Receitas para Secar em 30 dias



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 0 Votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
O acordo de paz que é só sobre Israel
03-07-2019, 04:23 PM
Resposta: #1
O acordo de paz que é só sobre Israel
[Imagem: 11460962.jpg]


Honra, como integridade, não é uma commoditie, como um condomínio dourado em Nova Iorque à venda para quem der mais. Nem habilita mensageiros a sussurrarem pela porta de trás aquilo que não se pode ser dito pela frente, tendo essa porta sido fechada por justiça e respeito.

Ainda assim, mesmo tendo sido repreendido pelas lideranças palestinas devido à mudança vergonhosa da embaixada dos EUA para a capital da Palestina, isso é, precisamente, o que Jared Kushner tem tantado fazer com seu apelo enganoso ao povo palestino em sua mais recente entrevista ao Al Quds.

Seria muito fácil dispensar Kushner como um mero noviço partidário que, com sua família, tem dedicado uma vida inteira a exaltar a primazia do estado judeu como parte de sua ganância pessoal, mascarada de princípio religioso. Para eles, como outro sionistas, a Palestina não é nada além do que um impedimento em uma intentona supremacista que começou com as bençãos dos EUA bem antes do desencadeamento em Nakba.

Jared Kushner, a família Kushner, e suas ações das Companhias Kushner estão profundamente entrelaçados ao financiamento da ocupação israelense na Palestina e à exploração dos palestinos.

Jared Kushner tem sido um visitante assíduo de Israel desde sua infância. Com 16 anos, ele e milhares de outros jovens judeus foram levados em um tour no campo de concentração de Auschwitz por Benjamin Netanyahu, balançando bandeiras de Israel durante todo o percurso. No final, voaram até Israel como parte de seu “renascimento sionista”.

Os Kushner consideram Netanyahu parte da família, e é sempre dito como o futuro Primeiro Ministro era, durante a infância de Jared, um convidado frequente na casa de Nova Jersei dos Kushners e que ainda dormia em seu quarto.

O mais velho, Charles Kushner, tem doado com frequência aos projetos israelenses incluindo escolas e a IDF e até para os cofres das campanhas do Partido Likud. As Companhias Kushner usam o financiamento israelense extensivamente … incluindo dezenas de milhões dos bancos israelenses, fundos de investimento de empresas de seguro, e investidores israelenses privados … para financiar seu império de débitos imobiliários. Esses laços financeiros continuam até hoje e são tecidos pelas operações e manutenção da fortuna de Jared Kushner. Kushner concretiza o longo compromisso de sua família ao sionismo com contribuições de caridade aos ocupantes da Cisjordânia (incluindo o assentamento radical Bet-El, construído em terras confiscadas pela IDF, dos fazendeiros palestinos empobrecidos, retirados à mão armada, nos anos 70) e até à própria IDF.

Com facilidade previsível, Kushner, em sua entrevista ao Al Quds, abraça o jogo de culpa sionista padrão que reduz os palestinos à observadores irracionais de uma história com a qual não têm nenhum interesse pessoal, opinião ou participação. Para ele, é tudo sobre “má liderança” e de jeito nenhum sobre um projeto colonial de 70 anos apoiado e financiado pelos EUA. Continua inalterado até hoje.

Em nenhum lugar isso é mais vivido do que em sua visão da vida e morte em Gaza, que é simplista…quase infantil. Para Kushner, dois milhões de pessoas são reféns não do estado de Israel, terrorista, sistemático e calculista, mas sim do PA e do Hamas que escolheu explorar palestinos como meros peões em uma narrativa de “vitimismo” para angariar um momento de “bom sentimento” e simpatia com a imprensa enquanto enterram seus próprios filhos e filhas.

Que Kushner falaria de manchetes não é surpresa. Ele é, afinal, o porta-voz ungido de uma administração consumida não por feitos significantes de preocupação e consequência, mas sim pelo banner do momento ou o tuíte mais irresponsável do dia.

Em nenhum lugar na opinião de Kushner sobre Gaza, Israel tem qualquer responsabilidade pelo maior campo de concentração ao ar livre do mundo, que tem crescido exponencialmente cada vez mais sádico.

Previsivelmente, Kushner vê o sofrimento coletivo que é Gaza não como o resultado da destruição e embargo israelense mas sim como uma economia que foi feita de refém por alguns túneis e alguns “foguetes” de defesa que não causam mal algum além de fincar a bandeira geopolitica israelense de invencibilidade.

De fato, para falar, como ele, sobre investimentos de longo prazo e crescimento econômico como a necessidade imediata de sobrevivência de Gaza é fechar os olhos para realidade de sua angústia diária. Dramaticamente ausente em sua análise de causa e efeito está qualquer reconhecimento do controle israelense sobre o fluxo de comida, água, remédios e movimentação para fora e dentro de Gaza.

Seu silêncio sobre o controle do estado judeu sobre a infraestrutura danificada de Gaza pretendia punir e manipular o direito fundamental dos palestinos de obter água limpa e energia para suas casas, hospitais e escolas. Argumentar que esses direitos humanos básicos são, de alguma forma, contingentes de investimento e oportunidades de reconstrução há uma década é mais do que uma reescrita seletiva fomentada pela negação de Kushner.

No discurso partidário da Casa Branca, tudo o que Gaza precisa fazer é render sua vontade política e direito básico à auto determinação e, como o danificado acordo nuclear do Irã e a recente distensão com a Coréia do Norte, tudo ficará bem do dia para a noite, como mágica. A mensagem bem elaborada de Kushner vai de pura ingenuidade à total falsidade.

Enquanto ele é rápido em culpar a crise humanitária em Gaza nos ventos políticos das administrações anteriores somente, no momento em que Kushner falou na inauguração da embaixada dos EUA em Jerusalém, milhares de homens, mulheres e crianças palestinas foram reprimidos somente por exercitar o direito de protestar em Gaza. E enquanto snipers israelenses podem ter usado uniforme naquele dia, decorado com a estrela de Davi, não há dúvidas de que, por dentro, a etiqueta dizia fabricado nos EUA.

Mesmo antes da posse de Donald Trump, seu genro estava ocupado tentanto intervir ilegalmente em nome de Israel enquanto tentava reunir estados membros do Conselho de Segurança da ONU para parar uma votação de uma resolução crítica à política ilegal israelense de assentamentos.

Seguindo a inauguração, entre seus primeiros atos, Trump congelou a transferência de $221 milhões em recursos discricionários do USAID para emergencia humanitária em Gaza. Em outros tempos, ele mostrou apoio unilateral sem precedents para Israel que vai desde ameaças de fechar o escritório do PLO em Washington até congelar $65 milhões em fundos dos EUA para o UNRWA por serviços críticos aos refugiados palestinos … até ameaçar suspender todo o dinheiro para a Palestina … “a não ser que sentem e negociem em paz”.

Recentemente, os EUA vetaram uma resolução do Conselho de Segurança que pedia por medidas protetivas internacionais para o povo de Gaza que ganhou o apoio de 10 dos outros estados membros. Antes, os EUA vetaram uma resolução que declarava “…quaisquer decisões e ações que pretendem alterar… o caráter, status ou composição demográfica da Cidade Santa de Jerusalém não têm efeitos legais, são nulos e devem ser rescindidos em conformidade com resoluções relevantes do Conselho de Segurança”. Semana passada os EUA se retiraram do Conselho de Direitos Humanos da ONU citando o “viés politico” do grupo contra Israel.

Os EUA têm, por décadas, posado como interlocutor neutro no chamado “processo de paz” … alegando mediar uma paz justa para os palestinos mesmo armando Israel e induzindo sua expansão para as terras palestinas. Para manter a ficção do seu papel de “juíz”, administrações sucessivas da Casa Branca de ambos os partidos têm enviado representantes com um profundo pedigree diplomático e aparência de justiça…até sinceridade…ao mesmo tempo que bloqueiam qualquer ação internacional contra assentamentos israelenses ilegais e financiam a IDF com bilhões dos contribuintes norte-americanos.

Essa charada dominou por mais de quarenta anos a verdadeira política norte-americana… para transformar seu estado cliente, Israel, em uma fortaleza e potência regional militar capaz de ampliar os interesses dos EUA… enquanto os israelenses persequiam sua agenda de desapropriar os palestinos, roubando sua terra e matando-os. Deveria ser claro agora que os EUA nunca pretenderam apoiar nenhum estado Palestino. A má fé norte-americana inunda os escombros da solução de dois estados com o fedor de traição e morte.

Hoje, não há mais necessidade para a charada ou até para os diplomatas. Jared Kushner, um desenvolvedor imobiliário judeu ortodoxo, chega, agora, como o último enviado norte-americano…um homem tão profundamente investido no sucesso sionista que ninguém pode aceitá-lo como nada além do que homem de vendas do sonho israelense.

Tendo isso em vista, ele se encaixa no molde Trumpiano de “trolar” a oposição: aponte a pessoa mais condenável para o papel ao qual ele é o menos adequado, e veja seus inimigos espumarem de raiva pela boca. O trabalho de Kushner aqui é destruir a tradição de “paz no Oriente Médio”…um jogo educado das potências ocidentais. A intenção de Trump é atrair os interesses norte-americanos completamente para o lado de Israel e tornar qualquer posição futura de negociadores norte-americanos impossível. Depois de Trump, não haverá mais “processo de paz”…assim como não haverá credibilidade norte-americana nas relações internacionais.

O Departamento de Estado dos EUA é estripado por amadores enquanto Trump brinca sozinho quando o assunto é seu catastrófico estilo de diplomacia. Porque qualquer Palestino ouviria Jared Kushner? Mesmo se ele prometesse o mundo com falafel, seu sogro pode, e vai, tomar de volta com um único tuíte no dia seguinte.

Kushner, em sua entrevista, insulta os palestinos e oferece somente vassalagem econômica em sua visão de uma zona high-tech de empoderamento econômico… o Vale do Silício no Med. Os Palestinos, estripados de soberania, direitos humanos e civis, e qualquer futuro politico, somente podem servir aos israelenses como força de trabalho cativa sem agenciamento ou controle. Esse é o “acordo” que o ultimo enviado dos EUA oferece…aceitem escravidão agrária ou não existam mais. A agenda de Trump tem tido muito sucesso em enterrar a solução de dois estados. Os palestinos retornarão às barricadas e irão se preparar para a resistência.

Relembrar da história desde Oslo é pegar um caminho de promessas quebradas e provocações vazias acompanhadas pelas lamentações de incontáveis funerais de jovens mulheres e homens que morreram pela coragem de suas vozes palestinas.

A noção de que os EUA podem ou irão ter um papel de agentes justos e honestos em garantir justiça aos palestinos é apenas mito e nada mais.

Israel é ridicularizado pelo seu próprio silêncio tendo anexado ilegalmente boa parte da Cisjordânia ocupada desde Oslo e aprisionado bem mais de cem mil palestinos que, simplesmente, ousaram procurar justiça e igualdade. Muitas centenas de outros perderam suas vidas para a violência nos assentamentos ou nas mãos da IDF. Durante o mesmo período dezenas de milhares de civis foram mortos ou feridos por massacres contínuos em Gaza.

Como seu sogro, Jared Kushner é bem parecido com o ladrão que invadiria sua casa para roubar sens bens mais preciosos e depois prometer retorná-los em troca do seu filho. Cheio de promessas vazias e um pouco mais, não se engane, Jared Kushner fala para Palestina não só como menino de recados de Donald Trump, mas também como carimbo para Netanyahu e seu projeto colonial. O grande “acordo” nada tem a ver com justiça…mas sim com lucros partidários pessoais.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a ruicoelho pelo seu post:
CaféSemAçúcar (12-07-2019), Infinite (12-07-2019), ULTRON (03-07-2019)
Loja Tudo Saudável
03-07-2019, 04:39 PM
Resposta: #2
RE: O acordo de paz que é só sobre Israel
Quem a conhece a história sabe que o território pertence a Israel.
Viva Israel!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Marcelo Almeida pelo seu post:
DeOlhOnafigueira (11-07-2019), Velho Druida (03-07-2019)
03-07-2019, 07:19 PM
Resposta: #3
RE: O acordo de paz que é só sobre Israel
Durante muitos séculos não houve conflito algum no Oriente Médio. Até o Século XIX a terra da Palestina era habitada por uma população multicultural – atingindo aproximadamente 86% de muçulmanos, 10% de cristãos e 4% de judeus em meados do século XIX – vivendo em paz.

[Imagem: palestine_disappears_pq.jpg]

Enquanto Israel, um Estado Nacional amplamente reconhecido no mundo árabe, não reconhecer o Estado Nacional Palestino, a paz no Oriente Médio ficará miseravelmente na dimensão da retórica, longe da prática, da vida real, do cotidiano sofrido de palestinos e israelitas.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a ruicoelho pelo seu post:
CaféSemAçúcar (12-07-2019), ULTRON (03-07-2019)
03-07-2019, 07:26 PM (Resposta editada pela última vez em: 03-07-2019 07:27 PM por ULTRON.)
Resposta: #4
RE: O acordo de paz que é só sobre Israel
(03-07-2019 07:19 PM)ruicoelho Escreveu:  
Durante muitos séculos não houve conflito algum no Oriente Médio. Até o Século XIX a terra da Palestina era habitada por uma população multicultural – atingindo aproximadamente 86% de muçulmanos, 10% de cristãos e 4% de judeus em meados do século XIX – vivendo em paz.

[Imagem: palestine_disappears_pq.jpg]

Enquanto Israel, um Estado Nacional amplamente reconhecido no mundo árabe, não reconhecer o Estado Nacional Palestino, a paz no Oriente Médio ficará miseravelmente na dimensão da retórica, longe da prática, da vida real, do cotidiano sofrido de palestinos e israelitas.

Sendo que boa parte dos "judeus" que vivem em Israel são descendentes daqueles que viviam na antiga Khazaria, um povo que se converteu ao judaísmo em certo tempo.

[Imagem: khazaria.gif]



Dizem que os asquenazes nem têm origem semita, e sua origem seria turcomana.

Essa dicotomia. Essa briga de esquerda e direita, ela é um instrumento fantástico nas mãos do poder que nos domina. ” Dr. Adriano Benayon
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a ULTRON pelo seu post:
CaféSemAçúcar (12-07-2019), Infinite (12-07-2019), ruicoelho (03-07-2019), WithoutDoctrine (04-07-2019)
Desodorante Bion Vitta sem Alumínio ou Triclosan Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
03-07-2019, 07:50 PM
Resposta: #5
RE: O acordo de paz que é só sobre Israel
(03-07-2019 07:26 PM)ULTRON Escreveu:  ...
Dizem que os asquenazes nem têm origem semita, e sua origem seria turcomana.
...

Aconselho aos interessados a leitura do livro:

[Imagem: 30f990d5-684e-49f4-8308-666184236bed.jpg]

Esse livro traz uma abordagem surpreendente do Império Khazar, povo turco que prosperou entre os séculos VII e XI, e adotou o judaísmo como religião. O leitor descobrirá a grande influência que os khazares tem na nossa atual cultura ao entender o impacto da 13ª tribo de Judá na composição racial e na herança social do judaísmo.

[Imagem: DR-_R_SVAAE8Fmd.jpg]

Atualmente existem dois estados judaicos e há um terceiro em planejamento. O primeiro é Evreskaya, a República Autônoma Hebraica fundada pelo judeu Stalin na União Soviética em 1928, apesar da férrea oposição da população local que foi retirada violentamente. O segundo é Israel, fundado em 1948 na Palestina usurpando o território nacional soberano deste povo árabe. Evreskaya tem como capital Birobidján, sua língua oficial é o yidish e se encontra na fronteira com a China. Seu irmão menor, Israel, é bem mais conhecido, foi fundado na Palestina Árabe, tem como capital Jerusalém e o hebraico como idioma oficial. É mais famoso ou infame pelo genocídio sanguinário de palestinos e outros povos árabes que realizou. O terceiro, que está ainda maquinando dentro da temível conspiração conhecida como Plano Andínia, está por chegar e se refere à criação da Nova Judá no sul da Argentina. Porém, antes da existência de Israel e Evreskaya, existiu durante a Idade Média um horroroso e sangrento Império Judaico, o Império Khazar, que durou dois séculos, ainda quando sua população era convertida e segundo alguns especialistas judeus como Arthur Koestler e seu livro A Trigésima Tribo são estes Cazares (Khazars) os modernos judeus asquenazes, quem não têm direito a reivindicar, portanto, a terra da Palestina, pois, são originários da Tartária (uma região de fronteiras indefinidas na Ásia Central).

[Imagem: 1024px-Jewish_in_Russia.svg.png]

Localização da Evreskaya, a República Autônoma Hebraica
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a ruicoelho pelo seu post:
CaféSemAçúcar (12-07-2019), Infinite (12-07-2019), ULTRON (03-07-2019), WithoutDoctrine (04-07-2019)
11-07-2019, 08:53 PM (Resposta editada pela última vez em: 11-07-2019 08:55 PM por Bruna T.)
Resposta: #6
RE: O acordo de paz que é só sobre Israel
O texto é do senhor ou obteve em um site? se o pegou de um site, o correto, e pelas regras, e colocar os devidos créditos ao autor original.

E saliento que observei em muitos outros de seus atuais posts no Fórum, a falta de links.

O senhor e um dos poucos usuários que fazem posts, e que eu ainda acho que valem a pena ler, infelizmente sem links, fica difícil analisar se o texto foi feito depois de muita pesquisa, e de forma objetiva e imparcial.

Agora se o texto for seu, o que acho improvável, devido a quantidade assustadora de erros grosseiros, se for, aconselho a reformular, se aprofundar em algumas informações, vou colocar apenas uma linha têm muitas outras linhas que não condizem com a realidade.

(03-07-2019 07:50 PM)ruicoelho Escreveu:  O segundo é Israel, fundado em 1948 na Palestina usurpando o território nacional soberano deste povo árabe.

A palavra "Palestina" é simplesmente uma designação genérica para a terra de Israel, criada pelo imperador romano Adriano.

Não existe um povo palestino, a criação de um Estado palestino é um meio para a continua, a eterna luta contra Israel, onde os lideres árabes falam da existência de uma identidade palestina, unicamente por razões políticas, econômicas e estratégicas, é do interesse nacional da maioria dos países árabes contrapor a existência dos palestinos ao sionismo.

E os lideres árabes, muitos com financiamentos feitos as escondidas a grupos terroristas, que por sua vez não pensam duas vezes em usar crianças e jovens para alcançar os objetivos:



Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Bruna T pelo seu post:
pequeno gafanhoto (12-07-2019)
12-07-2019, 01:48 AM (Resposta editada pela última vez em: 12-07-2019 09:55 AM por CaféSemAçúcar.)
Resposta: #7
RE: O acordo de paz que é só sobre Israel
Os amantes de Israhell ficam doidos. Tem até mumia que sai do sarcófogo para contestar.

Eles leem um livro de milhares de anos atrás que diz que se você abençoar Israhell neste forum você será também abençoado. Esta é a fé que vive de barganhas e trocas. (mesmo não sendo os antigos reais israelenses e segundo o cristianismo a bença passou para os cristãos)

Falou da terra idolatrada pelos crente, já viu.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a CaféSemAçúcar pelo seu post:
Infinite (12-07-2019), ULTRON (12-07-2019)
receitas para secar em 30 dias
12-07-2019, 09:04 AM
Resposta: #8
RE: O acordo de paz que é só sobre Israel
(11-07-2019 08:53 PM)Bruna T Escreveu:  ...
O texto é do senhor ou obteve em um site?
...

Se estivesse atenta, certamente que repararia que por debaixo da foto principal está a FONTE. Alias, como sempre faço.

Dito isto, não consigo entender o seu reiterado questionamento sobre a colocação de links.

Quanto à sua colocação:
Citar:A palavra "Palestina" é simplesmente uma designação genérica para a terra de Israel, criada pelo imperador romano Adriano.

Não me vou perder em explicações, mas deixo, como faz questão de me chamar a atenção, um link sobre a: História da Palestina.

Penso que não condiz com a sua afirmação.

Por outro lado, a intenção do tópico era unicamente a de sublinhar a figura hipócrita e ridícula do senhor Jared Kushner, um palerma abstruso, que só é quem é, conselheiro sénior da Casa Branca, graças a figura disruptiva e dissociativa do seu sogro que, malgrado, é o presidente dos USA.

Resumindo, uma corja de ineptos... que nem história universal sabem ...


Quanto à simpatia que aparentemente parece demonstrar por Israel, em detrimento da Palestina, eu declino totalmente.

David contra Golias, no caso, figurativamente invertido...
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a ruicoelho pelo seu post:
Infinite (12-07-2019)
12-07-2019, 05:12 PM (Resposta editada pela última vez em: 12-07-2019 09:37 PM por Bruna T.)
Resposta: #9
RE: O acordo de paz que é só sobre Israel
(12-07-2019 09:04 AM)ruicoelho Escreveu:  [align=justify]Se estivesse atenta, certamente que repararia que por debaixo da foto principal está a FONTE. Alias, como sempre faço.

Dito isto, não consigo entender o seu reiterado questionamento sobre a colocação de links.

Senhor @ruicoelho, ao contrario de sua afirmação de colocar "FONTE", assim em letras grandes em em negrito, na realidade escreveu a mesma palavra, só que toda em letra minuscula "fonte'', percebe a diferença, que é de difícil visualização em uma telinha de celular.

E bom lembrar, que nem todos acessam ao Fórum por meio de um PC, muitos usam celular, eu uso sempre, e sendo assim a "fonte'' sai em um tamanho, e com uma cor que em um celular só com uma lupa para ver, se estiver com um celular em mãos, teste e veja com seus próprios olhos.

[Imagem: 2019-07-12-15-12-26-forum-antinovaordemm...3fda3a.png]


(12-07-2019 09:04 AM)ruicoelho Escreveu:  [align=justify][color=#000080]Por outro lado, a intenção do tópico era unicamente a de sublinhar a figura hipócrita e ridícula do senhor Jared Kushner, um palerma abstruso, que só é quem é, conselheiro sénior da Casa Branca, graças a figura disruptiva e dissociativa do seu sogro que, malgrado, é o presidente dos USA.

Resumindo, uma corja de ineptos... que nem história universal sabem ...

É muita inocência e achar que apenas EUA e Israel são os vilões na historia, repare bem que o senhor, e nem o texto horroroso que postou em nenhum momento criticam as lideranças dos palestinos, criticam apenas e somente um lado, não e de se estranhar que o texto e de um site meia boca, o site Carta Maior, O Portal da Esquerda.

Chega a ser estranho, em um Fórum Anti-NOM, um ou mais participantes achar que apenas uma das lideranças e a malvada e a outra a coitadinha, e o lado dos bonzinho e sempre ligado a esquerda, muito curioso.

(12-07-2019 09:04 AM)ruicoelho Escreveu:  [color=#000080]Quanto à simpatia que aparentemente parece demonstrar por Israel, em detrimento da Palestina, eu declino totalmente.

O senhor têm que aprender a discernir melhor as coisas, assim não cai em falacias.

Eu tenho simpatia pelo povo palestino, onde inocentes são usados de forma cruel na luta pelo poder, agora com relação aos governantes tenho nojo das lideranças palestinos.

Eu tenho simpatia pelo povo americano e pelo povo israelense, que são explorados de outras formas pelos seus governantes, mas tenho desgosto quando me lembro de seus governantes.

(12-07-2019 09:04 AM)ruicoelho Escreveu:  Não me vou perder em explicações, mas deixo, como faz questão de me chamar a atenção, um link sobre a: História da Palestina.

Com todo respeito, mas colocar a Wikipedia como fonte, não dá, ela é limitadíssima, e com muitos erros grosseiros.

Perdi um tempo em ler e escrever em seu post, o minimo que peço e que me mostre que palavra "Palestina" não é simplesmente uma designação genérica, usada para jogo politico.

Mas se não quiser explicar, tudo bem, deixe seu post incompleto e incorreto.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
12-07-2019, 05:23 PM (Resposta editada pela última vez em: 12-07-2019 05:25 PM por Diakonov.)
Resposta: #10
RE: O acordo de paz que é só sobre Israel
Citar:Sendo que boa parte dos "judeus" que vivem em Israel são descendentes daqueles que viviam na antiga Khazaria, um povo que se converteu ao judaísmo em certo tempo. Dizem que os asquenazes nem têm origem semita, e sua origem seria turcomana.

Citar:Durante muitos séculos não houve conflito algum no Oriente Médio. Até o Século XIX a terra da Palestina era habitada por uma população multicultural – atingindo aproximadamente 86% de muçulmanos, 10% de cristãos e 4% de judeus em meados do século XIX – vivendo em paz. Enquanto Israel, um Estado Nacional amplamente reconhecido no mundo árabe, não reconhecer o Estado Nacional Palestino, a paz no Oriente Médio ficará miseravelmente na dimensão da retórica, longe da prática, da vida real, do cotidiano sofrido de palestinos e israelitas.

Citar:Esse livro traz uma abordagem surpreendente do Império Khazar, povo turco que prosperou entre os séculos VII e XI, e adotou o judaísmo como religião. O leitor descobrirá a grande influência que os khazares tem na nossa atual cultura ao entender o impacto da 13ª tribo de Judá na composição racial e na herança social do judaísmo.

Citar:Atualmente existem dois estados judaicos e há um terceiro em planejamento. O primeiro é Evreskaya, a República Autônoma Hebraica fundada pelo judeu Stalin na União Soviética em 1928, apesar da férrea oposição da população local que foi retirada violentamente. O segundo é Israel, fundado em 1948 na Palestina usurpando o território nacional soberano deste povo árabe. Evreskaya tem como capital Birobidján, sua língua oficial é o yidish e se encontra na fronteira com a China. Seu irmão menor, Israel, é bem mais conhecido, foi fundado na Palestina Árabe, tem como capital Jerusalém e o hebraico como idioma oficial. É mais famoso ou infame pelo genocídio sanguinário de palestinos e outros povos árabes que realizou. O terceiro, que está ainda maquinando dentro da temível conspiração conhecida como Plano Andínia, está por chegar e se refere à criação da Nova Judá no sul da Argentina. Porém, antes da existência de Israel e Evreskaya, existiu durante a Idade Média um horroroso e sangrento Império Judaico, o Império Khazar, que durou dois séculos, ainda quando sua população era convertida e segundo alguns especialistas judeus como Arthur Koestler e seu livro A Trigésima Tribo são estes Cazares (Khazars) os modernos judeus asquenazes, quem não têm direito a reivindicar, portanto, a terra da Palestina, pois, são originários da Tartária (uma região de fronteiras indefinidas na Ásia Central).

Sempre desconfiei destes asquenazes. Se eles foram um povo do Cáucaso, e não daquelas regiões por onde passaram os judeus originais, então não tem como esse povo ter ligação com os hebreus da antiguidade, como aqueles da época de Jesus e antes dele. E por esse motivo o povo asquenaze não deveria ter um eterno direito sobre a Palestina. Como assim 13ª tribo? Não eram 12 tribos de judá? Esses asquenazes foram aqueles mesmos que massacraram os russos durante a revolução russa e durante o holodomor que muito se omite. Quero ver Hollywood fazer filme sobre aquele judeu que causou o holodomor e que perseguia cristãos. Duvido! Porquê? Por causa disso...

[Imagem: 1465425611730.png]

Porque os asquenazes sionistas fazem lavagem cerebral em nós.

Sobre Evreskaya eu nem sabia disso, que Stalin fundou um estado judeu no extremo oriente. Pensando bem a Rússia é grande demais, mal explorada e a maior parte de suas terras nem são habitadas. Não deveria haver um acordo com os asquenazes com o governo russo para fundar mais um território na região da Rússia então? Eu tenho certeza que a Rússia pode estar bastante envolvida com os asquenazes, com Israel e com a futura Andínia. Os russos não são de confiar não, ainda mais se a maior parte da população de russos for asquenaze.

Engraçado como o yidish se parece com o idioma hebraico né.

[Imagem: yiddish.jpg]

Acredito que isso facilitou bastante os asquenazes se infiltrarem entre os judeus.

E o Talmud tenho certeza que também foi criação dos asquenazes, não dos judeus originais do Oriente Médio, os sefarditas. Aliás, Israel é uma farsa e se fosse legítimo teria ampla aprovação dos ortodoxos que se fundamentam no judaísmo real baseado na torá, e não nesse falso judaísmo baseado no talmud. Para mim os únicos que teriam algum direito sobre a palestina são os próprios árabes e os judeus sefarditas, assim como cristãos por causa da ascensão do cristianismo. Já os asquenazes são estranhos nestas terras, não têm origem nelas. Aliás, como o cristianismo originou entre os próprios judeus que abraçaram a causa cristã, então os cristãos deveriam ter um maior espaço naquelas terras lá, não só judeu e árabe. Se os cruzados tivessem tido sucesso e tomado aquela região e fundado um forte estado cristão lá, não haveria todo esse barril de pólvora que se tornou o Oriente Médio. Os asquenazes não teriam conseguido tomar a Palestina e eles ficariam por lá mesmo na Rússia.

Eles não teriam tido toda essa força que deu origem ao sionismo na época!

Por falar em Andínia, também já ouvi falar que há uma comunidade de judeus no Texas que quer criar um estado judeu por lá. Acho que agora já entendi o que estaria por detrás dessa nova e falsa direita sionista do Trump e do Bolsonaro... Tenho certeza de que ela está envolvida com esse plano de criar um novo estado judeu na Patagônia. Como o Bolsonaro e sua família, assim como seus apoiadores mais próximos são sionistas, incluindo o Paulo Guedes, seu grupo seria um grande facilitador de influência na América do Sul. No momento a Argentina é socialista e talvez isso dificulte as coisas para os sionistas, mas se por influência do Bolsonaro, se caso o Brasil crescer economicamente nos próximos anos, isso poderá fazer com que a Argentina acabe seguindo o mesmo rumo do Brasil, abraçar a direita sionista e isso facilitar a criação desse novo estado, junto com a influência do Chile, que agora também é sionista.

Penso que se a Andínia existir, se qualquer coisa grave acontecesse com Israel por causa de uma guerra, a população se deslocaria em massa para essa nova terra na Patagônia, longe do Oriente Médio e dos muçulmanos, seriam mais uma vez vistos como perseguidos coitados e isso justificaria de vez a Andínia, assim como foi com Israel quando centenas de milhares de judeus morreram nos campos de concentração nazistas, justificando na época aquele estado. E os cristãos, sobretudo evangélicos sionistas, vão abraçar esta causa, favorecendo a expansão da influência de domínio deles aqui na América do Sul. Seremos as próximas vítimas deles, e para ser mais específico, os argentinos e chilenos que vivem mais ao sul, passarão a serem tratados como estranhos em suas próprias terras, como fazem com os muçulmanos e com a minoria cristã que é zero à esquerda em Israel.

Ops, acho que sem querer acabei expondo o planinho deles, hehe!

Pensem gente, se os cristãos são zero à esquerda em Israel, porque nós, cristãos, deveríamos nos importar com aquele estado? Deveríamos nos importar sim com os cristãos que são maltratados lá, que são marginalizados por um estado que impõe um judaísmo adulterado baseado no talmud e nos costumes dos asquenazes. Porque aquele estado não é judeu para início de conversa, mas um estado da cultura sabatina dos khazarianos se fazendo passar por uma máscara judaica e justificado por milhões de judeus mortos, mas que na verdade eram apenas milhares, porque 6 milhões é um número cabalístico que eles usaram desde anos antes de Hitler ter tomado a Alemanha! Querem provas? Aí está!

[Imagem: sixmillion-34appearances.jpg]

As várias publicações que falam sobre 6 milhões de judeus desde o século 19!







A mentira deles se divulgada cairá por terra!

https://www.islam-radio.net/islam/englis...n_myth.htm
Esse site divulga várias provas que contestam o holocausto judeu. E não é propaganda neonazista, é um site muçulmano em inglês.

Não há necessidade de revisionismo histórico.

As provas estão aí para quem tem olhos para ver!


[Imagem: Balfour_portrait_and_declaration.jpg]

1917, quando os sionistas convenceram os britânicos em tornar a Palestina a terra nacional dos "judeus". Os britânicos deixaram claro que os sionistas não deveriam prejudicar os direitos de religião dos que viviam na Palestina na época. E o que os israelitas fizeram depois que aquela região deixou de ser colônia britânica? Começaram a perseguir não-judeus, inclusive perseguindo judeus que criticavam Israel por motivos religiosos, os ortodoxos, que são mal vistos por lá.

O holocausto judeu foi uma farsa descarada! Não aconteceu. Fomos enganados. A elite asquenaze não é coitada, mas cúmplice de crimes contra a humanidade. Foi tudo arquitetado pelos sionistas, inclusive o financiamento do próprio Reich, que foi usado para depois justificar a criação de Israel. Hitler caiu direitinho no plano dos sionistas. Tudo uma grande enganação por parte dessa elite globalista aí, desde que surgiram os Rothschilds, essa família que veio direto do inferno.

Citar:Não existe um povo palestino, a criação de um Estado palestino é um meio para a continua, a eterna luta contra Israel, onde os lideres árabes falam da existência de uma identidade palestina, unicamente por razões políticas, econômicas e estratégicas, é do interesse nacional da maioria dos países árabes contrapor a existência dos palestinos ao sionismo. E os lideres árabes, muitos com financiamentos feitos as escondidas a grupos terroristas, que por sua vez não pensam duas vezes em usar crianças e jovens para alcançar os objetivos.
Pior que isso é verdade, já que a região da Palestina sempre foi colônia desde o Império Romano, passando pelo Império Otomano, pela colonização britânica e agora é usada como justificativa para um conflito que nunca para. É difícil saber quem começou este conflito, mas estou agora mais inclinado a achar que foram os asquenazes que criaram um estado que os próprios judeus ortodoxos condenam... Pois como o Rui postou, antes havia paz naquela região, apesar de muçulmanos e judeus conviverem juntos. Mas ainda assim em outras regiões sempre houve perseguição contra judeus, depende de qual país estamos falando. Talvez os judeus e árabes viviam em paz na Palestina antes porque era colônia. Já em países como Irã e Arábia, eles sempre foram perseguidos desde que Maomé começou com sua missão de converter o mundo ao islamismo.

Antes de eu ter conhecimento sobre as origens do povo asquenaze ainda estava mais a favor de Israel. Mas agora sabendo destas verdades... Parece que estou cada vez mais a concordar com os judeus ortodoxos... Por mim não tenho problema com a existência de um estado judeu desde que genuíno, mas como são eles mesmos que condenam um estado judeu, então quem sou eu para questionar a fé deles?

Não sei qual é o pior povo, o asquenaze que vai tomando tudo pelas sombras, ou o muçulmano que vai tomando tudo pela força bruta.

E para terminar, comunistas judeus que estavam por detrás do governo de Stalin:
[Imagem: communist-jews-1927-stalin-big.jpg]

Povo escolhido por Deus? KKKKKKKKK! Que piada de mal gosto!

[Imagem: 6000_000-kabbalistic-figure.jpg]

O mundo está despertando para a maior fraude do século 20.

Mas gostaria de deixar claro que existem muitos asquenazes inocentes que nada sabem sobre essas coisas. Aliás, a culpa mesmo não é do povão asquenaze (ele apenas foi usado por seus líderes), mas dessa elite que governa Israel e dos que estão por detrás do sionismo e do globalismo. Ou seja, a culpa é dessa elite sionista, e não do gado governado por ela.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Diakonov pelo seu post:
CaféSemAçúcar (12-07-2019), ruicoelho (13-07-2019), ULTRON (12-07-2019), WithoutDoctrine (15-07-2019)
Loja Tudo Saudável
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Bill Gates alerta sobre crescimento populacional Bruna T 3 236 03-09-2019 01:21 PM
Última Resposta: Xevious
  ONU contra Israel Marcelo Almeida 5 509 07-08-2019 01:48 PM
Última Resposta: Velho Druida
  Astrônomos alertam sobre 'impacto catastrófico' de chuva de meteoros que se aproxima CaféSemAçúcar 16 1,533 27-06-2019 07:40 PM
Última Resposta: CaféSemAçúcar
  Inédito: Sandro Rocha fala sobre a NOM, e vai despertar muita gente!!!! draggy29 1 531 13-06-2019 07:31 PM
Última Resposta: DeOlhOnafigueira
  Um dossiê americano sobre a Venezuela, muito interessante. Cimberley Cáspio 0 560 18-03-2019 10:35 AM
Última Resposta: Cimberley Cáspio

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Receitas para Secar em 30 dias

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 78 usuários online.
» 1 Membros | 77 Visitantes
naste.de.lumina

Estatísticas do Fórum
» Membros: 21,243
» Último Membro: otter84chive
» Tópicos do Fórum: 26,478
» Respostas do Fórum: 281,148

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Banimento do usuário Rui Coelho
Última Resposta Por: jonas car
Hoje 03:52 AM
» Respostas: 51
» Visualizações: 2241
A campanha de ódio, mentiras e desinformação contra a ativista Greta Thunberg
Última Resposta Por: jonas car
Hoje 03:39 AM
» Respostas: 68
» Visualizações: 2953
Um apanhado em OUT de 2019
Última Resposta Por: jonas car
Hoje 03:19 AM
» Respostas: 3
» Visualizações: 199
Coringa - a ideologia da destruição.
Última Resposta Por: LucianoR
Ontem 10:32 PM
» Respostas: 18
» Visualizações: 797
Alerta - 03_11_2019 - Possível False Flag em Seattle - Gatilho para WW3
Última Resposta Por: Mister Pelf
Ontem 11:22 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 274
O Brazil com "Z" de Ama'Z'ônia
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 02:27 AM
» Respostas: 105
» Visualizações: 4685
Banimento do usuário Café sem açúcar.
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
14-10-2019 06:23 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 825
Glenn Greenwald envolvido na desestabilização do Equador?Quem é esse cara afinal?
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
14-10-2019 04:22 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 358
30 lições de Olavo de Carvalho
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
14-10-2019 04:15 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 102
Olavogate: Olavo de Carvalho / Sidi Muhammad seria um agente a serviço do Sionismo?
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
14-10-2019 04:08 PM
» Respostas: 132
» Visualizações: 83148
O problema do Brasil é o Brasileiro.
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
14-10-2019 04:05 PM
» Respostas: 57
» Visualizações: 2940
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: NoNOM
14-10-2019 10:45 AM
» Respostas: 1402
» Visualizações: 246009
Forças Ocultas (Forces Occultes)
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
13-10-2019 09:29 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 362
Echelon – A rede de espionagem global
Última Resposta Por: Bruna T
12-10-2019 08:56 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 2332
Os segredos do Paralelo 33
Última Resposta Por: Bruna T
12-10-2019 04:00 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 16069
A Vacina contra o Zika Vírus Modificará Geneticamente seu DNA
Última Resposta Por: Alimah
12-10-2019 12:09 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 2136
Porte de arma
Última Resposta Por: Velho Druida
11-10-2019 08:01 PM
» Respostas: 8
» Visualizações: 367
Revelação: Você sabia que "666" não é o número da Besta?
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
11-10-2019 03:01 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 164
Vídeo Impressionante - O Ritual Maçônico
Última Resposta Por: Bruna T
10-10-2019 09:24 PM
» Respostas: 74
» Visualizações: 61892
Algumas músicas anom
Última Resposta Por: Bruna T
10-10-2019 08:59 PM
» Respostas: 201
» Visualizações: 35116
Padre afirma que o Papa Francisco em breve ungirá o líder global
Última Resposta Por: Velho Druida
10-10-2019 07:01 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 198
Linhas de Ley
Última Resposta Por: Bruna T
10-10-2019 06:23 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 123
Porque Tesla acreditava que os números 3, 6 e 9 são segredos para o nosso universo
Última Resposta Por: Bruna T
10-10-2019 05:18 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 1911
Quem são os ultrarricos no mundo, um grupo que tem fortuna equivalente a 16 brasis
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
10-10-2019 03:45 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 126
Como denunciar um crime virtual – Passo a passo
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
10-10-2019 03:14 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 320
Aquecimento Global: A maior farsa de todos os tempos
Última Resposta Por: Bruna T
10-10-2019 02:55 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 144
Trump afirma que indústria farmacêutica está por trás dos processos de impeachment
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
10-10-2019 02:31 PM
» Respostas: 23
» Visualizações: 447
(Importante) III Guerra Mundial
Última Resposta Por: NoNOM
10-10-2019 12:34 PM
» Respostas: 744
» Visualizações: 462296
Cientistas dizem ter criado sistema que faz ‘upload’ de conteúdo no cérebro humano
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
10-10-2019 12:29 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 2287
Nibiru, Elenin, - Transformações da Terra - o que ninguém te conta
Última Resposta Por: Velho Druida
10-10-2019 11:43 AM
» Respostas: 1308
» Visualizações: 592291

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial