Compre o Melhor do Mel e Derivados na Tudo Saudável



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 4 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
A história que o nordeste brasileiro quer esquecer, vai virar filme.
11-11-2018, 05:54 PM (Resposta editada pela última vez em: 11-11-2018 06:11 PM por Cimberley Cáspio.)
Resposta: #1
A história que o nordeste brasileiro quer esquecer, vai virar filme.
Texto: Jacqueline Nóbrega - Por Diário do Nordeste

"No Estado do Ceará
A exemplo do alemão
Houve por aqui também
Campo de concentração
Lá era pra matar judeu
Aqui o povo do sertão"

Henrique Pinheiro


Os campos de concentração parecem uma realidade distante do que vivemos atualmente. No entanto, há mais de 80 anos, a situação aconteceu em solo cearense. Apesar de o nome remeter aos campos nazistas na Alemanha, de acordo com o livro "Isolamento e poder: Fortaleza e os campos de concentração na Seca de 1932", da autora Kênia Rios, o que aconteceu no nosso Estado foi consequência da seca que assolava o Ceará desde 1930 e antecedeu os alemães.

Em 1932, a situação piorou e os retirantes chegavam a Fortaleza na esperança de encontrar uma solução para escapar da falta de chuva no sertão. Os jornais da época chamavam a atenção para o clima alarmante com o desembarque dos flagelados. Era comum, na época, ainda segundo o livro de Kênia, notícias que relatavam o comportamento dos retirantes, como invasões a trens e indícios de revoltas. Criou-se com isso a imagem de homens e mulheres que poderiam se tornar ameaçadores. Entre as classes dominantes de Fortaleza, surgiu o hábito de temer o grupo de pessoas.

"As famílias ficavam espalhadas pelas cidades do Interior, mas a partir de 1930 o rumo certo era Fortaleza. As elites, então, começavam a conclamar na imprensa, tanto em Fortaleza, como em Sobral e no Cariri, para a formação desses campos de concentração. E as providências foram tomadas na construção desses espaços", relata Kênia, em entrevista ao Diário Plus.

[Imagem: mapa-fortaleza-1932-campos-de-concentracao.jpg]

Mapa da cidade de Fortaleza no ano de 1932 indicando a localização das concentrações de Matadouro e Urubu Foto: Livro Isolamento e poder Fortaleza e os campos de concentração na Seca de 1932

A historiadora e professora do departamento de História da Universidade Federal do Ceará (UFC) conta que a construção dos locais se insere na política de obras contra a seca. "A proposta do projeto era de salvar os flagelados, oferecer comida e assistência médica. O problema é que no Brasil nada acontece como está no papel. O que ocorreu foi que essas pessoas ficaram amontoadas".

[Imagem: image-2.jpg]

Registro fotográfico dos flagelados da seca de 1877 na estação ferroviária de Iguatu à espera de trem para Fortaleza. Na seca de 1877, Fortaleza chegou a receber retirantes que representavam mais do triplo de sua população. Fonte: "Isolamento e poder: Fortaleza e os campos de concentração na Seca de 1932"

[Imagem: vc3adtimas-da-seca.jpg]

Vítimas da seca - corpos de crianças e adultos jaziam ao lado da linha férrea que levava para o Campo de concentração de Senador Pompeu.

Kênia explica que foram construídos, ao todo, sete campos de concentração no Ceará, distribuídos em lugares estratégicos para garantir o encurralamento de um maior número de retirantes, sendo dois em Fortaleza e os outros em Ipu, Quixeramobim, Senador Pompeu, São Mateus e Crato. De acordo com estatísticas oficiais, pouco mais de um mês após a abertura dos campos, os espaços somavam 73.918 aprisionados. "Eles ficavam próximos a vias férreas, porque os sertanejos se deslocavam de trem. Quando eles desciam, eram encaminhados para os campos. Lá era um confinamento, eles eram vigiados e não podiam sair sem autorização. Os que saíam, eram considerados fugitivos e a ocorrência era registrada na delegacia. Havia um grande número de pessoas confinadas em um espaço para duas mil, e aí aconteceu o inevitável. Muitas doenças, epidemias e o número de mortes diárias era grande. A alimentação, além de ser escassa, era ruim".

[Imagem: estacao-campos-de-concentracao.jpg]


A professora relata em seu livro que entre abril de 1932 e março de 1933 foram registrados mais de 1.000 mortos somente no Campo de Concentração de Ipu. Ela ainda relata que era possível perceber distinções na estrutura arquitetônica dos campos. Alguns eram cercados de forma circular e outros recebiam uma conformação mais quadrangular, entretanto, havia uma estrutura básica presente em todos: posto médico, cozinha, barbearia e casebres separados por família.

[Imagem: mapa-campos.jpg]


O professor e doutorando em História pela Universidade Regional do Cariri (URCA) e Universidade Federal Fluminense (UFF), Airton de Farias, cita mais detalhes: "Os homens tinham os cabelos raspados a zero. Os campos ainda tinham banheiros, capela e casebres divididos em pavilhões para homens solteiros, viúvas e famílias. Havia uma espécie de cadeia para os retirantes desordeiros e oficinas (de olaria, carpintaria, alfaiataria etc.) para não deixar os concentrados inativos, o que era, aliás, uma preocupação das autoridades".

"Vários dos retirantes eram 'recrutados' dos campos também para as obras de emergência do governo e até para lutar na revolução paulista de 1932. Atraídos pelas promessas de trabalho, alimentação e assistência médica, os sertanejos eram privados de sua liberdade, não podendo sair sem autorização dos inspetores dos campos. Guardas constantemente vigiavam os movimentos dos concentrados para evitar fugas. Esses campos de concentração eram chamados pela população de 'currais do governo'. Houve casos de revolta dos retirantes contra aquele controle sufocante e a administração dos campos", explica ainda Airton.

"Junto com os retirantes, as epidemias 'encontraram' condições favoráveis para se alastrarem, devido ao ajuntamento de pessoas, falta de higiene, saúde debilitada. A mais grave dizimou em Fortaleza em um único dia, 10 de dezembro de 1878, 1004 pessoas.

Foi para evitar a repetição desses eventos que os campos de concentração foram pensados. O lugar seria um lugar que sertanejos receberiam apoio governamental, mas a realidade foi bem diferente", acrescenta a pesquisadora e blogueira Fátima Garcia.

Airton de Farias frisa que no imaginário das pessoas de hoje os campos de concentração ficaram associados à Alemanha, por isso é importante que tenham acesso à história do Brasil. "Os que haviam no Ceará eram diferentes, tinham outros sentidos e objetivos. Campos de concentração, como o nome sugere, são onde ficam pessoas concentradas, confinadas, em virtude de surtos de doenças, guerras, secas, etc. Vale lembrar que a criação dos campos contou com grande apoio da sociedade, como se pode perceber nos artigos elogiosos dos jornais da época, afinal, os flagelados estariam isolados e bem assistidos, o que na verdade não aconteceu. Historicamente, no nosso Estado, secas são momentos de tensão social, em que a ordem estabelecida corre riscos ante a fome e desespero das pessoas".

"A ideia de confinar, controlar e vigiar pessoas em locais 'apropriados' já tinha acontecido na seca de 1877, com os abarracamentos em torno de Fortaleza. Na seca de 1915 houve o primeiro campo de concentração na região do Alagadiço, atual São Gerardo".

[Imagem: image-1.jpg]


[Imagem: image-2.jpg]


[Imagem: image-3.jpg]


[Imagem: image-4.jpg]


[Imagem: image-5.jpg]


A pesquisadora também reforça que, assim como os campos de concentração, outros pontos da história do nosso Estado são desconhecidos pelo povo. "Nossa história não é contada nos livros didáticos nem ensinada nas escolas. Pessoalmente acredito que o assunto é relevante em primeiro lugar porque revela um aspecto pitoresco que foi vivenciado por uma parcela de nossos antepassados; e depois porque mostra que o fenômeno da seca no Nordeste, apesar de secular, nunca é tratado de forma efetiva, sempre é uma solução pontual, visando aquele período, aquele grupo de flagelados. Acredito ainda, que não haja empenho das chamadas Secretarias de Cultura ou de Patrimônio ou similares, em preservar essas histórias, o que existe é um esforço para que sejam esquecidas, como se o passado os envergonhasse".

No ano seguinte, com as primeiras chuvas de 1933, a imprensa efetivou uma forte campanha para o fim dos campos de concentrações. "As poucas chuvas que começaram a cair no sertão já forneciam uma certa segurança para os fechamentos das concentrações. Pensava-se que a cidade não corria mais o risco de invasão", conta Kênia em seu livro.

"Os campos duraram exatamente um ano, feitos em março de 1932 e desfeitos entre março e abril de 1933 porque começou a chover, então o governo distribuiu passagens e sementes para os concentrados retornarem aos seus lugares de origem. Nas concentrações de Fortaleza (nos bairros Otávio Bonfim e Arraial Moura Brasil), os campos deram origem ao surgimento de favelas, como é o caso do Pirambu".

"Havia muita rotatividade nos campos de concentrações, quando estavam muito cheios as pessoas eram encaminhadas para outros. Somente no Crato, chegou a passar durante o ano 65 mil pessoas", complementa a professora.

[Imagem: cemiterio-senador-pompeu.jpg]

Cemitério do campo de concentração em Senador Pompeu Foto:Divulgação/MP/CE

No último dia 17 de abril, com o objetivo de proteger o patrimônio histórico-cultural de Senador Pompeu, cidade distante 273 quilômetros de Fortaleza, o Ministério Público do Estado do Ceará (MP/CE) firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a Prefeitura do município para promover o tombamento de diversos pontos históricos da região.

Na lista de locais citados no acordo estão o sítio arquitetônico da “barragem do Patu”, a “Vila dos Ingleses”, o “cemitério” e o “campo de concentração do Patu”, além do registro do bem imaterial da “Caminhada das Almas”.

[Imagem: img-modified.jpg]

O Cemitério das Almas da barragem do Açude Patu, em Senador Pompeu, recebe a romaria em homenagem às vítimas do campo de concentração do Patu há mais de 30 anos Fotos: Alex Pimentel

Segundo o promotor de Justiça do Juizado Especial de Senador Pompeu, Geraldo Nunes Laprovitera Teixeira, um inquérito civil público e um relatório técnico foram realizados pelo MP/CE e concluíram que o tombamento do campo de concentração é benefício para a defesa da cultura e história cearense por apresentar “inegável valor histórico-cultural”. O município assinou o TAC e, em caso de descumprimento, será aplicada multa de R$ 5 mil por mês.

Fátima Garcia explica que Senador Pompeu teve uma estrutura que resistiu ao tempo porque utilizou uma área construída pelos ingleses. "Havia um casarão construído no final dos anos 1910, conhecida por Vila dos Ingleses. Os estrangeiros estiveram na região para construção de uma barragem, do Açude Patu, que não chegou a ser concluída por falta de verbas. O casarão servia de residência aos estrangeiros e foi encampado pelo governo".

A história vai virar filme

[Imagem: image-3.jpg]

Foto clicada em Senador Pompeu durante pesquisa para o filme "Dos campos à concentração" Foto: David Aguiar

A dupla David Aguiar, graduado em jornalismo e mestre em Comunicação e Audiovisual, e Sabina Colares, graduada em letras e especialista em Audiovisual, se prepara para rodar um longa-metragem sobre os campos de concentração no Ceará ainda este ano. Será um filme de linguagem híbrida, já que mesclará realidade com ficção. O projeto, intitulado "Dos campos à concentração", foi agraciado com o "Rumos Itaú Cultural 2015-2016".

"Desde o final de 2013, estamos em fase de pesquisa, tanto histórica quanto de linguagem. Agora o momento é de realizar um recorte dos fatos históricos e equalizar a uma forma narrativa que possa dar melhor comunicabilidade e potência estética ao filme. Estamos também em período de captação de recursos complementares para a realização do projeto", conta.

[Imagem: 02.jpg]

A "Caminhada das Almas", em Senador Pompeu, leva milhares de pessoas todos os anos em peregrinação para homenagear os mortos do campo de concentração Foto: David Aguiar e Walter Lima

A ideia de fazer um documentário sobre o assunto não foi à toa. David tem contato com o sertão desde sua infância e a forma de sobrevivência do sertanejo o marcou de alguma forma. "Escutava histórias dos mais velhos sobre as antigas guerras entre famílias e como muitos morreram durante as secas. A história passou rapidamente a ser um dos temas pelos quais mais me interessava, sobretudo a relação entre história, memória e arte. Ponto muito forte e em comum no trabalho artístico realizado com Sabina".

Junto com a equipe do filme, eles estiveram em Senador Pompeu, onde conversaram com pessoas que perderam pais, tios e toda uma leva de familiares devido à concentração. "Nos deparamos com o patrimônio histórico em total estado de decomposição e esquecimento. Muitos lutam para preservar. Anualmente ocorre a 'Caminhada das Almas', em homenagem aos milhares que morreram no campo da barragem do Patu. É algo que quando você experimenta, não pode mais ignorar".

"Acreditamos ser imprescindível rememorar essa história, desenterrar essa dor, para conhecer o que mantemos em nossa cultura e ações políticas que chamamos de barbárie na cultura do outro. Memorar é uma forma de autocrítica e aprimoramento. Acredito que o momento atual exige isso, como sempre exigiu", finaliza.

http://plus.diariodonordeste.com.br/camp...ara/#intro
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 11 usuários diz(em) obrigado a Cimberley Cáspio pelo seu post:
admin (14-11-2018), Alimah (12-11-2018), Anonymous_T.ron (11-11-2018), avalon (16-11-2018), DeOlhOnafigueira (12-11-2018), jonas car (11-11-2018), Koala (19-11-2018), Neo1 (13-11-2018), Rox Extreme (12-11-2018), tarcardoso (13-11-2018), ULTRON (12-11-2018)
Manteiga Ghee pelo menor preço é na loja Tudo Saudável
11-11-2018, 10:11 PM
Resposta: #2
RE: A história que o nordeste brasileiro quer esquecer, vai virar filme.
O Brasil é muito mais complexo que parece. Nessas terras tão frutíferas muito sangue serviu como adubo.
E enquanto o individuo não se der conta de seu direito natural e como o Estado é servo de interesses pessoais de forças globais vamos continuar nessa seca social eterna, mascarada com politicas "politicamente corretas" que nos distraem de todos os outros 359º graus da realidade.

"Quando todos dizem mentiras, dizer a verdade é mais que rebeldia...é uma revolução!
A Verdade se torna uma arma. Cuidado como usa suas palavras." - G. Orwell

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a jonas car pelo seu post:
admin (14-11-2018), Anonymous_T.ron (11-11-2018), avalon (16-11-2018), Cimberley Cáspio (11-11-2018), ULTRON (12-11-2018)
12-11-2018, 09:05 AM
Resposta: #3
RE: A história que o nordeste brasileiro quer esquecer, vai virar filme.
Os esquerdopatas insistem em deturpar a história.
Comparar vítimas da seca com os campos de concentração nazistas é piada de mau gosto.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Marcelo Almeida pelo seu post:
Aldebarâ (14-11-2018)
12-11-2018, 02:15 PM (Resposta editada pela última vez em: 12-11-2018 05:47 PM por Cimberley Cáspio.)
Resposta: #4
RE: A história que o nordeste brasileiro quer esquecer, vai virar filme.
Bem, independentemente de política partidária, pensamentos e comparações, as vítimas desse horror ainda vivas tem que ser indenizadas, inclusive os herdeiros dos mortos. O governo do Ceará e a União devem pagar por essa prática hedionda. Essas pessoas não eram revolucionários e nem buscavam objetivos políticos; essas pessoas eram vítimas da sede e da fome, multidão inocente, em sua grande maioria analfabetos, que só queriam um prato de comida e uma caneca de água.

E à época, o governo do Ceará e a União agiram de forma criminosa, traindo o princípio constitucional da dignidade humana, não a estrangeiros, nem a um Exército inimigo, mas sim,ao seu próprio povo; brasileiros famintos e desesperados, entre eles, muitos idosos e crianças, inclusive bebês.

O pecado desse povo era somente a necessidade de comer, beber uma caneca de água, e proteção do seu governo, do seu governo, o governo brasileiro; não de um governo estrangeiro, mas do governo do seu país, que traiçoeiramente lhes deu às costas, entregando-os ao sacrifício, e a morte.

Os judeus tiveram e continuam tendo a sua reparação; os perseguidos e torturados, segundo os reclamantes, pelo regime militar no Brasil, também tiveram e continuam tendo a sua reparação. E as vítimas dessa vergonha brasileira? Só porque são nordestinos, não merecem também a justiça? As vítimas, segundo elas, do regime militar são melhores? São seres superiores? Nordestino pobre e com fome é o quê? É o resto? Se morreu, morreu e esquece a história? Atropela o direito, passa por cima e joga uma pá de cal? Só tem valor quem botou arma na mão e se rebelou, atirou e matou durante o regime militar? E quem só queria um prato de comida, uma caneca de água e pouca importância dava para comer com garfo e faca? Eram apenas nordestinos pobres, o resto dos restos? Vai ficar assim? Vai ficar por isso? Não vão ter reparação? Estão muito enganados se pensam dessa forma.

Esse caso com certeza será levado à ONU e ao Tribunal Penal Internacional de Haia. Independente se antes do filme ou depois do filme. E a divulgação não vai parar; não haverá esquecimento; o sangue dessas vítimas inocentes que só queriam água e comida, clama da terra até hoje e alcançou o Trono de Deus. E a trégua só vai acontecer quando a justiça de fato, contemplar os mortos e seus herdeiros.
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a Cimberley Cáspio pelo seu post:
avalon (16-11-2018), fallen1232 (12-11-2018), Fire Fox (12-11-2018), jonas car (16-11-2018), ULTRON (12-11-2018)
Goji Berry Pelo menor Preço Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
12-11-2018, 09:35 PM
Resposta: #5
RE: A história que o nordeste brasileiro quer esquecer, vai virar filme.
Excelente tópico colega!

Esta triste e insólita realidade deve ser mostrada. Infelizmente, estes resíduos de nossa história ficam ocultos a grande massa, mas aqui como tantos outros, vem a publico para ilustrar a quanto tempo somos "doutrinados" a aceitar apenas o que nos é dito e ensinado pelo sistema.

Pontuado, e parabéns!

"Et in aliis quaeris mutatio."

Rox Extreme.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Rox Extreme pelo seu post:
admin (14-11-2018), Cimberley Cáspio (12-11-2018)
13-11-2018, 12:10 AM (Resposta editada pela última vez em: 16-11-2018 10:56 PM por DeOlhOnafigueira.)
Resposta: #6
RE: A história que o nordeste brasileiro quer esquecer, vai virar filme.
A historia conta que a promessa do governo para os que quisessem se instalar nesse local, era comida, água, assistência médica e oferta de trabalho. Pouco disso, no entanto, acontecia. Nao é diferente dos dias de hoje, infelizmente, em que as promessas sao feitas - e nao de boca, mas na lei maior, a saber a CF -, porém nao sao cumpridas.

Obviamente nada se compara ao sofrimento daqueles que vivenciaram tudo aquilo. Sim, nao pode ser esquecido!

Nesse grupo de sofredores, também temos os negros, os indios, os imigrantes. No caso desse ultimo, me lembro das historias do meu pai que é neto/filho de italianos. Quando os seus pais estavam na Italia, fizeram promessas, contaram maravilhas do Brasil. Ludibriaram com falsas promessas de vida farta. E aqui, quando se instalavam nas pequenas propriedades nao era nada disso. Produziam e nao tinham como transportar as colheitas devido as estradas precárias e a falta de transporte. Além disso, estavam expostos a várias doenças, animais ferozes, dentre outras dificuldades. Eram controlados pelo governo, subjugados pelos grandes latifundiários, e muitos desesperados tentavam retornar para o país de origem, porém sem exito. Isso no final do século XIX e início do XX. Alguns anos atrás, quando providenciei os "atestados de óbitos" de alguns deles - pasmem, a maioria morreu com 40 e poucos anos de vida -, visando resgatar a historia, todos constavam como causa da morte "desconhecida". Era um total descaso do governo.

O fato narrado sobre os nordestinos, é bom que se diga, que antes de 1932 já tinha acontecido. Segundo os registros, em 1915 nao foi diferente.

Ou seja, já tinham feito a lambança antes!

Interessante é que nos lembra um pouco o que ocorre agora com os Venezuelanos e os mexicanos que migram para o Brasil e os EUA. Logicamente ainda nao criaram os tais "locais para abrigarem a esses". E quando falo da semelhança, é porque o objetivo dos tais campos de concentração nordestinos, era impedir que os "molambudos", que assim eram chamados os que eram extremamente pobres e estavam sendo massacrados pela seca, nao chegassem na capital, onde se concentravam os mais abastados.

Conclui-se que a história nao muda. E nao será mera coincidência vermos se repetir em breve. E podendo ter muitos de nós como coadjuvantes.

_____________________________________________________
Blog DeOlhOnafigueira
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a DeOlhOnafigueira pelo seu post:
admin (14-11-2018), avalon (16-11-2018), Cimberley Cáspio (13-11-2018), jonas car (16-11-2018), Rox Extreme (13-11-2018)
14-11-2018, 10:43 PM (Resposta editada pela última vez em: 14-11-2018 10:57 PM por Aldebarâ.)
Resposta: #7
RE: A história que o nordeste brasileiro quer esquecer, vai virar filme.
(12-11-2018 09:05 AM)Marcelo Almeida Escreveu:  Os esquerdopatas insistem em deturpar a história...
E também possuem outra característica unica. : são negativos. seres negativos sempre. sempre
os observe melhor e entendera melhor. Adoram o caos a menos que esteja no poder.
se camuflam na mentira, fingem que são do bem, ovelhas em pele de cordeiro, as vezes facil de identificar as vezes difícil....

Se fossemos ouvir estes seres negativos,[ pois so postam coisas negativas] certamente desistiríamos porem a voz deles esta cada vez mais fraca e não sabem , vivem um sonho e acreditam que somos parte deste sonho. Destilam seu odio e quer que isto nos contamine. coitados. Seres inferiores.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Compre Spirulina e Chlorella da OceanDrop na Tudo Saudável
15-11-2018, 03:07 AM (Resposta editada pela última vez em: 15-11-2018 03:09 AM por Rox Extreme.)
Resposta: #8
RE: A história que o nordeste brasileiro quer esquecer, vai virar filme.
(14-11-2018 10:43 PM)Aldebarâ Escreveu:  
(12-11-2018 09:05 AM)Marcelo Almeida Escreveu:  Os esquerdopatas insistem em deturpar a história...
E também possuem outra característica unica. : são negativos. seres negativos sempre. sempre
os observe melhor e entendera melhor. Adoram o caos a menos que esteja no poder.
se camuflam na mentira, fingem que são do bem, ovelhas em pele de cordeiro, as vezes facil de identificar as vezes difícil....

Se fossemos ouvir estes seres negativos,[ pois so postam coisas negativas] certamente desistiríamos porem a voz deles esta cada vez mais fraca e não sabem , vivem um sonho e acreditam que somos parte deste sonho. Destilam seu odio e quer que isto nos contamine. coitados. Seres inferiores.

Muito boa observação "Senhor da verdade".
Mais algum julgamento? Chegou ontem no fórum, porém sua crítica está aqui registrada.

Reveja seus conceitos....

Boa noite.

"Et in aliis quaeris mutatio."

Rox Extreme.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Rox Extreme pelo seu post:
Cimberley Cáspio (15-11-2018)
16-11-2018, 02:23 AM
Resposta: #9
RE: A história que o nordeste brasileiro quer esquecer, vai virar filme.
(12-11-2018 09:05 AM)Marcelo Almeida Escreveu:  Os esquerdopatas insistem em deturpar a história.
Comparar vítimas da seca com os campos de concentração nazistas é piada de mau gosto.
Deturpar como?
Como se compara as vidas de um e de outro nessa balança que voce desenvolveu?
Uma coisa é comparar um bandido e um inocente e suas atribuições.
Mas quando "estados" sacrificam a vida de crianças, como voce diferencia os filhos de judeus e os filhos de nordestinos?
Me esclareça.

(12-11-2018 02:15 PM)Cimberley Cáspio Escreveu:  E à época, o governo do Ceará e a União agiram de forma criminosa, traindo o princípio constitucional da dignidade humana, não a estrangeiros, nem a um Exército inimigo, mas sim,ao seu próprio povo; brasileiros famintos e desesperados, entre eles, muitos idosos e crianças, inclusive bebês.

...

Os judeus tiveram e continuam tendo a sua reparação; os perseguidos e torturados, segundo os reclamantes, pelo regime militar no Brasil, também tiveram e continuam tendo a sua reparação. E as vítimas dessa vergonha brasileira? Só porque são nordestinos, não merecem também a justiça? As vítimas, segundo elas, do regime militar são melhores? São seres superiores? Nordestino pobre e com fome é o quê? É o resto? Se morreu, morreu e esquece a história? Atropela o direito, passa por cima e joga uma pá de cal? Só tem valor quem botou arma na mão e se rebelou, atirou e matou durante o regime militar? E quem só queria um prato de comida, uma caneca de água e pouca importância dava para comer com garfo e faca? Eram apenas nordestinos pobres, o resto dos restos? Vai ficar assim? Vai ficar por isso? Não vão ter reparação? Estão muito enganados se pensam dessa forma.

...

o sangue dessas vítimas inocentes que só queriam água e comida, clama da terra até hoje e alcançou o Trono de Deus. E a trégua só vai acontecer quando a justiça de fato, contemplar os mortos e seus herdeiros.

Que bom que voce conclamou a justiça divina, pq a dos homens é feita por homens e infelizmente não há homens de boa vontade no poder politico brasileiro. Ao menos não com vontade suficiente.
Mas ainda há alguns com interesses que coadunam aos que buscam justiça e devemos aprender a usar esses interesses em comum à favor de nossas necessidades, sem histerismos odisseicos, mas com firmeza e serenidade. Sim sim e não não.
O que está certo está certo e o que está errado está errado.
Matar crianças não pode ser certo e se for minha bussola moral ja perdeu seu norte nesse novo universo que vivemos.

(13-11-2018 12:10 AM)DeOlhOnafigueira Escreveu:  A historia conta que a promessa do governo para os que quisessem se instalar nesse local, era comida, água, assistência médica e oferta de trabalho. Pouco disso, no entanto, acontecia. Nao é diferente dos dias de hoje, infelizmente, em que as promessas sao feitas - e nao de boca, mas na lei maior, a saber a CF -, porém nao sao cumpridas.

Obviamente nada se compara ao sofrimento daqueles que vivenciaram tudo aquilo. Sim, nao pode ser esquecido!

Nesse grupo de sofredores, também temos os negros, os indios, os imigrantes. No caso desse ultimo, me lembro das historias do meu pai que é neto/filho de italianos. Quando os seus pais estavam na Italia, fizeram promessas, contaram maravilhas do Brasil. Ludibriaram com falsas promessas de vida farta. E aqui, quando se instalavam nas pequenas propriedades nao era nada disso. Produziam e nao tinham como transportar as colheitas devido as estradas precárias e a falta de transporte. Além disso, estavam expostos a várias doenças, animais ferozes, dentre outras dificuldades. Eram controlados pelo governo, subjugados pelos grandes latifundiários, e muitos desesperados tentavam retornar para o país de origem, porém sem exito. Isso no final do século XIX e início dos anos 1900. Alguns anos atrás, quando providenciei os "atestados de óbitos" de alguns deles - pasmem, a maioria morreu com 40 e poucos anos de vida -, visando resgatar a historia, todos constavam como causa da morte "desconhecida". Era um total descaso do governo.

O fato narrado sobre os nordestinos, é bom que se diga, que antes de 1932 já tinha acontecido. Segundo os registros, em 1915 nao foi diferente.

Ou seja, já tinham feito a lambança antes!

Interessante é que nos lembra um pouco o que ocorre agora com os Venezuelanos e os mexicanos que migram para o Brasil e os EUA. Logicamente ainda nao criaram os tais "locais para abrigarem a esses". E quando falo da semelhança, é porque o objetivo dos tais campos de concentração nordestinos, era impedir que os "molambudos", que assim eram chamados os que eram extremamente pobres e estavam sendo massacrados pela seca, nao chegassem na capital, onde se concentravam os mais abastados.

Conclui-se que a história nao muda. E nao será mera coincidência vermos se repetir em breve. E podendo ter muitos de nós como coadjuvantes.

No lugar onde cresci o termo usado era "mulambentos".
É engraçado, pra não dizer trágico como essas histórias se repetem. Na minha família isso ocorreu de diversas formas em varias linhagens.
Para minha sorte, ou azar, minha família preservou a tradição de contar aos filhos suas origens e o que passaram pra chegar onde chegaram.
A duras penas minha familia entendeu que não importa se italianos, portugueses, negros ou índios, o maior inimigo do povo sempre é o Estado.
Mas isso é algo pessoal e aqueles que se beneficiaram do Estado tendem a pensar diferente.

Claro, digo isso na perspectiva terrena.

(14-11-2018 10:43 PM)Aldebarâ Escreveu:  E também possuem outra característica unica. : são negativos. seres negativos sempre. sempre
os observe melhor e entendera melhor. Adoram o caos a menos que esteja no poder.
se camuflam na mentira, fingem que são do bem, ovelhas em pele de cordeiro, as vezes facil de identificar as vezes difícil....

Se fossemos ouvir estes seres negativos,[ pois so postam coisas negativas] certamente desistiríamos porem a voz deles esta cada vez mais fraca e não sabem , vivem um sonho e acreditam que somos parte deste sonho. Destilam seu odio e quer que isto nos contamine. coitados. Seres inferiores.
E quando é que se pode dizer algo positivo nas ações do governo desde que o Brasil é Brasil.
Não se trata apenas de dialética hegeliana.
Sabemos que a esquerda tem esse modus operandi. Sabemos que há membros da esquerda tbm aqui no forum.
Mas esconder a verdade faz de voce um membro de que grupo politico?
Melhor dizendo, quem no Brasil representa a direita? Pq antes era o PSDB(que nunca chegou nem perto de ser direita) e agora é o PSL.
Mas ai pergunto, quem é Gustavo Bebianno? Voce sabe junto a quem ele atuava?

Voce sabe quem é Fernando Azevedo e Silva, indicado para assumir o Ministério da Defesa? Acessor/auxiliar do Toffoli, o mesmo cara que tanto denunciamos aqui no forum por suas ações espúrias no TSE ocultando os resultados das urnas fraudáveis.

Voce sabe quem é Campos Neto, que vai presidir o Banco Central?
Nada mais que o diretor do Santander, ou deveria dizer Satander? Sabe quem é Soros?

O que dizer então do Levy no BNDES...sério? Levy? O mesmo Levy do Lula e do Temer? No BNDES?
Sabe pq?
Porque essa "caixa-preta" vai precisar ser bem mascarada pra não mostrar como os bancos internacionais exploraram o país mais que o proprio PT, que juntinho desgraçaram nossa situação, pra que agora tudo seja culpa da reforma da previdência.

Será que é tão dificil entender que esses indicados não são pros brasileiros verem mas sim pros gringos banqueiros globalistas ficarem calmos quanto aos planos pro Brasil?

Será que é tão dificil perceber que quando a esquerda, a pseudo direita, o centrão, a midia internacional, a midia nacional e sabe-se la mais quantos, ficam dizendo que a reforma da previdencia é necessária é pq nada te haver com o povo?

Não me entenda mal, não estamos sendo pessimistas e negativos. É só que depois de tanta pancada do governo desde 1522, fica dificil olhar pra "cima" e não esperar uma pancada.

Meu "partido" é o Brasil e pra isso ser verdade devo começar sempre desconfiando de quem está no poder, porque isso é ser vigilante.
A unica coisa que me deu satisfação nesse novo governo, tirando a frustração da desgraça do PT que é um câncer nesse país, foi o comentário do Onix Lorenzoni para a Noruega:



Porr@...um pouco de brio e nacionalismo, enfim. Só ai ja valeu os ultimos 13 anos(16?) de PT.

"Quando todos dizem mentiras, dizer a verdade é mais que rebeldia...é uma revolução!
A Verdade se torna uma arma. Cuidado como usa suas palavras." - G. Orwell

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a jonas car pelo seu post:
avalon (16-11-2018), Cimberley Cáspio (16-11-2018), DeOlhOnafigueira (16-11-2018), Koala (19-11-2018), Rox Extreme (16-11-2018)
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  O lado escuro e desconhecido da história dos EUA. Cimberley Cáspio 0 5 Hoje 02:13 PM
Última Resposta: Cimberley Cáspio
  Um ocorrido não registrado na história brasileira Nikoloz 6 514 14-11-2018 08:50 PM
Última Resposta: MochileiroSelvagem
  O massacre de Katyn: uma história que a Rússia quis apagar e tirar do radar. Cimberley Cáspio 0 341 07-10-2018 05:49 PM
Última Resposta: Cimberley Cáspio
  A ilha dos canibais: a história que a Russia quer esquecer Cimberley Cáspio 0 693 13-06-2018 06:16 PM
Última Resposta: Cimberley Cáspio
  Pirâmide na Indonésia poderia mudar a história convencional Thucks 0 2,170 22-05-2018 05:21 PM
Última Resposta: Thucks

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 64 usuários online.
» 1 Membros | 63 Visitantes
Cimberley Cáspio

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,835
» Último Membro: Iugxk
» Tópicos do Fórum: 25,746
» Respostas do Fórum: 273,942

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
O lado escuro e desconhecido da história dos EUA.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 02:13 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 5
O teatro soberano de países incompetentes e corruptos.
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
10-12-2018 02:28 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 90
Ciclos de conservadorismo e progressismo no Brasil
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
10-12-2018 12:08 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 385
O G20 jogou uma pá de cal na soberania perdida da Argentina.
Última Resposta Por: Xevious
10-12-2018 10:31 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 308
Bolsonaro e o Trotskismo: Um paralelo interessante
Última Resposta Por: Bogoton
10-12-2018 09:36 AM
» Respostas: 34
» Visualizações: 2152
Procurador-Geral da República Pede Explicações ao Ministro Palocci
Última Resposta Por: Aldebarâ
09-12-2018 08:43 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 1919
Vence Bolsonaro. Qual o rumo do Brasil agora? Which road is Brazil heading to?
Última Resposta Por: Infinite
07-12-2018 11:40 PM
» Respostas: 75
» Visualizações: 6060
O que está por trás na prisão da executiva chinesa Meng Wanzhou no Canadá.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
07-12-2018 03:26 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 315
Jornalistas e blogueiros estão sendo caçados e mortos, inclusive no Brasil.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
07-12-2018 11:28 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 319
Líbia: negro que não está sendo morto nas ruas, está sendo vendido como escravo.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
07-12-2018 09:22 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 321
A Ordem Mundial está começando a rachar.
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
06-12-2018 08:11 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 416
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Justo
06-12-2018 01:34 PM
» Respostas: 1090
» Visualizações: 204500
Xarope maldito que foi banido na Nigéria é vendido no Brasil em larga escala.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
06-12-2018 01:21 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 352
A morte nos espera no futuro muito, muito próximo.
Última Resposta Por: ORealista
06-12-2018 09:26 AM
» Respostas: 7
» Visualizações: 748
Greve dos Caminhoneiros 2 - Atuação de entidades BlackOps
Última Resposta Por: BioMachine
04-12-2018 10:14 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 452
Algumas músicas anom
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
04-12-2018 08:02 PM
» Respostas: 142
» Visualizações: 28460
Como saber se um poço artesiano tem fluoreto?
Última Resposta Por: draggy29
04-12-2018 06:47 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 470
Médicos americanos infectaram propositalmente população pobre c/sífilis e gonorreia.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
04-12-2018 05:53 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 256
Chineses estão transformando o Atlântico Sul em terra de ninguém.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
04-12-2018 03:41 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 351
Palestinos condenam transferência da embaixada do Brasil para Jerusalém
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
04-12-2018 02:30 PM
» Respostas: 21
» Visualizações: 1375
Por que tantos funcionários chineses estão se matando?
Última Resposta Por: pablo_hp
03-12-2018 07:56 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 352
Nos portos de Buenos Aires,drogas e explosivos estão entrando e saindo livremente.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
03-12-2018 05:41 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 188
Barco de pesca brasileiro foi atacado por chineses no Atlântico Sul.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
03-12-2018 04:37 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 219
Bayer anuncia corte de 12.000 empregos em todo o mundo.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
03-12-2018 03:22 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 248
Peru: À beira de ser preso, o ex-presidente Alan Garcia pede asilo ao Uruguai.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
03-12-2018 03:06 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 227
Teoria da Terra Plana, como assim?
Última Resposta Por: jnana
03-12-2018 01:34 PM
» Respostas: 142
» Visualizações: 23630
“Mais Médicos”: nada pessoal; o problema é que Cuba não é transparente.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
03-12-2018 11:53 AM
» Respostas: 45
» Visualizações: 2896
Brasileiros tiram R$ 9 bi da Suíça após Lava Jato.
Última Resposta Por: Aldebarâ
02-12-2018 08:47 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 214
Enquanto para alguns, o salário é uma festa, os demais brasileiros vão definhando...
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
02-12-2018 03:07 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 313
Kosher Nostra: As raízes dos judeus nos EUA
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
02-12-2018 10:27 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 269

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial