Conheça os Benefícios do Matcha



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 1 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
A verdade sobre a crise financeira em Portugal
07-05-2018, 07:01 PM
Resposta: #1
Thumbs Up A verdade sobre a crise financeira em Portugal
[Imagem: th?id=OIP._IExxLuQsmxZTUPR7j96yQHaFj&...;amp;h=185]



CONSIDERAÇÕES PRÉVIAS


A crise financeira de 2008 originou-se nos EUA após o colapso da bolha especulativa no mercado imobiliário, devido à enorme expansão de crédito bancário e aos novos instrumentos financeiros. A crise financeira tornou-se mundial em poucos meses.

O evento que originou a crise foi a falência do banco de investimento Lehman Brothers em Setembro de 2008, após a recusa do Banco Central Americano em socorrer a instituição. Essa atitude teve um impacto tremendamente negativo sobre o estado de confiança dos mercados financeiros, rompendo a convenção dominante de que o FED iria socorrer todas as instituições financeiras afetadas pela bolha especulativa no mercado imobiliário.

Com esse rompimento ocorreu um pânico entre as instituições financeiras, o que resultou num aumento significativo da sua preferência pela liquidez, principalmente na dos bancos comerciais. O aumento desta procura de liquidez originou um processo de venda de ativos financeiros em larga escala, levando a uma enorme “deflação de ativos”, com queda súbita e violenta dos preços dos ativos financeiros, e contração do crédito bancário para transações comerciais e industriais. Esta contração do crédito resultou numa rápida e profunda queda da produção industrial e do comércio internacional em todo o mundo.

Desse modo, no último trimestre de 2008 a produção industrial dos países desenvolvidos experimentou uma redução muito significativa, apresentando, em alguns casos, uma queda de mais de 10 pontos base com respeito ao último trimestre de 2007. Mesmo os países em desenvolvimento, que não possuíam problemas nos seus sistemas financeiros, como o Brasil, também apresentaram uma fortíssima queda na produção industrial e no Produto Interno Bruto (PIB). De fato, no caso brasileiro, a produção industrial caiu quase 30% no último trimestre de 2008 e o PIB sofreu uma contração de 14% durante esse período.


A CRISE NO CASO PORTUGUÊS


Assim a crise financeira internacional, desencadeada em 2008, nos Estados Unidos, teve repercussões desastrosas para a economia da zona do euro e atingiu Portugal em cheio. A escassez de crédito e a crise da dívida soberana acabaram obrigando o país a pedir, em maio de 2011, um resgate financeiro da ordem dos 78 mil milhões de euros, concedido pela União Europeia, Fundo Monetário Internacional e Banco Central Europeu - conhecidos como Troika.

Em contrapartida, o governo português comprometeu-se a cumprir um plano de austeridade sem precedentes e bastante severo para reduzir o seu défice orçamental, com enormes reduções de salários, pensões, direitos adquiridos arduamente e um aumento brutal de impostos, além de outras reformas estruturais que levaram milhões de portugueses a protestar nas ruas contra o aumento de custo de vida e o desemprego que atingiu 18% da população ativa (no caso dos jovens e das pessoas de meia idade atingiu proporções inimaginávais - cerca de 40%).

Dessa forma, surgiu uma míriade de políticos, economistas, gestores e jornalistas, formatadores da opinião pública, a proclamar que a crise de deveu ao desgoverno do povo, que viveu durante anos acima das suas possibilidades, recorrendo ao crédito fácil e gastando desalmadamente em coisas fúteis e desnecessárias - se bem que esta última parte nao seja de todo mentira. O que continuam a não dizer, uma vez que afirmam estar a coberto do sigilo bancário, é a origem das imparidades (em termos leigos quem são e para onde foram os maiores empréstimos bancários), assim, ficaria mais vísivel, e claro, quem foi que realmente viveu acima das suas possibilidades.

Comentário pessoal:

Penso e tenho quase a certeza que estas pessoas e entidades que devem quantidades absurdas e astronómicas de dinheiro às diversas instituições financeiras nacionais são as mesmas, e na sua totalidade não devem ser muito mais das duas centenas - os “amigos” do sistema elitista implementado.

Existiu ainda uma frase proferida por um presidente de um dos maiores bancos portugueses na altura (agora pertence a um banco internacional espanhol) que ficou célebre e causou uma enorme controvérsia social. Quando questionado por um jornalista sobre a crise financeira gravíssima e que o povo sobrecarregado com impostos que se tornavam insuportáveis não aguentaria muito mais, este “senhor” (a mim até me apetecia dizer outra coisa), desavergonhada e descaradamente afirmou “ai aguenta, aguenta!”

Resumindo, foram anos tenebrosos para a população em geral, com descida acentuada de salários, pensões com cortes generalizados, aumento semanal de horas de trabalho sem o correspondente aumento do vencimento, diminuação brutal do pagamento das horas extraordiárias, subida dos impostos para níveis praticamente insuportáveis, desemprego altíssimo e a subir em flecha, falência e insolvência de milhares de firmas/empresas (a maior parte as chamadas empresas familiares, para dar lugar às multinacionais, claro), falência/insolvência de familias inteiras que se viram privadas do seu sustento, etc. Tudo isto levou as instituições estatais a atingir praticamente o limiar da rutura - principalmente a Segurança Social.


A VERDADE


As ajudas aos bancos

Durante estes tempos surgiram quatro categorias de ajudas aos bancos:
1 - Medidas de recapitalização;
2 - Assunção de créditos em incumprimento dos bancos;
3 - Linhas de crédito de último recurso disponibiizadas pelos bancos centrais;
4 - Garantias prestadas aos bancos para as operações de financimento.

Segundo os cálculos da Direção Geral da Concorrência da Comissão Europeia sabemos agora que foram aprovados auxílios totais de 86 mil milhões de euros aos bancos - recordem-se que o pedido de resgate financeiro foi da ordem dos 78 mil milhões de euros - entre 2008 e 2014 na forma destes quatro instrumentos (e ainda falta contabilizar desde 2014 até ao presente). Em termos líquidos, e até ao momento, o Estado Português já perdeu a quantia de 11,8 mil milhões de euros.

Comentário:
Estão a ver para onde foi o dinheiro do resgate que estamos todos a pagar, quem viveu acima das suas possibilidades financeiras foram os bancos. Razão teve o novo Presidente da Islândia - depois do povo prender todos os políticos corruptos e ainda dos banqueiros - em afirmar que: “não pagaria, de forma nenhuma, as “coboyadas” dos bancos”.


O que o caso do banco Lehman Brothers veio mostrar é que parece que os bancos não podem ir à falência, sob pena de ocorrer uma nova crise financeira sistémica de proporções mundiais. Mas se temos de ter uma intervenção pública, com a injeção de capital estatal, que é de todos nós, os bancos não podem ter uma governação igual a uma empresa, assim é necessária uma intervenção mais robusta na forma como os bancos são geridos e principalmente como concedem os créditos, no sentido de uma maior democratização do sistema bancário - argumenta Nuno Peres.

Já segundo o economista Paulo Coimbra, que tem uma opinião mais radical e mais pragmática a alternativa seria deixar os bancos falirem e assegurar apenas os depósitos até ao valor de 100 mil euros. Acrescenta ainda, e de forma muito pertinente, se não podem falir, faz sentido serem privados?


Comentário:
São questões nas quais devemos seriamente ponderar, alertar, e obrigar o poder político a legislar, sob pena de mais dia menos dia nos encontrarmos face a uma situaçao idêntica, com as graves consequências sociais para todos nós e para as futuras gerações. Afinal, como já referido acima, a concessão de créditos avultados, de valores quase proibitivos, foi apenas para “meia dúzia” de pessoas.

Estas dirigiam-se aos bancos e através do jogo das influências solicitavam os referidos empréstimos bancários, sem qualquer garantia real, onde todos ganhavam, como efetivamente ganharam. A pessoa em causa ficava com o dinheiro, os diretores/gestores dos bancos que davam a correspondente autorização ficavam com uma certa percentagem e os bancos mais tarde foram ressarcidos pelas ajudas financeiras estatais supra referidas, ou seja, todos ganham, excepto, claro, o povo que paga a final toda esta “coboyada”. De salientar, ainda, que o “zé povinho” para pedir um empréstimo, tinha de comprovar por todos os meios que detinha possibilidades financeiras para proceder ao seu pagamento, isto é, indicar um fiador e apresentar garantias reais (hipotecas de casas, terrenos, etc).

Além disso, com a crise financeira a atingir em pleno o setor imobiliário, os bancos usuários chegaram a ganhar em quatriplicado, ou mais, com as “negociatas” neste setor, em prejuízo claro do povo que se viu assim expoliado dos seus bens. Esclarecendo, a família com a perda dos seus rendimentos devidos aos cortes, desemprego, impostos brutais, aumento exponencial do custo de vida, etc., viu-se obrigada a entregar a casa ao banco, por já não suportar o pagamento das prestações. Acontece que o banco ficava com o imóvel, a preço “da uva mijona” (muitíssimo baixo devido à forte queda do preço dos imóveis na crise) e exigia junto dos tribunais o pagamento do restante em falta à família que ficou sem o imóvel. Ou seja, o banco ficava com o dinheiro já pago até à entrega da casa, ficava com a casa, e exigia o restante do valor ainda em falta - afirmavam eles -, posteriormente revendia novamente a casa, já a preço superior, para recomeçar o ciclo. Este tipo de situação aconteceu a imensas famílias até os Tribunais intervirem e considerarem que com a entrega da casa, cessava a dívida - dacção em cumprimento.

O regabofe foi de tal maneira que no banco BES Angola concederam um empréstimo de 5 mil milhões de euros a “alguém” que não conseguem localizar nem identificar - alguém acha que isto é possível? Claro que o banco BES tinha de “falir” (pois, maneira de dizer, não faliu, foi nacionalizado), e após dividido em dois bancos distintos - o banco mau “Banco BES” e o banco bom “Novo Banco” - no banco mau ficaram concentrados os ativos e passivos tóxicos, assim como os acionistas, enquanto no 'banco bom', o banco de transição ficaram os ativos e passivos considerados não problemáticos. Resumindo, o banco mau ficou para o povo e o banco bom foi vendido, por um preço diria quase simbólico e ainda com garantias estatais. Só este ano já vai em quase 500 milhões de euros de ajuda financeira por parte do estado a este banco o qual, saliente-se, tinha sido expurgado de todos os ativos e passivos tóxicos.

De referir, que quanto à segunda questão, a esmagadora maioria das pessoas não tem depósitos superiores a 100 mil euros e portanto abrangidos pela garantia de depósitos até ao referido valor se o banco fosse à falência, assim para o povo, certamente e inequivocamente, saíria mais barato esta solução. Afinal, a “elite” tem o seu dinheiro nas ofshores e firmas/sociedades com sede nos paraísos fiscais e estas nunca vão à falência - para mim nem deviam existir, só servem para esconder dinheiro com origem na corrupção, negociatas ilícitas, e fuga aos impostos, os quais deviam pagar como o restante da humanidade. A última parte ainda é mais pertinente, se não podem falir, se o estado tem de intervir, qual a razão de serem privados? Da forma que se encontram atualmente são privados para os lucros e estatais para as despesas, isto é, recebem igualmente nos dois casos, os dividendos originários dos lucros e as ajudas financeiras e injeções de capital na outra, resumindo lucram sempre - os designados “negócios leoninos unilaterais” ou “negócios da china”.

Acrescento ainda, fazendo o exercício de seguir o rasto do “vil metal” para verificar quem foi que ganhou com esta “crise”, vemos claramente que as instituições bancárias foram praticamente as únicas beneficiárias em detrimento do povo que arcou com todas as despesas, isto é, foram retirados bens, salários e riqueza ao povo para dar de “mão beijada” aos acionistas dos bancos - a elite. Torna-se ainda mais óbvio visto que um dos maiores responsáveis por despoletar a própria crise foi, nada mais nada menos, a Goldman Sachs. Na minha opinião, serviu dois propósitos bastantes explicitos em prol da implementação da NOM, o primeiro foi um teste em pequena escala para acabar com a economia mundial e implementar o governo único, com religião e moeda única. Não é de estranhar que as moedas digitais surgissem precisamente nesta época. O segundo foi mais óbvio, tratou-se apenas de um modo de enriquecimento - ilícito - da elite em desfavor do povo que foi expoliado, literalmente roubado dos seus bens. Com isto agravou-se nitidamente o fosso entre os ricos e os pobres.

Forte Abraço,

Fontes:
https://ionline.sapo.pt/492801

“If I´m wrong about God them I wasted my life. If you´re wrong about God then you wasted your eternity.” – Lecrae

"Não são os políticos os que governam o mundo. Os lugares de poder, além de serem supranacionais, multinacionais, são invisíveis." – José Saramago
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Toualy pelo seu post:
Doc S (08-05-2018), marcosarierom (08-05-2018), Nelson Ferreira (08-05-2018), NordicR (12-05-2018)
Onde Comprar  Cloreto de Magnésio PA
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  A verdade escondida sobre Cavaco Silva e a PIDE! izziboy 30 262,866 10-09-2019 07:11 PM
Última Resposta: Bruna T
  Teoria sobre a vida de cientista chileno que impressionou até o Dalai Lama ruicoelho 5 687 04-05-2019 10:41 AM
Última Resposta: Velho Druida
  Profecia diz que Portugal desaparecerá na década de 20 JoshuaInt 5 1,934 29-07-2018 01:04 PM
Última Resposta: JoshuaInt
  Incêndios em Portugal,Separatismo catalão - Ações globalistas? Surfista 11 2,658 04-03-2018 11:00 PM
Última Resposta: Axioma
  O Portugal das aparições. Um país "mesquinho, empobrecido e atrasado" ruicoelho 6 3,817 28-10-2017 03:35 PM
Última Resposta: Nelson Ferreira

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 79 usuários online.
» 0 Membros | 79 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 21,194
» Último Membro: A Resistência
» Tópicos do Fórum: 26,322
» Respostas do Fórum: 280,298

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Ex-Presidente brasileiro Temer diz que destituição de Dilma Rousseff foi golpe.
Última Resposta Por: Velho Druida
Hoje 04:46 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 50
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 02:56 AM
» Respostas: 1385
» Visualizações: 241894
O Estatuto dos Animais e Sua Liberdade.
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
Hoje 02:35 AM
» Respostas: 38
» Visualizações: 3869
O Homem foi a Lua?
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 11:36 PM
» Respostas: 204
» Visualizações: 55828
A campanha de ódio, mentiras e desinformação contra a ativista Greta Thunberg
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 10:42 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 141
A engenharia social da pedofilia.
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 10:29 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 110
Flávio Bolsonaro e o PT tem uma pauta em comum: enterrar a CPI da Lava Toga
Última Resposta Por: Diakonov
Ontem 08:55 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 287
Hélio-3: o combustível do futuro, uma razão para voltar à Lua
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 08:10 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 56
Rússia considera "inaceitável" resposta militar ao ataque na Arábia Saudita
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 07:48 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 126
Chefe indígena, defensor da Amazónia, sugerido para Nobel da Paz 2020
Última Resposta Por: dyego.jhou
Ontem 06:34 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 191
Será que protestar nos leva a algum lado?
Última Resposta Por: ruicoelho
Ontem 05:29 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 77
Greenpeace protesta do lado de fora do Salão Automóvel de Frankfurt contra a poluição
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 12:51 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 136
CPI da Lava Jato, vingança que afronta a Constituição
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 11:49 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 41
[VIDEO] 11 de Setembro: Uma Teoria da Conspiração (em cinco minutos)
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Ontem 10:30 AM
» Respostas: 40
» Visualizações: 32096
FMI propõe fundo de US$100 bilhões contra aquecimento global
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Ontem 09:26 AM
» Respostas: 9
» Visualizações: 5432
Fake News: Céu de São Paulo fica escuro por causa das queimadas na Amazônia
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 09:34 PM
» Respostas: 21
» Visualizações: 1601
Taiwan pede à China que cesse hostilidades em seus laços com a ilha
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 07:52 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 264
Que tipo de informação é vazada pelo seu navegador?
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 07:41 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 674
Edward Snowden: O maior perigo ainda está por vir, com os aprimoramentos de IA
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 07:40 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 110
Justiça gasta R$ 4,3 bilhões com dinheiro extra para juízes e desembargadores
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
16-09-2019 03:20 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 101
Google no banco dos réus? O cerco se fecha sobre as gigantes de tecnologia
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 12:44 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 52
Por que o socialismo não funciona?
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 12:39 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 52
2.246 bebês abortados foram encontrados na casa de um abortista
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 12:31 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 56
A Santa Sé no Clube Bilderberg?
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 11:39 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 444
Ataque à Aramco pode afetar cerca de 5% da produção mundial de petróleo bruto
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 11:17 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 46
Sinto, logo existo.
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
16-09-2019 10:13 AM
» Respostas: 29
» Visualizações: 4397
Cristina Martín, a mulher que desmascarou o clube Bilderberg
Última Resposta Por: Bruna T
14-09-2019 03:57 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 101
O experimento mais avançado do Big Brother da China é uma bagunça burocrática
Última Resposta Por: Bruna T
14-09-2019 03:56 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 72
EUA sancionam hackers norte-coreanos pelo Swift hack, WannaCry e outros ataques
Última Resposta Por: Bruna T
14-09-2019 03:55 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 57
Mais um produto falsificado Made in China: a democracia vendida por Pequim
Última Resposta Por: Bruna T
14-09-2019 03:54 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 247

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial