Chás medicinais você encontra na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 2 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Bíblia com mais de 1500 anos é descoberta e preocupa Vaticano
20-07-2013, 03:00 PM
Resposta: #11
RE: Bíblia com mais de 1500 anos é descoberta e preocupa Vaticano
"Jesus" da biblia é o próprio anti cristo, qualquer religião pagã é uma farsa.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Taco pelo seu post:
Mergulhador (21-07-2013)
Biscoitos saudáveis e sem glúten
você encontra aqui!
20-07-2013, 05:18 PM
Resposta: #12
RE: Bíblia com mais de 1500 anos é descoberta e preocupa Vaticano
Claro que preocupa o Vaticano e preocupa muito com ceteza, pois além de alguns outros manuscritos como os de Qunran e os chamados Evangelhos Apócrifos entre outros, apontam a cristandade tendo um outro norteamento teológico, bem difrerente do que vemos hoje que obscurece e não esclarece. Desta forma e então a "igreja cristã" poderia até voltar para o formato original, mas teria que se atualizar com a situação do mundo face a novas tecnlogias e a matrix conhecida, devendada e elevada de gradação perante o que denomina-se "homo sapiens".
De qualquer forma, os muitos cortes doutrinários que fizeram na Biblia original poderiam estar intactos nessa descoberta e com certeza causaria um rombo e tanto na hegemonia vaticanense... Finalmente, muitos veriam que o dízimo que fizeram com tanto esforço nada mais fizeram do que engordar o banco do vaticano....vixiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a João Roberto Oliveira pelo seu post:
Mergulhador (21-07-2013)
26-07-2013, 01:44 PM (Resposta editada pela última vez em: 26-07-2013 02:32 PM por nunes3373.)
Resposta: #13
RE: Bíblia com mais de 1500 anos é descoberta e preocupa Vaticano
(10-06-2013 02:53 PM)Mergulhador Escreveu:  Mais "provas" para tentarem destruir o cristianismo, rumo à religião mundial única!!! Com certeza um líder religioso poderá apoiar-se nestes fatos para levantar um AntiCristo!

OK Mergulhador, fiz alguma investigação e decidi escrever um novo artigo sobre este assunto.
Realmente os mal contados são muitos e não tenho dúvidas nenhumas que esta é mais uma farsa illuminati.

Aconselho a leitura do artigo no Blog de forma a se visualizar as imagens, de qualquer forma deixo aqui a introdução do mesmo:

O evangelho de Barnabé na “nova” bíblia com 1500 Anos e a FALSA arqueologia illuminati
http://www.nunes3373.com/news/o-evangelh...lluminati/

"Na passada semana nas redes sociais os movimentos anti-cristãos iniciaram mais um ataque feroz aos evangelhos canónicos Bíblicos, sempre apoiados numa mídia tendenciosa, divulgaram um achado de uma bíblia que teria 1500 anos e que continha o evangelho de Barnabé, evangelho esse que muito resumidamente apoia as crenças islâmicas que Jesus não teria sido crucificado, opondo-se dessa forma aos quatro evangelhos canónicos que constam do Novo Testamento (Mateus, Marcos, Lucas e João):

DESCOBERTA BÍBLIA COM 1500 ANOS NA TURQUIA.

http://www.youtube.com/watch?feature=pla...s6Tg#at=53

Mas merece este evangelho e esta bíblia alguma credibilidade?

Em primeiro lugar gostaria de referir que fico horrorizado como os anti-cristãos se deliciam com estas supostas descobertas, promovendo-as com todas as suas forças sem sequer investigarem as mesmas, vi esta notícia promovida até em sites ateístas, o que me leva a perguntar se deixaram de ser ateus e se converteram ao islamismo?!?

Também gostaria de dizer que é apenas mais 1 livro a ser estudado, que caiu agora de paraquedas e como veremos à frente, um livro com muitas falhas, esse único livro opõe-se a 4 outros livros que nos contam uma história que se completa e sem contradições, é que evangelhos existem muitos, então com inspiração satânica gnóstica feitos propositadamente para atacar a Bíblia não faltam.

Mas o porquê de os mídia promoverem estes achados deixando outros bem mais relevantes (como adiante veremos) sem serem sequer mencionados?

Esta tática de supostos achados arqueológicos bombásticos e de ataque ao cristianismo é recorrente nos illuminati, tentam assim lançar a confusão para que as pessoas não saibam em que ou em quem acreditar, o sistema deles é tornar tudo o mais confuso possível de modo a que ninguém entenda nada.

[Imagem: rewriting_history.jpg]


Carta do famoso jogo illuminati card game que profetizou os atentados do 11 de setembro - Reescrevendo a história como meta illuminati



Já o fizeram com o chamado evangelho de Judas (1) que foi altamente promovido pelos canais televisivos pseudo-intelectuais como o National Geographic, também esse evangelho entrava em clara oposição aos canónicos, mas o mais engraçado é que também esse entra em oposição ao de Barnabé, mais uma vez temos quatro contra um e um contra o outro, sendo esses quatro todos mais antigos que estes recentes evangelhos que são promovidos hoje em dia.

Relembro também a promoção mediática que teve um suposto achado de um papiro que referia que Jesus era casado (2) e até uma suposta descoberta de um túmulo de Jesus, dando origem a um documentário realizado por Oliver Stone, tudo sempre com um único e claro objectivo; Descredibilizar a Bíblia!



Aproveito este artigo e antes de me debruçar sobre algumas incongruências do evangelho de Barnabé, para explicar o porquê dos canónicos merecerem mais confiança do que tudo que se lhes opõe.
"
(...)

CONTINUE A LER EM:
http://www.nunes3373.com/news/o-evangelh...lluminati/

A Verdade: http://www.nunes3373.com
NOVO TWITTER: https://twitter.com/nunes3373

Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade?

Gálatas 4:16

Existe uma guerra a decorrer, pela sua alma!
Lute com a sabedoria e a verdade contra os satanistas JÁ! Porque dentro em breve eles não terão a mínima piedade de você e de sua familia.
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a nunes3373 pelo seu post:
alinell (27-07-2013), fil (22-07-2016), Mergulhador (26-07-2013), Vander (17-09-2013), YLM (18-11-2015)
27-07-2013, 09:35 AM
Resposta: #14
RE: Bíblia com mais de 1500 anos é descoberta e preocupa Vaticano
Sinceramente acho a discussao sobre QUAL LIVRO/RELIGIAO eh certo e errado um pouco "inutil"... Primeiro pq se trata de FE, e MESMO se algo eh PROVADO milhoes de vezes como VERDADEIRA ainda assim ira existir pessoas QUE NAO ACEITARAO.

EU acho que se forem pessoas que estao querendo mesmo encontrar a verdade (nao essas que mesmo provando NAO aceitariam...) entao eh facil "pesar" uma religiao com outra. Explico:

Vivemos uma vida baseada em MORAL. Julgamos os outros por causa DA "TAL" MORAL o tempo todo. Sabemos oq eh "certo e errado" de alguma maneira, sabemos oq FAZ MAL para as outras pessoas, sabemos como FAZER O BEM se quisermos tbm.

Como foi a vida de Maome?? Tem mesmo como comparar com a de Jesus? Existe algum HISTORICO na vida de Jesus por ter MATADO alguem ou por ter "praticado" a poligamia?? Ou vcs acham q isso eh "normal"? Se seu vizinho mata seu outro vizinho vc nao ira julga-lo por esse ato IMORAL??

O engracado eh q sempre q falo na Biblia, vem sempre um "SER" ignorante dizendo: "Que Deus eh esse que faz um livro de MORAIS E BONS COSTUMES para nos"??

Falar a vdd, as pessoas NEM precisariam do "livro de morais" se elas tivessem consciencia. Cada um NASCE com esse CODIGO MORAL no seu DNA. Todos desobedecem sim esse "codigo moral", mas muitos tem consciencia de que erraram, e muitos NAO QUEREM ASSUMIR ISSO JAMAIS.


Ja falei por aqui, pegue um bebezinho e veja como ele sabe a diferenca de coisas ruins e boas, feias e belas, dor e riso... Por um a caso ele LEU o "livro de moral"? Ela chora se ve um cara feia, ele fica feliz qdo abracamos e beijamos... etc etc. E se vc mesmo JULGA qdo alguem trapaceia, rouba, mata, engana, vc NAO ESTA "USANDO" O SEU CODIGO MORAL PLANTADO NO SEU DNA?!

Agora OQ O ISLA nos tras de bom?? O ISLA quis fazer a prorio livro de moral deles A CIMA da PROPRIA MORAL. Aprisiona as mulheres dentro de um roupa as deixando invisivel e tratando-as como animal ou lixo. Carie no dente eh vista como DEMONIO por eles (alguem sabia disso?? sou casada com iraniano, e ele fala que eles sao "aterrorizados" desde pequeno falando q a carie nos dentes eh SINAL DO MAL na pessoa...) E INUMERAS cosias que nao vou listar uma por uma aqui.

Bom, eh uma maneira SIMPLES de se "ler" uma atitude, de se "ler" uma vida, ou um "livro de codigos morais" ou como quiserem: Comparem a VIDA de Jesus com a de Maome se for possivel....

"Examinai tudo. Retende o bem."
1 Tes 5:21
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a alinell pelo seu post:
jjmac (19-11-2015), John Dickinson (15-11-2015), luckloose (26-09-2013), Mergulhador (10-09-2013), nunes3373 (27-07-2013)
Pasta de Dente sem Flúor Oralin Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
01-08-2013, 03:41 PM
Resposta: #15
RE: Bíblia com mais de 1500 anos é descoberta e preocupa Vaticano
O único lugar que Jesus pode voltar agora é dentro de nossos corações.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a landoloco pelo seu post:
Mergulhador (10-09-2013)
11-09-2013, 05:05 PM
Resposta: #16
RE: Bíblia com mais de 1500 anos é descoberta e preocupa Vaticano
olha, galera. percebo em vcs um bom senso critico, mas, sério, sei que sou novo aqui, me registrei só pra opinar nessa questão, então, não se ofendam, minha intenção não é duvidar da fé de vcs, mas sim, abri-los para o questionamento

vejo que a linha de raciocinio está presa na "vinda do anticristo".
qual é, só vcs não perceberam que o cristianismo é o próprio anticristo?
ninguem entendeu oque o avátara [e não semideus] jesus dizia, ele foi morto por roma e depois roma, quando viu seu império prestes a cair, se agarrou no unico apelo popular que ela tinha algum dinamismo pra administrar, transformou o revoltoso em deus [é a mesma coisa que mistificar chico mendes, ou wladimir herzog] qual é, foi a maior jogada de marketing na historia, pois o povo nao entendeu que jesus está dizendo pro povo se unir, e ir contra o sistema! em vez de pegar o exemplo dele, resolveram adorá-lo, tipica atitude de um povo arabesco primitivo. jesus tombou assim como Gandhi, assim como Luther King, não existia divindade, pois existe uma hierarquia entre os que são escolhidos pra vir a terra pra mudar. sim, jesus tinha essa missão, mas sua missão não era a de UNIFICAR O MUNDO SOB A BANDEIRA ROMANA, não perceberam ainda que desde o inicio, o cristianismo aspira essa marca? tornar o mundo todo refém de constantino, sim, o constantino ligeiro, que teve a maior ideia do milenio. vejo que vcs acreditaram direitinho nessa de anticristo, sendo que o cristão em nada lembra o cristo!

talvez vcs discordem, talvez não.
a tática de roma foi mistificar mesmo, pegou os grandes mitos pagãos de dionisio, attis, Mithras, hórus, krishna [os deuses do solsticio, 25/12], todos os seus mitos de ressurreição, e adicionaram a coisas que existiram, com coisas que não existiram, e isso confundiu a todos.

acho que vcs conhecem o projeto haarp
a maior prova de que o livro de revelações é uma forma
das elites seguirem o plano das trombetas e unificação de governos
afinal, se está escrito, TODO MUNDO VAI ACEITAR, não é?

com a aparição de um livro que nada teve a ver com o CONCILIO DE NICÉIA, a maior farsa da historia do mundo preocupa o vaticano, não é mesmo? afinal, quando todos descobrirem que eram as religioes da terra, o paganismo a Verdade que roma escondeu de todos, e vcs vem falar que "é um sinal do anticristo"??? sim, o anticristo chamado constantino, da mesma laia dos caras que mataram o mestre judeu, e depois o transformaram num deus quando foi pertinente? ora, galera, ATENTEM PARA O QUE REALMENTE IMPORTA, a biblia nunca foi a verdade, A BIBLIA É NADA MAIS, NADA MENOS, QUE UM LIVRO JUDAICO QUE DEPOIS FOI AMPLAMENTE DIFUNDIDO PELA ELITE [ou vcs acham mesmo que ela nao tem nada a ver com isso? kk] A FIM DE ANGARIAR UM REBANHO MUNDIAL DE CORDEIROS, A SUSTENTAR A PIRAMIDE DA DESIGUALDADE, A GERAR UM MONTE DE GENTE BURRA QUE NUNCA SE QUESTIONOU DO POR QUE O MUNDO ESTÁ TÃO IMUNDO, ou vão me dizer que a culpa é do diabo?

shauhsuahusa

não é minha opinião, é oque o mundo antigo grita em suas paredes, circulos de pedra e bosques sagrados. roma mentiu, e me surpreende, vcs ainda acreditarem.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a O Corinthiano pelo seu post:
Mergulhador (04-01-2014)
11-09-2013, 05:12 PM (Resposta editada pela última vez em: 11-09-2013 05:43 PM por pequeno gafanhoto.)
Resposta: #17
RE: Bíblia com mais de 1500 anos é descoberta e preocupa Vaticano
o falso profeta são todos esse ortodoxos ou protestantes, que em vez de trabalharem para minorar as mazelas do mundo, são os responsaveis pelo arrebanhamento de tolos, de gente crédula demais, que lê de menos, e que dá até o cartão de crédito, a moto, a chave da moto, pra seres que não estão nem ae com céu ou inferno, ou qualquer dessas tolices de um mundo dual que NÃO EXISTE dessa maneira!!!

o falso profeta são os felicianos, os santiagos, os macedos, os ratzingers, são os homens que atolam o mundo em mentiras, superstições, em doenças venéreas, em promessas para as massas. promessas que nunca serão verdadeiramente cumpridas pois o Yavé deles é muito arrogante e iroso pra se preocupar com o bem estar desses pombos.

acordem, galera. façam uma reciclagem de todo esse lixo cultural que nos permeia desde que algum imperador romano teve a audácia de transformar aquele que eles assassinaram, em deus.
lembrem-se, em roma existiam cultos pagãos da fertilidade, da honra em batalhas, mas tbm havia muito lixo supersticioso, afinal, todo imperador que morria, virava um deus.

pensem nisso.

( minha opiniao )
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Chás medicinais você encontra na Tudo Saudável
26-09-2013, 01:39 AM
Resposta: #18
RE: Bíblia com mais de 1500 anos é descoberta e preocupa Vaticano
(11-09-2013 05:12 PM)O Corinthiano Escreveu:  o falso profeta são todos esse ortodoxos ou protestantes, que em vez de trabalharem para minorar as mazelas do mundo, são os responsaveis pelo arrebanhamento de tolos, de gente crédula demais, que lê de menos, e que dá até o cartão de crédito, a moto, a chave da moto, pra seres que não estão nem ae com céu ou inferno, ou qualquer dessas tolices de um mundo dual que NÃO EXISTE dessa maneira!!!

o falso profeta são os felicianos, os santiagos, os macedos, os ratzingers, são os homens que atolam o mundo em mentiras, superstições, em doenças venéreas, em promessas para as massas. promessas que nunca serão verdadeiramente cumpridas pois o Yavé deles é muito arrogante e iroso pra se preocupar com o bem estar desses pombos.

acordem, galera. façam uma reciclagem de todo esse lixo cultural que nos permeia desde que algum imperador romano teve a audácia de transformar aquele que eles assassinaram, em deus.
lembrem-se, em roma existiam cultos pagãos da fertilidade, da honra em batalhas, mas tbm havia muito lixo supersticioso, afinal, todo imperador que morria, virava um deus.

pensem nisso.

( minha opiniao )

Ha muito eu não opino neste forum, não sei se permanecerá essa postagem.

É realmente uma pena o que fizeram com a sã doutrina a ponto de criar a incredulidade como nosso amigo acima, de tal forma, devido a tantos e tantos escândalos.

O Corinthiano, também, com todo o respeito a sua posição, não encare mal o que lhe direi.

Falta a ti o bom senso de procurar conhecer a divindade Jesus, o Espírito Santo e seu "verdadeiro" poder em cada um de nós, e ai o Pai será revelado aquele que conhecer o Filho.

Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna. João 4:14

Em terra natal, por falta de fé, Jesus fazia poucos milagres, era visto como filho de carpinteiro, com irmãos e irmãs.

Como água fresca para a alma cansada, tais são as boas novas vindas da terra distante. Provérbios 25:25

Comparar Jesus a Luter king, ou outro, é de uma falta de conhecimento em si, da divindade dele, o colocá-lo como um avatar...

Eu, sei que serei mal interpretado por você, pois ha muitos anos atrás, eu certamente blasfemava pior que ti. Entendo seu asco quanto a Macedo e cia, mas existe homens e mulheres, independente da denominação protestante ou católica, ou sem qualquer denominação, que professam a fé em Cristo Jesus e procuram seguir seus ensinos; Com isso tem a vida transformada e transforma a muitos outros. Pregam a sã doutrina, com amor ao próximo e somente isso que querem, propagar o que Cristo pediu que fizessem, com amor. Sem visar o "lucro".

Isso vem através dos Evangelhos que hoje são conhecidos, e não por apócrifos ou tantas outras armadilhas e desinformações que surgem cada vez mais para desviar se possível, até os escolhidos. Temos de ter sede, buscar como se buscássemos água em fonte distante, e certamente, quando a encontramos, não trocamos mais essa água por qualquer outro prato de lentilhas...

De qualquer forma, sei que se buscar, encontrará.

Deus o abençoe.

Aos que causam escândalos, e afastam as ovelhas do bom e verdadeiro pastor, está reservado o seu quinhão...


Melhor lhe fora que lhe pusessem ao pescoço uma mó de atafona, e fosse lançado ao mar, do que fazer tropeçar um destes pequenos. Lucas 17:2

luckloose

Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo! Isaías 5:20
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a luckloose pelo seu post:
John Dickinson (15-11-2015), Mergulhador (14-10-2013), mi_sulista (15-10-2013)
14-10-2013, 09:04 AM (Resposta editada pela última vez em: 04-01-2014 10:10 AM por Mergulhador.)
Resposta: #19
RE: Bíblia com mais de 1500 anos é descoberta e preocupa Vaticano
Podem até "encontrarem" novos livros da bíblia, porém os que já existem e foram compilados na atual são já suficientes para se compreender os fatos que estão ocorrendo, e qual é a finalidade de tudo que está ocorrendo!

Estejam firmes e vigilantes!

Obs. Referente a Constantino, ele era um adorador do Deus Sol, que se "converteu" ao Cristianismo, para dominar os cristãos da época, e deturpando algumas bases cristãs, enganou à muitos.
Introduziu culto aos mortos, adoração à imagens, velas dentro das congregações, entre outras.

Ele se aproveitou do crescimento do cristianismo em Roma, e viu que como não poderia pará-lo, preferiu, "juntar-se".
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Mergulhador pelo seu post:
mi_sulista (15-10-2013), nunes3373 (14-10-2013)
15-11-2015, 12:49 PM
Resposta: #20
RE: Bíblia com mais de 1500 anos é descoberta e preocupa Vaticano
Quem escreveu a Bíblia?


[Imagem: BIBLIA001.jpg]

Em algum lugar do Oriente Médio, por volta do século 10 a.C., uma pessoa decidiu escrever um livro. Pegou uma pena, nanquim e folhas de papiro (uma planta importada do Egito) e começou a contar uma história mágica, diferente de tudo o que já havia sido escrito.

Era tão forte, mas tão forte, que virou uma obsessão. Durante os 1 000 anos seguintes, outras pessoas continuariam reescrevendo, rasurando e compilando aquele texto, que viria a se tornar o maior Best seller de todos os tempos: a Bíblia

Ela apresentou uma teoria para o surgimento do homem, trouxe os fundamentos do judaísmo e do cristianismo, influenciou o surgimento do islã, mudou a história da arte – sem a Bíblia, não existiriam os afrescos de Michelangelo nem os quadros de Leonardo da Vinci – e nos legou noções básicas da vida moderna, como os direitos humanos e o livre-arbítrio.

Mas quem escreveu, afinal, o livro mais importante que a humanidade já viu? Quem era e o que pensavam essas pessoas? Como criaram o enredo, e quem ditou a voz e o estilo de Deus? O que está na Bíblia deve ser levado ao pé da letra, o que até hoje provoca conflitos armados? A resposta tradicional você já conhece: segundo a tradição judaico-cristã, o autor da Bíblia é o próprio Todo-Poderoso. E ponto final. Mas a verdade é um pouco mais complexa que isso.

A própria Igreja admite que a revelação divina só veio até nós por meio de mãos humanas. A palavra do Senhor é sagrada, mas foi escrita por reles mortais. Como não sobraram vestígios nem evidências concretas da maioria deles, a chave para encontrá-los está na própria Bíblia.

Mas ela não é um simples livro: imagine as Escrituras como uma biblioteca inteira, que guarda textos montados pelo tempo, pela história e pela fé. Aliás, o termo “Bíblia”, que usamos no singular, vem do plural grego ta bíblia ta hagia “os livros sagrados”.

A tradição religiosa sempre sustentou que cada livro bíblico foi escrito por um autor claramente identificável. Os 5 primeiros livros do Antigo Testamento (que no judaísmo se chamam Torá e no catolicismo Pentateuco) teriam sido escritos pelo profeta Moisés por volta de 1200 a.C. Os Salmos seriam obra do rei Davi, o autor de Juízes seria o profeta Samuel, e assim por diante.

Hoje, a maioria dos estudiosos acredita que os livros sagrados foram um trabalho coletivo. E há uma boa explicação para isso.

As histórias da Bíblia derivam de lendas surgidas na chamada Terra de Canaã, que hoje corresponde a Líbano, Palestina, Israel e pedaços da Jordânia, do Egito e da Síria. Durante séculos acreditou-se que Canaã fora dominada pelos hebreus.

Mas descobertas recentes da arqueologia revelam que, na maior parte do tempo, Canaã não foi um Estado, mas uma terra sem fronteiras habitada por diversos povos os hebreus eram apenas uma entre muitas tribos que andavam por ali.

Por isso, sua cultura e seus escritos foram fortemente influenciados por vizinhos como os cananeus, que viviam ali desde o ano 5000 a.C. E eles não foram os únicos a influenciar as histórias do livro sagrado.

As raízes da árvore bíblica também remontam aos sumérios, antigos habitantes do atual Iraque, que no 3o milênio a.C. escreveu a Epopeia de Gilgamesh. Essa história, protagonizada pelo semideus Gilgamesh, menciona uma enchente que devasta o mundo (e da qual algumas pessoas se salvam construindo um barco).

Notou semelhanças com a Bíblia e seus textos sobre o dilúvio, a arca de Noé, o fato de Cristo ser humano e divino ao mesmo tempo? Não é mera coincidência. “A Bíblia era uma obra aberta, com influências de muitas culturas”, afirma o especialista em história antiga Anderson Zalewsky Vargas, da UFRGS.

Foi entre os séculos 10 e 9 a.C. que os escritores hebreus começaram a colocar essa sopa multicultural no papel. Isso aconteceu após o reinado de Davi, que teria unificado as tribos hebraicas num pequeno e frágil reino por volta do ano 1000 a.C. A primeira versão das Escrituras foi redigida nessa época e corresponde à maior parte do que hoje são o Gênesis e o Êxodo.

Nesses livros, o tema principal é a relação passional (e às vezes conflituosa) entre Deus e os homens. Só que, logo no começo da Bíblia, já existiu uma divergência sobre o papel do homem e do Senhor na história toda. Isso porque o personagem principal, Deus, é tratado por dois nomes diferentes.

Em alguns trechos ele é chamado pelo nome próprio, Yahweh traduzido em português como Javé ou Jeová.

É um tratamento informal, como se o autor fosse íntimo de Deus. Em outros pontos, o Todo-Poderoso é chamado de Elohim, um título respeitoso e distante (que pode ser traduzido simplesmente como Deus).

Como se explica isso? Para os fundamentalistas, não tem conversa: Moisés escreveu tudo sozinho e usaram os dois nomes simplesmente porque quis. Só que um trecho desse texto narra à morte do próprio Moisés. Isso indica que ele não é o único autor.

Os historiadores e a maioria dos religiosos aceitam outra teoria: esses textos tiveram pelo menos outros dois editores.

Acredita-se que os trechos que falam de Javé sejam os mais antigos, escritos numa época em que a religiosidade era menos formal. Eles contêm uma passagem reveladora: antes da criação do mundo, “Yahweh não derramara chuva sobre a terra, e nem havia homem para lavrar o solo”.

Essa frase, “não havia homem para lavrar o solo”, indica que, na primeira versão da Bíblia, o homem não era apenas mais uma criação de Deus ele desempenha um papel ativo e fundamental na história toda. “Nesse relato, o homem é co-criador do mundo”, diz o teólogo Humberto Gonçalves, do Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos, no Rio Grande do Sul.

Pelo nome que usa para se referir a Deus (Javé), o autor desses trechos foi apelidado de Javista. Já o outro autor, que teria vivido por volta de 850 a.C., é apelidado de Eloísta.

Mais sisudo e religioso, ele compôs uma narrativa bastante diferente. Ao contrário do Deus-Javé, que fez o mundo num único dia, o Deus-Elohim levou 6 (e descansou no 7o). Nessa história, a criação é um ato exclusivo de Deus, e o homem surge apenas no 6o dia, junto aos animais.

Tempos mais tarde, os dois relatos foram misturados por editores anônimos e a narrativa do Eloísta, mais comportada, foi parar no início das Escrituras.

Começando por aquela frase incrivelmente simples e poderosa, notória até entre quem nunca leu a Bíblia: “E, no início, Deus criou o céu e a terra…

Em 589 a.C., Jerusalém foi arrasada pelos babilônios, e grande parte da população foi aprisionada e levada para o atual Iraque. Décadas depois, os hebreus foram libertados por Ciro, senhor do Império Persa um conquistador “esclarecido”, que tinha tolerância religiosa. Aos poucos, os hebreus retornaram a Canaã mas com sua fé transformada.

Agora os sacerdotes judaicos rejeitavam o politeísmo e diziam que Javé era o único e absoluto deus do Universo.

O monoteísmo pode ter surgido pelo contato com os persas a religião deles, o masdeísmo, pregava a existência de um deus bondoso, Ahura Mazda, em constante combate contra um deus maligno, Arimã. Essa noção se reflete até na idéia cristã de um combate entre Deus e o Diabo”, afirma Zalewsky, da UFRGS.

A versão final do Pentateuco surgiu por volta de 389 a.C. Nessa época, um religioso chamado Esdras liderou um grupo de sacerdotes que mudaram radicalmente o judaísmo a começar por suas escrituras.

Eles editaram os livros anteriores e escreveram a maior parte dos livros Deuteronômio, Números, Levítico e também um dos pontos altos da Bíblia: os 10 Mandamentos.

Além de afirmar o monoteísmo sem sombra de dúvidas (amarás a Deus acima de todas as coisas é o primeiro mandamento), a reforma conduzida por Esdras impunha leis religiosas bem rígidas, como a proibição do casamento entre hebreus e não hebreus.

Algumas das leis encontradas no Levítico se assemelham à ética moderna dos direitos humanos: “Se um estrangeiro vier morar convosco, não o maltrates. Ama-o como se fosse um de vós”.

Outras passagens, no entanto, descrevem um Senhor belicoso, vingativo e sanguinário, que ordena o extermínio de cidades inteiras mulheres e crianças incluídas.

Se a religião prega a compaixão, por que os textos sagrados têm tanto ódio?”, pergunta a historiadora americana Karen Armstrong, autora de um novo e provocativo estudo sobre a Bíblia. Para os especialistas, a violência do Antigo Testamento é fruto dos séculos de guerras com os assírios e os babilônios.

Os autores do livro sagrado foram influenciados por essa atmosfera de ódio, e daí surgiu às histórias em que Deus se mostra bastante violento e até cruel.

Os redatores da Bíblia estavam extravasando sua angústia.

Por volta do ano 200 a.C., o cânone (conjunto de livros sagrados) hebraico já estava finalizado e começou a se alastrar pelo Oriente Médio.

A primeira tradução completa do Antigo Testamento é dessa época. Ela foi feita a mando do rei Ptolomeu 2o em Alexandria, no Egito, grande centro cultural da época. Segundo uma lenda, essa tradução (de hebraico para grego) foi realizada por 72 sábios judeus.

Por isso, o texto é conhecido como Septuaginta. Além da tradução grega, também surgiram versões do Antigo Testamento no idioma aramaico que era uma espécie de língua franca do Oriente Médio naquela época.

Dois séculos mais tarde, a Bíblia em aramaico estava bombando: ela era a mais lida na Judéia, na Samária e na Galiléia (províncias que formam os atuais territórios de Israel e da Palestina).

Foi aí que um jovem judeu, grande personagem desta história, começou a se destacar. Como Sócrates, Buda e outros pensadores que mudaram o mundo, Jesus de Nazaré nada deixou por escrito os primeiros textos sobre ele foram produzidos décadas após sua morte.

E o cristianismo já nasceu perseguido: por se recusarem a cultuar os deuses oficiais, os cristãos eram considerados subversivos pelo Império Romano, que dominava boa parte do Oriente Médio desde o século 1 a.C.

Foi nesse clima de medo que os cristãos passaram a colocar no papel as histórias de Jesus, que circulavam em aramaico e também em coiné um dialeto grego falado pelos mais pobres.

Os cristãos queriam compreender suas origens e debater seus problemas de identidade”, diz o teólogo Paulo Nogueira, da Universidade Metodista de São Paulo. Para fazer isso, criaram um novo gênero literário: o evangelho. Esse termo, que vem do grego evangélion (boa-nova), é um tipo de narrativa religiosa contando os milagres, os ensinamentos e a vida do Messias.

A maioria dos evangelhos escritos nos séculos 1 e 2 desapareceu. Naquela época, um “livro” era um amontoado de papiros avulsos, enrolados em forma de pergaminho, podendo ser facilmente extraviados e perdidos. Mas alguns evangelhos foram copiados e recopiados à mão, por membros da Igreja.

Até que, por volta do século 4, tomaram o formato de códice um conjunto de folhas de couro encadernadas, ancestral do livro moderno.

O problema é que, a essa altura do campeonato, gerações e gerações de copiadores já haviam introduzido alterações nos textos originais seja por descuido, seja de propósito. Muitos erros foram feitos nas cópias, erros que às vezes mudaram o sentido dos textos.

Em certos casos, tais erros foram também propositais, de acordo com a teologia do escrivão, afirma o padre e teólogo Luigi Schiavo, da Universidade Católica de Goiás.

Quer ver um exemplo?

Sabe aquela famosa cena em que Jesus salva uma adúltera prestes a ser apedrejada? De acordo com especialistas, esse trecho foi inserido no Evangelho de João por algum escriba, por volta do século 3.

Isso porque, na época, o cristianismo estava cortando seu cordão umbilical com o judaísmo.

E apedrejar adúlteras é uma das leis que os sacerdotes-escritores judeus haviam colocado no Pentateuco.

A introdução da cena em que Jesus salva a adúltera passa a ideia de que os ensinamentos de Cristo haviam superado a Torá e, portanto, os cristãos já não precisavam respeitar ao pé da letra todos os ensinamentos judeus.

A julgar pelo último livro da Bíblia cristã, o Apocalipse (que descreve o fim do mundo), o receio de ter suas narrativas “editadas” era comum entre os autores do Novo Testamento. No versículo 18, lê-se uma terrível ameaça: “Se alguém fizer acréscimos às páginas deste livro, Deus o castigará com as pragas descritas aqui”.

Essa ameaça reflete bem o clima dos primeiros séculos do cristianismo: uma verdadeira baderna teológica, com montes de seitas defendendo ideias diferentes sobre Deus e o Messias.

A seita dos docetas, por exemplo, acreditava que Jesus não teve um corpo físico. Ele seria um espírito, e sua crucificação e morte não passariam literalmente de ilusão de ótica.

Já os ebionistas acreditavam que Jesus não nascera Filho de Deus, mas fora adotado, já adulto, pelo Senhor. A primeira tentativa de organizar esse caos das Escrituras ocorreu por volta de 142 e o responsável não foi um clérigo, mas um rico comerciante de navios chamado Marcião.

A Bíblia segundo Marcião


Ele nasceu na atual Turquia, foi para Roma, converteu-se ao cristianismo, virou um teólogo influente e resolveu montar sua própria seleção de textos sagrados.

A Bíblia de Marcião era bem diferente da que conhecemos hoje. Isso porque ele simpatizava com uma seita cristã hoje desaparecida, o gnosticismo. Para os gnósticos, o Deus do Velho Testamento não era o mesmo que enviara Jesus na verdade, as duas divindades seriam inimigas mortais.

O Deus hebraico era monstruoso e sanguinário, e controlava apenas o mundo material.

Já o universo espiritual seria dominado por um Deus bondoso, o pai de Jesus. A Bíblia editada por Marcião continha apenas o Evangelho de João, 11 cartas de Paulo e nenhuma página do Velho Testamento.

Se as idéias de Marcião tivessem triunfado, hoje as histórias de Adão e Eva no paraíso, a arca de Noé e a travessia do mar Vermelho não fariam parte da cultura ocidental.

Mas, por volta de 170, o gnosticismo foi declarado proibido pelas autoridades eclesiásticas, e o primeiro editor da Bíblia cristã acabou excomungado.

Roma, até então pior inimiga dos cristãos, ia se rendendo à nova fé. Em 313, o imperador romano Constantino se aliou à Igreja. Ele pretendia usar a força crescente da nova religião para fortalecer seu império. Para isso, no entanto, precisava de uma fé una e sólida.

A pressão de Constantino levou os mais influentes bispos cristãos a se reunirem no Concílio de Nicéia, em 325, para colocar ordem na casa de Deus. Ali, surgiu o cânone do cristianismo a lista oficial de livros que, segundo a Igreja, realmente haviam sido inspirados por Deus.

A escolha também era política. Um grupo afirmou seu poder e autoridade sobre os outros”, diz o padre Luigi. Esse grupo era o dos cristãos apostólicos, que ganharam poder ao se aliar com o Império Romano. Os apostólicos eram, por assim dizer, o “partido do governo”.

E por isso definiram o que iria entrar, ou ser eliminado, das Escrituras.

Eles escolheram os evangelhos de Marcos, Mateus, Lucas e João para representar a biografia oficial de Cristo, enquanto as invenções dos docetas, dos ebionistas e de outras seitas foram excluídas, e seus autores declarados hereges. Os textos excluídos do cânone ganharam o nome de “apócrifos” palavra que vem do grego apocrypha, “o que foi ocultado”.

A maioria dos apócrifos se perdeu afinal de contas, os escribas da Igreja não estavam interessados em recopilá-los para a posteridade. Mas, com o surgimento da arqueologia, no século 19, pedaços desses textos foram encontrados nas areias do Oriente Médio.

É o caso de um polêmico texto encontrado em 1886 no Egito. Ele é assinado por certa “Maria” que muitos acreditam ser a Madalena, discípula de Jesus, presente em vários trechos do Novo Testamento.

O evangelho atribuído a ela é bem feminista: Madalena é descrita como uma figura tão importante quanto Pedro e os outros apóstolos. Nos primórdios do cristianismo, as mulheres eram aceitas no clero e eram, inclusive, consideradas capazes de fazer profecias.

Foi só no século 3 que o sacerdócio virou monopólio masculino, o que explicaria a censura da apóstola e seu testemunho. Aliás, tudo indica que Madalena não foi prostituta ideia que teria surgido por um erro na interpretação do livro sagrado.

No ano 591, o papa Gregório fez um sermão dizendo que Madalena e outra mulher, também citada nas Escrituras e essa sim ex-pecadora, na verdade seria a mesma pessoa (em 1967, o Vaticano desfez o equívoco, limpando a reputação de Maria).

Na evolução da Bíblia, foram aparecendo vários trechos machistas – e suspeitos. É o caso de uma passagem atribuída ao apóstolo Paulo: “A mulher aprenda (…) com toda a sujeição. Não permito à mulher que ensine, nem que tenha domínio sobre o homem (…) porque Adão foi formado primeiro, e depois Eva”.

É provável que Paulo jamais tenha escrito essas palavras porque, na época em que ele viveu o cristianismo não pregava a submissão da mulher. Acredita-se que essa parte tenha sido adicionada por algum escriba por volta do século 2.

Após a conversão do imperador Constantino, o eixo do cristianismo se deslocou do Oriente Médio para Roma. Só que, para completar a romanização da fé, faltava um passo: traduzir a palavra de Deus para o latim. A missão coube ao teólogo Eusebius Hyeronimus, que mais tarde viria a ser canonizado com o nome de são Jerônimo.

Sob ordens do papa Damaso, ele viajou a Jerusalém em 406 para aprender hebraico e traduzir o Antigo e o Novo Testamento. Não foi nada fácil: o trabalho durou 17 anos.

Daí saiu a Vulgata, a Bíblia latina, que até hoje é o texto oficial da Igreja Católica. Essa é a Bíblia que todo mundo conhece. “A Vulgata foi o alicerce da Igreja no Ocidente”, explica o padre Luigi.

Ela é tão influente, mas tão influente, que até seus erros de tradução se tornaram clássicos.

Ao traduzir uma passagem do Êxodo que descreve o semblante do profeta Moisés, são Jerônimo escreveu em latim: cornuta esse facies sua, ou seja, “sua face tinha chifres”.

Esse detalhe esquisito foi levado a sério por artistas como Michelangelo sua famosa escultura representando Moisés, hoje exposta no Vaticano, está ornada com dois belos corninhos.

Tudo porque Jerônimo tropeçou na palavra hebraica karan, que pode significar tanto “chifre” quanto “raio de luz”.

A tradução correta está na Septuaginta: o profeta tinha o rosto iluminado, e não chifrudo. Apesar de erros como esse, a Vulgata reinou absoluta ao longo da Idade Média durante séculos, não houve outras traduções.

O único jeito de disseminar o livro sagrado era copiá-lo à mão, tarefa realizada pelos monges copistas.

Eles raramente saíam dos mosteiros e passavam a vida copiando e catalogando manuscritos antigos. Só que, às vezes, também se metiam a fazer o papel de autores.

Após a queda do Império Romano, grande parte da literatura da Antiguidade grega e romana se perdeu foi graças ao trabalho dos monges copistas que livros como a Ilíada e a Odisseia chegaram até nós.

Mas alguns deles eram meio malandros: costumavam interpolar textos nas Escrituras Sagradas para agradar a reis e imperadores. No século 15, por exemplo, monges espanhóis trocaram o termo “babilônios” por “infiéis” no texto do Antigo Testamento – um truque para atacar os muçulmanos, que disputavam com os espanhóis a posse da península Ibérica.

Escrituras em série


Tudo isso mudou após a invenção da imprensa, em 1455. Agora ninguém mais dependia dos copistas para multiplicar os exemplares da Bíblia. Por isso, o grande foco de mudanças no texto sagrado passou a ser outro: as traduções. Em 1522, o pastor Martinho Lutero usou a imprensa para divulgar em massa sua tradução da Bíblia, que tinha feito direto do hebraico e do grego para o alemão.

Era a primeira vez que o texto sagrado era vertido numa língua moderna e a nova versão trouxe várias mudanças, que provocavam a Igreja (veja quadro na pág. 65).

Logo depois um britânico, William Tyndale, ousou traduzir a Bíblia para o inglês. No Novo Testamento, ele traduziu a palavra Eclésia por “congregação”, em vez de “igreja”, o termo preferido pelas traduções católicas.

A mudança nessa palavrinha era um desafio ao poder dos papas: como era protestante, Tyndale tinha suas diferenças com a Igreja. Resultado? Ele foi queimado como herege em 1536. Mas até hoje seu trabalho é referência para as versões inglesas do livro sagrado.

A Bíblia chegou ao nosso idioma em 1753 – quando foi publicada sua primeira tradução completa para o português, feita pelo protestante João Ferreira de Almeida. Hoje, a tradução considerada oficial é a feita pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e lançada em 2001. Ela é considerada mais simples e coloquial que as traduções anteriores.

De lá para cá, a Bíblia ganhou o mundo e as línguas. Já foi vertida para mais de 300 idiomas e continua um dos livros mais influentes do mundo: todos os anos, são publicadas 11 milhões de cópias do texto integral, e 14 milhões só do Novo Testamento.

Depois de tantos séculos de versões e contraversões, ainda não há consenso sobre a forma certa de traduzi-la.

Alguns buscam traduções mais próximas do sentido e da época original como as passagens traduzidas do hebraico pelo linguista David Rosenberg na obra O Livro de J, de 1990.

Outros acham que a Bíblia deve ser modernizada para atrair leitores. O lingüista Eugene Nida, que verteu a Bíblia na década de 1960, chegou ao extremo de traduzir a palavra “sestércios”, a antiga moeda romana, por “dólares”.

Em 2008, duas versões igualmente ousadas estão agitando as Escrituras: a Green Bible (Bíblia Verde, ainda sem versão em português), que destaca 1 000 passagens relacionadas à ecologia como o momento em que Jó fala sobre os animais, e a Bible Illuminated (Bíblia Iluminada, em inglês), com design ultramoderno e fotos de celebridades como Nelson Mandela e Angelina Jolie.

A Bíblia se transforma, mas uma coisa não muda: cada pessoa, ou grupo de pessoas, a interpreta de uma maneira diferente às vezes, com propósitos equivocados.

Em pleno século 21, pastores fundamentalistas tentam proibir o ensino da Teoria da Evolução nas escolas dos EUA, sendo que a própria Igreja aceita as teorias de Darwin desde a década de 1950.

Líderes como o pastor Jerry Falwell defendem o retorno da escravidão e o apedrejamento de adúlteros, e no Oriente Médio rabinos extremistas usam trechos da Torá para justificar a ocupação de terras árabes.

Por quê? Porque está na Bíblia, dizem os radicais. Não é nada disso. Hoje, os principais estudiosos afirmam que a Bíblia não deve ser lida como um manual de regras literais e sim como o relato da jornada, tortuosa e cheia de percalços, do ser humano em busca de Deus.

Porque esse é, afinal, o verdadeiro sentido dessa árvore de histórias regada há 3 mil anos por centenas de mãos, cabeças e corações humanos: a crença num sentido transcendente da existência.

FONTE: verdademundial.com
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Compre Cúrcuma em Pó na Tudo Saudável
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Crueldade e Violência na Bíblia Urtiga 46 9,593 17-11-2017 08:02 PM
Última Resposta: Elenin20182024
  Seria a bíblia um plágio sumério? John Dickinson 52 12,700 17-11-2017 07:52 PM
Última Resposta: Elenin20182024
  Por que devemos confiar na Bíblia? desmentindo os lobos roubadores de ovelhas Marcusmho 7 2,986 17-11-2017 07:49 PM
Última Resposta: Elenin20182024
  A Bíblia, já foi alterada? Podemos confiar nela? Elenin20182024 4 1,563 25-10-2017 09:57 PM
Última Resposta: Elenin20182024
  Jesus é mito e evangélicos são idólatras da Bíblia, diz ex-padre John Dickinson 17 2,657 27-06-2017 12:13 AM
Última Resposta: Sanderson S. Pierre

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 132 usuários online.
» 3 Membros | 129 Visitantes
Bogoton, Elenin20182024, gonçalo ribas

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,090
» Último Membro: rennekerly nunes
» Tópicos do Fórum: 24,597
» Respostas do Fórum: 263,628

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Canal "Ciência de Verdade" Anti Globalista, Perseguido
Última Resposta Por: Elenin20182024
Hoje 08:20 PM
» Respostas: 43
» Visualizações: 2294
O Mito da Urna Eletrônica
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
Hoje 07:41 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 449
O que está por trás das mentiras de Guga Chacra e da imprensa em geral
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
Hoje 07:21 PM
» Respostas: 24
» Visualizações: 1431
I.A, singularity, cripto-moedas e blockchain = Sistema da Besta
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 06:46 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 41
False Flags para acelerar a agenda do carro autônomo
Última Resposta Por: fil
Hoje 11:59 AM
» Respostas: 18
» Visualizações: 1258
Cientistas descobrem espaço vazio escondido na Grande Pirâmide de Gizé
Última Resposta Por: Infinite
Hoje 10:21 AM
» Respostas: 21
» Visualizações: 2077
Caixões da FEMA: Estocados para a Eliminação de Corpos Durante uma Pandemia?
Última Resposta Por: Mayaman
Hoje 09:48 AM
» Respostas: 25
» Visualizações: 14854
R$ 2,84 - valor retirado de cada brasileiro p/construir mansão de presidente angolano
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 12:19 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 233
[Opinião] Delação Premiada
Última Resposta Por: tarcardoso
Ontem 08:19 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 213
Uma liberdade que agora pode estar mais longe do que imaginamos.
Última Resposta Por: tarcardoso
Ontem 07:45 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 188
Escola infantil para a Elite chega ao Brasil ano que vem. E a NOM agradece...
Última Resposta Por: MarcioEscolaBilingue
21-11-2017 08:48 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 808
IA o Exterminador do futuro?!
Última Resposta Por: Beobachter
21-11-2017 08:48 PM
» Respostas: 27
» Visualizações: 5673
2019: A NOM e a Igreja Pan-Amazônica agora com aval do Papa
Última Resposta Por: O Mensageiro
21-11-2017 08:05 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 252
Como a JBS sugou o BNDES para expandir seus negócios
Última Resposta Por: tarcardoso
21-11-2017 07:39 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 381
Como detectar MAVs e bloquear
Última Resposta Por: Aragorn
21-11-2017 05:20 PM
» Respostas: 21
» Visualizações: 1914
Cartórios faturaram no Brasil 12 bilhões de reais. Faturamento que aumentará em 2018
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
21-11-2017 04:00 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 124
Trump abrindo documentos sobre JFK. Os Aliens e Deep State
Última Resposta Por: ULTRON
21-11-2017 01:41 PM
» Respostas: 20
» Visualizações: 3351
Barrações e constrangimento não impedem o aumento migratório de brasil.p/ Portugal.
Última Resposta Por: Bruna T
20-11-2017 10:42 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 417
Asgardia: Proposta de Nação Espacial
Última Resposta Por: Binho C.R.
20-11-2017 09:57 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 456
O que aconteceria se a Terra de repente ficasse plana
Última Resposta Por: Bruna T
20-11-2017 09:19 PM
» Respostas: 34
» Visualizações: 3092
O Último Dia De Gandhi - Outro Pedófilo?
Última Resposta Por: Infinite
20-11-2017 02:32 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 6863
Restauração da Pátria. Um trabalho de grande exaustão e profissionalismo ao extremo.
Última Resposta Por: tarcardoso
20-11-2017 02:06 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 688
Brasil: onde a vida humana é desprezada, odiada, perseguida e discriminada.
Última Resposta Por: Guigo Xavier
20-11-2017 12:52 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 911
Lobos em Peles de Cordeiro: como o Público foi Enganado no Socialismo
Última Resposta Por: Bogoton
20-11-2017 11:04 AM
» Respostas: 21
» Visualizações: 6261
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
20-11-2017 09:18 AM
» Respostas: 611
» Visualizações: 138039
O Estado não necessita do imposto. Ele é viciado em arrecadar.
Última Resposta Por: pablo_hp
19-11-2017 06:23 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 678
Onde foi parar a sua testosterona?
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-11-2017 01:23 PM
» Respostas: 52
» Visualizações: 9126
Maduro nomeia chefe de narcotráfico como negociador da dívida externa do país.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
19-11-2017 01:22 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 234
Terra Chata? Uma Nova Teoria sobre o Polo Sul
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-11-2017 12:03 PM
» Respostas: 402
» Visualizações: 69464
Sobrevivencialismo: Conceito e Principais Postulados
Última Resposta Por: Nikoloz
19-11-2017 10:59 AM
» Respostas: 16
» Visualizações: 9645

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial