Produtos de qualidade é na Tudo Saudável



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 2 Votos - 3.5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Noé- Filme Bíblico, Diretor Ateu
06-04-2014, 01:31 AM (Resposta editada pela última vez em: 06-04-2014 02:26 AM por Petrus Praeliator.)
Resposta: #21
RE: Noé- Filme Bíblico, Diretor Ateu
Acabei de sair do cinema...

Lixo total ...

Dodgy

P.S: Não vou dar mais detalhes em respeito aos que vão assistir, mas não recomendo...

Como disse em outro tópico acima eles estão tentando reescrever a história do modo deles...[Imagem: rewriting_history.jpg]


...primeiro O Código da Vinci com aquelas distorções absurdas da bíblia e da história de Jesus...agora este filme distorcendo absurdamente a história de Noé e dos anjos caídos...
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Petrus Praeliator pelo seu post:
Spectro (06-04-2014)
Shoyu e Missô Orgânicos Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
07-04-2014, 11:02 AM
Resposta: #22
RE: Noé- Filme Bíblico, Diretor Ateu
Acho que este tópico deveria estar dentro do sub religião (ou ateísmo)

Criei um tópico no sub religião que mostra os aspectos bíblicos e não bíblicos, sem entrar no mérito religioso, e mesmo assim achei por bem não postar em sub aberto. Mas existem realmente alguns membros que parecem estar aqui apenas para tumultuar.

Filme Noé: O Bíblico e o Anti-Bíblico
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a rogeriosc pelo seu post:
Fire Fox (07-04-2014), jjmac (07-04-2014)
07-04-2014, 11:30 AM
Resposta: #23
RE: Noé- Filme Bíblico, Diretor Ateu
Tópico movido para o sub fórum Religião.

"Combati o bom combate, terminei a corrida e, principalmente, mantive a fé!!!"
2 Timóteo 4:7
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
07-04-2014, 01:59 PM
Resposta: #24
RE: Noé- Filme Bíblico, Diretor Ateu
Abaixo um artigo do site Libertar.in que lí nesta manhã e posto aqui por entender que tem posição parecida com a dos amigos deste blog. Então segue a matéria:

"Não é" o que parece: Filme "Noé "


Traída por um trailer. Foi assim que me senti durante a exibição de “Noé”, do cineasta Darren Aronofsky.

Quando vi o trailer, fiquei maravilhada. Os efeitos especiais, o clima da época, a cena em que o líder dos inimigos diz a Noé: “ Tenho soldados à minha disposição e você sozinho me desafia?” Então, Noé, confiante e tranquilo, responde: “Eu não estou sozinho.” – Uau! Há muito tempo esperava uma superprodução das histórias maravilhosas do Antigo Testamento. Com os recursos que temos atualmente, daria para fazer cenas grandiosas. Mas…era tudo falso, meus amigos. Cada cena daquele trailer foi cuidadosamente montada para enganar a mim e a você.

Não é nem questão de o filme não ser fiel à Bíblia apenas. É muito pior do que isso. Ele simplesmente conta outra história. Se fosse considerar esse filme realmente como uma interpretação do texto de Noé, eu diria que é uma versão satanista. E olha que não sou adepta de teorias conspiratórias, e não saio por aí chamando qualquer coisa de satanista.

Segundo o filme, quando o Criador expulsou o homem do Paraíso, após Adão e Eva terem desobedecido, um grupo de anjos, que sabia que havia algo de bom no homem (afinal de contas, era a imagem do Criador), ficou com pena da humanidade e resolveu descer para ajudar. O Criador, intolerante, entendeu como traição e puniu aqueles anjos, condenando-os a morarem na Terra, amaldiçoados.

Eles eram luz, mas a partir deste momento, se tornaram gigantes de pedra, fisicamente deformados e tortos (algo como um cruzamento dos Ents, do Senhor dos Anéis, com o monstro de pedra, de História sem Fim e algum parentesco com um monstro de lava – todos em grave estado de desnutrição e com problemas sérios de coluna), mas ainda gente boa. Ensinaram ao homem tudo o que sabiam a respeito da Terra, porque eram bonzinhos e queriam ajudar. Se tornaram os Guardiões e acolheram os filhos de Caim. Só que foram traídos e desprezados pelos homens, que desvirtuaram o que aprenderam.

Siiim, meus amigos, os demônios, segundo esse filme, são apenas seres bem intencionados que queriam ajudar… Na verdade, em todo o filme, os únicos personagens que despertam alguma empatia no público são esses anjos caídos. Estranho, não? A gente chega a sentir pena deles, pois parecem injustiçados. São bons e simpáticos. Você percebe neles respeito por Deus (!!) e os homens os chamam de “servos do Criador”. Essa perspectiva e a distorção do caráter de Deus, do porquê ele escolheu Noé e a distorção do caráter dos próprios demônios (que, na verdade, caíram porque foram egoístas e orgulhosos, nunca tentaram ajudar ninguém), faz com que eu desconfie seriamente que o filme foi inspirado por um demônio que queria se autopromover.

Como não se trata do Noé que a gente conhece, vou chamá-lo de “Nãoé”. No início do filme, os filhos de Caim matam o pai do pequeno Nãoé e roubam uma pele de cobra que ele usava para fazer um ritual de “transferência do direito de primogenitura”, algo como tornar-se protetor do meio-ambiente. Os filhos de Caim são malvados porque exploraram os recursos naturais até que a terra se tornasse árida, comem carne, vivem como seres bestiais famintos (isso eu não entendi. O lugar não tem vegetais e os carnívoros é que passam fome?) e não têm educação.

Um dia, Nãoé sonha com gente morta debaixo dágua e entende que o Criador destruirá o mundo. Sabe que tem que fazer alguma coisa, mas não sabe o quê. Como viu também no sonho a montanha em que mora (sozinho) o avô Metusalém, segue para lá com a família. No caminho, encontra um vilarejo destruído e uma menina ferida, Illa, quase da idade de seu filho Sem (todos os filhos de Nãoé são pequenos). Adota a menina. Na estrada, também encontram os demônios gigantes de pedra com problemas de coluna. Desconfiadas, as criaturas não aceitam ajudar a família e deixam todos em uma vala. No entanto, um gigante com cara de dó volta durante a madrugada para ajudá-los a escapar e segue com eles até a montanha.

Vovô Metusalém é uma espécie de bruxo ou xamã. Dá um chazinho alucinógeno para Nãoé, que vê a arca. (Não é Deus que fala com Noé, é o alucinógeno de Metusalém.) Ele também dá uma semente mágica do Éden a Nãoé, que a planta na terra seca. Essa semente é tipo um feijão mágico vitaminado. Quando os outros demônios vêm levar o demônio traidor, entendem que Nãoé realmente falou com o Criador e resolvem ajudar. Uma floresta cresce em cinco minutos (super feijão mágico) e Nãoé vê ali a madeira para a sua arca. Mãos à obra! A família começa o trabalho, mas quem realmente faz a arca é o diabo e os demônios! Em dez anos, concluem o trabalho. (Na Bíblia levou cem anos, mas no filme, com a ajuda dos demônios, apenas dez.)

Nãoé se convence de que nenhum humano merece viver, nem mesmo sua família. Começa a se tornar egoísta e fanático. Se despersonaliza e agora acredita que a missão deles é salvar os animais, que são inocentes, e manter a Terra limpa dos humanos. Humanos, a sujeira do universo. Ele não é escolhido pelo criador por ser bom, mas por ser obsessivo o suficiente para completar a tarefa. Enquanto no original:


“Disse o SENHOR a Noé: Entra na arca, tu e toda a tua casa, porque reconheço que tens sido justo diante de Mim no meio desta geração.” (Gênesis 7.1)

O filme tenta distorcer a noção de “justo” e “justiça”, usando essas palavras fora de contexto diversas vezes, para tentar transformar Noé e Deus em algo que eles nunca foram. Imagino que possa causar confusão na mente de pessoas que não têm muita noção de quem Deus é e se sentem perdidas em um mundo com tanta maldade e injustiça. Sutilmente elas serão levadas a uma interpretação distorcida da mensagem original.

Arca pronta, os animais começam a entrar e são colocados para dormir com uma fumaça-sonífero. Aí, vamos ao anticlímax total: lembra daquela cena do Trailer? Aquela que eu achei superforte, em que o líder dos inimigos diz a Noé: “Tenho soldados à minha disposição e você sozinho me desafia?” Então, Noé, confiante e tranquilo, responde: “Eu não estou sozinho”.

Pois é…no trailer parecia que ele estava falando de Deus. No filme, quando ele diz isso…adivinha? Se levantam atrás dele todos aqueles demônios de pedra. Só pode ter sido de propósito. Quem quer que tenha montado aquele trailer estava realmente a fim de fazer uma piadinha de mau gosto.

Nem a narrativa presta. O filme tem muitas cenas inúteis e sem noção. Por exemplo, em um momento que deveria ser tenso, quando Cam foge para procurar uma esposa justo na hora de fechar a arca, Illa (namorada/esposa/irmã adotiva de Sem) sai atrás de Cam e encontra o vovô Metusalém na floresta. Ele dá um passe que a deixa com dor de barriga e meio ninfomaníaca. O mundo está acabando, mas Ila ataca Sem no meio do caminho, totalmente sem noção do momento ideal (e do local apropriado) para se fazer as coisas (sério, ela começa a beijar ele e você entende que vão tirar a roupa ali mesmo…).

O diabo (líder dos demônios) morre defendendo a arca, pede ao Criador que o perdoe, vira novamente um anjo luminoso e vai para o céu (momento piada que me fez rir), enquanto o outro (que tem cara de coitadinho) diz, com voz abobalhada: “o Criador levou ele para casa!” Então…todos eles querem defender a arca para serem levados de volta para o céu…e, de fato, são. Quer dizer, o diabo é bom, Deus não está nem aí para ninguém (além de ser psicopata, está muito, muito longe. Não dá para contar com Ele) e o homem é que é ruim. No filme, não tem como se livrar do mal, pois ele está dentro do ser humano. A saída? Não dá para entender racionalmente, não. Tem a ver com amor-sentimento e se deixar levar pelo coração. Bela pregação do inferno e completamente contrário ao que a gente acredita.

Dentro da arca, a família infeliz ouve os gritos das pessoas lá fora e insiste com Nãoé para resgatá-las, pois são pobres pessoas inocentes e famintas (manipulação emocional descarada).

“Viu o SENHOR que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração” (Gênesis 6.5) Ou seja, não eram homens famintos buscando comida. Não eram pessoas inocentes, coitadinhas, ignorantes cujo maior erro era comer animais. Não eram pobres criaturas injustiçadas. Era continuamente mau todo desígnio do seu coração. Todo desígnio do coração. De todo mundo, exceto Noé. Como eles iam se arrepender? Como poderiam mudar se não conseguiam enxergar seu erro? E, versículos 7 a 9:


“Então, se arrependeu o SENHOR de ter feito o homem na terra, e isso Lhe pesou no coração. Disse o SENHOR: Farei desaparecer da face da terra o homem que criei, o homem e o animal, os répteis e as aves dos céus; porque me arrependo de os haver feito. Porém Noé achou graça diante do SENHOR. Eis a história de Noé. Noé era homem justo e íntegro entre os seus contemporâneos; Noé andava com Deus.”

A ideia não era extinguir o homem, mas começar de novo. Deus escolheu Noé porque ele era diferente do restante da humanidade. E decidiu destruir o resto porque, entenda: pessoas vivendo na maldade e na injustiça já estavam mortas diante dEle. Apenas oficializaria sua condição.

Algum tempo depois, Ila descobre que está grávida ao cuspir em uma folhinha mágica…tipo um teste de farmácia pré-diluviano…hahaha… O problema é que Nãoé está convencido de que o criador quer exterminar sua família (Nãoé não leu a Bíblia). A notícia estraga o plano perfeito para a extinção da humanidade. Ele fica revoltado e tem mais um surto psicótico. Acredita que o Criador quer que ele mate o bebê, se for menina, para evitar que faça mais homenzinhos.

Obviamente, como o leitor já adivinhou, vai ser menina. Mas a partir daí o filme vira um dramalhão mexicano, com tentativas de manipulação emocional e tom sombrio, com Nãoé piradão andando pela arca com cara de psicopata e sua esposa magoada e histérica. Não há fé ou demonstrações de grandeza interior. E o Deus do filme é totalmente ausente, omisso, intolerante e cruel. Mais ou menos o que pensam dEle os que interpretam a Bíblia de modo raso e infantil.

Resumindo, Illa entra em trabalho de parto e tem gêmeas. Na hora em que vai esfaquear a cabeça das criancinhas, Nãoé sente amor no coração e o amor vence o ódio. O ódio, no caso, era a ordem do “criador”. Quando resolve desobedecer, Nãoé consegue ser sensato. (oi?)

Mesmo com o conflito resolvido, ao sair da arca, ninguém mais é feliz, nem inocente. Todo mundo matou ou pensou em matar. Não fala de aliança entre Deus e a humanidade, a mensagem original não é passada, o sentido original é distorcido. A história linda descrita nos capítulos 6, 7, 8 e 9 de Gênesis foi transformada em uma palhaçada. Gastaram milhões para enganar os espectadores e fazer uma babaquice pior do que Transformers. Mas dá dinheiro, e isso é o que Hollywood quer. Em um mundo onde o ceticismo burro impera e é fora de moda dizer que acredita em Deus, “Noé” consegue a proeza de enganar cristãos e ateus. Os primeiros, vão assistir por achar que é um filme espiritual. Os outros, vão assistir achando que não é espiritual.

O filme termina, sem que você tenha muita ideia de qual foi a intenção. Um sermão ecológico sobre não destruir os recursos naturais e se manter vegano mesmo no deserto? Uma discussão existencialista sobre “o ser humano merece viver?” Um filme de ficção com batalhas sem graça e personagens rasos? Um filme de terror com sangue espirrado, corpos em estado de putrefação e homens bestializados matando e morrendo por fome? Uma novela mexicana?

Um filme sem graça e mal escrito, pesado e arrastado, com personagens rasos e histórias ridículas. Há quebra de ritmo em diversos pontos e o personagem principal fica doido de uma hora para outra. É risível. Meu marido comentou que apenas dois filmes fizeram com que ele tivesse vontade de sair do cinema antes de terminar. Noé e “The Fountain”. Por coincidência, ambos de Darren Aronofsky. Cansativos, pretensiosos, arrastados, emocionalmente carregados e com tendências ecologico-newage-existencialistas.

O “Noé” do filme não tem nada a ver com o personagem original; o Deus do filme não tem nada a ver com o Deus da Bíblia, a história do filme não tem nada a ver com a história da Bíblia. O roteiro é tão ruim que precisou de um trailer-isca para enganar os incautos. Quero ver se pegassem um livro do Tolkien e fizessem uma distorção desse nível. A essa altura você teria uma porção de nerds dilacerando o roteirista e organizando boicotes em massa. Nunca mais o estúdio se atreveria a fazer algo parecido. O pessoal já ficou indignado porque no segundo filme do “Hobbit” acrescentaram uma personagem que não existia no livro! Imagina se alterassem toda a história, personalidade e caráter de absolutamente TODOS os personagens? O trabalho foi malfeito, mesmo. Eu me senti enganada, traída e assaltada.

Para mim, o verdadeiro roteirista desse filme (por trás do ser humano) foi o mesmo espírito que falou com o amigo perturbadinho de Jó…

“Uma palavra se me disse em segredo; e os meus ouvidos perceberam um sussurro dela. Entre pensamentos de visões noturnas, quando profundo sono cai sobre os homens, sobrevieram-me o espanto e o tremor, e todos os meus ossos estremeceram.

Então, um espírito passou por diante de mim; fez-me arrepiar os cabelos do meu corpo; parou ele, mas não lhe discerni a aparência; um vulto estava diante dos meus olhos; houve silêncio, e ouvi uma voz: Seria, porventura, o mortal justo diante de Deus? Seria, acaso, o homem puro diante do seu Criador? Eis que Deus não confia nos seus servos e aos seus anjos atribui imperfeições; quanto mais àqueles que habitam em casas de barro, cujo fundamento está no pó, e são esmagados como a traça! Nascem de manhã e à tarde são destruídos; perecem para sempre, sem que disso se faça caso. Se se lhes corta o fio da vida, morrem e não atingem a sabedoria.” (Jó 4.12-21)

E:

“Que é o homem, para que seja puro? E o que nasce de mulher, para ser justo? Eis que Deus não confia nos seus santos; nem os céus são puros aos Seus olhos, quanto menos o homem, que é abominável e corrupto, que bebe a iniquidade como a água!” (Jó 15.14-16)

Esse é o espírito que ajudou a escrever o roteiro de “Noé”. Não é um raciocínio muito semelhante? A forma de distorcer as coisas, dizendo que o diabo não é mau, Deus é que atribui imperfeição a tudo! E o ser humano é um nada, pó, ridículo e desprezível. Essa é a visão do diabo, não de Deus.

O objetivo de Deus sempre foi conseguir uma forma de redimir a humanidade, a quem Ele ama e sempre amou. O diabo nos despreza e sente profunda inveja porque Deus deu ao homem o privilégio de ser chamado Seu filho e de cuidar de tudo o que Ele fez. Se alguém tivesse clamado, querendo ouvir a Deus, como o chefe malvado fez em certo momento do filme, certamente ele não teria ficado de fora.

“Desviando-se o justo da sua justiça e praticando iniquidade, morrerá nela. E, convertendo-se o perverso da sua perversidade e fazendo juízo e justiça, por isto mesmo viverá.” (Ezequiel 33.18,19)

O filme não mostra as falas maravilhosas de Deus, seu amor pela humanidade, sua misericórdia, sua aliança com Noé… além de destruir a imagem de Deus e o que Ele pensa da humanidade, faz parecer que obedecer a Deus é algo ruim, que transforma homens pacatos em psicopatas…

Espero que esse texto ajude a evitar que você gaste seu suado dinheirinho com algo que não vale nem um centavo, principalmente por passar uma mensagem mentirosa. E espero que evite que você gaste duas horas e meia de sua vida com uma bobagem desse nível. O alerta é para que ninguém mais seja enganado como eu fui. Há uma diferença enorme entre um filme que assume que é mera ficção, fantasia, e um filme que finge ser uma coisa no trailer e é outra na exibição.

Por Vanessa Lampert

Leia mais: http://www.libertar.in/2014/04/nao-e-o-q...z2yDQT0GQQ
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a betomart pelo seu post:
Lithium (07-04-2014), Sunabouzu (14-01-2016)
As delícias de ALFARROBA da Carob House você encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
29-04-2014, 08:42 PM (Resposta editada pela última vez em: 29-04-2014 08:47 PM por John Wesley.)
Resposta: #25
RE: Noé- Filme Bíblico, Diretor Ateu
Achei esse artigo muito interessante que pode explicar o motivo de tantas aberrações nesse filme:


FILME “NOÉ”: O SHOW DE CABALA E GNOSTICISMO QUE QUASE NINGUÉM PERCEBEU
TODOS OS ACRÉSCIMOS BIZARROS Á HISTÓRIA VÃO FAZER MUITO MAIS SENTIDO AGORA...

Brian Mattson


Em “Noé”, a nova e épica produção cinematográfica de Darren Aronofsky, Adão e Eva são apresentados como seres luminescentes e descarnados até o momento em que comem do fruto proibido.

Esta versão não é a da Bíblia, é claro. E, em meio a muitas outras licenças imaginativas de Aronofsky, como os monstros gigantes de lava, essa imagem levou muitos críticos de cinema a coçarem a cabeça. Evangélicos conservadores se queixaram de que o filme toma muitas liberdades com o texto do Gênesis. Grupos mais liberais concederam suas indulgências ao diretor: afinal de contas, não devemos esperar que um ateu professo tenha as mesmas ideias de um crente a respeito dos textos sagrados.

O caso é que os dois grupos se perderam na avaliação.

Aronofsky não tomou liberdade alguma com o texto bíblico.

O filme simplesmente não foi baseado na Bíblia.

Aliás, em defesa do diretor, devemos reconhecer que o filme nem sequer foi anunciado como se fosse. “Noé” não é uma adaptação do Gênesis. O filme nunca foi anunciado como “Noé da Bíblia” ou como “A História Bíblica de Noé”. Os escombros da cristandade continuam quentes o suficiente em nossos dias para que, quando alguém diz que vai fazer “Noé”, todo o mundo já presuma que vai ser uma versão da história da Bíblia. Eu tenho certeza de que Aronofsky ficou muito feliz em deixar seu estúdio pressupor isso mesmo, porque se o estúdio soubesse o que ele realmente pretendia, nunca teria permitido que ele fizesse o filme. Aronofsky tinha outras coisas em mente.

Vamos voltar à versão luminescente dos nossos primeiros pais. Eu reconheci o “motif” instantaneamente: é uma visão típica da antiga religião gnóstica. Eis uma descrição, do século II d.C., de algo em que a seita dos chamados ofitas acreditava:

"Adão e Eva, originalmente, possuíam corpos sutis, luminosos e, por assim dizer, espirituais. Mas, quando chegaram aqui, seus corpos se tornaram escuros, pesados e desidiosos" (descrito por Irineu de Lyon, em Contra Heresias, I, 30,9).

Ocorreu-me que uma tradição mística mais estreitamente relacionada com o judaísmo, chamada cabala (que a cantora Madonna popularizou há cerca de uma década), teria certamente conservado uma visão semelhante, já que ela é, essencialmente, uma forma de gnosticismo judaico. Eu sacudi o pó do meu exemplar da obra “The Kabbalah”, escrita no século XIX por Adolphe Franck, e confirmei rapidamente as minhas suspeitas:

"Antes de serem seduzidos pela sutileza da serpente, Adão e Eva não apenas eram isentos da necessidade de um corpo, mas sequer tinham corpo; ou seja, eles não eram da terra".

Franck cita o Zohar, um dos textos sagrados da cabala:

"Quando nosso pai Adão habitava o Jardim do Éden, ele vestia, como todos no céu, uma roupa feita de luz superior. Quando foi expulso do Jardim do Éden e obrigado a submeter-se às necessidades deste mundo, o que aconteceu? Deus, dizem as Escrituras, fez para Adão e para a sua esposa túnicas de pele e os vestiu; antes disso, eles vestiam túnicas de luz, da luz mais alta que havia no Éden...".

Isso é uma coisa obscura, eu sei. Mas a curiosidade tomou conta de mim e eu fui a fundo.

Descobri que o primeiro longa de Darren Aronofsky foi “Pi” (de 1998; não confundir com “Life of Pi”, que não tem nada a ver com isso).

Quer saber qual era o assunto? Tem certeza?

Cabala.

Consegui chamar a sua atenção? Ótimo.

O universo do “Noé” de Aronofsky é completamente gnóstico: um universo com graus "superiores" e "inferiores". O "espiritual" é bom, e muito, muito, muito elevado: é lá onde mora o deus inefável; e o "material" é ruim, e muito, muito, muito inferior: é aqui, onde os nossos espíritos estão presos em carne material. Isto vale não apenas para os filhos e filhas decaídos de Adão e Eva, mas também para os anjos caídos, descritos explicitamente como espíritos aprisionados em "corpos" materiais feitos de lava derretida resfriada.

O filme criou personagens muito bacanas, mas a sua evocação gnóstica também é notória. Os gnósticos os chamam de arcontes, seres divinos ou angelicais de menor escalão, que ajudam "O Criador" na formação do universo visível. E a cabala tem um panteão todo próprio de seres angelicais que sobem e descem pela “escada do ser divino”. E anjos caídos nunca são totalmente caídos nesse tipo de misticismo. Para citar de novo o Zohar, um texto central da cabala: "Todas as coisas de que este mundo é composto, tanto o espírito quanto o corpo, voltarão ao princípio e à raiz de onde vieram". Engraçado: é exatamente o que acontece com os monstros de lava de Aronofsky. Eles se redimem, mudam até de pele e voam de volta para os céus. Aliás, eu notei que, no filme, quando a família de Noé vai caminhando por uma terra desolada, Sem pergunta ao pai: "Esta é uma mina Zohar?". Pois é: o nome do texto sagrado da cabala.

O filme inteiro é, figurativamente, uma mina Zohar.

E, se havia alguma dúvida sobre os “Vigilantes”, Aronofsky dá nome a vários deles: Samyaza, Magog e Ramil. Todos são demônios conhecidos da tradição mística judaica, não só da cabala, mas também do livro de Enoc.

O quê? Demônios redimidos? Adolphe Franck explica a cosmologia da cabala: "Nada é absolutamente mau; nada é maldito para sempre, nem mesmo o arcanjo do mal ou, como ele é chamado às vezes, a fera venenosa. Chegará um tempo em que até ele recuperará o seu nome e a sua natureza angelical".

Sim, isso é estranho, mas, por outro lado, todo mundo no filme parece adorar "O Criador", certo? E isso é um ponto a favor do filme, não é?

Não.

Acontece que, quando os gnósticos falam do "Criador", eles não estão falando de Deus. Aqui, em nosso mundo que colhe os frutos da cristandade, o termo "Criador" geralmente denota o Deus vivo e verdadeiro. Mas, no gnosticismo, o “Criador” do mundo material é um filho bastardo de uma divindade de baixo nível, ignorante, arrogante, ciumento, exclusivista, violento e rasteiro. Ele é o responsável pela criação do mundo "não espiritual", de carne e matéria, e ele mesmo é tão ignorante do mundo espiritual que se imagina como o "único Deus" e exige obediência absoluta. Os gnósticos geralmente o chamam de "Javé". Ou de outros nomes, como Ialdabaoth, por exemplo.

Este “Criador” tenta manter Adão e Eva longe do verdadeiro conhecimento do divino e, quando eles desobedecem, fica furioso e os escorraça do paraíso.

Em outras palavras, caso você tenha se perdido no enredo: a serpente estava certa o tempo todo. Esse "deus", "O Criador", a quem eles adoram, está retendo para si algo que a serpente poderia lhes proporcionar: nada menos que a própria divindade.

O universo do misticismo gnóstico tem uma desconcertante infinidade de variedades. Mas, em geral, elas têm em comum o fato de chamar a serpente de "Sophia" [Sabedoria, em grego] ou "Mãe". A serpente representa o divino verdadeiro. As declarações do "Criador" é que são falsas.

Então a serpente é um personagem importante no filme?

Vamos voltar ao filme. A ação começa quando Lamec está prestes a abençoar seu filho, Noé. Lamec, de modo muito estranho para um patriarca de uma família que segue a Deus, puxa uma relíquia sagrada, a pele da serpente do Jardim do Éden. Ele a enrola no braço e estende a mão para tocar no seu filho; neste momento, um bando de saqueadores interrompe a cerimônia. Lamec é morto e o "vilão" do filme, Tubal-Caim, rouba a pele da serpente. Noé, em resumo, não recebeu o suposto benefício que a pele da serpente lhe concederia.

A pele não se acende magicamente no braço de Tubal-Caim: aparentemente, ele também não fica "iluminado". E é por isso que todo mundo no filme, incluindo o protagonista Noé e o antagonista Tubal-Caim, adora “O Criador”. Todos eles estão enganados.

Vou esclarecer uma coisa: muitos críticos manifestaram perplexidade ao ver que não há nenhum personagem “apreciável” no filme e que, de quebra, todos parecem adorar o mesmo Deus. Tubal-Caim e seu clã são maus e do mal, mas o próprio Noé também se mostra muito mau quando abandona a namorada de Ham e quase mata duas crianças recém-nascidas. Alguns acharam que esta passagem era uma espécie de profunda reflexão sobre o mal que existe em todos nós. Mas aqui vai outro trecho do Zohar, o texto sagrado da cabala:

"Dois seres [Adão e Nachash, a serpente] tiveram relações com Eva [a segunda mulher] e ela concebeu de ambos e deu à luz dois filhos. Cada um seguiu um dos progenitores masculinos e seus espíritos se separaram, um para um lado, o outro para o outro, assim como, similarmente, seus caráteres. No lado de Caim estão os da espécie do mal; no de Abel, uma classe mais misericordiosa, mas não ainda totalmente benéfica: são vinho bom misturado com vinho ruim".

Soa familiar?

De qualquer forma, todo mundo está adorando a “divindade do mal”, que quer destruir a todos (na cabala, diga-se de passagem, acredita-se que muitos mundos já foram criados e destruídos). Tanto Tubal-Caim quanto Noé têm cenas idênticas, olhando para o céu e perguntando: "Por que não falas comigo?". "O Criador" abandonou a todos porque tem a intenção de matar a todos.

Noé tinha tido uma visão da vinda do dilúvio. Ele está se afogando, mas vê animais que flutuam na superfície, na segurança da arca. Não há nenhuma indicação de que Noé se salvará. Ele não sabe como explicar as coisas para a sua família: afinal, ele está afundando enquanto os animais, "os inocentes", se salvam. "O Criador", que proporciona essa visão a Noé, quer que todos os seres humanos morram.

Muitas resenhas críticas estranharam a mudança de Noé, que, na arca, se torna um maníaco homicida querendo matar as duas netas recém-nascidas. Não há nada de estranho nisso. Na opinião do diretor, Noé está adorando um deus falso que também é um maníaco homicida. Quanto mais Noé se torna fiel a esse deus, mais ele se torna homicida. Ele vai se transformando cada vez mais em "imagem do deus", a mesma “imagem do deus” constantemente mencionada (e encarnada) pelo vilão Tubal-Caim.

Mas Noé decepciona "O Criador". Ele não acaba com todas as vidas, do jeito que seu deus quer que ele faça. "Quando eu olhei para aquelas duas meninas, meu coração se encheu somente de amor", diz ele. Agora Noé tem algo que "O Criador" não tem: amor. E misericórdia. Mas de onde ele tirou isso? E por que agora?

Na cena imediatamente anterior, Noé matou Tubal-Caim e recuperou a relíquia da pele de cobra: "Sophia", a "Sabedoria", a verdadeira luz do divino. Apenas uma coincidência, claro...

Bom, estou quase terminando.

Falemos do arco-íris. Ele não aparece no final só porque Deus faz uma aliança com Noé. O arco-íris aparece quando Noé fica sóbrio e abraça a serpente. Ele enrola a pele em volta do braço e abençoa a família. Não é Deus que os encarrega de se multiplicar e encher a terra, mas sim Noé, em primeira pessoa, usando o talismã-serpente (a propósito, não é casual que os arco-íris sejam todos circulares. O círculo do "Um", o Ein Sof, na cabala, é o sinal do monismo).

Observe esta mudança: Noé estava bêbado na cena anterior. Agora ele já está sóbrio e "iluminado". Um cineasta nunca monta uma sequência dessas por acidente.

Noé transcendeu e superou aquela divindade ciumenta e homicida.

Faço algumas advertências depois de tudo isso.

Primeiro, a especulação gnóstica tem várias perspectivas. Alguns grupos se mostram radicalmente "dualistas", com "O Criador" sendo de fato um "deus" completamente diferente. Outros são mais "monistas", com Deus existindo em uma série de emanações descendentes. Outros, ainda, consideram que a divindade inferior pode "crescer", "amadurecer" e ascender na "escala" do ser, rumo a maiores alturas. Noé, provavelmente, se encaixa um pouco em cada categoria. É difícil dizer.

Minha outra advertência é esta: há uma tonelada de imagens, citações e temas da cabala neste filme e eu não conseguiria citar todas elas neste único texto. Por exemplo: a cabala geralmente se baseia em letras e números hebraicos; os "Vigilantes" pareciam ter, deliberadamente, a forma de letras hebraicas.

Eu não veria este filme de novo para escavar detalhadamente todas essas referências, nem sequer se você me pagasse (até porque, de um mero ponto de vista cinematográfico, achei a maior parte do filme insuportavelmente chata).

O que posso dizer, tendo visto a produção somente uma vez, é o seguinte:

Darren Aronofsky produziu uma releitura da história de Noé sem embasamento algum na Bíblia. É uma releitura totalmente pagã da história de Noé, baseada em fontes gnósticas e da cabala. Para mim, não resta simplesmente nenhuma dúvida sobre isso.

Agora deixem-me dizer qual é o verdadeiro escândalo em tudo isso.

Não é o fato de que o filme foge à versão bíblica. Não é o fato de que os críticos cristãos, decepcionados, tinham expectativas altas demais.

O escândalo é este: de todos os líderes cristãos que fizeram um grande esforço para endossar este filme (pelo motivo que fosse: "porque é um início de diálogo", "porque Hollywood está pelo menos fazendo alguma coisa ligada à Bíblia", etc.) e de todos os líderes cristãos que o condenaram por "não seguir a Bíblia", nenhum conseguiu identificar uma subversão flagrantemente gnóstica da história bíblica, por mais que ela estivesse bem debaixo dos seus narizes.

Eu acho que Aronofsky se propôs a experiência de nos fazer de bobos: "Vocês são tão ignorantes que eu sou capaz de colocar Noé (Russell Crowe!) nas telas e retratá-lo literalmente como a ‘semente da serpente’ e, mesmo assim, todos vocês vão assistir e apoiar".

Aronofsky está dando risada. E todos os que caíram no trote deveriam se envergonhar.

E olhem que foi uma experiência gnóstica impressionante! No gnosticismo, somente a "elite" possui "o saber" e o conhecimento secreto. Todo o resto das pessoas é um bando de ingênuos e tolos ignorantes. O "grande evento" deste filme é ilustrar esta premissa gnóstica: nós, “o resto”, somos ingênuos e tolos.

Será que a cristandade poderia acordar, por favor?

Em resposta, eu tenho uma sugestão simples:

De hoje em diante, nenhum seminarista deveria avançar de etapa se não demonstrasse que leu, digeriu e entendeu o texto “Contra Heresias”, de Irineu de Lyon.

Afinal de contas, estamos novamente no século II d.C.


Post scriptum:

Alguns leitores podem achar que eu estou sendo duro demais com as pessoas porque elas não perceberam o gnosticismo no coração deste filme. Eu não espero que os espectadores em geral percebam essas coisas. O que eu esperava deles, aliás, era exatamente o que vimos: uma confusão de coçar a cabeça. Mas espero, sim, uma reação muito diferente dos líderes cristãos: professores de seminários e de universidades, párocos, doutores. Se uma pele de serpente enrolada no braço de um personagem bíblico não dispara nenhum alarme diante deles... eu não sei nem o que dizer.

Fonte: http://www.aleteia.org/pt/artes-entreten...971876352?
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a John Wesley pelo seu post:
Aragorn (22-04-2015), Chronoplast (29-04-2014), Sunabouzu (14-01-2016)
29-04-2014, 10:36 PM
Resposta: #26
RE: Noé- Filme Bíblico, Diretor Ateu
Beleza... Além dum Noé gnóstico e ambientalista, o que falta agora? Fazerem um filme forçando a barra para dar a entender que Jesus era um militante LGBT ou um hippie favorável ao amor livre?

"These chambers offer insight for those patient enough to look - in your haste to find me, perhaps you have not gazed deeply enough. Our futures are predestined - Moebius foretold mine a millennium ago. We each play out the parts fate has written for us. We are compelled ineluctably down pre-ordained paths. Free will is an illusion."
Kain
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Chronoplast pelo seu post:
John Wesley (02-05-2014)
02-05-2014, 11:18 PM
Resposta: #27
RE: Noé- Filme Bíblico, Diretor Ateu
(29-04-2014 10:36 PM)Dave Wilderwein Escreveu:  Beleza... Além dum Noé gnóstico e ambientalista, o que falta agora? Fazerem um filme forçando a barra para dar a entender que Jesus era um militante LGBT ou um hippie favorável ao amor livre?

@Dave Wilderwein, não demorará muito para que Hollywood faça um filme que mostrará Satanás como um grande amigo de Jesus Cristo. E muitos irão aplaudir e se divertir, incluindo algumas figurinhas carimbadas desse fórum.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Desodorante Bion Vitta sem Alumínio ou Triclosan Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Você sabia que o livro bíblico de Provérbios tem uma influência egípcia? Thucks 0 302 15-06-2018 05:07 PM
Última Resposta: Thucks
  A Nova Ordem Mundial do ponto de vista bíblico Vitoreli 0 1,851 12-06-2015 05:17 PM
Última Resposta: Vitoreli
  Filme Noé: O Bíblico e o Anti-Bíblico rogeriosc 5 5,683 15-04-2014 04:24 PM
Última Resposta: rogeriosc
  Culto ateu em Londres tem música pop, sacolinha e comunhão com biscoito Vander 0 1,045 02-02-2014 02:59 PM
Última Resposta: Vander
  Cristão mata ateu após discussão sobre existência de deus A.Xavier 32 13,656 14-01-2014 08:52 PM
Última Resposta: A.Xavier

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 91 usuários online.
» 0 Membros | 91 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 21,194
» Último Membro: A Resistência
» Tópicos do Fórum: 26,323
» Respostas do Fórum: 280,320

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: NoNOM
Hoje 04:08 PM
» Respostas: 1387
» Visualizações: 242033
Desigualdade salutar.
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Hoje 03:50 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 26
Chefe indígena, defensor da Amazónia, sugerido para Nobel da Paz 2020
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Hoje 03:46 PM
» Respostas: 14
» Visualizações: 260
Ex-Presidente brasileiro Temer diz que destituição de Dilma Rousseff foi golpe.
Última Resposta Por: Velho Druida
Hoje 02:25 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 166
A campanha de ódio, mentiras e desinformação contra a ativista Greta Thunberg
Última Resposta Por: ruicoelho
Hoje 01:03 PM
» Respostas: 10
» Visualizações: 196
Flávio Bolsonaro e o PT tem uma pauta em comum: enterrar a CPI da Lava Toga
Última Resposta Por: ULTRON
Hoje 12:57 PM
» Respostas: 9
» Visualizações: 349
Greenpeace protesta do lado de fora do Salão Automóvel de Frankfurt contra a poluição
Última Resposta Por: Velho Druida
Hoje 12:53 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 153
Hélio-3: o combustível do futuro, uma razão para voltar à Lua
Última Resposta Por: Bruna T
Hoje 10:11 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 98
O Homem foi a Lua?
Última Resposta Por: Bruna T
Hoje 10:10 AM
» Respostas: 205
» Visualizações: 55861
Será que protestar nos leva a algum lado?
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 09:03 AM
» Respostas: 3
» Visualizações: 96
O Estatuto dos Animais e Sua Liberdade.
Última Resposta Por: Bogoton
Hoje 08:51 AM
» Respostas: 39
» Visualizações: 3902
A engenharia social da pedofilia.
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 10:29 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 128
Rússia considera "inaceitável" resposta militar ao ataque na Arábia Saudita
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 07:48 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 132
CPI da Lava Jato, vingança que afronta a Constituição
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 11:49 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 45
[VIDEO] 11 de Setembro: Uma Teoria da Conspiração (em cinco minutos)
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Ontem 10:30 AM
» Respostas: 40
» Visualizações: 32112
FMI propõe fundo de US$100 bilhões contra aquecimento global
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Ontem 09:26 AM
» Respostas: 9
» Visualizações: 5434
Fake News: Céu de São Paulo fica escuro por causa das queimadas na Amazônia
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 09:34 PM
» Respostas: 21
» Visualizações: 1623
Taiwan pede à China que cesse hostilidades em seus laços com a ilha
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 07:52 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 264
Que tipo de informação é vazada pelo seu navegador?
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 07:41 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 678
Edward Snowden: O maior perigo ainda está por vir, com os aprimoramentos de IA
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 07:40 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 112
Justiça gasta R$ 4,3 bilhões com dinheiro extra para juízes e desembargadores
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
16-09-2019 03:20 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 104
Google no banco dos réus? O cerco se fecha sobre as gigantes de tecnologia
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 12:44 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 52
Por que o socialismo não funciona?
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 12:39 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 55
2.246 bebês abortados foram encontrados na casa de um abortista
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 12:31 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 63
A Santa Sé no Clube Bilderberg?
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 11:39 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 446
Ataque à Aramco pode afetar cerca de 5% da produção mundial de petróleo bruto
Última Resposta Por: Bruna T
16-09-2019 11:17 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 47
Sinto, logo existo.
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
16-09-2019 10:13 AM
» Respostas: 29
» Visualizações: 4401
Cristina Martín, a mulher que desmascarou o clube Bilderberg
Última Resposta Por: Bruna T
14-09-2019 03:57 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 106
O experimento mais avançado do Big Brother da China é uma bagunça burocrática
Última Resposta Por: Bruna T
14-09-2019 03:56 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 73
EUA sancionam hackers norte-coreanos pelo Swift hack, WannaCry e outros ataques
Última Resposta Por: Bruna T
14-09-2019 03:55 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 59

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial