Onde Comprar  Cloreto de Magnésio PA


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 3 Votos - 4 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
24-06-2017, 05:48 AM
Resposta: #1
O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
[Imagem: 15938381_9aLtu.jpeg]

Esse vídeo é essencial para quem se considera um cidadão e não um mero subserviente do estado, e isso deveria servir como estimulo mesmo para os agentes do estado que esquecem que antes de "ponta de lança" são cidadãos.
São 28 minutos muito bem investidos com abordagem inclusive legalista, apreciem:




Até que ponto a farda/titulo/toga/caneta é capaz de subir a cabeça desses agentes do Estado?

"O Tempo do Esclarecimento Já Passou.
É Chegada a Hora da Resistência! Seja Forte, Ainda Há Pelo que Lutar!"

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 8 usuários diz(em) obrigado a jonas car pelo seu post:
DeOlhOnafigueira (26-06-2017), Doc S (24-06-2017), Fire Fox (24-06-2017), Guigo Xavier (26-06-2017), Icarox (25-06-2017), marcosarierom (26-06-2017), Salsichinha (25-06-2017), ULTRON (25-06-2017)
Loja Tudo Saudável
24-06-2017, 03:28 PM
Resposta: #2
RE: O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
Eu fiquei preocupado com a frase logo no inicio do vídeo:

"Por menos estado e mais liberdade"...

Isso tem sido um mantra de uma geração de alienados políticos que acham que o liberalismo é a solução para tudo.
Mas vejam bem,vivemos em um país que mesmo com um ministério público atuante e uma Polícia Federal atuante vemos o agronegócio vender carne podre e com tumor para população e instituições privadas grandes como a Odebrecht se envolvem em diversos casos de corrupção,agora com PF e MP monitorando e punindo já fazem isso,imagina sem a PF e o MP monitorando e interferindo....
Menos estado e mais liberdade funcionam em países onde o povo e as grandes corporações tem um senso básico de civilidade e respeito ao próximo,em pocilgas de terceiro mundo onde impera a lei da vantagem,onde o povo quer um levar vantagem encima do outro de forma duvidosa igual no Brasil liberalismo é um perigo.
Quanto ao desequilíbrio da penalidade isso é proveniente de diversos fatores,como políticas higienistas,código penal ultrapassado,judiciário falido e corrupto e mídia tendenciosa.
Infelizmente o nosso buraco é maior do que imaginamos....
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Sanderson S. Pierre pelo seu post:
Icarox (25-06-2017), jonas car (25-06-2017), ULTRON (25-06-2017)
25-06-2017, 01:32 AM
Resposta: #3
RE: O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
(24-06-2017 03:28 PM)Sanderson S. Pierre Escreveu:  Eu fiquei preocupado com a frase logo no inicio do vídeo:

"Por menos estado e mais liberdade"...

Isso tem sido um mantra de uma geração de alienados políticos que acham que o liberalismo é a solução para tudo.
Mas vejam bem,vivemos em um país que mesmo com um ministério público atuante e uma Polícia Federal atuante vemos o agronegócio vender carne podre e com tumor para população e instituições privadas grandes como a Odebrecht se envolvem em diversos casos de corrupção,agora com PF e MP monitorando e punindo já fazem isso,imagina sem a PF e o MP monitorando e interferindo....
Menos estado e mais liberdade funcionam em países onde o povo e as grandes corporações tem um senso básico de civilidade e respeito ao próximo,em pocilgas de terceiro mundo onde impera a lei da vantagem,onde o povo quer um levar vantagem encima do outro de forma duvidosa igual no Brasil liberalismo é um perigo.
Quanto ao desequilíbrio da penalidade isso é proveniente de diversos fatores,como políticas higienistas,código penal ultrapassado,judiciário falido e corrupto e mídia tendenciosa.
Infelizmente o nosso buraco é maior do que imaginamos....

Assistiu todo? Se sim percebeu que o narrador é um legalista e mesmo assim constata um avanço temerário do poder estatal.
Veja amigo, o Estado Democrático só existe se o Povo realmente emana o Poder que o coordena.
Se o Estado só existe para explorar o povo então não vivemos numa republica democrática mas sim numa monarquia escravocrata cíclica.
Policiais são tbm membros da população e devem se enxergar como cidadãos antes de se enxergar como membros do Estado, pq na verdade o Estado deveria servir ao povo e não o contrário.
No entanto a mesma inversão de valores que acomete o povo, acomete os agentes do Estado, só que os agentes do Estado gozam de poderes e prerrogativas quase absolutas o que está gerando um absolutismo altamente nocivo.
Meu objetivo com o post é relembrar, isso mesmo relembrar, os visitantes do tópico que não é papel do Estado controlar o povo e sim o contrário.
A incoerência da penalidade é a demonstração de que, não a Lei, mas aqueles que a aplicam, estão usando a interpretação corrosiva da lei para deteriorar qualquer sintoma de liberdade que nos resta.

De grosso modo, não importa se com fuzis, cordas, tochas, espadas ou pedras... nas mãos de homens e mulheres maus, a intenção e a ação é que são o mal a ser combatido.

"O Tempo do Esclarecimento Já Passou.
É Chegada a Hora da Resistência! Seja Forte, Ainda Há Pelo que Lutar!"

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a jonas car pelo seu post:
DeOlhOnafigueira (26-06-2017), Doc S (25-06-2017), Jaspion (25-06-2017), marcosarierom (26-06-2017), Sanderson S. Pierre (25-06-2017)
25-06-2017, 03:44 PM (Resposta editada pela última vez em: 25-06-2017 03:51 PM por Icarox.)
Resposta: #4
RE: O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
Falam muito sobre o "estado" explorar o cidadão. Só esquecem de dizer que o "estado" é composto pelos empresários e pelos que são patrocinados pelos empresários. Os servidores públicos não criam leis, não criam portarias, não criam MPs, quem faz isso são políticos. Esses "liberais" que adoram empresários esquecem esse "PEQUENO" detalhe do estado ser CONTROLADO por EMPRESÁRIOS. Menos estado no Brasil só vai resultar em um agravamento de condições deletérias na vida do povo nada mais, nada menos que isso. O que as pessoas honestas devem fazer é criar um verdadeiro estado que não seja um instrumento nas mãos dos ricos. Liberalismo no Brasil é o mesmo que pedir a volta da escravidão, que de forma prática nunca foi abolida. Quando falo em empresários não estou falando do que antes eram conhecidos como comerciantes e sim de pessoas que possuem mais de 40 milhões para investir. São esses que controlam a politica do Brasil.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Icarox pelo seu post:
Guigo Xavier (26-06-2017), jonas car (26-06-2017), marcosarierom (26-06-2017), ULTRON (25-06-2017)
Onde Comprar  Cloreto de Magnésio PA
25-06-2017, 04:48 PM (Resposta editada pela última vez em: 25-06-2017 04:50 PM por ULTRON.)
Resposta: #5
RE: O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
O Estado em si não é ruim. O problema são as pessoas por trás do Estado, sobretudo os agente políticos, que é uma espécie de agente público.

[Imagem: Agentes+P%C3%BAblicos.JPG]



Por isso que eu defendo uma reforma politica. Temos que aumentar o controle dos políticos.

A Constituição estabelece no artigo 1°, parágrafo único que, todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição. Por isso que o Brasil deveria adotar o Recall, que é o poder de cassar e revogar o mandato representante político, pela própria população, e também deveriam adotar a teoria do mandato imperativo, que diz que o político deve seguir as determinações do eleitorado, sob pena de perder o mandato.

E não só isso, temos que ter outros avanços.

Por exemplo, a Constituição trás em seu artigo 87 que Ministros de Estado serão escolhidos dentre brasileiros maiores de vinte e um anos e no exercício dos direitos políticos.

A Constituição foi fraca neste ponto, deveria ter colocado uma série de requisitos para a nomeação de Ministro de Estado. Deveria ter colocado que o sujeito deve ter formação na área em que vai atuar, além de idoneidade moral e reputação ilibada.

Essa dicotomia. Essa briga de esquerda e direita, ela é um instrumento fantástico nas mãos do poder que nos domina. ” Dr. Adriano Benayon
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a ULTRON pelo seu post:
Aragorn (26-06-2017), Doc S (25-06-2017), Fire Fox (26-06-2017), jonas car (26-06-2017), marcosarierom (26-06-2017)
25-06-2017, 04:59 PM
Resposta: #6
RE: O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
(25-06-2017 01:32 AM)jonas car Escreveu:  
(24-06-2017 03:28 PM)Sanderson S. Pierre Escreveu:  Eu fiquei preocupado com a frase logo no inicio do vídeo:

"Por menos estado e mais liberdade"...

Isso tem sido um mantra de uma geração de alienados políticos que acham que o liberalismo é a solução para tudo.
Mas vejam bem,vivemos em um país que mesmo com um ministério público atuante e uma Polícia Federal atuante vemos o agronegócio vender carne podre e com tumor para população e instituições privadas grandes como a Odebrecht se envolvem em diversos casos de corrupção,agora com PF e MP monitorando e punindo já fazem isso,imagina sem a PF e o MP monitorando e interferindo....
Menos estado e mais liberdade funcionam em países onde o povo e as grandes corporações tem um senso básico de civilidade e respeito ao próximo,em pocilgas de terceiro mundo onde impera a lei da vantagem,onde o povo quer um levar vantagem encima do outro de forma duvidosa igual no Brasil liberalismo é um perigo.
Quanto ao desequilíbrio da penalidade isso é proveniente de diversos fatores,como políticas higienistas,código penal ultrapassado,judiciário falido e corrupto e mídia tendenciosa.
Infelizmente o nosso buraco é maior do que imaginamos....

Assistiu todo? Se sim percebeu que o narrador é um legalista e mesmo assim constata um avanço temerário do poder estatal.
Veja amigo, o Estado Democrático só existe se o Povo realmente emana o Poder que o coordena.
Se o Estado só existe para explorar o povo então não vivemos numa republica democrática mas sim numa monarquia escravocrata cíclica.
Policiais são tbm membros da população e devem se enxergar como cidadãos antes de se enxergar como membros do Estado, pq na verdade o Estado deveria servir ao povo e não o contrário.
No entanto a mesma inversão de valores que acomete o povo, acomete os agentes do Estado, só que os agentes do Estado gozam de poderes e prerrogativas quase absolutas o que está gerando um absolutismo altamente nocivo.
Meu objetivo com o post é relembrar, isso mesmo relembrar, os visitantes do tópico que não é papel do Estado controlar o povo e sim o contrário.
A incoerência da penalidade é a demonstração de que, não a Lei, mas aqueles que a aplicam, estão usando a interpretação corrosiva da lei para deteriorar qualquer sintoma de liberdade que nos resta.

De grosso modo, não importa se com fuzis, cordas, tochas, espadas ou pedras... nas mãos de homens e mulheres maus, a intenção e a ação é que são o mal a ser combatido.

Jonas vou ser bem sincero com você,eu não assisti todo o vídeo,não só pela frase inicial mas também por esses dias estar com alguns problemas particulares e tenho tido muita falta de paciência por causa disso,quando fico sem paciência não consigo sentar em frente um computador e assistir vídeos,mesmo assim peço desculpas pelo eventual desprezo ao conteúdo.
No mais concordo com tudo que você disse,voc~e foi muito pontual em sua resposta.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Sanderson S. Pierre pelo seu post:
jonas car (26-06-2017), marcosarierom (26-06-2017)
26-06-2017, 01:40 AM (Resposta editada pela última vez em: 26-06-2017 01:43 AM por DeOlhOnafigueira.)
Resposta: #7
RE: O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
(25-06-2017 01:32 AM)jonas car Escreveu:  Assistiu todo? Se sim percebeu que o narrador é um legalista e mesmo assim constata um avanço temerário do poder estatal.
Veja amigo, o Estado Democrático só existe se o Povo realmente emana o Poder que o coordena.
Se o Estado só existe para explorar o povo então não vivemos numa republica democrática mas sim numa monarquia escravocrata cíclica.
Policiais são tbm membros da população e devem se enxergar como cidadãos antes de se enxergar como membros do Estado, pq na verdade o Estado deveria servir ao povo e não o contrário.
No entanto a mesma inversão de valores que acomete o povo, acomete os agentes do Estado, só que os agentes do Estado gozam de poderes e prerrogativas quase absolutas o que está gerando um absolutismo altamente nocivo.
Meu objetivo com o post é relembrar, isso mesmo relembrar, os visitantes do tópico que não é papel do Estado controlar o povo e sim o contrário.
A incoerência da penalidade é a demonstração de que, não a Lei, mas aqueles que a aplicam, estão usando a interpretação corrosiva da lei para deteriorar qualquer sintoma de liberdade que nos resta.

De grosso modo, não importa se com fuzis, cordas, tochas, espadas ou pedras... nas mãos de homens e mulheres maus, a intenção e a ação é que são o mal a ser combatido.

Já dito aqui que, "a Constituição estabelece no artigo 1°, parágrafo único que, todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição". Logo, o poder de algum modo é representado pelo povo. O controle é feito pelo povo. As forças citadas, no caso a polícia, é fruto dessa sociedade, desse povo.

A questão é: nos diversos modelos de Estados que tivemos no passado, o que causaram as mudanças, até chegarmos no atual, o Moderno? O povo! Representados em suas diversas categorias que se manifestaram.

Agora analisemos: há quase três decadas todas as opções do regime político, bem como todas as escolhas das pessoas que o dirigem, são feitas pelo povo, através do voto popular, livre e universal!

Não houve pressão, nem censura, nem prisoes, para obrigar o povo a fazer as suas escolhas políticas. Houveram debates, todo o tipo de informação, ouvimos promessas, tivemos a oportunidade de nos manifestarmos a favor ou contra.

Se os que estao lá, representando o Estado não prestam, de quem é a culpa afinal? Do povo que fez a escolha. E nem precisa dizer que esses que lá estão, são frutos do povo. E são esses que fazem as leis que nos regem!

Enfim, o povo é soberano ou nao? O problema é que nem o povo se entende. E isso é democracia.

Se tivermos que culpar alguém seria a ignorância... do povo.

_____________________________________________________
Blog DeOlhOnafigueira
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a DeOlhOnafigueira pelo seu post:
jonas car (26-06-2017), marcosarierom (26-06-2017), ULTRON (26-06-2017)
Pasta de Dente sem Flúor Oralin Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
26-06-2017, 05:29 AM
Resposta: #8
RE: O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
Esse debate é espinhoso por isso de antemão peço que tenham paciência comigo.

(25-06-2017 03:44 PM)Icarox Escreveu:  Falam muito sobre o "estado" explorar o cidadão. Só esquecem de dizer que o "estado" é composto pelos empresários e pelos que são patrocinados pelos empresários. Os servidores públicos não criam leis, não criam portarias, não criam MPs, quem faz isso são políticos. Esses "liberais" que adoram empresários esquecem esse "PEQUENO" detalhe do estado ser CONTROLADO por EMPRESÁRIOS. ...
Veja meu caro, apesar de não ser o foco do tópico vejo que ha uma relação com o mesmo.
Servidores públicos podem não criar leis mas as executam e por vezes as executam em sua piro forma, se valendo do lado negativo que compõe nossa legislação para se acobertarem. Isso gera um processo cascata que afoga qualquer iniciativa em qualquer campo de desenvolvimento desse país.
O Estado deve sim ser menor, porque um Estado menor é um peso a menos nas costas dos cidadãos. Isso não significa que o Estado deva ser fraco. Longe disso, deve ter habilidade e capacidade de regular as funções em todas as esferas sociais.
E sim, concordo que nosso alto empresariado e boa parte dos médio e pequenos empresários são sim vitimas e agentes da corrupção.
Isso não é desculpa para criar uma estrutura tão grande e na maioria esmagadora das vezes ineficiente como o Estado Brasileiro.
Veja, foi justamente esse "mega" Estado Brasileiro, grande demais para ser controlado por seu próprio povo, que criou essa subserviência pútrida que temos com os globalistas que controlam nosso cenário econômico de tal forma que podem quebrar um setor do dia pra noite.
É preciso alterar o DNA do Estado para que sirva ao povo, seja ele de que esfera econômica for. Um Estado Nacionalista.

(25-06-2017 04:48 PM)ULTRON Escreveu:  O Estado em si não é ruim. O problema são as pessoas por trás do Estado, sobretudo os agente políticos, que é uma espécie de agente público.

Por isso que eu defendo uma reforma politica. Temos que aumentar o controle dos políticos.
Concordo, mas e ai, o que podemos fazer contra um "Estado" que não quer mudar? Que não quer servir ao povo como preceitua a CF?
O que fazer quando os "agentes" do estado estão tão protegidos que podem a bel prazer atacar o cidadão em todas as estâncias, sem ver sequer um pouco, sua blindagem arranhada?
Suas sugestões são ótimas Ultron. Concordo com elas, mas quem está no poder não vai aceitar perder suas benesses...seus foros privilegiados...suas blindagens e prerrogativas...
Os agentes do Estado estão usando poderes que deveriam vir revestidos de obrigações, no entanto criaram toda uma estrutura, pouco a pouco, para que sejam intocáveis.
O mínimo que fazemos é denunciar, apontar as mazelas, mas é só o principio.
Para chegarmos nesse "recall", para chegarmos na "reforma política" e "judiciaria", para chegarmos no "poder que emana" o que precisamos fazer?

Pelo andar da carruagem sequer poderemos denunciar os criminosos em breve...sequer poderemos usar a tão aclamada "liberdade de expressão" que parece ser cada vez mais prerrogativa exclusiva da mídia.

(25-06-2017 04:59 PM)Sanderson S. Pierre Escreveu:  Jonas vou ser bem sincero com você,eu não assisti todo o vídeo,não só pela frase inicial mas também por esses dias estar com alguns problemas particulares e tenho tido muita falta de paciência por causa disso,quando fico sem paciência não consigo sentar em frente um computador e assistir vídeos,mesmo assim peço desculpas pelo eventual desprezo ao conteúdo.
No mais concordo com tudo que você disse,voc~e foi muito pontual em sua resposta.
Kkk...fica tranquilo, todos temos problemas. Sei bem como é.
A frase inicial se tornou mesmo "um mantra", mas o video e as opiniões do canal são mais direcionadas às perdas de liberdade. É mais nesse sentido, um estado menor que não devore nossas liberdades.

(26-06-2017 01:40 AM)DeOlhOnafigueira Escreveu:  Logo, o poder de algum modo é representado pelo povo. O controle é feito pelo povo. As forças citadas, no caso a polícia, é fruto dessa sociedade, desse povo.

A questão é: nos diversos modelos de Estados que tivemos no passado, o que causaram as mudanças, até chegarmos no atual, o Moderno? O povo! Representados em suas diversas categorias que se manifestaram.

Agora analisemos: há quase três decadas todas as opções do regime político, bem como todas as escolhas das pessoas que o dirigem, são feitas pelo povo, através do voto popular, livre e universal!

Não houve pressão, nem censura, nem prisoes, para obrigar o povo a fazer as suas escolhas políticas. Houveram debates, todo o tipo de informação, ouvimos promessas, tivemos a oportunidade de nos manifestarmos a favor ou contra.

Se os que estao lá, representando o Estado não prestam, de quem é a culpa afinal? Do povo que fez a escolha. E nem precisa dizer que esses que lá estão, são frutos do povo. E são esses que fazem as leis que nos regem!

Enfim, o povo é soberano ou nao? O problema é que nem o povo se entende. E isso é democracia.

Se tivermos que culpar alguém seria a ignorância... do povo.
Eu sei...e concordo. E isso é tão triste que dói na alma.
Não ha como discordar de voce, na verdade é exatamente o que penso.
Mas e aí? Como mudar essa equação?
Os agentes do Estado(não todos, mas uma parte grande demais para não sentir os efeitos) estão descaradamente desrespeitando a CF, a moral, a ética, a vida....
Vai chegar(estamos às portas) um ponto em que a CF será uma carta dos direitos da Ditadura Globalista.
Por incrível que pareça a pequena parcela "honesta" que resta do executivo e legislativo está agora sendo refém do ativismo judiciário.
Ora um judiciário e um executivo que não acatam a CF, que não acatam a vontade do Povo é o que?
Porque o legislativo a gente até arranha nas eleições de prefeito e vereador(uma vez que eleições presidenciais/governamentais estão fora de nosso alcance direto) mas o judiciário e funcionalismo publico uma vez investido, sejamos sinceros, é quase intocável.

O pior disso tudo é que quando um agente policial é corrupto, quando ele acata integralmente as vontades de seus superiores, ele não percebe que la na frente(não tão longe) quando a fonte chamada "Povo" secar, quem vai pra sangria são eles. A força nacional está ai pra provar o que digo.

É sim um debate exaustivo e por vezes da vontade de deixar tudo de lado e viver minha parcela do sistema, buscar uma teta dessa "vaca" chamada Brasil, mas ai eu olho pras crianças inocentes e não consigo ficar em paz sabendo que sou parte pró-ativa dessa podridão toda.
O poder por natureza está sempre em concorrência.
Tem de haver uma forma pratica de agir e começa retirando o véu do engano. Precisamos ser cidadãos antes de ser estado, ou o estado vai nos devorar.
Onde estamos errando?

"O Tempo do Esclarecimento Já Passou.
É Chegada a Hora da Resistência! Seja Forte, Ainda Há Pelo que Lutar!"

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a jonas car pelo seu post:
marcosarierom (26-06-2017), ULTRON (26-06-2017)
26-06-2017, 10:38 AM
Resposta: #9
RE: O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
(25-06-2017 04:48 PM)ULTRON Escreveu:  O Estado em si não é ruim. O problema são as pessoas por trás do Estado...

Eu diria que nada por si só é ruim, o problema sempre será as pessoas por trás (nos bastidores)...

Se a grande mídia está apoiando, abra os olhos, melhor se opor.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a marcosarierom pelo seu post:
Guigo Xavier (26-06-2017), jonas car (28-06-2017), ULTRON (26-06-2017)
26-06-2017, 11:31 AM (Resposta editada pela última vez em: 26-06-2017 11:37 AM por Guigo Xavier.)
Resposta: #10
RE: O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
O Estado e as leis são fruto das vontades emanadas do Poder que realmente se esconde atrás dos agentes públicos.

Segundo a maioria dos pensadores iluministas, que formaram o Estado como ele é hoje, nos organizamos em sociedade abdicando de nossa liberdade plena para que saíssemos do estado de natureza primitiva o qual dava a todos o direito da liberdade sem limites que incidia na submissão do mais fraco pelo mais forte.

O Estado, então, seria o garantidor dos direitos mínimos com o monopólio da violência, através das penas que garantiriam alguns direitos mínimos, tais como a ampla defesa e o contraditório.
É nesse sentido que autores como Claus Roxin, entram na discussão da limitação do direito de punir, por meio do direito penal, com base em alguns princípios basilares, tal como a regulamentação do direito penal somente para proteger bens jurídicos sensíveis à coletividade, impedindo assim a hipertrofia do sistema penal em toda e qualquer conduta do ser humano.

Assim, para haver pena, somente os atos que lesão terceiros, feitos por ação voluntária ou imprudente, devem ser submetidas à pena.

É por isso que ser legalista retira a capacidade crítica das pessoas quanto as leis emanadas do Poder Legislativo. Repugnamos esses seres, mas quando editam leis penais, a maioria da população acredita que os "bandidos" devem sofrer punições mais severas pelo fato de serem o mal da sociedade. Esse inimigo é sempre o favelado que é posto em uma situação de estado de exceção legalmente previsto e protegido por todo o aparato penal, desde a polícia até o juiz e o legislador. Essa ideia difundida que policial sofre reprimenda por matar "os bandidos" é pura propaganda.

No livro "indignos de vida", orlando Zaccone, se debruça em 314 autos de resistência arquivados pelo Estado. Ou seja, homicídios cometidos por polícias que, teoricamente, são fruto de uma troca de tiros entre eles e os "bandidos".

A construção legal, midiática e governamental, constroem a imagem do inimigo a ser eliminado. Como bem disse o Colega acima, o Estado é comandado pelos grandes empresário e banqueiros nacionais e internacionais, moldando a figura do inimigo como querem, criando tipos legais que devem sofrer a dureza da lei enquanto, para as condutas que fazem são mantidas todas as garantias processuais e materiais.

Para as condutas realizadas por pessoas comuns, a dureza da lei, que dá, para as pessoas marginalizadas o maior peso da punição. Se mantém protegido mais o patrimônio do que a vida e integridade das pessoas.

Porque nós, os submetidos a lei criada pelo poder, não podemos subtrair o patrimônio que eles adquiriram com base no nosso trabalho. Assim, os impostos são ruins só para nós, pessoas trabalhadoras e pequenos empresários, os que comandam esse país adoram os impostos, pois são com eles que enriquecem. Então, enquanto não deixarmos de criminalizar os pobres, caindo nessa propaganda midiática que os transforma em monstros elimináveis, e nos unirmos a eles na luta contra realmente quem são os inimigos nunca conseguiremos a força suficiente para isso.

Como a burguesia conseguiu tomar o poder dos nobres e monarcas? Foi uma luta de conscientização durante muito tempo que fez surgir nas massas a revolta que precisavam para modificar o sistema milenar e se impor perante os Monarcas absolutistas. Assim, emergiu o poder da burguesia de ditar as leis nos países. Tanto é que o marco da Revolução foi a queda da bastilha, lugar no qual "os bandidos" da época estavam presos, assim, se juntando com a maior massa possível conseguiram retirar do trono o monarca Luis XVI (se não me engano). E, posteriormente, criaram a guilhotina para eliminar os dissidentes, levando o próprio Robespierre a ser decapitado.

Fizeram surgir Napoleão que destruiu todas os outros sistema feudais da Europa da época e unificou na mesma ideologia. Os pobres que auxiliaram na derrocada do Monarca, passam a ser mera forças de trabalho escravo nas fábricas recém criadas levando a luta pelos direitos trabalhistas que brigavam para não morrer de frio e fome devido a situação.

Ai entra outra questão, a abolição da escravidão. A abolição da escravatura se deu mais por motivos financeiros do que éticos.

"Para essa economia, o negro cativo era uma peça obsoleta. Além de seu preço ter aumentado após o fim do tráfico, em 1850, o trabalho forçado mostrava-se mais caro que o assalariado. Caio Prado Jr. (1907-1990), em seu livro História econômica do Brasil, joga luz sobre a questão:

“O escravo corresponde a um capital fixo cujo ciclo tem a duração da vida de um indivíduo; assim sendo, (...) forma um adiantamento a longo prazo do sobretrabalho eventual a ser produzido. O assalariado, pelo contrário, fornece este sobretrabalho sem adiantamento ou risco algum. Nestas condições, o capitalismo é incompatível com a escravidão”.

http://www.ipea.gov.br/desafios/index.ph...&Itemid=23

Como controlar então essa massa de escravos ? Através do direito penal, claro! Assim, a criminalização dos negros libertos por vadiagem, capoeiragem e outras formas de criminalização dos libertos.

Mesmo mecanismo ocorreu nos EUA, como bem demonstra o documentário 13ª emenda. Esses presos libertos foram inseridos no sistema de trabalhos forçados nas prisões. Ele não poderia ser escravizado, salvo se cometidos ilícitos que foram, cada vez mais, aumentando de número e de grau de punição.

Assim, o sistema penal chega aos dias atuais com uma alta punição dos crimes cometidos pelos comuns do que os crimes de colarinho branco, punidos no Brasil só recentemente.

O Estado não se preocupa com nossa integridade física, somente em se manter no poder. Por isso a posse de munição e armas é muito mais reprimida do que uma lesão a alguém. Pois uma população armada é extremamente perigosa para um Estado corrupto.

Sob a propaganda de nos proteger do tráfico, nos deixam vulneráveis ao traficante e a polícia letal, submissos aos desmandos dos governantes que lutam para proteger os interesses de seus senhores e ganhar a sua parcela por isso.

Se quisermos mudar alguma coisa precisamos nos unir com todos, buscando uma força suficiente para rechaçarmos esses parasitas que extraem as riquezas de nossas terras.

Teve algum motivo de termos nascido nessa terra. Não foi para vê-la ser surripiada enquanto nossos irmãos passam fome e morrem por aí nas vielas dos guetos urbanos.

Se os enxergamos como humanos e tivermos paciência de ensiná-los sobre as artimanhas, nos tornaremos uma nação que contribuirá para um mundo melhor sem ser sujugada pelos interesses alienígenas.

"Não é quem eu sou por dentro e sim o que eu faço é que me define." Batman.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Guigo Xavier pelo seu post:
jonas car (28-06-2017), marcosarierom (26-06-2017), ULTRON (26-06-2017)
Conheça o emagrecedor que está dando o que falar neste verão!
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Opositores de Maduro têm imunidade parlamentar suspensa e denunciam invasão de suas c Bruna T 0 110 10-08-2018 11:28 PM
Última Resposta: Bruna T
  Pessoas que discordam da FEMA, estão tendo suas casas marcadas John Dickinson 21 6,909 21-09-2015 09:00 PM
Última Resposta: John Dickinson

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 122 usuários online.
» 1 Membros | 121 Visitantes
RONIMK

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,574
» Último Membro: RONIMK
» Tópicos do Fórum: 25,341
» Respostas do Fórum: 270,542

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 11:06 PM
» Respostas: 963
» Visualizações: 186676
China está melhorando suas capacidades nucleares para bombardeio e preocupa EUA
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
Ontem 05:09 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 268
Em que país você moraria?
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 03:41 PM
» Respostas: 72
» Visualizações: 15132
Trump corta verba para ONU, o que afeta escolas e clínicas em Gaza
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 08:41 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 148
Alguns pontos da entrevista do Bolsonaro na Globo News
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 08:36 AM
» Respostas: 122
» Visualizações: 7317
Vaticano sabia dos abusos sexuais na Pensilvânia pelo menos desde 1963
Última Resposta Por: Bruna T
17-08-2018 10:58 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 81
Agentes chineses estão minando a soberania da Austrália
Última Resposta Por: Bruna T
17-08-2018 10:53 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 117
Para a grande massa alienada, não haverá salvação.
Última Resposta Por: Beobachter
17-08-2018 07:23 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 341
Sou pró-Bolsonaro e meu colega é petista: como lidar com essa situação no trabalho?
Última Resposta Por: justiceiro
17-08-2018 07:17 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 294
Esquerdopatas, petralhas e bolsominions: como não inviabilizar um debate
Última Resposta Por: ASAFernandes
17-08-2018 05:51 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 317
É fundamental e patriótico limpar o nome dos brasileiros no SPC e SERASA.
Última Resposta Por: Binho C.R.
17-08-2018 05:44 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 320
Fake news: o mais novo pretexto para censura ideológica
Última Resposta Por: Binho C.R.
17-08-2018 04:49 PM
» Respostas: 8
» Visualizações: 412
O que o governo mundial quer do Brasil?
Última Resposta Por: ULTRON
17-08-2018 02:22 PM
» Respostas: 24
» Visualizações: 5422
STJ permite importação direta de canabidiol para tratamento médico pela 1ª vez
Última Resposta Por: Bruna T
17-08-2018 01:58 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 66
Para onde vai o dinheiro da Lava Jato?
Última Resposta Por: Bruna T
17-08-2018 01:56 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 78
EUA criam “Iran Action Group”,na véspera do aniversário do golpe de 53 feito pela CIA
Última Resposta Por: ked
17-08-2018 01:23 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 79
A sobrevivência no precipício da escravidão.
Última Resposta Por: Gabrielmao
17-08-2018 08:51 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 133
Algumas músicas anom
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
17-08-2018 01:45 AM
» Respostas: 129
» Visualizações: 26100
Empresa de Winnipeg defende acordo de US $ 1 milhão para enviar armas para a Ucrânia
Última Resposta Por: Bruna T
17-08-2018 12:07 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 58
A proibição de véus muçulmanos de rosto inteiro está se espalhando pela Europa
Última Resposta Por: Bruna T
16-08-2018 11:52 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 92
Brasil e EUA contra a Venezuela?
Última Resposta Por: aioria
16-08-2018 10:29 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 150
Você se daria bem num mundo pós-apocaliptico?
Última Resposta Por: Anonymous_T.ron
16-08-2018 07:48 PM
» Respostas: 37
» Visualizações: 16419
Derrapagem política brasileira acionou decolagem econômica paraguaia.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
16-08-2018 06:12 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 93
Imigrantes e desabrigados estão sendo explorados na descontaminação de Fukushima!
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
16-08-2018 03:04 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 120
Estado Islâmico ataca escolas infantis no Afeganistão e matam crianças.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
16-08-2018 01:57 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 77
[VIDEO] A Máfia dos Transplantes de Órgãos e o Caso Paulinho Pavesi
Última Resposta Por: Bruna T
15-08-2018 12:43 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 26180
Projeto de renda mínima
Última Resposta Por: justiceiro
15-08-2018 12:31 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 1594
O capitalismo é um produto do socialismo.
Última Resposta Por: tarcardoso
15-08-2018 09:28 AM
» Respostas: 21
» Visualizações: 856
Parker Solar Probe: NASA quer resolver um quebra-cabeça fundamental da física
Última Resposta Por: justiceiro
14-08-2018 05:34 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 214
O que é o Instituto Millenium?
Última Resposta Por: ULTRON
14-08-2018 03:47 PM
» Respostas: 29
» Visualizações: 9756

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial