Receitas para Secar em 30 dias



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 1 Votos - 1 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Como denunciar um crime virtual – Passo a passo
09-10-2019, 10:25 PM (Resposta editada pela última vez em: 09-10-2019 10:34 PM por Bruna T.)
Resposta: #1
Como denunciar um crime virtual – Passo a passo
[Imagem: 2019-10-09-21-19-43-www-tca-com-br-efc7a9e277c3.png]
Listamos abaixo alguns dos crimes mais cometidos na internet e uma série de telefones para contato caso você sofra com alguma destas injúrias.

A internet não tem dono, mas tampouco pode ser considerada terra de ninguém. Tudo que se faz na rede fica registrado em algum lugar. Desse modo, atos ilícitos cometidos on-line têm repercussão no mundo off-line. São os crimes virtuais, para os quais a legislação brasileira prevê punição.

Carolina Dieckmann e a proteção aos dados pessoais

Em março de 2012, hackers invadiram a conta de e-mail de Carolina Dieckmann e roubaram 36 fotos íntimas da atriz. Eles passaram a extorqui-la, exigindo uma quantia de R$ 10 mil para não vazar as imagens. Registrada queixa na polícia, o caso ganhou repercussão nacional.

No dia 30 de novembro do mesmo ano, foi sancionada a Lei nº 12.737, que tipifica o delito de invasão de dispositivo informático. A norma ganhou o apelido de Lei Carolina Dieckmann e entrou em vigor em abril de 2013. Ela determina prisão e multa para quem violar mecanismos de segurança a fim de obter informações particulares. Divulgar, comercializar ou transmitir esses dados a terceiros, mesmo que seja num grupo privado de Whatsapp, também são ações que configuram crime.

Esse marco jurídico do Brasil não protege apenas quem teve nudes roubados. O texto engloba segredos comerciais e industriais, sendo útil a pequenas e grandes empresas. Além disso, equipara a falsificação de cartão de crédito ou débito à falsificação de documento – um importante respaldo legal para episódios de compras indevidas feitas em nome de outra pessoa.

Crimes de ódio também podem ser punidos

Porém, um usuário não precisa invadir o computador alheio para responder a um processo judicial. Crimes virtuais podem ocorrer em espaços aparentemente seguros, como os comentários num post do Facebook. Nessas situações, a internet apenas amplia o alcance de atos ilícitos como a calúnia e a difamação.

Foi o que aconteceu em julho de 2015 com a jornalista Maria Júlia Coutinho. A apresentadora da previsão do tempo do Jornal Nacional recebeu insultos racistas via redes sociais. O ataque, orquestrado por sujeitos que pretendiam “ficar famosos”, ilustra o delito de injúria, descrito no artigo 140 do Código Penal.

Segundo a organização sem fins lucrativos SaferNet, coordenadora da Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos, o racismo corresponde a um terço do conteúdo registrado na plataforma. Outro problema comum diz respeito a bullying, perseguição e ameaça, cujas principais vítimas são as mulheres (69%).

A entidade alerta que toda violação aos Direitos Humanos deve ser relatada. Isso inclui sites de pornografia infantil, bem como textos, áudios e imagens que contenham racismo, xenofobia, intolerância religiosa, apologia à violência e homofobia. Em 2017, a central recebeu 63.698 denúncias anônimas.




Como denunciar um crime virtual

Infelizmente, qualquer pessoa está à mercê dos cibercrimes. A boa notícia é que muitas ocorrências podem ser evitadas com a adoção de medidas preventivas. Neste blog, já explicamos como evitar golpes e proteger suas informações on-line.

Ainda assim, você pode enfrentar casos de ameaça, injúria, roubo de dados ou outros crimes cometidos via internet. Portanto, a SaferNet recomenda os seguintes passos:

1. Colete evidências. Salve e-mails, dê print screen nas telas e preserve conversas dos aplicativos de mensagens. Guarde esses arquivos em mais de um lugar – na nuvem e num CD-R, por exemplo. De preferência, chame testemunhas para acompanhar todo o procedimento.

Nessa etapa, é importante juntar material que comprove a existência do fato. Mesmo que o criminoso delete o post difamatório, investigadores conseguirão recuperar esses dados.

2. Registre as informações. O próximo passo é dirigir-se ao cartório mais próximo para registrar uma ata notarial. Esse instrumento declara a veracidade de documentos e fatos digitais. Há um custo por página, mas não se intimide com os valores. O trâmite será necessário para que os arquivos reunidos sejam usados como provas numa ação judicial.

3. Faça um boletim de ocorrência. Crimes digitais são tão reais quanto um assalto a mão armada. Portanto, dirija-se à delegacia mais próxima e faça o B.O.

Qualquer unidade da Polícia Civil prestará esse atendimento. No entanto, uma sugestão para agilizar o processo é procurar a Delegacia de Repressão aos Crimes Informáticos (DRCI), no Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC). Ela fica em Porto Alegre, na rua Prof. Cristiano Fischer, 1440, Bairro Jardim do Salso.

Na ocasião, você poderá dar início ao procedimento cível por reparação de danos. A SaferNet disponibiliza um modelo de carta para solicitação de remoção de conteúdo ilegal e/ou ofensivo.

Esperamos que este artigo tenha sido útil a você. Nós, da TCA, acreditamos no uso responsável da rede. É por isso que oferecemos um serviço de qualidade, destinado a quem quer aproveitar o melhor da internet. Conheça nossa banda larga e mude para a Fibra Ótica mais rápida e estável do Vale do Paranhana.

FONTE: https://www.tca.com.br/blog/como-denunci...o-a-passo/


=========================================================

Justiça usa Código Penal para combater crime virtual

Crimes contra a honra (injúria, calúnia e difamação), furtos, extorsão, ameaças, violação de direitos autorais, pedofilia, estelionato, fraudes com cartão de crédito, desvio de dinheiro de contas bancárias. A lista de crimes cometidos por meio eletrônico é extensa e sua prática tem aumentado geometricamente com a universalização da internet. Levantamento realizado por especialistas em Direito da internet mostra que atualmente existem mais de 17 mil decisões judiciais envolvendo problemas virtuais; em 2002 eram apenas 400.

A internet ainda é tida por muitos como um território livre, sem lei e sem punição. Mas a realidade não é bem assim: diariamente, o Judiciário vem coibindo a sensação de impunidade que reina no ambiente virtual e combatendo a criminalidade cibernética com a aplicação do Código Penal , do Código Civil e de legislações específicas como a Lei n. 9.296 que trata das interceptações de comunicação em sistemas de telefonia, informática e telemática e a Lei n. 9.609 que dispõe sobre a proteção da propriedade intelectual de programas de computador.

Na ausência de uma legislação específica para crimes eletrônicos, os tribunais brasileiros estão enfrentando e punindo internautas, crakers e hackers que utilizam a rede mundial de computadores como instrumento para a prática de crimes. Grande parte dos magistrados, advogados e consultores jurídicos considera que cerca de 95% dos delitos cometidos eletronicamente já estão tipificados no Código Penal brasileiro por caracterizar crimes comuns praticados por meio da internet. Os outros 5% para os quais faltaria enquadramento jurídico abrangem transgressões que só existem no mundo virtual, como a distribuição de vírus eletrônico, cavalos-de-tróia e worm (verme, em português).

Para essa maioria, a internet não é um campo novo de atuação, mas apenas um novo caminho para a realização de delitos já praticados no mundo real, bastando apenas que as leis sejam adaptadas para os crimes eletrônicos. E é isso que a Justiça vem fazendo. Adaptando e empregando vários dispositivos do Código Penal no combate ao crime digital.

E a lista também é extensa: insultar a honra de alguém (calúnia artigo138), espalhar boatos eletrônicos sobre pessoas (difamação artigo 139), insultar pessoas considerando suas características ou utilizar apelidos grosseiros (injúria artigo 140), ameaçar alguém (ameaça artigo 147), utilizar dados da conta bancária de outrem para desvio ou saque de dinheiro (furto artigo 155), comentar, em chats, e-mails e outros, de forma negativa, sobre raças, religiões e etnias (preconceito ou discriminação artigo 20 da Lei n. 7.716 /89), enviar, trocar fotos de crianças nuas (pedofilia artigo 247 da Lei n. 8.069 /90, o Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA).

No caso das legislações específicas, as mais aplicadas são as seguintes: usar logomarca de empresa sem autorização do titular, no todo ou em parte, ou imitá-la de modo que possa induzir à confusão (crime contra a propriedade industrial artigo 195 da Lei n. 9.279 /96), monitoramento não avisado previamente (interceptação de comunicações de informática artigo 10 da Lei n. 9.296 /96) e usar cópia de software sem licença (crimes contra software Pirataria artigo 12 da Lei n. 9.609 /98).

Consolidando dispositivos

O STJ, como guardião e uniformizador da legislação infraconstitucional, vem consolidando a aplicação desses dispositivos em diversos julgados. Nos casos de pedofilia, por exemplo, o STJ já firmou o entendimento de que os crimes de pedofilia e divulgação de pornografia infantil por meios eletrônicos estão descritos no artigo 241 da Lei n. 8.069 /90 (apresentar, produzir, vender, fornecer, divulgar ou publicar, por qualquer meio de comunicação, inclusive pela rede mundial de computadores ou internet, fotografias ou imagens com pornografia ou cenas de sexo explícito envolvendo criança ou adolescente), e previstos em convenção internacional da qual o Brasil é signatário.

Mais do que isso: a Corte concluiu que, por si só, o envio de fotos pornográficas pela internet (e-mail) já constitui crime. Com base no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), os ministros da Quinta Turma do STJ cassaram um habeas-corpus concedido pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) que determinava o trancamento de uma ação penal sob o argumento de que o ECA definiria como crime apenas a "publicação" e não a mera "divulgação" de imagens de sexo explícito ou pornográficas de crianças ou adolescentes.

Em outro caso julgado, a Turma manteve a condenação de um publicitário que participou e filmou cenas eróticas envolvendo crianças e adolescentes. Ele foi denunciado pelo Ministério Público de Rondônia com base no artigo 241 do ECA , nos artigos 71 e 29 do Código Penal (crime continuado e em concurso de agentes) e por corrupção de menores (Lei n. 2.252 /54: constitui crime, punido com a pena de reclusão de um a quatro anos e multa, corromper ou facilitar a corrupção de pessoa menor de 18 anos, com ela praticando, infração penal ou induzindo-a a praticá-la).

Os casos de furto e estelionato virtual também já foram devidamente enquadrados pela Corte. A Terceira Seção do STJ consolidou o entendimento de que a apropriação de valores de conta-corrente mediante transferência bancária fraudulenta via internet sem o consentimento do correntista configura furto qualificado por fraude, pois, nesse caso, a fraude é utilizada para burlar o sistema de proteção e vigilância do banco sobre os valores mantidos sob sua guarda. Também decidiu que a competência para julgar esse tipo de crime é do juízo do local da consumação do delito de furto, que se dá no local onde o bem é subtraído da vítima.

Em outra decisão, relatada pelo ministro Felix Fischer, a Quinta Turma do STJ definiu claramente que, mesmo no ambiente virtual, o furto subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel"(artigo 155 do Código Penal) mediante fraude não se confunde com o estelionato"obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento"(artigo 171 do Código Penal) já que no furto a fraude é utilizada para burlar a vigilância da vítima e, no estelionato, o objetivo é obter consentimento da vítima e iludi-la para que entregue voluntariamente o bem.

Crimes contra a honra

Em uma ação envolvendo os chamados crimes contra a honra praticados pela internet, o desembargador convocado Carlos Fernando Mathias de Souza manteve a decisão da Justiça gaúcha que condenou um homem a pagar à ex-namorada indenização por danos morais no valor de R$ 30 mil por ter divulgado, pela internet, mensagens chamando-a de garota de programa. No recurso julgado, a ex-namorada alegou que, após a falsa publicação de e-mails com seus dados pessoais junto com uma fotografia de mulher em posições eróticas, ela passou pelo constrangimento de receber convites por telefone para fazer programas sexuais.

Em outro julgado, a Quarta Turma do STJ determinou que o site Yahoo! Brasil retirasse do ar página com conteúdo inverídico sobre uma mulher que ofereceria programas sexuais. A empresa alegou que o

site citado foi criado por um usuário com a utilização de um serviço oferecido pela controladora americana Yahoo! Inc., portanto caberia a essa empresa o cumprimento da determinação judicial.

Em seu voto, o relator do processo, ministro Fernando Gonçalves, sustentou que a Yahoo! Brasil pertence ao mesmo grupo econômico e apresenta-se aos consumidores utilizando a mesma logomarca da empresa americana e, ao acessar o endereço trazido nas razões do recurso como sendo da Yahoo! Inc. http://www.yahoo.com , abre-se, na realidade, a página da Yahoo! Brasil. Diante desses fatos, o ministro conclui que o consumidor não distingue com clareza as divisas entre a empresa americana e sua correspondente nacional.

A Terceira Turma decidiu que ação de indenização por danos morais pode ser ajuizada em nome do proprietário de empresa vítima de mensagens difamatórias em comunidades do site de relacionamentos Orkut. O tribunal considerou legítima a ação proposta por um empresário de Minas Gerais contra duas pessoas que teriam difamado o seu negócio de criação de avestruzes, causando-lhe sérios prejuízos. Segundo a relatora, ministra Nancy Andrighi, as mensagens divulgadas na internet não foram ofensivas somente ao empresário e a seu filho, mas também ao seu comércio de aves.

Atrás das grades

Aplicando os dispositivos do Código Penal , o STJ vem negando habeas-corpus a acusados e condenados por diversas modalidades de crimes eletrônicos. Entre vários casos julgados, a Corte manteve a prisão do hacker Otávio Oliveira Bandetini, condenado a 10 anos e 11 meses de reclusão por retirar irregularmente cerca de R$ 2 milhões de contas bancárias de terceiros via internet; negou o relaxamento da prisão preventiva de um tatuador denunciado por divulgar fotos pornográficas de crianças e adolescentes na internet; de um acusado preso em operação da Polícia Federal por participar de um esquema de furto de contas bancárias; de um hacker preso pelos crimes de furto mediante fraude, formação de quadrilha, violação de sigilo bancário e interceptação telemática ilegal; e de um técnico em informática de Santa Catarina acusado de manipular e-mails para incriminar colegas de trabalho.

O Tribunal também enfrentou a questão da ausência de fronteira física no chamado ciberespaço ao entender que, se o crime tem efeitos em território nacional, deve-se aplicar a lei brasileira. No caso julgado, um acusado de pedofilia alegou que as fotos pornográficas envolvendo crianças e adolescentes foram obtidas no sítio da internet do Kazaa, um programa internacional de armazenamento e compartilhamento de arquivos eletrônicos sediado fora do Brasil. A Corte entendeu que, como o resultado e a execução ocorreram em território nacional, o fato de os arquivos terem sido obtidos no Kazaa, com sede no estrangeiro, seria irrelevante para a ação.

O Poder Legislativo ainda não concluiu a votação do projeto de lei que visa adequar a legislação brasileira aos crimes cometidos na internet e punir de forma mais rígida essas irregularidades. O projeto, que já foi aprovado pelo Senado, define os crimes na internet, amplia as penas para os infratores e determina que os provedores armazenem os dados de conexão de seus usuários por até três anos, entre outros pontos.

Enquanto a lei que vai tipificar a prática de crimes como phishing (roubo de senhas), pornografia infantil, calúnia e difamação via web, clonagem de cartões de banco e celulares, difusão de vírus e invasão de sites não é aprovada no Congresso Nacional, o Poder Judiciário continuará enquadrando os criminosos virtuais nas leis vigentes no mundo real, adaptando-as à realidade dos crimes cometidos na internet.

FONTE: https://stj.jusbrasil.com.br/noticias/23...me-virtual

================================================

Confira abaixo endereços de Delegacias Especializadas em Crimes Virtuais (Fonte)

São Paulo:

DIG-DEIC - 4ª Delegacia - Delitos praticados por Meios Eletrônicos. Presta atendimento presencial, por telefone e via Web. Endereço: Av. Zack Narchi, 152, Carandiru - São Paulo (SP) Fone: (11) 2224-0721 ou 2221 - 7030. Para denunciar qualquer espécie de delito virtual anonimamente, utilize o e-mail:4dp.dig.deic@policiacivil.sp.gov.br

Rio de Janeiro:

Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) - Rua Professor Clementino Fraga, nº 77 (2º andar), Cidade Nova (prédio da 6ª DP), Rio de Janeiro/RJ (CEP: 20230-250), telefones (0xx21) 2332-8192, 2332-8188 e 23328191 e e-mails drci@pcivil.rj.gov.br ;

Espírito Santo:

Delegacia de Repressão a Crimes Eletrônicos (DRCE) - Av. Nossa Senhora da Penha, 2290, Bairro Santa Luiza, Vitória/ES (CEP: 29045-403), telefone (0xx27) 3137-2607 e e-mail drce@pc.es.gov.br;

Minas Gerais:

DEICC - Delegacia Especializada de Investigações de Crimes Cibernéticos - Av. Nossa Senhora de Fátima, 2855 - Bairro Carlos Prates - CEP: 30.710-020, Telefone (33) 3212-3002, e-mail dercifelab.di@pc.mg.gov.br;

Paraná:

Nuciber da Polícia Civil do Paraná - Rua José Loureiro, 376, 1º andar - sala 1 - Centro - 80010-000 - Curitiba-PR, Tel:(41) 3323-9448 - Fax: (41) 3323-9448, e-mail cibercrimes@pc.pr.gov.br;

Rio Grande do Sul:

Delegacia de Repressão aos Crimes Informáticos (DRCI/DEIC) - Av. Cristiano Fischer, 1440, Bairro Jardim do Salso em Porto Alegre, na mesma sede do DEIC. O telefone de contato é (0xx51) 3288-9815, e-mail drci@pc.rs.gov.br;

Distrito Federal:

Divisão de Repressão aos Crimes de Alta Tecnologia (DICAT) - Não atende diretamente ao público, neste caso a vítima pode procurar a delegacia mais próxima para efetuar registro de ocorrência, A DICAT é uma Divisão especializada em crimes tecnológicos que tem como atribuição assessorar as demais unidades da Polícia Civil do Distrito Federal, o telefone é (0xx61) 3462-9533 e e-mail dicat@pcdf.df.gov.br;

Goiás:

Gerência de Inteligência da Polícia Civil - Setor de Análise (0xx62) 3201-6352 e 6357.

Pará:

Delegacia de Repressão aos Crimes Tecnológicos - Travessa Vileta, n° 1.100, Pedreira. Belém-PA. CEP: 66.085-710, com telefone de contato (91) 4006-8103, e-mail drct@policiacivil.pa.gov.br. A DRCT é vinculada à Diretoria de Repressão ao Crime Organizado.

Mato Grosso - Cuiabá:

Gerência de Combate a Crimes de Alta Tecnologia - GECAT - Av. Cel. Escolástico Nº, Bandeirantes - Cuiabá - Cep: 78.010-200 - Telefone: (65) 363-5656

Sergipe - Aracaju

Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC) - Rua Laranjeiras, nº 960, Bairro Centro - Aracaju - Cep: 4900-000 telefone: (79) 3198-1124
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Bruna T pelo seu post:
DeOlhOnafigueira (09-10-2019), Fire Fox (15-10-2019), Marck Vini (10-10-2019)
Desodorante Bion Vitta sem Alumínio ou Triclosan Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
10-10-2019, 12:41 AM (Resposta editada pela última vez em: 10-10-2019 12:52 AM por DeOlhOnafigueira.)
Resposta: #2
RE: Como denunciar um crime virtual – Passo a passo
Um tempo atrás atuei como perito criminal num inquérito que apurava a prática de crimes virtuais. E foi devidamente comprovada o cometimento do delito, sendo apenado o autor que foi obviamente identificado. E isso já tem uns 15 anos! Ou seja, hoje os meios são bem mais eficazes e eficientes para obtenção dessas informações.

Entretanto, é bom que se diga, que a ocorrência de calúnia, injúria ou difamação por quem quer que seja, quando tem como alvos apelidos/personagens, não haverá o cometimento do delito. É necessário portanto que a ofensa se dirija a pessoa real cuja identidade é conhecida. No caso de um apelido, tipo, num fórum, essa identidade e personalidade é completamente desconhecida, e caso ocorra calúnia, por exemplo, não afeta em nada a honra da pessoa real nao podendo se falar em prática de crime. É o que sei, porém pode ser interpretado diferente.

Diferentemente, os crimes de racismo, xenofobia, intolerância religiosa, homofobia, neonazismo, entre outros classificados como de ódio, naturalmente nao segue o mesmo requisito acima. Nesses casos, o discurso do hater, nao requer necessariamente que seja direcionado a alguem real especificamente, para que haja o cometimento do crime.

Mas, é interessante que as pessoas saibam dos procedimentos no caso de se sentirem vitimas da prática de crime no ambiente virtual, para que tomem as providências cabiveis, buscando punir de algum modo os indivíduos que tem comportamento odioso.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a DeOlhOnafigueira pelo seu post:
Bruna T (10-10-2019), Fire Fox (15-10-2019), Marck Vini (10-10-2019)
10-10-2019, 03:18 AM (Resposta editada pela última vez em: 10-10-2019 08:28 AM por CaféSemAçúcar.)
Resposta: #3
RE: Como denunciar um crime virtual – Passo a passo
Se você se sente ofendido por palavras em pixels na tela de um monitor, o problema está com você.

Você não sabe o que é injustiça, minha querida.

Dou risada e sinto pena de gente tão fraca que precisa criar situações porque não consegue lidar com críticas na internet.

Depois da novelinha no tópico sobre o Rui ela vai e cria mais um tópico agora para instigar e fazer pressão psicológica.

Tente qualquer coisa contra mim, menina. Vamos ver quem É quem.

Já até postei minha foto com rosto aqui no forum e o ip é facílimo de achar. Acha que sou algum idiota que começou a acessar a internet ontem? Acha que eu não sei quem realmente devo prestar atenção e que sabe a meu respeito? Acha que eu estou aqui posando como anônimo? Sei muito bem quem, porque e como vigiam e monitoram este forum.

Acha que tenho medo das suas ameaças? Acha que meu problema é com justiça do bananil e tipinhos insignificantes como você?

Cuidado, garota, não sabe aonde está pisando e com tipo de forças e pessoas que você está lidando. O pior não é o poder quando é usado pela justiça e sim quando usado o poder oculto. Um conselho bom que dou a você. Garota-Sabe-Tudo.

[Imagem: joker-still.jpg]
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
10-10-2019, 02:33 PM (Resposta editada pela última vez em: 10-10-2019 02:38 PM por Bruna T.)
Resposta: #4
RE: Como denunciar um crime virtual – Passo a passo
(10-10-2019 12:41 AM)DeOlhOnafigueira Escreveu:  Um tempo atrás atuei como perito criminal num inquérito que apurava a prática de crimes virtuais. E foi devidamente comprovada o cometimento do delito, sendo apenado o autor que foi obviamente identificado. E isso já tem uns 15 anos! Ou seja, hoje os meios são bem mais eficazes e eficientes para obtenção dessas informações.

Obrigada por seu comentário, realmente em 15 anos muita coisa muda, hoje a internet esta mais presente nas casas, e nas mãos pelo celular, e própria policia têm canais de contato para alguma denuncia anônima:

Ferramenta de denúncia anônima pela internet começa a funcionar

Como fazer uma denúncia anônima?

Hoje quase tudo giram em torno da internet, pode-se fazer muita coisa, chamar um táxi pelo celular, se fazer uma compra em uma loja virtual, acessar e pagar contas com cliques no celular, e as redes sociais, estão mais importantes, e hoje qualquer um pode ter seus 15 minutos ou mais de fama, graças a Facebook, Instagram, YouTube.

E exatamente esta liberdade, que é apenas aparente, muitos se esquecem do mais básico, que é não passar informações pessoais pelas redes sociais, tem muito jovem que adora colocar a foto do carro, falar que vai viajar para tal lugar, posta fotos imagens, tudo isso e perigoso nas mãos de bandidos na internet.

E o que aparentemente saiu do controle, nao apenas aqui mas em outros lugares, e que muitos usam a liberdade de expressão, não para dialogar e sim para atacar e difamar e ameaçar.

Aqui um exemplo clássico do "valentão" da internet, que depois que a coisa esquenta, se acovarda:








(10-10-2019 12:41 AM)DeOlhOnafigueira Escreveu:  Entretanto, é bom que se diga, que a ocorrência de calúnia, injúria ou difamação por quem quer que seja, quando tem como alvos apelidos/personagens, não haverá o cometimento do delito.

Falar asneiras na internet, não será este o motivo que o rapaz em questão vai ter a policia batendo a porta, este rapaz uma hora vai fazer besteira na vida real, e ai sera dor de cabeça para os familiares.

O que me deixou pensativa, porque tanta agressividade, em primeiro para mim e depois para o senhor e para outros que venham a debater com ele:

(09-10-2019 09:06 PM)DeOlhOnafigueira Escreveu:  Por isso a recomendação médica. Isso porque, acompanho e trato de pessoas com problemas - psiquiátricos, drogados, moradores de rua -, e consigo detectar um desequilibrado de longe.


A maioria de seus posts, tirando os primeiros mostram é um claro sinal de conflito mental, talvez igual ao do Picasso Neves, o cara que tentou invadir o Congresso, tanto que a fala a agressividade que ele demonstra aqui é quase a mesma.




Aqui sem remédio




Aqui com remédio




Quero distância destes lunáticos, e o quanto antes a moderação se livrar destes problemas, melhor.

Nunca tive na família alguém com problemas mentais ou que precisasse de urgência de um psiquiatra.

Que deus de forças a família dele, e que procure ajuda profissional.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Bruna T pelo seu post:
DeOlhOnafigueira (10-10-2019), Marck Vini (12-10-2019)
Desodorante Bion Vitta sem Alumínio ou Triclosan Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
10-10-2019, 03:14 PM (Resposta editada pela última vez em: 10-10-2019 03:17 PM por DeOlhOnafigueira.)
Resposta: #5
RE: Como denunciar um crime virtual – Passo a passo
(10-10-2019 02:33 PM)Bruna T Escreveu:  [...]

Quero distância destes lunáticos, (...)

[...]

Sim. É a melhor postura. O lunático, dentre os vários disturbios, em alguns casos, se comportam como crianças revoltadas devido a mente retrogada. Felizmente quando se medicam voltam à normalidade.

Logo, ao se deparar com um, enquanto esse nao busca tratamento médico, a melhor forma é ignorar.

Mas também tem os bobocas, os frouxos. Esses se escondem por detrás de um computador para ofender quem quer que seja. Esse não seria lunático. Talvez um drogado, um frustrado que nunca conseguiu os seus objetivos e busca culpar os outros, um invejoso. Sei lá...

Desses também a recomendação é ignorar.

E ainda tem os desorientados. Que questiona agressivamente tudo que o contraria. Por nunca terem conseguido dar um sentido para as suas vidas, se refugiam num espaço como esse para agredir os que pensam o contrário. São poços de ignorância. O interessante é que normalmente quando se confrontam pessoalmente e sozinhos, se tornam uns molengas. Porque é nesse momento que se deparam com o mundo real. E por ser comum na vida real nao conseguirem se impor, desenvolvem a agressividade no anonimato.

Esses também devem ser ignorados.

Em qualquer conflito, a melhor saída é a paz. E ignorar certas pessoas, evitando o confronto, é a melhor opção nesse meio. E nao ceder a tentação de se nivelar com os tais.

Enfim, talvez a grande vantagem desse mundo virtual, é poder se livrar de certos individuos intragáveis, de baixa estima, doentes, sem caráter, com um simples clique. Ignorando-os!

E vida que segue!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a DeOlhOnafigueira pelo seu post:
Bruna T (10-10-2019), Fire Fox (15-10-2019), Marck Vini (12-10-2019)
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  A Europa condena o nazismo e o comunismo como males paralelos Bruna T 1 102 27-09-2019 11:11 PM
Última Resposta: Diakonov
  Mais um crime bárbaro de militante do “EleNão” e o silêncio sepulcral da esquerda Bruna T 1 383 21-09-2019 09:36 PM
Última Resposta: Diakonov
  Como o ceticismo bloqueia o progresso na ciência Bruna T 9 935 15-05-2019 04:25 PM
Última Resposta: ruicoelho
  Como milhões de modens ADSL foram hackeados no Brasil... Nebuladex 7 8,095 28-10-2018 05:44 PM
Última Resposta: GetWellSoon
  Como a escravidão sobrevive na Alemanha Bruna T 3 783 30-08-2018 12:16 PM
Última Resposta: Marcelo Almeida

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Receitas para Secar em 30 dias

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 102 usuários online.
» 0 Membros | 102 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 21,256
» Último Membro: coinmastrous
» Tópicos do Fórum: 26,487
» Respostas do Fórum: 281,300

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Vazamento de óleo no nordeste: descobriram a nossa mentira. Desculpa aí Maduro!
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 11:10 PM
» Respostas: 26
» Visualizações: 1192
Os brasileiros sem pátria em seu próprio país.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 10:39 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 231
Um milhão de pessoas estão presas nos Gulags da China
Última Resposta Por: ULTRON
Hoje 08:53 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 266
Um apanhado em OUT de 2019
Última Resposta Por: ULTRON
Hoje 04:11 PM
» Respostas: 13
» Visualizações: 767
Alerta - 03_11_2019 - Possível False Flag em Seattle - Gatilho para WW3
Última Resposta Por: naste.de.lumina
Ontem 10:34 PM
» Respostas: 30
» Visualizações: 1881
A campanha de ódio, mentiras e desinformação contra a ativista Greta Thunberg
Última Resposta Por: Velho Druida
19-10-2019 11:19 AM
» Respostas: 78
» Visualizações: 3469
Os saques em andamento da África sob vigilância de líderes africanos corruptos
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
18-10-2019 04:47 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 106
13º no Bolsa Família? E a indenização bilionária pelo prejuízo de bilhões de reais?
Última Resposta Por: Velho Druida
18-10-2019 02:57 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 219
Revelação: Você sabia que "666" não é o número da Besta?
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
18-10-2019 02:07 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 229
Biblioteca Virtual Anti-NOM -- Livros Raros
Última Resposta Por: Alimah
18-10-2019 12:26 PM
» Respostas: 78
» Visualizações: 99582
Você já sofreu Bullying ou Rejeição?
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
18-10-2019 12:21 PM
» Respostas: 15
» Visualizações: 8201
Como vc lida com pessoas agressivas virtuais ou nao ?
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
18-10-2019 11:52 AM
» Respostas: 26
» Visualizações: 4491
A Batalha da NOM contra nós
Última Resposta Por: Mister Pelf
18-10-2019 11:27 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 104
O problema do Brasil é o Brasileiro.
Última Resposta Por: ULTRON
17-10-2019 10:02 AM
» Respostas: 59
» Visualizações: 3110
Padre afirma que o Papa Francisco em breve ungirá o líder global
Última Resposta Por: Juquinha
16-10-2019 10:27 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 304
O Brazil com "Z" de Ama'Z'ônia
Última Resposta Por: Velho Druida
16-10-2019 09:38 PM
» Respostas: 112
» Visualizações: 4953
Olavogate: Olavo de Carvalho / Sidi Muhammad seria um agente a serviço do Sionismo?
Última Resposta Por: Juquinha
16-10-2019 09:37 PM
» Respostas: 133
» Visualizações: 83279
Coringa - a ideologia da destruição.
Última Resposta Por: Xevious
16-10-2019 02:05 PM
» Respostas: 20
» Visualizações: 1021
Banimento do usuário Rui Coelho
Última Resposta Por: Supermoderador
16-10-2019 10:21 AM
» Respostas: 52
» Visualizações: 2636
Banimento do usuário Café sem açúcar.
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
14-10-2019 06:23 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 1037
Glenn Greenwald envolvido na desestabilização do Equador?Quem é esse cara afinal?
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
14-10-2019 04:22 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 410
30 lições de Olavo de Carvalho
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
14-10-2019 04:15 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 252
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: NoNOM
14-10-2019 10:45 AM
» Respostas: 1402
» Visualizações: 246538
Forças Ocultas (Forces Occultes)
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
13-10-2019 09:29 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 457
Echelon – A rede de espionagem global
Última Resposta Por: Bruna T
12-10-2019 08:56 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 2375
Os segredos do Paralelo 33
Última Resposta Por: Bruna T
12-10-2019 04:00 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 16156
A Vacina contra o Zika Vírus Modificará Geneticamente seu DNA
Última Resposta Por: Alimah
12-10-2019 12:09 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 2174
Porte de arma
Última Resposta Por: Velho Druida
11-10-2019 08:01 PM
» Respostas: 8
» Visualizações: 451
Vídeo Impressionante - O Ritual Maçônico
Última Resposta Por: Bruna T
10-10-2019 09:24 PM
» Respostas: 74
» Visualizações: 62014
Algumas músicas anom
Última Resposta Por: Bruna T
10-10-2019 08:59 PM
» Respostas: 201
» Visualizações: 35234

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial