Produtos de qualidade é na Tudo Saudável



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 5 Votos - 4.2 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
CNN Ataca Donald Trump com Pergunta sobre Autismo e Vacinas Veja Resposta
23-09-2015, 09:14 AM
Resposta: #11
RE: CNN Ataca Donald Trump com Pergunta sobre Autismo e Vacinas Veja Resposta
(23-09-2015 01:17 AM)jonas car Escreveu:  Tem outra questão. Será que as vacinas no passado eram idênticas às atuais?
Uma correção aqui, outra ali.

Já pensei nisso diversas vezes. Acredito que as vacinas de hoje contém muito mais "substâncias estranhas" do que as de antigamente...

"Melhorias" que talvez não sejam bem melhorias...

Gentileza gera gentileza. Smile
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Zunim pelo seu post:
John Dickinson (24-04-2016), jonas car (23-09-2015), rmuller (18-04-2018)
Chás medicinais você encontra na Tudo Saudável
25-09-2015, 02:11 AM
Resposta: #12
RE: CNN Ataca Donald Trump com Pergunta sobre Autismo e Vacinas Veja Resposta
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
24-04-2016, 08:36 PM
Resposta: #13
RE: CNN Ataca Donald Trump com Pergunta sobre Autismo e Vacinas Veja Resposta
Funcionários da CDC foram convocou para destruirem provas de vacinas relacionadas ao autismo


[Imagem: African-American-Infant-Mother-Doctor-Va...00x225.jpg]

Dado histórico do governo menos impressionante quando se trata de transparência e prestação de contas, é realmente nenhuma surpresa ao saber que os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) destruiu deliberadamente evidências ligando vacinas com o autismo.

Enquanto os cidadãos politicamente dessensibilizadas podem simplesmente ignorar tal revelação, o resto de nós, cujas famílias, amigos e crianças poderiam potencialmente se tornar vítimas desse pretexto não deve apenas estar perto e ver como outra verdade é varrida para debaixo do tapete.

Como elaborado pelo republicano Bill Posey ano passado, o CDC, na verdade, realizou uma reunião para decidir qual peça de evidência, ligando vacinas com autismo entre as crianças afro-americanos, devem ser destruídos.

Abaixo está a declaração inteira do republicano Posey, como relatado por CDC delator Dr. William Thompson:

Levanto-me hoje sobre as questões de integridade científica e de investigação.

Para começar, estou absolutamente, resolutamente, a favor da vacina.

Os avanços na imunização médica salvou e beneficiou em muito a saúde pública.

Dito isto, é preocupante para mim que em uma recente audiência no Senado sobre as vacinas da infância, nunca foi mencionado que o nosso governo já pagou mais de US $ 3 bilhões através de um programa de compensação por lesões de vacinas para crianças que foram lesionadas.

Independentemente do assunto, os pais que tomam decisões sobre a saúde de seus filhos merecem ter a melhor informação disponível para eles.

Eles devem ser capazes de contar com agências federais para dizer-lhes a verdade.

Por estas razões, eu trago a seguinte questão ao plenário da Câmara.

Em agosto de 2014, o Dr. William Thompson, um cientista sênior do Centro para Controle e Prevenção de Doenças, trabalhou com um advogado delator para fornecer meu escritório com documentos relacionados a um estudo do CDC 2004, que examinou a possibilidade de uma relação entre a caxumba , sarampo, rubéola e autismo.

Em um comunicado divulgado em agosto de 2014, o Dr. Thompson disse, Lamento que meus co-autores e eu omitimos informações estatisticamente significativa em nosso artigo de 2004, publicado na revista Pediatrics.

Sr. Presidente, eu respeitosamente solicito os seguintes resumos do comunicado escrito pelo Dr. Thompson a ser incluído no registo.


[Agora citando Dr. Thompson.]

Meus deveres do trabalho principal, enquanto trabalhava no ramo de segurança da imunização de 2000 a 2006 ,onde mais tarde co-dirigir os três grandes estudos de segurança da vacina.

O MADDSP ( Programa de Vigilância de Desenvolvimento Metropolitana de Atlanta ), estudo de controle de casos de autismo MMR estava sendo realizado em resposta ao estudo Wakefield-Lancet, que sugeriu uma associação entre a vacina MMR e o autismo como resultado de saúde.

Houve várias grandes preocupações entre cientistas e defensores dos consumidores fora do CDC no outono de 2000, relativamente à execução do Estudo Verstraeten.

Um dos objetivos importantes que foi determinado na frente, na Primavera de 2001, antes que qualquer desses estudos começassem, era ter todos os três protocolos controlados fora do CDC antes do início da análise dos defensores dos consumidores não poderia alegar que estávamos apresentando análise que atendem às suas próprias metas e preconceitos.

Nossa hipótese é que, se nós encontramos efeitos estatisticamente significativos em cada 18 ou 36 meses limiares, podemos concluir que a vacinação de crianças prematuras com a vacina MMR poderia levar ao autismo como características ou características de autismo.

Todos nós nos encontramos e finalizamos o plano de protocolo de estudo e análise.

O objetivo era não desviar-se do plano de análise para evitar o desastre que ocorreu com o estudo timerosal Verstraeten publicado na revista Pediatrics, em 2003.

Na reunião em 05 de setembro discutimos em pormenor como codificar a raça, tanto para a amostra e certidão de nascimento modelo.

Todos os autores e I se reuniu e decidiu em algum momento entre agosto e setembro de 2002, para não relatar quaisquer espécie de efeitos no papel.

Em algum momento logo após a reunião, decidimos excluir relatos de quaisquer espécie de efeitos.

Os co-autores agendaram uma reunião para destruir os documentos relacionados com o estudo.

Os quatro co-autores restantes se reuniram e trouxeram uma grande lata de lixo para a sala de reunião, e revisto e passado por todos os documentos impressos que tínhamos pensado que deveríamos descartar, e colocá-los em uma enorme lata de lixo.

No entanto, porque eu achava que era ilegal e violaria os dois pedidos FOIA e DOJ, eu mantive cópias impressas de todos os documentos em meu escritório, e eu mantenho todos os arquivos de computador associados.

Eu acredito que nós intencionalmente retemos resultados controversos do projeto final do documento Pediatrics.

Sr. Presidente, eu acredito que é nosso dever garantir que os documentos que o Dr. Thompson não sejam ignorados.

Portanto, eu darei aos membros do Congresso e das Comissões da Casa, mediante solicitação.

Considerando a natureza dos documentos do delator, bem como o envolvimento do CDC, uma audiência e uma investigação completa é necessária.

Então eu pergunto, Sr. Presidente,solicito, imploro aos meus colegas sobre os comitês de apropriações por favor, tomar tais medidas.


Claramente, esses oficiais do CDC cometeram fraude científica, uma ação criminal que deve ser punida nos termos da lei.

No entanto, um ano depois da revelação de que deveria ter enviado ondulações em toda a comunidade científica, nem um único funcionário de alto escalão do CDC tenha sido condenado por qualquer crime.

Enquanto isso, milhares, se não milhões, de crianças continuam em risco visto que o cabeça da Big Pharma permanece livre, vivendo no luxo à custa da nossa saúde.

Fontes utilizadas:

naturalnews, http://www.naturalnews.com/, newstarget

Reproduzido por: portrasdamidiamundial
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
27-10-2017, 02:34 PM
Resposta: #14
RE: CNN Ataca Donald Trump com Pergunta sobre Autismo e Vacinas Veja Resposta






Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Elenin20182024 pelo seu post:
marcosarierom (27-10-2017)
Stévia pelo menor preço você encontra aqui
06-02-2018, 09:03 AM
Resposta: #15
RE: CNN Ataca Donald Trump com Pergunta sobre Autismo e Vacinas Veja Resposta
Cópias e cópias, espalhadas em todo o lugar, ao invés de colocarmos todas as informações em um só volume...
[Imagem: meshU92.png]


Eu estou postando esse vídeo do Dr Afonso, sobre uma pequena série que ele está fazendo, novamente alertando e conscientizando sobre as vacinas, em alguns (isso mesmo... alguns tópicos que o foristas criaram de um assunto único que poderíamos ao invés de ter tantos tópicos FRAGMENTADOS, todos os mesmos tivessem o cuidado de pesquisar e avaliarem as informações se não poderiam simplesmente estarem ANEXADOS em um tópico que JÁ FOI CRIADO, e assim, contribuirmos para uma melhor consulta e pesquisa do caso.

Sim, criei um caos no fórum, para quem sabe venha a ORDEM, e possamos usar isso para uma campanha de conscientização e que não tenhamos com tanta facilidade tópicos arremessados ao vento e criados como se fosse uma guerra de ego. Dá a impressão algumas vezes que as pessoas criam tópicos só pra ver seu nome no topo da página, ao invés de humildemente anexá-lo a um assunto já existente.

Chamo a atenção dos moderadores (de forma mais incisiva dessa vez através dessa ação exagerada) para que os mesmos possam juntar esses tópicos em um único e começarmos a fazer isso com muitos assuntos que são comuns essa atitude que nada tem contribuído para facilitar o acesso às informações tão importantes que existem nesse fórum.

Sim, foram apenas alguns dos tópicos relacionados ao tema. Eu cansei de encontrar tópicos dos mais diversos sobre vacina. TODOS TEM RELAÇÃO COM O PROBLEMA DAS MESMAS, INDEPENDENTE SE FALAM DE HPV, RUBÉOLA, SARAMPO OU ROBERT DE NIRO!!!

VAMOS AO TEMA:



Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
10-02-2018, 03:27 PM (Resposta editada pela última vez em: 10-02-2018 03:28 PM por Elenin20182024.)
Resposta: #16
RE: CNN Ataca Donald Trump com Pergunta sobre Autismo e Vacinas Veja Resposta
Bem...

DECEPÇÃO é o sentimento que tenho quando depois de ter um trabalho enorme e VEMOS QUE NECESSÁRIO, presencio a total inanição e descaso com o alerta que várias vezes eu dei aos moderadores do fórum e da administração, e que dessa vez achei extremamente necessário e apelei por um pequeno caos, mas não surte efeito.

REALMENTE ESSE FÓRUM NÃO É NEM SOMBRA DO QUE FOI PROJETADO PRA SER E UM DIA CHEGOU PERTO DISSO!

Mas, vamos lá, mais uma postagem perdida em relação às vacinas e dezenas de outros tópicos ai, perdidos, esquecidos...















Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Elenin20182024 pelo seu post:
Beobachter (10-02-2018), Justo (18-04-2018), Minerim (18-04-2018)
10-02-2018, 06:12 PM
Resposta: #17
RE: CNN Ataca Donald Trump com Pergunta sobre Autismo e Vacinas Veja Resposta
(10-02-2018 03:27 PM)Elenin20182024 Escreveu:  Bem...


REALMENTE ESSE FÓRUM NÃO É NEM SOMBRA DO QUE FOI PROJETADO PRA SER E UM DIA CHEGOU PERTO DISSO!

Amigo, não desanime de fazer o que você acha ser certo. Mesmo que não chame a atenção de muitos, mas vai chamar atenção de alguém.

Nada é feito em vão ou nenhum esforço será jogado fora a troco de nada, os méritos não podemos ver mas será absorvido por alguém.

Já não sou quem eu era nem voltarei a ser quem fui, mas serei sempre fiel aos meus princípios.


Não há prisioneiro pior do que aquele que não busca conhecimento, mas pensa estar livre.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Beobachter pelo seu post:
Elenin20182024 (10-02-2018), Minerim (18-04-2018)
Chlorella e Spirulina você encontra na Tudo Saudável
10-02-2018, 08:27 PM
Resposta: #18
RE: CNN Ataca Donald Trump com Pergunta sobre Autismo e Vacinas Veja Resposta
(10-02-2018 06:12 PM)Beobachter Escreveu:  
(10-02-2018 03:27 PM)Elenin20182024 Escreveu:  Bem...


REALMENTE ESSE FÓRUM NÃO É NEM SOMBRA DO QUE FOI PROJETADO PRA SER E UM DIA CHEGOU PERTO DISSO!

Amigo, não desanime de fazer o que você acha ser certo. Mesmo que não chame a atenção de muitos, mas vai chamar atenção de alguém.

Nada é feito em vão ou nenhum esforço será jogado fora a troco de nada, os méritos não podemos ver mas será absorvido por alguém.

Obrigado. Eu não quero chamar a atenção pra mim - sei que vc entendeu - nem pra um determinado assunto, mas pra uma conduta que poderia levar esse fórum a ser mais eficiente, mais lido, mais participado entre muitos.

Novamente, obrigado pela força e apoio.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Elenin20182024 pelo seu post:
Beobachter (11-02-2018), Minerim (18-04-2018)
10-02-2018, 09:39 PM
Resposta: #19
RE: CNN Ataca Donald Trump com Pergunta sobre Autismo e Vacinas Veja Resposta
Vacinas como causa de autismo: mitos e controvérsias
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5789217/

Ocorrência de autismo pelo status da vacina MMR entre as crianças americanas com irmãos mais velhos com e sem autismo
https://jamanetwork.com/journals/jama/fu...le/2275444

Vacina e autismo: um mito para desacreditar?
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24316883

Vacinas não estão associadas com autismo: uma meta análise baseadas em evidências de controle de caso e estudos de coorte
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24814559
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a fallen1232 pelo seu post:
Elenin20182024 (11-02-2018)
18-04-2018, 11:53 AM
Resposta: #20
RE: CNN Ataca Donald Trump com Pergunta sobre Autismo e Vacinas Veja Resposta

Autismo, uma Epidemia Silenciosa - Sua ligação com Aspectos Ambientais, Flora Intestinal e Vacinas

January 8, 2017 | Dra. Tielle Machado

[Imagem: 1ada64_52ff626d7eda4f5086e6ddd9b53f44b4~mv2.webp]

No início dos anos 80, a incidência de autismo era de 1 em 10.000 nascimentos. Em 2005, a incidência saltou para 1 em 250 nascimentos, em 2008 passou para 1 em 150 nascimentos e hoje é de 1 a cada 50 nascimentos. E continua subindo. O autismo já não era uma condição tão rara assim quando eu estava na faculdade de medicina, hoje em dia passou a ser uma condição muito comum.



Claramente algo está acontecendo e provavelmente não é um problema com a genética na maioria dos casos, como a medicina convencional tem sugerido muitas vezes. As pesquisas e estudos de hoje estão mostrando claramente que os fatores ambientais desempenham um papel muito mais mais impactante na epidemia de doenças do espectro do autismo.

Fatores ambientais desempenham um papel importante no autismo

Uma pesquisa da faculdade de medicina da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, usou gêmeos idênticos para ajudar a desvendar uma parte do quebra-cabeça. Uma vez que gêmeos idênticos compartilham quase o mesmo DNA, se houvesse um componente genético importante para o autismo, caso um gêmeo idêntico tivesse autismo, o mesmo deveria acontecer com seu irmão idêntico na grande maioria dos casos.



No entanto, quando os pesquisadores concluíram as avaliações diagnosticadas em 192 pares de gêmeos, eles descobriram que os gêmeos fraternos eram mais propensos a compartilhar um diagnóstico de autismo do que gêmeos idênticos. Os gêmeos fraternos compartilham apenas 50% de seu DNA, o que significa que outra coisa provavelmente é responsável pelo duplo diagnóstico - e os pesquisadores suspeitam que os fatores ambientais são responsáveis. Eles observam:



"A suscetibilidade ao TEA (transtorno do espectro do autismo) tem origem genética moderada e um componente ambiental substancialmente compartilhado".



Este não é um achado inteiramente surpreendente, pois mesmo que os pesquisadores tenham encontrado uma mutação genética ligada ao autismo em um estudo realizado em 2008, as mutações estão presentes em apenas 1% de todas as crianças com autismo. Além disso, ninguém foi capaz de identificar um único "gene do autismo". E não existe tal coisa como uma epidemia genética - então não existe uma maneira de explicar a explosão do autismo de hoje em função da genética. A maioria dos casos de autismo parecem resultar da ativação, ou "expressão", de um número de genes diferentes e múltiplos fatores epigenéticos e ambientais que interagem para expressar os traços de autismo.





Será a flora intestinal o fator comum mais importante no Autismo?



Ao olhar para os possíveis fatores ambientais do autismo, nota-se que são incrivelmente diversos. Por exemplo, um recente trabalho publicado pela PhD em Imunologia Dra. Helen Ratajczak, no Journal of Immunotoxicology, relata que o autismo pode ser o resultado da inflamação do cérebro devido a:

[Imagem: 1ada64_6d39635dc6934f0da7959000098218aa~mv2.webp]

A neurologista russa Dra. Natasha Campbell-McBride, especialista em tratamento de crianças autistas no Reino Unido, compartilhou recentemente um fator comum que pode estar ligando estes e outros fatores ambientais em conjunto: A toxicidade cerebral que se origina da toxicidade intestinal. A Dra. Campbell criou o termo "Síndrome GAPS" (do inglês Gut And Psychology Syndrome – Síndrome Psicológica e do Intestino), fazendo um trocadilho com a palavra “gap”, que em inglês significa lacuna, vácuo. Na verdade, essa síndrome se assemelha muito à já conhecida Síndrome do Intestino Permeável.



A Dra Campbell curou seu próprio filho do transtorno usando um tratamento totalmente natural envolvendo mudanças na dieta e desintoxicação. Ela está convencida de que as crianças autistas, de fato, nascem com cérebros perfeitamente normais e órgãos sensoriais perfeitamente normais, mas coma a flora intestinal anormal transmitida de suas mães, que por sua vez leva a uma toxicidade devastadora.Ela explica:



"O que acontece nestas crianças é que elas não desenvolvem a flora intestinal normal desde o nascimento ... A flora intestinal é uma parte extremamente importante da nossa fisiologia humana."



"Recentemente, pesquisas na Escandinávia demonstraram que 90% de todas as células e todo o material genético do corpo humano é a nossa própria flora intestinal. Nós somos apenas uma concha ... um habitat para esta massa de micróbios dentro de nós. Ao ignorar isso, selamos nosso próprio destino"



".... Como resultado, o sistema digestivo de crianças autistas - em vez de ser uma fonte de nutrição para essas crianças - torna-se uma importante fonte de toxicidade."



"Estes micróbios patogênicos dentro do seu aparelho digestivo danificam a integridade da parede intestinal. Então todo o tipo de toxinas e micróbios passam para a corrente sanguínea da criança, e chegam até o seu cérebro."



"Em crianças que foram amamentadas isso geralmente acontece no segundo ano de vida pois a amamentação fornece uma certa proteção contra esta flora intestinal anormal. Em crianças que não foram amamentadas, vejo os sintomas do autismo se desenvolverem no primeiro ano de vida. Portanto, a amamentação é crucial para proteger essas crianças."



"Em crianças com a Síndrome GAPS (Síndrome do Intestino Permeável), a toxicidade flui de seu intestino através de seus corpos e para os seus cérebros, obstruindo o cérebro com toxinas, impedindo-o de realizar suas funções normais e o processamento de informações sensoriais."



"Se o cérebro da criança está obstruído com toxinas, a criança perde essa janela de oportunidade de aprendizagem e começa a desenvolver o autismo dependendo da mistura de quantidade de toxinas, dependendo de quão grave é toda a condição da criança, dependendo de quão gravemente anormal está a flora intestinal da criança."



"A criança pode manifestar esta condição como um número de sintomas que se encaixam em uma caixa de diagnóstico de autismo ou como outro conjunto de sintomas que se encaixam em uma caixa de transtorno de déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) ou transtorno de déficit de atenção (TDA) sem hiperatividade ou Dislexia ou Dispraxia ou transtorno obsessivo-compulsivo ou qualquer outra coisa ".





E as vacinas, desempenham um papel no Autismo?



As vacinas representam uma das peças mais controversas do enigma do autismo. Vários estudos e pesquisas divulgados no meio acadêmico que mostram que as vacinas podem, em alguns casos, desempenhar um papel decisivo neste assunto. Estudos científicos confirmam, por exemplo, que os bebês não respondem às vacinas da mesma forma que os adultos, mesmo com um ano de idade. (Veja a lista bibliográfica desses estudos ao final da página)



Estes estudos explicam que no cérebro em desenvolvimento de uma criança, a ativação imunológica forçada (ou sobre-ativação) mostrou ser particularmente prejudicial para a amídala e outras estruturas límbicas. Em essência, a perda que se tem é justamente o que nos torna seres humanos sociais, capazes de funcionar em um complexo mundo de idéias e interações - e é isso que se perde com o autismo. O que vemos é um ciclo vicioso de ativação imunológica, excitotoxina e excreção de citocinas e a produção de radicais livres. Este último faz começar o ciclo mais uma vez.



O neurocirurgião Russell Blaylock discute isso extensamente em seu artigo sobre os perigos da vacinação excessiva durante o desenvolvimento do cérebro. Você pode assistir o seu vídeo no youtube clicando aqui.



Como a Dra. Campbell também explica, os bebês nascem não apenas com um intestino estéril, mas também com sistemas imunitários imaturos. E o estabelecimento da flora intestinal normal nos primeiros 20 dias ou mais da vida desempenha um papel crucial na maturação adequada do sistema imunológico do seu bebê. Assim, os bebês que desenvolvem flora intestinal anormal tem o seu sistema imunológico comprometido, transformando o ato da vacinação em um sério fator de risco.



"As vacinas foram desenvolvidas, originalmente, para crianças com sistemas imunes perfeitamente saudáveis", explica. "Crianças com deficiências nas suas flora intestinais não estão aptas a serem vacinadas pelo protocolo padrão de vacinação."



Em seu livro Gut and Psychology Syndrome a Dra. Campbell dedica um capítulo inteiro descrevendo o que os profissionais de saúde precisam fazer para melhorar a estratégia de vacinação, pois o protocolo de vacinação padrão causa um dano a saúde dos bebês de flora intestinal deficiente. Ela explica:



"Esta é uma questão crucial. Se a criança já está danificada o suficiente, a vacina pode fornecer essa última gota. Mas mesmo se não fornecer essa última gota em uma criança em particular, no mínimo vai deixá-la mais perto do ponto de ruptura".

Suas bactérias intestinais são vulneráveis ​​à sua dieta e estilo de vida.

Alimentos processados e refinados, em geral, vão destruir a microflora saudável e alimentar as bactérias más, desta forma você deve colocar como prioridade a eliminação deste alimentos da sua dieta. Seguir meu plano de nutrição 7 passos da Medifels é uma maneira simples de reduzir automaticamente a sua ingestão de açúcar de forma geral.



Os alimentos processados ​​causam um estrago em seu intestino de várias maneiras diferentes:

Em primeiro lugar, eles são tipicamente impregnados de açúcar. O açúcar compromete as bactérias benéficas do intestino fornecendo o combustível preferido para bactérias patogênicas, além de contribuir também para a inflamação crônica no seu corpo, principalmente no cérebro.

Muitos contêm adoçantes artificiais e outros aditivos sintéticos que podem causar verdadeiros danos a saúde do cérebro. Por exemplo: depressão e ataques de pânico são dois dos efeitos secundários comprovados do aspartame.

Alimentos processados ​​também são geralmente carregados com grãos refinados, que se transformam em açúcar no seu corpo. O trigo em particular também tem sido implicado em problemas psiquiátricos, da depressão à esquizofrenia, devido à Aglutinina de Germe de Trigo, que tem atividade neurotóxica.

A maioria dos alimentos processados ​​também contêm ingredientes geneticamente modificados (principalmente milho e soja), que se mostraram particularmente prejudiciais às bactérias benéficas.

As bactérias intestinais também são muito sensíveis e podem ser prejudicadas por:

Antibióticos, a menos que seja absolutamente necessário (e quando você ingerí-los, certifique-se de forrar seu intestino com alimentos fermentados e / ou um suplemento probiótico)

Carnes convencionais (não orgânicas) e outros produtos animais que são rotineiramente alimentados com doses baixas de antibióticos.

Água clorada e / ou fluoretada

Sabonetes antibactericidas

Se você descobrir que seu bebê tem uma microbiota intestinal anormal, ou se o seu filho começa a desenvolver sintomas de autismo com um ano ou dois anos, os cuidados com a dieta devem ser iniciados imediatamente, quanto mais jovem a criança é quando se inicia o tratamento, melhores serão os resultados. Inicialmente, todos os bebês devem idealmente serem amamentados seguido por um programa de mudanças na dieta e desintoxicação, incluindo:






O que mais você pode fazer para resolver as causas ambientais do autismo?



Há uma enorme esperança para as crianças que estão dentro do Espectro Autista e estamos aprendendo mais a cada dia sobre como ajudar essas crianças. Tenho feito um dos meus principais objetivos o fornecimento informações de ponta aos pais para ajudá-los a encontrar soluções para cuidar de seus filhos de forma segura e eficaz. Com base na minha própria experiência, percepção e vivência, junto com outros especialistas em autismo, aqui estão minhas recomendações:

Elimine o açúcar (particularmente a frutose) e os grãos da dieta do seu filho. O açúcar é tóxico para o corpo, capaz de causar danos profundos à saúde. Isso inclui TODAS as formas de açúcar, seja açúcar de mesa ou edulcorantes à base de milho como o xarope de milho de alta frutose (HFCS), mel ou agave, suco, refrigerantes, batatas fritas ou produtos de grãos (como massas , cereais, etc).

Evite o leite e o glúten. Isso é absolutamente imperativo quando você está tratando o autismo. Isso inclui TODOS os produtos lácteos.

Adapte a dieta de seu filho a alimentos orgânicos frescos. Na minha experiência, quase todas as crianças parecem responder favoravelmente às mudanças dietéticas quando implementadas adequadamente.

Otimizar os níveis de vitamina D através da exposição adequada do sol.

Baixe a carga microbiana. Qualquer tipo de infecção crônica, causada por qualquer micróbio, pode se espalhar por seu corpo e torná-lo cronicamente doente. Um dos principais problemas é que as biotoxinas produzidas pela infecção competem pelas mesmas vias de desintoxicação de outras toxinas, como mercúrio e pesticidas, e assim por diante. Faça com que o corpo do seu filho deixe de ser um habitat ideal para o super crescimento microbiano através de mudanças na dieta (cortando o amido e o açúcar) e diminuindo o estresse geral.

Baixa carga tóxica. Evite ao máximo a exposição às toxinas ambientais, como pesticidas, herbicidas e fontes de mercúrio, alumínio e flúor. Também faça o que puder para estabelecer um ambiente livre de poeira, fungos, mofo e ácaros para toda a sua família, seguido por um programa abrangente de desintoxicação.

Reduza a exposição aos Campos Eletromagnéticos. Telefones celulares, fiação elétrica e Wi-Fi podem aumentar significativamente o problema porque quando os micróbios tóxicos em seu corpo estão expostos a campos eletromagnéticos, eles respondem como se estivessem sendo atacados e começam a produzir ainda mais biotoxinas numa tentativa de prolongar a sua sobrevivência.

Use uma intervenção eficaz para lidar com qualquer estresse emocional, assim que possível. Evitar ter pensamentos destrutivos e deixar as emoções ruins te dominarem. Não rotule seu filho, nem se prenda a diagnósticos.

Examine cuidadosamente a questão da vacinação. Na minha opinião, é absolutamente VITAL realizar uma análise e teste da flora intestinal da criança ANTES de considerar vacinar o seu filho. Se os resultados do teste são normais, a probabilidade de autismo após as vacinas é drasticamente reduzida. Como afirma o Dr. Campbell-McBride, ela ainda não encontrou uma criança autista com flora intestinal normal. Nem eu.

Fonte

Valorizo seus atos, não suas crenças!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Justo pelo seu post:
Elenin20182024 (18-04-2018), Minerim (18-04-2018)
Stévia pelo menor preço você encontra aqui
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Cientista do CDC Confirma que Donald Trump Está Certo sobre as Vacinas e o Autismo admin 5 2,366 26-07-2018 01:21 PM
Última Resposta: Elenin20182024
  Organização recusa doação de 1 milhão de vacinas saiba porque? marcos de oliveira 3 1,544 26-07-2018 01:20 PM
Última Resposta: Elenin20182024
  Vítimas de Vacinas Estão Lentamente se Levantando contra a Indústria Farmacêutica admin 4 1,625 26-07-2018 01:06 PM
Última Resposta: Elenin20182024
  Vacinas com DNA de Fetos Humanos e Vírus que Podem Causar Autismo e Câncer admin 8 1,685 26-07-2018 01:01 PM
Última Resposta: Elenin20182024
  Continuem a falar mal das vacinas. Ora vejam ... ruicoelho 63 7,262 26-07-2018 01:01 PM
Última Resposta: Elenin20182024

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 115 usuários online.
» 1 Membros | 114 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,835
» Último Membro: Iugxk
» Tópicos do Fórum: 25,754
» Respostas do Fórum: 273,982

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Exército dos EUA, recrutam estrangeiros para serem usados como "bucha de canhão."
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 05:01 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 15
O que está por trás na prisão da executiva chinesa Meng Wanzhou no Canadá.
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Hoje 03:09 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 424
Atentado em Igreja em Campinas
Última Resposta Por: jonas car
Hoje 02:15 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 378
João de Deus reaparece após denúncias, promete cumprir a lei e afirma ser inocente
Última Resposta Por: Infinite
Hoje 12:43 PM
» Respostas: 18
» Visualizações: 740
Uma democracia chamada Venezuela
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Hoje 08:54 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 419
Imigrantes exigem de Trump 192 mil reais por cabeça, para retornarem à Honduras.
Última Resposta Por: Bogoton
Ontem 08:54 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 136
Chico Buarque foi ao Papa pedir por Lula, Cristina Kirchner e Rafael Correa.
Última Resposta Por: Bogoton
Ontem 06:34 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 177
Merkel diz que acordo UE-Mercosul fica mais difícil com Bolsonaro
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 05:53 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 102
O teatro soberano de países incompetentes e corruptos.
Última Resposta Por: Haroldo Lucca
12-12-2018 09:24 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 200
A grave crise de energia elétrica na África do Sul.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
12-12-2018 02:24 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 150
O lado escuro e desconhecido da história dos EUA.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
12-12-2018 02:13 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 223
Ciclos de conservadorismo e progressismo no Brasil
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
10-12-2018 12:08 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 417
Efeitos dos Transgênicos na Saúde
Última Resposta Por: anomia
10-12-2018 11:10 AM
» Respostas: 22
» Visualizações: 29646
O G20 jogou uma pá de cal na soberania perdida da Argentina.
Última Resposta Por: Xevious
10-12-2018 10:31 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 362
Bolsonaro e o Trotskismo: Um paralelo interessante
Última Resposta Por: Bogoton
10-12-2018 09:36 AM
» Respostas: 34
» Visualizações: 2247
Procurador-Geral da República Pede Explicações ao Ministro Palocci
Última Resposta Por: Aldebarâ
09-12-2018 08:43 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 1929
Nicks e avatar porque?
Última Resposta Por: Nucker
09-12-2018 03:13 PM
» Respostas: 217
» Visualizações: 82335
Vence Bolsonaro. Qual o rumo do Brasil agora? Which road is Brazil heading to?
Última Resposta Por: Infinite
07-12-2018 11:40 PM
» Respostas: 75
» Visualizações: 6104
Entendendo o mundo atual
Última Resposta Por: LucasN
07-12-2018 01:18 PM
» Respostas: 28
» Visualizações: 6825
Jornalistas e blogueiros estão sendo caçados e mortos, inclusive no Brasil.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
07-12-2018 11:28 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 389
Líbia: negro que não está sendo morto nas ruas, está sendo vendido como escravo.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
07-12-2018 09:22 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 392
A Ordem Mundial está começando a rachar.
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
06-12-2018 08:11 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 507
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Justo
06-12-2018 01:34 PM
» Respostas: 1090
» Visualizações: 204686
Xarope maldito que foi banido na Nigéria é vendido no Brasil em larga escala.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
06-12-2018 01:21 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 417
A morte nos espera no futuro muito, muito próximo.
Última Resposta Por: ORealista
06-12-2018 09:26 AM
» Respostas: 7
» Visualizações: 780
Greve dos Caminhoneiros 2 - Atuação de entidades BlackOps
Última Resposta Por: BioMachine
04-12-2018 10:14 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 466
Algumas músicas anom
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
04-12-2018 08:02 PM
» Respostas: 142
» Visualizações: 28487
Como saber se um poço artesiano tem fluoreto?
Última Resposta Por: draggy29
04-12-2018 06:47 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 487
Médicos americanos infectaram propositalmente população pobre c/sífilis e gonorreia.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
04-12-2018 05:53 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 273
Chineses estão transformando o Atlântico Sul em terra de ninguém.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
04-12-2018 03:41 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 384

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial