Chás medicinais você encontra na Tudo Saudável



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 1 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Lidando com o mito da Superpopulação
04-06-2015, 12:08 AM (Resposta editada pela última vez em: 05-06-2015 08:54 PM por Jaspion. Razão da Edição: Redimensionamento de Imagens)
Resposta: #1
Lidando com o mito da Superpopulação
BY GRACIELA KUNRATH LIMA · 1 DE JANEIRO DE 2015

Autor Desconhecido Parte 1 de 3 – Equilíbrio populacional e capacidade de sustentação alimentar do planeta

Este ensaio foi disponibilizado por um membro do Movimento Zeitgeist em Novembro de 2011, mas a autoria do mesmo perdeu-se, uma vez que o arquivo no qual o material foi armazenado não informa o nome do autor do trabalho. A linguagem é de uma conversa, pois parece ter sido dessa forma que o ensaio foi desenvolvido. Agradecemos ao autor, pois as informações são bastante elucidativas. E, por isso mesmo, merecem ser compartilhadas, para que mais pessoas tenham acesso a este conhecimento.

A Parte 1 introduz o assunto, demonstrando como sociedades com baixos níveis de pobreza tendem à estabilização populacional. Nesta parte também é demonstrado, através de cálculos, que o planeta é capaz de produzir, de forma sustentável, alimentação para pelo menos 10 bilhões de pessoas. Boa Leitura!

[Imagem: 2009年春运时期的北京西站候车大厅.jpg] Link da imagem

Segunda, 28 de novembro de 2011

Para começar, enquanto o sistema de mercado estiver em uso e lucro for a principal motivação para se fazer qualquer coisa, o que está descrito abaixo não acontecerá (empreendedores sociais, felizmente, não são motivados pelo lucro, mas isso é uma outra discussão) . No entanto, assumindo a existência de infra-estrutura necessária para atender às necessidades essenciais de todos (comida, água, abrigo, cuidados de saúde) e luxos essenciais (transporte, energia, educação, comunicação), a população deixará de aumentar e pode até começar a diminuir (ver este link).

Nações com níveis mais baixos de pobreza têm taxas de fertilidade em/ou abaixo dos níveis de reposição, enquanto as nações com maiores níveis de pobreza têm taxas de fertilidade bem acima das taxas de substituição, sugerindo fortemente que assim que as necessidades básicas de todos estiverem atendidas, pararia ou mesmo inverteria o crescimento da população. Além disso, um relatório da Organização das Nações Unidas (ver este link) prevê que a população global crescente para, no máximo, 10,6 bilhões em 2050 (no pior dos cenários, essencialmente). Por uma questão de simplicidade nos cálculos, vamos supor uma população global de 10 bilhões de pessoas.

inverniaderoUm sistema de hidroponia básica (ver este link) produz aproximadamente 33,4 kcal por dia e por m².

Escalonado para um acre (4.046 m²), 135.000 kcal por dia é produzido. A ingestão calórica recomendada é de 2.000 kcal/dia, portanto, um acre poderia facilmente alimentar 70 pessoas. [Imagem: inverniadero.jpg]


Assumindo que o básico da nutrição pode ser satisfeito sem carne (como vegetarianos sugerem poder provar), 0,4% da área terrestre do planeta total seriam necessários para alimentar 10 bilhões de pessoas com uma dieta baseada em vegetais (cálculos abaixo).

A área de terra necessária seria ainda mais drasticamente reduzida com técnicas como orbitropismo, aeroponia, e agricultura vertical. Entretanto, como nem todo mundo gostaria de adotar uma dieta baseada em vegetais e ainda quer comer carne, a produção de carne in-vitro promete atender às demandas de carne enquanto reduzindo drasticamente os custos ambientais e energéticos associados.
[Imagem: 800px-Barley_field-2007-02-22%28large%29.jpg]
Link da imagem

Atualmente, 34 milhões de km² são utilizados para a produção de carne do mundo (ver este link), carne in-vitro exigiria apenas 340.000 km², 99% menos área (ver este link. O link original foi retirado do ar). Seriam usados também 26% menos de energia, 87% menos emissões de gases de efeito estufa, e 89% menos água que na criação de gado .

Muitos acreditam que vários anos passarão antes que esta tecnologia se desenvolva suficientemente (ver este link), no entanto, grupos como a PETA estão oferecendo grandes prêmios para equipes capazes de desenvolver isso mais rapidamente (ver este link).

Provavelmente serão ainda mais de 10 anos antes que carne in-vitro torne-se viável, no entanto muitas pessoas, mães e pais principalmente, estariam bastante dispostos a comer mais vegetais orgânicos se sua produção fosse mais simples. Um sistema de hidroponia bruto em seus quintais, ou um sistema comunitário de hidroponia para fornecer verduras orgânicas para todos reduziria significativamente o número de hambúrgueres consumidos.

20 * 10 ^ 12 kcal por dia, para 10 bilhões de pessoas

33,4 kcal por dia e por m²

20 * 10 ^ 12 kcal / 33,4 kcal por m² = 598,8024 * 10 ^ 9 m² para alimentar 10 bilhões

598.802,4 km² necessários para alimentar 10 bilhões. A área terrestre do planeta total é de 148,94 milhões quilômetros quadrados, ou seja, 0,4% da área terrestre do planeta total seriam necessários.

Fonte ATUALIZADA obs: “Este artigo não expressa necessariamente uma opinião do MZ, mas de seu autor.

O mérito está na contribuição para a discussão da linha de pensamento defendida pelo movimento.”


Preocupacões e Respostas de usuarios na postagem:


Citar:Gabriel 5 de janeiro de 2015 às 10:12
Com as técnicas avançadas de produção de alimentos, fico preocupado pelo peso da infraestrutura. Quantas toneladas de aço, concreto, vidro e plásticos serão precisos por hectare ? Na agricultura convencional (orgânica ou não), não há infraestrutura. É a terra e o céu. Tem ferramentas também, mas não tem chão de concreto, estrutura de aço e teto de vidro. Será que o custo / beneficio de gastarmos tantos recursos para economizarmos espaço vale a pena ? Sugiro que apenas a parte necessária da produção seja convertida para aquaponia ou fazendas verticais para evitarmos o custo da extração, processamento, transporte e manutenção dessas estruturas todas.


Graciela Kunrath Lima 5 de janeiro de 2015 às 17:30
Oi Gabriel!

O modelo ideal provavelmente dependerá de análises de impactos e recursos, sem elas é realmente difícil definir o que é mais eficiente. É bem provável que se tenha um sistema misto, que variará na proporção de cada tipo de cultivo de acordo com a região. Porém, penso que após o impacto do investimento inicial, as fazendas verticais localizadas dentro das cidades poderiam diminuir custos, principalmente com transporte e desgaste/correção do solo.

Por outro lado, possivelmente nem todo tipo de cultura será compatível com este tipo de produção – boa parte das árvores frutíferas demoram anos para crescer, e ocupam muito espaço, necessitando de terra para sobreviverem e se manterem. Talvez possam existir dentro das cidades “parques pomares” onde cada um pegue a fruta que quiser ao invés de ir no sacolão (quitanda, mercado, etc – os nomes variam Brasil afora), e que as frutas cresçam somente no seu ciclo natural (na sua “época”), o que diminuiria gastos com hormônios vegetais e transporte…

Não existe uma ideia fechada sobre isso, mas sugestões de opções que podem contribuir para diminuir o impacto da produção de alimentos…


Josney 10 de março de 2015 às 13:26
Concordo com o Gabriel e eis um exemplo:

“A aquaponia, que combina a criação de peixes e a agricultura, é sistema antigo usado pelos astecas e chineses. O que nós fizemos foi profissionalizar a técnica para a produção comercial”

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias...m_cn.shtml


Ataliba de Avellar 13 de março de 2015 às 11:28
Esta é uma luz no fim do túnel !!! Uma possibilidade de continuação da vida neste Planeta do contrário nossos dias estão contados! A saída amorosa é a solução para todos, é difícil conciliar…Os que hoje criam gado produzem alimentos precisam se adaptar, diminuir sua ansiedades e buscar novas saídas e toda a humanidade quebrando paradigmas. Encontrar novas maneiras e o caminho deve ser o do Amor. Somos irmãos.

Lidando com o mito da Superpopulação – Parte 2

BY GRACIELA KUNRATH LIMA · 8 DE JANEIRO DE 2015

Autor Desconhecido

Parte 2 de 3 – Água e Área Ocupada

Este ensaio foi disponibilizado por um membro do Movimento Zeitgeist em Novembro de 2011, mas a autoria do mesmo perdeu-se, uma vez que o arquivo no qual o material foi armazenado não informa o nome do autor do trabalho. A linguagem é de uma conversa, pois parece ter sido dessa forma que o ensaio foi desenvolvido. Agradecemos ao autor, pois as informações são bastante elucidativas. E, por isso mesmo, merecem ser compartilhadas, para que mais pessoas tenham acesso a este conhecimento.

Acesse a Parte 1, caso ainda não tenha lido. A Parte 2 demonstra que há sistemas capazes de garantir água a toda a população, e que é possível minimizar a área ocupada por cidades se houver um redesenho das mesmas. Boa Leitura!

[Imagem: 800px-Communal_tap_%28standpost%29_for_d...790%29.jpg] Link da Imagem
Valores para o consumo de água são muito difíceis de encontrar. Para estimativas (muito) conservadoras, nós assumiremos que 10 bilhões de pessoas usarão a mesma quantidade de água, como o americano médio: 378,5 litros por dia (ver o link).

Ignorando os sistemas de água cinza, compostagem sanitária, máquinas de lavar sem água, utilização de irrigação por gotejamento, hidroponia (ou aeroponia), carne in-vitro , etc, que iriam reduzir drasticamente a quantidade de água utilizada por pessoa, e assumindo 10 bilhões de pessoas, cada uma utilizando 378,5 L , o consumo diário de água seria de 3,785 km cúbicos.

A quantidade de água na atmosfera são constantes 13.000 km cúbicos, e esta é totalmente reabastecida a cada 8 dias (ver o link). Isto significa, assumindo que 10 bilhões de pessoas sejam tão esbanjadoras como o americano médio, que 0,03% de toda a água na atmosfera atenderia às necessidades de água de cada indivíduo e poderia ser facilmente extraída através de geradores de água atmosféricos integrados nos próprios edifícios, ou projetados em turbinas eólicas para nos fornecer eletricidade (ver o link).

Temos geradores de água atmosférica, capazes de produzir água potável a partir da atmosfera (ver o link).

O processo de dessalinização de águas oceânicas é conhecido, antigo já, simples e prático. O único problema dessa técnica é que é muito cara de se fazer em larga escala. E o motivo do alto custo é que o processo requer grandes quantidades de energia.

Mas, como será abordado mais adiante, energia não é mais um problema, pelo menos desde umas 5 décadas, estamos basicamente cercados de energia limpa, grátis, superabundante por todos os cantos do planeta, e agora temos os meios para explorá-las, que não são colocados em prática mesmo que beneficiem toda população e natureza, pois não satisfazem as necessidades de lucro de algumas empresas, ou melhor, de algumas pessoas. O sistema de mercado falharia em um dia se aplicássemos comida grátis e energia grátis para todos no planeta, não pode acontecer do ponto de vista do mercado, seria sua morte, porque há muito dinheiro e necessidade de serviços nesses dois setores que geram empregos nos quais o sistema todo se suporta. São setores grandes demais para ficarem open source e passarem completamente por cima do mercado sem o destruir por completo.[Imagem: Los_Angeles_Aerial_view_2013.jpg]

Redesenhar cidades (tecnicamente, as cidades nunca foram projetadas para começar) para que elas realmente satisfaçam as necessidades humanas ao invés de apenas aglomerar um monte de pessoas juntas, teria o impacto mais significativo na redução da quantidade de terra necessária para abrigar 10 bilhões de pessoas. Assumindo que as cidades são projetadas com um layout circular e que 45% de área da cidade é usada para habitação (os restantes 55% seriam destinados a produção de alimentos e água, educação, pesquisa e instalações médicas, instalações de lazer e entretenimento, etc), em torno de 1 milhão de pessoas poderiam ser acomodadas em uma cidade de 60 km quadrados (diâmetro de 8,8 km – cálculos abaixo), e com apenas com 10.000 cidades facilmente atenderíamos as necessidades de 10 bilhões de pessoas, que cobririam 600.000 km², 0,4% da área total do planeta. Para comparação, hoje temos em torno de 320 mil cidades no mundo, considerando apenas as com mais de 20 mil habitantes.

60 km² x 45% = 27 km² para habitação

60% dos 27km² são alocados para casas unifamiliares e 40% são destinados para condomínios

3 pessoas (em média) em cada unidade de casa ou apartamento; cada complexo de condomínio tem 1.000 unidades

cada casa tem 4046 m² de terra, cada complexo tem 32.375 m² de terra

27 km² x 60% = 16,2 km²; 27 km² x 40% = 10,8 km²

4.004 casas por cidade, três pessoas cada; 333 complexos de condomínio com 1.000 unidades cada, cada habitação 3 pessoas

12.012 pessoas residentes em domicílios; 999.000 vivem em condomínios

Notas adicionais: Cada casa ou unidade de condomínio poderiam ter 185 m² de espaço vital, que seria o espaçamento entre residências. Alguns hotéis de luxo têm menos de 120 m². Entre as cidades, tudo volta ao natural exceto pelas vias de ligação entre cidades, que serão muito bem distribuídas uma vez que não haverá cidades muito maiores que as outras, não há razão pra isso, não haverá provavelmente concentrações populacionais muito grandes em qualquer lugar, mesmo beira-mar, lugares paradisíacos, etc, porque primeiro o sistema de transporte é rápido, eficiente, limpo, seguro e grátis, portanto você pode estar em qualquer lugar do mundo (sem precisar levar bagagem) rapidamente. Segundo, e mais obviamente, nenhuma cidade ofereceria muito mais benefícios que outra, tudo está no domínio público, e quando tudo é open-source, não há vantagens, quem não sabe fazer algo sempre pode aprender, não haverá mais “empregos”, ou mais “oportunidades” em uma cidade específica, o mundo todo é uma terra de oportunidades, e de fato com comunicações acessíveis a todos, provavelmente podemos trabalhar de qualquer lugar do mundo, interagindo com qualquer pessoa.

Fonte e OBS:“Este artigo não expressa necessariamente uma opinião do MZ, mas de seu autor.

O mérito está na contribuição para a discussão da linha de pensamento defendida pelo movimento.”


Lidando com o mito da Superpopulação – Parte 3

BY GRACIELA KUNRATH LIMA · 15 DE JANEIRO DE 2015

Autor Desconhecido

Parte 3 de 3 – Saúde, Transporte, Energia, Comunicação e Educação

Este ensaio foi disponibilizado por um membro do Movimento Zeitgeist em Novembro de 2011, mas a autoria do mesmo perdeu-se, uma vez que o arquivo no qual o material foi armazenado não informa o nome do autor do trabalho. A linguagem é de uma conversa, pois parece ter sido dessa forma que o ensaio foi desenvolvido. Agradecemos ao autor, pois as informações são bastante elucidativas. E, por isso mesmo, merecem ser compartilhadas, para que mais pessoas tenham acesso a este conhecimento.

A Parte 3 aborda como é possível fornecer saúde, transporte, energia, comunicação e educação de maneira sustentável e eficiente para toda a população. Boa Leitura!

[Imagem: 800px-Giant_photovoltaic_array.jpg] Link da Imagem
No que diz respeito à saúde, sabe-se que doenças cardiovasculares, doenças respiratórias, doenças gastrointestinais e câncer causam mais da metade de todas as mortes no mundo (ver o link). Utilizando sistemas de energia limpa (fotovoltaica, solar-térmica, das ondas, das marés, OTEC, eólica, geotérmica, fusão, etc), pode-se fornecer infra-estrutura em elétrica de trânsito, fabricação automatizada e sistemas de construção (ver o link - indisponível), etc. A remoção do lucro a partir da distribuição de cigarros e álcool, menor consumo de carne vermelha e aumento do consumo de plantas tornaria essas doenças, e o número de mortes relacionadas a elas, raros, no máximo.

Sistemas elétricos de trânsito já existiam desde o final de 1800 (ver o link).

Em 1999, uma patente para sistemas de tubo evacuado de trânsito foi aprovada nos EUA (ver o link). O desenvolvedor afirma que este sistema pode atingir velocidades de mais de 6.000 km/h para viagens inter e intra-continentais (eliminando a necessidade de trens, aviões, navios, etc) e superior a 300 km/h para viagens regionais, com menos de 1/10 do custo de instalação de uma estrada de ferro sobre uma distância igual. Para o trânsito intra-cidades (que iria substituir quase todos os automóveis), SkyTran (ver o link; link original indisponível) utiliza vagões magneticamente levitados que podem seguramente viajar a velocidades de até 260 km/h com um centésimo do custo de uma rodovia de distância equivalente (ver o link). Porque tanto ET3 e SkyTran são sistemas totalmente automatizados, de forma que engarrafamentos, acidentes, etc seriam, essencialmente, anomalias. Por estes projetos se concentrarem no atendimento a tantas pessoas quanto possível, eles são muito mais eficientes que carros, trens, aviões, navios, etc. O usuário tem à disposição sua unidade por quanto tempo for necessário, por quanto tempo precisar, podem ser dias, meses, não importa. Quando terminado, o veículo fica disponível para outras pessoas. Garantias/leis de propriedade seriam irrelevantes nesse contexto, a abundância de acesso substituiria a atual falsa abundância da posse, e o respeito pelo que os outros estão utilizando virá naturalmente, e será maior do que nunca na história do respeito à propriedade alheia.

A energia é muito mais fácil de resolver do que se pensa. Primeiramente, os veículos elétricos já existem há mais de um século (ver este e este links).

Hoje, um carro elétrico pode facilmente superar até mesmo os melhores motores de combustão interna (ver o link). Combustíveis fósseis para a propulsão são obsoletos. Combustíveis fósseis para a produção de eletricidade também são obsoletos. Se uma área um pouco maior que o estado de Washington (ver o link) for coberta pelas células solares mais eficientes disponíveis no mercado com 39,2% de eficiência (ver o link), energia suficiente seria gerada para atender a demanda global de energia em 2008 (ver o link) - cálculos abaixo, assumindo 4 horas de pico por dia). O estado de Washington tem aproximadamente 0,3% da área terrestre.

Isso ignora a eletricidade gerada a partir de energia eólica, térmica, solar com base no espaço, das ondas, das marés, OTEC, fusão, geotérmica, diferencial de calor, piezoelétrica, etc, que nos permitiriam muito mais opções para gerar eletricidade limpa superabundante, e baseiam-se em células solares que operam no comprimento de onda visual com menos de 40% de eficiência. Atualmente, a Microcontinuum está desenvolvendo células fotovoltaicas que operam no comprimento de onda infravermelho, significando que geram eletricidade a partir de calor e podem trabalhar à noite conforme o solo libera o calor absorvido durante o dia) e têm uma eficiência teórica de até 80% (ver o link).

1,366 kW (Constante Solar) x 39,2% = 0,535 kW por m²

493,014 x 10 ^ 15 Btu (consumo global de energia em 2008) = 144,488 x 10 ^ 12 kWh

144,488 x 10 ^ 12/365 (kWh por ano) = 395,858 * 10 ^ 9 (kWh por dia)

395,858 x 10 ^ 9 (kWh por dia) / 4 (número de horas de luz do dia de pico) = 98,964 x 10 ^ 9 (kW por hora de luz de pico)

98,964 x 10 ^ 9 / 0,535 = 184,98 x 10 ^ 9 m²

184,98 x 10 ^ 9 m² = 184.980 km²


[Imagem: 2738452057_e300c86d88.jpg] Link da Imagem

A comunicação é fácil – a Internet, telefones celulares, telepatia (para aqueles de vocês que acompanham transhumanismo, hahaha), etc, ao longo dos últimos anos, muitas empresas começaram a desenvolver vários meios de implementação de redes descentralizadas de comunicação para proporcionar as pessoas com uma conexão para a internet que não pode ser censurada ou desligada (ver este, este e este links), a fim de assegurar o direito de todos ao irrestrito acesso às tecnologias de comunicação.

Educação é ainda mais fácil. Nos EUA é atualmente possível para um indivíduo aprender tudo o que normalmente seria ensinado do jardim de infância até a faculdade, totalmente online, sem nunca ter pisado em uma sala de aula. Homeschooling e Unschooling (ver o link) permitem que as crianças aprendam de forma independente e online, sem nunca ter pisado em uma escola, e hoje legalmente, torna o jardim de infância até o ensino médio completamente desnecessário. Infelizmente, você ainda não pode ganhar um belo pedaço de papel sem pagar por isso e sentado na sala de aula, mas, com sites como a Khan Academy, Terra Acadêmico, Consórcio OCW, OpenStudy, Wikimedia, etc (ver este, este, este, este e este links), você pode aprender pelo menos tanto quanto qualquer graduado da faculdade sem os R$ 50.000 + (ver o link) para o custo médio de 4 anos de estudos, incluindo livros, transporte, despesas de moradia e pessoais que os alunos gastam.

Em conclusão, se somarmos os 0.4% da área para alimentação (plantações), os 0.4% necessários para ocupação humana (cidades), os 0.3% para energia, teremos cidades capazes de fornecer moradia, alimentos, água, energia, lazer, transporte, saúde, produção, distribuição, tudo incluso na cidade, usando 1.1% da área total da Terra.

Continuaremos com uma superpopulação enquanto utilizarmos os atuais métodos ineficientes, que já estavam obsoletos em torno de 150 anos atrás.

[Imagem: j-fresco-concept-design.jpg]

“Este artigo não expressa necessariamente uma opinião do MZ, mas de seu autor.

O mérito está na contribuição para a discussão da linha de pensamento defendida pelo movimento.”

quando a guerra transforma populacoes inteiras em sonâmbulos, foras da lei nao se aliam aos despertadores. Foras da lei, como poetas, rearanjam o pesadelo. Tom Robbins, still Life with Woodpecker

[video=youtube]https://youtube.com/watch?feature=youtu.be&v=ZvM2KYZhsfc[/video]
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 14 usuários diz(em) obrigado a Tecnocrata pelo seu post:
djaga (31-05-2016), Elenin20182024 (04-06-2015), Fire Fox (07-11-2018), Jah Soldier (05-06-2015), Jaspion (05-06-2015), lizardman (31-05-2016), Lucas_0512 (05-06-2015), Obi-wan (04-06-2015), PedroZanini (30-05-2016), pequeno gafanhoto (04-06-2015), Peter Joseph (30-05-2016), Politically (04-06-2015), ULTRON (04-06-2015), Voh (05-06-2015)
Chlorella Green Gem Pelo menor Preço Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
04-06-2015, 02:00 AM
Resposta: #2
RE: Lidando com o mito da Superpopulação
Tópico importantíssimo.

Excelente trabalho. Parabéns, muito didático e bastante completo.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
04-06-2015, 08:59 PM
Resposta: #3
RE: Lidando com o mito da Superpopulação
É sim sem duvida, e bem cheio de estatiscas e metas e tambem os cauculos apropriados para ser de mais facil entendimendo da maioria das pessoas. masi ainda e uma ideaia que pode ser melhorada e muito, isso ai é so um pequeno exemplo da grande mentira e do absurdo da falta de conhecimento cientifico de todos. um pouco mais de dicernimento faria muita diferenca ao mundo todo.

quando a guerra transforma populacoes inteiras em sonâmbulos, foras da lei nao se aliam aos despertadores. Foras da lei, como poetas, rearanjam o pesadelo. Tom Robbins, still Life with Woodpecker

[video=youtube]https://youtube.com/watch?feature=youtu.be&v=ZvM2KYZhsfc[/video]
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Tecnocrata pelo seu post:
lizardman (31-05-2016), Obi-wan (04-06-2015), pequeno gafanhoto (04-06-2015), Peter Joseph (30-05-2016)
05-06-2015, 10:09 AM
Resposta: #4
RE: Lidando com o mito da Superpopulação
(04-06-2015 08:59 PM)Tecnocrata Escreveu:  É sim sem duvida, e bem cheio de estatiscas e metas e tambem os cauculos apropriados para ser de mais facil entendimendo da maioria das pessoas. masi ainda e uma ideaia que pode ser melhorada e muito, isso ai é so um pequeno exemplo da grande mentira e do absurdo da falta de conhecimento cientifico de todos. um pouco mais de dicernimento faria muita diferenca ao mundo todo.

Bom o tópico !!!

Sem dúvida possuimos diversas maneiras de driblar os nossos problemas de eficiência energética, transporte, abrigo e alimentação.

Mas infelizmente isso também faz parte da NOM. Os líderes globais donos de empresas como petrolíferas, automobilisticas, agronegócios, etc... Tudo isso ainda gera muito lucro para estes iluminados senhores.

Acredito que esta falta de conheciemnto cientifico de todos e logo o deficit no discernimento não seja culpa da sociedade como um todo.

Nossa educação é controlada e segmentada para sermos idiotas !! A mídia bate na tecla do aquecimento global todos os dias, mas ignora transmitir informações uteis que facilmente desmentiria alguns tabus ambientais que estão sendo impostos pela teoria das mudanças climáticas...

Apesar das alternativas citadas no tópico serem soluções reais, o nosso maior desafio é conseguir por elas em prática...

"A minoria, a classe dominante no momento, tem as escolas e imprensa, usualmente a Igreja também, sob o seu polegar. Isto a possibilita organizar e influenciar as emoções das massas e fazê-las seus instrumentos " - Albert Einstein
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Jah Soldier pelo seu post:
lizardman (31-05-2016), Obi-wan (05-06-2015)
Produtos de qualidade é na Tudo Saudável
05-06-2015, 08:43 PM
Resposta: #5
RE: Lidando com o mito da Superpopulação
"tornar ideias e pensamentos em realidade". Pessoal que psquisa mais sobre assuntos relacionados no sub-forum vivendo na matrix deve ter uma boua ideia dessa frase kkk. É verdade que existe o condicionamento social em todo lugar, mais ele é diferente em cada lugar mais ´rcebido de forma diferente por pessoas que receberam o mesmo condicionamento, talvez só oque falte seja um pouco mais de esforco da parte de quem já suspeita de algo para talvez doar o esforco inicial necessario para os outros que ainda estão no mesmo lugar do mesmo jeito aprisionados intectualmente.

Eu trouxe esse topico para o forum por que ele tem que ser terminado, existem muitas emuitas formas de se fazer oque tem ai mais não adianta em absolutamnte nada se as pessoas não saberem que se pode ser feito e que até mesmo alguns ja estão se preparando seja em casaseja se unindo a grupo ou sosinhos sem nem um apoio ou qualquer ligação externa que seja. Eu vi um tempo atras uma palestra desse grupo onde se comentava do sentimento de que alguma coisa muito rrada está acontecendo no mundo mais não se sabe oque, e as pessoas na discução realmente pareciam ter esse sentimento, eu ja vi isso muitas vezes aqui nesse forum no meu pouco tempo por aqui eu vi muitos usuarios com a mesma sensacão, u so queria deixar a ideia de que e esse sentimento meio desconhecido meio conhecido que une as pessoas que tentam mudar as coisas ou rcuperar o mundo, no meu caso concertar e voltar a melhorar. Eu ja falei desse fenomeno outras vezes e seria bom que os poucos que sabem prestacem mais atencão nas possibilidade que essa sensacão podem oferecer para unir as pessoas em um mesmo obgetivo o mesmo bem comum, usemisso para o bem das pessoas por que outros como ja sabem sempre vão tentar usar esse sentimento para gerar medo e criar mostros fantasmagoricos com esse sentimento que deveria nos unir fortalecer e gerar grandes buscas pela verdade. boa aventura a todos.

quando a guerra transforma populacoes inteiras em sonâmbulos, foras da lei nao se aliam aos despertadores. Foras da lei, como poetas, rearanjam o pesadelo. Tom Robbins, still Life with Woodpecker

[video=youtube]https://youtube.com/watch?feature=youtu.be&v=ZvM2KYZhsfc[/video]
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
05-06-2015, 11:08 PM
Resposta: #6
RE: Lidando com o mito da Superpopulação
(05-06-2015 08:43 PM)Tecnocrata Escreveu:  "tornar ideias e pensamentos em realidade". Pessoal que psquisa mais sobre assuntos relacionados no sub-forum vivendo na matrix deve ter uma boua ideia dessa frase kkk. É verdade que existe o condicionamento social em todo lugar, mais ele é diferente em cada lugar mais ´rcebido de forma diferente por pessoas que receberam o mesmo condicionamento, talvez só oque falte seja um pouco mais de esforco da parte de quem já suspeita de algo para talvez doar o esforco inicial necessario para os outros que ainda estão no mesmo lugar do mesmo jeito aprisionados intectualmente.

R: È...isso de doar o esforço inicial por quem já suspeita é uma verdade...É o que tentamos fazer aqui, discutir ações praticas pata combater a NOM.

Mas quando eu disse em por aqueles projetos(Tópico) em prática eu me referia a toda estrutura de engenharia que é necessária para que estes projetos saiam do papel, necessita grana e muita politicagem...infelizmente !!

E quem assume essas decisões atualmente é a NOM. Por isso meu comentário sobre como é complicado deslumbrarmos soluçoes que dependam majotariamente deles (NOM). Mas não devemos para de tentar encontrar soluções...e encontraremos !!



Eu trouxe esse topico para o forum por que ele tem que ser terminado, existem muitas emuitas formas de se fazer oque tem ai mais não adianta em absolutamnte nada se as pessoas não saberem que se pode ser feito e que até mesmo alguns ja estão se preparando seja em casaseja se unindo a grupo ou sosinhos sem nem um apoio ou qualquer ligação externa que seja. Eu vi um tempo atras uma palestra desse grupo onde se comentava do sentimento de que alguma coisa muito rrada está acontecendo no mundo mais não se sabe oque, e as pessoas na discução realmente pareciam ter esse sentimento, eu ja vi isso muitas vezes aqui nesse forum no meu pouco tempo por aqui eu vi muitos usuarios com a mesma sensacão, u so queria deixar a ideia de que e esse sentimento meio desconhecido meio conhecido que une as pessoas que tentam mudar as coisas ou rcuperar o mundo, no meu caso concertar e voltar a melhorar. Eu ja falei desse fenomeno outras vezes e seria bom que os poucos que sabem prestacem mais atencão nas possibilidade que essa sensacão podem oferecer para unir as pessoas em um mesmo obgetivo o mesmo bem comum, usemisso para o bem das pessoas por que outros como ja sabem sempre vão tentar usar esse sentimento para gerar medo e criar mostros fantasmagoricos com esse sentimento que deveria nos unir fortalecer e gerar grandes buscas pela verdade. boa aventura a todos.

R: Isto dos sentimentos eu também já presenciei. Já vi diferentes pessoas fazerem comentários a esse respeito.

Eu tenho algumas opiniões formadas sobre os motivos, que variam da ciencia metafisica às escrituras..

Mas creio que nós temos o nosso lado sensorial, e indiretamente e involuntariamente estamos trocando informações uns com os outros através das energias que emanamos. As pessoas percebem algo errado, pressentem a energia no ar...tudo é energia, nossas aflições geram vibrações eneregeticas, assim como outros tipos de sentimentos. O mundo hoje é regido pelas emoçoes mais baixas e a NOM como já sabemos, propaga cada vez mais essas emoçoes densas atraves de todas as suas ações que estudamos aqui, isto cria uma corrente energética, e em alguns lugares ela é mais densa e em outros lugares ela é mais branda, mas quem tem a sensibilidade apurada ou desperta, nota isso facilmente.

"A minoria, a classe dominante no momento, tem as escolas e imprensa, usualmente a Igreja também, sob o seu polegar. Isto a possibilita organizar e influenciar as emoções das massas e fazê-las seus instrumentos " - Albert Einstein
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
30-05-2016, 11:54 AM
Resposta: #7
RE: Lidando com o mito da Superpopulação
Demonstração clara, baseada em tecnologias existentes e cálculos simples, de que podemos facilmente comportar muito mais seres humanos no planeta Terra com alto nível de vida para todos, se quisermos.
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Peter Joseph pelo seu post:
lizardman (31-05-2016), marcosarierom (30-05-2016)
Aromaterapia você encontra pelo menor preço na Tudo Saudável
30-05-2016, 06:02 PM
Resposta: #8
RE: Lidando com o mito da Superpopulação
E sim, cauculos feitos em 2011 mais com tecnologias de 5anos antes. imagine oque poderíamos fazer hoje mesmo com a eficiência das usinas de absorção térmica e/ou cinética. Quanto a agronomia eu realmente não sei como ela anda.

quando a guerra transforma populacoes inteiras em sonâmbulos, foras da lei nao se aliam aos despertadores. Foras da lei, como poetas, rearanjam o pesadelo. Tom Robbins, still Life with Woodpecker

[video=youtube]https://youtube.com/watch?feature=youtu.be&v=ZvM2KYZhsfc[/video]
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Tecnocrata pelo seu post:
Peter Joseph (30-05-2016)
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  O mito de Sisifo Sunabouzu 7 3,474 14-04-2016 11:29 AM
Última Resposta: lizardman
  A Superpopulação é um mito Alexg 25 20,945 18-08-2014 11:05 AM
Última Resposta: jack award
  O mito da Caverna Halmenara 1 2,697 29-09-2012 01:25 AM
Última Resposta: Estrela

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 112 usuários online.
» 1 Membros | 111 Visitantes
tarcardoso

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,765
» Último Membro: KOLOSnew10
» Tópicos do Fórum: 25,701
» Respostas do Fórum: 273,666

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
“Mais Médicos”: nada pessoal; o problema é que Cuba não é transparente.
Última Resposta Por: tarcardoso
Hoje 08:28 AM
» Respostas: 28
» Visualizações: 1567
Sobre os incêndios na Califórnia
Última Resposta Por: Rox Extreme
Hoje 02:17 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 552
Plano da Austrália para desafiar a China no Pacífico Sul
Última Resposta Por: Rox Extreme
Hoje 02:02 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 229
Palestinos condenam transferência da embaixada do Brasil para Jerusalém
Última Resposta Por: Rox Extreme
Hoje 01:43 AM
» Respostas: 17
» Visualizações: 971
A guerra desproporcional do poder público contra o jornalismo independente.
Última Resposta Por: Rox Extreme
Hoje 01:05 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 96
Haverá Segundo Turno e quem irá ganhar será a Esquerda Novamente.
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 08:54 PM
» Respostas: 108
» Visualizações: 5739
Rastreador chinês julgará cada cidadão da China: positivo,benefício;negativo,punição
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 01:02 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 248
Decifrado? Revista The Economist 1988 e Bitcoin, Moeda única mundial.
Última Resposta Por: basiliolp
20-11-2018 07:26 PM
» Respostas: 13
» Visualizações: 1070
Ozersk: a cidade nuclear russa construída para não existir.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
20-11-2018 05:04 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 238
Bolsonaro e Lair Ribeiro divulgam a cura do Câncer!
Última Resposta Por: draggy29
20-11-2018 03:45 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 348
Nibiru, Elenin, - Transformações da Terra - o que ninguém te conta
Última Resposta Por: bandeirapvh
20-11-2018 02:20 AM
» Respostas: 1302
» Visualizações: 566097
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Aldebarâ
19-11-2018 09:17 PM
» Respostas: 1062
» Visualizações: 200514
Relembrando: A Carta de 1871 que previu 3 Guerras Mundiais.
Última Resposta Por: Koala
19-11-2018 06:48 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 516
O Exército sírio anunciou o fim do Estado Islâmico no país.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
19-11-2018 05:33 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 168
Uma democracia chamada Venezuela
Última Resposta Por: Beobachter
19-11-2018 02:17 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 203
Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
19-11-2018 02:08 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 123
Estudo Sugere que a Poluição do ar Está Matando Mais Africanos do que o HIV
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
19-11-2018 01:49 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 139
Peru: À beira de ser preso, o ex-presidente Alan Garcia pede asilo ao Uruguai.
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
19-11-2018 01:46 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 116
Os segredos do poder de manipulação
Última Resposta Por: Bruna T
19-11-2018 01:27 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 502
Modus Operandi do Jornalismo
Última Resposta Por: Bruna T
19-11-2018 01:26 PM
» Respostas: 67
» Visualizações: 2859
Autoridades iranianas executaram todos os homens de uma aldeia remota no país.
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
19-11-2018 08:24 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 370
O massacre de Díli
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
18-11-2018 11:36 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 193
A educação e a Nova Ordem Mundial
Última Resposta Por: jonas car
18-11-2018 07:07 PM
» Respostas: 25
» Visualizações: 5723
Vence Bolsonaro. Qual o rumo do Brasil agora? Which road is Brazil heading to?
Última Resposta Por: jonas car
18-11-2018 06:45 PM
» Respostas: 71
» Visualizações: 4924
EUA e Arábia Saudita conspiraram para matar o jornalista Jamal Khashoggi?
Última Resposta Por: Bruna T
18-11-2018 12:23 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 259
Echelon – A rede de espionagem global
Última Resposta Por: Bruna T
18-11-2018 11:54 AM
» Respostas: 6
» Visualizações: 1517
A Ciência da Mentira - Tese do Auto Engano
Última Resposta Por: Aldebarâ
17-11-2018 08:32 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 236
[VIDEO] A Máfia dos Transplantes de Órgãos e o Caso Paulinho Pavesi
Última Resposta Por: Bruna T
17-11-2018 07:44 PM
» Respostas: 36
» Visualizações: 27752
Donald Trump diz que tropas não vão atirar contra caravana de migrantes
Última Resposta Por: BioMachine
17-11-2018 11:15 AM
» Respostas: 3
» Visualizações: 323
Brasil inaugura o Sirius, um dos mais modernos aceleradores de elétrons
Última Resposta Por: BioMachine
17-11-2018 10:55 AM
» Respostas: 9
» Visualizações: 966

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial