Balas de Colágeno pelo melhor preço é na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 3 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Compreendendo a História dos Judeus no Mundo
07-08-2016, 11:17 PM (Resposta editada pela última vez em: 10-08-2016 12:16 AM por Sophia.)
Resposta: #41
RE: Compreendendo a História dos Judeus no Mundo
[Imagem: Star_of_David_svg.png]



HISTÓRIA DA ESTRELA DE DAVI


Antes tomastes o tabernáculo de Moloque,E a estrela do vosso deus Renfã, figuras que vós fizestes para as adorar.Transportar-vos-ei, pois, para além da Babilônia.
Atos 7:43

Oferecestes-me vós sacrifícios e oblações no deserto por quarenta anos, ó casa de Israel?
Antes levastes a tenda de vosso Moloque, e a estátua das vossas imagens, a estrela do vosso deus, que fizestes para vós mesmos.
Portanto vos levarei cativos, para além de Damasco, diz o Senhor, cujo nome é o Deus dos Exércitos.
Amós 5:25-27


ESSA ESTRELA NÃO É ESTRELA DE DAVI!

A Estrela de David não é de origem judaica – e os antigos Israelitas nunca usaram essa estrela como seu símbolo religioso” (eles usavam a Menorah).

[Imagem: images5677.jpg]


O Rei Davi foi o pai de Salomão, mas ele nunca foi um idólatra. Ele deixou absolutamente claro que o próprio Deus era seu escudo, principalmente, nos seguintes versículos: Salmo 3:3, Salmo 28:7, Salmo 119:114, e Salmo 144:2.


[Imagem: star-bahc3a1i.jpg]



ESSA ESTRELA SIMBOLIZA UM DEUS PAGÃO: RENFÃ!

Siccuth (Sakkuth) e Chiun (Kaiwan) significa “estrela” e refere-se a Saturno como a estrela que era objeto de adoração idólatra, considerados deuses assírios.
A natureza extremamente maligna do duplo triângulo, o hexagrama , é comprovada pelo fato de que o símbolo contém o número 666 oculto, o número da besta (Apocalipse 13). Note-se que existem seis triângulos incorporados na parte externa do hexágono, que tem seis pontas, e seis linhas que são usadas ​​na construção de dois triângulos do símbolo. Assim, temos o 6-6-6. Além disso, o símbolo incorpora seis triângulos de três lados cada. Seis vezes três é igual a dezoito (6 X 3 = 18 e 6 + 6 + 6 = 18). Um estudo notável da estrela de seis pontas foi realizada pelo Dr. OJ Graham no livro, “The Six Pointed Star” (A estrela de seis pontas).

[Imagem: Hexagrama-666_thumb%25255B1%25255D.jpg?imgmax=800]



Então, por que a estrela de seis pontas se tornou conhecida como a estrela judaica?

A multidão misturada que saiu do Egito com os filhos de Israel tomou a estrela com eles, pois o obelisco, a estrela de seis pontas, foi um ídolo egípcio usado em adoração idólatra.
A origem e a história da estrela de seis pontas (hexagrama) e seu misterioso vínculo com a humanidade dos tempos do Egito são intrigantes. A estrela de seis pontas tem sido muito utilizada em magia, ocultismo, feitiçaria e astrologia, e agora virou modismo em igrejas evangélicas judaizantes. Por quê? Porque, infelizmente, os Judeus usaram e tem frequentemente usado esses itens, se aprofundando em práticas que são contrárias às Escrituras. A Bíblia registra muitas dessas instâncias.
Em 922 aC, Salomão casou com a filha do Faraó e ficou envolvido com adoração de ídolos egípcios, magia e bruxaria. Salomão construiu um altar para Astarote e Moloch. O rei Salomão abandonou seu Deus, e virou-se para Astarote, a deusa dos sidônios, as abominações dos cananeus. Astarote ou Astarte significa estrela… Por isso, a estrela de seis pontas, o símbolo chefe dos sacrifícios humanos em círculos de magia e bruxaria, foi chamada de Selo de Salomão.

[Imagem: dolar%20ma%C3%A7on.jpg%20%20%20%20]


No dólar: [Imagem: dol12.jpg]



Você sabia que o número 666 foi conectado com Salomão?

No 6o Grau da Maçonaria, o Grau de Secretário Íntimo, o conceito de um triângulo triplo é introduzido. Dizem ser emblemático dos três maçons que estavam presentes na abertura da primeira Loja de Secretários Íntimos . É ainda afirmado que o rei Salomão foi um dos três presentes. É enfatizado no primeiro Livro de Reis da Bíblia que o rei Salomão se rebelou contra Deus e Seus mandamentos e começou a adorar o deus e a deusa dos pagãos no seu templo . Ele também exigiu dos Sumos Sacerdotes do Templo de Salomão que anualmente prestassem a ele, como tributo, a soma de 666 talentos de ouro.
“666” talentos de ouro eram levados a Salomão todo mês por, ninguém menos que, o Rei de Tiro (Ler 1 Reis 10:14 e Ezequiel 28).
O Rei Salomão deixou muitos textos que provaram a sua idolatria primitiva, como “Espelho do Rei Salomão”, “Pente do Rei Salomão”, e a “Estrela de seis pontas”, que se tornou conhecida no mundo ocultista e na feitiçaria como o ”Selo de Salomão”.
Salomão também estabeleceu os fundamentos da “Arte” (Daniel 8:25), que mais tarde se tornou conhecido como a Maçonaria. Por isso que a estrela de seis pontas aparece com destaque nos rituais maçônicos.
A primeira menção da estrela de seis pontas na literatura Israelita foi em Amós 5:26, quando Deus irritado contra Seu povo disse:”Odeio, desprezo as vossas festas… Sim, levastes Sicute, vosso rei, Quium, vossa imagem, e o vosso deus-estrela, que fizestes para vós mesmos.”
(Amós 5:21,26)
Salomão não prestou atenção aos avisos subseqüentes de Deus para cessar essas práticas abomináveis, mesmo depois que Deus ameaçou arrancar o reino de Israel da mão de seu filho. E, de fato, a separação ocorreu após a morte de Salomão. A idolatria de Salomão causou ao Reino de Israel a sua divisão em dois. As práticas que ele introduziu aos filhos de Israel foram a causa da Casa de Israel ir para o exílio no Cáucaso e da Casa de Judá ir para o cativeiro.
Foi Josiah que posteriormente destruiu esse altar proibido. 

Não confunda o trecho da Bíblia: “estrela procederá de Jacó” (Números 24:17), com a estrela de seis pontas. A estrela que anunciava o nascimento do Messias verdadeiro, Jesus Cristo, foi uma verdadeira estrela que brilhava no céu e levou os três reis para onde ele estava como um bebê para que Escrituras fosse cumprida: “Porque um menino nos nasceu, para nós, um Filho se nos deu“(Isaías 09:06).


[Imagem: magendavid.JPG]



Trajetória: O Egito de Salomão, a magia árabe, a feitiçaria e uso pelos druídas, a franco-maçonaria, chegando, assim, em “Mayer Amschel Bauer”, que no século 17 mudou seu nome para assumir a estrela de seis pontas vermelha e pendurou em sua porta na Alemanha. E foi assim que passou a ser chamada a família “Rothschild” (que quer dizer escudo vermelho). A família Rothschild incorporou esse símbolo em sua Corte de Armas.

Por que a maioria dos judeus atualmente usam a estrela de seis pontas, e chamam de Estrela de David, o Escudo de David ou Magen David?

Este símbolo foi largamente adotado na 2a Guerra Mundial quando os judeus sacrificados usaram uma estrela amarela de seis pontas durante o holocausto. A palavra “holocausto” significa oferenda queimada.
Como no passado, a estrela de seis pontas foi usada em sacrifícios humanos queimados e oferecidos a Moloch e Astarote na adoração de Baal. Os Judeus que tiveram algo a ver com a estrela de seis pontas (hexagrama) no passado, foram aqueles que estavam envolvidos em práticas ocultas. Eles sacrificavam seus próprios filhos a esses deuses. 
A estrela de seis pontas aparece na Cabala, na astrologia, na estrela de seis pontas amarela nos judeus durante o holocausto, no símbolo sionista, e finalmente na bandeira do Estado de Israel e mais além. São informações chocantes a respeito do uso da estrela de seis pontas e seu vínculo assustador com a humanidade.
Hoje, a maioria dos judeus usam essa estrela por escolha, sem pensar ou verificar a sua origem e uso através do tempo. Vestem a estrela de seis pontas, judeus e evangélicos maçônicos, infelizmente.

Essa falsa ”estrela de Davi” na bandeira de Israel,na verdade é a estrela do deus Renfã.


Fonte: http://apocalink.com.br/?p=9374

“O inferno (...) é aquele que já está aqui. Existem duas maneiras de não sofrer. A primeira é fácil para a maioria das pessoas: aceitar o inferno e tornar-se parte deste até o ponto de deixar de percebê-lo. A segunda é arriscada e exige atenção e aprendizagem contínuas: tentar saber reconhecer quem e o que, no meio do inferno, não é inferno, e preservá-lo, e abrir espaço.” (Ítalo Calvino, "As cidades invisíveis")
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 7 usuários diz(em) obrigado a Sophia pelo seu post:
Alkin (08-08-2016), DeOlhOnafigueira (01-10-2016), Fire Fox (21-08-2016), Jaspion (19-08-2016), marcosarierom (08-08-2016), Profeta do Apocalipse (17-09-2016), ULTRON (08-08-2016)
Desodorante Bion Vitta sem Alumínio ou Triclosan Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
08-08-2016, 12:42 AM (Resposta editada pela última vez em: 08-08-2016 01:19 AM por Sophia.)
Resposta: #42
RE: Compreendendo a História dos Judeus no Mundo
[Imagem: img2_img3.jpg]


MENORAH: O CANDELABRO SÍMBOLO DA ALIANÇA

Sua descrição está no livro do Êxodo (25, 31-40), no momento em que o Senhor descreve a Moisés o modo de construir o Santuário onde serão guardadas as Tábuas da Lei: “O candelabro será polido, tanto a base como a haste. Seus cálices, botões e flores formarão uma só peça. Seis braços sairão de seus lados, três de um e três de outro”.

[Imagem: 133249156692293090a_b.jpg]


Moisés fez como o Senhor lhe ordenou e, na Terra prometida, a Menorá foi guardada no Templo de Jerusalém, sempre acesa com óleo puríssimo. Após o ano 70, quando o Templo foi destruído pelos romanos e Israel deixou de existir como Estado, foi levada a Roma pelos soldados e ficou exposta no Templo da Paz de Vespasiano. Depois, perdem-se as notícias e surgem mitos.


[Imagem: arcos_tito_ruinas.690x460.jpg]


O que significa a Menorá?

O Senhor não explicou o significado da Menorá, mas deu seu Espírito para que busquemos as riquezas de seu simbolismo, tanto judeu como cristão.
Alguns significados:

Sábado e os outros dias da Criação – o Shabat – Sábado, o Sétimo Dia é sagrado porque celebra a conclusão da obra criadora de Deus. É o dia reservado para o repouso e para o louvor à obra que o Senhor viu que “era muito boa”. O Sábado é o último dia da semana: Deus abençoou o sétimo dia e o santificou, pois nesse dia Deus repousou de toda a obra da criação (Gn 2, 1-3). A Menorá simboliza a semana: a lâmpada central é o Sábado, e os seis braços os seis dias da Criação.

Ao entrar no Templo e, hoje, nas Sinagogas, contemplando a Menorá o povo judeu nele vê a obra do Senhor e louva sua sabedoria e beleza.

[Imagem: Zechariah17.jpg]


Árvore da Vida – “E o Senhor Deus fez brotar do solo toda sorte de árvores de aspecto atraente e de fruto saboroso, e, no meio do jardim, a árvore da vida e a árvore do conhecimento do bem e do mal” (Gn 2, 8-9). Comer desse fruto é a decisão de querer ser igual a Deus, decidir por conta própria o que seja bom ou mal. A Árvore da Vida, em algumas ilustrações, finca as raízes nos céus e seus ramos cheios de frutos se estendem generosamente pela terra. Unidos ao Senhor teremos sempre o alimento que dá a vida.

Sarça ardente – a descrição da Sarça ardente que Moisés contemplou no Monte Horeb é uma das mais ricas de toda a vida mística, vida em comunhão com Deus: o Senhor é o Fogo que tudo consome mas não é consumido, é fogo que atrai irresistivelmente mas não pode ser tocado; do Senhor somente podemos nos aproximar com os pés descalços, em profunda adoração. Apareceu a Moisés o anjo do Senhor numa chama de fogo, do meio de uma sarça. Moisés notou que a sarça estava em chamas, mas não se consumia (Ex 3, 1-6) e recebe a ordem do Senhor para libertar seu povo.

A Menorá, Árvore da Vida, é também a Sarça ardente, a Vida que arde de amor pelo povo em busca da libertação. Mas, o povo somente terá a liberdade enquanto ficar descalço diante do Senhor, enquanto adorá-lo em espírito e vida.


O Espírito do Senhor e seus dons – por sua vez, outros rabinos afirmam que, sem sombra de dúvida, a Menorá conduz à visão de Isaías (11, 2), completando a revelação do Senhor a Moisés, nessa ordem: 1 – O Espírito do Senhor (braço central) – 2 e 3 – Espírito de Sabedoria e Inteligência (a cada lado do braço central) – 4 e 5 – Espírito de Conselho e de Fortaleza – 6 e 7 – Espírito de Conhecimento e de Temor de Deus.

MENORAH REPRESENTA JESUS PARA OS CRISTÃOS:

"E virei-me para ver quem falava comigo. E, virando-me, vi sete castiçais de ouro;
E no meio dos sete castiçais um semelhante ao Filho do homem, vestido até aos pés de uma roupa comprida, e cingido pelos peitos com um cinto de ouro.
E a sua cabeça e cabelos eram brancos como lã branca, como a neve, e os seus olhos como chama de fogo;
E os seus pés, semelhantes a latão reluzente, como se tivessem sido refinados numa fornalha, e a sua voz como a voz de muitas águas.
E ele tinha na sua destra sete estrelas; e da sua boca saía uma aguda espada de dois fios; e o seu rosto era como o sol, quando na sua força resplandece."
(Apocalipse 1:12-16)

"O mistério das sete estrelas, que viste na minha destra, e dos sete castiçais de ouro. As sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete castiçais, que viste, são as sete igrejas."
(Apocalipse 1:20)



Fonte:https://pebesen.wordpress.com/2012/11/07/menora-o-candelabro-simbolo-da-alianca/

“O inferno (...) é aquele que já está aqui. Existem duas maneiras de não sofrer. A primeira é fácil para a maioria das pessoas: aceitar o inferno e tornar-se parte deste até o ponto de deixar de percebê-lo. A segunda é arriscada e exige atenção e aprendizagem contínuas: tentar saber reconhecer quem e o que, no meio do inferno, não é inferno, e preservá-lo, e abrir espaço.” (Ítalo Calvino, "As cidades invisíveis")
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Sophia pelo seu post:
Alkin (08-08-2016), DeOlhOnafigueira (01-10-2016), Jaspion (19-08-2016), marcosarierom (08-08-2016)
08-08-2016, 02:36 PM
Resposta: #43
RE: Compreendendo a História dos Judeus no Mundo
(07-08-2016 05:27 PM)ULTRON Escreveu:  PS: @marcosarierom , vale a pena ver, há muitas informações relevantes no documentário, a exemplo das tentativas de paz propostas pela Alemanha.

Vale a pena mesmo. Pelo que vi dos dois primeiros até agora, já deu para perceber que mostra uma perspectiva completamente diferente daquela que aprendemos na escola..

Se a grande mídia está apoiando, abra os olhos, melhor se opor.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a marcosarierom pelo seu post:
Sophia (08-08-2016), tarcardoso (15-08-2016), ULTRON (08-08-2016)
08-08-2016, 03:18 PM (Resposta editada pela última vez em: 08-08-2016 03:20 PM por ULTRON.)
Resposta: #44
RE: Compreendendo a História dos Judeus no Mundo
(08-08-2016 02:36 PM)marcosarierom Escreveu:  
(07-08-2016 05:27 PM)ULTRON Escreveu:  PS: @marcosarierom , vale a pena ver, há muitas informações relevantes no documentário, a exemplo das tentativas de paz propostas pela Alemanha.

Vale a pena mesmo. Pelo que vi dos dois primeiros até agora, já deu para perceber que mostra uma perspectiva completamente diferente daquela que aprendemos na escola..

Quando comecei assistir ao documentário sem muita pretensão, não pensei que me surpreenderia com as informações ali contidas. Eu assisti os primeiros 9 vídeos. O quarto é um dos melhores, pois começa com a discurso do ex-sionista Benjamin Freedman.





Em determinada hora, a partir de agora... Outras espécies de vida irão desaparecer da face do planeta...
Para sempre... E o ritmo está acelerando.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a ULTRON pelo seu post:
DeOlhOnafigueira (01-10-2016), marcosarierom (08-08-2016), Sophia (08-08-2016)
Sua pele mais bonita com colágeno hidrolisado
09-08-2016, 10:17 AM
Resposta: #45
RE: Compreendendo a História dos Judeus no Mundo
(07-08-2016 11:17 PM)Sophia Escreveu:  Hoje, a maioria dos judeus usam essa estrela por escolha, e sem pensarem ou verificarem sua origem e uso através do tempo. Vestem a estrela de seis pontas, judeus e evangélicos maçônicos, infelizmente.

Olha só a que ponto chega a manipulação desta "máfia". A ponto de fazerem evangélicos aderirem a maçonaria. O que pode ser mais controverso do que isto?
O principal objetivo da maçonaria é a destruição completa do cristianismo.
Segue abaixo um link de um PDF que explica detalhadamente a origem desta sociedade já não tão secreta:

http://www.perfeitadevocao.org/nsbs/diss...aducao.pdf

Se a grande mídia está apoiando, abra os olhos, melhor se opor.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a marcosarierom pelo seu post:
Lucas_0512 (14-08-2016), Sophia (09-08-2016)
14-08-2016, 02:16 AM (Resposta editada pela última vez em: 14-08-2016 03:06 PM por Sophia.)
Resposta: #46
RE: Compreendendo a História dos Judeus no Mundo
[Imagem: a-dc3a9cima-terceira-tribo-arthur-koestler.jpg]



A HISTÓRIA DOS JUDEUS ASHKENAZI DESCENDENTES DAS DUAS TRIBOS DE GOMER:



“A grande maioria dos sobreviventes judeus do mundo são descendentes de europeus do Leste. Se é assim, isso significa que seus antepassados não vieram do Jordão, mas do Volga, e não de Canaã, mas do Cáucaso, uma vez que acredita-se ser o berço da raça ariana, e que geneticamente estão mais estreitamente relacionados com as tribos Hun, Uigur, e que Magyar à descendência de Abraão, Isaac e Jacó “.

Arthur Koestler em seu livro: “A DÉCIMA TERCEIRA TRIBO”



[Imagem: b3C4MrZ.jpg]



Quem são as pessoas que habitam atualmente ISRAEL, conhecidas com israelenses e judeus: 10-20% são sefarditas e 80-90% são ashkenazi. Os ashkenazi vem de países do leste europeu, os sefarditas vem de países do oriente médio.

[Imagem: khazaria.jpg]


No ano 450 d.c., uma das tribos bárbaras da Europa estava começando a mostrar sinais de inquietação. Essa tribo era chamada de "Khazares (Chazars). Dentro dos próximos 200 anos, os Khazares formariam o maior e mais poderoso reino do leste da Europa. Eles teriam poder supremo por cerca de 200 anos, ranking no poder com o califado muçulmano e do império bizantino. Seu reino, de aproximadamente um milhão de quilômetros quadrados, fronteira com o mar de Aral, a leste Kiev e estepes da Ucrânia, a oeste da montanha do Cáucaso e o Mar Negro, ao sul Ural e a montanha do Norte.


Certa vez, um Khagan (Rei Khazar) chamado José se correspondeu com um israelita espanhol chamado Hasdai Ibn Sharprut, em algum momento entre 954 e 961 d.c. (Manuscritos desta correspondência podem ser vistos na Biblioteca da Christ Church -Igreja de Cristo, em Oxford, na Inglaterra e na Biblioteca Pública de Leningrado, na Rússia).
Hasdai foi o ministro-chefe do Califa de Córdoba ABD - Al - Rahman III.
Naquela época, Córdoba era o esplendor da Espanha Mourisca, os Mouros Espanhóis (uma mistura de muçulmanos e hebreus negros), e era o principal centro da cultura européia. Em sua carta a Hasdai, o Rei José afirmou que ele era da linhagem de Jafé, da semente de Togarma (Turcos), neto de Jafé. Ele declarou ainda que Togarma (Turcos), que era irmão de Asquenaz (Alemães), teve dez filhos e os Khazares representavam o sétimo filho. Com seus próprios lábios, o Rei declarou a origem e a linhagem de seus descendentes que são dos filhos de Jafé (Euro-gentios).

“OS FILHOS DE JAFÉ: GOMER, MAGOGUE, MADAI, JAVÃ, TUBAL, MESEQUE E TIRAS E OS FILHOS DE GOMER: ASQUENAZ, RIFATE E TOGARMA E OS FILHOS DE JAVÃ: ELISÁ, TÁRSIS, QUITIM E DODANIM. POR ESTES FORAM DIVIDIDAS AS ILHAS DOS GENTIOS EM SUAS TERRAS CONFORME A SUA LÍNGUA, SEGUNDO AS SUAS FAMÍLIAS, EM SUAS NAÇÕES”.
(GÊNESIS 10: 2-5)

De acordo com o Rei dos Khazares, seu povo descende da Família de Togarma. Como todos os países europeus na época, os Khazares eram pagãos. No entanto, em 740 d.c., o Rei Bulan iniciou a conversão do seu Reino (Khazares) a uma filosofia nova e diferente. Antes da conversão, o Rei convidou representantes do Cristianismo, do Islamismo e do Judaísmo para discutir as doutrinas dessas três religiões. Em resposta à pergunta do Rei, foi acordado, por unanimidade, que a doutrina dos Judeus era a mais próxima da verdade. Eles chegaram a essa conclusão porque tanto os cristãos (Bizantinos) quanto os mulçumanos (Califado) se baseavam nas Escrituras Hebraicas. Para que os Khazares se mantivessem independentes, eles optaram pela crença que nem os cristãos, nem os muçulmanos praticavam, mas ambos respeitavam. Após a conversão, o Rei Bulan mudou seu nome para Rei Obadias. E foi nesse momento que os Khazares viraram os "Judeus ashkenazim ou asquenazim".
Eles investiram muita esperança, mas muito pouca compreensão, especialmente dos assuntos espirituais sobre a crença dos Hebreus.
Entretanto, hoje, 85% dos Judeus (adeptos a religião judaica) no mundo são ashkenazim ou asquenazim.

Mas por quê os Judeus de origem Khazaria (turca), se autodenominam Asquenazim (alemã)?

[Imagem: 6e3303c786f313b3503fb5e1314d5e2e.jpg]


A resposta é porque o Profeta Jeremias profetizou que Asquenazim e seus aliados conquistariam a Babilônia:

“ARVORAI ESTANDARTE NA TERRA, TOCAI TROMBETA ENTRE NAÇÕES, CONSAGRAI AS NAÇÕES CONTRA ELA, CONVOCAI CONTRA ELA OS REINOS DE ARARATE, MINI E ASQUENAZ; ORDENAI CONTRA ELA CHEFES, FAZEI SUBIR CAVALOS COMO GAFANHOTOS ERIÇADOS”. (JEREMIAS 51:2)

Além disso, eles tiveram que sair de suas terras fugindo dos Mongóis e habitaram as terras Germânicas. Misturando, assim, as duas tribos de GOMER.

[Imagem: Svyatoslav.jpg]

“O inferno (...) é aquele que já está aqui. Existem duas maneiras de não sofrer. A primeira é fácil para a maioria das pessoas: aceitar o inferno e tornar-se parte deste até o ponto de deixar de percebê-lo. A segunda é arriscada e exige atenção e aprendizagem contínuas: tentar saber reconhecer quem e o que, no meio do inferno, não é inferno, e preservá-lo, e abrir espaço.” (Ítalo Calvino, "As cidades invisíveis")
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Sophia pelo seu post:
DeOlhOnafigueira (01-10-2016), Lucas_0512 (14-08-2016), marcosarierom (14-08-2016), ULTRON (14-08-2016)
14-08-2016, 12:13 PM (Resposta editada pela última vez em: 20-08-2016 10:07 AM por Sophia.)
Resposta: #47
RE: Compreendendo a História dos Judeus no Mundo
[Imagem: Dictionary_of_the_Khazars.jpg]


Os cazares, também chamados cázaros ou khazari, eram um povo de origem turcomana seminômade que dominou a região centro-asiática a partir do século VII até o século X. A palavra khazar parece estar ligada a formas verbais túrquicas, significando "errante". Muitos de seus membros converteram-se ao judaísmo.

A Cazária, Império Cazar ou Canato Cazar foi um extinto estado não-eslavo que existiu nas estepes entre o mar Cáspio e o mar Negro e parcialmente ao longo do rio Volga. É hoje considerado um símbolo tradicional da Rússia, assim como a árvore conhecida em português por bétula ou vidoeiro.

Os cazares foram importantes aliados do Império Bizantino contra o Império Sassânida, e também uma significativa potência regional em seu momento de máximo esplendor. Empreenderam uma série de guerras, todas vitoriosas, contra os califados árabes, evitando assim possivelmente a invasão muçulmana na Europa Oriental. Aos finais do séculos X, seu poder declinaria frente ao Principado de Kiev, desaparecendo da história.

Judaísmo na Cazária

A conversão dos cazares ao judaísmo foi feita de maneira quase que aleatória. O seu rei queria escolher uma religião monoteísta para si e para seu povo, e acabou por escolher o judaísmo.

Os judeus asquenazim descendentes dos cazares abandonaram suas terras, fugindo às devastações perpetradas pelos mongóis, refugiando-se na Europa Oriental, principalmente nos atuais territórios da Polônia, Hungria e Ucrânia, isto é, nos territórios mais afetados pelo extermínio nazista.

Essas populações, não pertencendo a nenhuma das doze tribos de Israel, Questi, são definidas no livro de Koestler como "a décima-terceira tribo". Por defender essa ideia, Koestler recebeu uma avalanche de críticas e foi acusado de negar o sagrado direito dos judeus ashkenazi ao território de Israel. Koestler, ele próprio um judeu asquenaze, era sionista com base em razões seculares, e não considerou que uma suposta ascendência khazar pudesse retirar a legitimidade da reivindicação dos judeus sobre o território de Israel - direito que ele considerava baseado em uma decisão das Nações Unidas e não em promessas bíblicas ou em herança genética.

Segundo o autor:"o problema da infusão khazar mil anos atrás (...) é irrelevante para o moderno estado de Israel, que se baseia em mera tradição etno-teológica e não em coerência genômica real".

Veja @ULTRON:

O historiador Schlomo Sand, da Universidade de Tel Aviv, em seu livro When and How Was the Jewish People Invented?, de 2008, propõe uma revisão crítica dos mitos que fundamentam a história do povo judeu, retomando a hipótese de Koestler.
Ele tenta no livro fazer uma reconstrução da história cazar e salienta que já na segunda metade do século XIX emerge uma visão histórica segundo a qual, na realidade,

[Imagem: Lebedev_Svyatoslavs_meeting_with_Emperor_John.jpg]



na Rússia, existiram duas comunidades judaicas que se sedimentaram uma sobre a outra, no curso dos séculos:

a primeira, formada por judeus provenientes da costa do mar Negro e da Ásia através do Cáucaso. ESSES SÃO DA TRIBO DE MAGOGUE = RUSSOS (CITAS);

a segunda, proveniente da Germânia, em sucessivas ondas migratórias. ESSES SÃO OS DE ORIGEM DA TRIBO DE GOMER (TOGARMA+ASKENAZ) = TURCOS (KHAZARIA) + GERMÂNICOS


Se o que a história mostra é verdade, então temos dois povos que formaram os judeus askhenazim. E mais, parece que o povo que foi sacrificado no holocasto da 2a Guerra Mundial, foi o povo da tribo de GOMER.

Se a teoria anti-sionista aponta que os sionistas sacrificaram os judeus no holocausto para o deus-estrela Henfã em troca das terras de Israel, então, poderíamos pensar que os judeus da tribo de MAGOGUE (ANTIGOS CITAS) sacrificaram os judeus da tribo de GOMER (ANTIGOS KHAZARS E ASKHENAZES).

CONCLUSÃO: A MAIORIA DOS SIONISTAS PODEM SER DA TRIBO DE MAGOGUE.

[Imagem: 11Bulgarian%2BKhan%2BKrum%2B-%2BGreat%2B...2BPass.png]

“O inferno (...) é aquele que já está aqui. Existem duas maneiras de não sofrer. A primeira é fácil para a maioria das pessoas: aceitar o inferno e tornar-se parte deste até o ponto de deixar de percebê-lo. A segunda é arriscada e exige atenção e aprendizagem contínuas: tentar saber reconhecer quem e o que, no meio do inferno, não é inferno, e preservá-lo, e abrir espaço.” (Ítalo Calvino, "As cidades invisíveis")
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Sophia pelo seu post:
DeOlhOnafigueira (01-10-2016), ULTRON (14-08-2016)
Você encontra o Sal Rosa do Himalaya pelo menor preço na Tudo Saudável
19-08-2016, 09:27 PM
Resposta: #48
RE: Compreendendo a História dos Judeus no Mundo
Sobre o texto do primeiro post, os judeus sefarditas, sendo da etnia ''mediterrânea'', não seriam descendentes de Esaú, já que este era ruivo.

E saiu o primeiro ruivo e todo como um vestido de pêlo; por isso chamaram o seu nome Esaú.
Gênesis 25:25
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Nikoloz pelo seu post:
DeOlhOnafigueira (01-10-2016), Sophia (20-08-2016)
20-08-2016, 06:38 AM (Resposta editada pela última vez em: 16-09-2016 10:18 PM por Sophia.)
Resposta: #49
RE: Compreendendo a História dos Judeus no Mundo
[Imagem: Edom+(Ru%C3%ADnas)+(56).JPG]


(19-08-2016 09:27 PM)Nikoloz Escreveu:  Sobre o texto do primeiro post, os judeus sefarditas, sendo da etnia ''mediterrânea'', não seriam descendentes de Esaú, já que este era ruivo.

E saiu o primeiro ruivo e todo como um vestido de pêlo; por isso chamaram o seu nome Esaú.
Gênesis 25:25

O nome Esaú significa peludo. Ele não era "ruivo". Na verdade, a Bíblia aponta que o primeiro bebê gêmeo saiu "vermelho". Vermelho significa "Edom". Por isso, seu nome também é Edom. Foi chamado de Edom por causa do prato de "lentilhas" que era de cor avermelhada. Mas você tem razão ao afirmar que os sefarditas não descendem de Esaú.

Esaú ou Edom originou os Edomitas.

[Imagem: obadias-bateu-levou-quebrou-pagou-procur...1438285425]



OS DESCENDENTES DE ESAÚ


Os descendentes de Esaú, chamados edomitas, são registrados na Bíblia, não só porque ele era o filho de Isaque, mas também porque seus descendentes eram vizinhos do povo de Israel, e sua genealogia nos ajuda a esclarecer os vários episódios da sua história, narrada através do Velho Testamento.

A Bíblia também nos mostra o cumprimento de parte da promessa feita por Deus a Abraão de que ele seria pai de muitas nações, da declaração do SENHOR a Rebeca que havia duas nações em seu ventre (capítulo 25:23).

[Imagem: li25c3258725c32583o05obadiasoprinc25c325...258dna.png]


Novamente vemos uma das caraterísticas da Palavra de Deus, obedecendo ao princípio de que não é o primeiro o espiritual, e sim, o natural; depois o espiritual (1 Coríntios 15:46). 0 primeiro, o natural, é o melhor no sentido humano, mas sempre falha; o espiritual é o que vem de Deus, e é o que tem sucesso: Adão - Cristo; Caim - Abel; posteridade de Caim - posteridade de Sete; Saul - Davi; Israel - a Igreja verdadeira, etc.

Aqui temos pouco mais além dos nomes, mas estes nos fornecem informações interessantes:

Esaú (cabeludo) é aqui chamado Edom (vermelho, a mesma palavra que Adão), por causa do episódio da venda do seu direito à primogenitura por uma sopa de lentilhas.

[Imagem: 13-%25C3%2581RVORE%2BGENEAL%25C3%2593GIC...A%2529.png]


Ele teve três esposas, as primeiras duas cananéias:

Ada (ornamento): também chamada Basemate, filha do heteu Elom (Gênesis 26:34).

Oolibama (tenda da altura): também chamada Judite, filha de Aná (também chamado Beeri - capítulo 26:34).

Basemate (perfumada), também chamada Maalate (lira) (Gênesis 28:9), filha de Ismael e portanto prima em segundo grau de Esaú.

É curioso como as três recebem três nomes diferentes dos que tinham anteriormente (capítulos 28:9 e 36:3). Não se sabe a razão, mas seria porque o segundo nome é um apelido que reflete melhor a sua personalidade? A terceira passou a chamar-se pelo primeiro nome da primeira!

Suas três esposas lhe deram, ao todo, cinco filhos, como segue:

Ada:
Elifaz (Deus é a sua fortaleza).

Basemate:
Reuel (Amigo de Deus).

Oolibama:
Jeús (Ajuntador)
Jalão (Ocultador)
Coré (Gelo, Saraiva).

Assim como aconteceu com Abraão e Ló, Esaú teve que se separar de Jacó porque os bens deles eram muitos para habitarem juntos, sendo a terra de Canaã insuficiente para sustentar todo o seu gado. Vemos como Deus os havia abençoado, em cumprimento à sua promessa.

Seir (cabeludo) é o nome da região que foi ocupada por Esaú e seus descendentes. É uma região montanhosa ao sul e oriente do mar Morto, em grande parte deserto, mas rica em recursos naturais como sal e, pelo menos ao tempo em que foi habitada, boas pastagens nos numerosos vales entre as montanhas.

[Imagem: sete-maravilhas-24-728.jpg?cb=1344409253]


Este lugar foi dado por Deus a ele e à sua descendência (Deuteronômio 2:5; Josué 24:4). Sua velha capital era Bozra (uma cerca) (Isaias 63: 1), e ali estava (e ainda está mas agora desabitada) a cidade escavada na rocha chamada Sela (rocha) (Juizes 1:36, 2 Reis 14:7), mais recentemente conhecida pelo seu nome na língua grega Petra; este é um lugar ligado nas profecias à segunda vinda de Cristo, para julgar o mundo no fim da Grande Tribulação (Lucas 21:24; Apocalipse 16:14; Salmo 137:7; Obadias 1:3, 8-16; Isaias 16:1, 34:1-8; 63:1-6; Jeremias 49:14-22; Ezequiel 25:12-14).

Netos de Esaú:

Elifaz:

Temã, que deu seu nome a um lugar na Idumeia do Sul, a terra dos filhos do oriente, freqüentemente mencionada no Velho Testamento, famosa pela sabedoria dos seus habitantes (Amós 1:12; Obadias 1:8; Jeremias 49:7; Ezequiel 25:13).
Omar (eloqüente), nome atualmente famoso por causa da mesquita de Omar, em Jerusalém, sobre as ruínas do templo do rei Salomão.
Zefô
Coré (Gelo, Saraiva).
Gaetã
Quenaz (Caçador).
Amaleque (Habitante do Vale).
Reuel:

Naate (Repouso).
Zerá (Nascer do Sol).
S amá (Deserto).
Misá (Desespero)
Jeús
Jalão
Coré
Estes catorze netos, príncipes, deram início a uma tribo cada um.

A seguir, temos a descendência de Seir, o horeu, que ocupava essa terra anteriormente:

Lotã: filhos Hori e Homã
Sobal: filhos Alvã, Manaate, Ebal, Sefô, e Onã.
Zibeão: filhos Aiá, c Aná (achou fontes termais no deserto).
Aná: filhos Disom e Oolibama (filha).
Disom: filhos Hendã, Esbã, Itrã e Querã.
Eser: filhos Bilã, Zaavã e Acã.
Disã: filhos Uz e Arã,
Filha: Timna.

O último edomita famoso que aparece na Bíblia é o cruel Herodes o Grande, responsável pela chacina das crianças na Judéia depois do nascimento de Jesus Cristo, cujo filho matou João Batista e enviou o Senhor Jesus a Pilatos para condená-lo à morte.


Os descendentes de Esaú são os Palestinos descendentes da Jordânia

[Imagem: LI%25C3%2587%25C3%2583O+05+OBADIAS+O+PRI...3%2593.PNG]


"Quanto aos palestinos, os principais eruditos bíblicos judeus ortodoxos acreditam que eles são os descendentes de Amaleque, o neto de Esaú." (Gênesis 36:12).

Vamos rever rapidamente essa passagem da Escritura:

"Estas, pois, são as gerações de Esaú, pai dos edomeus, na montanha de Seir. Estes são os nomes dos filhos de Esaú: Elifaz, filho de Ada, mulher de Esaú; Reuel, filho de Basemate, mulher de Esaú. E os filhos de Elifaz foram: Temã, Omar, Zefô, Gaetã e Quenaz. E Timna era concubina de Elifaz, filho de Esaú, e teve de Elifaz a Amaleque. Estes são os filhos de Ada, mulher de Esaú."

A passagem identifica essa linha particular de genealogia como "a geração de Esaú, o pai dos edomeus". Lembre-se dessa identificação, pois estaremos retornando a ela em breve, ao discutirmos a aplicação dessa profecia no que se refere aos palestinos que vivem fora de Israel, na Jordânia.

[Imagem: mapa-obadias.jpg]


Esse parágrafo citado diz literalmente que os palestinos dos dias atuais que vivem fora de Israel, são os descendentes da Casa de Esaú. Por que isso é importante? É criticamente importante porque Deus proferiu uma profecia contra a Casa de Esaú em Obadias 15-18, uma das mais chocantes na Bíblia — e que está caminhando em direção ao seu cumprimento.

http://www.sempretops.com/wp-content/upl...99x300.gif

"Mas no monte Sião haverá livramento, e ele será santo; e os da casa de Jacó possuirão as suas herdades. E a casa de Jacó será fogo, e a casa de José uma chama, e a casa de Esaú palha; e se acenderão contra eles, e os consumirão; e ninguém mais restará da casa de Esaú, porque o SENHOR o falou." [Obadias 17-18; ênfase adicionada].

[Imagem: slides-geografia-setemirj-43-728.jpg?cb=1345109682]


Essa profecia sugere que Israel recorreu a uma destruição pelo fogo porque as Casas de Jacó e de José estavam em um conflito em uma área muito próxima que não poderia ser resolvido por qualquer outro modo que não a aniquilação pelo fogo.

[img][Imagem: 37-o-profeta-obadias-9-638.jpg?cb=1373492906]
[/img]

Portanto, o elemento crucial para a compreensão que os palestinos formam a "Casa de Esaú" depende de vários fatores:

Eles são fisicamente descendentes de Amaleque, o neto de Esaú, como observado anteriormente.

Diariamente, os eventos no Oriente Médio giram em torno do conflito entre Israel e os palestinos, um conflito que não terminará.

Assim, temos cinco provas que Obadias 15-18 estava no processo de ser cumprido no fim dos tempos, exatamente como essa passagem indica.

"Este é o povo a respeito do qual Deus disse que haveria guerra em todas as gerações. (Veja Êxodo 17:16)" (Ibidem).

Você sabia que Deus separou Amaleque para uma declaração de guerra "de geração a geração"? Veja o verso:

"E disse: Porquanto jurou o SENHOR, haverá guerra do SENHOR contra Amaleque de geração em geração." [Êxodo 17:16].

"O profeta Malaquias revelou que os edomitas (todos os descendentes de Esaú) um dia retornariam e reconstruiriam; e o Senhor chamaria seu território de "termo da impiedade". (Malaquias 1:4) Os edomitas tiveram no passado sua capital na cidade de Petra, em Edom, o nome bíblico da região sul da Jordânia moderna."

[Imagem: Edom+%2528Ru%25C3%25ADnas%2529+%25281%2529.JPG]



[Imagem: israel-x-palestina-26899375.jpg]


Os jordanianos sempre temeram a população majoritária de palestinos, o que explica o histórico consistente de aproximação com Israel. A realidade é que ninguém em todo o Oriente Médio islâmico gosta dos palestinos; pelo contrário. Veja como um relatório do Pentágono deixa esse fato bem claro:

"O plano árabe realmente prevê a aniquilação do estado judaico, mas há outro alvo. Os palestinos são um espinho odiado na maior parte do mundo árabe. Embora os ditadores árabes usem os palestinos como uma frente terrorista para recuperar seu orgulho ferido pelas derrotas sofridas nos campos de batalha, nunca permitiram que eles se fixassem como cidadãos em seus países. Sabem que uma vez que aquele povo inteligente e belicoso tenha um estado funcional, ele pode e vai causar estragos no mundo árabe. Constantemente eles estarão exigindo dinheiro e fazendo chantagens, como no passado. Portanto, durante essa guerra vindoura, os dois alvos são os judeus e os palestinos." ("1997: The Next Arab-Israeli War", Emanuel A. Winston, A Middle East Analyst and Commentator, The Jewish Press, semana de 31 de janeiro de 1997, vol. XLVII, No. 5, págs. 43 e 53)

[Imagem: Bozrah-from-northwest-tb061404284-lugaresbiblicos.jpg]


É interessante que uma passagem paralela em Isaías 34 prediz a aniquilação de Edom, os descendentes de Esaú. Vamos analisar porções dessa profecia:

Após descrever a matança no fim dos tempos contra todas as nações da terra nos versos 1-4, Deus volta Sua atenção para o povo de Edom:

"Porque a minha espada se embriagou nos céus; eis que sobre Edom descerá, e sobre o povo do meu anátema para exercer juízo. A espada do SENHOR está cheia de sangue, está engordurada da gordura do sangue de cordeiros e de bodes, da gordura dos rins de carneiros; porque o SENHOR tem sacrifício em Bozra, e grande matança na terra de Edom. E os bois selvagens cairão com eles, e os bezerros com os touros; e a sua terra embriagar-se-á de sangue até se fartar, e o seu pó se engrossará com a gordura. Porque será o dia da vingança do SENHOR, ano de retribuições pela contenda de Sião." [Isaías 34:5-8].

[Imagem: mapa-israel.gif]


"E os seus ribeiros se tornarão em pez, e o seu pó em enxofre, e a sua terra em pez ardente. Nem de noite nem de dia se apagará; para sempre a sua fumaça subirá; de geração em geração será assolada; pelos séculos dos séculos ninguém passará por ela." [Isaías 34:9-10].

[Imagem: 90071.jpg]


Resumindo...

A mensagem de Obadias se divide em três partes principais:
Versículos 1 a 9 falam do castigo que Deus traria sobre Edom.
Versículos 10 a 16 explicam os motivos desta sentença divina.
Versículos 17 a 21 contêm profecias da vitória do povo de Deus, e incluem linguagem messiânica.

Ao longo do Antigo Testamento, houve conflito entre estes povos. Os edomitas ocupavam um território a sudeste do mar Morto e recusaram passagem livre quando os israelitas tentaram chegar à terra prometida (Números 20:14-21). Deus não permitiu que os israelitas atacassem os edomitas nem tomassem suas terras (Deuteronômio 2:4-8). Por volta de 1.000 anos a.C., Davi subjugou os edomitas (1 Crônicas 18:12-13). Mas o filho dele, Salomão, não conseguiu manter este domínio total sobre os descendentes de Esaú (1 Reis 11:14-22). Quando os descendentes de Jacó sofreram nas mãos dos inimigos, Edom achou prazer nisso e até ajudou os adversários de Israel contra estes “irmãos” (Obadias 10-14). Foi Deus que trouxe o castigo contra Judá, mas ele não achou prazer nisso e condenou os edomitas por sua atitude. Mesmo quando Deus traz a justiça contra um malfeitor, não é motivo de comemoração, pois aqueles que amam aos inimigos como Deus o faz (Mateus 5:44-48) não acharão prazer na morte de ninguém (Ezequiel 18:32).

Apesar do seu foco no castigo dos edomitas, o livro de Obadias traz uma mensagem de esperança. Este livro não desenvolve os temas messiânicos com a mesma profundidade e clareza de outros profetas, como Isaías e Daniel, mas não devemos perder a importância da sua mensagem sobre o “Dia do SENHOR” que traria justiça contra os inimigos de Deus e paz para seus servos fiéis. Obadias não oferece detalhes, mas termina com uma confiante afirmação da soberania de Deus: “... o reino será do SENHOR” (Obadias 21).

[Imagem: pro+7.JPG]


[Imagem: Guerra-Israel-x-Palestina.jpg]

Fontes: http://www.espada.eti.br/n2095.asp
http://www.estudosdabiblia.net/jbd107.htm

“O inferno (...) é aquele que já está aqui. Existem duas maneiras de não sofrer. A primeira é fácil para a maioria das pessoas: aceitar o inferno e tornar-se parte deste até o ponto de deixar de percebê-lo. A segunda é arriscada e exige atenção e aprendizagem contínuas: tentar saber reconhecer quem e o que, no meio do inferno, não é inferno, e preservá-lo, e abrir espaço.” (Ítalo Calvino, "As cidades invisíveis")
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Sophia pelo seu post:
DeOlhOnafigueira (01-10-2016), marcosarierom (20-08-2016), ULTRON (20-08-2016)
20-08-2016, 05:14 PM (Resposta editada pela última vez em: 21-08-2016 01:37 PM por Sophia.)
Resposta: #50
RE: Compreendendo a História dos Judeus no Mundo
AMALEQUITAS SÃO DESCENDENTES DE EDOM (EDOMITAS) = ATUALMENTE OS PALESTINOS

[Imagem: hqdefault.jpg]


Não existe notícia na Bíblia de um povo que tenha sido mais aborrecido por Deus do que os Amalequitas. Foi o único povo a respeito do qual Deus falou estas palavras:

"Hei de riscar totalmente a memória de Amaleque de debaixo dos céus...Porquanto o Senhor jurou, haverá guerra do Senhor contra Amaleque de geração em geração." (Ex 17.14, 16).

De onde vieram os Amalequitas?

A primeira referência que encontramos em relação a eles é em Gn 36.12:

"E Timna era concubina de Elifaz, filho de Esaú, e teve de Elifaz a Amaleque. estes são os filhos de Ada, mulher de Esaú."

[Imagem: geografia-de-israel-38-728.jpg]


Vê-se, por esta referência, a origem daquele povo: netos daquele a quem Deus aborrecera: Esaú. Filhos de uma concubina.
Amaleque é citado nos cânticos proféticos de Balaão(Números 24.20). e de Débora e Baraque (Juizes 5.14).
Em um dos Sl de Asafe, o 83, Amaleque é citado entre 17 povos inimigos de Deus.

Quando Moisés estava lembrando ao povo os juízos de Deus, em Deuteronômio, não esqueceu Amaleque. Demonstrou, com isto, que Deus estava falando com toda a ênfase a respeito daquela nação iníqua, destinando-a à total destruição. Veja o que Ele disse a Moisés:

"Lembra-te do que fez Amaleque no caminho, como te derribou na retaguarda todos os fracos que iam após ti, estando tu cansado e afadigado. e não temeu a Deus. Será pois que, quando o Senhor teu Deus te tiver dado repouso de todos os teus inimigos em redor na terra que o senhor te dará por herança para possuí-la então apagarás a memória de Amaleque de debaixo dos céus: NÃO TE ESQUEÇAS! (Deuteronômio 25.17-19).

[Imagem: slide_24.jpg]


É incrível. Aquele povo terrível que Deus prometeu apagar sempre procurava destruir o povo de Deus, embora por este fosse destruído. Contudo, sempre ficava alguma raiz e estas raízes geravam novos rebentos.
No livro de Juizes vamos encontrar novamente os Amalequitas, desta vez enfraquecidos pela primeira vitória de Israel contra eles. Estão aliados aos Midianitas e a outros povos para, mais fortes, conseguirem o seu grande objetivo: Destruir Israel.

"Porque sucedia que, semeando Israel, subiram os Midianitas e os Amalequitas. e também os do Oriente contra ele subiam. E punham-se contra eles em campo, destruíam a novidade da terra, até chegarem a Gaza. e não deixavam mantimento em Israel, nem ovelhas, nem bois, nem jumentos. Porque subiam com seus gados e tendas. Vinham como gafanhotos, em tanta multidão que não se podiam contar, nem a eles nem aos seu camelos. E entravam na terra, para destruir.
Assim Israel empobreceu muito pela presença dos midianitas." (Juizes 6.3-6a).


Foi então que Deus levantou Gideão com seus trezentos homens, os quais venceram mais esta batalha do Senhor.
Quando vem o confronto definitivo, o maior de todos contra Amaleque, a ordem de Deus foi peremptória e sem margem a qualquer dúvida. Ele ordenou ao povo o seguinte:

"Vai pois agora e fere a Amaleque e destroi totalmente tudo o que tiver, e não lhes perdoes. porém, matarás desde o homem à mulher, desde os meninos até aos de mama, desde os bois até as ovelhas, e desde os camelos até aos jumentos". (I Sm 15.3).

Isto não nos faz tremer? Poderia haver ordem mais terrível do que esta?E por que Deus fez isto? Existe uma explicação? Sim existe: Deus NÃO PERDOA AQUELE QUE TENTA FRUSTRAR SEU PLANOS! Leiamos a explicação:

"Assim diz o Senhor dos exércitos: Eu me recordei do que fez Amaleque a Israel, quando se lhe opôs no caminho, quando subia do Egito." (I Sm 15.2).

[Imagem: SaulXAgague.png]


Saul foi o rei escolhido por Deus para cumprir tão terrível e, ao mesmo tempo nobre missão. É talvez um mistério para nós que o Deus da misericórdia quando aplicou a sua justiça contra Amaleque mandou matar até as criancinhas e os animais, mas não é motivo de não aceitarmos a Sua soberania em tudo o que faz.

Como dissemos, Saul foiescolhido como o braço de Deus para tal missão e foi nesta missão que se evidenciou a sua rebeldia. Foi nesta missão que ele perdeu tudo o que tinha diante de Deus quando, semelhante a Acã, tomou os despojos que Deus proibira de tomar. (I Sm 15.1-35).

Saul trouxera o rei dos Amalequitas com ele, porque naquele tempo uma das evidências de poder era o rei vencedor ter reis inimigos comendo migalhas debaixo da sua mesa. Tratava-se portanto de uma pura vaidade de Saul. Vemos uma prova disto em um episódio bizarro nas Escrituras. Ei-lo:

"E subiu Judá e o Senhor lhe deu na sua mão os cananeus e os fereseus: e feriram deles em Bezeque a dez mil homens. e acharam ali Adôni-Bezeque em Bezeque e pelejaram contra ele: e feriram aos cananeus e aos fereseus.
Porém, Adôni-Bezeque fugiu: e o seguiram, e o prenderam, e lhe cortaram os dedos polegares das mãos e dos pés. (Os polegares eram símbolo de autoridade). Então disse Adôni-Bezeque: Setenta reis, com osdedos polegares das mãos e dos pés cortados, apanhavam as migalhas da minha mesa, assim como eu fiz, assim Deus me pagou." (Juizes 1.4-7).


[Imagem: image_thumb%25255B5%25255D.png?imgmax=800]


Por causa da desobediência de Saul foi que Deus se "arrependeu" de havê-lo constituído rei sobre Israel.
Bem, apesar dos exércitos de Saul terem quase destruído totalmente os amalequitas, sobraram muitos, provavelmente escondidos, ou viajando, ou por qualquer outro motivo que desconhecemos.
Vamos, pois, encontrar, mais tarde, os famigerados amalequitas novamente dando trabalho ao povo de Deus e levando cativas as mulheres de Davi, Ainoã, a jezreelita, e Abigail, a viúva de Nabal, o carmelita (I Sm 30.6).
Os amalequitas haviam queimado a cidade de Ziglaque, que era no Sul, o orgulho de Davi.

Mesmo sabendo que o interesse especial de Deus era apagar a memória de Amaleque de debaixo do céu, Davi era tão obediente que, antes de sair à peleja, mandou chamar o sacerdote Abiatar com a estola sacerdotal e consultou ao Senhor. A resposta veio prontamente:
"Persegue-o porque de fato o alcançarás, e tudo libertarás." (I Sm 30.8).
O relato da batalha é digno de nota:

"E feriu-os Davi, desde o crepúsculo até a tarde do dia seguinte, e nenhum deles escapou, SENÃO SÓ QUATROCENTOS JOVENSque montados sobre camelos fugiram." (I Sm 30.17).

Como vemos, ainda houve um grupo que escapou.
Quando Saul pelejou sua última batalha contra os filisteus na qual morreram ele, seus três filhos, Jônatas, Abinadabe e Malquisua, seu escudeiro e todos os seus homens (I Sm 31.6), veio um amalequita trazer a Davi a notícia da batalha e contar-lhe que havia matado Saul, a seu pedido, por estar o rei cheio de cãibras." Davi não titubeou. Chamou um dos seus moços e mandou matar imediatamente o amalequita. (I Sm 1.1-16).

Tendo explicado estes pontos, vamos às suas perguntas: "Quem eram os amalequitas? Por que Deus ordenou que fossem totalmente eliminados? Todos foram eliminados? Na história moderna há descendentes deste povo condenado por Deus que possam fazer mal à Igreja de Cristo ou ao povo escolhido?"

Acredito que uma pergunta melhor seria: "O que os amalequitas significam para nós?" Saber a história deles como nação ou se existem descendentes hoje não tem muita importância a não ser para algum historiador, mas saber o que eles significam tem grande importância. Lembre-se de que "tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança" e que "tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos". Rom_15:4; 1 Co_10:11

De qualquer modo podemos interpretá-lo como nosso "inimigo hereditário", como foi Esaú para Jacó. Para nós existe uma figura interessante deste inimigo como sendo a carne. É o primeiro inimigo a enfrentar Israel tão logo este é liberto do Egito e passa pelo mar (figura de nossa salvação) entrando no deserto (uma figura do mundo). Era só enquanto tinha suas mãos levantadas ao céu, figura de dependência de Deus e do Seu poder, que Moisés podia prevalecer contra Amaleque. Quando baixava as mãos os israelitas perdiam a batalha.

[Imagem: gideon_attack.jpg]


Êxo 17:8-14 Então veio Amaleque, e pelejou contra Israel em Refidim. Por isso disse Moisés a Josué: Escolhe-nos homens, e sai, peleja contra Amaleque; amanhã eu estarei sobre o cume do outeiro, e a vara de Deus estará na minha mão. E fez Josué como Moisés lhe dissera, pelejando contra Amaleque; mas Moisés, Arão, e Hur subiram ao cume do outeiro E acontecia que, quando Moisés levantava a sua mão, Israel prevalecia; mas quando ele abaixava a sua mão, Amaleque prevalecia. Porém as mãos de Moisés eram pesadas, por isso tomaram uma pedra, e a puseram debaixo dele, para assentar-se sobre ela; e Arão e Hur sustentaram as suas mãos, um de um lado e o outro do outro; assim ficaram as suas mãos firmes até que o sol se pós. E assim Josué desfez a Amaleque e a seu povo, ao fio da espada. Então disse o SENHOR a Moisés: Escreve isto para memória num livro, e relata-o aos ouvidos de Josué; que eu totalmente hei de riscar a memória de Amaleque de debaixo dos céus.

Heb 12:12 Portanto, tornai a levantar as mãos cansadas, e os joelhos desconjuntados,

Balaão disse a respeito desse povo: "Amaleque é a primeira das nações; porém o seu fim será a destruição" Nm 24:20.Depois que os espias foram repreendidos por retornarem da terra prometida incrédulos de sua capacidade de tomá-la segundo Deus tinha ordenado, eles decidem fazer isso na energia da carne e acabam derrotados pelos amalequitas e cananitas. Saul recebeu a ordem de Deus de destruí-los completamente, mas não obedeceu e manteve o rei dos amalequitas vivo e também seus rebanhos. Foi preciso Samuel matar Agague (1 Sm 14:48; 15:1-33). Davi atacou os amalequitas em 1 Sm 27:8 e 30:1-3. No Salmo 83 os amalequitas reaparecem reunidos contra Israel no futuro. Assim Amaleque foi o primeiro a atacar Israel, sempre foi inimigo de Israel, e voltará no final para atacar o povo de Deus.

[Imagem: samuel+e+saul.jpg]


No livro de I Crônicas vemos um relato breve de que a vontade de Deus foi cumprida, quase 200 anos depois do que Ele ordenara. Eis o desfecho da triste história do povo Amalequita:
"Também deles, dos filhos de Simeão, quinhentos homens foram às montanhas de Seir. E a Pelaias, e a Nearias, e a Refaias, e a Uziel, filhos de Isi, levaram por cabeças. E FERIRAM O RESTANTE DOS QUE ESCAPARAM DOS AMALEQUITAS." (I Crônicas 4.42,43).

Fontes: http://www.respondi.com.br/2012/08/os-am...istem.html
http://www.webartigos.com/artigos/o-aniq...tas/10930/

“O inferno (...) é aquele que já está aqui. Existem duas maneiras de não sofrer. A primeira é fácil para a maioria das pessoas: aceitar o inferno e tornar-se parte deste até o ponto de deixar de percebê-lo. A segunda é arriscada e exige atenção e aprendizagem contínuas: tentar saber reconhecer quem e o que, no meio do inferno, não é inferno, e preservá-lo, e abrir espaço.” (Ítalo Calvino, "As cidades invisíveis")
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Sophia pelo seu post:
DeOlhOnafigueira (01-10-2016), marcosarierom (20-08-2016), Nikoloz (23-08-2016)
Sabonetes naturais pelo menor preço é na Tudo Saudável
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Ponte construída há 1,7 milhões de anos pode mudar a história humana ULTRON 4 1,662 22-07-2017 12:43 PM
Última Resposta: Icarox
  O Plano Mestre - Os Mistérios do Mundo Antigo nunes3373 30 15,150 08-07-2017 07:36 PM
Última Resposta: Angelick
  Profecia de Isaac Newton: Fim do mundo em 2060 JFK 6 13,317 08-09-2016 02:25 AM
Última Resposta: JoshuaInt
  Estátua mais antiga que as pirâmides pode conter a codificação da criação do mundo Jápeto 8 6,212 24-08-2016 10:51 PM
Última Resposta: A.Xavier
Star Uma grande descoberta que mostra a história oculta do nosso planeta Mediador 34 33,465 15-08-2016 03:55 PM
Última Resposta: Xevious

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 165 usuários online.
» 5 Membros | 160 Visitantes
Anonymous_T.ron, Bogoton, Infinite, juan, mbastos73

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,037
» Último Membro: Jorge Haruno
» Tópicos do Fórum: 24,527
» Respostas do Fórum: 262,813

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Mulheres usadas como parte da agenda da NOM
Última Resposta Por: Anonymous_T.ron
Hoje 09:10 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 2
2018 (pros e contras)
Última Resposta Por: fallen1232
Hoje 06:29 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 52
Trump abrindo documentos sobre JFK. Os Aliens e Deep State
Última Resposta Por: Beobachter
Hoje 06:26 PM
» Respostas: 13
» Visualizações: 876
Chuva de meteoros Oriônidas
Última Resposta Por: Dwayne Johnson
Hoje 05:59 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 191
Cura para cancer no cerebro descoberta no Brasil, na UFF (RJ) e uso em cancer pulmao
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
Hoje 05:42 PM
» Respostas: 9
» Visualizações: 11029
Adolescente que atirou contra colegas em Goiânia - Nazismo e Satanismo?
Última Resposta Por: Nikoloz
Hoje 05:38 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 259
Incêndios em Portugal,Separatismo catalão - Ações globalistas?
Última Resposta Por: Elenin20182024
Hoje 05:11 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 717
Manifestação do Líder Global: Se prepare… Se informe… Não seja enganado (Mega tópico)
Última Resposta Por: Iolanda de Balboa
Hoje 04:47 PM
» Respostas: 134
» Visualizações: 100892
Wal-Mart se preparando para grande terremoto?
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
Hoje 02:01 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 4281
Dr.Lair Ribeiro - Por que Adoecemos (Completo)
Última Resposta Por: Elenin20182024
Hoje 11:55 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 4176
General fala em possibilidade de intervenção
Última Resposta Por: Beobachter
Hoje 10:37 AM
» Respostas: 146
» Visualizações: 7998
Boicotando a Globo
Última Resposta Por: Beobachter
Hoje 10:18 AM
» Respostas: 27
» Visualizações: 4633
Ex-Pussycat Dolls denuncia abusos e diz que banda era 'rede de prostituição'
Última Resposta Por: Bogoton
Hoje 08:39 AM
» Respostas: 5
» Visualizações: 932
Questão - Noética e Engenharia Social
Última Resposta Por: jonas car
Hoje 04:34 AM
» Respostas: 3
» Visualizações: 280
Trump “anti-nova ordem mundial” é mais uma fraude e desinformação contra o cidadão
Última Resposta Por: jonas car
Hoje 03:58 AM
» Respostas: 107
» Visualizações: 18492
banco SATANder promovendo ideologia de gênero, pedofilia, zoofilia e zombando Cristo
Última Resposta Por: Doc S
Hoje 12:58 AM
» Respostas: 116
» Visualizações: 8422
Sem o consentimento dos pais, escolas vem dando aula de sexo explícito
Última Resposta Por: Doc S
Hoje 12:53 AM
» Respostas: 5
» Visualizações: 426
Nibiru, Elenin, - Transformações da Terra - o que ninguém te conta
Última Resposta Por: Elenin20182024
Ontem 10:30 PM
» Respostas: 1221
» Visualizações: 513172
Refexão - O cansaço existêncial
Última Resposta Por: Infinite
Ontem 01:45 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 292
[VIDEO] KIT-GAY: Três Filmes do Vazam no Youtube
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
Ontem 11:53 AM
» Respostas: 74
» Visualizações: 76469
O que estou a ler.
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Ontem 09:27 AM
» Respostas: 42
» Visualizações: 8602
“O Homem é o Lobo do Homem”
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 03:51 AM
» Respostas: 9
» Visualizações: 968
Pedofilia disfarçada de arte se alastrando
Última Resposta Por: Storyv
20-10-2017 03:23 PM
» Respostas: 49
» Visualizações: 5004
Avon: Não chame sua filha de princesa
Última Resposta Por: AlexSleipnir
20-10-2017 10:13 AM
» Respostas: 10
» Visualizações: 1391
Donald Trump: candidato anti-NOM ?
Última Resposta Por: ked
19-10-2017 10:03 PM
» Respostas: 69
» Visualizações: 10951
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-10-2017 05:09 PM
» Respostas: 562
» Visualizações: 134080
Michel Temer assumindo a presidência do Brasil?
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-10-2017 05:08 PM
» Respostas: 39
» Visualizações: 18524
Michel Temer contra a Lava Jato
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-10-2017 05:07 PM
» Respostas: 14
» Visualizações: 2068
Ataque,hipotético False Flag Terrorista(Las Vegas),causa a maior confusão da história
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-10-2017 02:52 PM
» Respostas: 25
» Visualizações: 3803
Estado Islâmico (EI ou ISIS) por Célio Pezza
Última Resposta Por: Elenin20182024
19-10-2017 01:57 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 1346

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial