Compre Cúrcuma em Pó na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 4 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
18-04-2014, 12:37 PM (Resposta editada pela última vez em: 18-04-2014 10:54 PM por Mediador.)
Resposta: #1
Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
O Pior Pesadelo dos Globalistas
por Tony Cartalucci
[Imagem: escravo-3.jpg]

Auto-Suficiência: Uma Solução Universal para o Problema Globalista

Introdução

Quando se pensa em "soluções" muitos são rápidos em falar em organizar um protesto e ir às ruas. Consideremos por um momento a mecânica de um protesto, o que ele pode conseguir, e o que pode deixar a desejar.

Peguemos o evento ineficaz e hipócrita de Glenn Beck em 2010 Restaurando a Honra em Washington D.C. Ele atraiu milhares de pessoas honestas e bem intencionadas de todo os EUA. De fato, milhares de pessoas encheram seus carros fabricados por corporações da Fortune 500 com gasolina de corporações da Fortune 500, dirigiram incontáveis milhas, parando ao longo do caminho em restaurantes de fast food da Fortune 500, se hospedaram em hotéis controlados por corporações da Fortune 500, e compraram suprimentos no Wal-Mart. Eles mataram a sede causada pelo sol quente de agosto com latas de Coca-Cola e Pepsi, e ao final do dia, eles foram para casa, pagaram por suas assinaturas de TV a cabo da Fortune 500 para assistir seus programas de notícia da Fortune 500, muito provavelmente na Fox News, um membro do Conselho de Relações Exteriores.

Na melhor das hipóteses, tudo a que um protesto pode levar, enquanto estivermos tão dependentes desse sistema, é a uma troca de cadeiras na arena política, com talvez algumas concessões superficiais para a população. A soma vetorial, porém, continuará decididamente favorável à oligarquia financeiro-corporativa global.

Se entendermos que o problema fundamental encarando não apenas a América, mas todo o mundo, é uma oligarquia financeiro-corporativa global que consolidou criminosamente sua riqueza pela "liberalização" de suas atividades enquanto estrangulava as nossas através de regulamentações, taxas, e leis, nós então entenderíamos por que eventos como o de Beck não somente são infrutíferos, como são na verdade, contraprodutivos. Nós também deveríamos perceber que qualquer atividades a qual nós nos dediquemos deve ser dirigida contra essa oligarquia financeiro-corporativa ao invés de contra os governos que eles cooptaram e posicionaram como escudos entre si e as massas.

Enquanto há pessoas que entendem que algo está errado e reconhecem a necessidade de fazer "alguma coisa", descobrir o que seria isso acaba se tornando incrivelmente difícil quando tão poucos compreender como o poder realmente funciona e como retirá-lo dos oligarquias que criminosamente consolidaram-se nele.

Compreendendo a Globalização

Ultimamente, a expansão desse império global oligárquico tem assumido uma forma mais extrema, talvez mais desesperada, envolvendo revoluções ensaiadas como as vistas no Egito e na Tunísia, e no caso da Líbia, rebelião armada e o espectro de intervenção militar estrangeira. Porém, golpes de estado globalistas já ocorreram antes - por exemplo, no final da década de 90 sob o disfarce de "colapsos financeiros" e "reestruturação" pelo FMI.

Muitas nações ficaram endividadas com o FMI e seu regimento de "reformas" que se resumiam a neocolonialismo embrulhado com o eufemismo de "liberalização econômica". Para ilustrar como isso funciona, pode ser útil compreender com o que o colonialismo real se parece.
[Imagem: AsiaColonization_map_01.jpg]

A Tailândia no século XIX, então o Reino de Sião, estava cercada por todos os lados por nações colonizadas e por sua vez foi forçada a conceder aos britânicos o Tratado de Bowring de 1855. Veja como muitas dessas concessões impostas por "políticas de canhoneira" se parecem com a "liberalização econômica" contemporânea.

1. Sião concedia extraterritorialidade aos cidadãos britânicos.
2. Os britânicos poderiam fazer comércio livremente em todos os portos e residir permanentemente em Bangkok.
3. Os britânicos poderiam comprar e alugar propriedade em Bangkok.
4. Os cidadãos britânicos poderiam viajar livremente pelo interior com passes fornecidos pelo cônsul.
5. Taxas de importação e exportação estavam limitadas a 3%, exceto por ópio e barras de metais preciosos que estavam isentos.
6. Comerciantes britânicos poderiam comprar e vender diretamente com siameses individuais.

Um exemplo mais contemporâneo para comparação seria a conquista militar do Iraque e as reformas econômicas de Paul Bremer (membro do Conselho de Relações Exteriores). O The Economist alegremente enumera a "liberalização econômica" neocolonial do Iraque em um artigo entitulado "Vamos todos para o brechó: Se tudo der certo, o Iraque sera um sonho capitalista":

1. 100% de propriedade sobre os ativos iraquianos.
2. Repatriação completa dos lucros.
3. Status igual frente as firmas locais.
4. Permissão para que bancos estrangeiros operem ou comprem em bancos locais.
5. Impostos de renda e corporativa limitados a no máximo 15%.
5. Tarifas universais a no máximo 5%.

Poucos poderiam argumentar que os regimentos de reabilitação do FMI sendo impostos em nações por todo o mundo após a crise financeira da década de 90 são qualquer coisa de diferente do colonialismo econômico, passado e presente. Na verdade, o próprio FMI publica relatórios constantes sobre a "necessidade" da liberalização econômica.

Certamente, os governos que subirão ao poder após as atuais desestabilizações no Oriente Médio serão mais servis e indubitavelmente passarão por liberalizações econômicas similares. Kenneth Pollack do Instituto Brookings já deixou bem claro que "A luta no novo Oriente Médio deve ser definidas como uma entre nações que estão se movendo na direção certa e nações que não estão; entre aqueles que estão abraçando a liberalização econômica, a reforma educacional, a democracia, e o Estado de Direito e as liberdades civis, e aqueles que não estão".

O Sião eventualmente se livrou dos termos do Tratado de Bowring conforme o Império Britânico foi enfraquecendo, mas em 1997, a Tailândia foi novamente confrontada por termos similares, ditados dessa vez pelos banqueiros do FMI.

A Resposta da Tailândia à Globalização

A resposta da Tailândia ao FMI, e à globalização em geral foi profunda tanto em implicações como em sua compreensão do jogo da globalização. Fortemente independente e nacionalista, e tendo sido a única nação do Sudeste Asiático a evitar a colonização, a soberania tailandesa tem sido protegida há mais de 800 anos por sua monarquia. A atual dinastia, a Casa de Chakri, tem reinado por quase tanto tempo quanto a América tem existido como nação e o atual rei é considerado como o equivalnte de um "Pai Fundador" vivo. E exatamente como tem sido há 800 anos, a monarquia tailandesa hoje fornece a resposta mais provocadora e significativa às ameaças que encaram o Reino.

A resposta certamente é auto-suficiência. Auto-suficiênca como nação, como província, como comunidade, e como família. Esse conceito está cristalizado na Nova Teoria do Rei da Tailândia ou "Economia de Auto-Suficiência" e reflete esforços similares encontrados pelo mundo para romper com a opressão e exploração que resulta da dependência do sistema globalista.

[Imagem: NewTheory3.jpg]


A base dessa economia de auto-suficiência é simplesmente plantar seu próprio jardim e garantir para si mesmo sua própria comida. Isso é retratado no verso de cada nota de 1.000 baht como uma figura de uma mulher cuidando de seu jardim. O próximo passo é produzir um excedendo que possa ser trocado por capital, que por sua vez poderá ser usado para comprar tecnologia para melhorar ainda mais sua habilidade de sustentar a si mesmo e melhorar seu estilo de vida.

[Imagem: banknote+1000+thai+baht+rerverse.jpg]

A Nova Teoria objetiva preservar os valores agrários tradicionais nas mãos do povo. Ele também objetiva impedir uma migração do campo para as cidades. Impedir tais migrações impediria que grandes cartéis agrários ocupassem seu lugar, engolindo terras agrícolas, corrompendo e até mesmo estragando os suprimentos alimentares nacionais (ver Monsanto). Aqueles familiares com a Agenda 21 da ONU, com o recente "Programa de Mudanças Climáticas", e com o jogo globalista podem compreender as implicações e perigos mais profundos de tal migração e porque ela precisa ser detida.

Ao se mudarem para a cidade, a população abandona a propriedade privada, deixa de se engajar em ocupações produtivas, e acaba capturada pelo paradigma consumista. Dentro de tal paradigma, problemas como superpopulação, poluição, criminalidade, e crises econômicas só podem ser trabalhadas por um governo centralizado e normalmente fomentam soluções políticas como cotas, impostos, microadministração, e regulamentações ao invés de soluções técnicas significativas.

Ademais, tais problemas inevitavelmente levam a uma ampliação do poder do governo centralizado, sempre às custas da população e de sua liberdade. Os efeitos de uma catástrofe econômica são também maiores em uma sociedade centralizada e interdependente, na qual todo mundo está sujeito à saúde geral da economia até mesmo para necessidades simples como comida, água, e eletricidade.

[Imagem: slide4a.jpg]


[Imagem: slide6a.jpg]


Em conformidade com a "Nova Teoria", estações de demonstração foram criadas por toda a Tailândia promovendo a educação em questões de agricultura e vida auto-suficiente. O programa está competindo contra o sistema globalista contemporâneo, o qual agora, está atolado em muitas partes do mundo em crise econômica. A natureza relativamente auto-suficiente dos tailandeses em geral tem resistido a esse caos econômico muito bem. Em dez anos, um prato de comida ainda custa o mesmo, bem como muitas outras commodities. Isso apenas vindica ainda mais o valor da auto-suficiência e agora mais do que nunca, tanto na Tailândia como no resto do mundo, é um bom momento para se envolver e se tornar auto-suficiente.

Preocupação Globalista Reacionária

Certamente o Chefe-de-Estado de uma nação de quase 70 milhões de habitantes promovendo um estilo de vida que corta as pernas da agenda globalista não cai bem com o sistema oligárquico. Sua resposta a isso, como tem sido com todas as habituais demonstrações de resistência da Tailândia é algo a se notar.

Talvez o principal crítico globalista da Tailândia seja o The Economist. Ele abertamente critica a economia de auto-suficiência do Rei em um artigo chamado "Reclassificando a Thaksinomia". Ele afirma que o plano econômico é "um recuo parcial em relação à posição econômica liberal da Tailândia". O The Economist nubla o debate ao deixar de lado os aspectos auto-suficientes da "economia de auto-suficiência". Ele afirma que as esmolas socialistas sob o Primeiro-Ministro deposto e notório lacaio globalista Thaksin Shinawatra de algum modo alcançavam os mesmos objetivos. O The Economist também afirma que o conceito de auto-suficiente é meramente uma "reclassificação" dessas esmolas socialistas.

O artigo do The Economist então decai em uma arenga pro-Thaksin, vituperando sua derrubada do poder e continuando a afirmar que de algum modo encorajar as pessoas a plantar sua própria comida é um roubo das políticas socialistas de Thaksin.

Deve-se notar que socialismo não é auto-suficiência. É total dependência do Estado e das pessoas que pagam impostos cada vez maiores. Socialismo não é sobre plantar seu próprio jardim, usando tecnologia para ampliar sua independência ou resolver seus problemas com seus próprios recursos. É sobre pegar comida nos armazéns coletivos do Estado, e quanto você sentir fome de novo, pegar novamente. O socialismo somente poderia ser útil como medida intermediária entre os problemas atuais e a busca ativa por soluções técnicas. Porém, o objetivo da globalização é criar interdependência entre os Estados, e total dependência nas instituições globais, portanto, perpetuando problemas, e não resolvê-los se torna a equação.

Outro ponto de vista globalista vem do blog "New Mandala" escrito pelo acadêmico da Universidade Nacional da Austrália Andrew Walker. O blog em si é uma central de informações para tópicos globalistas relativos ao Sudeste Asiático. Entre os escritores está até o principal lobbyista de Thaksin Shinawatra, Robert Amsterdam.

Toda a percepção de Walker em relação a Tailândia parece derivar de seu tempo passado em uma única vila no norte da Tailândia. A partir de seu ponto de vista míope na minúscula vila de "Baan Tian", ele condena completamente a economia de auto-suficiência da Tailândia em seu artigo "Falsa representação monárquica das vidas rurais". Ele sugere que a "as prescrições da economia de auto-suficiência para o desenvolvimento rural são inapropriadas e enfraquecedoras".

Assim como no The Economist, o artigo decai em uma arenga pro-Thaksin afirmando que todo o objetivo do plano é manter a população rural da Tailândia em seu lugar, fora das cidades, e assim fora do debate das questões nacionais.

É claro, se tornar autossuficiente é um passo no caminho de um fortalecimento real. Acadêmicos como Andrew Walker presumem que o ápice do fortalecimento é colocar um pedaço de papel em uma caixa nas eleições, no caminho de volta para casa saindo de um trabalho na área de serviços, e então relaxar sob o brilho de uma nova TV de plasma comprada a crédito. Um argumento mais provável seria o de que sustentar sua própria existência, conquistada a partir da terra sob seus pés, e a habilidade de moldar o mundo ao seu redor com um entendimento da ciência e o domínio sobre múltiplos ofícios é o ápice do fortalecimento e a forma mais autêntica de liberdade humana.

O desconforto implícito nos escritos do The Economist e de Andrew Walker não é a extensão completa da reação globalista à Tailândia e seu afastamento do domínio globalista. Toda uma revolução colorida "vermelha" tem sido fomentada dentro do Reino desde pelo menos 2009. Lendo o "Manifesto do Sião Vermelho" escrito pelo intelectual "camisa-vermelha" Giles Ungpakorn deixa bem claro como eles enxergam a "auto-suficiência" e a necessidade de "reformar" a Tailândia como um welfare state socialista.

O infantil e verborrágico manifesto de Ungpakorn pode ser encontrado aqui. Uma seleção completa da propaganda dos "camisas-vermelhas" usada na Tailândia pode ser encontrada aqui.

Deve-se notar que o líder dos protestos dos "camisas-vermelhas" é o ex-Primeiro Ministro deposto Thaksin Shinawatra, um ex-conselheiro do Grupo Carlyle que estava literalmente de pé na frente do Conselho de Relações Exteriores em Nova Iorque na manhã de sua derrubada do poder em 2006. Desde 2006, ele tem sido representado por seu amigo do grupo Carlyle James Baker e seu escritório de advocacia Baker Botts, por Kenneth Adelman do Grupo de Crises Internacionais e sua firma de relações públicas Edelman, por Robert Blackwill conselheiro do Centro Belfer da firma Barbour Griffith & Rogers, e agora por Robert Amsterdam do escritório Amsterdam & Peroff, um importante membro corporativo da globalista Chatham House.

Dizer que Thaksin Shinawatra e seus "camisas-vermelhas" possuem financiamento estrangeiro seria uma narrativa profundamente incompleta.

O partido político de Thaksin mantém as massas de "camisas-vermelhas" que por sua vez são apoiados por diversas ONGs incluindo a Prachatai, fundada pelo Fundo Nacional para a Democracia, uma "organização independente de mídia" que coordena os esforços de propaganda dos "camisas-vermelhas". A Prachatai foi recentemente nomeada para o Deutsche Welle Blog Awards, pela Freedom House infestada de neocons, na qual Kenneth Adelman senta como membro da diretoria.

Os globalistas sabem o que já está acontecendo e eles estão reagindo enquanto a maior parte da humanidade ainda dorme na ignorância e na apatia. A Tailândia é apenas uma nação de muitas, no Cordão de Pérolas chinês que estão marcadas para desestabilização e "liberação" patrocinadas pelo Departamento de Estado americano. A chava para deter os globalistas é retomar deles os mecanismos de civilização - e nós já estamos fazendo isso em termos de mídia alternativa. Tal sucesso é necessário em todos os aspectos de nossa vida, e como o Rei da Tailândia sugere, ele pode começar com algo tão simples como plantar seu próprio jardim.

Hoje e o Futuro

É claro que na Tailândia a auto-suficiência agrícola está associada com tecnologia para aperfeiçoar a eficiência e melhorar a qualidade de vida. Mesmo na cidade, pequenos negócios independentes estão adotando as tecnologias mais recentes para melhorar sua produção, aumentar seus lucros, e até mesmo superar grandes corporações na competição. Maquinaria controlada por computadores podem ser encontadas em pequenas oficinas entulhadas em velhos sobrados, máquinas de costuras automáticas permitem que uma única mulher costure nomes em uniformes escolares novos - ao invés de ambos negócios enviar encomendas a fábricas possuídas por um punhado de ricos investidores. Uma enormidade de exemplos podem ser vistos em uma caminhada por qualquer quadra na capital tailandesa de Bangkok.

Levar esse tipo de tecnologia à população rural, até mesmo permitindo que as pessoas criem sua própria tecnologia ao invés de apenas utilizá-la, não é simplesmente ficção científica mas uma realidade atual. O professor do MIT Dr. Neil Gershenfeld desenvolveu o "laboratório de fabricação" ou "Fab Lab". O Fab Lab é uma microfábrica que pode "fazer quase qualquer coisa". Seu Fab Lab tem sido copiado por todo o mundo no que ele tem chamado de uma revolução na fabricação pessoal. Ele busca transformar um mundo de consumidores dependentes em designers e produtores independentes.





O Dr. Gershenfeld em suas próprias palavras articula o problema de encontrar apoio entre instituições e governos, afirmando que os indivíduos ficam muito entusiasmados com essa revolução, "mas ela rompe com seus limites organizacionais. Na verdade é ilegal para eles, em muitos casos, ocupar pessoas comuns para criar ao invés de consumir tecnologia".

Isso realmente não apenas resume o dilema do Dr. Gershenfeld, mas descreve nos mínimos detalhes a mentalidade dos oligarcas e o medo que eles tem de dar mais poder ao povo, um medo refletido nos "limites organizacionais" de suas corporações e instituições governamentais. Essa é uma característica da oligarquia descrita tão cedo quanto 300 a.C. na Grécia Antiga na "Constitução de Atenas". Nela, um personagem referido como "o Velho Oligarca" descreve seu desprezo pela mobilidade social que a tecnologia da marinha ateniense permite aos escalões mais baixos da sociedade ateniense.

O Dr. Gershenfeld prossegue resumindo o verdadeiro potencial de seus Fab Labs afirmando, "as outras 5 bilhões de pessoas no planeta não são apenas 'pias' técnicas, elas também são 'fontes'. A oportunidade real é canalizar o poder inventivo do mundo para desenhar localmente e produzir soluções para problemas locais". O Dr. Gershenfeld conclui concedendo que ele achava que tal possibilidade só chegaria em uns 20 anos, mas " que é lá que estamos hoje", notando o sucesso que seus Fab Labs já estão tendo ao redor do mundo.

[Imagem: Amsterdam_Fab_Lab_at_The_Waag_Society.JPG]

[img]

A mensagem do Dr. Gershenfeld ressoa com a atual cultura tailandesa e com as ambições da "Economia de Auto-Suficiência". De muitas maneiras, a colcha de retalhos tailandesa de microempresas, já ultrapassando com sucesso a produção centralizada de alto capital, vindica a obra e o otimismo do Dr. Gershenfeld. Ela também, porém, ressoa fortemente com as tradições de autoconfiança que tornaram a América grande. A possibilidade técnica para que isso modifique o mundo já é uma realidade, mas o próprio Dr. Gershenfeld concede que o maior obstáculo é superar a engenharia social - em outras palavras - gerar uma mudança de paradigma nas mentes da população para alcançar a mudança de paradigma técnico que já está ocorrendo.

A auto-suficiência e a canalização de tecnologia nas mãos do povo são os maiores medos da oligarquia global - medos que os oligarcas ao longo dos séculos sempre tem tido. Simplesmente boicotar as corporações globalistas e substituí-las por soluções locais é algo que todo mundo é capaz de começar a fazer hoje. E simplesmente prestar atenção no "Fab Lab" do Dr. Neil Gershenfeld, difundir informação sobre a revolução da fabricação pessoal, e até participar das menores maneiras pode ajudar a superar o obstáculo da engenharia social e fomentar uma profunda mudança de paradigma. Nós começamos a retomar a mídia, agora é a hora de retomar os outros níveis de poder. Agora é a hora de reconhecer que a verdadeira liberdade é a auto-suficiência como nação, como comunidade, e como família, e começar a vivê-la todos os dias.[/img]
Fonte

“Todos os maus precedentes começam com medidas perfeitamente justificáveis.”
Julio Cesar
"Homens civilizados! Eles envenenam tudo à sua volta e definem isso como progresso!"
Conan, o barbaro
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 23 usuários diz(em) obrigado a Julio Cesar pelo seu post:
admin (09-07-2015), AktAnnd (19-04-2014), Angelick (21-04-2015), carlosrb (19-04-2014), Castelo (19-04-2014), Chronoplast (19-04-2014), CristalShip (20-04-2014), DeOlhOnafigueira (19-04-2014), Desperto (10-07-2015), Dinhotj (19-04-2014), Doc S (13-09-2017), Eduardo - Unholy Confessions (19-04-2014), Fire Fox (21-04-2015), Haroldo Lucca (12-07-2015), LucianoR (09-05-2014), Mediador (18-04-2014), naste.de.lumina (04-05-2014), Profeta do Apocalipse (04-05-2014), Rox Extreme (19-04-2014), Sergio Santos (19-04-2014), SHUTT (19-04-2014), tarcardoso (09-07-2015), Tecnocrata (21-04-2015)
Spirulina Orgânica da Fazenda Tamanduá Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
19-04-2014, 12:24 AM
Resposta: #2
RE: Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
Ótimo tópico. Também tem este outro que mostra o que acontece quando se toma iniciativas deste tipo:

Comunidade igualitária irrita autoridades chinesas

"These chambers offer insight for those patient enough to look - in your haste to find me, perhaps you have not gazed deeply enough. Our futures are predestined - Moebius foretold mine a millennium ago. We each play out the parts fate has written for us. We are compelled ineluctably down pre-ordained paths. Free will is an illusion."
Kain
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 8 usuários diz(em) obrigado a Chronoplast pelo seu post:
admin (10-07-2015), AktAnnd (19-04-2014), Doc S (13-09-2017), Fire Fox (21-04-2015), Julio Cesar (19-04-2014), Mediador (19-04-2014), naste.de.lumina (04-05-2014), SHUTT (19-04-2014)
19-04-2014, 12:41 AM (Resposta editada pela última vez em: 19-04-2014 12:42 AM por SHUTT.)
Resposta: #3
RE: Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
Bom tópico. O Oriente tem muitos defeitos, mas está fazendo algo.

Se dependessemos do Brasil para lutar contra a Nova Ordem, aí sim estaríamos ferrados.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 7 usuários diz(em) obrigado a SHUTT pelo seu post:
admin (10-07-2015), AktAnnd (19-04-2014), Chronoplast (04-05-2014), Doc S (13-09-2017), Fire Fox (21-04-2015), Julio Cesar (19-04-2014), Mediador (19-04-2014)
19-04-2014, 01:16 AM
Resposta: #4
RE: Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
Excelente tópico!!

Ainda hoje estava eu conversando sobre o tema com um familiar, e chegamos a conclusão que as pessoas são "escravas" do consumismo .... e pior, quando se fala em reciclar; nem pensar... Este conhecimento é limitado a boa parte da população, e por falta de interesse de ambas as partes.

Outro dia estava eu lendo um tópico aqui mesmo no fórum a respeito de um gerador auto-sustentável, desenvolvido através de projetos do maior gênio de todos os tempos Nicola Testa. Poxa, observo que temos a internet, temos pessoas inteligentes, mas não temos, diria, recursos, para criar um negócio destes. Acredito não ser tão difícil, desde que haja iniciativa. Já pensaram se a moda pega? As pessoas livres da escravidão das fornecedoras de energia .....

O mesmo vale para cultura de subsistência de um modo geral. Hoje em dia na net, se a pessoa quiser é capaz de aprender a criar e cultivar muita coisa, basta que haja, repito; INTERESSE. O problema é que mesmo com todo este tesouro cultural que existem pelos sites, as pessoas ignoram ... preferem ir ao mercado por exemplo e pagar R$1.00 ou R$1,50 por uma alface!!!!

Mas, quem sabe um dia a coisa muda ?

Boa noite!

"Et in aliis quaeris mutatio."

Rox Extreme.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 8 usuários diz(em) obrigado a Rox Extreme pelo seu post:
admin (10-07-2015), AktAnnd (19-04-2014), Doc S (13-09-2017), Fire Fox (21-04-2015), Julio Cesar (19-04-2014), Mediador (19-04-2014), naste.de.lumina (04-05-2014), Sergio Santos (23-04-2015)
Onde Comprar  Cloreto de Magnésio PA
19-04-2014, 10:18 AM (Resposta editada pela última vez em: 19-04-2014 10:31 AM por AktAnnd.)
Resposta: #5
RE: Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
Ótimo tópico.

Terras! As pessoas precisam de terras, nas mãos de uma população capaz de produzir, terras valem mais que ouro ou petróleo.
Ninguém come ouro ou petróleo.

Eu mesmo, estou querendo criar minha própria mochila, mas minha cidade é pequena e vou ter que viajar para comprar o tecido e fivelas. Ainda assim a mochila que vou fazer vai ser mais bonita e mais barato do que uma comprada.
Só vai dar um pouco de trabalho mas expande minha criatividade.

Outra coisa que gosto mas não tenho como fazer é cutelaria e forjamento em geral.
Ja viram videos dos caras forjando espadas?
Demora mais é muito interessante e deve ser muito gratificante quando fica pronta.

Imaginem que bom seria buscar e minerar seu próprio ferro, conseguir seu próprio carvão ou gravetos e depois forjar e fazer suas próprias ferramentas/produtos.

Ou então plantar seu próprio alimento, depois transformar a farinha e amassar sua própria massa. Fazer seu macarrão, feito manualmente é muito superior que
esses instantâneos que vendem em mercado.

Imagine você fazendo sua própria pizza do tamanho que quizer e com quantos ingredientes quizer, tipo "25 queijos". Queijos esses que você negociou/trocou com outros moradores da cidade, cada um feito de uma forma e com sabor diferente.
Daí você enche de queijo até transbordar, tempera com os temperos do seu jardim e coloca sua pizza gigante no forno gigante que você construiu, um forno à lenha.

É maravilhoso.
Me empolguei mas é isso aí.

PS
Outra coisa importante é o TEMPO, para criar/produzir é necessário tempo.
Tempo esse que as grandes cidades roubam das pessoas, não exatamente as grandes cidades ... o MODO de vida competitivo e "rushado" da "vida moderna".

Se alguém falar que ser auto-suficiente toma muito tempo, eu digo que é impossível existir algo que tome mais tempo do que o modo de vida das cidades grandes (sem contar a criminalidade, ar poluído, acidentes e o estresse).

Lembrei, existe algo que toma mais tempo, é o sistema de escravidão/produção da china, que a NOM gostaria muito de implantar no mundo inteiro.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 9 usuários diz(em) obrigado a AktAnnd pelo seu post:
admin (10-07-2015), Chronoplast (19-04-2014), Doc S (13-09-2017), Fire Fox (21-04-2015), Majestade.paa (26-04-2015), Mediador (19-04-2014), naste.de.lumina (04-05-2014), Rox Extreme (19-04-2014), Sergio Santos (19-04-2014)
19-04-2014, 01:44 PM
Resposta: #6
RE: Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
Muito bom o tópico.
Aqui no brazil é difícil existir alguma forma de auto-suficiência, já é cultural nossa dependência com relação aos EUA, nossas instituições só seguem o caminho dos "certinhos", mesmo todos nossos partidos políticos em maioria tendo a palavra "socialismo", não passam de carneirinhos, que quando entram na presidência esquecem de tudo que pregavam e passam a seguir a agenda.
O cara pode ser terrorista, assassino, ladrão de banco, basta entrar na política, colocar um terno e gravata e pronto.
Sem contar, que os últimos 30 anos, foi feito um grande esforço dos nossos políticos, de fazer com que as pessoas do campo migrassem para as cidades, tirando uma das poucas atividades ainda restante, de auto-suficiência do povo.
Reparem no seguinte, vocês já perceberam, que a matéria prima hoje em dia(em varejo claro), subiu demais em relação ao produto final!?
Tá certo que os produtos hoje em dia são um lixo de qualidade isso reduz o preço!
Ou seja, se você produzir algo, não tem como começar aos poucos, tudo passou a ser de larga escala, essa forma de pensar do governo já é a favor deste sistema oligárquico cada vez mais visível.

Eles simplesmente aleijaram o povo de tal maneira, que fica difícil imaginar algum tipo de iniciativa de auto-suficiência, infelizmente!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a carlosrb pelo seu post:
Chronoplast (19-04-2014), Doc S (13-09-2017), Fire Fox (21-04-2015), naste.de.lumina (04-05-2014)
04-05-2014, 05:58 PM
Resposta: #7
RE: Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
(19-04-2014 01:44 PM)carlosrb Escreveu:  Sem contar, que os últimos 30 anos, foi feito um grande esforço dos nossos políticos, de fazer com que as pessoas do campo migrassem para as cidades, tirando uma das poucas atividades ainda restante, de auto-suficiência do povo.

Eles simplesmente aleijaram o povo de tal maneira, que fica difícil imaginar algum tipo de iniciativa de auto-suficiência, infelizmente!

Colega, isto se chama "Indústria da sêca".

"Et in aliis quaeris mutatio."

Rox Extreme.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Rox Extreme pelo seu post:
Doc S (13-09-2017), Fire Fox (21-04-2015), naste.de.lumina (04-05-2014), pequeno gafanhoto (09-07-2015)
Biscoitos saudáveis e sem glúten
você encontra aqui!
21-04-2015, 02:50 PM
Resposta: #8
RE: Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
Esse texto é absolutamente inspirador e essencial para todos nós! Moramos em um país com clima e solo excelentes para o cultivo, mas temos um contingente enorme passando fome!!! Isso é inadmissível!
Experimente jogar umas sementes de abóbora em um terreno qq, logo terá um pé de abóbora enorme lá. Se todos tivéssemos o costume de cultivar nossa comida, mesmo que em espaços pequenos, reduziríamos a dependência, teríamos mais saúde e abundância.
Há grande quantidade de videos no youtube ensinando a fazer hortas domésticas, cultivo em vasos nas varandas e sacadas. Inspirada por eles, comecei a plantar hortaliças em vasos na varanda, onde antes só havia plantas bonitas mas inúteis.
Neste domingo, a salada foi colhida na varanda, com alimentos frescos, saborosos e sem venenos ou químicas pesadas. Não é auto-suficiência (ainda!) mas é experiência, aprendizado, sabedoria, algo que não tem preço.
Vale a pena expandir essa ideia !Idea
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Majestade.paa pelo seu post:
admin (16-07-2015), Angelick (21-04-2015), Fire Fox (21-04-2015)
21-04-2015, 05:54 PM
Resposta: #9
RE: Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
(21-04-2015 02:50 PM)Majestade.paa Escreveu:  Esse texto é absolutamente inspirador e essencial para todos nós! Moramos em um país com clima e solo excelentes para o cultivo, mas temos um contingente enorme passando fome!!! Isso é inadmissível!
Experimente jogar umas sementes de abóbora em um terreno qq, logo terá um pé de abóbora enorme lá. Se todos tivéssemos o costume de cultivar nossa comida, mesmo que em espaços pequenos, reduziríamos a dependência, teríamos mais saúde e abundância.
Há grande quantidade de videos no youtube ensinando a fazer hortas domésticas, cultivo em vasos nas varandas e sacadas. Inspirada por eles, comecei a plantar hortaliças em vasos na varanda, onde antes só havia plantas bonitas mas inúteis.
Neste domingo, a salada foi colhida na varanda, com alimentos frescos, saborosos e sem venenos ou químicas pesadas. Não é auto-suficiência (ainda!) mas é experiência, aprendizado, sabedoria, algo que não tem preço.
Vale a pena expandir essa ideia !Idea

O problema é que as pessoas não são educadas para pensar dessa forma "autossuficiente", principalmente os mais jovens, o sonho de consumo da galera é ter um apartamento em que você você se encerra lá dentro e qualquer coisa que precise é resolvido pelo sistema delivery.
Uma coisa que eu nunca investiria dinheiro é em comprar um apartamento onde você apesar de ter pago e constar no papel que é seu, necessita de participar os outros sobre qualquer coisa que você irá fazer ali.
Mesmo por aqui, no interior, que é onde vivo e um lugar propicio para ter casas com quintal onde você possa plantar mesmo que seja coisas poucas como ervas, temperos....as pessoas não tem essa consciência.
Quem está ligado nas crises econômicas que vem ocorrendo e na situação política global é importante que comece a pensar de maneira autossuficiente e por em prática.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Angelick pelo seu post:
Fire Fox (21-04-2015)
21-04-2015, 07:01 PM
Resposta: #10
RE: Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
Existe uma força muito forte sendo exposta na Tailândia agora é um complexo que muitos no mundo sentem hoje, é um que outro ja nomeou "Stand alone complex" foi Masamune Shirow quem leva o crédito por esse nome mais eu acho que ai tem mãos do (katsuhiro otomo). Exigem grupos e pessoas no mundo todo fornecendo apoio ao que está acontecendo na Tailândia ágora e nos não precisamos ficar de fora dessa ajuda basta querer ajudar e começar a agir.

Da minha parte assumo parte da culpa pelo que virá a seguir e qualquer um que ajudar fara o mesmo. Não vai durar tempo suficiente e sabemos que vão ser parados e de forma bruta. mesmo assim alguém tem que tentar alguém tem ue dar o exemplo, parece mesmo ue alguém tem que ser mártire para ue as pessoas acordem.

quando a guerra transforma populacoes inteiras em sonâmbulos, foras da lei nao se aliam aos despertadores. Foras da lei, como poetas, rearanjam o pesadelo. Tom Robbins, still Life with Woodpecker
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Tecnocrata pelo seu post:
Fire Fox (21-04-2015)
Spirulina Orgânica da Fazenda Tamanduá Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
Exclamation Globalistas querem legalizar as drogas para aumentar o lucro dos banqueiros Mediador 18 6,965 29-08-2015 08:05 PM
Última Resposta: Alkin
  como os países pobres são reféns das super elites globalistas GU4RD1ÃO 5 3,560 27-08-2015 09:14 PM
Última Resposta: John Dickinson
  Pesadelo chinês desvendada infiltração militar chinesa na Patagônia yoda 2 2,224 27-07-2015 09:45 PM
Última Resposta: yoda
Exclamation Provas de uma Conspiração — Globalistas Falam Abertamente Sobre Seus Planos Mortais Sann 13 6,365 11-04-2015 05:54 PM
Última Resposta: Elenin20182024
  [Barack Obama]- Contornando Congresso em Plano de Globalistas? snoop_dogg10 0 1,172 22-02-2013 11:58 AM
Última Resposta: snoop_dogg10

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 145 usuários online.
» 1 Membros | 144 Visitantes
Cimberley Cáspio

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,087
» Último Membro: O Mensageiro
» Tópicos do Fórum: 24,590
» Respostas do Fórum: 263,580

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Como detectar MAVs e bloquear
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
Hoje 09:03 AM
» Respostas: 19
» Visualizações: 1728
O que está por trás das mentiras de Guga Chacra e da imprensa em geral
Última Resposta Por: tarcardoso
Hoje 08:35 AM
» Respostas: 10
» Visualizações: 848
Trump abrindo documentos sobre JFK. Os Aliens e Deep State
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 12:50 AM
» Respostas: 19
» Visualizações: 3169
Canal "Ciência de Verdade" Anti Globalista, Perseguido
Última Resposta Por: Unk
Hoje 12:21 AM
» Respostas: 40
» Visualizações: 2117
Barrações e constrangimento não impedem o aumento migratório de brasil.p/ Portugal.
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 10:42 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 246
O Mito da Urna Eletrônica
Última Resposta Por: gidnet
Ontem 10:25 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 75
[Opinião] Delação Premiada
Última Resposta Por: SE7MUS
Ontem 10:15 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 45
Asgardia: Proposta de Nação Espacial
Última Resposta Por: Binho C.R.
Ontem 09:57 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 300
O que aconteceria se a Terra de repente ficasse plana
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 09:19 PM
» Respostas: 34
» Visualizações: 3026
O Último Dia De Gandhi - Outro Pedófilo?
Última Resposta Por: Infinite
Ontem 02:32 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 6813
Restauração da Pátria. Um trabalho de grande exaustão e profissionalismo ao extremo.
Última Resposta Por: tarcardoso
Ontem 02:06 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 673
Brasil: onde a vida humana é desprezada, odiada, perseguida e discriminada.
Última Resposta Por: Guigo Xavier
Ontem 12:52 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 874
Lobos em Peles de Cordeiro: como o Público foi Enganado no Socialismo
Última Resposta Por: Bogoton
Ontem 11:04 AM
» Respostas: 21
» Visualizações: 6210
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
Ontem 09:18 AM
» Respostas: 611
» Visualizações: 137934
Cientistas descobrem espaço vazio escondido na Grande Pirâmide de Gizé
Última Resposta Por: Infinite
19-11-2017 11:48 PM
» Respostas: 18
» Visualizações: 1818
O Estado não necessita do imposto. Ele é viciado em arrecadar.
Última Resposta Por: pablo_hp
19-11-2017 06:23 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 581
Onde foi parar a sua testosterona?
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-11-2017 01:23 PM
» Respostas: 52
» Visualizações: 9042
Maduro nomeia chefe de narcotráfico como negociador da dívida externa do país.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
19-11-2017 01:22 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 180
Caixões da FEMA: Estocados para a Eliminação de Corpos Durante uma Pandemia?
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
19-11-2017 12:25 PM
» Respostas: 24
» Visualizações: 14745
Terra Chata? Uma Nova Teoria sobre o Polo Sul
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-11-2017 12:03 PM
» Respostas: 402
» Visualizações: 69331
Sobrevivencialismo: Conceito e Principais Postulados
Última Resposta Por: Nikoloz
19-11-2017 10:59 AM
» Respostas: 16
» Visualizações: 9613
IA o Exterminador do futuro?!
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
19-11-2017 12:01 AM
» Respostas: 26
» Visualizações: 5615
Canal da Nicarágua: força aérea russa faz patrulhamento constante.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
18-11-2017 06:55 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 185
Travesti Talita Oliveira denuncia movimento LGBT e gays extremistas
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
18-11-2017 02:49 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 5143
Brasil Paralelo
Última Resposta Por: Elenin20182024
18-11-2017 12:19 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 4782
SIONISMO: A verdadeira face do mal
Última Resposta Por: Elenin20182024
18-11-2017 11:00 AM
» Respostas: 42
» Visualizações: 17035
Forças Armadas: se e é pra fazer, que faça completo e não pela metade
Última Resposta Por: Elenin20182024
18-11-2017 09:31 AM
» Respostas: 21
» Visualizações: 1688
Áudio Divulgado pelo GAR Retratando Intervenção Militar da Esquerda no Brasil
Última Resposta Por: Elenin20182024
18-11-2017 09:31 AM
» Respostas: 69
» Visualizações: 74131
O ATAQUE TOTAL:Maçonaria,Jesuitas,Rothschilds,GCA,PGM,SGM.(Mega-Post)
Última Resposta Por: OfimDoComeço
17-11-2017 10:30 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 1100
Turquia plantou com o Estado Islâmico, agora colhe o resultado.
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
17-11-2017 07:32 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 193

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial