Aromaterapia você encontra pelo menor preço na Tudo Saudável



Enquete: Você acredita na vida após a morte?
Esta Enquete está encerrada.
Sim 60.00% 12 60.00%
Não 40.00% 8 40.00%
Total 20 votos 100%
* Você votou neste item. [Mostrar Resultados]

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 3 Votos - 3.67 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Após a Morte
29-08-2014, 10:24 PM
Resposta: #11
RE: Após a Morte
Encontre a morte antes que ela te encontre
.
Linda narrativa oriental “Encontro em Samarra“. W. Somerset Maughan conta essa lenda em sua peça Sheppey que inspirou o título do livro de John O’Hara.
.
Diz assim a narrativa: “Um rico comerciante de Bagdá mandou o seu servo comprar provisões no mercado. O servo retorna em seguida, apavorado e pálido, e diz para o seu patrão: Senhor, enquanto fazia compras no mercado, uma mulher me empurrou no meio da multidão. Voltei-me e reconheci nela a Morte. Ela olhou-me fazendo um gesto ameaçador. Por isso eu lhe rogo, meu senhor, empreste-me um cavalo para que eu possa sair da cidade e escapar do meu destino. Irei para Samarra, onde, certamente, a Morte não me encontrará.

O comerciante atendeu o seu pedido. O servo montou no cavalo, cravou as esporas nos seus flancos e partiu num galope tão veloz quanto o cavalo podia desenvolver. Entrementes, o comerciante vai até o mercado e vê a Morte, em pé, no meio da multidão. Aproxima-se dela e diz: Por que olhaste para o meu servo com gesto ameaçador, hoje pela manhã? Não foi um gesto ameaçador, responde a Morte. Foi apenas um sobressalto de surpresa. Fiquei admirada em vê-lo aqui em Bagdá, pois tenho um encontro marcado com ele, hoje à noite, em Samarra.”
.
O encontro com a morte é inevitável. Mais cedo ou mais tarde isso acontecerá. Todos os mestres dizem: antes que a morte te encontre, encontre ela primeiro. E isso só pode acontecer quando nos libertamos da tirania do ego. Ao morrermos para o ego nascemos para a vida eterna. Ninguém sabe o momento em que o encontro físico com a morte acontecerá. Por isso cante, divirta-se, dance, celebre, curta a vida, respeite-se, ame-se, ouse ser feliz.

E o amor por si mesmo é importantíssimo. Quem se ama não se culpa, não se julga e quando comete gafes tem a capacidade de rir de si mesmo. E rir de si mesmo é uma ótima meditação para desestruturar o ego. Quando isso acontece o velho homem morre e aí sim, nos libertamos da morte.

(Joel Munhoz)

tarotantrico

Todos vamos morrer, todos nós, que circo! Isso sozinho deveriam nos fazer amarmo-nos uns aos outros, mas não faz. Somos aterrorizados e achatados por trivialidades, somos comidos por nada.
~ Charles Bukowski, em “O Capitão Saiu para o Almoço e os Marinheiros Tomaram Conta do Navio”
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 7 usuários diz(em) obrigado a Dom Ramón Valdés "tripa seca" pelo seu post:
A.Xavier (03-09-2014), Mister Pelf (31-08-2014), naste.de.lumina (29-08-2014), Padmé Amidala (30-08-2014), pequeno gafanhoto (01-09-2014), Rox Extreme (07-09-2014), Technologic Monk (01-09-2014)
Spirulina Orgânica da Fazenda Tamanduá Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
01-09-2014, 11:07 AM
Resposta: #12
RE: Após a Morte
(28-08-2014 01:44 AM)Mister Pelf Escreveu:  Humildemente, também gostaria de saber qual a opinião do assunto deste tópico, das seguintes pessoas:
@pequeno gafanhoto

Abraços!!
Ola mr pelf, obrigado pela citaçao. Demorei pois nao a vi. vi o topico ontem ( domingo a noite ) por acaso.

Inicialmente falarei sobre o acaso.
Interessante que estava ja saindo do forum, pois iria sair e passear um pouco, mas resolvi dar uma ultima olhada e me deparo com o topico e vejo que havia me citado.

Resolvi responder. escrevi ate um longo texto, mas na hora de postar meu pc travou. fiquei mais de meia hora esperando ele voltar. mas nada acabei por perder este texto e nao sair. pois ficou tarde.

Se eu tivesse saído, algo bom ou ruim poderia me acontecido. nao é mesmo.?
Digo mal, mas nao acredito em nada nesta hipótese. Mais facil e muito mais facil seria algo bom. Ou ao menos dar um boa noite a alguem ou receber. Digo isto pois sei que as algo pequeno de bom faz enorme diferença. Pois sei que podemos contagiar a muito positivamente e negativamente. Neste ponto me policio muito, de nao receber negativo e emitir positivo. De toda a forma o ocaso determina nossa qualidade de vida e assim quanto tempo viveremos.

Nossos pensamentos e nossas açoes sao determinantes em nossa vida. Eu acho.
O que penso penso, ou o que deixo de pensar, ou refletir, o que desprezo ou nao é que me pode fazer melhor, e viver mais.

Vou dar um exemplo.

Tenho um amigo que morreu recentemente de cancer. Eu dizia a ele que deveria fazer autohemoterapia, pois eu a pratico ha 3 anos e sei dos beneficios dela. alem de saber de testemunhos de pessoas que foram curadas devido a AH.

Mas meu amigo nao acreditava. Tinha preconceito quanto a sangue. e nao fez acatou meu conselho.
Morreu. infelizmente com seus preconceitos.

Bem vamos ao topico em questao.
Morte: Acredito que é o fim. Neste caso respeitosamente, podem acreditar tambem nao acredito em reencarnaçao.

Sei que é um tema extremamente polemico, mas se a gente debater com respeito e educaçao, fica melhor. e isto da minha parte existe. Podemos discordar em certos assuntos, mas nunca entrar em atritos. A nom quer nos dividir para conquistar. Neste ponto eles nao me pegam.

Acredito entao que nascemos uma vez e morremos uma vez. Sei que Nao possuo argumentos suficientes para provar esta minha convicçao. Poderia entrar pelo campo religioso ou ao menos a biblia para melhor me sustentar, mas evitarei.

Penso que ao acreditar em reencarnaçao, fica como se morrendo tivesse uma segunda chance. e nao a tenho. onde entao concordo com " tripa seca" ( post anterior ao meu) tenho sim que viver intensamente o momento presente. valoriza a vida enquanto a tenho. Outro dia ate abordei este tema ao criar um topico sobre os que as pessoas pensam e e arrependem num leito de morte.

http://forum.antinovaordemmundial.com/To...-de-morrer

Onde a amizade, o amor, os familiares, a sinceridade, a honestidade a integridade devemos sempre valorizar. e deixar as coisas supérfluas de lado pois seria como tentar enganar a nos mesmo.

Bem, por hora é so,é que estou em minha lojinha e ja parei 3 vezes para atender clientes telefone etc.

Novamente mr. pelf obrigado sua citaçao mudou parte de meu destino ontem
carinhoso abraços a tods.

Só existe uma coisa melhor do que fazer novos amigos: conservar os velhos.
Elmer G. Letterman
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a pequeno gafanhoto pelo seu post:
A.Xavier (03-09-2014), Mister Pelf (01-09-2014), naste.de.lumina (02-09-2014), Technologic Monk (01-09-2014)
02-09-2014, 12:17 AM
Resposta: #13
RE: Após a Morte
Primeiramente, minha intenção não é converter as pessoas ao ateísmo. Não, não é isso, nunca foi e nunca será.
Sei que meus tópicos e postagens irritam muitas pessoas, e sei que tiro o conforto de muita gente com tais postagens.
Meu atual objetivo aqui nesse fórum, é ajudar algumas pessoas no desenvolvimento do senso crítico, além de mim mesmo.
Procuro de alguma forma, encarar a realidade na qual vivemos, sem a necessidade de criar ilusões que me confortem.

Assistem ao vídeo abaixo e ignorem o título do mesmo; lembrem-se, o termo "ateu" é apenas uma simples palavra criada por nós, e somos nós os responsáveis por colocar um significado nesse termo.
Por isso, antes de assistirem ao vídeo, limpem a mente.




A desorganização momentânea da vida, dará início a uma nova reorganização. E assim, novos e indefinidos sistemas, os quais sequer podemos imaginar, serão formados.

"O populismo ama tanto os pobres, que os multiplica." - Gloria Alvarez
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Technologic Monk pelo seu post:
ADAIR (16-09-2014), naste.de.lumina (02-09-2014), ruicoelho (02-09-2014)
02-09-2014, 11:07 AM
Resposta: #14
RE: Após a Morte
(02-09-2014 12:17 AM)Technologic Monk Escreveu:  ...
Procuro de alguma forma, encarar a realidade na qual vivemos, sem a necessidade de criar ilusões que me confortem.
...
A desorganização momentânea da vida, dará início a uma nova reorganização. E assim, novos e indefinidos sistemas, os quais sequer podemos imaginar, serão formados.
...

Honestamente não sei ainda hoje e passados 53 anos de vida, onde me enquadrar, se nos crentes ou não crentes ou assim-a-assim. Digamos, crentes, ateus e ou agnósticos. Este dilema inquieta as mentes daqueles que buscam uma orientação e uma explicação para o sentido da vida. Ou seja o eterno, porque estamos aqui e somos assim? Os que acham que a vida não tem sentido, e que nada mais é do que um acontecimento aleatório do universo, ( que por uma mera casualidade (?) consegui unir uma quantidade de átomos num sistema e, esse mesmo sistema por mera casualidade (?) até tem a capacidade de raciocinar), não buscam, pois se convenceram que são mera matéria fazendo parte de um sistema cósmico onde a existência de vida racional é algo intrínseco ao próprio cosmos. Estes certamente descansarão em paz, embora eu pessoalmente acredite que serão muito poucos os que vivem segundo este paradigma, vivem acreditando no que pensam. Definitivamente eu estou fora desse grupo. Não quero ser mera matéria animada e acabar por me diluir no imenso mar cósmico.

Tenho noção que penso, tenho emoções, sentimentos, sinto dor, cresço, morro e, sobre tudo, tenho a capacidade de raciocinar utilizando a lógica. Estes atributos, penso eu, me tornam diferente de todos os outros animais e plantas. É com base nestes atributos que penso que devo de ter uma razão para SER e ESTAR. Não faria sentido tanta complexidade para me considerar mera obra caprichosa do acaso. E, quando não houve acaso houve certamente algum projecto ou premeditação da concepção da "obra". Isto me parece lógico e sensato. Dito isto, sou levado a considerar que a minha existência obedece a um qualquer "plano", plano esse que justifica a atribuição dos atributos que falei anteriormente, pois caso não houvesse esse tal plano, era justo perguntar porquê só nós somos assim. Esta capacidade de pensar nos torna únicos e particulares num universo onde reina a matéria e a energia. A vida é algo sublime. Surge então assim o grande dilema. Terá que existir alguma justificação para que só nós tenhamos a capacidade raciocínio lógico e, pode aqui residir a resposta para a nossa existência muito particular.

Já vimos que os ateus, com seu pragmatismo, não são assolados por estas crises existenciais. Nós os que pensamos, seremos talvez os mais inquietos com estas questões, isto porque os que acreditam e professam uma religião, confiam e quem confia não tem dúvidas. Eu pessoalmente, tendo a acreditar que deverá existir algo de superior, que dá um sentido a tudo o que existe no universo. Não sinto necessidade de um Deus da religião, mas sinto necessidade de pensar que algo com um poder infinito coordena e gere tudo o que existe. Somos pois assim (filhos) fruto dessa força poderosa que tudo gere. De qualquer forma, esta teoria não me sossega, pois não consigo entender nem percepcionar que força é essa. Sinto no entanto que a nossa condição HUMANA é o elo de ligação a essa tal força poderosa que tudo gere. O Deus da igreja não me convence, mas DEUS sim, enquanto algo transcendente que tem a capacidade de fazer nascer e desaparecer o que existe, que tem a capacidade de gerir a matéria e a energia por forma a lhe conceder ou não o dom da vida, algo tão particular. Todos os outros atributos que lhe confere a religião, para mim são desnecessários.

Relativamente à procura de algo que nos conforte, penso eu que será natural essa atitude. Quando nos sentimos pequenos e sem saber para onde nos dirigir, tomamos sempre como referencia na nossa orientação, algum ponto de referencia, algo de grande que possamos identificar, algo que nos abriga e nos protege quando estamos perdidos. É bom saber que algo nos "vigia" e que algo vela por nós. Eu pelo menos sinto isso. E honestamente não me incomoda absolutamente nada acreditar que algo de superior (não sei bem como definir superior) zela por mim. Quem me deu a capacidade de existir nesta condição (os meus pais biológicos) e também essa força desconhecida que venho referindo, certamente não abandonarão a "sua obra" de qualquer jeito. Por isto tudo, eu entendo que o mistério da morte é algo tão complicado que só vem acrescentar dúvidas à dúvida já existente.

Do ponto de vista material, somos matéria/energia que volta ao seu ponto de origem. Não há volta a dar a esta questão. No entanto é lógico perguntar o que sucede ao que aprendemos, à nossa personalidade individual, à nossa pessoa enquanto ser pensante, ás nossas memórias e à nossa consciência. Este manancial deve em principio ter um fim diferente. Pois caso fossemos só matéria, não seria necessário sermos seres racionais. Acabaríamos por desaparecer como um qualquer animal que morre naturalmente. Eu sinto-me superior a um qualquer animal, mas isto sou eu a pensar por mim, só isso. É este facto que me leva a chegar à conclusão de que muito provavelmente existe algo de transcendente em nós, pois somos nitidamente diferentes do resto dos animais e plantas.

Na verdade a morte desintegra um sistema organizado para o lançar no caos, que, logo que seja possível, se volta a organizar para gerar novo sistema (forma de vida). Esta matriz biológica em teoria nada terá a ver com a anterior, no entanto ficou a "pairar" no éter a nossa mente/personalidade/ memória/ consciência/ alma, etc o que quiserem. E aqui é que reside de novo a questão. Será que disto que falei, nada existe? Bom, se não existe porque existiu enquanto fomos sistemas organizados com vida pensante? Este aspecto imaterial a meu ver perdura depois da desintegração material. Qual o seu destino ou qual o seu significado, não sei. Mas acredito que perdure. As religiões, algo que não carecem de verificação cientifica, dão um destino a este aspecto do nosso ser. Para as ocidentais existirá um "Céu", para as orientais, um "retorno" ou uma "reencarnação". aquilo que designam a roda do Samsara. Este aspecto etérico, mesmo assim com a sua subtiliza e volatilidade tem um fim. Segundo algumas tradições budistas retornamos tantas vezes quantas o numero de pérolas tem o colar de Buda, 108. No final deste ciclo ou subimos (nirvana) ou descemos ás profundezas mais densas da matéria para se fundirmos com ela e assim podermos voltar a ser reintegrados num novo ciclo evolutivo, começando no mineral para de novo evoluir para humano. Também no ocidente as tradições nos apontam para um regresso no dia do Juízo Final. Em alguns casos específicos até surge o numero 144 000 pois os outros não terão condição para a ressurreição da carne. Mas enfim isto é do domínio da religião e não vamos por aí.

Prefiro as minha congeminações metafisicas a certezas religiosas. Sabendo contudo que dificilmente chegarei a uma conclusão, sou levado a tender acreditar nessa possibilidade de existir algo de transcendente depois da morte da minha carne. Me recuso a ser ateu, pois para mim, isso me diminui enquanto SER. Eu sou porque penso e porque penso devo certamente ter algo de superior em relação aos que não pensam. Este facto me levou a tirar uma conclusão muito pessoal. Quem acredita na vida após a morte, prevalece, não digo como pois não sei, quem não acredita, simplesmente desaparece e se dilui no cosmos. Este aspecto para mim não faz sentido. Nada se perde nada se cria tudo se transforma, verdade,. mas este principio se aplica ao inanimado, não ao pensante, subjectivo, mental, emocional, sentimental, anímico, etc... Estes aspectos não são passiveis de transformação pois a sua imaterialidade não o permite. Então se não são passiveis de transformação, são perenes. Sobrevivendo assim, este nosso aspecto à morte física. Morre o homem mas a sua memória prevalece eternamente.

Bem hajam todos,
Rui Coelho

Ab alio expectes, quod alteri feceris
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a ruicoelho pelo seu post:
A.Xavier (03-09-2014), naste.de.lumina (02-09-2014), Technologic Monk (02-09-2014)
Sabonetes naturais pelo menor preço é na Tudo Saudável
03-09-2014, 12:19 AM
Resposta: #15
RE: Após a Morte
@ruicoelho, você me fez levantar uma nova questão aqui, com o argumento de singularidade. Eu penso: Será que realmente somos tão especiais e distintos das demais formas de vida? Quando analisamos em escalas, a resposta tende a ser não. Por que?
Vamos fazer um comparativo entre dois sistemas: A civilização humana e o formigueiro:







Repare no padrão sistêmico através do comparativo. Qual a única mudança perceptível? Escala. A escala é a única coisa que difere; e isso serve para todo o cosmos.
Mas dentro desse padrão sistêmico, formigas e humanos agem das mesmas formas; guerras, competições, trabalhos, hierarquias e qualquer outra coisa. Sempre no mesmo padrão. A mudança é na escala; quanto maior a escala, maior a complexidade; quanto menor a escala, menor a complexidade.
Por que? Aprendi uma coisa há uns anos, que me fez entender problemas nos ramos onde trabalho (Programação, Eletrônica e Física). O que eu aprendi? Que todo grande problema, é um conjunto de vários problemas simples, e pequenos. A matemática como exemplo: Uma equação, o que é? É um conjunto de problemas simples, que podemos classificar em quatro pontos (subtração, soma, multiplicação e divisão). Se você entende esses quatro pontos, você resolve uma equação; só precisa descobrir o padrão de tal equação (e aí é onde mora o problema).

Talvez o fato de nos sentirmos tão especiais, se de ao fato de sermos o padrão sistêmico, a escala, mais complexa desse planeta; pelo menos aqui, não há nenhum outro padrão em escala maior.
Mas penso que isso vá infinitamente, como o conceito da fractal: Infinitamente para menos e infinitamente para mais; escalas infinitas.

Sobre a desorganização para posterior reorganização, como citei: Nascemos, vivemos e morremos. Nascemos a partir do que restou de um outro padrão já morto; vivemos; morremos para então formarmos um novo padrão, em outro lugar. E esse ciclo tende a repetir-se sem fim, seja em escala maior ou menor.

"O populismo ama tanto os pobres, que os multiplica." - Gloria Alvarez
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Technologic Monk pelo seu post:
A.Xavier (03-09-2014), naste.de.lumina (03-09-2014), ruicoelho (03-09-2014)
03-09-2014, 01:59 AM
Resposta: #16
RE: Após a Morte
(03-09-2014 12:19 AM)Technologic Monk Escreveu:  @ruicoelho, você me fez levantar uma nova questão aqui, com o argumento de singularidade. Eu penso: Será que realmente somos tão especiais e distintos das demais formas de vida? Quando analisamos em escalas, a resposta tende a ser não. Por que?
Vamos fazer um comparativo entre dois sistemas: A civilização humana e o formigueiro:

Repare no padrão sistêmico através do comparativo. Qual a única mudança perceptível? Escala. A escala é a única coisa que difere; e isso serve para todo o cosmos.
Mas dentro desse padrão sistêmico, formigas e humanos agem das mesmas formas; guerras, competições, trabalhos, hierarquias e qualquer outra coisa. Sempre no mesmo padrão. A mudança é na escala; quanto maior a escala, maior a complexidade; quanto menor a escala, menor a complexidade.
Por que? Aprendi uma coisa há uns anos, que me fez entender problemas nos ramos onde trabalho (Programação, Eletrônica e Física). O que eu aprendi? Que todo grande problema, é um conjunto de vários problemas simples, e pequenos. A matemática como exemplo: Uma equação, o que é? É um conjunto de problemas simples, que podemos classificar em quatro pontos (subtração, soma, multiplicação e divisão). Se você entende esses quatro pontos, você resolve uma equação; só precisa descobrir o padrão de tal equação (e aí é onde mora o problema).

Talvez o fato de nos sentirmos tão especiais, se de ao fato de sermos o padrão sistêmico, a escala, mais complexa desse planeta; pelo menos aqui, não há nenhum outro padrão em escala maior.
Mas penso que isso vá infinitamente, como o conceito da fractal: Infinitamente para menos e infinitamente para mais; escalas infinitas.

Sobre a desorganização para posterior reorganização, como citei: Nascemos, vivemos e morremos. Nascemos a partir do que restou de um outro padrão já morto; vivemos; morremos para então formarmos um novo padrão, em outro lugar. E esse ciclo tende a repetir-se sem fim, seja em escala maior ou menor.

Meu caro e inteligente amigo Technologic Monk..

Penso que atualmente qualquer teoria que venha a englobar a natureza da existência, não tem como deixar de fora o colapso da função de onda do físico Erwin Schrödinger.

E ela nos diz comprovadamente que é a consciência quem colapsa as ondas de todas as probabilidades de incontáveis elétrons, em uma frequência que nos da a percepção de matéria experimentado pela própria consciência, um interagindo com o outro e ambos reagindo a novas experiências criadas.

Dito isso, sem a consciência não tem como haver matéria que morra ou viva.

Penso que a consciência seja causa do universo (multi-versos) e não efeito.

Grande abraço.

Naste.

O MEDO É O ASSASSINO DA MENTE E A PRISÃO DA ALMA

O 'Agradecimento' significa educação e respeito, não é necessariamente concordância de opinião.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a naste.de.lumina pelo seu post:
A.Xavier (03-09-2014), ruicoelho (03-09-2014), Technologic Monk (03-09-2014)
20-04-2019, 09:59 PM
Resposta: #17
RE: Após a Morte
(28-08-2014 12:51 PM)naste.de.lumina Escreveu:  Bem, se o consentimento é necessário e por algum motivo da natureza do universo não podem nos forçar (provavelmente falando de livre arbítrio), então a consciência do que está ocorrendo/ocorreu logo após o desencarne se torna fundamental na tentativa de lidar com essas entidades parasitas. É por isso que eu acho muito importante acumular o máximo de informação acerca da natureza universal enquanto encarnados, pois poderá ser a diferença entre a verdadeira liberdade ou a continuação da escravidão pela ignorância.

Isso é fundamental pois que, caso eu tenha sido enganado, o carma consequente foi criado através de fraude, e após percebido pela minha consciência, o fator culpa deixa de ser combustível da aceitação para a quitação de dívidas que nunca poderiam ter existido, caso não houvesse má fé.

Percebemos pelos relatos de quase-morte abundantes que são hoje, que cada pessoa que experimenta essa situação, descrevem situações muito parecidas, túnel de luz, sentimento de amor incondicional, 'mestres', 'anjos', 'parentes falecidos', etc. Penso que essa seja uma das portas de entradas da matrix dimensional.

Porque?

Porque todos revelam de uma forma ou de outra, a existência de um sistema hierárquico definido e funcional.

Seja no umbral pesado, ou nas 'cidadelas tipo nosso lar', a existência de ministérios e ministros, senhores do carma, etc, etc, etc, para mim é a flagrante prova de que se tratam de faixas de realidades das matrixes diversas, que tem como objetivo, nos manter presos a roda de Samsara.

Tá aí. Exatamente as palavras do grande mestre Naste de Lumina.

Conhecimento não ocupa espaço.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Biscoitos saudáveis e sem glúten
você encontra aqui!
23-04-2019, 09:01 PM (Resposta editada pela última vez em: 23-04-2019 09:03 PM por Infinite.)
Resposta: #18
RE: Após a Morte
Não sei se o @naste.de.lumina ainda frequenta o fórum, mas gostaria de comentar alguns pontos dessa resposta:

(28-08-2014 12:51 PM)naste.de.lumina Escreveu:  Se a minha suposição acima for correta, isso significa que poderemos ficar eternamente re-encarnando, servindo como pilhas de energia para as entidades/consciências que criaram e controlam essas matrixes, e nunca perceberemos, pois a cada nova re-encarnação, a reciclagem garante o bloqueio das memórias anteriores.

[...]

Eu praticamente não tenho dúvidas de que seja isso que ocorre em termos gerais. A minha dúvida é em relação a como foi o processo de convencimento que me fez aceitar 'encarnar' pela primeira vez, visto que a primeira encarnação provavelmente é a responsável pelo disparo do gatilho do carma que me prenderá (penso que é possível quebrar a corrente através da consciência do contexto pós desencarne) a roda de re-encarnações sem fim.

Se há uma necessidade de consentimento então existe algum nível de livre-arbítrio. Se há livre-arbítrio a Terra não pode ser uma prisão. Essa é a maior falha dessa teoria da prisão hiperdimensional. É sabido que nos planos internos o véu do esquecimento é mais fino dependendo do indivíduo. De forma que embora muitos estejam sofrendo em nós de ilusões no que é chamando de umbral ou mesmo no abismo, outros estão cientes de terem planejado suas encarnações, fato esse que aliás já anula em grande parte essa teoria de prisão reencarnatória. Isto é, há um estado aonde o propósito de encarnar se torna evidente e os eventos e relacionamentos são planejados.

(28-08-2014 12:51 PM)naste.de.lumina Escreveu:  Isso é fundamental pois que, caso eu tenha sido enganado, o carma consequente foi criado através de fraude, e após percebido pela minha consciência, o fator culpa deixa de ser combustível da aceitação para a quitação de dívidas que nunca poderiam ter existido, caso não houvesse má fé.

Não importa as condições que você encarnou aqui (se foi enganado a fazer isso ou consensual). Ninguém nos obriga a ferir outrem. Eu acho justo existir um karma. Você pode acreditar que estar aqui nesse estado de poder se envolver karmicamente é que é injusto, mas não a natureza do karma.

(28-08-2014 12:51 PM)naste.de.lumina Escreveu:  Porque todos revelam de uma forma ou de outra, a existência de um sistema hierárquico definido e funcional.

E porque isso não faria sentido? Já pensou se tudo fosse ao Deus dará? Cada um faz o que quiser. Seria com se as crianças fossem soltas numa cidade grande e expostas a diversos tipos de perigos. Não há dificuldade em entender que se você é mais evoluído ou tem mais compreensão que uma pessoa ainda em processo de aprendizado, você pode guiá-la de alguma forma. Quando se supõe a existência de aliens negativos a única explicação para não tomarem um planeta como o nosso é alguma força positiva os impedindo.

(28-08-2014 12:51 PM)naste.de.lumina Escreveu:  Seja no umbral pesado, ou nas 'cidadelas tipo nosso lar', a existência de ministérios e ministros, senhores do carma, etc, etc, etc, para mim é a flagrante prova de que se tratam de faixas de realidades das matrixes diversas, que tem como objetivo, nos manter presos a roda de Samsara.

Ou se trata de um princípio comum da natureza: você está aonde ressoa confortavelmente a sua vibração pessoal. Há uma relação intrínseca entre os chakras e os chamados planos da natureza. Se a pessoa possuí fortes bloqueios nos chakras inferiores o nível vibratório é "pesado" e naturalmente após a morte a sua manifestação será em um local "pesado" até que a cura ocorra. Se não houvesse ninguém para se dispor a ajudar o que seria dessas pessoas? Isso só torna a existência de hierarquias ainda mais necessária.

(28-08-2014 12:51 PM)naste.de.lumina Escreveu:  Isso não significa que espíritas e outros humanos que contribuíram/contribuem com informações acerca do 'outro lado' estejam querendo nos enganar deliberadamente. Lembrem-se, matrix dentro de matrix, dentro de matrix. Holografia, dentro de holografia, dentro de um holograma maior.

Esse é o problema. Milênios de tradição cujas informações se cruzam inclusive com fontes contemporâneas versus algumas escolas gnósticas antigas e alguns expoentes contemporâneos que são periféricos se comparados a grande parte do conhecimento tradicional. Essa teoria do Demiurgo Corrompido e afins é a exceção e não a regra. E inclusive, a despeito de todas as contradições que elenquei acima nessas teorias, ninguém jamais diz o que fazer. O máximo é "não vá para luz" como se as condições pós-morte fossem rigorosamente iguais para todos.

(28-08-2014 12:51 PM)naste.de.lumina Escreveu:  Penso que nós todos somos singularidades do universo, ou seja, somos o próprio universo conhecendo a si mesmo, e desta forma, me soa ridiculamente fraudulenta qualquer hierarquia auto-imposta por 'qualquer' consciência existente.

Bem, quem tem problemas como hierarquias ainda não compreendeu que existem muitos níveis de compreensão. É como a criança birrenta que não aceita que os adultos sabem o que é melhor para elas (que elas precisam comer vegetais, que precisam tomar o remédio, que precisam ir dormir cedo, etc.). Agora, é preciso separar duas coisas: existe a hierarquização imposta e a hierarquização natural. No primeiro caso as pessoas não são vistas como iguais, mas como inferiores e existe a necessidade de impor a vontade de um líder a todos os outros. Assim opera o caminho negativo.

A hierarquia natural e a qual me refiro é um estado natural aonde uma entidade chegou a um elevado nível de compressão e se coloca a disposição para ajudar quem REQUISITAR por algum tipo de ajuda. Servir aos outros tendo capacidade para tal e aguardando os chamados de ajuda é o que o caminho positivo faz.
Se algumas das funções parecem operar a parte do livre-arbítrio de todos nós é porque elas necessariamente precisam existir sem a requisição da coletividade.

(28-08-2014 12:51 PM)naste.de.lumina Escreveu:  Em uma viagem astral consciente, é muito fácil perceber que o cérebro é apenas um receptor do campo de energia de informação que é a nossa verdadeira natureza. Pois se eu vejo o meu corpo dormindo, não pode ser o cérebro o responsável pela criação e manutenção da consciência.

E também é fácil perceber que a mente consciente sabe muito pouco e portanto está sujeita a muitos autoenganos.

(28-08-2014 12:51 PM)naste.de.lumina Escreveu:  Os pensamentos e postulados desse post, são estritamente pessoais e não tem o objetivo de serem considerados verdades absolutas.

Digo o mesmo caso chegue a ler isso. Paz, amor e Luz.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Responder 


Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 107 usuários online.
» 0 Membros | 107 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 21,051
» Último Membro: vernon1234
» Tópicos do Fórum: 26,092
» Respostas do Fórum: 277,302

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Brendon O'Connell: Israel tem Back Door em todos os dispositivos da Microsoft
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 12:27 AM
» Respostas: 7
» Visualizações: 624
Vaza Plano Americano para destruir a Venezuela e culpar Maduro
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 12:20 AM
» Respostas: 31
» Visualizações: 2167
O Sentido Oculto da Vida. (para reflectir).
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
Ontem 09:13 PM
» Respostas: 23
» Visualizações: 1194
A nossa vocação natural: sermos mais humanos.
Última Resposta Por: ruicoelho
Ontem 02:58 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 181
Erros, enganos, confusões, desentendimentos típicos do criacionismo.
Última Resposta Por: ruicoelho
Ontem 02:48 PM
» Respostas: 50
» Visualizações: 1442
Em breve vamos transferir consciências ao estilo Matrix? A resposta é sim!
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
Ontem 01:48 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 569
Ex-Luciferianista da Elite expõe a Agenda das Trevas
Última Resposta Por: Velho Druida
17-05-2019 11:51 PM
» Respostas: 9
» Visualizações: 782
Poluição plástica prejudica a bactéria que produz oxigênio que respiramos
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
17-05-2019 03:50 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 126
Governo estuda PL que obriga Reconhecimento Facial em espaços públicos
Última Resposta Por: rmuller
17-05-2019 03:06 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 972
Sonho revelador, eu tive um e posso provar
Última Resposta Por: ruicoelho
17-05-2019 01:50 PM
» Respostas: 20
» Visualizações: 891
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: ULTRON
17-05-2019 11:25 AM
» Respostas: 1164
» Visualizações: 221194
Não sabemos como começámos nem como vamos acabar
Última Resposta Por: ruicoelho
17-05-2019 04:48 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 223
5g Apocalipse [Documentário]
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
16-05-2019 02:37 PM
» Respostas: 13
» Visualizações: 1590
Automação, feminismo e mgtow. Redução populacional planejada.
Última Resposta Por: LucianoR
16-05-2019 11:45 AM
» Respostas: 14
» Visualizações: 801
Como o ceticismo bloqueia o progresso na ciência
Última Resposta Por: ruicoelho
15-05-2019 04:25 PM
» Respostas: 9
» Visualizações: 617
A NOM Está Devorando a Liberdade no Brasil!
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
15-05-2019 12:31 PM
» Respostas: 29
» Visualizações: 6141
The Brazilian Clown World
Última Resposta Por: Koala
15-05-2019 05:19 AM
» Respostas: 7
» Visualizações: 683
Filosofia MGTOW, um revés ao Feminismo.
Última Resposta Por: Koala
15-05-2019 04:51 AM
» Respostas: 22
» Visualizações: 1355
O Homem foi a Lua?
Última Resposta Por: BioMachine
14-05-2019 09:20 PM
» Respostas: 183
» Visualizações: 52318
A Teoria de Darwin cairá por terra?
Última Resposta Por: ruicoelho
14-05-2019 05:51 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 517
Projeção Astral confirmado pela CIA
Última Resposta Por: ruicoelho
14-05-2019 05:45 PM
» Respostas: 19
» Visualizações: 1028
Sabedoria do Extremo Oriente (o Céu e o Inferno)
Última Resposta Por: ruicoelho
14-05-2019 03:04 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 350
America do Sul em pauta da Elite.
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
13-05-2019 10:11 PM
» Respostas: 29
» Visualizações: 1371
A origem da Guerra Cultural: Neocons vs New Left
Última Resposta Por: ULTRON
13-05-2019 05:33 PM
» Respostas: 24
» Visualizações: 1807
Os Danos Causados pela Sexualização Infantil na Mídia
Última Resposta Por: Xevious
13-05-2019 03:04 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 333
Técnica midiática a serviço da NOM
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
13-05-2019 11:33 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 175
Algumas músicas anom
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
13-05-2019 12:37 AM
» Respostas: 172
» Visualizações: 31690
Nova Ordem Mundial e as Cripto Moedas (bitcoin)
Última Resposta Por: Anonymous_T.ron
12-05-2019 06:58 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 5605
Trailer Godzilla 2 e a NOM
Última Resposta Por: Marck Vini
12-05-2019 04:25 PM
» Respostas: 13
» Visualizações: 886
O mega esquema “criminoso” do Nióbio
Última Resposta Por: Velho Druida
12-05-2019 12:12 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 461

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial