Compre Spirulina e Chlorella da OceanDrop na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 2 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
A Ganância no Empreendedorismo
09-12-2016, 12:26 PM (Resposta editada pela última vez em: 09-12-2016 12:28 PM por dementador.)
Resposta: #31
RE: A Ganância no Empreendedorismo
(09-12-2016 11:33 AM)Xevious Escreveu:  Mas ocorrem privilégios, corrupções, pré-conceitos e outros desvios morais.
E não são poucos..

Eu vejo situações assim, dezenas de vezes a cada ano..

Gostaria de decreter uma pena de morte instantânea, toda vez que visse algo assim acontecendo.

Procure ler livros sobre empreendedorismo, existem milhares de histórias de pessoas que eram extremamente pobres e vulneráveis e diante de todas as dificuldades da vida, ficaram milionárias. Não estou dizendo que é fácil e qualquer um pode ficar, mas a chance está ai para todos que quiserem pagar o preço que o capitalismo cobra.

Ex-camelôs faturam cerca de R$ 10 milhões por mês no RS e se tornam sucesso empresarial

Agora, você acha justo fazer um prova para concurso público onde mais de 1000 pessoas concorrem a 1 vaga?

Para mim é um péssimo sintoma de como está a economia, parecem mais pessoas tentando se salvar do inferno que ficou o setor privado após a ingerência do setor público.

Quando você olha os benefícios abaixo, também pensa em decreter uma pena de morte instantânea, toda vez que visse algo assim acontecendo?

[Imagem: 0yKOip5.jpg]

Angry Deixe fluir o ódio através de você...
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Conheça os Benefícios do Matcha
09-12-2016, 12:29 PM
Resposta: #32
RE: A Ganância no Empreendedorismo
Até tive que agradecer verbalmente @Xevious, a realidade é bem essa mesmo.
Infelizmente quem nasce do lado certo da cerca, ou está um pouco melhor hoje, finge não ver.

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Koshilo Kashin Bokai pelo seu post:
Anonymous_T.ron (12-12-2016), Xevious (13-12-2016)
09-12-2016, 08:51 PM
Resposta: #33
RE: A Ganância no Empreendedorismo
https://www.youtube.com/watch?v=0iKcYVePDDY

Povo medíocre. A 5 ou 6 anos atrás eu avisei que iria dar *****. A *orra do lula pegou dinheiro emprestado e em vez de colocar em áreas estratégicas do país para criar um desenvolvimento sustentável (ENERGIA - DEFESA - TECNOLOGIA SAUDE) FORTALECE A NAÇÃO. Oque o merdão fez??? Construiu estádios de Futebol Olimpidas deu dinheiro a rodo para o carnaval se aliou as Farc uma organização do narcotráfico. Abriu o rabo pros amiguinhos comunistas da China querem oque agora? Que o babaca micro empresário pague??? E o pior vai vir ano que vem se ta ruim??? vocês não viram nada .A china agora entrou com recurso na OMC para acabar com a sobretaxa Brasileira sobre seus produtos. Ou seja vocês vão ter de trabalhar 16 horas por um mínimo e sem mais...Se quiserem ter trabalho se é que vai ter algum trabalho, porque prevejo uma quebradeira geral da indústria nacional. O empresário nacional além de ter que enfrentar uma concorrência ferrenha internacional ainda tenque lidar com um povo ignorante, vendido, mentiroso, mal agradecido, INVEJOSO. É oque tem muito aqui neste fórum, Fracassados que não vão a lugar algum e culpam e tentam derrubar quem ainda tenta fazer algo por esse paisinho mulambento. é chamado de rascista, xenófobo. Será que não enchergam que é a pátria que está a ser entregue.

http://exame.abril.com.br/economia/china...no-brasil/

http://istoe.com.br/80063_TERRAS+BRASILE...RANGEIRAS/
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Bill Goldberg pelo seu post:
Anonymous_T.ron (12-12-2016), ObservadorInfo (14-12-2016)
09-12-2016, 09:22 PM
Resposta: #34
RE: A Ganância no Empreendedorismo
Em breve com o fim do $$$$$$ papel, boa parte dessa ganancia vai acabar ...

Fora Temeroso, governo dos idiotizados pela mídia !

Governo do Mal lavado não me representa tal qual não me representava o governo dos Sujos ...
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a paupau pelo seu post:
Anonymous_T.ron (12-12-2016), dementador (10-12-2016)
Desodorante Bion Vitta sem Alumínio ou Triclosan Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
12-12-2016, 03:22 PM (Resposta editada pela última vez em: 12-12-2016 03:44 PM por Peter Joseph.)
Resposta: #35
RE: A Ganância no Empreendedorismo
(07-12-2016 10:16 PM)lipenur Escreveu:  
(07-12-2016 02:25 PM)Peter Joseph Escreveu:  
(07-12-2016 11:36 AM)dementador Escreveu:  
(06-12-2016 05:31 PM)Peter Joseph Escreveu:  Empreendedores/Capitalistas não gostarem de leis trabalhistas é fácil entender, pois já que o capitalismo funciona basicamente com a exploração de trabalho assalariado, quanto menos leis protegendo os trabalhadores mais fácil fica explorá-los e, assim, mais lucro se obtêm.

Sim, nós Empreendedores/Capitalistas somos os bandidos que só exploram e destroem tudo, só me responde a pergunta do Snoop Dogg brasileiro abaixo:

Na verdade, o capitalismo é o problema e não o capitalista. Este ultimo só é reflexo do primeiro (ser humano fruto do ambiente).

Já não precisamos mais deste sistema onde se vive de explorar o outro e de destruir a biosfera terrestre. Deve acabar o mais rápido possível, para o bem da humanidade.



E qual seria esse sistema? Tribo indígena?

==>> https://www.youtube.com/watch?v=1j65XfwY5dM

Para maiores detalhes ==>> http://www.umanovaformadepensar.com.br

(08-12-2016 11:19 AM)Xevious Escreveu:  
(07-12-2016 02:25 PM)Peter Joseph Escreveu:  Na verdade, o capitalismo é o problema e não o capitalista. Este ultimo só é reflexo do primeiro (ser humano fruto do ambiente).
Algumas frases que li hoje de um artigo recente feito por Stephen Hawking

Stephen Hawking Escreveu:Vivemos num mundo de desigualdade financeira cada vez maior, e não menor, onde muitas pessoas podem ver não apenas seu padrão de vida, mas sua capacidade de ganhar a vida, desaparecendo.

Stephen Hawking Escreveu:Com recursos cada vez mais concentrados nas mãos de poucos, vamos ter que aprender a compartilhar muito mais do que no presente.

Resumidamente, ele afirma que a oportunidade que poucos tem de elevar em muito seus lucros graças a tecnologia, causará que teremos que sustentar bilhões de pessoas desocupadas.

Seria mesmo esta a melhor alternativa?

Conteúdo completo da matéria esta aqui => http://noticia-final.blogspot.com.br/201...media.html

A atual evolução tenológica não pode ser comportada pelo capitalismo. Ele não suporta tamanha abundância e entra em contradição. O que devemos fazer é automatizar tudo e deixar as pessoas só fazerem o que gostam por paixão, ajudando assim a sociedade, de forma espontânea, já que suas necessidades básicas já terão sido atendidas pelas maquinas de forma automática.

(08-12-2016 11:19 AM)Xevious Escreveu:  
(07-12-2016 10:16 PM)lipenur Escreveu:  E qual seria esse sistema? Tribo indígena?

O próprio capitalísmo, mas de forma auto-sustentável

O problema é que o capitalismo é incompatível com sustentabilidade social ou ecológica. É como plantar chuchu e querer colher morangos. É fisicamente/materialmente impossível torná-lo sustentável.

(09-12-2016 12:26 PM)dementador Escreveu:  
(09-12-2016 11:33 AM)Xevious Escreveu:  Mas ocorrem privilégios, corrupções, pré-conceitos e outros desvios morais.
E não são poucos..

Eu vejo situações assim, dezenas de vezes a cada ano..

Gostaria de decreter uma pena de morte instantânea, toda vez que visse algo assim acontecendo.

Procure ler livros sobre empreendedorismo, existem milhares de histórias de pessoas que eram extremamente pobres e vulneráveis e diante de todas as dificuldades da vida, ficaram milionárias. Não estou dizendo que é fácil e qualquer um pode ficar, mas a chance está ai para todos que quiserem pagar o preço que o capitalismo cobra.

Isto são apenas exceções, considerando as bilhões de pessoas no mundo. A estatísticas não mentem, o mobilidade econômica no mundo é muito baixa. A gigantesca maioria das pessoas irá morrer nas mesma classe social em que nasceu, esta é a realidade. Pegar exceções e querer usar como regra não muda a realidade. Não existe essa de que a maioria é vagabunda.

É fisicamente impossível todos se darem bem no capitalismo. Para que uns ganhem muito, muitos outros terão que ser explorados e estar na pobreza. Não há como estender as benesses do capitalismo para toda a humanidade.

E mesmo que se por milagre fosse possível todos serem ricos, você mesmo disse, nem todos estão dispostos a pagar o preço imposto pelo sistema. E que liberdade seria esta onde, para se ter qualidade de vida, sou forçado a fazer e pensar como mé é determinado (ditadura)?

A meritocracia, além de ser uma piada, ainda é ineficiente: http://blog.movimentozeitgeist.com.br/meritocracia/
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Peter Joseph pelo seu post:
Anonymous_T.ron (12-12-2016), Koshilo Kashin Bokai (13-12-2016)
13-12-2016, 01:45 PM
Resposta: #36
RE: A Ganância no Empreendedorismo
(09-12-2016 12:26 PM)dementador Escreveu:  Quando você olha os benefícios abaixo, também pensa em decreter uma pena de morte instantânea, toda vez que visse algo assim acontecendo?
Ok, mas coisas assim estão sendo bastante consideradas hoje em dia

Por exemplo na Grécia, os benefícios e privilégios dos funcionários públicos eram absurdas, além das aposentadorias com salários acumulados e com pouca idade.

Hoje os governantes sabem que esse tipo de coisa não da mais certo.

Este é um dos motivos dos aumentos constantes das terceirizações.
E criações de autarquias público-privadas.

No Brasil (assim como na Grécia e em todo o resto) o funcionalísmo conseguiu privilégios porque como eles estavam "dentro" do "sistema".

E no governo, afinal quem paga na verdade é sempre o próximo governo.

ISTO é uma das coisas que tem que mudar, nada contra os funcionários públicos, mas é que TEMOS QUE CAIR NA REAL a época das barbadas, acabou..



(12-12-2016 03:22 PM)Peter Joseph Escreveu:  O problema é que o capitalismo é incompatível com sustentabilidade social ou ecológica. É como plantar chuchu e querer colher morangos. É fisicamente/materialmente impossível torná-lo sustentável.
Discordo..
Existe uma quantidade mínima de empresários que já utilizam os exedentes dos seus lucros para o benefício da humanidade.

Coisas assim tem que ser ampliadas, mas para isto é necessário uma ação ativa neste sentido.

Temos muitos livros e cursos sobre empreendedorísmo.
E quanto material cultural existe a disposição para incentivar os empresários a utilizarem seus exedentes de lucratividade em prol da humanidade?

E nas faculdades é mencionado isto pelo menos?
Pelo que sei não..

E é este nosso problema.
O incentivo a obtenção de lucros existe e muito, mas compartilha-los voluntáriamente.. é talvez 1000x menor.. o incentivo..

É é isto que precisamos mudar

É necessário que ESTE assunto entre em discussões, quando se fala nas reformas do ensino.
E quando se fala de empreenderorísmo também.

Mas hoje em dia, querem que tu gere lucro.
Oq fazer com a grana? Faça oq quiser. Pode queimar se quiser afinal o dinheiro é teu, não é?
NÃO, o dinheiro é da humanidade, só esta na sua posse temporáriamente..
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Xevious pelo seu post:
Anonymous_T.ron (14-12-2016), dementador (13-12-2016)
13-12-2016, 02:28 PM
Resposta: #37
RE: A Ganância no Empreendedorismo
(13-12-2016 01:45 PM)Xevious Escreveu:  
(12-12-2016 03:22 PM)Peter Joseph Escreveu:  O problema é que o capitalismo é incompatível com sustentabilidade social ou ecológica. É como plantar chuchu e querer colher morangos. É fisicamente/materialmente impossível torná-lo sustentável.
Discordo..

Resumidamente, o sistema de Livre Mercado/Capitalismo não pode ser sustentável:

1 – Economicamente, por que possui uma contradição estrutural, onde quanto mais se investe em automação e tecnologias em geral mais eficientes que substituam mão de obra humana, mais cai a taxa de lucro geral, tornando inviável a economia produtiva ao passar do tempo. Ao mesmo tempo em que é questão de vida ou morte para uma empresa investir em tecnologias melhores para se manter no mercado e não falir. E a tecnologia só tende a evoluir cada vez mais rápido, enfrentamos atualmente uma acelerada evolução exponencial tecnológica, o capitalismo não dura muito mais por falta de lucratividade e desemprego estrutural.

2 – Socialmente, por que é baseada na escassez e competição por recursos que garantem não só a sobrevivência, como um bom padrão de vida. Um mundo onde temos que competir o tempo todo uns com os outros pra viver, jamais levará a uma sociedade harmônica e pacífica. É totalmente contraditório e ilógico querer que isto não dê na formação de máfias sociais, elitização no acesso a recursos, desigualdade social, pobreza etc...

3 – Ecologicamente, por que necessita de consumo cíclico infinito para existir. Se não houver crescimento constante do consumo dos recursos naturais terrestres, o mais rápido possível, este sistema não tem como funcionar. Por isto não tem como ser eficiente, precisa de problemas que levem ao consumo constante de recursos valiosos e finitos, levando à destruição da natureza.
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Peter Joseph pelo seu post:
Anonymous_T.ron (14-12-2016), dementador (13-12-2016)
Loja Tudo Saudável
14-12-2016, 03:20 PM
Resposta: #38
RE: A Ganância no Empreendedorismo
Caramba... Confused

Acho que o título deste post foi um tanto ofensivo, as coisas foram colocadas de forma pejorativa e nem de longe representam a massa de pequenos e médios empresários desse país. Que possa existir uma parcela considerável de empresários que sonegam, que faltam com respeito e abusam, isso é indiscutível, mas tem comentários contra os empreendedores aqui que simplesmente são ofensivos, pra não dizer outra coisa.

Desses que estão detonando os empreendedores, quais de vocês já tentaram ser empreendedores ??? Ou ainda SÃO empreendedores de uma pequena, média ou grande empresa ???

Pois bem, eu já estive dos dois lados:

O LADO FUNCIONÁRIO

- Aos 14 anos de idade fui funcionário informal de um viveiro de mudas, trabalhando das 7:00 as 17:30 e estudando a noite. Comprei umas coisas que eu queria e me mandei;
- Aos 15 estagiário num hospital, fazendo um bom trabalho efetivado com CLT e permanecendo lá por 4 anos;
- Aos 19 funcionário informal de uma pequena empreiteira de um familiar em SP, aos 20 CLT em outra empresa;
- Aos 21 já com 1 filho e uma família pra cuidar e com muito aperto financeiro, frentista de posto de gasolina com CLT de dia, estudando (de forma auto-didata) a noite na área de desenvolvimento de software, 95% do que aprendi via Google.
- Aos 22 numa indústria com CLT, aos 25 numa empresa de desenv. de software;
- Aos 27 empreendedor. E minha esposa empreendedora em outro ramo.

O viveiro de mudas me pagava R$400,00 mensais e tava bom demais, comprei meus "luxos" de adolescente, no hospital tive crescimento profissional, sempre tive tratamento ótimo de superiores mesmo quando estagiário, mas ganhava um salário que poderia dizer-se baixo.

Na empreiteira do meu cunhado, EU auxiliava no RH e Dep. Pessoal. E digo, inimaginável a quantidade de advogados que lucram com os direitos trabalhistas de maneira totalmente injusta, as custas de quem tem pequenas e médias empresas.
Projetos que entravam na empreiteira, e simplesmente MUITOS funcionários não queriam ter a carteira assinada durante 6 meses para receber junto ao salário o seguro desemprego do emprego anterior. Mais de 75% desses mesmos acionavam a empreiteira judicialmente cobrando esses 6 meses de CLT não registrada.

No posto de gasolina, o dono do posto era olho grande e abusava moralmente dos funcionários, ganancioso, chegava a plantar dinheiro nos pertences de funcionários para tentar demiti-los por justa causa.

Na indústria que trabalhei, uma grande indústria brasileira, salário dentro de uma média, nada muito bom, mas nada miserável. Comida de qualidade, lanches de qualidade, tratamento de qualidade com os funcionários, brinquedos no dia das crianças para os filhos de funcionários (da marca Estrela acima de 2 anos e Fisher Price para crianças menores de 2 anos).

Na empresa da área de TI, tudo do bom e do melhor, inclusive o salário comparado aos meus outros empregos anteriores.

Mas meus amigos, ao abrir uma empresa... Sad

O LADO EMPREENDEDOR

É ridículo quando ouço que empreendedores só pensam no lucro e não se importam com funcionários!!!
Existem funcionários e funcionários!
Existem empreendedores e empreendedores!

Dei exemplos da minha vida na prática acima. Mesmo lugares sem CLT foram muito bons, lugares com CLT foram muito ruins. Mas em todos eles, no fim do mês eu recebia um valor fixo.

Seja um empreendedor ou pelo menos tente conhecer alguém que por diversas vezes deixou de comprar presentes para os filhos, para pagar os impostos devidos aos funcionários, sem contar o salário dos funcionários que era sagrado, e depois de um tempo se ajustou e teve sucesso com a empresa;

Seja um empreendedor ou pelo menos tente conhecer alguém que por diversas vezes deixou cortar a luz da própria casa para manter a luz da empresa para que funcionários pudessem receber no fim do mês, mas depois de um tempo se ajustou e teve sucesso com a empresa;

Seja um empreendedor ou pelo menos tente conhecer alguém que por diversas vezes honrou o salário de R$ 1800,00 de um funcionário + impostos e obteve pra dentro de sua casa um lucro de R$ 850,00 por meses consecutivos, mas depois de um tempo se ajustou e teve sucesso com a empresa;

Seja um empreendedor ou pelo menos tente conhecer alguém que por diversas vezes adiantou salário para funcionários, ou mesmo empréstimos a juro zero para os mesmos com dificuldades financeiras e viu estes mesmos funcionários acionarem judicialmente pelo fato de você não ter registrado ele em CLT durante 3 meses porque ele mesmo pediu, mas depois de um tempo se ajustou e teve sucesso com a empresa;

Por estar no meio empreendedor de pequenas e médias empresas, conhecemos pessoas que passam exatamente pelas mesmas dificuldades, muitas pessoas!

Então, caso você veja um empresário num ótimo carro, numa ótima casa, sem dificuldades financeiras, sim, ele pode estar lucrando tudo isso as custas dos empregados, ou ele pode ter vencido muitos obstáculos como os citados acima e vencido todos eles até que a empresa de fato gerasse lucro.

Pelo fato do tópico ter o nome que tem, me reservo o direito de não entrar em questões de socialismo x capitalismo ou de direitos trabalhistas, mas apenas de dar foco na questão de que empreendedores de forma geral não são gananciosos!

Mas se há empreendedores gananciosos, existe também "trabalhadores/funcionários" oportunistas, mal caráter, e ainda mais gananciosos.

São os 2 lados da história amiguinhos!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 6 usuários diz(em) obrigado a ObservadorInfo pelo seu post:
Anonymous_T.ron (14-12-2016), Batmans (14-12-2016), Campanário (20-12-2016), dementador (15-12-2016), dyego.jhou (14-12-2016), pequeno gafanhoto (15-12-2016)
14-12-2016, 05:05 PM
Resposta: #39
RE: A Ganância no Empreendedorismo
O capitalismo, segundo os pobres

Em tempos de disseminação da cartilha do capitalismo neoliberal, principalmente entre os jovens, pouco se fala, se escuta ou se questiona sobre o outro lado da história: os pobres.

Uma dessas pessoas, a estadunidense Linda Tirado, em outubro de 2013, resolveu responder a um questionamento de um fórum na Internet: “Por que os pobres fazem coisas que parecem tão autodestrutivas?”. Abaixo, reproduzimos parte desta resposta, que acabou viralizando e sendo republicada por importantes veículos daquele país, como Huffington Post, Forbes e Nation.


Por que tomo decisões terríveis ou pensamentos sobre a pobreza

Não há maneira de estruturar isto coerentemente. São observações aleatórias que podem ajudar a explicar o processo mental. Mas, frequentemente, penso que vemos os problemas acadêmicos da pobreza e não temos ideia do porquê. Sabemos o porquê e como, e podemos perceber problemas sistêmicos, mas é raro ver uma pessoa pobre explicando isso por si própria. Então, eu meio que estou fazendo isso.

O descanso é um luxo para ricos. Acordo às 6h da manhã, vou à faculdade (tenho uma grade cheia, mas preciso ir apenas a duas aulas presenciais), depois trabalho, em seguida busco as crianças e meu marido, e finalmente tenho meia hora para trocar de roupa e ir para o segundo emprego. Chego em casa por volta de 0h30 e tenho que dar conta do restante das aulas. Vou para a cama às 3h. Não é assim todo dia — tenho dois dias de descanso por semana em cada uma de minhas obrigações. Uso esse tempo para limpar a casa e acalmar o Sr. Martini [seu marido], ficar com as crianças por mais de uma hora e fazer os trabalhos de faculdade.

Nessas noites, vou para a cama à meia-noite, mas se eu for para a cama cedo demais, não consigo ficar ligada nas noites seguintes porque vou ***** meus padrões de sono. Dirijo 1h de casa para o segundo emprego e não posso correr o risco de ficar com sono. Nunca tiro um dia de folga do trabalho, a menos que esteja realmente doente. Isso não deixa muita margem para você pensar no que está fazendo, mas apenas cumprir a próxima tarefa e a seguinte. Planejar é impossível.

Quando fiquei grávida pela primeira vez, estava vivendo há algum tempo em um hotel de beira de estrada, de pagamento semanal. Havia um frigobar sem congelador e um micro-ondas. Eu estava cadastrada no WIC [ajuda nutricional financiada pelo governo para mulheres, bebês e crianças]. Comia manteiga de amendoim direto do pote e burritos congelados, porque 12 unidades custavam 2 dólares. Se eu tivesse um fogão, não conseguiria fazer burritos de carne tão baratos. Eu precisava da carne, pois estava grávida. Podia não ter assistência pré-natal, mas era inteligente o suficiente para comer proteína e ferro durante a gravidez.

Sei cozinhar. Precisei fazer economia doméstica para concluir o ensino médio. A maioria das pessoas ao meu redor, não. Brócolis é intimidador. Você precisa ter um fogão que funcione, panelas, temperos e ainda terá que lavar a louça, não importa quão cansada esteja, ou ela irá atrair insetos. É uma habilidade significativa para muitas pessoas. Não é legal, mas é assim. Se você vacilar, sua família pode ficar doente.
Aprendemos a não nos esforçar tão intensamente para chegar à classe média. Isso nunca dá certo e sempre faz você se sentir pior por ter tentado e fracassado de novo. Melhor não tentar. Faz mais sentido comprar alimentos que você sabe que serão palatáveis, baratos e que durem muito tempo. Junk food é o prazer que nos é permitido; por que abriríamos mão disso?

Temos muito poucos prazeres

Crianças de Iowa, EUA, em 1936. Foto de Frank Moody.
A clínica de planejamento familiar mais próxima fica a 3h de distância. É muito dinheiro para gastar com gasolina. Muitas mulheres não podem bancar esse custo, e mesmo se você morar perto de uma clínica, provavelmente não vai querer ser vista indo e vindo em diversos lugares. Temos filhos exatamente pelos mesmos motivos que eu imagino que os ricos têm. Necessidade de procriação e tudo mais. Ninguém quer que os pobres procriem, mas julgam o aborto com ainda mais severidade.

Especialmente desde que o Patriot Act [que visa a fortalecer a segurança interna na “guerra contra o terrorismo”] foi aprovado, ficou difícil ter uma conta bancária. Porém, sem uma, você gasta um tempo enorme procurando onde descontar um cheque para pagar as contas. A maioria dos hotéis agora tem uma política de liberar um quarto apenas se você tiver um cartão de crédito. Uma vez, rodei São Francisco por cinco horas carregando mil dólares e não conseguia alugar um quarto nem se desse US$ 500 em espécie e deixasse meu celular como garantia.

Ninguém dá muita confiança para a depressão. Você precisa entender que nós sabemos que nunca deixaremos de nos sentir cansados. Nunca nos sentiremos esperançosos. Nunca tiraremos férias.

Nunca.

Sabemos que o próprio fato de sermos pobres garante que nunca deixaremos de ser pobres. Isso não nos dá motivo para melhorar nossos hábitos. Não nos candidatamos a empregos fixos porque sabemos que não conseguiremos bancar o custo de manter uma boa aparência para permanecer neles. Eu seria uma secretária super legal, mas fui rejeitada mais de uma vez porque eu não me encaixo na “imagem da firma”, que é uma maneira sutil de dizer “vaze daí, sua pobre”. Sou boa o suficiente para cozinhar, escondida na cozinha, mas meu chefe não me emprega porque eu não me encaixo na “imagem corporativa”. Não sou bonita. Tenho dentes faltando e uma pele que parece com a de quem passou a vida fumando, sem dormir, tomando vitamina B12 e café. Beleza é algo que você consegue quando tem dinheiro para bancar, e é assim que você consegue o emprego que precisa para ter dinheiro para ficar bonita. Não faz muito sentido tentar.

Cozinhar atrai baratas. Ninguém se dá conta disso. Gastei horas espetando baratas com palitos de dente para desencorajar as outras de entrar. Não funciona, mas é divertido.

“Grátis” existe apenas para os ricos. É legal ter um pote de camisinhas na minha faculdade, mas a maior parte dos pobres nunca colocará os pés em um campus universitário. Isso não nos pertence. Existe uma clínica? Ótimo! Mas ainda há uma coparticipação cobrada pelos planos de saúde. Não iremos. Além disso, tudo que te dirão na clínica é que você precisa se consultar com especialista, que… sério mesmo? Poderia também estar localizada em Marte, de tão acessível que é. “Baixo custo” e “escala móvel” soam como “dinheiro que você tem que gastar” para mim, e, de qualquer forma, eles não podem nos ajudar.

Eu fumo. É um hábito que custa caro, mas é a melhor opção. Sabe… estou sempre, sempre cansada. É um estimulante. Quando estou muito cansada para fazer mais alguma coisa que esteja faltando, posso fumar para aguentar mais uma hora. Quando estou com raiva e abatida, incapaz de cumprir uma tarefa, posso fumar e me sentir um pouco melhor, só por um minuto. É o único relaxamento que me é permitido. Não é uma boa decisão, mas é a única à qual tenho acesso. É a única coisa que descobri que me impede de entrar em colapso ou explodir.

Tomo muitas decisões financeiras ruins. Nenhuma delas importa a longo prazo. Nunca deixarei de ser pobre, então o que importa se eu deixar de pagar duas contas em vez de uma? É improvável que o sacrifício melhore minhas circunstâncias; o que me puxa para trás não são os 5 dólares por hora que ganho na Wendy’s [cadeia de restaurantes dos EUA]. O que me puxa é que provei que sou uma pessoa pobre e sempre serei. Para mim, não vale a pena viver uma vida austera e privada de pequenos prazeres para que, um dia, possa fazer uma grande aquisição. Nunca terei grandes prazeres.
Existe um certo anseio de querer viver os pequenos pedacinhos que há de vida enquanto você não tem dinheiro na carteira. Porque, não importa o quanto você seja responsável, de qualquer forma estará sem dinheiro de novo em três dias. Quando você nunca tem dinheiro o suficiente, isso deixa de ter significado. Imagino que ter muito dinheiro seja a mesma coisa.

A pobreza é sombria e consome seu pensamento de longo prazo. É por isso que você vê pessoas com filhos de quatro pais diferentes em vez de apenas um. Você procura um vínculo em todo lugar que puder para sobreviver. Você não tem ideia de como é forte o desejo de sentir que é alguém que vale a pena. É mais essencial que alimento. Você procura essas pessoas que fazem você se sentir adorável naquela uma hora e isso é tudo que tem. Você provavelmente não é compatível com aquela pessoa para qualquer relacionamento mais duradouro, mas nesse exato minuto ela pode fazer você se sentir uma pessoa poderosa e valiosa. Não importa o que vai acontecer daqui a um mês. Qualquer coisa que acontecer daqui a um mês provavelmente não será diferente do que aconteceu hoje ou semana passada. Não importa. Não fazemos planejamento de longo prazo, porque, se fizermos isso, apenas partiremos nossos corações. É melhor não ter esperanças. Você só consegue aquilo que pode, assim que o vê.

Não estou pedindo empatia. Estou apenas tentando explicar, em uma perspectiva humana, como é que as pessoas tomam o que parecem ser péssimas decisões para quem está do lado de fora. É assim que são nossas vidas, nossos mecanismos de defesa e por que pensamos de maneira diferente. Certamente, é autodestrutivo, mas é mais seguro. É isso. Espero que ajude a fazer sentido.

Trabalhando por salário mínimo

Trabalhar e receber salário mínimo significa que planejar o orçamento de longo prazo é um exercício de ansiedade. Você tem dinheiro somente até que ele acabe, e paga as contas mais atrasadas primeiro. Quando trabalhava em Ohio, em um fast food, geralmente fazia 25 horas por semana. O valor da hora era US$ 7,50, o que dava US$ 187,50.


Los Angeles, do ponto de vista do Hollywood Wills. Foto: Wikimedia Commons.
Meu marido, trabalhando 40 horas por semana no mesmo lugar, trazia para casa US$ 300. Fizemos um total de cerca de US$ 25 mil, trabalhando em todas as semanas do ano. Isso é cerca de US$ 9 mil acima da linha da pobreza para uma família de duas pessoas, ou um extra de cerca de US$ 200 por semana. Honramos as despesas, mas por pouco. Não o suficiente para ficar confortável, descansar ou tirar um dia de folga sem sentir culpa. E estávamos no topo do terço das famílias mais pobres naquele ano, o que significa que aproximadamente um terço da população dos Estados Unidos está vivendo com orçamento semelhante. Ou, para alguns, um muito menor. A renda anual de alguém que trabalha 40h por semana por salário mínimo é US$ 15.080. Portanto, se você gasta metade disso com habitação, sobram US$ 7.540 para viver. Por ano.

São US$ 628 por mês ou US$ 314 por pagamento, para todo o resto — comida, roupa, prestação do carro, gasolina. Se você tem sorte, consegue viver com esse dinheiro. Mas quem tem sorte todo o tempo ou na maior parte dele? Você pode adoecer e perder o emprego. Mesmo que consiga um novo emprego, aqueles míseros 314 dólares são tudo que tem até que comece a receber o salário no novo emprego. E se, Deus nos livre, o carro quebrar ou você quebrar uma perna?

Tudo se resume a isto: a matemática não fecha. Você não pode ter uma vida próspera com esse tipo de remuneração. Ponto. Você sobrevive. É isso.

Trabalho temporário

Existe algo pior do que salário mínimo. Chama-se trabalho temporário. Aposto que a maioria das pessoas — a menos que tenham vivenciado isso — ficaria chocada ao descobrir que empresas contratam regularmente profissionais temporários em período integral, mas, como contratam por meio de agências de emprego temporário, não precisam oferecer benefícios e condições de segurança do trabalho. Elas fazem isso porque é mais barato do que contratar trabalho diretamente e a lei permite. As leis nos Estados Unidos são tão fracas que estamos muito atrás da Coreia do Sul (!) na proteção de trabalhadores temporários.

Quando pessoas em situação financeira confortável, plano de saúde, licença por doença e todos os tipos de benefício que recheiam suas carteiras e tornam suas vidas mais fáceis e saudáveis pensam que pobres são pobres porque não nos esforçamos para mudar nossa situação… bem, não sei se minha reação é publicável.

Uma fábrica perto de onde eu morava contratava um número rotativo de trabalhadores temporários que eram demitidos após 90 dias — período no qual o trabalhador temporário adquire o status de trabalhador permanente. Depois de três semanas desempregados, a fábrica os contratava novamente.
A fábrica não está mais na cidade. Ela havia conseguido um acordo com o governo local, tornando os primeiros anos ali livres de impostos.

Com o término da isenção, a empresa dona da fábrica decidiu que aquela planta não era lucrativa o suficiente e encerrou suas atividades. Uma fábrica temporária que contratava trabalhadores temporários.

Quem disse que o capitalismo não é cruel?


Sobre não ter segurança no trabalho e ser demitida

Sabemos que muita gente acha que pobres são preguiçosos e incompetentes. Eles acham que somos demitidos dos empregos porque não sabemos como nos comportar, chegamos sempre atrasados ou simplesmente não estamos nem aí. Mas o que os ricos não percebem é o quão inacreditavelmente fácil é ser demitido. E, muitas vezes, o que causa sua demissão é o fato de estar trabalhando em mais de um emprego.
Sempre que está trabalhando para o perfil de empresa que tem um escritório central, dão para você a menor quantidade possível de horas para trabalhar — definitivamente menos que período integral, porque teriam que lhe pagar benefícios. Mas, mesmo que seu empregador o escale para 20 horas semanais, você acaba trabalhando 10 ou 30. Depende da demanda — quando está tudo calmo, o mandam para casa e, quando está apertado, esperam que fique até mais tarde. Também esperam que esteja apto a comparecer para cobrir a ausência de um colega de trabalho se ele adoecer de repente. Basicamente, esperam que esteja disponível para trabalhar o tempo todo. Escala de trabalho é algo impossível.

Em uma cadeia de restaurantes, eu era obrigada a assinar um contrato afirmando que era uma funcionária sob demanda [em inglês, at-will,modalidade de trabalho em que o empregador não precisa de justificativa para demitir o funcionário], que trabalharia em tempo parcial e sem benefícios, e que se eu arrumasse outro emprego sem permissão estaria sujeita à demissão, porque a empresa esperava que eu estivesse disponível para comparecer ao trabalho sempre que fosse necessário.

E, sim, isso é legal.

Vamos analisar: você é pobre, então precisa de qualquer trabalho capenga que encontrar, e a natureza do trabalho capenga é que você pode ser demitido a qualquer momento. Enquanto isso, sua carga horária pode ser reduzida sem aviso prévio, e não há obrigação por parte do empregador de pagar indenização, independentemente de por que, quando e como ele o dispensou. E a gente se pergunta por que os pobres ficam mais pobres?

Não se sentir valorizada

Uma vez que estou em casa, após o trabalho, tento não ser mal-humorada com meu marido, que, definitivamente, não é o culpado por meu mau humor. Ele, por sua vez, tenta não ter pavio curto comigo. Trabalhar em empregos de baixa remuneração implica sair do trabalho e ter energia mental apenas para imaginar o que poderia estar fazendo com sua vida… se somente você pudesse trabalhar o desejo de sair do lugar.

Honestamente, não me importaria com as degradações oriundas do meu trabalho se os privilegiados e poderosos fossem honestos a respeito disso. Se admitissem que isso é simplesmente impossível.

Em vez disso, nos dizem para nos esforçar mais e ser gratos por ter emprego, comida e teto. Pelo amor de Deus, nós somos. Mas em troca de todo esse trabalho que estamos fazendo, e nossas condições de trabalho miseráveis, não estamos autorizados a exigir nada em troca. Nenhum sentimento de realização, respeito dos superiores ou a segurança do emprego. Espera-se que a gente não se sinta com direito a essas coisas. Ser pobre enquanto se trabalha pesado é *****. É viver em um pesadelo em que as paredes não param de se fechar em torno de você.

Fico com raiva toda vez que minha escala é cortada e depois sou chamada para cumprir toneladas de horas-extras, como se meu tempo não valesse nada, tanto que meu chefe pode se certificar em não me pagar por um minuto em que eu não seja absolutamente necessária.
Fico com raiva por ter que abdicar da possibilidade de ter um segundo emprego e me dizerem que também não posso trabalhar mais de 28 horas por semana.

Qual é o resultado de tudo isso? Simplesmente desisti de me importar com o trabalho. Perco a energia, a vivacidade, a vontade. Executo as coisas conforme orientado, mas não mais que isso. Foram raras as vezes que tive um chefe que me deu qualquer indício de que me valorizava mais do que meu uniforme — éramos descartáveis nesse nível — , então também não faço um esforço adicional pelos meus chefes. O problema não é apenas ser subvalorizada — o sentimento é que as pessoas se esforçam sobremaneira para ter a certeza de que você saiba quão inútil é.

Estava trabalhando para uma empresa há mais de um ano quando me acidentei no trabalho, em novembro, e tive que me ausentar por dois meses, porque não conseguia ficar de pé por muito tempo. Como consequência, não fui convidada para a festa de Natal da empresa. Fui como namorada de um colega e apenas observava enquanto todos recebiam seus bônus de Natal. Não recebi. Não estava tecnicamente em posição gerencial, portanto, não estava qualificada a receber. O fato de eu ter trabalhado o resto do ano não contava.

O que realmente me afetou, porém, foi quando o dono da empresa agradeceu a mulher que me substituiu por ter trabalhado tão duro todo o ano. Ele não me reconheceu.

Estágios não remunerados

Outra coisa que não está ao alcance do pobre são os estágios não remunerados. Tive que recusar ofertas que melhorariam minha condição de vida a longo prazo porque, simplesmente, não poderia trabalhar de graça. Mais uma vez, as pessoas que podem fazer estágios não remunerados recebem ajuda de casa — no meu mundo, todos têm que trabalhar para viver. Isso significa que também estamos sendo privados de todo o networking em potencial. Essa é, pelo menos, uma razão pela qual eu meio que nunca tive uma rede de contatos profissionais: nunca tive a chance de construir uma. Aceitar um estágio não remunerado ou um desses que pagam apenas o valor do almoço é para pessoas que não têm que pagar contas.

Por estar sempre em uma situação de ter apenas aquilo que posso conseguir imediatamente, sempre acabo em trabalhos que as pessoas consideram abaixo delas. E as pessoas ainda se perguntam por que nós, trabalhando na base da pirâmide, não colocamos nossa alma em nossos trabalhos.

Em vez disso, fico pensando a respeito de pessoas que pensam que pobres não deveriam exigir reciprocidade por parte de seus empregadores. Devemos nos dedicar a algo que não nos beneficia mais do que o absolutamente necessário? Temos que nos preocupar com seus interesses, mas eles não têm que se preocupar com os nossos? Se você vai gastar o mínimo possível com meu treinamento e salário, se vai se certificar de que eu não trabalhe horas o suficiente para sobreviver, de modo a evitar ter que pagar um plano de saúde, e, geralmente, se certificar de que estou tão desconfortável quanto possível, a qualquer momento, para saber qual é meu lugar, como pode esperar que eu me importe com sua margem de lucro?

Lembre-se, você recebe aquilo que paga para fazerem.

Cigarro

Cada um lida com as dificuldades a sua maneira. Eu fumo. Minha amiga bebe. De fato, aposto que muitos de seus amigos também lidam com os problemas bebendo. Ao chegar de um longo dia de trabalho, o que você faz? Abre uma cerveja? Ou um pacote de batatinhas? Ou toma um Valium, quando se sente estressado. Ou pede uma massagem. Ou vai para a academia e pega uma sauna.

Por que os mecanismos de enfrentamento de outras pessoas são melhores do que os dos pobres? Porque eles são mais bonitos. Pessoas com mais dinheiro bebem vinhos melhores, em taças mais pomposas. Talvez recebam prescrição de benzodiazepínicos de seus psiquiatras particulares, a quem basta fazer um telefonema, em vez de comprar um maço de cigarro. Eles podem comprar o que quiserem e está tudo certo, porque terapia de varejo é um tratamento reconhecido pelas classes mais altas. Pobres não têm esses luxos. Fumamos porque é uma descarga de dopamina barata e rápida. E drogas são produzidas porque é uma maneira eficaz de se sentir bem ou fugir de algo.

Eu compreendo que mecanismos de enfrentamento dos pobres não são fofinhos. Eu realmente compreendo. O que não entendo é por que outras pessoas se sentem tão livres em julgá-los. Como se nossos comportamentos autodestrutivos justificassem, portanto, nossas vidas de *****.

Surpresa: isso é bidirecional. Às vezes, os hábitos são uma reação à situação.
A menos que você esteja preparado para me convencer de que fumar é a única razão que me mantém pobre, por favor, poupe-me do sermão. Sei que é ruim para mim. Sou viciada, mas lúcida.

http://voyager1.net/sociedade/o-capitali...os-pobres/
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
15-12-2016, 08:59 AM
Resposta: #40
RE: A Ganância no Empreendedorismo
(14-12-2016 03:20 PM)ObservadorInfo Escreveu:  Que possa existir uma parcela considerável de empresários que sonegam

@observadorinfo, sonegar no Brasil e não compactuar e sustentar o setor público corrupto e ineficiente.

Além do que, quando você abre os olhos de manhã e abre a torneira da pia, liga a luz do banheiro e toma o seu café da manhã, o setor público já arrecadou neste atos simples do dia a dia.

Como a Matrix, o setor público está em tudo que você faz, não importa se sonega ou não....

Angry Deixe fluir o ódio através de você...
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a dementador pelo seu post:
ObservadorInfo (15-12-2016)
Compre amendoim e derivados pelo menor preço aqui - Loja Tudo Saudável
Responder 


Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 141 usuários online.
» 1 Membros | 140 Visitantes
Unk

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,090
» Último Membro: rennekerly nunes
» Tópicos do Fórum: 24,596
» Respostas do Fórum: 263,623

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
False Flags para acelerar a agenda do carro autônomo
Última Resposta Por: fil
Hoje 11:59 AM
» Respostas: 18
» Visualizações: 1202
Cientistas descobrem espaço vazio escondido na Grande Pirâmide de Gizé
Última Resposta Por: Infinite
Hoje 10:21 AM
» Respostas: 21
» Visualizações: 2038
Caixões da FEMA: Estocados para a Eliminação de Corpos Durante uma Pandemia?
Última Resposta Por: Mayaman
Hoje 09:48 AM
» Respostas: 25
» Visualizações: 14825
O que está por trás das mentiras de Guga Chacra e da imprensa em geral
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
Hoje 09:24 AM
» Respostas: 23
» Visualizações: 1375
O Mito da Urna Eletrônica
Última Resposta Por: tarcardoso
Ontem 02:12 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 415
R$ 2,84 - valor retirado de cada brasileiro p/construir mansão de presidente angolano
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 12:19 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 209
[Opinião] Delação Premiada
Última Resposta Por: tarcardoso
Ontem 08:19 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 204
Uma liberdade que agora pode estar mais longe do que imaginamos.
Última Resposta Por: tarcardoso
Ontem 07:45 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 174
Escola infantil para a Elite chega ao Brasil ano que vem. E a NOM agradece...
Última Resposta Por: MarcioEscolaBilingue
21-11-2017 08:48 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 801
IA o Exterminador do futuro?!
Última Resposta Por: Beobachter
21-11-2017 08:48 PM
» Respostas: 27
» Visualizações: 5670
2019: A NOM e a Igreja Pan-Amazônica agora com aval do Papa
Última Resposta Por: O Mensageiro
21-11-2017 08:05 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 222
Canal "Ciência de Verdade" Anti Globalista, Perseguido
Última Resposta Por: Nikoloz
21-11-2017 07:48 PM
» Respostas: 42
» Visualizações: 2273
Como a JBS sugou o BNDES para expandir seus negócios
Última Resposta Por: tarcardoso
21-11-2017 07:39 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 381
Como detectar MAVs e bloquear
Última Resposta Por: Aragorn
21-11-2017 05:20 PM
» Respostas: 21
» Visualizações: 1911
Cartórios faturaram no Brasil 12 bilhões de reais. Faturamento que aumentará em 2018
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
21-11-2017 04:00 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 116
Trump abrindo documentos sobre JFK. Os Aliens e Deep State
Última Resposta Por: ULTRON
21-11-2017 01:41 PM
» Respostas: 20
» Visualizações: 3336
Barrações e constrangimento não impedem o aumento migratório de brasil.p/ Portugal.
Última Resposta Por: Bruna T
20-11-2017 10:42 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 405
Asgardia: Proposta de Nação Espacial
Última Resposta Por: Binho C.R.
20-11-2017 09:57 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 449
O que aconteceria se a Terra de repente ficasse plana
Última Resposta Por: Bruna T
20-11-2017 09:19 PM
» Respostas: 34
» Visualizações: 3086
O Último Dia De Gandhi - Outro Pedófilo?
Última Resposta Por: Infinite
20-11-2017 02:32 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 6858
Restauração da Pátria. Um trabalho de grande exaustão e profissionalismo ao extremo.
Última Resposta Por: tarcardoso
20-11-2017 02:06 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 688
Brasil: onde a vida humana é desprezada, odiada, perseguida e discriminada.
Última Resposta Por: Guigo Xavier
20-11-2017 12:52 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 909
Lobos em Peles de Cordeiro: como o Público foi Enganado no Socialismo
Última Resposta Por: Bogoton
20-11-2017 11:04 AM
» Respostas: 21
» Visualizações: 6256
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
20-11-2017 09:18 AM
» Respostas: 611
» Visualizações: 138023
O Estado não necessita do imposto. Ele é viciado em arrecadar.
Última Resposta Por: pablo_hp
19-11-2017 06:23 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 676
Onde foi parar a sua testosterona?
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-11-2017 01:23 PM
» Respostas: 52
» Visualizações: 9122
Maduro nomeia chefe de narcotráfico como negociador da dívida externa do país.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
19-11-2017 01:22 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 231
Terra Chata? Uma Nova Teoria sobre o Polo Sul
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-11-2017 12:03 PM
» Respostas: 402
» Visualizações: 69447
Sobrevivencialismo: Conceito e Principais Postulados
Última Resposta Por: Nikoloz
19-11-2017 10:59 AM
» Respostas: 16
» Visualizações: 9642
Canal da Nicarágua: força aérea russa faz patrulhamento constante.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
18-11-2017 06:55 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 236

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial