaram com sucesso a presença de pesticidas associados a alimentos geneticamente modificados no sangue materno, fetal e em mulheres não grávidas. Também descobriram a presença da toxina Bt da Monsanto. O estudo foi publicado na revista Reproductive Toxicology em 2011. Pode ler o estudo completo aqui (Inglês).

Citar:“Dada a potencial toxicidade desses poluentes ambientais e à fragilidade do feto, são necessários mais estudos, principalmente os que utilizam a abordagem da transferência placentária. Assim, os nossos resultados actuais fornecerão informação base para futuros estudos que explorem a nova área da investigação relacionada com a nutrição, toxicologia e reprodução nas mulheres. Hoje, as perturbações obstétricas e ginecológicas que são associadas a compostos químicos ambientais não são conhecidos. Assim, sabendo a actual concentração de alimentos geneticamente modificados em humanos, constitui uma pedra angular no avanço da pesquisa nesta área “.

O estudo utilizou amostras de sangue de trinta mulheres que estavam grávidas e de trinta mulheres que não estavam. Também realçou que o feto é considerado ser altamente suscetível aos efeitos adversos dos xenobióticos (substância química externa encontrada dentro de um organismo que não é produzido naturalmente). É por isso que o estudo enfatiza que é crucial saber-se mais sobre os OGM, porque os agentes ambientais podem perturbar os eventos biológicos necessários à garantia do crescimento e e desenvolvimento normal.

[Imagem: TRANSGENICOS.jpg]


2. O DNA das culturas geneticamente modificadas pode ser transferido para os seres humanos que as comem

Num novo estudo publicado na Public Library of Science (PLoS), os pesquisadores enfatizam que existem provas suficientes de que os fragmentos de DNA derivados de alimentos carregam genes completos que podem entrar no sistema de circulação humana através de um mecanismo desconhecido .

Numa das amostras de sangue a concentração relativa do ADN da planta era maior do que o ADN humano. O estudo foi baseado na análise de mais de 1000 amostras humanas de quatro estudos independentes. PLOS é uma revista científica de acesso livre, bem respeitada e revisada, que abrange a pesquisa primária de disciplinas dentro da ciência e medicina. É muito bom ver este estudo publicado na mesma, confirmando o que muitos já há anos suspeitavam.

Citar:“A nossa corrente sanguínea é considerada ser um ambiente bem separado do mundo exterior e do tracto digestivo. De acordo com o paradigma padrão, grandes macromoléculas consumidas em alimentos, não podem passar directamente para o sistema circulatório. Durante a digestão, pensa-se que as proteínas e o DNA, degradam em pequenos componentes, aminoácidos e ácidos nucleicos, respectivamente, e, de seguida são absorvidos por um processo activo complexo e distribuídos para várias partes do corpo através do sistema circulatório. Aqui e com base na análise de mais de 1000 amostras humanas de quatro estudos independentes, relatamos a evidência de que os fragmentos de DNA derivados da alimentação, são suficiente grandes para transportarem os genes completos, podem evitar a degradação e por meio de um mecanismo desconhecido podem entrar no sistema circulatório humano. Numa das amostras de sangue, a concentração relativa do ADN da planta era maior do que o ADN humano. A concentração do DNA da planta mostra uma surpreendentemente e precisa distribuição normal nas amostras de plasma, enquanto a amostra não-plasma (sangue do cordão umbilical) estava livre do DNA da planta. ”

3. Novo estudo liga os OGM aos distúrbios de glúten que afectam 18 milhões de americanos

Este estudo foi recentemente divulgado pelo Institute for Responsible Technology (IRT), e usa dados do Departamento de Agricultura, Agência de Protecção Ambiental dos EUA, opiniões de médicos publicadas em jornais, bem como outras pesquisas independentes. Os autores relacionam os alimentos geneticamente modificados a cinco condições que podem desencadear ou agravar transtornos relacionados com ao glúten, incluindo a desordem auto-imune, a doença celíaca:

Permeabilidade intestinal

Desequilíbrio de bactérias do intestino

Ativação imune e resposta alérgica

Digestão prejudicada

Danos à parede intestinal

O Institute for Responsible Technology (IRT), é líder mundial na educação de decisores políticos e público sobre alimentos transgénicos e sementes. O instituto informa e investiga o impacto que os alimentos transgênicos podem ter na saúde, no meio ambiente, agricultura e muito mais.

4. Estudo liga milho geneticamente modificado a tumores em ratos

Em Novembro de 2012, o Journal of Food and Chemical Toxicology publicou um artigo intitulado ‘Long term toxicity of a Roundup herbicide and a Roundup-tolerant genetically modified maize’ (“toxicidade a longo prazo do herbicida Roundup e a tolerância ao Roundup do milho geneticamente modificado, NdT”), de Gilles-Eric Seralini e sua equipe de pesquisadores da Universidade de Caen na França.

Foi um estudo muito significativo, o que, obviamente, não parece bom para as grandes empresas bio-tecnológicas como a Monsanto, sendo o primeiro e único estudo a longo prazo sob condições controladas a analisar os possíveis efeitos de uma dieta de milho OGM tratado com o herbicida Roundup da Monsanto.

Este estudo já foi recolhido, o que é estranho, pois a revista cientifica onde foi publicado é revisada, muito conhecida e respeitável. Para um estudo poder ser publicado nela, tem que passar por um rigoroso processo de revisão.

Também é importante observar que centenas de cientistas de todo o mundo condenaram a retracção do estudo. Este estudo foi realizado por especialistas, e a correlação entre os OGM e estes tumores não pode ser negada, algo aconteceu.

As múltiplas críticas do estudo também foram atendidas pela equipe de pesquisadores que o conduziram. Pode ler e saber mais sobre o estudo aqui (Inglês).

5. Glifosato induz o crescimento de células do cancro da mama humano através da via de receptores de estrógeno

O estudo está publicado na US National Library of Medicine e em breve será publicado na revista Food and Chemical Toxicology. Estudos recentes evidenciam o potencial do glifosato ser um desregulador endócrino. Desreguladores endócrinos são substâncias químicas que podem interferir com o sistema hormonal nos mamíferos. Estes desreguladores podem causar distúrbios de desenvolvimento, defeitos de nascimento e tumores cancerígenos.

Citar:O glifosato exerce efeitos proliferativos apenas no cancro de mama hormonal-dependente humano. Descobrimos que o glifosato apresenta uma atividade estrogênica mais fraca que o estradiol. Além disso, este estudo demonstrou os efeitos aditivo estrogênico do glifosato e genisteína, o que implica que o uso de produtos de soja contaminados, como suplementos alimentares, pode representar um risco de cancro de mama por causa de seu potencial aditivo estrogênico.

Os pesquisadores também determinaram que o Roundup da Monsanto é considerado um “xenoestrogen”, isto é, uma hormona externa que imita o estrogénio real nos nossos corpos. Isto pode causar um número de problemas, onde se inclui um aumento do risco de vários cancros, início precoce da puberdade, problemas na tiroide, infertilidade e muito mais.

6. Glifosato associado a defeitos de recém nascidos

Um grupo de cientistas reuniu uma ampla revisão dos dados existentes, onde mostra como os reguladores europeus têm conhecimento, pelo menos desde 2002, que o glifosato da Monsanto provoca uma série de malformações congénitas. Veja o documentário "O Mundo segundo a Monsanto - O Documentário que denuncia a gigante dos transgénicos". Os reguladores enganam o público sobre a segurança do glifosato, o Departamento Federal de Defesa do Consumidor e da Segurança Alimentar da Alemanha disse à Comissão Europeia que não havia evidências que sugiram que o glifosato cause malformações.

A avaliação que fizemos às evidências leva-nos à conclusão de que a aprovação atual do glifosato e do Roundup é imperfeita e confiável. Neste relatório, analisamos os estudos da indústria e os documentos regulatórios que levaram à aprovação do glifosato. Mostramos que a indústria e os reguladores já sabiam em 1980 e 1990 que o glifosato causa malformações – mas a informação não foi tornada pública. Demonstramos ainda que como os reguladores da UE fundamentaram o seu caminho, a partir de claras evidências da teratogenicidade do glifosato feitas em estudos próprios da indústria, concluímos que minimizaram essas conclusões no relatório da avaliação final da Comissão da União Europeia

Apresentamos o resumo do relatório:

Várias literaturas científicas revisadas, documentam que o glifosato acarreta graves riscos para a saúde.

A indústria (incluindo a Monsanto) sabe desde os anos 80, que o glifosato em doses elevadas, causa malformações em animais de laboratório.

A indústria tem conhecimento desde 1993 que esses efeitos também podem ocorrer em doses mais baixas e médias.

O governo alemão tem conhecimento, pelo menos desde 1998, que o glifosato causa malformações.

Um painel de peritos científicos da Comissão da EU, sabia em 1999 que o glifosato causa malformações.

A Comissão Europeia tem conhecimento, desde 2002, que o glifosato causa malformações. Esse foi o ano em que a divisão da DG SANCO publicou o seu relatório final de avaliação, estabelecendo uma base para a aprovação atual do glifosato.
Outro estudo publicado pela Sociedade Americana de Química, da Universidade de Buenos Aires, Argentina, também mostrou que o glifosato pode causar anormalidades.

O efeito direto do glifosato sobre os primeiros mecanismos da morfogênese em embriões de vertebrados abre preocupações sobre os achados clínicos acerca da descendência humana em populações expostas ao glifosato em áreas agrícolas

7. Estudos ligam o Glifosato ao autismo, Parkinson e Alzheimer

Quando ingerimos glifosato, estamos na essência a alterar a química do nosso corpo. É não natural e o corpo não entra em ressonância com ele. O P450 (CYP), a sinalização do gene é interrompida quando o corpo tem glifosato. P450 cria enzimas que auxiliam a formação das moléculas nas células, bem como as dividem. Enzimas CYP são abundantes e têm muitas funções importantes. Elas são responsáveis ​​pela desintoxicação de xenobióticos do corpo, coisas como os vários químicos encontrados em pesticidas, medicamentos e carcinógenos químicos. O glifosato inibe as enzimas CYP. A sinalização CYP é fundamental para o funcionamento normal e natural dos vários sistemas biológicos dentro dos nossos corpos. Como os humanos que estiveram expostos ao glifosato têm uma queda nos níveis do triptofano de aminoácidos, não têm a sinalização activa necessária do neurotransmissor serotonina o qual está associado com o aumento de peso, depressão e doença de Alzheimer.

8. Doentes crónicos têm níveis de glifosato maiores que os seres humanos saudáveis

Um novo estudo da Alemanha conclui que os resíduo de glifosato podem chegar aos seres humanos e animais através da alimentação e podem ser excretados na urina. Ele descreve como a presença de glifosato na urina e a sua acumulação nos tecidos animais é alarmante, mesmo em baixas concentrações.

Até aos dias de hoje, a Monsanto continua a anunciar seus produtos Roundup como amigos do ambiente e afirma que nem os animais nem os seres humanos são afetados por esta toxina. Os ambientalistas, veterinários, médicos e cientistas no entanto, têm levantado crescentes alarmes sobre o perigo do glifosato na cadeia alimentar humana e animal, bem como no meio ambiente. O facto do glifosato ter sido encontrado em animais e seres humanos é de grande preocupação. Na busca das causas de doenças graves encontradas em rebanhos inteiros de animais no norte da Alemanha, especialmente em gado, o glifosato tem sido repetidamente detectado na urina, fezes, leite e alimentação dos animais. Ainda mais alarmante, o glifosato foi detectado na urina dos agricultores.

9. Estudos ligam a alimentação OGM dos animais, à graves inflamações do estômago e alargamento do útero em porcos

Um estudo realizado pela cientista Judy Carman, PhD, que recentemente foi publicado na revista revisada, Organic Systems, descreve os efeitos da dieta mista com ração OGM em porcos, e como tal é motivo de preocupação quando se trata de saúde. Os cientistas aleatoriamente alimentaram porcos com mistura de soja GM e milho GM durante 23 semanas (nada fora do comum para a maioria dos porcos nos Estados Unidos), o qual é, infelizmente, o tempo de vida normal de um porco comercial do desmame ao abate. Números iguais de machos e fêmeas estavam em cada grupo. A dieta GM foi associada a diferenças gástricas e uterinas nos suínos. Os porcos transgénicos tinham úteros 25% mais pesados do que os suínos alimentados com produtos não GM. Os porcos alimentados com produtos GM tiveram uma taxa maior de inflamações graves no estômago, com uma taxa de 32% em comparação com os 125 de suínos alimentados com produtos não GM.

O estudo conclui que os suínos alimentados com a dieta OGM exibiram úteros mais pesados e uma maior taxa de inflamações graves no estômago do que os porcos que não foram alimentados com a dieta GM. Como a utilização de alimentos transgénicos para gado e seres humanos está tão difundida, este é definitivamente um outro motivo de preocupação quando se trata do consumo OGM. Os seres humanos têm um trato gastrointestinal semelhante aos porcos, e essas culturas GM são amplamente consumidas por pessoas, especialmente nos Estados Unidos.

10. A avaliação de risco dos OGM é baseada em muito poucas evidências científicas no sentido de que os métodos de ensaio recomendados não são suficientes para garantir a segurança.

Inúmeras vezes foram detectadas anomalias relacionadas com os testes aos alimentos geneticamente modificados.

Citar:As primeiras orientações foram originalmente concebidas para regular a introdução dos micróbios e plantas geneticamente modificadas no meio ambiente, sem se ter a atenção às questões da segurança alimentar. No entanto, as mesmas têm sido amplamente citadas ao serem adicionadas como suporte científico oficial na avaliação da segurança alimentar. Além disso, a Declaração da Política liberada pela Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos, que presuntivamente reconhece os alimentos transgénicos como GRAS ( geralmente reconhecidas como seguras), foi preparada enquanto haviam directrizes críticas elaboradas pelo International Life Sciences Institute Europe, FAO e WHO, que recomendavam que a avaliação da segurança deveria basear-se no conceito da equivalência substancial, considerando os parâmetros como a caracterização molecular, características fenotípicas, nutrientes essenciais, tóxicos e alérgenos. Desde 2003, as normas oficiais para a avaliação da segurança alimentar foram publicados pela Comissão do Codex Alimentarius da FAO / OMS . Comentários publicados com cerca de 25 estudos revisados ​​por especialistas descobriram que, apesar das orientações, a avaliação do risco dos alimentos geneticamente modificados não seguiu o protótipo definido .

“A avaliação de risco das culturas geneticamente modificados para a alimentação humana e sua saúde não tem sido sistemática. As avaliações para cada cultura GM ou traço foram realizadas usando períodos de alimentação diferentes, modelos de animais e parâmetros. Os resultados mais comuns dizem que as GM e as fontes convencionais incluem um desempenho nutricional e crescimento semelhantes nos animais. No entanto, têm sido relatos efeitos microscópicos e moleculares adversos de alguns alimentos transgénicos em diferentes órgãos ou tecidos. Enquanto actualmente não existirem métodos padronizados para avaliar a segurança dos alimentos geneticamente modificados, as tentativas no sentido da harmonização estão a caminho. Mais esforço científico é necessário, a fim de construir a confiança na avaliação e aceitação dos alimentos GM.”

Então, se alguém lhe disser que os OGM são completamente seguros para o consumo, não é verdade. Nós, simplesmente não sabemos o suficiente sobre eles para fazer uma afirmação tão definitiva. Atualmente um monte de evidências apontam para o contrário.

Fontes: A Arte da Omissao

Em Inglês : https://www.uclm.es/Actividades/reposito...1_4666.pdf

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19146501

http://www.plosone.org/article/info%3Ado...ne.0069805

http://rt.com/usa/gmo-gluten-sensitivity-trigger-343/

http://responsibletechnology.org/media/i..._11_25.pdf

http://www.sciencedirect.com/science/art...1512005637

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23756170

http://earthopensource.org/files/pdfs/Ro...ectsv5.pdf

http://pubs.acs.org/doi/abs/10.1021/tx1001749

http://www.mdpi.com/1099-4300/15/4/1416

http://omicsonline.org/open-access/detec...000210.pdf

http://www.organic-systems.org/journal/81/8106.pdf

http://static.aboca.com/www.aboca.com/fi...rition.pdf

http://www.centerforfoodsafety.org/files/bger-paper.pdf

http://sembremvalles.files.wordpress.com...ercent.pdf

"O homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens." Apóstolo Paulo
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Peregrino pelo seu post:
apeofgod (17-09-2014), Javelin (17-09-2014), Mediador (17-09-2014)
Você encontra o Sal Rosa do Himalaya pelo menor preço na Tudo Saudável
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Efeitos dos Transgênicos na Saúde Antonio Martins 21 28,457 12-05-2017 04:35 PM
Última Resposta: ruicoelho
  Monitoramento de Alimentos Prejudiciais a Saúde Anonymous_T.ron 5 1,557 22-03-2017 10:45 PM
Última Resposta: Anonymous_T.ron
  Senadores Recebem Parecer Técnico Contra Fim da Rotulagem dos Transgênicos admin 7 2,669 03-04-2016 02:40 PM
Última Resposta: John Dickinson
  Ex-cientista dos Transgênicos Expõe as Mentiras e Propaganda da Indústria admin 3 1,891 02-03-2016 06:11 PM
Última Resposta: Acacia
  Brasileiro bebe cerveja com até 45% de milho (transgênicos!?) Jeyjin 5 17,326 01-01-2016 08:03 PM
Última Resposta: John Dickinson

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 146 usuários online.
» 4 Membros | 142 Visitantes
Cimberley Cáspio, marcosarierom, robertaocontagem

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,580
» Último Membro: uendel
» Tópicos do Fórum: 25,365
» Respostas do Fórum: 270,636

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Daciolo denuncia Nova Ordem Mundial e pede volta de voto em papel em debate
Última Resposta Por: Bruna T
Hoje 05:01 PM
» Respostas: 29
» Visualizações: 882
Daciolo contra a NOM: futuro Presidente!
Última Resposta Por: draggy29
Hoje 04:47 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 192
Pó de macaco: uma nova droga que está criando 'zumbis' na Inglaterra.
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Hoje 04:44 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 43
Desemprego em escala mundial: o lado sombrio da IA.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 04:30 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 12
Alguns pontos da entrevista do Bolsonaro na Globo News
Última Resposta Por: marcosarierom
Hoje 03:29 PM
» Respostas: 124
» Visualizações: 7537
Após conflito, 1.200 venezuelanos deixam Roraima
Última Resposta Por: Beobachter
Hoje 03:21 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 193
Esquerdopatas, petralhas e bolsominions: como não inviabilizar um debate
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Hoje 03:13 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 493
O que a China faz com quem fala contra: invadem sua casa, ameaçam...
Última Resposta Por: Binho C.R.
Hoje 11:55 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 97
A Justiça Eleitoral não admite que ela seja fiscalizada
Última Resposta Por: Bruna T
Hoje 11:27 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 69
Draconianos, quem são?
Última Resposta Por: uendel
Hoje 11:24 AM
» Respostas: 26
» Visualizações: 22603
O Mito da Urna Eletrônica
Última Resposta Por: Bruna T
Hoje 11:18 AM
» Respostas: 7
» Visualizações: 2397
A arrogância americana & a sabedoria de Sun Tzu
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 10:25 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 127
A verdade sobre a Vida, Reptilianos, a antiga e nova NOM [ MATERIA MUITO GRANDE ]
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 02:35 AM
» Respostas: 21
» Visualizações: 18788
Polônia deporta presidente do George Soros Open Dialog Foundation
Última Resposta Por: Bruna T
Hoje 12:07 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 71
Os cegos, os surdos, os mudos e os roucos
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 11:34 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 78
Donald Trump acredita que não precisamos mais conservar petróleo
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 11:29 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 75
Em Portugal, brasileiros pedem ajuda para voltar ao Brasil.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 10:10 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 223
10 fotos revelam as quantias de dinheiro que os venezuelanos precisam para comprar
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 09:54 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 122
Especialistas apontam ilegalidades do projeto de securitização da dívida
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 08:34 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 63
Inteligência chinesa executou mais de 30 agentes da CIA e destruiu a rede americana .
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 07:23 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 116
Índios e agronegócio: em toda guerra, a criança é a vítima principal.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 03:15 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 65
Eu tomo Cloreto de Magnésio P. A. e já me sinto melhor
Última Resposta Por: Paulo2011
Ontem 02:40 PM
» Respostas: 232
» Visualizações: 596752
É fundamental e patriótico limpar o nome dos brasileiros no SPC e SERASA.
Última Resposta Por: ULTRON
Ontem 11:43 AM
» Respostas: 8
» Visualizações: 432
Chefe do Pentágono visita o Brasil em missão para conter influência chinesa
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Ontem 09:54 AM
» Respostas: 3
» Visualizações: 318
I.A, singularity, cripto-moedas e blockchain = Sistema da Besta
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Ontem 09:52 AM
» Respostas: 40
» Visualizações: 6137
A festa acabou: abastecer o carro elétrico é mais caro que o diesel
Última Resposta Por: Bruna T
19-08-2018 11:25 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 471
Trump corta verba para ONU, o que afeta escolas e clínicas em Gaza
Última Resposta Por: Binho C.R.
19-08-2018 11:02 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 184
Lula em 2009: “É preciso construir uma Nova Ordem Mundial”
Última Resposta Por: Bruna T
19-08-2018 10:54 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 118
Sul-coreanos se preparam para rever parentes do Norte
Última Resposta Por: Bruna T
19-08-2018 10:43 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 47
Irã anuncia nova arma "contra EUA e Israel"
Última Resposta Por: Bruna T
19-08-2018 10:35 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 129

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial