O Melhor em Suplementos Esportivos Você encontra na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 8 Votos - 4.13 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Filme A Inocência dos Muçulmanos - LEGENDADO
17-09-2012, 12:27 PM
Resposta: #31
RE: Filme - A Inocência dos Muçulmanos
Irã vai procurar produtores de filme anti-islã, diz vice-presidente

Obra é 'ação inapropriada e ofensiva', diz Mohammad Reza Rahimi.
Autor do filme 'insultou 1,5 bilhão de muçulmanos pelo mundo', afirma.

[Imagem: q.jpg]


O governo do Irã disse que irá "rastrear" os responsáveis por fazer um vídeo amador que satiriza o profeta Maomé, afirmou uma autoridade do alto escalão do governo, segundo noticiou a mídia iraniana na segunda-feira (17).

O vídeo feito na Califórnia e colocado no YouTube retrata o profeta Maomé como um mulherengo e um tolo e provocou uma semana de protestos violentos por todo o mundo muçulmano.

"O governo da República Islâmica do Irã condena... esta ação inapropriada e ofensiva", disse o primeiro vice-presidente, Mohammad Reza Rahimi, de acordo com a agência de notícias Mehr.

"Certamente nós iremos procurar, localizar e perseguir a pessoa culpada que (...) insultou 1,5 bilhão de muçulmanos pelo mundo."

Autoridades iranianas exigiram que os Estados Unidos peçam desculpas aos muçulmanos pelo filme, afirmando que este é apenas a mais recente de uma série de ofensas do Ocidente direcionadas a figuras sagradas do islamismo.

Rahimi não detalhou como o Irã irá perseguir os produtores do filme em seus comentários, os quais foram feitos durante uma reunião de gabinete no domingo, de acordo com a Agência de Noticias de Estudantes Iranianos (Isna).

O embaixador dos EUA para a Líbia, Christopher Stevens, e três outros norte-americanos foram mortos em Benghazi, na Líbia, na noite de terça-feira e várias outras pessoas morreram em protestos em outros países contra o vídeo intitulado "Innocence of Muslims" (A Inocência dos Muçulmanos).

A identidade daqueles diretamente responsáveis pelo filme ainda é incerta. Trechos colocados na Internet desde julho têm sido atribuídos a um homem chamado Sam Bacile, que duas pessoas ligadas ao filme afirmaram ser provavelmente um pseudônimo.

Nakoula Basseley Nakoula, 55 anos, um cristão copta amplamente ligado ao filme em informações da mídia, foi questionado voluntariamente no sábado por autoridades norte-americanas que estão investigando possíveis violações de sua liberdade condicional, por uma condenação por fraude bancária.

Fonte
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Compre Spirulina e Chlorella da OceanDrop na Tudo Saudável
17-09-2012, 06:50 PM
Resposta: #32
RE: Filme - A Inocência dos Muçulmanos
Paquistão determina suspensão de YouTube por filme ofensivo a Maomé
17 de setembro de 2012 • 17h13


ISLAMABAD, 17 Set (Reuters) - O primeiro-ministro do Paquistão, Raja Pervez Ashraf, determinou na segunda-feira que o site YouTube seja tirado do ar no país por causa de um vídeo feito nos EUA que enfureceu muçulmanos do mundo todo ao zombar do profeta Maomé.

A decisão foi tomada horas depois de a polícia ter dado tiros para o alto e usado gás lacrimogêneo contra um grupo que cercava o consulado dos EUA em Karachi, num protesto contra o filme que tem circulado pela Internet nas últimas semanas sob vários nomes, inclusive "A Inocência dos Muçulmanos".

O gabinete do primeiro-ministro disse em comunicado que determinou que o YouTube fosse tirado do ar no país porque se recusou a eliminar o "material blasfemo".

Cerca de cem pessoas chegaram em motos e carros aos arredores do consulado dos EUA em Karachi, atirando pedras nos policiais e danificando um dos seus veículos. Um comandante policial disse que 30 estudantes foram presos.

Outras cidades do Paquistão já tinham sofrido protestos no fim de semana contra o filme, que nos últimos dias motivou manifestações em todo o mundo islâmico. (Reportagem de Imtiaz Shah em Karachi e Mubasher Bokhari em Lahore

"Em tempos de mentira universal, dizer a verdade é um ato revolucionário" (George Orwell).

Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira para eu saber evitar em pensar que tenho algo a perder.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
17-09-2012, 08:50 PM (Resposta editada pela última vez em: 17-09-2012 08:52 PM por Hubble.)
Resposta: #33
RE: Filme - A Inocência dos Muçulmanos
'Não insultem o nosso Profeta! " Mais de 100.000 em Beirute marcham em protesto.

A maior manifestação já ocorrida sobre um filme anti-islâmico trouxe o recorde para Beirute, no Líbano, logo após ter sido feito um convite para as manifestações em massa, por parte de Hassan Nasrallah, chefe do Hezbollah.

A maioria dos manifestantes usavam bandanas verde e amarelo, indicando serem participantes do Hezbollah. O número oficial de participantes ainda está para ser divulgado, mas foi estimado com base em vídeos e fotos para serem mais de cem mil pessoas.

[Imagem: screenshot-ap-video-110.jpg]


"América, nos ouça - não insultem nosso Profeta", os manifestantes estavam cantando. A passeata foi dividida em duas colunas, com as mulheres marchando separadas dos homens. Alguns estavam segurando retratos de o presidente sírio, Bashar al-Assad.

Gritos esporádicos de "Morte a Israel" e "América é o maior dos diabos" também puderam ser ouvidos vindo da multidão, como Lucy RT Kafanov informou do local. Um manifestante, no entanto, disse RT que a raiva dos manifestantes não é com o povo americano, mas com o governo dos EUA por permitir o filme de ser divulgado.

[Imagem: ibef05a8841a705d8a6d5dd913b40391f_-923693.jpg]


Na aglomerada multidão, Hassan Nasrallah em pessoa dirigiu o encontro. Em sua rara aparição pública, Nasrallah anunciou o início de uma campanha global para deter a divulgação e compartilhamento do filme provocativo 'Inocência dos muçulmanos.' Ele ressaltou que o mundo não entende que os muçulmanos tem "profunda reverência para com o profeta Maomé”.

"Este é o início de um movimento sério, que deve continuar em todo o mundo muçulmano em defesa do profeta de Deus", disse ele ante a gritos de apoio. "Enquanto houver sangue em nós, não vamos permanecer em silêncio sobre insultos contra nosso Profeta."

[Imagem: if9cac6f543146b5a846ba2164fb61525_-950452.jpg]


"Profeta de Deus, nós oferecemos a nós mesmos, nosso sangue e nossa família para o bem da sua dignidade e honra", disse Nasrallah.

O líder político libanês também pediu à comunidade internacional para criminalizar insultos ao Islã, assim como é feito ao cristianismo e ao judaísmo.

"Os EUA precisam entender que liberar todo o filme terá repercussões muito perigosas ao redor do mundo", disse Nasrallah, segundo a Press TV. Ele pediu para que os criadores do filme sejam punidos de forma adequada.

[Imagem: screenshot-ap-video-250.jpg]


Segunda-feira foi a quinta aparência pública de Nasrallah em seis anos, e a primeira vez que ele fez um discurso com tantas pessoas, para milhares de seus partidários desde 2008. Nasrallah tem estado escondido desde 2006, quando o Hezbollah travou uma guerra de um mês com Israel.

Nasrallah comclamou pela primeira vez para os protestos generalizados e não violentos no domingo. Os EUA devem ser responsabilizados pelo filme, porque foi produzido na América, disse ele.

[Imagem: id1a7b4e4462e1c550b6ea097f3972c82_-684307.jpg]


- relatório - Embaixada dos EUA em Beirute destruindo documentos confidenciais

Embora o comício em Beirute tenha sido realizado bem longe da embaixada dos EUA lá, os relatórios sugerem que a missão norte-americana no Líbano começou a destruir material classificado como uma precaução de segurança.

A embaixada de Beirute disse que "reviu seus procedimentos de emergência e está começando a destruir documentos classificados", diz um relatório da situação do Departamento de Estado, obtido pela Associated Press.

[Imagem: screenshot-ap-video.jpg]


Em Washington, funcionários disseram que não havia nenhuma ameaça imediata para a embaixada. A decisão de "reduzir documentos classificados" era rotina em tais circunstâncias e feita por funcionários da embaixada, acrescentaram.

No início da segunda-feira, o Departamento de Estado mais uma vez alertou os cidadãos americanos a evitar viajar para o Líbano diante de um potencial "impulso espontâneo da violência " no país, e que as autoridades libanesas não são capazes de garantir a proteção.

"A inocência dos muçulmanos" O filme amador provocou indignação em todo o Oriente Médio, África do Norte e Ásia, na semana passada. Muitos muçulmanos ficaram furiosos devido a um clipe do filme postado no YouTube que zombaram do Profeta Maomé. Nos protestos que se seguiram em todo o mundo, várias pessoas foram mortas e dezenas foram presas enquanto multidões furiosas deram vazão à sua raiva em frente às embaixadas dos EUA e serviços consulares.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Hubble pelo seu post:
WaitingForTheEnd (18-09-2012)
18-09-2012, 09:40 AM (Resposta editada pela última vez em: 18-09-2012 09:51 AM por WaitingForTheEnd.)
Resposta: #34
RE: Filme - A Inocência dos Muçulmanos
Hezbollah avisa que repercussões perigosas podem ocorrer por filme anti-Islã

[Imagem: nasralla-420-091712101029.jpg]


Pelo segundo dia consecutivo, o líder do movimento Hezbollah, Hassan Nasrallah, enviou ontem (17) mensagem aos seguidores do islamismo. Nasrallah apareceu em público, nos arredores de Beirute, em meio a uma manifestação contra o filme que satiriza o profeta Maomé e o Islã. Ao discursar por cerca de 20 minutos, ele advertiu os Estados Unidos para as “repercussões perigosas” sobre o filme.

No dia anterior, domingo (16), Nasrallah pediu aos muçulamos para "mostrar ao mundo sua cólera". É a quinta vez que o dirigente do Hezbollah aparece em público, desde 2006. Em geral, ele divulga os discursos por meio de vídeo. "A nossa ira não será passageira, é o nascimento de um movimento que deve continuar em toda a nação muçulmana", disse.

Desde a guerra de 2006, quando as autoridades de Israel enfrentaram o Hezbollah, Nasrallah está escondido. Ontem, ele foi saudado pelos simpatizando do grupo xiita. O líder do Hezbollah pediu que seja suspensa a divulgação na internet do filme anti-Islã.

"Os Estados Unidos têm de perceber que se divulgarem todo o filme haverá repercussões perigosas em todo o mundo", disse o líder do Hezbollah, lembrando que na internet o filme tem 14 minutos. No total, tem duas horas.

Até domingo (23) estão organizados protestos nas principais cidades do Líbano. Paralelamente, em vários países, os seguidores do islamismo protestam contra o filme. Há situações em que embaixadas e consulados dos Estados Unidos e de países aliados, como a Alemanha e o Reino Unido, foram atacados.

Desde o início dos protestos contra o filme, em 11 de setembro, 19 pessoas foram mortas em todo o mundo, incluindo o embaixador dos Estados Unidos no consulado norte-americano em Benghazi, na Líbia, Chris Stevens.

Fonte

Mulher suicida mata 9 estrangeiros e 3 afegãos em Cabul

[Imagem: 305680-430310-suicide-bomb-attack-in-kabul.jpg]


Jovem de 20 anos jogou caminhonete contra veículo de empresa.
Grupo insurgente diz que ataque é 'vingança' por filme anti-islâmico.

Pelo menos nove estrangeiros e três afegãos morreram nesta terça-feira (18) vítimas de um ataque suicida em represália ao vídeo que parodia o profeta Maomé perpetrado contra um veículo de uma empresa nas proximidades do aeroporto de Cabul.

O ataque, cometido por uma mulher que dirigia uma caminhonete, ocorreu por volta das 6h45 local (23h15 Brasília). Todas as vítimas são civis, segundo afirmou o chefe de Investigação Criminal da Polícia de Cabul, Mohammed Zahir.

Em comunicado emitido horas depois, a polícia informou que nove estrangeiros e três civis afegãos morreram. Além disso, dois integrantes das forças de segurança do país ficaram feridos.

[Imagem: 0,,16247739_401,00.jpg]


De acordo com a agência afegã "AIP", os estrangeiros trabalhavam na companhia de transporte AFC.

O ataque foi reivindicado por um porta-voz do grupo insurgente Hezb-e-Islami Gulbudin, um movimento fundamentalista próximo ao talibã e que já cometeu vários atentados em Cabul no passado.

Segundo o porta-voz do grupo, Zubair Sediqui, o ataque foi cometido por uma jovem de 20 anos "como vingança pelo filme anti-islâmico feito por um cineasta americano".

Sediqui afirmou que 16 pessoas morreram na ação. Os talibãs afegãos incentivaram a "vingança" contra o vídeo e o governo do país bloqueou o YouTube para evitar a divulgação do vídeo. Os protestos no Afeganistão foram menores do que no mundo árabe.

Cabul tem um aparato de segurança melhor do que outras cidades afegãs, mas é um alvo recorrente da insurgência talibã e de outros grupos jihadistas, que têm o objetivo de golpear as tropas internacionais no país e as instituições do governo afegão.

O último ataque suicida ocorreu em 8 de setembro e matou cinco adolescentes na zona diplomática de Cabul. Os talibãs lutam para derrubar o governo afegão e forçar a saída do país das tropas internacionais, e com isso instaurar um regime fundamentalista islâmico, que governou o país entre 1996 a 2001, ano da invasão dos EUA.

Fonte

Paquistão ordena fechamento temporário do YouTube por causa de vídeo de Maomé

[Imagem: 437959-youtubebanblock-1347881007-924-640x480.jpg]


Os usuários do YouTube no Paquistão não podiam acessar nesta terça-feira (18/09) o portal, bloqueado por volta da meia-noite pelas autoridades devido à divulgação do vídeo que ataca a figura do profeta Maomé.

A decisão oficial do fechamento temporário foi tomada depois que o "YouTube se negou a seguir as instruções do governo para eliminar o material blasfemador de seu portal", segundo um comunicado enviado no final da noite de segunda-feira pelo escritório do primeiro-ministro, Raja Pervez Ashraf.

Segundo a nota, o primeiro-ministro determinou que o bloqueio continue até que o vídeo seja eliminado.

O Paquistão segue os passos de outros países muçulmanos, como o vizinho Afeganistão, que bloqueou nos servidores locais o acesso ao famoso portal de vídeos para evitar que os internautas pudessem assistir o polêmico filme "A inocência dos muçulmanos".

As autoridades paquistanesas tentaram ontem bloquear o acesso de milhares de links do YouTube com o filme, mas como foram criados novos acessos para o vídeo, as autoridades decidiram fechar temporariamente todo o portal.

O ministro do Interior, Rehman Mali, ameaçou cancelar os vistos dos executivos do Google, proprietária do YouTube, no Paquistão. A decisão do governo foi tomada após o aumento no Paquistão dos protestos contra o vídeo que parodia a figura de Maomé.

Ontem, pelo menos duas pessoas morreram, segundo a imprensa local, em manifestações que foram especialmente violentas na cidade de Karachi, a maior do país, onde um grupo de estudantes tentou sem sucesso invadir o consulado dos EUA.

Censura

Esse tipo de censura acontece com frequência na China, que em março deste ano fechou 16 sites e duas das mais mais populares redes sociais depois de circularem nas redes rumores sobre um golpe de Estado.

A medida também afetou as alternativas dos internautas chineses para o Twitter: os serviços de microblog mais populares do país, o Sina Weibo e o QQ. Existe um Escritório Estatal de Informação na Internet no país para controlar os conteúdos na rede e "repreender" pessoas que possam causar rumores contra o governo. A China tem a maior comunidade de internautas do mundo, mais de 510 milhões e muitos deles confiam mais nas redes sociais e nos foros online para se informarem.

Fonte
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Sabonetes naturais pelo menor preço é na Tudo Saudável
18-09-2012, 10:11 AM
Resposta: #35
RE: Filme - A Inocência dos Muçulmanos
Uma coisa é certa: Esse filme não foi feito por acaso...

Saia do "aquário"! Pense fora da "caixinha"...
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Pescada pelo seu post:
Motta (18-09-2012), watchman (18-09-2012)
18-09-2012, 03:40 PM (Resposta editada pela última vez em: 18-09-2012 04:24 PM por over9.)
Resposta: #36
RE: Filme - A Inocência dos Muçulmanos
Esse filme começa a me parecer manobra para censura da internet.
Depois do Paquistão a Russia vai bloquear acesso ao youtube.
Segue notícia:


Rússia se prepara para bloquear acesso ao YouTube

Os russos podem perder completamente o acesso ao serviço de compartilhamento de vídeos YouTube, quando em 1 de novembro no país entrarem em vigor uma série de disposições da lei sobre as listas negras de sites, que permitem bloquear sem ordem judicial as páginas da web que contenham informações proibidas na Rússia.
Um dia antes, a Procuradoria Geral da Rússia anunciou sua intenção de obter uma proibição da distribuição na Federação Russa do filme A Inocência dos Muçulmanos que causou protestos em massa no mundo muçulmano. Se o vídeo for considerado extremista pelo tribunal,e o proprietário do servidor de vídeo não restringir o acesso a ele, então serão as autoridades russas a fazê-lo.

“Por causa deste filme, em 3-5 de novembro na Rússia, o YouTube pode ser completamente bloqueado”, - escreveu em seu Twitter o ministro das Comunicações, Nikolai Nikiforov.

FONTE VOZ DA RÚSSIA

******************************************************

"Seja a mudança que você quer ver no mundo."
Dalai Lama

******************************************************
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a over9 pelo seu post:
Pescada (18-09-2012), Vanessa_Michael (22-09-2012), watchman (18-09-2012)
18-09-2012, 07:29 PM
Resposta: #37
RE: Filme - A Inocência dos Muçulmanos
Em meio a protestos e mortes, Al-Qaeda pede mais ataques contra os EUA

O braço da Al-Qaeda no Norte da África fez um apelo nesta terça-feira por mais ataques contra diplomatas americanos por causa do vídeo anti-Islã produzido nos EUA que motivou uma onda de protestos muçulmanos em vários países.

Nesta terça-feira, um suicida atirou um carro cheio de explosivos contra um veículo que levava um grupo de sul-africanos até um aeroporto. O grupo militante islâmico Hizb-i-Islami assumiu o ataque, que deixou 12 mortos, e disse que ele foi uma retaliação ao vídeo, produzido por um cidadão americano nascido no Egito.

[Imagem: d3p8di0dyvyxgvp56ctmz7b35.jpg]

Soldado francês trabalha em local de ataque suicida em Cabul

Em comunicado, a Al-Qaeda no Magreb Islâmico elogiou o ataque em Benghazi que matou o embaixador dos EUA na Líbia, Christopher Stevens.

"Parabenizamos nossos irmãos rebeldes muçulmanos que defenderam a honra do nosso profeta e dizemos a eles: a morte do embaixador dos EUA é o melhor presente que vocês deram a esse governo arrogante e injusto", afirmou o grupo, pedindo que insurgentes – especialmente na Argélia, Tunísia, Marrocos e Mauritânia - "matem embaixadores e representantes dos EUA ou os expulsem e purifiquem a nossa terra em vingança".

O grupo que assumiu o ataque em Cabul, Hizb-i-Islami, é chefiado por Gubuddin Hekmatyar, um ex-premiê afegão que já foi aliado dos EUA e hoje é listado como terrorista. A milícia tem milhares de combatentes e seguidores no norte e no leste do Afeganistão.

A terça-feira foi de violência também no Paquistão, onde centenas de manifestantes entraram em confronto com policiais em frente ao Consulado dos EUA em Peshawar. Vários ficaram feridos nos dois lados do conflito, com manifestante atirando tijolos e pedaços de roupa incendiados na polícia, que respondeu com bombas de gás, balas de borracha e golpes com bastões.

Em Srinagar, na Caxemira, manifestantes marcharam queimando bandeiras americanas e imagens do presidente dos EUA, Barack Obama. Quando o protesto tentou invadir o distrito financeiro local, policiais dispersaram a manifestação com bombas de gás e bastões.

[Imagem: bs0p8ele6wrzm531x44kfisqg.jpg]

Manifestante pula pneu incendiado durante protesto em Srinagar, na Índia

Na Indonésia, cerca de 200 integrantes de diferentes grupos islâmicos queimaram bandeiras americanas e pneus em frente ao Consulado dos EUA em Medan. Em outra cidade, Makassar, pelo menos cem muçulmanos pediram a pena de morte para Nakoula Basseley Nakoula, apontado como responsável pelo vídeo.

A onda de violência provocada pelo filme, que retrata Maomé como adúltero e sanguinário, começou na terça-feira, quando muçulmanos invadiram a Embaixada dos EUA no Cairo, capital do Egito, e o Consulado dos EUA em Benghazi, na Líbia, matando o embaixador Chris Stevens.

Fonte
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Compre Cúrcuma em Pó na Tudo Saudável
18-09-2012, 07:35 PM
Resposta: #38
RE: Filme - A Inocência dos Muçulmanos
A mais clara forma de incitação gratuita do ódio fundamentalista islâmico.

Parece que 'alguém' resolveu ir direto ao ponto.

[/b]Sob proteção daquele que traz o segredo da vida e da cura em suas mãos e o Sol em seu rosto oculto e sublime...
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
18-09-2012, 09:55 PM
Resposta: #39
RE: Filme - A Inocência dos Muçulmanos
Se depender das previsões, amanhã Paris irá ferver Confused

Citar:Amanhã é a vez de Paris.

A famosa revista satírica Charlie Hebdo vai publicar uma edição com várias charges de Maomé.

Essa é a capa

[Imagem: charlie-hebdo-cover.jpeg]


Vale dizer que trata-se de uma revista que faz sátiras de todo mundo, de jogadores de futebol ao Papa. Ano passado jogaram 4 bombas na sua sede quando publicaram uma edição dedicada à Sharia...

Agora, parece que a polícia de choque da Île-de-France já está nas redondezas devido a ameaças de motins e quebra-quebra feita por islâmicos na França.

Revista francesa promete publicar caricaturas de Maomé nesta quarta

Autoridades francesas criticaram anúncio e pediram 'responsabilidade'.
Muçulmanos fazem onda de protestos contra filme que ofende o Islã.


A revista satírica francesa "Charlie Hebdo" publica em seu próximo número, que sairá às bancas nesta quarta-feira (18), uma série de desenhos representando o profeta Maomé e que, segundo seu diretor, chocarão "aqueles que quiserem ser chocados".

As caricaturas "chocarão aqueles que quiserem ser chocados lendo uma publicação que não leem nunca", considerou Charb, seu diretor, consultado pela rede de televisão iTélé.

O diretor afirmou que os desenhos, publicados nas páginas interiores e na contra-capa, não são mais provocadores do que o de costume. "A liberdade de imprensa é uma provocação?", se pergunta.

A publicação pode deixar ainda mais tensa a situação em países muçulmanos, onde multidões, há uma semana, protestam violentamente contra "A Inocêndia dos Muçulmanos", um filme ofensivo ao profeta Maomé e ao Islã.

O primeiro-ministro francês, Jean-Marc Ayrault, reagiu imediatamente à declaração da publicação, afirmando que desaprova "qualquer excesso" e pedindo "responsabilidade".

O ministro de Relações Exteriores Laurent Fabius, consultado sobre o caso durante uma visita ao Cairo, se manifestou "contra qualquer provocação", lembrando ainda a importância da liberdade de expressão na França.

Ataques e protestos

Um ataque que matou pelo menos 12 pessoas nesta terça-feira em Cabul e reivindicado por rebeldes afegãos foi a resposta mais violenta contra o filme anti-islã, cujos produtores foram acusados de incitamento ao ódio no Egito.

O grupo Hezb-e-Islami, a segunda maior formação de insurgentes afegãos atrás do Talibã, reivindicou a responsabilidade pelo ataque suicida em um micro-ônibus em uma estrada para o aeroporto de Cabul, que matou oito sul-africanos, um quirguiz e três afegãos.

O Hezb-e-Islami alega ter praticado o ataque em resposta ao filme de baixo orçamento produzido nos Estados Unidos, "A inocência dos muçulmanos", que apresenta o profeta Maomé como um bandido com práticas desviantes.

Processo no Egito

O Procurador-Geral do Egito se comprometeu nesta terça-feira a processar sete coptas egípcios que vivem nos Estados Unidos e que são suspeitos de envolvimento na produção e distribuição do filme anti-Islã, que provocou uma onda de violência, com um registro de 31 mortos na última semana no mundo muçulmano.

Os sete homens - Morris Sadek, Nabil Bissada, Esmat Zaklama, Elia Bassily, Ihab Yaacoub, Jack Atallah e Adel Riad- são acusados de "insultar o Islã, insultar o profeta (Maomé) e incitar o ódio religioso", segundo um comunicado da Procuradoria-Geral, que ainda não definiu uma data para o julgamento.

A família de Nakoula Basseley Nakoula, o produtor do filme, foi retirada na segunda-feira do subúrbio de Los Angeles pela polícia para ser levada a um local desconhecido para encontrá-lo.

Um ímã salafista egípcio também lançou uma fatwa, pedindo a morte de todos os protagonistas do filme, de acordo com o centro americano de monitoramento de sites islâmicos SITE.

Manifestações no Cairo contra o filme divulgado na internet abafaram as discussões sobre a redução da dívida egípcia com os Estados Unidos para um bilhão de dólares, considerou o "Washington Post".

Essas discussões são destinadas a prestar uma assistência econômica fundamental ao novo governo egípcio, controlado pela Irmandade Muçulmana e que enfrenta enormes desafios econômicos após a revolta de 2011, que pôs fim ao reinado do presidente Hosni Mubarak.

Mas, de acordo com membros do governo americano citados pela imprensa dos Estados Unidos, o Egito não deve esperar para receber uma ajuda substancial - pelo menos não antes da eleição presidencial de 6 de novembro.

Novas manifestações anti-americanas ocorreram nesta terça-feira nas principais cidades do Paquistão, um país de 180 milhões de pessoas, incluindo em Peshawar (noroeste), onde a polícia usou gás lacrimogêneo para dispersar cerca de 2.000 manifestantes reunidos em frente ao consulado dos Estados Unidos.

As autoridades do país bloquearam o acesso ao YouTube, após a recusa do site em retirar o filme considerado blasfemo.

Confrontos também eclodiram na Caxemira indiana entre centenas de manifestantes muçulmanos e forças de segurança. Em Srinagar, a principal cidade da região de maioria muçulmana, um grupo de cerca de 300 manifestantes tentou entrar em um escritório local das Nações Unidas, mas foi impedido pela polícia, de acordo com um fotógrafo da AFP.

A Índia, que tem cerca de 150 milhões de muçulmanos, condenou o filme, considerado um "insulto".

Centenas de pessoas protestaram sob forte chuva em frente à embaixada americana em Bangcoc, Tailândia, país predominantemente budista, que tem uma minoria muçulmana.

Em Jerusalém Oriental, jovens palestinos entraram em confronto com a polícia israelense durante um protesto contra o filme, informaram a polícia e um jornalista que testemunhou o tumulto.

Os manifestantes saíram do acampamento de refugiados de Shuafat e se dirigiram para o posto de controle entre Jerusalém Oriental, ocupada, e para a parte oeste da cidade, onde os enfrentamentos foram registrados.

"Cerca de 200 jovens jogaram pedras e coquetéis molotov contra o posto. As forças de segurança impediram que se aproximassem atirando bombas de gás lacrimogêneo", declarou Luba Samri, uma porta-voz da polícia.

Segundo um jornalista da AFP, pelo menos 20 manifestantes ficaram feridos pelas bombas de gás lacrimogêneo e pelos disparos de balas de borracha.

O IntelCenter, um dos sites americanos de monitoramento de portais islâmicos, indicou nesta terça-feira que a Al-Qaeda no Magreb Islâmico (AQMI), convocou no sábado seus partidários a "seguirem" o exemplo dos líbios que atacaram o consulado americano em Benghazi e a matar os embaixador dos Estados Unidos em outros países do Magrebe.

A AQIM descreveu a morte do embaixador no ataque em Benghazi como o "melhor presente" para os radicais islamitas em ocasião do aniversário dos atentados de 11 de setembro de 2001.

Em Paris e em várias cidades da França, novas manifestações foram convocadas contra o filme para sábado .

A situação pode se tornar explosiva para a França, onde a revista satírica Charlie Hebdo prometeu publicar em seu próximo número, que sairá às bancas nesta quarta-feira, uma série de desenhos representando o profeta Maomé e que, segundo seu diretor, chocarão "aqueles que quiserem ser chocados".

O primeiro-ministro francês, Jean-Marc Ayrault, reagiu imediatamente afirmando que desaprova "qualquer excesso" e pedindo "responsabilidade".
Exibição na Alemanha
Na Alemanha, o governo indicou que fará todo o possível para impedir a exibição de "A Inocência dos Muçulmanos" no país.

A facção "Pro Deutschland", que vem realizando há vários meses uma campanha contra os muçulmanos, quer exibir em um cinema de Berlim uma versão integral do longa-metragem.

[Imagem: mapa2.jpg]


http://g1.globo.com/revolta-arabe/notici...uarta.html
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Aileron pelo seu post:
Gustavo Guerrear (19-09-2012), WaitingForTheEnd (18-09-2012)
18-09-2012, 10:13 PM
Resposta: #40
RE: Filme - A Inocência dos Muçulmanos
Respeito a fé das pessoas. Todas as consequências serão merecidas e muitos inocentes perderão suas vidas enquanto os líderes sem rostos do alto de seus tronos bebem taças de sangue e se deliciam com cada corpo estendido no chão, o choro e gêmidos serão a trilha sonora de um mundo perfeito e dominado pelo caos.
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a comunicadointerno pelo seu post:
Pescada (19-09-2012), Vanessa_Michael (22-09-2012)
Pasta de Dente sem Flúor Oralin Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  EUA recruta "Invasores Muçulmanos" para Europa via Twitter AlexSleipnir 4 1,527 12-01-2016 09:32 PM
Última Resposta: AlexSleipnir
  Por que os países muçulmanos não dão um basta aos EUA John Dickinson 74 7,559 30-11-2015 11:23 PM
Última Resposta: John Wesley
  Só em 1 mês,israel matou 1.822 civis, feriu 9.370 e desabrigou 450 mil muçulmanos ked 5 2,317 21-01-2015 11:57 PM
Última Resposta: CristalShip
  Diário da Síria - A Guerra Vista Por Dentro - Documentário russo legendado GU4RD1ÃO 1 2,572 03-06-2013 04:34 PM
Última Resposta: admin
  KGB, Lula e muçulmanos na casa branca yoda 13 10,767 03-09-2011 11:16 PM
Última Resposta: marcos pires cintra

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 113 usuários online.
» 0 Membros | 113 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 19,753
» Último Membro: LUCIANO VILELA FLAUZINO
» Tópicos do Fórum: 24,322
» Respostas do Fórum: 258,715

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Como sair da Matrix por Olavo de Carvalho
Última Resposta Por: WithoutDoctrine
Ontem 11:12 PM
» Respostas: 20
» Visualizações: 967
Dono da JBS grava Temer dando aval para comprar silêncio de Cunha
Última Resposta Por: Gapre
Ontem 09:09 PM
» Respostas: 254
» Visualizações: 13360
Cresce de Forma Alarmante a Censura na Internet no Mundo Todo
Última Resposta Por: Elenin20182024
Ontem 07:36 PM
» Respostas: 10
» Visualizações: 2352
Série de TV Previu há 24 Anos o Incêndio Mortal da Torre Grenfell em Londres?
Última Resposta Por: aioria
Ontem 06:28 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 164
Monitoramento Global, Terremotos, Solares, Marés etc
Última Resposta Por: Doc S
Ontem 06:06 PM
» Respostas: 60
» Visualizações: 36553
(Importante) III Guerra Mundial
Última Resposta Por: Doc S
Ontem 05:59 PM
» Respostas: 657
» Visualizações: 411521
COREIA DO NORTE: Centralização de Notícias importantes
Última Resposta Por: Doc S
Ontem 05:44 PM
» Respostas: 173
» Visualizações: 14727
Projeto Blue Beam
Última Resposta Por: Doc S
Ontem 05:23 PM
» Respostas: 152
» Visualizações: 35478
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
Ontem 04:44 PM
» Respostas: 410
» Visualizações: 117910
Corte das relações com o Qatar é o início da desintegração dos países Árabes
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
Ontem 04:35 PM
» Respostas: 25
» Visualizações: 1994
'Pelo bem da humanidade', Stephen Hawking faz apelo para que homem volte à Lua
Última Resposta Por: Icarox
Ontem 02:52 PM
» Respostas: 10
» Visualizações: 468
Evolução da inteligencia artificial
Última Resposta Por: Xevious
Ontem 02:08 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 3361
Donald Trump: candidato anti-NOM ?
Última Resposta Por: Elenin20182024
Ontem 01:56 PM
» Respostas: 67
» Visualizações: 9440
Donald Trump morreu, o que vemos na mídia como candidato não é mais ele
Última Resposta Por: Elenin20182024
Ontem 01:55 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 10847
Novo Trailer da 29ª Temporada dos Simpsons (estranho)
Última Resposta Por: Elenin20182024
Ontem 01:55 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 3398
Olavo de Carvalho - O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota
Última Resposta Por: Olbiano
Ontem 01:26 PM
» Respostas: 51
» Visualizações: 29705
Simbologia Illuminati Maçônica na História Oculta de Brasília
Última Resposta Por: Olbiano
Ontem 01:25 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 30486
O Portugal das aparições. Um país "mesquinho, empobrecido e atrasado"
Última Resposta Por: Olbiano
Ontem 01:25 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 1399
Nibiru, Elenin, - Transformações da Terra - o que ninguém te conta
Última Resposta Por: Elenin20182024
Ontem 01:10 PM
» Respostas: 1179
» Visualizações: 492903
Três Pilares. Três Bastiões. Um Tiro da NOM no Seio da Sociedade.
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 09:16 AM
» Respostas: 10
» Visualizações: 1230
Eutanasia e Indenização Milionaria. Mais Uma Agenda?
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
Ontem 12:42 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 365
"Moro e Janot atuam com os Estados Unidos contra o Brasil"
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
22-06-2017 10:27 PM
» Respostas: 184
» Visualizações: 15163
Compra de arma de fogo
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
22-06-2017 07:06 PM
» Respostas: 39
» Visualizações: 18698
Terra Chata? Uma Nova Teoria sobre o Polo Sul
Última Resposta Por: Elenin20182024
22-06-2017 07:02 PM
» Respostas: 373
» Visualizações: 59247
Alimentos falsificados
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
22-06-2017 06:46 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 1673
[FILME] Não Mencionem os Reptilianos
Última Resposta Por: Elenin20182024
22-06-2017 01:48 PM
» Respostas: 25
» Visualizações: 13476
empresa de biotecnologia quer trazer 20 corpos de volta a vida
Última Resposta Por: Infinite
22-06-2017 10:40 AM
» Respostas: 12
» Visualizações: 714
IA o Exterminador do futuro?!
Última Resposta Por: jonas car
22-06-2017 06:28 AM
» Respostas: 16
» Visualizações: 4320
Força Aérea dos EUA se prepara para guerra espacial
Última Resposta Por: jonas car
22-06-2017 05:28 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 619
Netflix Proíbe o Documentário "The Red Pill" por Conter muita VERDADE
Última Resposta Por: jonas car
22-06-2017 05:18 AM
» Respostas: 21
» Visualizações: 2803

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial