O Melhor em Suplementos Esportivos Você encontra na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 4 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Câmara aprova Marco Civil da Internet
26-03-2014, 05:08 PM
Resposta: #11
RE: Câmara aprova Marco Civil da Internet
O mundo está louco Sad quem disse que esse projeto é beneficos a todos estão criando factoides na midia o grande problema é dizem algo que não sabemos aprovam algo como esse monstro Sad para manipular do jeitinho que eles querem muito ruim mesmo apenas regularizam o já existia qual vai ser o próximo passo ter um controle absoluto em que vamos ler nas noticias com toda certeza já fazem isso antes apenas regularizaram e depois vão fazer o que mais controlar contéudos de documentário, filmes, músicas, entre outras coisas o que me dá tristeza que agenda dos malditos está sendo realizada agonizante.

Impossivel é passar a vida acreditando que a nossa realidade é apenas uma fantasia acreditamos que em outra dimensão somos livres o universo está além da nossa compreensão apenas um dia saberemos sobre isso quando não mais existirmos no mundo real!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Droid Z pelo seu post:
edintellectus (26-03-2014), John Dickinson (13-09-2015), Raul Marcel (26-03-2014)
Compre amendoim e derivados pelo menor preço aqui - Loja Tudo Saudável
26-03-2014, 06:11 PM
Resposta: #12
RE: Câmara aprova Marco Civil da Internet
Ainda não tenho uma opinião formada sobre o assunto. Não li o texto do PL na íntegra e além disso não tive tempo de avaliar todas as informações e entender melhor.

Por outro lado, encontrei um artigo que mostra outro ponto de vista que vale a pena ser discutido:



Citar:Internet: rede da cidadania ou das corporações capitalistas?

Fonte: http://outraspalavras.net/outrasmidias/d...pitalistas

Um espectro ronda a Internet: seu domínio pelas grandes corporações capitalistas provedoras de infraestrutura, os cabos para transmissão de dados, começando pela indústria que opera as telecomunicações. Trata-se de um problema internacional e também brasileiro. Ele demarca a tentativa de mudar o modelo de Internet aberta, até aqui existente, para um modelo fechado, que propicie uma captura extraordinária do ciberespaço pelo grande capital.

Está para ser votado, na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei nº 2.126/2011, que trata do Marco Civil da Internet. Esse projeto vai estabelecer a política regulatória do tráfego na rede, ou seja, a regulamentação dos fluxos de conteúdo de informação da Internet. Alguns têm chamado o Marco Civil de “Constituição da Internet”.

O projeto originou-se no Poder Executivo e seu substitutivo foi relatado pelo deputado federal Alessandro Mollon (PT-RJ), que enfrentou, embora com coragem, poderosas pressões de grupos empresariais. O projeto inicial foi considerado avançado, mas seu substitutivo sofreu algumas alterações importantes, entre elas a de que a neutralidade da rede será regulamentada por decreto presidencial, após a aprovação da nova lei.

Para entender o que está tem jogo, pensemos na distinção entre TV aberta e TV a cabo (fechada). Quem tem somente energia elétrica e aparelho de TV usufrui apenas da TV aberta, ao passo que só possui TV a cabo quem paga por esse serviço às grandes empresas provedoras. Os contratos dos serviços de TV a cabo podem ser de vários tipos, com mais ou menos canais, conforme o pacote adquirido. Fazendo uma analogia, a Internet, hoje, em alguma medida, tem o formato de TV Aberta, bastando que o usuário contrate um provedor. O preço do serviço varia conforme a maior ou menor velocidade de conexão contratada, porém, ao navegar, o usuário acessa livremente os conteúdos. No contexto atual, ainda vigora o princípio da neutralidade da rede, segundo o qual “os provedores de serviços de Internet e governos devem tratar todos os dados na Internet do mesmo modo, não discriminando ou cobrando diferencialmente por usuário, conteúdo, site, plataforma, aplicativo, tipo de equipamento conectado e modos de comunicação”. Em outras palavras, todo o tráfego de Internet deve ser tratado igualmente.

Mas, não havendo mais a neutralidade da rede, as operadoras de Telecom poderão controlar os fluxos de conteúdo e cobrar dos usuários conforme os serviços acessados, delimitando os sites e redes sociais em que se terá ou não o direito de navegar, os downloads de textos, áudio e vídeo que poderão ou não ser feitos, as taxas extras por usos não contratados etc. As corporações exercem um poderoso lobby nesse sentido, apoiando-se em seu controle estratégico da infraestrutura de cabos de transmissão. Como esclarece o sociólogo e especialista Sergio Amadeu da Silveira, as operadoras de telecomunicação estão fazendo um poderoso lobby para que o sistema de pedágios seja introduzido na Internet. Controlando a infraestrutura em um ambiente regulatório de não neutralidade da rede, elas poderão filtrar e distribuir os fluxos de conteúdo conforme seus interesses comerciais. No caso do acesso a vídeos, por exemplo, a mudança desejada pelas Telecom provavelmente criará a esdrúxula figura dos sem-vídeo, ou seja, os pobres.

O governo federal não pretende acabar com a neutralidade da rede, mas, devido ao lobby das Telecom, o substitutivo prevê que casos específicos em que a neutralidade esteja em questão serão regulamentados por decreto presidencial. Isso tem gerado um justificado receio de que a responsabilidade técnica pela definição da neutralidade ou não da rede caia nas mãos da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), agência reguladora que, teme-se, possa ser capturada pelos regulados. Nos EUA, há um movimento denominado “salve a Internet”, em defesa da neutralidade, que lá foi provisoriamente quebrada por decisão do Tribunal de Apelação de Washington, tomada em janeiro desse ano. Por outro lado, a Holanda e o Parlamento Europeu aprovaram decisões em defesa da neutralidade da Internet.

Outra possibilidade de privatização, incorporada ao substitutivo por lobby empresarial, relaciona-se às medidas de proteção à indústria do direito autoral. Foi incluído um dispositivo que abre espaço para a retirada de conteúdo da Internet sem necessidade de autorização judicial, sempre que o conteúdo seja visto como violador de direitos autorais. Por exemplo, essa medida, se aprovada, vai tornar criminosos dezenas de milhões de brasileiros que baixam músicas.

Enfim, cabe à sociedade civil acompanhar essa votação que definirá o futuro da rede mundial de computadores no Brasil. É uma decisão que tem implicações econômicas, políticas e culturais, pois se trata, por um lado, de manter uma Internet criativa e interativa, pluralista, com desigualdades de baixo teor cumulativo ou, por outro, da Internet tornar-se elitista, alavancando desigualdades cumulativas entre os cidadãos e servindo às grandes corporações proprietárias de sua infraestrutura.

"Quando é preciso escolher entre a economia e a democracia,
nosso dever é salvar a economia."

Henry Kissinger

Se os esquerdistas tem aversão a meritocracia, quem faz dela algo exemplar?

Guinaldo
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Lord Ravenous pelo seu post:
Droid Z (27-03-2014), John Dickinson (13-09-2015), probra (28-03-2014), Raul Marcel (26-03-2014)
26-03-2014, 06:28 PM (Resposta editada pela última vez em: 26-03-2014 09:57 PM por Tony Stark.)
Resposta: #13
RE: Câmara aprova Marco Civil da Internet
Esse texto que o Lord Ravenous trouxe é uma piada. Se esquece o cara do texto que os preços são definidos pelo cliente, se uma empresa não dá um serviço que eu quero eu procuro outra. Eu agradeço essas corporações que pelo menos garante minha internet rápida.

O PT quer mesmo é monopolizar a internet.

Falo que nem Bolsonaro : Prefiro Obama me espionando do que deixar a internet nas mãos de uma quadrilha.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 6 usuários diz(em) obrigado a Tony Stark pelo seu post:
Droid Z (27-03-2014), Jah Soldier (01-04-2014), jjmac (27-03-2014), Raul Marcel (26-03-2014), VentoCalmo (26-03-2014), zuitaman (05-04-2014)
26-03-2014, 08:47 PM
Resposta: #14
RE: Câmara aprova Marco Civil da Internet
Bem achei esse video bem explicativo sobre o tema, fala sobre neutralidade e o controle de fluxo da informação. vejam como ficara a nossa tao querida internet daqui pra frente com esse tal de Marco Civil da Internet

O vídeo é antigo ele fala de tentar mudar, porem já era infelizmente ja foi aprovado no congresso. bye internet T_T

Marco Civil da Internet - Que bicho é essa tal de Neutralidade



Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a lizardman pelo seu post:
Droid Z (27-03-2014), John Dickinson (13-09-2015), Raul Marcel (26-03-2014)
Óleo de Copaíba é na Tudo Saudável
26-03-2014, 09:37 PM
Resposta: #15
RE: Câmara aprova Marco Civil da Internet
O fim a total liberdade na Internet chegou

O fim chegou! Marco Civil da Internet é APROVADO na Câmara

[Imagem: apoiadoresmarcocivilinterne.jpg]

Após meses de intensas negociações, a Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (25), por votação simbólica, a criação do Marco Civil da Internet, projeto considerado uma espécie de constituição da rede mundial de computadores.

Após concessões do governo em pontos antes considerados "cruciais" pelo Planalto, partidos aliados e da oposição retiraram todas as 12 propostas de alteração ao texto que haviam sido apresentadas em plenário.

Até o PMDB, maior crítico ao relatório do deputado Alessandro Molon (PT-RJ), cedeu e se absteve de defender quaisquer modificações na redação.

A proposta, que estabelece direitos e deveres de usuários e provedores de rede, seguirá agora para análise no Senado antes de ir à sanção presidencial.

Considerado "prioridade" pelo governo, o Marco Civil da Internet impedia a deliberação de outros projetos de lei no plenário desde outubro do ano passado, já que tramitava em regime de urgência.

Via: G1

[Imagem: 10154064_664911620223515_1066146012_n.jpg]
Os bandidos-comunas do PSOL rindo a toa, comemorando a aprovação do Marco Civil...


FONTE:http://www.libertar.in/2014/03/o-fim-che...z2x4ku3cAk
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a John Dickinson pelo seu post:
jjmac (28-03-2014), Raul Marcel (26-03-2014)
26-03-2014, 09:54 PM
Resposta: #16
RE: Câmara aprova Marco Civil da Internet
Marco Civil: impotência jurídica

Enquanto muitos se preocupam em debater apenas as consequências das decisões do governo e das regulamentações estatais, quase todos se esquecem — inclusive os que lutam por mais liberdades civis e econômicas — que tais medidas são, antes de tudo, essencialmente imorais e antiéticas. Não importa o quanto um senhor de engenho trate bem um escravo; ser um escravo, por si só, é algo errado. Ruim não são os resultados do poder; ruim é ter poder.


[Imagem: marcocivil2.png]



Como o grande jornalista Paulo Eduardo Martins salientou em sua breve crítica ao Projeto de Lei nº 2.126 de 2011 — que acaba de ser eleito e aprovado por ampla maioria pela Câmara dos Deputados —, é possível que alguns daqueles que o defendem possuam boas intenções. Mas será que isso garante que os resultados serão benéficos para o cidadão brasileiro? Mais ainda: garante que fazer um controle "do bem" é justo? Muito improvável.

O acesso à justiça é um direito fundamental, "garantido" pela constituição e defendido pela totalidade dos juristas do país, embora na prática seja diferente. Boa parte dos cidadãos brasileiros não sabe quais são seus direitos, não sabe como reivindicá-los e não possui dinheiro para contratar advogados. A solução apresentada pelo estado é a assessoria jurídica pública, que fica praticamente impossibilitada de atender a gigante demanda.

Os cidadãos que não possuem voz perante a força estatal da justiça brasileira ganham poder na internet. Exemplo disso é que os consumidores que usam o Twitter para reclamar obtêm uma resposta até 8,4 mil vezes mais rápida do que se procurassem ajuda pelo Procon.

Ou seja: o estado admite a insuficiência do consumidor, "declara seus direitos", afirma que estes dependem de força estatal para serem garantidos, e acaba fracassando miseravelmente na simples tarefa de impingir tudo isso. E quem realmente socorre o consumidor? A inovação e a ordem espontânea da internet. Trata-se de uma anarquia que, longe de ser o caos, é na verdade um exemplo de eficiência voluntária.

Para sair do óbvio, não irei afirmar que a implantação do Marco Civil com o objetivo de defender os consumidores ou aqueles que são mais "frágeis" irá fazer justamente o oposto. Tampouco irei dizer que os países que adotaram qualquer tipo de controle da internet são aqueles mais ditatoriais e menos livres. Irei afirmar, isso sim, que o Marco Civil não pode ser aceitável, que ele não defende os consumidores e que não traz nenhum bem.

A internet é o exemplo perfeito de que nem tudo que é público é necessariamente estatal ou "gratuito" — afinal, qualquer um pode acessá-la, com custos relativamente baixos. E os custos só não são ainda mais baixos devido ao oligopólio das grandes empresas de telecomunicação garantido pela limitação de novas empresas no mercado graças à ANATEL. A ANATEL, como toda agência reguladora, fechou o setor à concorrência estrangeira e criou uma genuína reserva de mercado, de modo que as empresas não estão submetidas a nenhum tipo de livre concorrência. Sem concorrência, o consumidor fica com poucas opções, os oligopolistas cobram caro e oferecem um serviço de má qualidade. Isso é economia pura.

Poder estatal, patrocínio privado, prejuízo público.

A influência dos usuários da rede em relação aos demais pouco depende de algum poder financeiro, mas sim da qualidade do conteúdo. Não é à toa que sites financiados com dinheiro público não obtêm a mesma popularidade que blogs sem fins lucrativos ou meros vlogs no YouTube.

O cidadão brasileiro possui na internet liberdade intelectual e financeira, pode se expressar como bem quiser e não depende de dinheiro para obter poder de influência ou atingir seus objetivos. Diferentemente do que acontece no direito, onde o cidadão comum deve se adaptar às idéias estagnadas e quase nunca consegue garantir seus direitos se não tiver dinheiro, o cidadão juridicamente impotente busca na internet — a qual possui infinitas possibilidades, todas privadas — uma maneira de se informar e se tornar menos vulnerável.

Você realmente quer que alguém decida o que você pode ou não ver no Google? Várias empresas controlando sozinhas a internet já seria um cenário terrível; agora, imagine um só governo controlando tudo?

O governo já detém o poder de concessão de todas as emissoras de TV aberta e de rádio. Ele impõe garantias de conteúdo que priorizem o "interesse social" da população. Tudo isso está expresso na Constituição Federal de 1988. A Carta Magna Brasileira determina:

Art. 221. A produção e a programação das emissoras de rádio e televisão atenderão aos seguintes princípios:

I — preferência a finalidades educativas, artísticas, culturais e informativas;

II — promoção da cultura nacional e regional e estímulo à produção independente que objetive sua divulgação;

III — regionalização da produção cultural, artística e jornalística, conforme percentuais estabelecidos em lei;

IV — respeito aos valores éticos e sociais da pessoa e da família.

Não são necessários nem 5 minutos assistindo à TV ou ouvindo o rádio para perceber que o poder estatal e suas regulamentações não são capazes de respeitar nem o conjunto de normas mais importantes do país, nem quando são criadas com a justificativa de que será em prol da população.

E se a Constituição Federal perde força diante dos interesses das empresas lobistas e dos demais agentes político-administrativos do estado, uma lei ordinária como o Marco Civil será somente uma via expressa para facilitar o controle do melhor, mais livre e mais imparcial meio de comunicação existente.

Regulação, um mal per se

O artigo 9º do projeto de lei trata da polêmica "neutralidade da rede". Porém, se você ler com atenção os detalhes desse texto normativo, poderá concluir o seguinte: ao determinar o dever de tratamento isonômico das empresas de transmissão, comutação e roteamento (com base em pacotes de dados, conteúdo, origem e destino, serviço, terminal ou aplicação), o regulador está necessariamente afirmando ser possível um órgão estatal obter todo o conhecimento disponível acerca desses termos — os quais envolvem um grande grau de conhecimento técnico — para julgar, utilizando um grande número de burocratas e dinheiro público, o que seria de fato esse tratamento isonômico (sem levar em consideração as distinções entre isonomia material e formal).

Além de afirmar que é capaz de julgar o que é e o que não é isonômico, o regulador garante o monopólio desse julgamento! Somente a sua regulação e o seu discernimento são capazes de afirmar qual serviço é isonômico!

Pior e ainda mais preocupante: o regulador declara expressamente que apenas a isonomia é justa! Isso simplesmente impede que um consumidor contrate um serviço que ele saiba não ser isonômico, mas que ache justo.

A situação é semelhante àquela em que a ANVISA proíbe a venda de suplementos. Em um caso, o estado diz ter a capacidade técnica para julgar o que é e o que não é saudável, e não permite que o cidadão consuma aquilo que quer e considere justo, mesmo quando este sabe que não está consumindo algo saudável. No outro caso, o estado declara ter a capacidade técnica total para julgar o que é e o que não é isonômico, e não permite que o cidadão consuma o que quer e considere justo, mesmo este sabendo não obter um serviço isonômico.

O § 1º do art. 9º concede poder de regulamentação da internet para os Decretos, e o § 3º do mesmo artigo afirma que "é vedado bloquear, monitorar, filtrar ou analisar o conteúdo dos pacotes de dados". Parece até piada, uma vez que essa regra se aplicaria apenas aos prestadores de serviços, dado que o governo brasileiro não perderá a oportunidade de bloquear, monitorar, filtrar e analisar todo o conteúdo disponível para determinar o que seria mais "isonômico".

O § 2º utiliza uma série de termos subjetivos como "indispensável", "agir com proporcionalidade", "abster-se de praticar condutas anticoncorrenciais" para aumentar o alcance do seu poder, flexibilizar as normas quando necessário para o "interesse público" e abrir possibilidades para a promulgação de mais algumas centenas de leis, decretos, regulamentos e contendas judiciais.

Esses tipos de medidas para defender a "neutralidade" ferem totalmente o princípio da liberdade contratual, o qual determina o direito do cidadão, desde que de forma consensual e com um objeto lícito, de escolher seu co-contratante e estabelecer livremente o conteúdo do contrato.

Nesse sentido, seria proibido contratar serviços de internet com limitações ou adaptações que foram criadas justamente a pedido do cliente. Por exemplo: um escritório de advocacia não poderia contratar um serviço que limitasse o acesso a redes sociais e privilegiasse o acesso a pesquisas e ao download de arquivos; uma casa de jogos não seria capaz de contratar uma operadora que disponibilizasse apenas pacotes de dados para jogos on-line, com grande eficiência; um cliente que pouco se interessa em navegar em sites não poderia contratar uma empresa para prestar o serviço com dados exclusivos para Netflix, com muito mais rapidez e qualidade.

Apenas o isonômico seria permitido, e isonomia não é justiça.

Um caso concreto de não-isonomia, e que foi ajustado de acordo com as preferências dos clientes, sem intervenção estatal, foi o acordo judicial feito por Netflix e Comcast.

Esse vídeo é um pequeno e didático resumo que reflete o analisado no texto:






O economista Daniel Marchi em seu texto publicado aqui no site do IMB afirma:

Em qualquer arranjo, o aparato estatal, na condição atual de supremo mediador dos conflitos, na prática assumiria o controle dos negócios, inclusive da circulação do conteúdo. Pior: impedida a livre celebração de contratos, o sistema de preços e os incentivos não trariam as informações necessárias para o bom funcionamento daquele que provavelmente é o mais complexo arranjo já produzido pela ação humana: a Internet.

O mais assustador é ver grandes empreendedores, que conquistaram clientes e enriqueceram com a internet livre, defendendo a necessidade de um poder central para controlar esse meio de comunicação. Pelo visto, quem já conquistou seu espaço não faz questão que os demais, menos privilegiados, ganhem influência ou dinheiro na rede.

Por fim, recomendo que todos tomem conhecimento das críticas técnicas e utilitaristas em relação ao Marco Civil e dos malefícios que este pode causar, pois, do ponto de vista moral e jurídico, o Projeto de Lei é imoral e inconstitucional, está em conflito com os princípios do direito contratual, com as normas de direito privado e com o direito da população.

Com a aprovação do projeto, o cidadão pobre sem instrução ou conhecimentos sobre seus direitos, ficará possivelmente sem liberdade na internet e, consequentemente, mais impotente juridicamente.

Resta-nos apenas a pressão popular — que já tem pouca força perante a burocracia e os interesses daqueles que possuem poder direto no sistema legislativo — para impedir que o Senado leve em diante esse projeto tão ineficaz e injusto.

Fonte

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 6 usuários diz(em) obrigado a Tony Stark pelo seu post:
Droid Z (27-03-2014), Jah Soldier (01-04-2014), jjmac (27-03-2014), lizardman (27-03-2014), Mgll (28-03-2014), Raul Marcel (26-03-2014)
27-03-2014, 08:55 PM
Resposta: #17
RE: Câmara aprova Marco Civil da Internet
Como dizia Bolsonaro

''eu prefiro q o Obama leia meus e-mails do q uma patota indicada pelo PT o o faça ... tá na cara q tem jabuti nessa árvore''



Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a lizardman pelo seu post:
Jah Soldier (01-04-2014), jjmac (28-03-2014), John Dickinson (13-09-2015), Raul Marcel (27-03-2014)
Produtos de Higiene naturais você encontra na Tudo Saudável
27-03-2014, 09:16 PM
Resposta: #18
RE: Câmara aprova Marco Civil da Internet
Acabei de achar esse video tbm explicativo no qual ele fala mais detalhes das desvantagens. e acho q isso deve ser divulgado enquanto é tempo, para as pessoas saberem q estão sendo manipulados. informação nunca é demais, então ta aí

Links do blog

http://www.canaldootario.com.br/blog/ai-...-internet/

O texto do artigo do Marco Civil integral em PDF

http://imguol.com/blogs/52/files/2014/03...co2014.pdf

Videos:







Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a lizardman pelo seu post:
Electron32 (24-04-2014), Raul Marcel (27-03-2014)
28-03-2014, 12:49 PM (Resposta editada pela última vez em: 28-03-2014 02:20 PM por lizardman.)
Resposta: #19
RE: Câmara aprova Marco Civil da Internet
Bem pessoal, já q a cagada já foi feita mesmo e a nossa interet esta confinada a ditadura, pesquisei alguns meios de como fugir da censura. com base na internet da China pesquisei alguns materiais de como ''burlar'' o bloqueio, estao tá aí o link em PDF. Depois posto alguns programas.
Quem souber de outros meios de Proxi, HTTP, IP e outros metodos de escapar da sensura (vermelha PT) disponibiliza aí. acho q a ideia e nos ajudar-mos em prol da nossa liberdade na web. Internaltas Unidos!

http://www.pop-rs.rnp.br/images/publicac...bypass.pdf
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a lizardman pelo seu post:
Jah Soldier (01-04-2014), naste.de.lumina (01-04-2014), Raul Marcel (28-03-2014)
28-03-2014, 01:09 PM
Resposta: #20
RE: Câmara aprova Marco Civil da Internet
Realmente achar que é melhor estar na mão do Obama beira a inocência!
vai lá pedir socorro pro pentagono, pra CIA!

Daqui a pouco pede ajuda da rainha!! a EL LIZARD BIRTH!

hahahaha

mas, pra nao perder a piada
Smile

[Imagem: 923516_747111715307973_2059934183_n.jpg]

-É mais fácil enganar as pessoas do que convencê-las de que estão sendo enganadas. (Mark Twain)

-Confie naqueles que buscam a verdade, mas duvide daqueles que dizem que a encontraram.

-The only good system is a soundsystem.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Guinaldo pelo seu post:
Chronoplast (15-04-2014), John Dickinson (13-09-2015), Raul Marcel (28-03-2014)
Sua pele mais bonita com colágeno hidrolisado
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  GUERRA CIVIL na Venezuela jack award 390 96,184 03-10-2017 12:07 PM
Última Resposta: Infinite
  Supostas Manobras Militares nos EUA Antecipam "Caos Civil" após as Eleições admin 9 4,882 03-11-2016 10:53 AM
Última Resposta: Elenin20182024
  Panteras Negras? Risco de Guerra Civil - EUA jonas car 18 4,800 25-09-2016 12:00 AM
Última Resposta: jonas car
  Violência Civil - A Guerra Interminável Campanário 3 3,752 05-06-2014 09:05 AM
Última Resposta: Guigo Xavier
  O Marco Civil nas mãos do Congresso Firenze 3 2,563 20-03-2014 06:15 PM
Última Resposta: karashy

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 102 usuários online.
» 0 Membros | 102 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,582
» Último Membro: Cristiano de Oliveira Filho
» Tópicos do Fórum: 25,368
» Respostas do Fórum: 270,662

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Daciolo contra a NOM: futuro Presidente!
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
Hoje 02:39 AM
» Respostas: 13
» Visualizações: 331
Cientistas afirmam que a nova mini-era do gelo poderia ocorrer em meses
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
Hoje 02:26 AM
» Respostas: 30
» Visualizações: 23122
O Brasil que a Coca Cola Quer.
Última Resposta Por: Anonymous_T.ron
Hoje 01:05 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 78
Youtuber Felipe Neto, Simbologia 666 para a Juventude
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 11:45 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 88
Esquerdopatas, petralhas e bolsominions: como não inviabilizar um debate
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 11:12 PM
» Respostas: 13
» Visualizações: 552
Antibióticos:Voçe está se envenenando de livre e espontânea vontade.
Última Resposta Por: Dias da Cruz
Ontem 10:25 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 711
[VIDEO] A Máfia dos Transplantes de Órgãos e o Caso Paulinho Pavesi
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 10:16 PM
» Respostas: 17
» Visualizações: 26233
Óleo de Copaíba, a cura sem gastos.
Última Resposta Por: Dias da Cruz
Ontem 10:16 PM
» Respostas: 18
» Visualizações: 63381
Daciolo denuncia Nova Ordem Mundial e pede volta de voto em papel em debate
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 10:14 PM
» Respostas: 34
» Visualizações: 1082
Alguns pontos da entrevista do Bolsonaro na Globo News
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 06:10 PM
» Respostas: 126
» Visualizações: 7615
A farsa dos “5 brasileiros que têm a fortuna de 100 milhões de brasileiros”
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 05:32 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 105
Pó de macaco: uma nova droga que está criando 'zumbis' na Inglaterra.
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Ontem 04:44 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 123
Desemprego em escala mundial: o lado sombrio da IA.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 04:30 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 69
Após conflito, 1.200 venezuelanos deixam Roraima
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 03:21 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 205
O que a China faz com quem fala contra: invadem sua casa, ameaçam...
Última Resposta Por: Binho C.R.
Ontem 11:55 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 131
A Justiça Eleitoral não admite que ela seja fiscalizada
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 11:27 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 98
Draconianos, quem são?
Última Resposta Por: uendel
Ontem 11:24 AM
» Respostas: 26
» Visualizações: 22617
O Mito da Urna Eletrônica
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 11:18 AM
» Respostas: 7
» Visualizações: 2405
A arrogância americana & a sabedoria de Sun Tzu
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 10:25 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 133
A verdade sobre a Vida, Reptilianos, a antiga e nova NOM [ MATERIA MUITO GRANDE ]
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Ontem 02:35 AM
» Respostas: 21
» Visualizações: 18803
Polônia deporta presidente do George Soros Open Dialog Foundation
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 12:07 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 102
Os cegos, os surdos, os mudos e os roucos
Última Resposta Por: Bruna T
20-08-2018 11:34 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 98
Donald Trump acredita que não precisamos mais conservar petróleo
Última Resposta Por: Bruna T
20-08-2018 11:29 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 98
Em Portugal, brasileiros pedem ajuda para voltar ao Brasil.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
20-08-2018 10:10 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 232
10 fotos revelam as quantias de dinheiro que os venezuelanos precisam para comprar
Última Resposta Por: Beobachter
20-08-2018 09:54 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 143
Especialistas apontam ilegalidades do projeto de securitização da dívida
Última Resposta Por: Bruna T
20-08-2018 08:34 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 77
Inteligência chinesa executou mais de 30 agentes da CIA e destruiu a rede americana .
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
20-08-2018 07:23 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 134
Índios e agronegócio: em toda guerra, a criança é a vítima principal.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
20-08-2018 03:15 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 66
Eu tomo Cloreto de Magnésio P. A. e já me sinto melhor
Última Resposta Por: Paulo2011
20-08-2018 02:40 PM
» Respostas: 232
» Visualizações: 596800
É fundamental e patriótico limpar o nome dos brasileiros no SPC e SERASA.
Última Resposta Por: ULTRON
20-08-2018 11:43 AM
» Respostas: 8
» Visualizações: 447

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial