Compre o Melhor do Mel e Derivados na Tudo Saudável



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 0 Votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
29-03-2019, 07:44 AM (Resposta editada pela última vez em: 29-03-2019 11:28 AM por CaféSemAçúcar.)
Resposta: #1
A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
Neoconservadorismo

[Imagem: 220px-President_Reagan_speaking_in_Minneapolis_1982.jpg]


Ronald Reagan foi uma importante figura do neoconservadorismo.
Neoconservadorismo (ou neocon) é uma corrente da filosofia política que surgiu nos Estados Unidos a partir da rejeição do liberalismo social, pacifismo, relativismo moral, social-democracia e da contracultura da Nova Esquerda dos anos 1960.[1]

O neoconservadorismo influenciou os governos de Ronald Reagan e George W. Bush,[2] representando um realinhamento da política estadunidense e a "conversão" de alguns membros da esquerda para a direita do espectro político.[3]

O neoconservadorismo estadunidense enfatiza a política externa, especialmente as intervenções políticas e militares em outros países, como sendo o aspecto mais importante das responsabilidades do governo, no sentido de assegurar o papel dos Estados Unidos como única superpotência - condição considerada indispensável para a preservação da ordem mundial.[4]

O primeiro neoconservador declarado foi Irving Kristol, que explicitou sua condição em artigo de 1979, intitulado Confessions of a True, Self-Confessed 'Neoconservative' ("Confissões de um verdadeiro 'neoconservador' confesso ").


-----------

Personagem Chave: Judeu e pai do neoconservadorismo Irving Kristol

[Imagem: 18kristol_190.jpg]


Nome completo Irving Kristol
Nascimento 22 de janeiro de 1920
Brooklyn, Nova Iorque
Morte 18 de setembro de 2009 (89 anos)
Nacionalidade norte-americano
Ocupação Filósofo
Irving Kristol (Nova Iorque, 22 de janeiro de 1920 — Falls Church, 18 de Setembro de 2009) foi um escritor, jornalista e intelectual estadunidense, considerado o fundador do neoconservadorismo. Foi casado com a escritora Gertrude Himmelfarb.

Ex-trotskista,[1] Kristol distanciou-se das ideias do liberal Friedrich Hayek, segundo o qual o crescimento do Estado seria o "caminho de servidão". Para Kristol, não existe sociedade política tolerável sem um Estado bem mais intervencionista do que o "guarda-noturno" de que falava Herbert Spencer. Por este, entre outros motivos, o Estado, segundo Kristrol, não deve ser neutro perante diferentes concepções do bem, mas proteger valores morais relevantes para a sociedade.[2]

Governo Reagan

A administração de Ronald Reagan teve como sua principal fonte doutrinária o pensamento produzido pelo grupo de intelectuais neoconservadores, que tinham em Irving Kristol seu mentor. Vários deles ocuparam posições importantes no seu governo. Essa doutrina determinou as posições do governo Reagan, tanto em sua política interna, quanto em sua política internacional. No plano interno, a redução dos impostos e dos gastos governamentais e a desregulação dos mercados marcaram a materialização das ideias neoconservadoras adotadas por Reagan. No Plano externo, o confronto geopolítico com a União Soviética, a questão da proliferação dos armamentos nucleares, o fim da Guerra Fria, com a queda da União Soviética, foram os temas enfrentados.[3] A incapacidade econômica soviética de fazer frente a ressa pressão é apontada como uma das causas do colapso da ex-superpotência e do fim do período da Guerra Fria.[4] A doutrina neoconservadora de Irving Kristol conduziu o governo Reagan a essa resolução no plano internacional e lhe deu suporte para as políticas internas de desregulamentação de mercados e redução da carga tributária e, também, para a rediscussão do sistema de assistência social construído no contexto da criação do Estado de bem-estar social, plataforma encampada pelos governos democratas que o antecederam.[5]

Religião

Durante a década de 1990, Irving Kristol e outros escritores em revistas neoconservadoras começaram a divulgar visões anti-darwinistas, como um endosso de design inteligente. Uma vez que estes neoconservadores foram em grande parte de origem secular, alguns comentaristas especularam que isso - junto com o endosso da religião em geral - pode ter sido um caso de uma "nobre mentira", destinada a proteger a moralidade pública, ou mesmo políticas táticas, para atrair endosso de líderes religiosos.[6] Durante a sua vida, ele passou a defender várias vezes a posição neoliberal.[7]


[Imagem: 96a7455191b62cc75429b34633e9f22e.jpg]

Download: https://b-ok.cc/book/2659718/b6367b


----

https://pt.wikipedia.org/wiki/Neoconservadorismo
https://pt.wikipedia.org/wiki/Irving_Kristol
* Introdução com dois textos da wikipedia apenas para ilustrar e agregar conhecimentos gerais e básicos sobre neoconservadorismo e Irving Kristol.

----


A culpa da guerra cultural é de Irving Kristol e os neoconservadores

[Imagem: kristol-decter.jpg]

Neoconservadores como Irving Kristol (à esquerda) e Midge Decter desafiaram as definições da identidade americana ampliando e defendendo uma cidadania mais tradicional.


A GUERRA CULTURAL: É uma frase que relembra os conflitos acirrados das décadas de 1980 e 1990, com suas batalhas sobre o aborto, a evolução e a oração escolar. E, no entanto, essas lutas ainda perduram hoje, como evidenciado pela recente controvérsia sobre as leis de “liberdade religiosa” de Indiana e Arkansas.

Em sua essência, as guerras culturais - tanto passadas quanto contemporâneas - sempre pareceram colocar dois lados um contra o outro: os religiosos e os seculares. Mas em um novo livro "Uma guerra pela alma da América", Andrew Hartman revela que esses embates começaram como um debate mais secular - e que esse debate decolou muito antes do que poderíamos lembrar.

Hartman, professor de história da Universidade do Estado de Illinois, escreveu a primeira história sistemática das guerras culturais e seu livro detalha alguns dos episódios mais acalorados do conflito. (“Podemos acreditar que Deus poupará os Estados Unidos”, Jerry Falwell pregou na televisão nacional, “se a homossexualidade continua a se espalhar?”)


[Imagem: b034ac86f6cc1402bba49d9b5b6086ef.jpg]

Download https://b-ok.cc/book/2611619/e9ce1b


Mas Hartman também mostra como o conflito começou - não como um cabo-de-guerra entre pastores e gays, mas como uma discussão entre os neoconservadores e a Nova Esquerda. Nos anos 1960, a Nova Esquerda - que reuniu movimentos como feminismo, Black Power e liberação gay - tentou expandir a definição do que significa ser um americano. O desafio mais feroz a essa expansão veio dos neoconservadores, ex-liberais que defendiam uma cidadania mais tradicional. "A maioria das pessoas, quando pensa em neocons, pensa em política externa agressiva", diz Hartman. "Mas em suas origens, o neoconservadorismo era mais sobre questões culturais".
 

As raízes das guerras culturais dos anos 60 levaram às rupturas mais carregadas religiosamente nas últimas décadas. Mas o livro de Hartman nos lembra que no centro desses conflitos repousam questões não apenas de tolerância e fé, mas de identidade nacional - questões que ainda estamos discutindo hoje.

Hartman conversou com IDEAS por telefone de sua casa em Bloomington, Illinois.

IDÉIAS: Há algo sobre a América que a torna excepcionalmente hospitaleira para as guerras culturais?

HARTMAN: Sim - porque os Estados Unidos nunca tiveram uma história feudal ou monárquica, e porque os Estados Unidos definiram sua identidade nacional através da Declaração de Independência. Se você olhar para a Declaração, é uma espécie de convite para debater a identidade nacional. Todos os homens são criados iguais. Bem, “todos os homens” eventualmente, em ataques e surtos, passou a incluir afro-americanos, mulheres, homossexuais e pessoas com deficiência. Mas isso levou muito debate. E você pode adicionar a isso o fato de que a América foi fundada principalmente por pessoas que amarraram sua identidade nacional em um sentido cristão de si mesmos e de sua nação.

IDEIAS: Como você apontou, as guerras culturais nem sempre ativaram essa identidade cristã.

HARTMAN: Não se tratava apenas de religião. O principal desafio para a nossa identidade nacional nos anos 60 veio da Nova Esquerda, e os especialistas deram a melhor resposta à Nova Esquerda. . . eram os neocons. A maneira como conceituaram a Nova Esquerda como uma ameaça às normas americanas e ao capitalismo americano tornou-se um modelo de como os conservadores debateriam as guerras culturais nas décadas seguintes. Jerry Falwell não nos deu um novo entendimento sobre como falar sobre esses problemas. Irving Kristol fez.

IDÉIAS: Então, como esses primeiros debates se desenrolaram?

HARTMAN: Veja um exemplo que a maioria das pessoas, incluindo historiadores, não tem consciência. Talvez a primeira articulação de uma oposição aos direitos gays tenha vindo de Midge Decter, uma intelectual neoconservadora que escreveu dois livros curtos nos anos 1970 e publicou vários capítulos em revistas como o Commentary. Decter disse que homossexuais, e especificamente homens gays, estavam desistindo de seus deveres para com a nação, já que se comprometer com a família era o que tornava a nação americana o que era. Ela argumentou que isso representava o desmoronamento de todos os padrões, que era uma ameaça à cultura americana como a conhecíamos. Esse argumento tornou-se o alicerce de muitas retóricas da direita cristã, embora acrescentassem a ela uma análise psicológica da homossexualidade como uma anormalidade.

IDÉIAS: Eventualmente, os métodos dos neocons se espalham para outros conflitos culturais.

HARTMAN: Um dos primeiros lugares em que as ideias da Nova Esquerda ganharam força foi no currículo da escola pública. . . . Havia um mandato federal que, para obter financiamento do governo, os conselhos escolares tinham que atribuir leituras multiculturais aos seus alunos. Em Kanawha County, W. Va., Eles criaram um novo currículo que incluía textos como “Soul on Ice”, do [proeminente Black Panther] Eldridge Cleaver. Mas os cristãos conservadores se revoltaram com a ajuda da Heritage Foundation. Uma mulher chamada Alice Moore foi eleita para a diretoria da escola - sua plataforma tinha sido educação anti-sexual - e ela organizou um boicote entre as igrejas da Virgínia Ocidental. Cerca de um terço dos alunos não compareceu à escola naquele outono e os protestos se tornaram violentos. . . . Praticamente todos os estados da União tiveram algum tipo de debate como este nas décadas de 1980 e 1990.

IDÉIAS: Em seu livro, você mostra que pessoas como Alice Moore não eram caipiras retrógrados. Como é para muitos americanos se deparar com a nova esquerda?

HARTMAN: Eu tentei demonstrar alguma empatia, porque essas mudanças culturais aconteceram aparentemente da noite para o dia. Se você fosse um intelectual, você conhecia, por exemplo, William Edward Burghardt sociólogo, historiador e ativista - você conhecia sobre essas ideias há muito tempo. . . . Mas para a maioria dos americanos brancos de classe média, essas ameaças aos conceitos tradicionais de nação e identidade não se tornaram uma força até os anos 1960. Foi chocante para a maioria dos americanos. Eles não conseguiam entender sua nação dessa maneira nova.

IDÉIAS: Ao considerar a história mais longa das guerras culturais, você encontrou algumas ironias fascinantes. Como a esquerda e a direita mostraram suas idéias sobre o poder da cultura pop?

HARTMAN: Muitos da esquerda nunca desistiram da ideia de que cultura era poder - especialmente nas universidades, onde você tinha pessoas que discutiam querendo transformar o status quo, por fazer com que refletisse uma América mais moderna e multicultural. . . . Mas uma vez que os liberais começaram a ganhar sucesso na cultura nacional, alguns deles pararam de pensar em termos tão rígidos sobre a importância dessa cultura. Nos debates da cultura pop e nos debates de arte - as fotografias de Robert Mapplethorpe, "Piss Christ" de Andres Serrano - os liberais que defenderam essas peças fizeram menos em termos de poder para definir uma cultura, que é o que eles teriam feito nos anos sessenta. Em vez disso, eles os defenderam em termos de liberdade de expressão. E então eram os conservadores que argumentavam cada vez mais que as formas culturais podiam mudar a cultura. Você tinha Patrick Buchanan alegando que “a cultura é a trilha de Ho Chi Minh para o poder”.

IDÉIAS: Como são as guerras culturais hoje?

HARTMAN: Essa é uma pergunta difícil. A direita cristã parece menos interessada ou menos capaz de afirmar um argumento nacional. Em vez disso, eles estão interessados ​​em promover um argumento separatista - podemos criar estados onde definimos os direitos de cidadania ou podemos criar escolas onde ensinamos nossos valores.

IDEIAS: Indiana parece ser um exemplo recente disso.

HARTMAN: Certo. No nível nacional, Indiana parece tola, mas isso pode não ter sido o caso dez ou quinze anos atrás.

IDÉIAS: Dez anos parece ser uma mudança rápida para um novo consenso nacional. As primeiras guerras culturais abriram caminho?

HARTMAN: Você pode tirar a corrida da equação - tem havido ativismo nessa frente desde antes do fim da escravidão, e ainda há muito mais a ser feito. Mas quando se trata de feminismo e direitos dos homossexuais e uma aceitação geral da América secular e multicultural, eu diria que, no arco da história americana, a mudança veio rápida e relativamente não-violenta. . . . As décadas de 1980 e 1990 foram uma época para chegar a um acordo e se ajustar à nova América, mesmo para os conservadores. Os conservadores muitas vezes não concordavam com essa nova América, mas pelo menos começaram a entendê-la.

BostonGlobe.com

Era a esquerda, agora ele se veste de direita liberal sionista. Troca-se a ração e seguimos para o abate.
Mas os goyim estão acordando! Lute até a última gota do seu sangue com a palavra. O mais nobre ato de santidade não é ser pudico e sim lutar contra as trevas que te escraviza. Não há outra opção a não ser o combate.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a CaféSemAçúcar pelo seu post:
Anonymous_T.ron (12-05-2019), rmuller (29-03-2019), ruicoelho (30-03-2019)
Chás medicinais você encontra na Tudo Saudável
29-03-2019, 08:29 AM
Resposta: #2
RE: A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
Falar de guerra cultural sem passar pelo filósofo italiano Antonio Gramsci é ignorar que o neoliberalismo é a mão direita da esquerda, criada por Stalin, como estratégia de picotar a direita entre as lâminas de uma mesma tesoura, em uma alternância fabricada no poder.
No Brasil, isso é retratado pelo PT (partido comunista) e o PSDB (mão direita da esquerda).
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Marcelo Almeida pelo seu post:
Anonymous_T.ron (12-05-2019)
03-04-2019, 05:17 AM (Resposta editada pela última vez em: 03-04-2019 05:29 AM por CaféSemAçúcar.)
Resposta: #3
RE: A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
(29-03-2019 08:29 AM)Marcelo Almeida Escreveu:  Falar de guerra cultural sem passar pelo filósofo italiano Antonio Gramsci é ignorar que o neoliberalismo é a mão direita da esquerda, criada por Stalin, como estratégia de picotar a direita entre as lâminas de uma mesma tesoura, em uma alternância fabricada no poder.
No Brasil, isso é retratado pelo PT (partido comunista) e o PSDB (mão direita da esquerda).

Vou perguntar pela enésima vez: O que você aprendeu sobre Antonio Gramsci? Você já leu algum livro dele ou sobre ele? Você sempre cita o nome dele mas nunca vi suas idéias ou interpretações.

Costuma-se muito falar de escola de frankfurt, antonio gramsci, maio de 68 e os movimentos civis mas nunca o outro lado da moeda que só vive por causa da new left: O reacionarismo tóxico neocon. Que não é um movimento conservador e sim reacionário, duas coisas totalmente diferentes. O olavismo, que é um movimento reacionário inspirado no protestantismo americano, neocons e nos pensamentos perenialistas fascista-elitistas, é o exemplo claro do que é ser reacionário e não conservador.

O neoliberalismo surge como uma agenda da elite cabal para facilitar as ações das suas grandes corporações, medidas de austeridade nos países de terceiro mundo que inclui ((privatizações)) e aumento da dívida externa. Tudo que eles querem e precisam.

Era a esquerda, agora ele se veste de direita liberal sionista. Troca-se a ração e seguimos para o abate.
Mas os goyim estão acordando! Lute até a última gota do seu sangue com a palavra. O mais nobre ato de santidade não é ser pudico e sim lutar contra as trevas que te escraviza. Não há outra opção a não ser o combate.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a CaféSemAçúcar pelo seu post:
Rox Extreme (07-04-2019)
03-04-2019, 08:39 AM
Resposta: #4
RE: A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
Na guerra cultural da agenda marxista todas as estratégias foram aplicadas com sucesso no Brasil, tais como, ideologia de gênero, feminismo, abortismo, desarmamento, inversão de valores, demonização da polícia, vitimização da bandidagem, além da contracultura na música, na arte, na linguagem, entre outras tantas ações sociopatas a fim de enfraquecer e destruir a família e o cristianismo, com vistas a legitimar a construção de uma Nova Ordem Mundial.
Para esses esquerdalhas imorais, o argumento não importa, pois eles só querem ocupar espaços e tumultuar o raciocínio.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Marcelo Almeida pelo seu post:
Anonymous_T.ron (12-05-2019), Beobachter (05-04-2019), jonas car (05-04-2019), O Atalaia (05-04-2019)
Stévia pelo menor preço você encontra aqui
04-04-2019, 06:44 PM (Resposta editada pela última vez em: 04-04-2019 06:56 PM por CaféSemAçúcar.)
Resposta: #5
RE: A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
(03-04-2019 08:39 AM)Marcelo Almeida Escreveu:  Na guerra cultural da agenda marxista todas as estratégias foram aplicadas com sucesso no Brasil, tais como, ideologia de gênero, feminismo, abortismo, desarmamento, inversão de valores, demonização da polícia, vitimização da bandidagem, além da contracultura na música, na arte, na linguagem, entre outras tantas ações sociopatas a fim de enfraquecer e destruir a família e o cristianismo, com vistas a legitimar a construção de uma Nova Ordem Mundial.
Para esses esquerdalhas imorais, o argumento não importa, pois eles só querem ocupar espaços e tumultuar o raciocínio.

Sempre o mesmo blábláblá.

Grande parte do que você diz já foi desconstruído.

As pessoas são livres, meu caro.

Hoje há mais polaridade no discurso. As pessoas podem escolher qual visão "robótica" do sistema querem: Cristianismo TFP ou New Left.

Aqui não é Coréia do Norte ou Arábia Saudita. Nesses lugares você viveria muito bem pois tu gosta mesmo é de controlar a vida alheia.

Pensamento robótico que não faz um aprofundamento nas questões e sem total empatia. Crítica reacionária sem sentimentos.

Exemplos como este que me faz se afastar do cristianismo e ter nojo. E pensar que eu já fui assim. Nojo!

Deus é Liberdade.

Era a esquerda, agora ele se veste de direita liberal sionista. Troca-se a ração e seguimos para o abate.
Mas os goyim estão acordando! Lute até a última gota do seu sangue com a palavra. O mais nobre ato de santidade não é ser pudico e sim lutar contra as trevas que te escraviza. Não há outra opção a não ser o combate.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a CaféSemAçúcar pelo seu post:
indignado (13-04-2019), ruicoelho (07-04-2019)
04-04-2019, 11:27 PM
Resposta: #6
RE: A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
(29-03-2019 08:29 AM)Marcelo Almeida Escreveu:  Falar de guerra cultural sem passar pelo filósofo italiano Antonio Gramsci é ignorar que o neoliberalismo é a mão direita da esquerda, criada por Stalin, como estratégia de picotar a direita entre as lâminas de uma mesma tesoura, em uma alternância fabricada no poder.

No Brasil, isso é retratado pelo PT (partido comunista) e o PSDB (mão direita da esquerda).

Caiu como uma luva.

Citar:Vladmir Lênin já dizia: "O fruto natural do comunismo é o anticomunismo. Antes que os anticomunistas se organizem, organizaremos nós o anticomunismo".

O problema da população é o fanatismo e a cegueira!

Já não sou quem eu era nem voltarei a ser quem fui, mas serei sempre fiel aos meus princípios.


Não há prisioneiro pior do que aquele que não busca conhecimento, mas pensa estar livre.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Beobachter pelo seu post:
jonas car (05-04-2019), Marcelo Almeida (05-04-2019), ruicoelho (07-04-2019)
05-04-2019, 06:12 AM
Resposta: #7
RE: A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
(03-04-2019 05:17 AM)CaféSemAçúcar Escreveu:  O neoliberalismo surge como uma agenda da elite cabal para facilitar as ações das suas grandes corporações, medidas de austeridade nos países de terceiro mundo que inclui ((privatizações)) e aumento da dívida externa. Tudo que eles querem e precisam.

Ok. Concordo.
Mas surge como uma resposta à que movimento?
Pq encontra tão facil aceitação na massa?
Sabemos o fim neocon, mas o que justifica o meio?

Não da pra abordar esse assunto sem voltar la atrás e voltando sabemos que ambos são parte do mesmo corpo. E pior, ambos igualmente errados, mas igualmente certos.

A direita atual é a esquerda de sempre, só que invertida.
O mais curioso é a tolerância que se tem com a esquerda e não se tem com a direita, provavelmene fruto de nossa imersão em um universo de esquerda que começa a ruir só agora, quase um seculo depois.
Ruir, mas não morrer.

Mas quero crer que seu post não se trata de uma defesa à esquerda, tampouco que voce é um infiltrado, mas tão somente alguém cansado dessa dicotomia ridicula que resolveu ser oposição, não à esquerda ou direita, mas a seja lá quem estiver no poder.

"Não seja tolo, o mal prevalece contra a ingenuidade.
Seja astuto como a serpente e sem malicia como as pombas!"

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a jonas car pelo seu post:
Anonymous_T.ron (12-05-2019), Beobachter (05-04-2019), CaféSemAçúcar (05-04-2019), Marcelo Almeida (05-04-2019), ULTRON (05-04-2019)
Chlorella Green Gem Pelo menor Preço Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
05-04-2019, 08:53 AM
Resposta: #8
RE: A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
"Primeiro a moral usurpou o lugar da religião, depois a decência usurpou o lugar da moral, em seguida o “politicamente correto” usurpou o lugar da decência, por fim o satanismo assumido usurpará o lugar do politicamente correto."
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Marcelo Almeida pelo seu post:
Anonymous_T.ron (12-05-2019), jonas car (14-05-2019)
05-04-2019, 09:16 AM
Resposta: #9
RE: A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
(04-04-2019 06:44 PM)CaféSemAçúcar Escreveu:  Sempre o mesmo blábláblá.

Grande parte do que você diz já foi desconstruído.

As pessoas são livres, meu caro.

Hoje há mais polaridade no discurso. As pessoas podem escolher qual visão "robótica" do sistema querem: Cristianismo TFP ou New Left.

Aqui não é Coréia do Norte ou Arábia Saudita. Nesses lugares você viveria muito bem pois tu gosta mesmo é de controlar a vida alheia.

(...)

Exemplos como este que me faz se afastar do cristianismo e ter nojo. E pensar que eu já fui assim. Nojo!

Deus é Liberdade.

Qual blá, blá, blá você se refere? Existe muitos, e aqui você também está com blá blá blá!



Me apresente o que foi desconstruído, desconheço essa parte... Estamos revirando escombros?



As pessoas não são "livres" meu caro, o SISTEMA lhe dá essa falsa sensação. No máximo, o que você é e tem é uma corrente um pouco maior que a do seu vizinho, só isso!



Se elas não são livres, como escolher o que ser? Volto a repetir, o SISTEMA te aparenta algumas portas para você escolher o que o SISTEMA lhe quer encaixar, apenas isso... Isso não é liberdade!



De fato, aqui "ainda" não é nenhuma Coreia do Norte, ou Arábia Saudita, mas estamos quase lá. Não é o local, mais sim o nível de controle.

E outra, ele só seria bem adaptado, se ele fosse o controlador, se ele ou eu ou você, estivéssemos na ponta da lança.



Você já foi cristão? Na verdade, você ia a igreja para se sentir bem, apenas isso. É como se você fosse ao shopping passear.

O verdadeiro cristão, nunca se afasta de Deus!



De qual Deus você se refere?

Seguir a Deus é uma vida de servidão, é abrir mão de seus desejos e viver para servir ao próximo, isso não é liberdade.

Em fim, nós todos estamos muito iludidos com o conceito liberdade.

Já não sou quem eu era nem voltarei a ser quem fui, mas serei sempre fiel aos meus princípios.


Não há prisioneiro pior do que aquele que não busca conhecimento, mas pensa estar livre.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Beobachter pelo seu post:
CaféSemAçúcar (05-04-2019), O Atalaia (05-04-2019), ruicoelho (07-04-2019)
05-04-2019, 01:52 PM (Resposta editada pela última vez em: 05-04-2019 04:31 PM por CaféSemAçúcar.)
Resposta: #10
RE: A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
(05-04-2019 06:12 AM)jonas car Escreveu:  Mas surge como uma resposta à que movimento?
A todo um histórico sobre este termo
https://en.wikipedia.org/wiki/Neoliberalism

O neoliberalismo que hoje está sendo trazido é mais ao estilo do que foi implementado nos EUA embora o Ministro Paulo Guedes represente um dos que influenciou o neoliberalismo Chileno. Este neoliberalismo está mais alinhado ao propagado nos EUA porque vem com um pesado toque do neoconservadorismo. São movimentos reacionários contra a esquerda.

Citar:Sabemos o fim neocon, mas o que justifica o meio?

A reação cultural neocon está alicerçada principalmente no protestantismo cristão. Esse trazido para cá com figuras como Olavo de Carvalho que embora se diga católico, toda a sua roupagem intelectual está na base do perenialismo fascista-elitista, protestantismo americano e o neoconservadorismo cultural que é um movimento reacionário.




Citar:O mais curioso é a tolerância que se tem com a esquerda e não se tem com a direita, provavelmene fruto de nossa imersão em um universo de esquerda que começa a ruir só agora, quase um seculo depois.
Ruir, mas não morrer
Muito bom você ter destacado isso de "não ter tolerância com a direita". É esse o meu intuito neste tópico. Abordar como nocivo é a reação cultural contra os movimentos de esquerda - e que estes eu também considero nocivos embora tenham positivamente contribuído com algumas questões sociais.

Essa nova direita é um peido, como diz o próprio jim jones da Virgínia. Não dura muito tempo. Foram no embalo reacionário contra o PT. Este o típico nascimento de um movimento reacionário e não conservador.

Citar:Mas quero crer que seu post não se trata de uma defesa à esquerda, tampouco que voce é um infiltrado, mas tão somente alguém cansado dessa dicotomia ridicula que resolveu ser oposição, não à esquerda ou direita, mas a seja lá quem estiver no poder.

Bom, se sou um infiltrado como diz, sou desde 2011 neste fórum Smile

Achei até um tanto ridículo você me chamar de "infiltrado" só porque venho atacar este movimento que se diz de direita que surgiu recentemente.

Repudio ambos os lados. O amor que se esfriou, se esfriou por causa desses dois movimentos.


---------

@Beobachter

(05-04-2019 09:16 AM)Beobachter Escreveu:  Me apresente o que foi desconstruído, desconheço essa parte... Estamos revirando escombros?

O aborto não passou no Brasil e o papagaio do jim jones ainda coloca na sua lista reacionária.

Até onde eu sei a tal da ideologia de gênero já não está mais nas escolas com este novo governo.

O feminismo radical é o problema e não o feminismo racional. Embora o próprio Rockefeller tenha admitido que eles financiaram os movimentos feministas como uma agenda para de fato mudar a sociedade, é necessário lembrar que a mulher sofre sim por ser mulher e que até um tempo atrás ela nem votava. Então não vamos ser radicais em ambos os lados. É necessário ponderar.

A cultura da bandidagem acabou com o novo governo. Traficantes estão sendo mortos todo dia no Rio, quem acompanha sabe. Não está tendo mais vitimização e idolatria a bandidos e os policiais que matam bandidos estão sendo condecorados.

Não sou um grande conhecedor da arte mas o que sei é que a ação cultural popular advém da LIBERDADE ocidental que conquistamos principalmente com os movimentos civis. É claro que há limites, o caso pizza gate é emblemático e justificado a reação, assim como os escândalos nos teatros no ano passado que inclusive eu reportei aqui no forum. Casos como esses é que fortalecem o discurso reacionário e por isso os neocons não vivem sem a new left.


Citar:As pessoas não são "livres" meu caro, o SISTEMA lhe dá essa falsa sensação. No máximo, o que você é e tem é uma corrente um pouco maior que a do seu vizinho, só isso!

O sentido que eu trouxe de liberdade é de pensar e agir como quer. Isso o ocidente proporciona, diferente de quase todo o resto do mundo. Sobre a prisão que vivemos sei muito bem disso haja visto os meus tópicos que abordo a prisão mental reeincarnatória que vivemos. Resta a nós criarmos nossa ilusão dentro desta ilusão e é isto que os movimentos reacionários querem impedir.





Citar:Você já foi cristão? Na verdade, você ia a igreja para se sentir bem, apenas isso. É como se você fosse ao shopping passear.

O verdadeiro cristão, nunca se afasta de Deus!

De qual Deus você se refere?

Seguir a Deus é uma vida de servidão, é abrir mão de seus desejos e viver para servir ao próximo, isso não é liberdade.

Em fim, nós todos estamos muito iludidos com o conceito liberdade.

Então você sabe até meu passado cristão. Interessante. Conte-me mais Smile

Deus é liberdade porque no conceito cristão é necessário ter liberdade até para pecar, sem isso não se pode dizer que existe o tal livre arbítrio. O que esses movimentos reacionários fazem é querer reprimir os ditos pobres de espíritos que estão desfrutando a liberdade de poder pecar e amadurecer.

Cristianismo não é ser reacionário e sim compreender que cada ser tem sua liberdade de questionar a tudo e com isso evoluir no processo.

Cristianismo não pode ser manipulado e usado em uma guerra cultural e política. Cristianismo é um caminho individual em busca de iluminação interior e interagindo com o próximo que é o Deus cristão pois Ele(Yeshua) está no próximo - Nisso resume o amar a Deus e amar o próximo, algo que principalmente os cristãos reacionários desta nova direita não compreendem.

[Imagem: thetower.jpg]


É isto acima que nós estamos vivendo. Rejeito ambos os lados. Por causa deles que o amor se esfriou. O cristão esquece que a bíblia diz sobre o mundo. Esta guerra em nada representa o cristianismo. Cristianismo não é revolução cultural reacionária e sim uma busca individual espiritual.

E quem fala em guerra civil e morticínio como solução não me parece soar como um cristão.

Era a esquerda, agora ele se veste de direita liberal sionista. Troca-se a ração e seguimos para o abate.
Mas os goyim estão acordando! Lute até a última gota do seu sangue com a palavra. O mais nobre ato de santidade não é ser pudico e sim lutar contra as trevas que te escraviza. Não há outra opção a não ser o combate.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a CaféSemAçúcar pelo seu post:
indignado (13-04-2019), jonas car (16-04-2019), Rox Extreme (07-04-2019), ruicoelho (07-04-2019), ULTRON (05-04-2019)
Irrigador Nasal Lota pelo menor preço você encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  O tempo prolongado na guerra pode seduzir?Pode criar uma espécie de vício? Cimberley Cáspio 2 548 12-11-2018 08:10 PM
Última Resposta: DeOlhOnafigueira
  A guerra cultural aos meninos Aileron 16 3,476 12-01-2018 04:51 PM
Última Resposta: thiii
  A origem traumática da homossexualidade masculina Andяew 8 2,424 10-02-2017 09:01 PM
Última Resposta: fallen1232
  A esquerda a discordância como ofensa e as universidades como zonas de guerra John Dickinson 5 1,531 12-04-2016 12:00 PM
Última Resposta: Agente Smith
  Qual a causa da guerra – seja religiosa, política ou econômica? John Dickinson 7 2,420 01-04-2016 02:24 AM
Última Resposta: jonas car

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 69 usuários online.
» 1 Membros | 68 Visitantes
pequeno gafanhoto

Estatísticas do Fórum
» Membros: 21,093
» Último Membro: felipe270284
» Tópicos do Fórum: 26,184
» Respostas do Fórum: 278,300

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
A perversa estratégia da NOM na desvirtualização do aceitável
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 04:32 AM
» Respostas: 26
» Visualizações: 1110
Fatos que ninguém questiona (mas deveria)
Última Resposta Por: jonas car
Hoje 02:16 AM
» Respostas: 12
» Visualizações: 841
NETFLIX - Propagando o feminismo, empoderamento e LGBT
Última Resposta Por: jonas car
Hoje 01:56 AM
» Respostas: 9
» Visualizações: 445
Jung e Deus.
Última Resposta Por: Diakonov
Ontem 11:52 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 285
Sinais do Apocalipse
Última Resposta Por: BioMachine
Ontem 11:27 PM
» Respostas: 20
» Visualizações: 1850
Na presença da ignorância, a inteligência se cala.
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
Ontem 10:39 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 264
Sonhos premonitórios
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
Ontem 10:11 PM
» Respostas: 137
» Visualizações: 54688
Algumas músicas anom
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Ontem 09:54 PM
» Respostas: 177
» Visualizações: 32400
Ultima chamada: compre Bitcoin.
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Ontem 09:16 PM
» Respostas: 9
» Visualizações: 881
YouTube, o grande agente da radicalização.
Última Resposta Por: ruicoelho
Ontem 05:52 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 204
Terra Plana: A Elite e a doutrinação secular da Terra em formato de globo
Última Resposta Por: Bogoton
Ontem 05:48 PM
» Respostas: 247
» Visualizações: 10930
Por que devemos confiar nos cientistas?
Última Resposta Por: ruicoelho
Ontem 05:42 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 389
A degeneração progressiva dos povos e das culturas
Última Resposta Por: Diakonov
Ontem 05:03 PM
» Respostas: 52
» Visualizações: 1915
Não há vacina contra a estupidez.
Última Resposta Por: ruicoelho
Ontem 04:43 PM
» Respostas: 18
» Visualizações: 517
Resumindo a NOM
Última Resposta Por: ianwilson
Ontem 07:06 AM
» Respostas: 16
» Visualizações: 7625
Razão e Ciência, por Noam Chomsky
Última Resposta Por: ruicoelho
Ontem 05:32 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 101
Padre: Sou maroto, sou danado...
Última Resposta Por: Xevious
24-06-2019 01:25 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 548
Estamos a desenvolver estudos que têm implicações na Terra
Última Resposta Por: ruicoelho
23-06-2019 01:14 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 170
Trump aprovou ataque contra o Irão, mas cancelou “abruptamente”
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
23-06-2019 11:33 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 278
Astrônomos alertam sobre 'impacto catastrófico' de chuva de meteoros que se aproxima
Última Resposta Por: Anonymous_T.ron
22-06-2019 08:00 PM
» Respostas: 10
» Visualizações: 618
(Importante) III Guerra Mundial
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
21-06-2019 08:01 PM
» Respostas: 695
» Visualizações: 454212
Missão MMX arranca em 2024 para explorar as duas luas de Marte
Última Resposta Por: ruicoelho
21-06-2019 05:50 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 160
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
21-06-2019 05:39 PM
» Respostas: 1199
» Visualizações: 225455
NASA coletará amostra de asteroide que pode atingir a Terra.
Última Resposta Por: ruicoelho
21-06-2019 04:27 PM
» Respostas: 34
» Visualizações: 5139
Métodos de datação e as mentiras da teoria da evolução.
Última Resposta Por: ruicoelho
21-06-2019 02:53 PM
» Respostas: 44
» Visualizações: 1739
O GRANDE SEGREDO dos seus Dentes (Importante)
Última Resposta Por: Beobachter
20-06-2019 05:22 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 531
Nova Ordem Mundial e as Cripto Moedas (bitcoin)
Última Resposta Por: BioMachine
20-06-2019 12:22 PM
» Respostas: 18
» Visualizações: 5922
Terremoto, Furacão, Tempestade Solar - Acontecimentos recentes!
Última Resposta Por: jonas car
20-06-2019 02:22 AM
» Respostas: 96
» Visualizações: 19405
Toy Story 4 - Ideologia de gênero para as crianças.
Última Resposta Por: jonas car
20-06-2019 02:12 AM
» Respostas: 9
» Visualizações: 814
Graças a Glenn Greenwald, Maduro será a primeira vítima.
Última Resposta Por: Bogoton
20-06-2019 12:52 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 430

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial