Balas de Colágeno pelo melhor preço é na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 2 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Barack Obama: O Homem Invisível
27-04-2011, 11:27 AM
Resposta: #1
Exclamation Barack Obama: O Homem Invisível
[Imagem: obama-shh.jpg]

"O bloqueio é completo, o controle do fluxo de informações é tão rígido e intolerante quanto a censura soviética ou nazista, com a diferença de que só vigora na grande mídia."

A controvérsia dos documentos inacessíveis, incognoscíveis e intocáveis de Barack Hussein Obama, que a mídia conseguiu abafar na base das chacotas, da rotulação caluniosa e da intimidação direta, voltou ao primeiro plano graças ao pré-candidato republicano à presidência, Donald Trump.

O bam-bam-bam dos imóveis, além de ter dinheiro suficiente para não se intimidar com o bilhão de dólares da campanha de Obama (a maior verba de propaganda eleitoral da História), ainda conta com um trunfo decisivo: ele tem todos os seus documentos em ordem e sabe exibi-los de modo a espremer o concorrente contra a parede mediante a pergunta irrespondível, hoje espalhada em cartazes por todo o território americano: "Where is the birth certificate"? Se John McCain tivesse feito isso, não só teria vencido as eleições, mas teria jogado a carreira do seu adversário na lata de lixo. Obama seria agora conhecido como aquilo que realmente é: um pequeno vigarista que grandes picaretas colheram na rua para um servicinho sujo porque, malgrado sua absoluta falta de qualidades, tinha o physique du rôle: a cor da pele politicamente oportuna, uma bela voz para ler discursos no teleprompter e, melhor que tudo, a perfeita vulnerabilidade a chantagens em razão de sua falta de documentos e da sua biografia falsificada. Desde o início da campanha, afirmei que a identidade de Obama, muito mais que suas ideias e propostas, era o ponto digno de atenção, porque a conduta de um homem no poder não depende do que ele diz em favor de si, mas de quem ele realmente é. Ora, as ideias e palavras de Obama foram abundamente alardeadas, debatidas, enaltecidas e esculhambadas, mas querer saber algo da identidade da criatura para além da publicidade oficial tornou-se reprovável, pecaminoso, um tabu na mais plena força do termo.

A grande mídia inteira, a classe política dos dois partidos, os astros e estrelas de Hollywood e batalhões de burocratas zelosos uniram-se para esse fim. Nunca uma blindagem tão forte e uma guarda-de-ferro tão intolerante se ergueram para proteger da curiosidade pública, como se fosse um tesouro sagrado, o passado sujo de um embrulhão.

Esse passado inclui, entre outros mil e um vexames mal encobertos, uma história familiar toda falsa - e onde praticamente nenhuma declaração do personagem confere com os documentos existentes nem com os testemunhos de terceiros; a carreira universitária financiada por um bilionário saudita pró-terrorista, até hoje não se sabe com que propósito; mil e uma relações íntimas com organizações comunistas e radicais; a militância nas hostes de Saul Alinsky, empenhadas em desmantelar a previdência social e o sistema bancário para apressar o advento do socialismo; a inscrição num partido socialista, mil vezes negada em tom de dignidade ofendida, até que apareceu a carteirinha de militante e não se falou mais nisso; a fraude literária dos dois livros que lhe granjearam a fama de grande escritor, e que hoje se sabe terem sido escritos por seu amigo William Ayers; o mistério, tipo "exterminador do futuro", do alistamento militar assinado em 1988 num formulário impresso em 2008; a fortuna gasta com advogados para esconder praticamente todos os documentos pessoais que, bem ao contrário, cada candidato à presidência tem a obrigação de exibir ao público e aliás todos sempre exibiram. E assim por diante.

Como é possível que, com uma biografia tão escandalosamente suspeita, um político seja imunizado pelo establishment inteiro contra qualquer tentativa de descobrir quem ele é? Quem, entre as altas hierarquias de demônios, decretou que o país mais poderoso do mundo tem de aceitar um desconhecido como presidente, reprimindo a tentação de fazer perguntas?

O episódio da certidão de nascimento é só uma onda a mais num tsunami de obscuridades ante o qual o eleitorado só tem o direito de guardar respeitoso silêncio, cabisbaixo e compungido como se a trapaça grosseira fosse um mistério sacral.

Obrigar um povo a suportar isso, sob pena de rotulá-lo de "racista", é com certeza a exigência mais prepotente, a chantagem psicológica mais descarada de todos os tempos.

Porém, uma vez que esse povo aceitou votar na cor da pele sem perguntar o que vinha dentro da embalagem, ele terá de continuar cedendo e cedendo até à abjeção total, pois deu ao homem da raça ungida o direito de lhe impor qualquer exigência danosa e absurda sem deixar de estar, jamais, acima de qualquer suspeita.

O muro de proteção erguido em torno de Obama não foi desmontado depois das eleições. Cresceu e tornou-se mais forte, a guarda-de-ferro mais agressiva, ao ponto de que praticamente nada do que o homem tem feito de maligno e fatal contra seu país chega jamais ao conhecimento do povo que o elegeu.

O bloqueio é completo, o controle do fluxo de informações é tão rígido e intolerante quanto a censura soviética ou nazista, com a diferença de que só vigora na grande mídia, deixando vazar informações na imprensa nanica e no rádio e buscando, segundo os ditames da engenharia social de ponta, não um utópico estrangulamento total mas apenas o domínio eficiente dos resultados estatísticos gerais.

No WorldNetDaily da semana passada, o colunista Craig R. Smith pergunta, perplexo: "Como pode Obama sair-se bem fazendo o que faz, sem que jamais se ouça um pio da grande mídia?"

O preço da gasolina e o débito nacional duplicaram desde que ele subiu à presidência, e nem um só jornal ou canal de TV dá o menor sinal de ter percebido que algo aconteceu. Ele demite 87 mil trabalhadores da indústria de petróleo numa só canetada, e não se ouve um soluço. Ele manda bombardear a Líbia sem a autorização do Congresso, e só o que se vê são louvores ao seu humanitarismo. Três trilhões de dólares da verba de "estímulos" - sim, trilhões, não bilhões - são espalhados sem nome de destinatário, e é como se uma moeda de um quarter tivesse sumido do bolso de um garoto de escola.

O homem dá um calote em milhares de credores legítimos da General Motors, enquanto distribui bilhões a picaretas sindicais seus amigos, e, a crermos no New York Times, na CNN, no Los Angeles Times e similares, ninguém disse um "ai".

Ele destroi a olhos vistos o melhor sistema de saúde do mundo, e a voz de milhões de prejudicados não ressoa na mídia nem como um vago sussurro de descontentamento. Metade do mundo clama para ele devolver seu Prêmio Nobel da Paz, e nada desse grito de revolta chega ao conhecimento do público americano.

Sem a menor sombra de dúvida, Obama foi colocado na presidência com a missão de destruir seu país, mas aqueles que o nomearam não o largaram desamparado na arena. Cercaram-o de todas as proteções necessárias para colocá-lo a salvo não só de críticas, mas até de perguntas. Obama pode fazer o que quiser, por mais obviamente desastroso e maligno que seja. Honni soit qui mal y pense.

Se, apesar disso, alguma informação ainda circula na internet ou no rádio, é só uma prova de que a falsificação perfeita não existe nem precisa existir. Quando Abraham Lincoln disse que não se pode enganar todo mundo o tempo todo, esqueceu-se de acrescentar que isso não é preciso: para obter os efeitos mais devastadores, basta enganar a maioria dos trouxas durante algum tempo - o tempo necessário para que a verdade, quando aparecer, já tenha de tornado apenas uma curiosidade de historiadores. Por Olavo de carvalho - Fonte Mídia sem Máscara

Quem quer que diante desse fenômeno, ainda imagine que a estrutura real do poder no mundo coincide com a hierarquia formal dos cargos públicos, com a ordem visível dos prestígios ou com as fronteiras geopolíticas convencionais, deve ser considerado um boboca incurável ou um espertalhão com agenda.

Parece que realmente toda a Mídia vai continuar calada, enquanto Obama faz o quem bem entender.

"Em tempos de enganosidade universal, dizer a verdade é um ato de restauração"

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Sann pelo seu post:
delta9 (27-04-2011)
Emagreça com saúde neste verão - Tudo Saudável Produtos Naturais
27-04-2011, 01:18 PM
Resposta: #2
RE: Barack Obama: O Homem Invisível
O Obama faz parte da brincadeira. Ele está lá para ser o novo faraó, imperador, rei ou führer que irá perseguir aqueles que sempre se fizeram de perseguidos e pobres coitados durante as fugas dos impérios dominantes em suas respectivas épocas. Assim sairão de lá com todo o dinheiro a que acham que têm direito, se fazendo de perseguidos. É por isto que a própria grande mídia segura a onda, afinal, de quem é esta mídia? E de quem são os bancos. Em breve o faraó-negro, com um belo hussein no meio do nome, começará a perseguir, da forma combinada, os coitadinhos. E ainda vão falar que morreram milhões...

Ah, preparem alguns lugares, boa parte dos 5.8 milhões de pobres coitados e perseguidos vão aparecer por aqui em breve.
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
27-04-2011, 01:30 PM
Resposta: #3
RE: Barack Obama: O Homem Invisível
Tanto faz né.. se ele é japonês disfarçado ou não.. o que importa é que quem chegar lá, se for bom será morto por "acidente", caso contrário é da turma de sempre. O Donald não é um cara legal, no meu ponto de vista..
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
27-04-2011, 03:10 PM (Resposta editada pela última vez em: 27-04-2011 03:12 PM por soniapaz.)
Resposta: #4
RE: Barack Obama: O Homem Invisível
Obama libera certidão de nascimento original forma longa
Por Alan Silverleib , CNN
27 de abril de 2011 - Atualizado GMT 1630 (0.030 HKT)

Destaques da história
Obama diz que o país não "tem tempo para esse tipo de bobagem"
Donald Trump créditos para forçar a liberação do certificado
A Casa Branca libera certidão de nascimento do presidente Obama de forma muito
A Casa Branca afirmou que o assunto é política ruim para o Partido Republicano, mas é uma distração

John King recebe Donald Trump é a reação da Casa Branca liberar certidão de nascimento de Obama presidente http://edition.cnn.com/interactive/2011/...index.html e se Trump está realmente funcionando para o presidente. Sintonize-se com " D. João, EUA "em 07:00 ET quarta-feira.

Washington (CNN) - A Casa Branca divulgou cópias do longa original de Obama Barack nascimento de forma certificado Presidente quarta-feira, visando pôr fim a rumores persistentes de que ele não nasceu nos Estados Unidos.
A certidão, como assessores de Obama têm dito repetidamente, que o presidente nasceu em Honolulu Kapiolani's Hospital em 04 de agosto de 1961. Os céticos insistem que Obama nasceu no exterior - possivelmente, no país de seu pai em casa do Quênia - e pode ser constitucionalmente inelegível para servir como presidente.

PDF: Veja uma cópia do certificado de http://edition.cnn.com/interactive/2011/...index.html

"Nós não temos tempo para esse tipo de bobagem", disse Obama a jornalistas na Casa Branca. "Eu fui intrigado com o grau em que isso (a história) não parava de ir."
"Normalmente eu não iria comentar sobre algo parecido com isto", disse o presidente. Mas o país tem "alguns desafios enormes lá fora" que não será capaz de atender com eficácia "se estamos distraídos."
Trump do certificado veterinário de nascimento de Obama Obama mostra certidão de nascimento original Tuchman: "Trump está errado '
TEMAS RELACIONADOS
Barack Obama
Donald Trump
"Nós não vamos ser capazes de (enfrentar esses desafios) se passar o tempo difamando uns aos outros", frisou. "Nós não vamos ser capazes de fazê-lo se nós apenas fazemos coisas para cima e fingir que os fatos não são fatos. Nós não vamos ser capazes de resolver os nossos problemas se nos distraímos com espetáculos e camelôs de carnaval."
Obama lançou um menor, juridicamente vinculativo "certificado de nascimento", em 2008, mas não conseguiu convencer os membros da "barriga de aluguel '" movimento.
A administração teve que fazer um pedido especial do estado do Havaí para obter o certificado de forma longa lançado, assessor jurídico da Casa Branca, disse Bob Bauer. Normalmente, o Estado só libera o menor, a certificação de nascimento geradas por computador, quando as pessoas vivem solicitar a documentação.
advogado pessoal de Obama, Judith Corley, pegou as cópias autenticadas do documento de forma longa no Havaí e os trouxe de volta para a noite da terça-feira White House, Bauer observou.
Embora o presidente tenha tentado fazer a luz da controvérsia, a questão permaneceu carne vermelha político para alguns de seus críticos. Um recente da CNN / Opinion Research Corp mostrou que quase 75% dos americanos acreditam que Obama foi definitivamente ou provavelmente nascido nos Estados Unidos. Mais de quatro em cada 10 republicanos, no entanto, acreditam que ele provavelmente ou definitivamente não nasceu nos Estados Unidos.
Qual a sua opinião sobre a liberação de certidão de nascimento?
A Constituição dos EUA diz que apenas "natural" os cidadãos podem se tornar presidente - uma cláusula de vagas que os seguidores do movimento alegam birther desqualifica Obama à presidência, já que eles acreditam que ele nasceu no estrangeiro.
"O presidente acredita que o distração durante sua certidão de nascimento não foi bom para o país", Diretora de Comunicações da Casa Branca Dan Pfeiffer disse. "Pode ter sido uma boa política e bom (televisão), mas foi ruim para o povo americano e distraindo os muitos desafios que enfrentamos como um país.
"Em um momento de grande importância para este país - quando deveríamos estar a debater como podemos vencer o futuro, reduzir nosso déficit, lidar com altos preços da gasolina e trazer estabilidade ao Oriente Médio, Washington, DC, foi mais uma vez distraído por uma questão falsa ", disse Pfeiffer. "A esperança do presidente é que, com este passo, podemos passar para debater as questões mais importantes que importam ao povo americano e para o futuro do país."
Pfeiffer disse a repórteres que o debate birther tem sido politicamente prejudicial para o Partido Republicano. Não obstante, a questão continua potente nos círculos do Partido Republicano. Potencial candidato presidencial republicano Donald Trump apreendidos recentemente sobre o assunto, dizendo que tinha dúvidas sobre o fundo do presidente.
Trump está de "barriga de aluguel '", afirma
Após o lançamento da Casa Branca do certificado de forma longa, Trump disse a repórteres em New Hampshire que ele está "muito orgulhosa" de si mesmo para ajudar a conseguir a liberação do documento.
"Eu tenho feito algo que ninguém foi capaz de realizar", disse Trump. "Eu quero olhar (a certidão de nascimento), mas eu espero que seja verdade para que possamos começar sobre uma matéria muito mais importante."
Obama "deveria ter (lançado o certificado) um longo, longo tempo atrás", disse ele.
Trump, um magnata bilionário e estrela da televisão da realidade, culpou a mídia por diversas vezes trazendo o problema. Trump, no entanto, tem freqüentemente levantado dúvidas sobre local de nascimento de Obama durante sua escalada nas últimas pesquisas primárias do Partido Republicano.
Alegações de que Obama não nasceu nos Estados Unidos têm sido repetidamente desacreditado. Uma recente pesquisa da CNN não apresentou nenhuma evidência para apoiar as reivindicações birther.
"Esta tem sido uma questão resolvida", disse Michael Steel, uma porta-voz da presidente da Câmara, John Boehner, R-Ohio.
O presidente reconheceu quarta-feira que a liberação do certificado de forma longa não vai satisfazer um "segmento de pessoas para as quais, não importa o que colocar para fora, esta questão não será colocada para descansar."
"Mas eu estou falando para a grande maioria do povo americano, bem como para a imprensa", disse ele. "Nós temos coisas melhores a fazer."

http://edition.cnn.com/2011/POLITICS/04/...l?iref=NS1

A ressonância mórfica tende a reforçar qualquer padrão repetitivo, seja ele bom ou mau". " Nossas ações podem influenciar os outros e serem repetidas.

Gandhi: Não há deus maior que a verdade.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Conheça o emagrecedor que está dando o que falar neste verão!
27-04-2011, 03:18 PM (Resposta editada pela última vez em: 27-04-2011 03:26 PM por Vicki.)
Resposta: #5
RE: Barack Obama: O Homem Invisível
A biografia oculta dos Obama: Uma família ao serviço da CIA (I)
http://resistir.info/eua/madsen_20ago10_p.html
A biografia oculta dos Obama:
Uma família ao serviço da CIA (II)
http://resistir.info/eua/madsen_parte_2_p.html
esse cara não é presidente por caso ´foi ajudado na minha opinião pelos bilderberg .a hillary clinton é que iria para a presidencia mas os bilderbergs fizeram uma reunião bem antes da nomeação com os clinton avisando que teria escolhido obama .dizem que bill clinton ficou puto da vida com isso.
dizem também que em 2012 ela não será mais secretária de estado.
todos sabiam da sujeira desse obama .os pais dele foram informantes da cia.

Os clintom também saõ podres! quando governador de arkansas bill esteve envolvido com assassinatos, estrupos e trafico de drogas. hillary é outra !
tem uma biografia nos eua que falam sobre isso.
os clinton saõ os kennedy 2 a "volta" !
http://www.amazon.com/Manchurian-Preside...990&sr=1-3
livro que relata toda a verdade sobre o Obama em ingles .naõ publicado no brasil ainda.se comprar pelo site amazon o frete é 60 reais e pagar só com cartão de credito internacional.

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
28-04-2011, 12:21 PM
Resposta: #6
Exclamation RE: Barack Obama: O Homem Invisível
Ótimas informações Marcia!

[Imagem: obama_1983.jpg]

A biografia oculta dos Obama: Uma família ao serviço da CIA (I)


O jornalista investigativo Wayne Madsen descobriu arquivos da CIA que documentam as conexões da agência com instituições e indivíduos que figuram com proeminência nas vidas de Barack Obama e sua mãe, pai, avó e padrasto. A primeira parte da sua reportagem destaca as conexões entre Barack Obama Senior e as operações patrocinadas pela CIA no Quênia para combater a ascensão da influência soviética e chinesa nos círculos estudantis, criando ao mesmo tempo condições que impedissem o surgimento de líderes africanos independentes.

O próprio trabalho do presidente Obama em 1983 para a Business International Corporation, uma fachada da CIA que promovia seminários com os mais poderosos líderes do mundo e usava jornalistas como agentes de influência [NT] no exterior, encaixa-se perfeitamente com as atividades de espionagem para a CIA realizadas por sua mãe, Stanley Ann Dunham, na década de 60, após o golpe na Indonésia, por conta de um certo número de operações de fachada da CIA, incluindo o Centro Leste-Oeste na Universidade do Havaí, a USAID (US Agency for International Development). Dunham conheceu e se casou com Lolo Soetoro, padrasto de Obama, no Centro Leste-Oeste em 1965. Soetoro foi chamado à indonésia em 1965 para atuar como oficial sênior do exército e assistir o general Suharto e a CIA na sangrenta derrubada do presidente Sukarno.

Barack Obama Senior, que conheceu Dunham em 1959 numa aula de russo na Universidade do Havaí, foi parte do que se descreveu como uma ponte aérea de 280 estudantes da África Oriental para os EUA para estudar em vários colégios – simplesmente "ajudados" por uma subvenção da Fundação Joseph P. Kennedy, de acordo com um relato da Reuters, feito de Londres em 12 de setembro de 1960. A ponte aérea foi uma operação da CIA para treinar e doutrinar futuros agentes de influência na África, que se estava tornando um campo de batalha entre os EUA e a União Soviética e a China pela influência entre os países recém independentes ou na iminência de se declararem independentes no continente.

A ponte aérea foi condenada pelo vice-líder do partido de oposição KADU (Kenyan African Democratic Union – União Democrática Afro-queniana) por ter favorecido certas tribos – a maioria Kikuyu e a minoria Luo – contra outras tribos, para favorecer a KANU (Kenyan African National Union - União Nacional Afro-queniana), cujo líder era Tom Mboya, o líder queniano nacionalista e trabalhista que escolheu Obama Senior para uma bolsa de estudos na Universidade do Havaí. Obama Senior, que já estava casado, com um filho pequeno e uma esposa grávida no Quênia, casou-se com Dunham no Mauí em 2 de fevereiro de 1961, e foi também o primeiro estudante africano da universidade. Dunham estava no terceiro mês de gravidez de Barack Obama Junior quando se casou com Obama Senior.

O vice-líder no KADU, Masinda Muliro, de acordo com a Reuters, disse que o KADU enviaria uma delegação aos Estados Unidos para investigar estudantes quenianos que receberam "doações" dos americanos de "assegurar-se de que futuras doações a estudantes quenianos sejam administradas por pessoas genuinamente interessadas no desenvolvimento do Quênia".

. Mboya recebeu da Kennedy Foundation uma doação de US$100 mil, após ter recusado a mesma oferta do Departamento de Estado dos EUA, obviamente preocupado com o fato de que assistência norte-americana direta pareceria suspeita aos políticos quenianos pró-comunistas que suspeitavam que Mboya tivesse laços com a CIA. O projeto Ponte Aérea da África foi subscrito pela Kennedy Foundation e pela African-American Students Foundation. Obama Senior não estava na primeira turma mas numa turma seguinte. A ponte aérea, organizada por Mboya em 1959, incluía estudantes do Quênia, Uganda, Tanganica, Zanzibar, Rodésia do Norte, Rodésia do Sul e Niassalândia.

A Reuters relatou ainda que Muliro denunciou estarem os africanos "perturbados e amargurados" com a viagem dos estudantes selecionados. Muliro afirmou que "foi dada preferência a duas tribos principais [Kikuyu and Luo] e muitos dos estudantes inscritos pelos EUA haviam falhado nos exames preliminares e comuns de admissão, enquanto alguns dos preteridos tinham certificados de primeira classe".

[Imagem: tom_mboya.jpg]
Obama Senior era amigo de Mboya e também um Luo. Depois de Mboya ter sido assassinado em 1969, Obama Senior testemunhou no julgamento de seu suposto assassino. Obama Senior declarou que foi ameaçado de morte depois de seu testemunho.

[Imagem: no_hawai.jpg]

Obama Sênior, que trocou o Havaí por Harvard em 1962, divorciou-se de Dunham in 1964. Obama Senior casou-se com uma colega de Harvard, Ruth Niedesand, uma judia americana, que se mudou com ele para o Quênia e teve dois filhos. Eles mais tarde se divorciaram. Obama Senior trabalhou para os ministérios quenianos das Finanças e dos Transportes, assim como para uma empresa de petróleo. Obama Senior morreu num acidente de carro em 1982, e seu funeral foi acompanhado pelos principais políticos quenianos, incluindo o futuro ministro do Exterior Robert Ouko, assassinado em 1990.


Os arquivos da CIA mostram que Mboya foi um importante agente de influência para a CIA, não somente no Quênia mas em toda a África. Um antigo Sumário Secreto Semanal de Inteligência Atual da CIA (Secret CIA Current Intelligence Weekly Summary) datado de 19 de novembro de 1959, afirma que Mboya atuou na detecção de extremistas na segunda Conferência Popular Pan-africana (All-African People's Conference - AAPC) em Tunes. O relatório afirma que "sérios atritos se desenvolveram entre o primeiro-ministro de Gana Kwame Nkrumah e o nacionalista queniano Tom Mboya, que cooperou efetivamente no último dezembro para detectar extremistas na primeira reunião da AAPC em Acra. O termo "cooperou efetivamente" parece indicar que Mboya estava cooperando com a CIA, que elaborou o relatório de operações locais em Acra e Tunes. Enquanto estava "cooperando" com a CIA em Acra e Tunes, Mboya escolheu o pai do presidente dos EUA para receber uma bolsa de estudos e ser levado para a Universidade do Havaí, onde conheceu e se casou com a mãe do presidente Obama.

Um CIA Current Intelligence Weekly Summary anterior, secreto e datado de 3 de abril de 1958, afirma que Mboya "ainda parece ser o mais promissor dos líderes africanos". Outro sumário semanal da CIA, secreto e datado de 18 de dezembro de 1958, intitula Mboya de nacionalista queniano e "um jovem dirigente capaz e dinâmico" do partido da Convenção Popular, que era visto como oponente dos "extremistas" como Nkrumah, apoiado por "representantes sino-soviéticos".

Num antigo relatório secreto da CIA sobre a Conferência Popular Pan-africana de 1961, datado de 1o de novembro de 1961, o conservadorismo de Mboya, juntamente com o de Taleb Slim na Tunísia, são contrastados com as políticas esquerdistas de Nkrumah e outros. Pró-comunistas que foram eleitos para o comitê diretor da AAPC na conferência de Cairo de março de 1961, com a presença de Mboya, são identificados no relatório como Abdoulaye Diallo, secretário-geral da conferência, do Senegal; Ahmed Bourmendjel, da Argélia; Mario de Andrade, de Angola; Ntau Mokhele, da Batusolândia; Kingue Abel, dos Camarões; Antoine Kiwewa, do Congo (Leopoldville); Kojo Botsio, de Gana; Ismail Toure, da Guiné; T. O. Dosomu Johnson, da Libéria; Modibo Diallo, do Mali; Mahjoub Ben Seddik, do Marrocos; Djibo Bakari, da Nigéria; Tunji Otegbeya, da Nigéria; Kanyama Chiume, da Niasalândia; Ali Abdullahi, da Somália; Tennyson Makiwane,da África do Sul, e Mohamed Fouad Galal, da República Árabe Unida.

Os únicos participantes no Cairo a quem foram dados atestados de saúde pela CIA foram Mboya, que parece ter sido informante da agência, e Joshua Nkomo, da Rodésia do Sul, B. Munanka, de Tanganica, Abdel Magid Shaker, da Tunísia, e John Kakonge, de Uganda.

Nkrumah acabou sendo derrubado em 1966 num golpe apoiado pela CIA, enquanto estava em visita de estado à China e ao Vietnã do Norte. A derrubada de Nkrumah pela CIA foi seguida em um ano pela derrubada de Sukarno, em outro golpe que foi associado à família do presidente Obama pelo lado materno. Há suspeitas de que Mboya foi assassinado em 1969 por agentes chineses trabalhando com facções anti-Mboya no governo do presidente Jomo Kenyatta, a fim de eliminar um importante líder político pró-EUA na África. Com a morte de Mboya, todas as embaixadas em Nairobi arriaram suas bandeiras a meio mastro, com exceção da embaixada da República Popular da China.

. A influência de Mboya no governo de Kenyatta estendeu-se até muito depois sua morte, e enquanto Obama Senior estivesse vivo. Em 1975, após o assassinato do político da KANU Josiah Kariuki, um socialista que ajudou a criar a KANU, junto com Mboya e Obama Senior, Kenyatta demitiu três ministros rebeldes do gabinete, "todos com laços pessoais tanto com Kariuki como com Tom Mboya". Esta informação encontra-se nas Notas da Equipe da CIA sobre o Oriente Médio, África e Sul da Ásia, Top Secret Umbra, Handle via COMINT Channels, datado de 24 de junho de 1975. A inteligência no relatório, baseada em sua classificação, indica que a informação foi obtida nas interceptações da Agência de Segurança Nacional (NSA – National Security Agency) no Quênia. Ninguém foi jamais acusado do assassinato de Kariuki.

As interceptações dos associados de Mboya e Kariuki são uma indicação de que a NSA e a CIA também interceptaram Barack Obama Senior, que, como não-americano, teria sido legalmente sujeito, à época, a interceptações executadas pela NSA e pelo Britain's Government Communications Headquarters (GCHQ).
(continua)

(NT) Agent of influence: Expressão que designa pessoas cujas ações políticas são orientadas por uma potência estrangeira para seus próprios objetivos.

# Ver também artigo que trata da intromissão de Barack Obama nos assuntos internos do Quênia: Behind the 2009 Nobel Peace Prize (Por trás do Prêmio Nobel da Paz de 2009), por Thierry Meyssan, Voltaire Network, 19/outubro/2009.

[*] Jornalista investigativo, escritor e colunista sindicado. Suas colunas apareceram em numerosos jornais e diários. Madsen contribui regularmente para Russia Today. Autor de The Handbook of Personal Data Protection ; Genocide and Covert Operations in Africa 1993-1999 ; Jaded Tasks: Brass Plates, Black Ops & Big Oil-the Blood Politics of George Bush & Co. ; co-autor de America's Nightmare: The Presidency of George Bush II .

"Em tempos de enganosidade universal, dizer a verdade é um ato de restauração"

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Sann pelo seu post:
izziboy (10-10-2013)
28-04-2011, 02:40 PM
Resposta: #7
RE: Barack Obama: O Homem Invisível
(27-04-2011 01:18 PM)afguima Escreveu:  O Obama faz parte da brincadeira. Ele está lá para ser o novo faraó, imperador, rei ou führer que irá perseguir aqueles que sempre se fizeram de perseguidos e pobres coitados durante as fugas dos impérios dominantes em suas respectivas épocas. Assim sairão de lá com todo o dinheiro a que acham que têm direito, se fazendo de perseguidos. É por isto que a própria grande mídia segura a onda, afinal, de quem é esta mídia? E de quem são os bancos. Em breve o faraó-negro, com um belo hussein no meio do nome, começará a perseguir, da forma combinada, os coitadinhos. E ainda vão falar que morreram milhões...

Ah, preparem alguns lugares, boa parte dos 5.8 milhões de pobres coitados e perseguidos vão aparecer por aqui em breve.

Ele nunca será um Fuhrer, digno desse título só houve um...
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Manteiga Ghee pelo menor preço é na loja Tudo Saudável
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
Exclamation Barack Obama: "O Ditador Globalista Carismático?" Sann 30 36,116 16-02-2016 04:28 PM
Última Resposta: Álvaro
Exclamation Obama anuncia nesta quarta-feira detalhes da retirada militar do Afeganistão Sann 13 8,763 24-03-2015 06:33 PM
Última Resposta: John Dickinson
  [EUA] Congresso planeja Impeachment de Obama Nebuladex 11 11,729 09-06-2014 01:33 PM
Última Resposta: John Dickinson
  Discurso de Obama para o Oriente Médio Noblind 15 12,465 03-09-2011 11:15 PM
Última Resposta: Noblind
  Fracassa negociação entre Obama e Republicanos sobre dívida- 22 de julho de 2011 | 19 GU4RD1ÃO 4 4,112 23-07-2011 12:16 PM
Última Resposta: Hunter88

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 147 usuários online.
» 4 Membros | 143 Visitantes
marcosarierom, rmuller, Roseta Azul

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,504
» Último Membro: gmiczugun
» Tópicos do Fórum: 25,166
» Respostas do Fórum: 268,964

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Nosso mundo é uma prisão conceitual e só vemos relances da realidade, diz cientista
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 05:46 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 439
União Europeia quer destruir Internet Livre
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 05:30 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 230
Segredo do Universo pode estar em outro Universo
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 05:29 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 10
A Origem da Vida
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 05:04 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 365
A Mafia e o Vaticano
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 04:49 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 16
OS MISTERIOSOS MONÓLITOS DE ASUKA NARA
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 04:29 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 25
Nibiru, Elenin, - Transformações da Terra - o que ninguém te conta
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 03:57 PM
» Respostas: 1256
» Visualizações: 548335
Ollantaytambo - Super Construção Anterior aos Incas
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 03:44 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 23
PHAETON, O PLANETA DESAPARECIDO
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 03:33 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 26
A NOM Está Devorando a Liberdade no Brasil!
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Hoje 03:31 PM
» Respostas: 21
» Visualizações: 3747
O Estatuto dos Animais e Sua Liberdade.
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Hoje 03:23 PM
» Respostas: 27
» Visualizações: 2310
Radiação nas paredes de Teotihuacán
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 03:17 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 27
Um Exército precisa ter história...e glória.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 03:05 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 24
Criamos seres vivos de silício
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 03:04 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 38
Chavin de Huántar: uma réplica do Templo de Salomão na América do Sul?
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 02:42 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 39
Evolucionismo, o Conto de Fadas de Darwin
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 02:35 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 271
A Pedra Misteriosa de Winnipesaukee
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 02:18 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 277
Ovo de avestruz de 7.000 anos tem representado as 3 grandes pirâmides
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 02:15 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 329
Terra preta da Amazônia - Prova de Terraformação
Última Resposta Por: Thucks
Hoje 02:08 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 376
"STARGATE" Portal Dimensional Será Aberto em 11.11.11?
Última Resposta Por: Elenin20182024
Hoje 12:35 PM
» Respostas: 147
» Visualizações: 96398
[URGENTE]Lançado projeto prático de Computador Quântico de grandes proporções
Última Resposta Por: Elenin20182024
Hoje 12:34 PM
» Respostas: 18
» Visualizações: 2534
Setembro de 2015: CERN, Eclipse, Alinhamentos - O que isso tudo tem a ver?
Última Resposta Por: Elenin20182024
Hoje 12:33 PM
» Respostas: 697
» Visualizações: 133238
O inferno africano
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 10:28 AM
» Respostas: 5
» Visualizações: 377
Judaísmo, Selo de Salomão e a Serpente
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 09:56 AM
» Respostas: 30
» Visualizações: 2088
A ilusão da consciência...
Última Resposta Por: Unk
Ontem 11:51 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 2661
Talvez a mais nobre das Filosofias
Última Resposta Por: Bogoton
Ontem 08:30 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 1200
O que estou a ler.
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
Ontem 07:42 PM
» Respostas: 56
» Visualizações: 11230
Através da Rússia, nigeriano entra na Finlândia c/passaporte brasileiro falso.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 04:23 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 146
O show da Nova Ordem Mundial
Última Resposta Por: ULTRON
Ontem 03:27 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 1227
Monarquia no Brasil: um sonho que não parece tão distante.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 02:15 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 376

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial