Balas de Colágeno pelo melhor preço é na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 9 Votos - 4.67 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[Atualizações] Conflitos na Ucrânia
29-01-2014, 10:40 PM (Resposta editada pela última vez em: 29-01-2014 10:43 PM por John Dickinson.)
Resposta: #11
RE: A escalada da crise ucraniana
Rússia e Ucrãnia

Putin: Rússia pronta para apoiar a Ucrânia, independentemente do governo

Tempo Editado: 29 de janeiro de 2014

Moscou está disposta a apoiar e não o governo da Ucrânia, mas o povo ucraniano, o Presidente Putin disse, referindo-se a empréstimo da Rússia ao seu estado vizinho e sua oferta para reduzir os preços do gás.

Não importa qual o governo chega ao poder na Ucrânia, a Rússia não vai reconsiderar seus acordos assinados anteriormente, ele disse em entrevista coletiva em Bruxelas.

"Quanto você pergunta se vamos rever nossos contratos de empréstimos e do setor de energia, se a oposição vai tomar o poder ... Não, não vamos", disse Putin em uma entrevista coletiva após reunião com líderes da União Europeia em Bruxelas.

O empréstimo e a redução gradual do preço do gás era "apoiar o povo da Ucrânia, e não o governo".
"São as pessoas comuns, que sempre sofrem", acrescentou.

O presidente russo reiterou a posição de Moscou sobre a situação na Ucrânia, dizendo que a crise política no país deve ser resolvido sem interferência estrangeira.

Putin disse que Moscou acredita que se intrometer nos assuntos internos da Ucrânia é inaceitável.

A comunidade internacional, que vem convidando o presidente ucraniano, Viktor Yanukovich de agir de forma civilizada em meio à crise, deveria exortar a oposição a fazer o mesmo, Putin acrescentou.

Ucrânia foi tomada por protestos contra o governo de massa que começaram em 21 de novembro, depois de Yanukovich se recusou a assinar um acordo de associação com a UE.
[Imagem: 000_par7776579.jpg]
Os protestos inicialmente pacíficos ultimamente têm descido a extrema violência, com grupos nacionalistas estar na vanguarda de confrontos brutais com a polícia e as apreensões de prédios administrativos. A oposição pró-UE é particularmente apoiada no oeste da Ucrânia.

"Media [ocidentais] não mostram , mas nós vimos que um sacerdote no oeste da Ucrânia pediu à multidão para ir a Kiev e atacar o governo. E então ele explica: "Isso é para não permitir que nigger, moskals (uma palavra insultuosa usado por ucranianos para descrever russos), e os judeus para governar '", disse Putin na entrevista coletiva.

No começo do dia, Putin se reuniu a portas fechadas com o presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy eo presidente da Comissão Européia, José Manuel Barroso.

A delegação russa a Bruxelas incluiu também o ministro das Relações Exteriores Sergey Lavrov, o enviado de Moscou para a UE, Vladimir Chizhov, primeiro vice-primeiro-ministro Igor Shuvalov e assessores presidenciais.

Parceria Oriental da UE não deve ser às custas da economia da Rússia

A cúpula de 32 entre a Rússia e a União Europeia foi inicialmente prevista para o final de 2013. No entanto, os líderes da UE, citando suas agendas lotadas, pediu a Moscou para reagendar as negociações para o fim de janeiro e transformá-lo em uma reunião informal. Além disso, o evento foi reduzido de dois dias para apenas algumas horas.

Explicando as razões para a mudança de formato, Bruxelas apontou para a necessidade de uma discussão aprofundada de questões-chave, uma vez que existem "alguns problemas" nas relações Rússia-UE. Esses problemas incluem a implementação da iniciativa da Parceria Oriental - um programa de cooperação da UE com seis ex-repúblicas soviéticas, incluindo a Bielorrússia e a Ucrânia.
[Imagem: 000_par7776775.jpg]
Durante a reunião de terça-feira, as partes discutiram como a Parceria Oriental e da União Aduaneira entre a Rússia, Belarus e Cazaquistão "poderia se relacionar uns com os outros", disse Van Rompuy. O programa de Parceria poderia ser novas oportunidades de negócios benéficos e abertas para todos os vizinhos orientais da UE ", incluindo a Rússia", disse ele na conferência de imprensa conjunta.

"O Parceria Oriental não afeta econômica, comercial da Rússia, humano social e laços culturais para muitos dos nossos vizinhos comuns", disse ele.

Mas uma vez que não pode ser "diferentes interpretações e mal-entendidos sobre os [Parceria Oriental] acordos de associação", Bruxelas e Moscou concordaram em continuar as consultas bilaterais sobre o assunto e falar sobre possíveis consequências económicas de tais acordos para ambos os lados, disse Van Rompuy.

Barroso disse que o objetivo estratégico e articulação mais importante é a criação de um espaço económico comum de Lisboa a Vladivostok, no Extremo Oriente da Rússia. Programa Parceria Oriental da UE é um dos passos para atingir esse objetivo.

"A parceria não é contra alguém, é por alguma coisa", disse Van Rompuy.
Putin disse que a Rússia tinha algumas dúvidas sobre as consequências da assinatura do acordo de associação da Ucrânia e se seria permitido permanecer dentro da zona de livre comércio.

Moscou "tem a impressão de que a Ucrânia estava sendo levado para fora" da zona que une várias ex-repúblicas soviéticas, disse ele. Se fosse esse o caso, a Rússia não seria capaz de preservar o regime preferencial para a Ucrânia desde o contrário "uma entrada tal backdoor no nosso mercado" afetaria a economia russa.

"Não há politicagem aqui, há interesse pragmático", disse Putin.
Devido à mudança de formato da cúpula Rússia-UE, foi assinada há acordos.Normalmente, essas reuniões são realizadas duas vezes por ano: em Bruxelas em Dezembro e no verão na Rússia. Está previsto que a próxima reunião será realizada em Sochi da Rússia em 3 de junho, na véspera da cúpula do G8, que também será realizada no resort do Mar Negro

FONTE:http://rt.com/news/putin-eu-ukraine-summit-293/
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
As delícias de ALFARROBA da Carob House você encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
30-01-2014, 08:09 PM (Resposta editada pela última vez em: 30-01-2014 08:10 PM por John Dickinson.)
Resposta: #12
RE: A escalada da crise ucraniana
Governo e oposição trocam acusações na Ucrânia

O chefe de Estado ucraniano enfrenta há dois meses um movimento de contestação sem precedentes que causou a renúncia do governo na terça-feira

Presidente ucraniano Viktor Yanukovich com oposição: Yanukovitch acusou oposição de "envenenar a situação (...) em razão das ambições políticas de alguns de seus líderes"


O chefe de Estado ucraniano enfrenta há dois meses um movimento de contestação sem precedentes que causou a renúncia do governo na terça-feira, além das pressões opostas da Rússia e da União Europeia. Em uma nota, ele se declarou na manhã desta quinta indisponível em razão de uma "doença respiratória aguda".

Em um comunicado divulgado algumas horas depois pela Presidência, Yanukovitch acusou a oposição de "envenenar a situação (...) em razão das ambições políticas de alguns de seus líderes".

Os três principais nomes da oposição - Vitali Klitschko, Arseni Yatseniuk e Oleg Tiagnybok - afirmaram em uma declaração conjunta que Yanukovitch tinha violado a Constituição. Eles denunciam que o presidente "chantageou" os deputados de sua própria formação política, o Partido das Regiões, para que votassem na quarta-feira uma lei concedendo anistia aos manifestantes detidos, apesar das reticências de alguns.

De acordo com o texto publicado nesta quinta, aprovado pela maioria favorável a Yanukovitch no Parlamento, o poder envia uma espécie de ultimato aos opositores.

Para que a anistia entre em vigor, é necessário que os manifestantes se retirem das ruas, das praças e dos prédios públicos de Kiev de de outras regiões nos próximos 15 dias, algo que a oposição se recusa a fazer.

Andrei Portnov, integrante da administração presidencial, afirmou que os manifestantes podem continuar a se reunir na Praça da Independência, na capital, "para protestar pacificamente".

Esse lugar simbólico e estratégico dos protestos, também conhecido com o nome de Maïdan, permanece ocupado há vários dias, repleto de barracas, fogueiras e grandes barricadas.

Os militantes presentes no centro de Kiev não dão sinal algum de que podem deixar a praça, apesar do frio que chega a menos 20 graus.

"Tenho a sensação de que este homem quer nos enganar e tenta apenas ganhar tempo. Mas não vamos deixá-lo fazer isso", disse o ex-boxeador Vitali Klitschko ao jornal alemão Bild, referindo-se a Yanukovitch.

"O presidente pode usar sua doença para não promulgar a revogação (na terça-feira pelos deputados, ndlr) das leis 'ditatoriais' (punindo com pesadas penas os manifestantes, ndlr), não se reunir com os representantes da oposição e da comunidade internacional, e evitar tomar decisões urgentes para tirar o país da crise", indicou o partido de Klitschko em um comunicado.

"Nossa luta vai continuar!", disse à noite o líder do partido nacionalista Svoboda, Oleg Tiagnybok, a algumas centenas de manifestantes.

Pressões internacionais

O presidente francês, François Hollande, disse nesta quinta que a situação na Ucrânia "é grave" e que ela exige "vigilância máxima", ao final de um encontro com o primeiro-ministro polonês Donald Tusk.

"Nas próximas horas, nos próximos dias, pode acontecer um confronto e devemos fazer de tudo para restabelecer o diálogo e favorecer o apaziguamento", acrescentou o presidente francês à imprensa.

Depois de uma viagem à Ucrânia na quarta-feira, a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, pediu na quarta o fim da "violência" e das "intimidações", "de onde quer que venham".

O presidente americano, Barack Obama, ressaltou que os Estados Unidos defendem o direito dos ucranianos de "se expressarem livre e pacificamente", e de terem sua "palavra a dizer pelo futuro do país".

A Rússia, que denunciou o que acredita ser ingerências europeias na Ucrânia, manteve sua cautela em relação às mudanças em curso em Kiev.

Vladimir Putin considerou que é preciso "aguardar a formação do novo governo", antes de continuar a enviar a ajuda econômica de 15 bilhões de dólares concedida em dezembro à Ucrânia depois que o governo desse país desistiu de se associar à UE.

A Ucrânia, prestes a dar um calote, precisa com urgência de apoio financeiro para cumprir suas obrigações.

Dados divulgados nesta quinta-feira indicaram que uma leve recuperação no quarto trimestre de 2013 permitiu ao país registrar um crescimento nulo, após cinco trimestres sucessivos de recuo do PIB.

FONTE:http://exame.abril.com.br/mundo/noticias...nia?page=3
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
31-01-2014, 10:19 PM (Resposta editada pela última vez em: 31-01-2014 10:30 PM por John Dickinson.)
Resposta: #13
RE: A escalada da crise ucraniana
Vizinhos da Ucrânia preparam-se para dividir seu território
[Imagem: 836507205_041fd74a49_o.jpg]
Foto: Flickr.com/mosdave/cc-by-nc

Enquanto o governo e a oposição estão querelando nas ruas de Kiev, os vizinhos da Ucrânia estão se preparando para uma nova divisão territorial e já conseguiram brigar entre si neste processo cativante.

No momento, podem ser destacadas três forças que, em certa medida, estão preparando planos para revisar as fronteiras com a Ucrânia. A força mais significativa é a aliança improvisada dos membros do Grupo de Visegrád – Polônia, Hungria e Eslováquia. A situação na Ucrânia coloca os líderes desses países numa posição incômoda. Por um lado, eles têm que apoiar um golpe de Estado, mas por outro, há o risco de graves problemas políticos internos causados pelo fato de que a força de ataque desse golpe de estado ucraniano são neonazistas-xenófobos.

Os eleitores patrióticos na Polônia, Hungria e Eslováquia não vão entender por que razão os líderes de seus países apoiam forças políticas que abertamente odeiam e oprimem poloneses, húngaros e eslovacos que vivem na Ucrânia. Neste contexto, a reunião de diplomatas destes países e a tentativa de criar uma estratégia comum de intervenção no caso de a situação na Ucrânia ficar descontrolada, é um passo natural.

O establishment romeno também tem uma posição bastante agressiva. Na imprensa romena há uma verdadeira histeria em torno da “oportunidade histórica de a Romênia recuperar a Bucovina do Norte e a Bessarábia do Sul”. Analistas sugerem ao presidente Basescu voar para Kiev e propor à oposição ucraniana um “acordo” que consistisse no “total apoio do caminho pró-europeu da Ucrânia” em troca de concessões territoriais. Não é difícil de adivinhar o que se esconde sob o eufemismo de “apoio total”, porque todas as medidas diplomáticas possíveis para apoiar o golpe de Estado na Ucrânia já foram tomadas.

Aproveitando a crise na Ucrânia, Bucareste pode intensificar as tentativas de anschlussda Moldávia, o que foi indiretamente confirmado pelo embaixador da Romênia em Chisinau, Marius Lazurca. Ele disse que a Romênia pode fazer a Chisinau uma “oferta política” no caso de “ameaça ao caminho pró-europeu da Moldávia”. No contexto da política de anexação da Moldávia, que foi declarada pelo presidente romeno Traian Basescu, é fácil de adivinhar em que consistirá essa “oferta”.

A situação atual causa também preocupação em Sófia. A organização Búlgaros da Ucrânia, que representa os interesses da minoria búlgara, já respondeu aos planos dos revisionistas romenos: “Rejeitamos todas as reivindicações territoriais por parte da Romênia e exigimos a preservação do status quo territorial.

A crise ucraniana pode facilmente tornar-se uma crise de escala regional. Ela tem um grande potencial para se tornar num conflito multilateral com o uso da força. A cada dia, a instabilidade em Kiev aumenta as chances de os territórios da Ucrânia se tornarem presas de seus vizinhos.

FONTE:http://portuguese.ruvr.ru/2014_01_31/Viz...-rio-5726/

Hungria e Romênia teriam começado a dividir Ucrânia ocidental?

28 Janeiro, 13:36
[Imagem: 436546545464654564654654654654581.jpg]
Colagem: Voz da Rússia

A crise ucraniana pode ter sérias consequências políticas. Enquanto radicais e nacionalistas locais tentam derrubar os órgãos do poder legitimamente eleitos com o presidente Viktor Yanukovich à cabeça, na Hungria e Romênia cresce interesse em relação a regiões estrategicamente importantes do oeste da Ucrânia.

Nas mídias húngaras e romenas apareceram publicações que não podem ser qualificadas senão como a formação de uma base propagandista de desmembramento da Ucrânia. Em que grau é real a ameaça à integridade do país? Citamos a opinião de Ruben Mnatsakanian, professor da Universidade da Europa Central de Budapeste:

Uma diáspora húngara já se formou há muito na Transcarpátia. Em tempos, a Hungria concedia a estes cidadãos da Ucrânia passaportes de húngaros étnicos. Seus portadores chegam sem problemas à Hungria e trabalham no país.
Na Transcarpátia está sendo formado um ciclo completo de ensino em húngaro - de jardins-de-infância a universidades. Contudo, é difícil prever a reação da Budapeste oficial a diferentes variantes do desenvolvimento da situação na Ucrânia.
Tudo dependerá do nível de radicalização dos acontecimentos que se desenvolvem no país. Se for derramado sangue, a situação irá decorrer segundo o cenário iugoslavo, sendo necessário proteger seus cidadãos da violência física. Neste caso podem até ser introduzidas tropas. Se a situação na Ucrânia se desenvolver por uma via político-econômica, este cenário pode ser excluído
”.

O conhecido politólogo eslovaco e observador do jornal Slovenske narodne noviny, Dusan Kerny, considera que a desintegração da Ucrânia possa desestabilizar toda a região:

Desde o ponto de vista geopolítico, a desintegração da Ucrânia originaria um problema gigantesco com as consequências de longe alcance. Os eslovacos não precisam disso de maneira nenhuma. A maior parte da população do oeste da Ucrânia são húngaros e isso, no caso da divisão territorial do país, criaria problemas colossais para a Eslováquia. Não aceitaríamos nunca tais mudanças.
A Eslováquia está muito interessada num vizinho estável, na manutenção de sua integridade e soberania nacional. Ao mesmo tempo, na Eslováquia há convicção de que são os oligarcas que determinam hoje o decorrer da história ucraniana e não políticos e nem o povo ucraniano em barricadas
”.

Muito dependerá também da precaução da União Europeia.

Foi nomeadamente a vontade insistente da UE de atar Kiev com acordos bilaterais que impulsionou a atual instabilidade na Ucrânia. Em tempos, porém, a União Europeia conseguiu desempenhar um papel positivo na Europa de Leste, aponta um politólogo, Nikolai Kavechnikov:

Sem dúvida, grande mérito da União Europeia consiste em que toda a Europa pós-soviética não se transformou na zona de grande conflito segundo o cenário jugoslavo. A UE não apenas abriu suas portas para países da Europa de Leste, mas, ao mesmo tempo, estimulava-os a estabilizar as relações recíprocas”.

Esta estabilização enfrenta hoje uma ameaça. É evidente que o gênio nacionalista solto na Ucrânia não pretende voltar rapidamente à garrafa.

FONTE:http://portuguese.ruvr.ru/2014_01_28/Hun...ntal-7083/
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
04-02-2014, 06:54 PM
Resposta: #14
RE: A escalada da crise ucraniana
Romênia fará uma intervenção armada na Ucrânia?
segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

[Imagem: romenia-flag.jpg]
Se isso acontecer, mergulharão a Europa numa crise terrível...

A Ucrânia está à beira de uma guerra civil. Não é de excluir que o país se divida em Ocidente pró-europeu e Leste pró-russo. Estará a Romênia pronta para interferir com o objetivo de proteger os romenos residentes no norte da Bukovina, no distrito de Hertz e na Bessarábia Setentrional e Meridional?”, indaga um artigo no jornal romeno Adevarul.

Segundo o Adevarul, a Ucrânia é um Estado artificial surgido nas ruínas da URSS, em relação ao qual a Romênia tem grandes pretensões territoriais.

A Romênia não só não deve excluir mas inclusive deve se preparar atentamente para uma situação na qual uma intervenção militar será inevitável, escreve o jornal.

Via:http://portuguese.ruvr.ru/news

FONTE:http://www.libertar.in/2014/02/romenia-f...da-na.html
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Manteiga Ghee pelo menor preço é na loja Tudo Saudável
05-02-2014, 05:27 PM
Resposta: #15
RE: A escalada da crise ucraniana
Ucranolapso:

QUARTA-FEIRA, 5 DE FEVEREIRO DE 2014

BNP Adverte "A corrida aos depósitos ucranianos já pode ter começado"


"É absolutamente impossível prever" taxa de câmbio da Ucrânia, o BNP Paribas observa em um relatório de sinistro hoje.

Considerando enorme necessidade da Ucrânia para cobrir seu déficit em conta corrente, o país está cada vez mais dependente de fluxos financeiros - e estes serão difíceis de obter.

O Hyrvnia ruiu esta manhã para 9,00 encostando perto de dezembro 2008 em pontos baixos como BNP adverte "O NBU enfrenta uma tarefa difícil: deixar a taxa de câmbio desvalorizar a um" novo nível justo "sem provocar uma corrida aos depósitos de varejo na hryvnia, que já pode ter começado . "Baseando-se em apoio externo em meio a uma desvalorização forçada" aumenta os riscos de ajustamento desordenado ", e que parece acontecer.

Moeda da Ucrânia - o Hyrvnia desabou para 9,00 nesta manhã ...
[Imagem: 20140205_UAH1_0.png]

As advertências de BNP de hoje (via Bloomberg):

"É absolutamente impossível prever" taxa de câmbio de hryvnia, os analistas do BNP Paribas Serhiy Yahnych e Yevgeniy Orudzhev em Kiev escrevem em relatório hoje.

BNP Em conta corrente é uma lacuna da Ucrânia, o financiamento instável e protestos anti-governo tem "criado um cocktail Molotov perigoso , que agora parece se transformar em uma crise cambial:" BNP "O Banco Nacional da Ucrânia realizou apenas uma intervenção menor ontem, o que levou a um aumento da demanda por dólares esta manhã:" BNP

"O NBU enfrenta uma tarefa difícil: deixar a taxa de câmbio desvalorizar a um" novo nível justo "sem provocar uma corrida aos depósitos de varejo hryvnia, que já pode ter começado. ” BNP Além disso, ele é forçado a realizar desvalorização sem ter nenhum pacote externo de apoio, o que aumenta os riscos de ajustamento desordenado: "BNP

Comentários BNP parecem extremamente precisos ao do ano passado ...

Reequilíbrio da balança de transações correntes tem sido praticamente nula ao longo dos últimos meses.
Considerando enorme necessidade da Ucrânia para cobrir seu déficit em conta corrente, o país está cada vez mais dependente de fluxos financeiros. Estes serão difíceis de obter,

Esperamos que as reservas cambiais para despencar para US $ 18 bilhões até o final de 2013, destacando o caso de uma moeda local mais fraca. Ucrânia precisa urgentemente reequilibrar a sua conta corrente, com chamadas para uma taxa de câmbio mais flexível (e mais fracos) ficando mais alto.

FONTE:http://horizontenews.blogspot.com.br/201...lapso.html
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
07-02-2014, 07:35 PM
Resposta: #16
Exclamation Artigo: Ucrânia é um dos e vejam os outros alvos do Tio Sam
Washington desestabiliza Ucrânia

Apenas Washington sabe fazer melhor

Ao Dr. Paul Craig Roberts
Global Research, 07 de fevereiro de 2014


[Imagem: tiosam.jpg]

Os maníacos por controle em Washington pensam que apenas as decisões que Washington faz e impõe aos outros países soberanos são democráticos . Nenhum outro país do mundo é capaz de tomar uma decisão democrática.

O mundo tem assistido a esta auto-justiça americana por eternidades como Washington derruba um governo democrático após o outro e impõe seu fantoche, como Washington fez no Irã, em 1953, quando a CIA , como admite agora, e como Ervand Abrahamian prova em seu livro The golpe (The New Press, 2013) , derrubou o governo eleito de Mossadegh , e , mais recentemente, o governo eleito de Honduras e muitos governos no meio.

Atualmente Washington está trabalhando para derrubar os governos de Síria, o Irã novamente, e Ucrânia. Washington também tem como alvos- Venezuela , Bolívia , Equador e Brasil , e em seu sonhos mais loucos os governos da Rússia e da China.

[Imagem: Tio%2BSan.jpg]


Em 26 de janeiro o sírio conselheiro do governo Bouthaina Shaaban perguntou a Wolf Blitzer , um propagandista de Washington e do Lobby de Israel, na TV dos EUA por isso que o governo dos EUA, falando através do Secretário de Estado John Kerry, tem o direito de decidir quem deve ser o governo da Síria em vez de o povo sírio . [ As pesquisas mostram que os índices de aprovação do presidente sírio Assad são superiores aos de todos os líderes do Ocidente. ] Mesmo o Blitzer viscoso não foi viscoso o suficiente para responder , "porque somos , pessoas indispensáveis ​​excepcionais." Mas isso é o que Washington pensa.

Washington em breve estará de volta ao trabalho em desestabilizar o governo do Irã de novo, um hábito que eu acho, mas para o momento Washington está focada em desestabilizar Ucrânia.

A Ucrânia tem um governo democraticamente eleito , mas Washington não gosto dele porque Washington não pegá-lo .

A Ucrânia ou na parte ocidental do que está cheio de ONGs financiadas Washington cujo objetivo é entregar a Ucrânia as garras da UE onde os bancos americanos e europeus poderão saquear o país , como eles saquearam , por exemplo, na Letónia, e ao mesmo tempo enfraquecer a Rússia por roubar uma grande parte da Rússia tradicional e convertê-lo em bases militares dos EUA /OTAN contra a Rússia
[Imagem: tio-sam-democrata_thumb.jpg%3Fw%3D440%26h%3D353]
Talvez Putin , um atleta, se distrai com os Jogos Olímpicos na Rússia. Caso contrário, ele é uma espécie de quebra-cabeça porque a Rússia não colocou seus mísseis nucleares em alerta máximo e ocuparam a Ucrânia ocidental com as tropas a fim de evitar derrubada da Ucrânia pelo dinheiro de Washington.

Cada país tem cidadãos que vão vender o país por dinheiro, e oeste da Ucrânia está transbordando com esses traidores.

Como vimos ao longo de décadas , os árabes e os muçulmanos vão vender as suas pessoas por dinheiro ocidental.

O mesmo acontecerá com os ucranianos ocidentais. As ONGs financiadas por Washington estão comprometidos a entregar a Ucrânia nas mãos de Washington , onde os ucranianos podem tornar-se servos americanos e esta parte integrante da Rússia pode se tornar uma plataforma para os militares dos EUA .

De todos os protestos violentos que foram testemunhados para , a um ucraniano é o mais orquestrado.

Em 6 de fevereiro , Zero Hedge , um dos sites inteligentes e informados na Internet , postou uma gravação que vazou da Victoria Nuland desprezível , uma secretário de Estado adjunta do Regime Obama.

Nuland é pego discutindo com o enviado dos EUA para a Ucrânia , Geoffrey Pyatt , a escolha de Washington para que lidera o próximo governo ucraniano.

Nuland está indignada que a União Europeia não se juntou a Washington em impor sanções ao governo ucraniano , a fim de completar a aquisição da Ucrânia de Washington. Nuland fala como se ela fosse uma deusa com o direito dado por Deus para escolher o governo da Ucrânia, que ela passa a fazer.

A UE , como corrupto , pois está pelo dinheiro de Washington, no entanto, entende que está sendo feito rico por Washington há agains proteção mísseis nucleares russos . A resposta de Nuland a hesitação da Europa para arriscar a sua existência para o benefício da hegemonia dos EUA é :
"***** a União Europeia."

Tanto para a atitude de Washington para com seus aliados cativos e os povos do mundo.

FONTE:http://www.globalresearch.ca/
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a John Dickinson pelo seu post:
Mediador (08-02-2014), naste.de.lumina (07-02-2014)
07-02-2014, 07:59 PM
Resposta: #17
RE: A escalada da crise ucraniana
Ocidente -Oriente: De olho na Ucrânia

Vazamentos, farpas, truques sujos com a Rússia e o Ocidente entrando em disputa sobre a Ucrânia


Kiev Sex-7 de Feb 2014 7:42am EST

[Imagem: ?m=02&d=20140207&t=2&...EA151I2Z00]
Manifestantes anti-governo marcham nas ruas de Kiev 6 de fevereiro de 2014 .

Crédito: Reuters / David Mdzinarishvili

KIEV (Reuters) - Uma luta de leste a oeste a Ucrânia virou crise externa com Moscou acusando os Estados Unidos de fomentar um golpe de Estado e Washington apontou o dedo para a Rússia por vazamento de uma gravação de diplomatas norte-americanos discutindo como dar forma a um novo governo em Kiev.

Como o presidente da Rússia, Vladimir Putin preparado para abrir os Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, os primeiros Jogos na Rússia desde que a União Soviética hospedou na edição de 1980 do verão, o confronto sobre a Ucrânia reproduz a gelada retórica da Guerra Fria , com um assessor do Kremlin de Moscou advertindo que pode agir para bloquear a interferência letal dos EUA em Kiev .

Relações russo-americanas têm sido normais, mas a ferocidade das trocas era um sinal de interesses globalmente divergentes - e da importância da Ucrânia, uma ex-Estado soviético de 46 milhões de pessoas que Putin quer manter em órbita de Moscou , apesar de manifestações de rua em massa contra a influência russa .

Economia da Ucrânia sofre com o banco central na introdução de restrições à compra de divisas nesta sexta-feira para tentar estabilizar a moeda hryvnia que perdeu 10 por cento de seu valor em relação ao dólar desde que os protestos de rua contra o presidente Viktor Yanukovich começou em novembro.

Putin é susceptível de encontrar Yanukovich em Sochi, possivelmente para discutir os candidatos para um novo primeiro-ministro. Putin também pode levantar preocupações manifestadas pelo homem forte do Kremlin sobre a Ucrânia , de que Yanukovich precisará reprimir os manifestantes que foram às ruas mais de dois meses , exigindo que ele saia .

Os Estados Unidos, por sua vez, descreveram como "uma nova baixa em russo" a publicação on-line de uma gravação de um alto funcionário do Departamento de Estado, discutindo planos para um novo governo ucraniano com o embaixador dos EUA em Kiev. Victoria Nuland também menosprezou a UE de uma forma crua concisa .

A porta-voz da Casa Branca disse : "Desde que o vídeo foi observado e twittou pela primeira vez pelo governo russo , eu acho que ele diz algo sobre o papel da Rússia ." O Departamento de Estado disse Nuland pediu desculpas aos seus homólogos da UE para a sua linguagem .

Uma fonte diplomática apontou para um tweet de um assessor do vice-primeiro- ministro Dmitry Rogozin ligando para o telefonema gravado. O assessor russo disse mais tarde no Twitter que ele simplesmente vê-lo sobre a Internet.

Homem influente do Kremlin sobre a Ucrânia , Sergei Glazyev , em entrevista a um jornal tipicamente confronta, exortando o líder ucraniano para reprimir , em vez de negociar com os " golpistas " que ele acusou Washington de armá-los , no financiamento e no treinamento para assumir o estado ex -soviético .

Se Rogozin , que visitou Kiev nesta semana e tem sido uma voz anti- ocidental combativa em Moscou, twittou na sexta-feira que ele foi conhecer os industriais russos e ucranianos no final do dia para discutir a cooperação na indústria aeroespacial :

"Enquanto os ocidentais estão tramando intrigas por lá e ficam em escândalos , a Rússia está ajudando regiões ucranianas a restaurar suas relações perdidas com as nossas empresas , o que significa a criação de milhares de empregos", disse Rogozin , referindo-se ao rompimento dos laços industriais após a União Soviética que terminamos.

" Talvez, então, haverá menos desempregados e amargas pessoas ao redor para organizar os pogroms em suas cidades com o dinheiro de pessoas de fora ", disse ele , referindo-se às acusações russas de que grupos de fundo de governos ocidentais da oposição, incluindo os nacionalistas de extrema-direita com uma história de anti- semitismo .

RUSSO "torpedo"

Washington não contestou a autenticidade do que parece ser um telefonema grampeado entre diplomatas cerca de 12 dias atrás , discutindo como os líderes da oposição o que devem melhor responder a uma oferta de Yanukovich para incluí-los em um novo governo.

Da mesma forma, funcionários da UE disse ram que não iriam comentar sobre o"vazamento alegado" chamada postada no mesmo site da anti- oposição com um assessor da chefe da diplomacia da UE, Catherine Ashton reclamando sobre críticas dos EUA de que a UE estava sendo "muito mole " na sua abordagem a imposição de sanções em Yanukovich .

O lançamento simultâneo das gravações , qualquer que seja a sua origem e autenticidade, apareceu desenhado para desacreditar as potências ocidentais , retratar a oposição da Ucrânia como peões ocidentais e um fosso entre Bruxelas e Washington.

Aparentemente, datando de apenas antes de 27 de janeiro, quando o líder da oposição Arseny Yatsenyuk rejeitou a oferta de Yanukovich para ser primeiro-ministro , a gravação de Nuland e embaixador Geoffrey Pyatt os incluiu concordando que outra figura da oposição , campeão de boxe Vitaly Klitschko, deve ficar de fora do gabinete.

" Eu não acho que Klitsch ( Klitschko ) deve ir para o governo", disse Nuland na gravação , que realizou as legendas em russo. "Eu não acho que é uma boa idéia. "

Ela também discutiu a perspectiva de um enviado da ONU endossar um novo governo, sugerindo que seria preferível ter um acordo parece ser mediado por Bruxelas : " Isso seria ótimo ... para ter a cola ajuda da ONU e você sabe .. . ***** a União Europeia. "

Pyatt respondeu : " Exatamente eu acho que nós temos que fazer alguma coisa para torná-lo ficar juntos , porque você pode ter certeza de que, se não começar a ganhar altitude , os russos estarão trabalhando nos bastidores para tentar torpedear-lo."

O furor sobre os vazamentos levantaram questões sobre normas de segurança entre as missões diplomáticas em Kiev e sobre possíveis escutas russo- ucranianas de linhas diplomáticas .

Revelações recentes de monitoramento generalizado dos EUA de comunicação estrangeiros podem temperar simpatia para os funcionários de Washington.

Yanukovich e o dilema

Yanukovich , que desencadeou os protestos em massa em novembro, quando ele cedeu à pressão russa e desistiu de um pacto de livre comércio com a UE, pode dizer- Putin de planos para um novo governo para substituir um primeiro-ministro pró- russo que demitiu na semana passada.

Depois de Yanukovich se afastou do pacto UE, a Rússia prometeu US $ 15 bilhões em ajuda . Moscou congelou a ajuda até que ele descobre quem será o novo primeiro-ministro.

Desde Yatsenyuk da oposição recusou o trabalho , algumas figuras da oposição especulam que Yanukovich pode agora nomear um de seus próprios aliados radicais , em um esforço para agradar Moscou.

Kiev precisa de fundos , porém, é relutante em admitir isso. O Banco Central anunciou na noite de quinta-feira que estava restringindo as compras de divisas para tentar estabilizar seus bancos e uma moeda que cai a 10 por cento em três meses .

Na sexta-feira , funcionários do banco central disseram que a taxa hryvnia agora era "apropriada" . Governador Ihor Sorkin disse em entrevista coletiva : "Houve pressões sobre o mercado de moeda recentemente, mas temos certeza de que esta é apenas uma tendência de curto prazo .

Yanukovich se reuniu com Nuland apenas antes de voar para Sochi. Ele assegurou-lhe , de acordo com um comunicado de seu escritório , que ele queria as negociações não a violência : " Só através do diálogo e do compromisso que podemos sair desta crise", disse ele.

(Reportagem adicional de Natalia Zinets e Jack Stubbs em Kiev e Steve Holland em Washington; Reportagem de Alastair Macdonald , Edição de Peter Graff )

FONTE:http://horizontenews.blogspot.com.br/201...rania.html
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Aromaterapia você encontra pelo menor preço na Tudo Saudável
07-02-2014, 08:08 PM
Resposta: #18
RE: Artigo: Ucrânia é um dos e vejam os outros alvos do Tio Sam
O pior é que a questão da Ucrania pode resultar em 3ª guerra mundial. O por que? A Russia nao deixará que a Ucrania se transforme numa segunda Síria.

E isso é mesmo preocupante.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Kaboom pelo seu post:
Mediador (08-02-2014)
08-02-2014, 10:47 AM (Resposta editada pela última vez em: 08-02-2014 11:32 AM por John Dickinson.)
Resposta: #19
RE: A escalada da crise ucraniana
[Imagem: images?q=tbn:ANd9GcSit3SPGa7Zgp4X_2cgJQz...iR-8vVg07d]

O explosivo Ucraniogate

EUA 'Ucrânio-gate' ameaça explodir em Grande Conflagração


7 de fevereiro, 2014

Secretária Adjunta de Estado dos EUA Victoria Nuland e o embaixador dos EUA para a Ucrânia Geoffrey Pyatt foram pegos em uma conversa telefônica que vazou ontem conspirando ativamente sobre qual das figuras da oposição ucraniana que deve tomar posição em um pós-golpe governo da Ucrânia.

Na chamada, eles estavam furiosos de que a UE não foi tão rápida para passar das palavras à ação, como os EUA, e decidiu trazer a ONU a "cola" do "negócio" juntos em seu lugar.

Este é um grande escândalo internacional, e as implicações dessa evidência clara de envolvimento direto dos EUA no pré guerra civil na Ucrânia são muito mais graves do que a maioria nos EUA e na UE possam perceber.

Como é de se esperar, no entanto, a grande imprensa dos EUA não está focado nesta prova de extrema imprudência e decepção dos EUA, mas sim sobre se os russos vazaram ou não a chamada. Eles estão ignorando o verdadeiro núcleo do escândalo para se concentrar nos aspectos picantes , reais ou imaginários.

Apanhado em flagrante planejando ativamente e manipular a política interna e agindo como se os políticos da oposição ucraniana foram literalmente agentes dos EUA a encomendar a esta posição ou um novo governo, o Departamento de Estado dos EUA se comportou como uma criança com a boca na botija .

Testemunhe o desempenho verdadeiramente deslumbrante pelo Departamento de Estado dos EUA do Porta-voz Jan Psaki hoje em uma coletiva de imprensa diária (e elogios a alguns dos jornalistas presentes, que parecem estar em sintonia com a gravidade deste caso):

Q. Será que não é o fato de que os diplomatas dos EUA supostamente estão discutindo quem deve e não deve ser dica de governo ucraniano em algum possibilidade de interferência dos EUA aqui?

MS. PSAKI : Absolutamente não ... É até o povo da Ucrânia, incluindo funcionários de ambos os lados, a determinar o caminho para a frente. Mas não deve ser uma surpresa que há discussões sobre os acontecimentos no terreno.

Q. Isso é mais do que discussões, no entanto. Isso foi dois altos funcionários norte-americanos que estão no terreno a discutir um plano que eles têm de mediar um futuro governo e trazendo funcionários da ONU que tipo de selar o negócio. Isso é mais do que os EUA estão tentando fazer sugestões. Isto é os EUA mediando o processo.

Psaki: Bem, Elise, você está falando de uma conversa diplomática privada .... É claro que essas coisas estão sendo discutidas. Isso não muda o fato de que cabe às pessoas no terreno.Cabe ao povo da Ucrânia para determinar qual é o caminho para a frente dele.
… ...

Q: Mas eu sinto muito, se você está dizendo em particular nos bastidores que você está cozinhando um acordo, e então você está dizendo publicamente que isso é até para os ucranianos para decidir, essas são duas coisas totalmente diferentes. Eu entendo que as discussões diplomáticas são sensíveis e que você não quer que tudo venha a sair, mas essas são duas totalmente diferentes - posições totalmente diferentes.

A toda troca deve ser assistida para ser acreditado. Mesmo assim, a desfaçatez das mentiras é inacreditável.

O governo dos EUA tem repetidamente negado e até mesmo ridicularizado sugestões russas de que os EUA estão jogando um papel ativo nos distúrbios na Ucrânia. A fita apaga qualquer desculpa que poderia ter sido capaz de campo.

Aqui é onde as coisas ficam sérias. Sergei Glazyev, assessor do presidente russo, Vladimir Putin afirmou hoje que os EUA estavam gastando US $ 20 milhões por semana na oposição ucraniana, incluindo o fornecimento para a oposição de treinamento e armas. É evidente a partir recentes fotografias que as gangues de rua estão mais organizadas e mais bem equipados a cada dia.

Como Glazyev apontou, este envolvimento direto dos EUA seria uma violação do Memorando sobre Segurança assegurada , assinado por Rússia e os Estados Unidos em 1994. ” No documento, ambos os lados concordaram em "respeitar a independência e soberania e das fronteiras existentes da Ucrânia."

Glazyev sugeriu que essa prova de que os EUA estão em violação do memorando pode induzir a Rússia a intervir na situação.

Se fosse, de fato, a Rússia, que adquiriu esta gravação e decidiu vazar, é provável que a advertência pública mais direta para o governo dos Estados Unidos que está pisando agora em uma linha vermelha sériamente, arriscando um conflito de seriedade talvez inimaginável sobre o que está em a superfície de um acordo comercial relativamente menor entre Kiev e Bruxelas.

O governo dos EUA está muito acostumado a dar ordens e exigindo que seja atendido para ouvir isto cuidadosamente de forma bem cronometrada, o aviso cuidadosamente elaborado.

Este não é mais um exemplo de Putin oferecendo uma solução para salvar a face para o quase desastre de um ataque dos EUA contra a Síria no verão passado.

Nós não fazemos previsões aqui, mas não vamos descartar a possibilidade de alguns acontecimentos muito rápidos e significativos e trríveis sobre a Ucrânia. Pós 06 de fevereiro de 2014 pode ser uma data para os livros de história.

FONTE:http://horizontenews.blogspot.com.br/201...ogate.html

Tensão Leste-Oeste: Rússia adverte os EUA sobre questão ucraniana

Reuters: Putin adverte o conselheiro dos EUA na Ucrânia, e diz que Rússia poderá agir

7 de Fevereiro de 2014| Reuters

[Imagem: content.jpg]
Sergei Glazyev, um conselheiro do presidente Vladimir Putin acusou os Estados Unidos em 6 de fevereiro de armar os manifestantes ucranianos.

Um assessor do Kremlin acusou os Estados Unidos em 6 de fevereiro de armar ucranianos "rebeldes" e, exorta o governo de Kiev para acabar a força com o que chamou de uma tentativa de golpe, alertou que pode intervir para manter a segurança de seu vizinho ex-soviético.

Sergei Glazyev, um conselheiro do presidente Vladimir Putin responsável pelas relações com a Ucrânia, disse a um jornal que "interferência" dos EUA viola o tratado de 1994 ao abrigo do qual Washington e Moscou garantiam conjuntamente a segurança e a soberania da Ucrânia, após Kiev desistir de seu arsenal nuclear da era soviética.

[Imagem: 061013_ucrania.gif]


Mais sobre a crise....

[Imagem: 1391717212381.jpg-620x349.jpg]
Manifestantes anti-governo armados com paus e escudos cantam o hino nacional durante uma parada no centro de Kiev , Ucrânia.Foto: AP

Kiev : Um assessor do Kremlin acusou os Estados Unidos na quinta-feira de armar ucranianos "rebeldes" e , exorta o governo de Kiev para acabar com o que chamou de uma tentativa de golpe , e alertou que a Rússia poderá intervir para manter a segurança de seu vizinho ex -soviético.

Sergei Glazyev , um conselheiro do presidente Vladimir Putin responsável pelas relações com a Ucrânia, disse a um jornal que "interferência dos EUA" violou o tratado de 1994 ao abrigo do qual Washington e Moscou garantido conjuntamente a segurança ea soberania da Ucrânia, após Kiev desistir de seu arsenal nuclear da era soviética .

Seus comentários caracteristicamente de confronto , na véspera de uma reunião prevista entre Putin e o presidente ucraniano, Viktor Yanukovich , na abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi , poderia acrescentar a tensões com Washington, e na Ucrânia .

Perguntado por diária Kommersant- Ucrânia se a Rússia pode "intervir ativamente" se a crise do país se aprofunda Sr. Glazyev recordou de Budapeste com o Memorando de 1994 : "Sob o doem que cumento , a Rússia e os EUA não garante a soberania e integridade territorial da Ucrânia" e .. . são "obrigados" quando surgem situações de conflito desta natureza para intervir.

" E o que os americanos estão fazendo até o momento, de forma unilateral e grosseiramente interferindo nos assuntos internos da Ucrânia , é uma clara violação do tratado. Este acordo é para garantias coletivas e ação coletiva. "

Ele não especificou que ação da Rússia pode tomar.

Washington, que pediu a Yanukovich para dividir o poder com um governo de unidade para acabar com um impasse violento nas ruas , acusou a Rússia de pressionar a liderança em Kiev para evitar que a Ucrânia adira a um pacto de comércio com a União Europeia .

Yanukovich provocou os protestos em novembro, quando ele recusou o acordo da UE e tomou uma ajuda financeira em vez de Moscou.

"Os Estados Unidos estão comprometidos em trabalhar com o governo ucraniano ea oposição para ajudar a de- escalada desta crise", porta-voz da Casa Branca, Laura Lucas Magnuson disse quando perguntada sobre os comentários de Mr Glazyev .

"Nós condenamos o uso da violência por qualquer parte , na Ucrânia. Autoridades russas deveriam fazer o mesmo ", disse ela . "A Rússia não deve ver os desejos do povo ucraniano para uma maior democracia e uma relação mais estreita com a Europa como um jogo de soma zero. "

"Rebeldes" de armas norte-americanas

Sr. Glazyev , que foi destaque em uma campanha Kremlin no ano passado, que ameaçava com sanções econômicas contra a Ucrânia se levasse o negócio da UE , acusou agentes dos EUA de dar "$ US20 milhões por semana" em armas e outro tipo de ajuda "à oposição e para formar os rebeldes" em Kiev.

"Há informações de que dentro do recinto da embaixada norte-americana , há treinamento para lutadores, que eles estão armando-os", disse Glazyev. A embaixada dos EUA se recusou a comentar .

O funcionário do Kremlin sugeriu a Yanukovich o uso da força se necessário, para pôr fim ao movimento de protesto que o Sr. Glazyev chama de " uma tentativa de golpe de Estado, para a derrubada violenta do poder ", em que os edifícios públicos foram ocupados.

"As autoridades não estão cumprindo o seu dever de defender o Estado, a negociar com golpistas como se fossem cidadãos cumpridores da lei ", disse ele , acusando o Ocidente de " chantagem " Yanukovich e oligarcas ricos , ameaçando confiscar seus extensas ativos estrangeiros e lista negra de viajar .

Questionado pelo jornal se Yanukovich agora deve usar a força para limpar os manifestantes , o Sr. Glazyev disse: "Como para começar a usar a força, em uma situação em que as autoridades enfrentam uma tentativa de golpe de Estado, eles simplesmente não têm outro curso de ação .

"Caso contrário, o país vai ser mergulhado no caos. "

Ele disse que Yanukovich tinha feito tudo o que podia para evitar a violência , em contraste com a oposição , e acusou os líderes no ocidente de língua ucraniana do país de ser "separatistas" .

Rússia , disse ele, está super preocupada que o país não deve se separar . Mas ele sugeriu que uma forma de federalismo seja introduzida para dar poderes substanciais as regiões - incluindo mais de seus orçamentos e até mesmo nas relações internacionais.

Citando o exemplo da Groenlândia, que goza de uma autonomia substancial da Dinamarca e ao contrário do Estado dinamarquês não faz parte da União Europeia , ele disse que a Ucrânia ocidental e oriental pode ter diferentes relações económicas com a UE e a Rússia.

"Hoje, os laços econômicos , culturais e humanos entre as regiões da Ucrânia oriental e ocidental são menos do que as ligações entre a Ucrânia e a Rússia, sudeste e entre as regiões ocidentais e da UE ", disse Glazyev , sugerindo regiões orientais pode querer participar de uma alfândega de união que Putin favorece .

FONTE:http://horizontenews.blogspot.com.br/201...te-os.html
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
13-02-2014, 04:36 PM
Resposta: #20
RE: A escalada da crise ucraniana
Conspirando contra a Ucrãnia:

Protestos que Washington orquestrou está desestabilizando a Ucrânia

Por:Paul Craig Roberts

13 de fevereiro de 2014

Os protestos na Ucrânia ocidental são organizados pela CIA, o Departamento de Estado dos EUA, e Washington-financiados pela UE e organizações não-governamentais (ONGs) que trabalham em conjunto com a CIA eo Departamento de Estado. O objetivo dos protestos é para derrubar a decisão do governo independente da Ucrânia não aderir à UE.

[Imagem: 130214ukraine.jpg]
Image: Ucrânia Protesto (Wikimedia Commons).

Os EUA e a UE foram inicialmente cooperando no esforço para destruir a independência da Ucrânia e torná-la uma entidade subserviente ao governo da UE em Bruxelas.

Para o EUgovernment, o objetivo é expandir a UE. Para Washington efeitos são fazer Ucrânia disponível para saques por bancos e empresas norte-americanas e trazer a Ucrânia na OTAN para que Washington possa ganhar mais bases militares na fronteira da Rússia.

Há três países do mundo que estão no caminho da hegemonia de Washington sobre o mundo e a Rússia, China e Irã. Cada um destes países é alvo de Washington para derrubar ou para a sua soberania para ser degradado pela propaganda e bases militares dos EUA que deixam os países vulneráveis ​​a ataques, coagindo-os a aceitar a vontade de Washington.

O problema que surgiu entre os EUA ea UE no que respeita à Ucrânia é que os europeus já perceberam que a aquisição da Ucrânia é uma ameaça direta para a Rússia, que pode cortar fora a Europa a partir de óleo e gás natural, e se houver guerra destruir completamente a Europa .

Consequentemente, a UE tornou-se disposto a parar de provocar os protestos Ucrânia.

A resposta do neoconservador, Victoria Nuland, nomeado secretário de Estado adjunto do Obama duplicidade, foi "***** a União Europeia", como ela passou a descrever os membros do governo da Ucrânia que Washington tendem a impor a um povo tão inconsciente a ponto de acreditar que eles estão conseguindo independência correndo para os braços de Washington.

Uma vez eu pensei que nenhuma população pode ser tão inconscientes como a população dos EUA. Ucranianos ocidentais são mais inconscientes do que os americanos.

A orquestração da "crise" na Ucrânia é fácil. A secretária-assistente de Estado neoconservadora Victoria Nuland disse ao National Press Club em Washington, em 13 de dezembro de 2013, que os EUA têm "investido" $ 5 bilhões em agitação na Ucrânia.

http://translate.googleusercontent.com/translate_c?depth=1&hl=en&rurl=translate.google.com&sl=auto&tl=pt-BR&u=http://www.informationclearinghouse.info/article37599.htm&usg=ALkJrhib0u8Gx_V8QzzR1vJ_3uEE8nlnIQ

A crise essencialmente reside no oeste da Ucrânia, onde ideias românticas sobre a opressão da Rússia são fortes e a população é menor do que a russa no leste da Ucrânia.

O ódio da Rússia na Ucrânia ocidental é tão disfuncional que os manifestantes enganados se aperceberam de que a adesão à UE significa o fim da independência e do Estado pelos burocratas da UE em Bruxelas, o Banco Central Europeu e as corporações dos EUA Ucrânia.

Perhaps Ukraine is two countries. Talvez a Ucrânia é dois países. A metade ocidental poderia ser dada para a União Européia e as corporações norte-americanas, ea metade oriental poderia ser reincorporado como parte da Rússia, onde toda a Ucrânia residiu por tanto tempo quanto os EUA existiu.

O descontentamento da Rússia que existe no oeste da Ucrânia torna mais fácil para a UE e os EUA para causar problemas. Aqueles em Washington e na Europa que desejam destruir a independência da Ucrânia retratar uma Ucrânia independente como refém da Rússia, enquanto a Ucrânia na UE é, alegadamente sob a proteção dos EUA e da Europa.

As grandes somas de dinheiro que Washington funis em ONGs na Ucrânia propagar essa idéia e trabalhar a população em um frenesi sem sentido.

Eu nunca na minha vida presenciou pessoas tão estúpido como os manifestantes ucranianos que estão destruindo a independência de seu país.

EUA-e ONGs financiadas pela UE são quinta colunas concebidos para destruir a independência dos países em que operam. Some pretend to be “human rights organizations.” Alguns fingem ser "organizações de direitos humanos." Outros doutrinar as pessoas ao abrigo de "programas de educação" e "construção da democracia".

Outros, especialmente as que são geridas pela CIA, especializar-se em provocações como "Cona motim." Mas eles são arrogantes. O chefe de uma das ONGs anunciadas antes das eleições iranianas em que Mousavi era Washington e do candidato da CIA que a eleição resultaria em uma Revolução Verde.

Ele sabia disso de antemão, porque ele ajudou a financiá-lo com o dinheiro do contribuinte norte-americanos.


Os "manifestantes" ucranianos têm sido violenta, mas a polícia tem sido contido. Washington tem interesse em manter os protestos vão na esperança de transformar os protestos em revolta para que Washington pode pegar Ucrânia.

Esta semana, a Câmara dos Representantes dos EUA aprovou uma resolução ameaçando sanções caso os protestos violentos ser abatido pela polícia.

Em outras palavras, se a polícia ucraniana comportar para manifestantes violentos da maneira que a polícia dos Estados Unidos se comportam em direção manifestantes pacíficos, é razão para Washington de interferir nos assuntos internos da Ucrânia.

Washington está usando os protestos para destruir a independência da Ucrânia e tem pronta a lista de bonecos que Washington pretende instalar no próximo governo da Ucrânia.

Paul Craig Roberts foi secretário-assistente do Tesouro para Política Econômica e editor associado do Wall Street Journal. Ele era colunista da Business Week, Scripps Howard News Service, e Creators Syndicate. Ele teve muitos compromissos universitários. Suas colunas de internet têm atraído um público mundial.


FONTE:http://horizontenews.blogspot.com.br/201...rania.html
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a John Dickinson pelo seu post:
AktAnnd (13-02-2014), Jeyjin (20-02-2014)
Você encontra o Sal Rosa do Himalaya pelo menor preço na Tudo Saudável
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  [Atualizações] Conflitos na Síria GU4RD1ÃO 718 152,733 Ontem 06:39 PM
Última Resposta: Beobachter
Exclamation [Atualizações] EUA-Rússia: A Nova Guerra Fria? John Dickinson 153 65,773 16-10-2016 01:47 PM
Última Resposta: MALLBORO
Exclamation [Atualizações] Tentativa de Golpe Militar na Turquia Mediador 56 7,987 22-07-2016 08:57 PM
Última Resposta: Beobachter
  A síria desencadeará a 3 guerra mundial? (atualizações) vitor hugo dias 200 111,408 07-10-2015 08:23 PM
Última Resposta: eduvix
  Irã em Guerra [Atualizações] GU4RD1ÃO 780 205,255 21-07-2015 11:34 AM
Última Resposta: Álvaro

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 125 usuários online.
» 1 Membros | 124 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 19,974
» Último Membro: hieuminhita9
» Tópicos do Fórum: 24,501
» Respostas do Fórum: 262,026

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
23 de Set 2017 a Olho Nu. (Ajuda)
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
Hoje 01:02 AM
» Respostas: 52
» Visualizações: 6712
'Tempos violentos chegarão': alerta de apocalipse assusta espectadores nos EUA
Última Resposta Por: Motta
Ontem 11:04 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 224
Serie Black Mirror
Última Resposta Por: Surfista
Ontem 10:30 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 4543
General fala em possibilidade de intervenção
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 10:26 PM
» Respostas: 31
» Visualizações: 2347
Como detectar MAVs e bloquear
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 10:09 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 618
General Denuncia Controle Dos ROTHSCHILDS na Amazônia com patrocínio do PSDB
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Ontem 09:43 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 84
[Atualizações] Conflitos na Síria
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 06:39 PM
» Respostas: 718
» Visualizações: 152733
O Gato(simbolismo)
Última Resposta Por: avalon
Ontem 05:57 PM
» Respostas: 24
» Visualizações: 10969
Boletos...um passo sorrateiro para a NOM no Brasil.
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 05:22 PM
» Respostas: 29
» Visualizações: 5062
Electric Dreams-Philip K Dick, Série.
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 05:05 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 228
banco SATANder promovendo ideologia de gênero, pedofilia, zoofilia e zombando Cristo
Última Resposta Por: fil
Ontem 01:42 PM
» Respostas: 81
» Visualizações: 5846
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Doc S
Ontem 01:34 PM
» Respostas: 545
» Visualizações: 130631
O Brasil Foi Vendido. O Dia em Que a NOM Leiloou A Nação.
Última Resposta Por: Guigo Xavier
Ontem 12:26 PM
» Respostas: 68
» Visualizações: 5376
O Brasil Pós-Temer
Última Resposta Por: Diakonov
Ontem 11:02 AM
» Respostas: 13
» Visualizações: 1474
Cibercultura e o Futuro da Humanidade
Última Resposta Por: tarcardoso
Ontem 09:51 AM
» Respostas: 10
» Visualizações: 972
Suco Verde
Última Resposta Por: sandramaria
21-09-2017 09:03 PM
» Respostas: 10
» Visualizações: 11887
Terremoto, Furacão, Tempestade Solar - Acontecimentos recentes!
Última Resposta Por: Surfista
21-09-2017 07:45 PM
» Respostas: 83
» Visualizações: 10206
Terremotos recentes
Última Resposta Por: Elenin20182024
21-09-2017 01:45 PM
» Respostas: 36
» Visualizações: 47008
Nibiru, Elenin, - Transformações da Terra - o que ninguém te conta
Última Resposta Por: Elenin20182024
21-09-2017 10:46 AM
» Respostas: 1204
» Visualizações: 508094
Teoria Crítica e Marxismo Cultural, as estratégias para a dominação do ocidente
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
21-09-2017 06:31 AM
» Respostas: 18
» Visualizações: 3655
Dilma e a inauguração do Templo de Salomão
Última Resposta Por: Elenin20182024
21-09-2017 01:48 AM
» Respostas: 58
» Visualizações: 29294
Brasil, o Reino de Ofir
Última Resposta Por: Elenin20182024
21-09-2017 01:29 AM
» Respostas: 10
» Visualizações: 2408
Decifrando o Haarp
Última Resposta Por: Thebox
20-09-2017 06:26 PM
» Respostas: 119
» Visualizações: 88103
Catastrofe climatica de Junho à Setembro?!...
Última Resposta Por: Elenin20182024
20-09-2017 12:00 PM
» Respostas: 67
» Visualizações: 8050
Olavo de Carvalho - Os Verdadeiros Agentes da Nova Ordem Mundial
Última Resposta Por: tarcardoso
20-09-2017 09:00 AM
» Respostas: 15
» Visualizações: 12033
Recrutamento para o Programa Espacial Secreto em andamento?
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-09-2017 11:53 PM
» Respostas: 22
» Visualizações: 2176
Como o Fórum ajuda você?
Última Resposta Por: Beobachter
19-09-2017 11:32 PM
» Respostas: 25
» Visualizações: 1116
MEGA TÓPICO - COREIA DO NORTE: Centralização de Notícias importantes
Última Resposta Por: Beobachter
19-09-2017 08:36 PM
» Respostas: 337
» Visualizações: 28945
Lula é condenado na Lava Jato a 9 anos e 6 meses de prisão no caso do triplex
Última Resposta Por: Beobachter
19-09-2017 08:20 PM
» Respostas: 122
» Visualizações: 6589
Simbolismo em GoT
Última Resposta Por: Leandrors
19-09-2017 06:38 PM
» Respostas: 23
» Visualizações: 2277

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial