Compre amendoim e derivados pelo menor preço aqui - Loja Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 3 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
O Foro de São Paulo sem máscaras
02-09-2011, 07:20 PM
Resposta: #1
O Foro de São Paulo sem máscaras
Depois de esconder por dezesseis anos a existência da mais poderosa entidade política latino-americana, a mídia chique deste país, vencida pela irrefreável divulgação dos fatos na internet, trata agora de disfarçar, como pode, o mais torpe e criminoso vexame jornalístico de todos os tempos.

O expediente que usa para isso é ainda mais depravado: caluniar, difamar, sujar a reputação daqueles poucos que honraram os deveres do jornalismo enquanto ela não se ocupava senão de prostituir-se, vendendo silêncio em troca de verbas estatais de propaganda.

Envergonhada de si mesma, ela não tem nem a dignidade de citar nominalmente essas honrosas exceções. Designa-as impessoalmente, fingindo superioridade, mediante pejorativos genéricos. O mais comum é “radicais de direita”. Encontro-o de novo no artigo “Os limites de uma onda esquerdista”, assinado por César Felício no jornal Valor no último dia 12.

O autor é uma nulidade absoluta, e eu jamais comentaria uma só linha da sua fabricação se as nulidades não se tivessem tornado, num jornalismo de ocultação, os profissionais mais necessários e bem cotados. Por favor, não me acusem de caçar mosquitos. Compreendam o meu drama: nas presentes circunstâncias, a recusa de falar de nulidades me deixaria totalmente desprovido de material nacional para esta coluna.

A primeira coisa que tenho a dizer a esse moleque é bem simples: Radical de direita é a vó. Antigamente chamava-se por esse qualificativo o sujeito que advogasse a matança sistemática de comunistas como os comunistas advogam e praticam a matança sistemática de populações inteiras.

Hoje em dia, para ser carimbado como tal, basta você ser contra o aborto ou o casamento gay. Basta você achar que o Foro de São Paulo existe e é perigoso. Basta você fazer as contas e notar que centenas de prisioneiros morreram de tortura na Guantanamo cubana e nenhum na americana.

Basta você apelar à matemática elementar e concluir que a guerra do Iraque matou muito menos gente do que o regime de Saddam Hussein sob os olhos complacentes da ONU. Se você incorre em qualquer desses pecados mortais, lá vem o rótulo infamante grudar-se na sua pessoa indelevelmente, como marca de escravo fujão ou ferrete de gado.

E não vem por via de nenhum jornaleco de partido, de nenhum panfleto petista. Vem pela Folha de São Paulo, pelo Globo, pelo Estadão, pelo jornal Valor – os órgãos da burguesia reacionária, segundo o site oficial do PT.

Que é que posso concluir disso, objetivamente, senão que a esquerda radical conseguiu impor à grande mídia a sua escala de mensuração ideológica e o correspondente vocabulário, agora aceitos como opinião centrista, equilibrada, mainstream, enquanto as opiniões que eram da própria grande mídia ontem ou anteontem já não podem ser exibidas ante o público porque se tornaram politicamente incorretas?

Será extremismo de direita concluir que o eixo, o centro, se deslocou vertiginosamente para a esquerda, criminalizando tudo o que esteja à direita dele próprio?

Será extremismo de direita concluir que a única direita admitida como decente na mídia chique é o tucanismo – abortista, gayzista, quotista racial, desarmamentista, politicamente corretíssimo, padrinho do MST e filiado à internacional socialista, além de bettista e boffista, quando não abertamente anticristão? Será extremismo direitista notar que o traço mais saliente dessa direita bem comportadinha é a abstinência radical de qualquer veleidade anticomunista?

Será extremismo de direita entender que esse fenômeno é a manifestação literal e exata da hegemonia tal como definida por Antonio Gramsci? Será extremismo de direita concluir que o establishment midiático deste país é, no seu conjunto, um órgão da esquerda militante mesmo nos seus momentos de superficial irritação antipetista, quando jamais proferiu contra o partido dominante uma só crítica que não viesse de dentro da esquerda mesma e que não fosse previamente expurgada de qualquer vestígio de conteúdo ideológico direitista?

Qualquer pessoa intelectualmente honesta sabe que um juízo de fato não pode ser derrubado mediante rotulação infamante. Tem de ser impugnado pelo desmentido dos fatos. Se quiser rotulá-lo, faça-o depois de provar que é falso. Não antes. Não em substituição ao desmentido. Ora, o tal Felício, em vez de desmentido, fornece uma brutal confirmação. Vejam só:

“O grupo que se reúne a partir de hoje em San Salvador... atende pelo nome de ‘Foro de São Paulo’ e nasceu sob o patrocínio do PT, em 1990. Os encontros anuais não costumam chamar muita atenção, a não ser de certos radicais de direita no Brasil.”

Ora, como é possível que encontros esquerdistas anuais repetidos ao longo de uma década e meia, com centenas de participantes, entre os quais vários chefes de Estado, não chamem atenção exceto de radicais de direita? Ninguém na esquerda prestou atenção ao Foro de São Paulo?

O sr. Lula fez um discurso presidencial inteiro a respeito sem prestar a mínima atenção à entidade da qual falava? Antes disso, quando presidia pessoalmente as sessões da entidade até 2002, não lhes prestou nenhuma atenção?

Entrava em transe hipnótico e balbuciava mensagens do além, sem se lembrar de nada ao despertar? Os jornalistas de esquerda que, às dezenas, compareceram aos debates, foram lá por pura desatenção, dormiram durante as assembléias e voltaram para casa sem coisa nenhuma para contar?

O sr. Bernardo Kucinsky, um dos fundadores da entidade, que emocionado assistiu ao nascimento dela num encontro entre Fidel Castro e Lula, não prestou a mínima atenção àquele momento supremo da sua vida de militante esquerdista?

Pago com dinheiro público para relatar aos eleitores os atos presidenciais, calou-se por mera distração, e também por mera distração guardou os fatos para contá-los depois no seu livro de memórias, onde só os colocou porque não tinham a mínima importância?

Ora, menino bobo, você não sabe a diferença entre a desatenção e a atenção extrema acompanhada de um propósito deliberado de ocultar?

Que você seja desprovido do senso da verdade, vá lá. Sem isso não se sobe no jornalismo brasileiro. Mas será que você precisa também desprover-se do senso do ridículo ao ponto de tentar minimizar a importância do Foro e logo em seguida, citando documento oficial da entidade, alardear que “ na primeira reunião do grupo, em 1990, os integrantes estavam no governo em um único país: Cuba.

Hoje desfrutam o poder na Venezuela, Brasil, Bolívia, Nicarágua, Argentina, Chile, Uruguai e Equador”? Você acha mesmo que a organização que planejou e dirigiu a mais espetacular e avassaladora expansão esquerdista já observada no continente é um nada, um nadinha, no qual só radicais de direita ou teóricos da conspiração poderiam enxergar alguma coisa?

Na verdade, o próprio Felício enxerga ali alguma coisa. Ele cita o documento oficial: “Passamos a controlar uma cota de poder, mas as outras cotas continuam sob controle das classes dominantes.

Os chamados mercados, as grandes empresas de comunicação, os setores da alta burocracia do Estado, os comandos centrais das Forças Armadas, os poderes Legislativo e Judiciário, além da influência dos governos estrangeiros, competem com o poder que possuímos.”

Ou seja: a entidade que já domina os governos de nove países não admite, não suporta, não tolera que parcela alguma de poder, por mais mínima que seja, esteja fora de suas mãos. Nem mesmo as empresas de comunicação e o judiciário, sem cuja liberdade a democracia não sobrevive um só minuto.

Com a maior naturalidade, como se fosse uma herança divina inerente à sua essência, o Foro de São Paulo, com a aprovação risonha do nosso partido governante, reivindica o poder ditatorial sobre todo o continente.

Felício lê esse documento assim: “Os limites a um poder absoluto parecem incomodar os participantes do encontro.” Parecem, apenas parecem. Quem ficaria alarmado com aparências, senão radicais de direita? Afinal, eles vivem enxergando comunistas embaixo da cama, não é mesmo?

Para tranqüilizar a população, Felício trata de lhe mostrar que no Foro não há socialismo nenhum, apenas o bom e velho populismo nacionalista, tão difamado pelos agentes do imperialismo. “Um mesmo discurso estava presente na oposição a Perón e a Getúlio nos anos 40 e 50. Reapareceu, quase igual, no tipo de ataque recebido ano passado por Lopez Obrador no México e Evo Morales na Bolívia.”

A circunstância de que, ludibriados por milhares de Felícios, até membros da oposição temam dar nome aos bois, preferindo falar de “populismo” em vez de comunismo, é usada como prova de que o Foro não é uma organização comunista.

O fato é que as idéias e as pessoas dos velhos populistas jamais aparecem citadas nos documentos do Foro como exemplos a ser imitados. Ao contrário, os apelos à tradição revolucionária comunista ressurgem a cada linha, com todos os seus heróis e símbolos, com todos os cacoetes lingüísticos medonhos do jargão marxista-leninista mais típico e obstinado, acompanhados da declaração explícita, infindavelmente repetida, de que a meta é o socialismo.

Mas, decerto, todos os participantes do Foro, todos aqueles tarimbados militantes revolucionários treinados em Cuba, na China e na antiga URSS, estão equivocados quanto à sua própria ideologia e metas. Eles apenas pensam que são comunistas, socialistas, marxistas.

Felício é quem, penetrando com seus olhos de raios-x no fundo das almas deles, sabe que não são nada disso. São getulistas que se ignoram.

A prova? Ele não se recusa a fornecê-la. É esta: “Antes de ser uma verdadeira marcha ao socialismo, a ofensiva de Chávez... sugere a coroação de um processo de concentração de poder ”. Entenderam a lógica profunda? Se é concentração de poder, não é socialismo. Pena que ninguém avisou disso Marx, Lênin, Stalin, Mao, Fidel e Che Guevara.

Todos eles sempre entenderam, ao contrário, que a concentração de poder é a única via para o socialismo, é a essência mesma do processo revolucionário. Mas talvez estivessem enganados, tanto quanto a turminha do Foro. Quem entende do negócio é César Felício.

No tempo em que havia jornalismo no Brasil, um sujeito como esse não seria designado para cobrir nem partida de futebol de botão. Hoje ele é uma espécie de modelo, reproduzido às centenas em todas as redações.

O resultado é óbvio. Faça um teste. Segundo pesquisa da Folha de São Paulo, a opinião majoritária dos brasileiros é acentuadamente conservadora. É contra o casamento gay, contra o aborto, contra as quotas raciais, contra o desarmamento civil. É contra tudo o que os Felícios amam.

É até a favor da pena de morte para crimes hediondos. E confia infinitamente mais nas forças armadas do que na classe jornalística que as difama sem cessar. Quantos jornalistas, nas redações das empresas jornalísticas de grande porte, se alinham com essa opinião majoritária? Não fiz nenhuma enquete, mas, por experiência pessoal, afirmo: poucos ou nenhum. A leitura diária dos jornais confirma isso da maneira mais patente.

A opinião pública brasileira não é refletida nem representada pela grande mídia. Não tem direito a voz, a não ser por exceção raríssima concedida a algum colaborador ocasional só para depois ser exibida como exemplo de aberração extremista, felizmente compensada pela pletora de articulistas serenos, normais e equilibrados que igualam George W. Bush a Hitler e Abu-Ghraib a Auschwitz.

A idéia mesma de que uma mídia só pode ser equilibrada quando reflete proporcionalmente a divisão das correntes de opinião no país já desapareceu por completo da memória nacional. O simples ato de enunciá-la tornou-se prova de direitismo radical.

Resultado: a elite microscópica de tagarelas esquerdistas que domina as redações (não mais de duas mil pessoas) se permite tomar a sua própria opinião como medida da normalidade humana, condenando como patológicas e virtualmente criminosas as preferências gerais da nação.

Quem se coloca em tais alturas está automaticamente liberado de prestar quaisquer satisfações à realidade. Não quer conhecê-la, quer transformá-la.

Para transformá-la, não é preciso mostrar os fatos às pessoas: é preciso alimentá-las de crenças imbecis que as induzam a se comportar da maneira mais adequada para favorecer a transformação. Da classe empresarial que lê o jornal Valor, que é que se espera? Que permaneça idiotizada e passiva, embriagada de falsa segurança, incapaz de mobilizar-se em tempo para se opor à onda revolucionária que vai submergindo o continente.

Foi para isso que os Felícios lhe negaram por dezesseis anos o conhecimento do Foro de São Paulo. É para isso que, hoje, não podendo mais levar adiante a operação-sumiço, apelam à operação-anestesia, chamando-a, cinicamente, de jornalismo.

E são pagos para fazer isso pelos próprios empresários de mídia, aqueles mesmos cujas empresas o Foro de São Paulo promete calar ou expropriar junto com todos os demais instrumentos de exercício da liberdade, num futuro mais breve do que todos imaginam.

Fonte do artigo, clique aqui





Atas do Foro de SP, clique aqui

Se manifestam na mídia e pedem o fim do Imperialismo

________________________________________________________________________________​__________________________________________

A história

O Foro de São Paulo (FSP) é um encontro de partidos políticos e organizações não governamentais de esquerda da América Latina e Caribe.

O Foro foi constituído em 1990 quando, juntamente com Fidel Castro, ex-ditador de Cuba (ficou no poder de 1959 a fevereiro de 2008 )o Partido dos Trabalhadores brasileiro convidou outros partidos e movimentos sociais e revolucionários da America Latina e do Caribe para discutir alternativas às políticas neoliberais dominantes na América Latina da década de 1990 e promover a integração econômica, política e cultural da região.

Segundo a organização, atualmente mais de 100 partidos e organizações políticas participam dos encontros. As posições políticas variam dentro de um largo espectro, que inclui partidos social-democratas, organizações comunitárias, sindicais e sociais inspirados pela Igreja Católica, grupos étnicos e ambientalistas, organizações nacionalistas, partidos comunistas e grupos guerrilheiros.

Esses últimas, porém, a exemplo das FARC, embora não tenham sido formalmente banidos do Foro, têm tido seu acesso eventualmente dificultado.

O Forum foi criado em 1990 pelo Partido dos Trabalhadores, em São Paulo, onde a reunião realizou pela primeira vez. Desde então, o FSP tem acontecido a cada um ou dois anos, em diferentes cidades: Manágua (1992), Havana (1993), Montevidéu (1995), San Salvador (1996), Porto Alegre (1997), México (1998), Manágua (2000), Havana (2001), Antígua (2002), Quito (2003), São Paulo (2005), San Salvador (2007) e Montevidéu (2008).

A ideia do Foro de São Paulo surgiu em julho de 1990, durante uma visita feita por Fidel Castro a Lula, ex-presidente do Brasil em São Bernardo do Campo, e foi formalizada quando 48 organizações, partidos e frentes de esquerda da América Latina e do Caribe, atendendo a convite do Partido dos Trabalhadores, reuniram-se na cidade de São Paulo visando debater a nova conjuntura internacional pós-queda do Muro de Berlim (1989), elaborar estratégias para fazer face ao embargo dos Estados Unidos a Cuba e unir as forças de esquerda latino-americanas no debate das consequências da adoção de políticas supostamente neoliberais pela maioria dos governos latino-americanos da época.

No encontro seguinte, realizado na Cidade do México, em 1991, com a participação de 68 organizações e partidos políticos de 22 países, examinou-se a situação e a perspectiva da América Latina e do Caribe frente à reestructuração hegemônica internacional. Na ocasião, consagrou-se o nome "Foro de São Paulo".

________________________________________________________________________________​__________________________________________
Membros

Argentina

Frente Grande
Frente Transversal Nacional y Popular
Movimiento Libres del Sur
Partido Comunista
Partido Comunista – Congreso Extraordinario
Partido Comunista Revolucionario
Partido Humanista
Partido Intransigente
Partido Obrero Revolucionario-Posadista
Partido Socialista
Partido Solidario
Unión de Militantes por el Socialismo.

Bolívia
Movimiento al Socialismo
Movimiento Bolivia Libre
Partido Comunista de Bolivia

Brasil

Partido Democrático Trabalhista
Partido Comunista do Brasil
Partido Comunista Brasileiro
Partido Socialista Brasileiro
Partido dos Trabalhadores


Chile

Izquierda Cristiana
Partido Comunista
Partido Humanista
Partido Socialista

Colômbia

Polo Democrático Alternativo
Presentes por el Socialismo
Partido Comunista Colombiano
Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia - FARC

A partir do ano 2005, o Partido dos Trabalhadores não permitiu que as FARC a participasse mais no foro. As FARC pediu formalmente uma participação ativa no foro. ( Será, então por que o Lula se encontra com o General das FARC? Para colocar a conversa em dia...sempre em lugares diferentes.

Cuba
Partido Comunista de Cuba

Equador

Movimiento de Unidad Plurinacional Pachakutik – Nuevo País
Movimiento PAIS
Movimiento Popular Democrático
Partido Comunista de Ecuador
Partido Comunista Marxista-Leninista del Ecuador
Partido Socialista-Frente Amplio

El Salvador
Frente Farabundo Martí para la Liberación Nacional

Guatemala
Alianza Nueva Nación
Unidad Revolucionaria Nacional Guatemalteca

Martinica
Pati Kominis pou Lendépandans eh Sosyalizm
Conseil National des Comités Populaires

México
Partido de los Comunistas Mexicanos
Partido Comunista de México
Partido de la Revolución Democrática
Partido del Trabajo

Nicarágua
Frente Sandinista de Libertação Nacional

Panamá
Partido del Pueblo de Panamá

Paraguai
Partido Popular Tekojoja
Partido Convergencia Popular Socialista
Partido Comunista Paraguayo
Partido del Movimiento al Socialismo
Partido País Solidario

Peru
Partido Comunista del Perú-Patria Roja
Partido Comunista Peruano
Partido Nacionalista del Perú
Partido Socialista

Porto Rico
Frente Socialista
Movimiento Independentista Nacional Hostosiano
Partido Nacionalista de Puerto Rico

República Dominicana

Alianza por la Democracia
Fuerza de la Revolución
Movimiento Izquierda Unida
Partido Comunista del Trabajo
Partido de la Liberación Dominicana
Partido de los Trabajadores Dominicanos
Partido Revolucionario Dominicano

Uruguai

Frente Amplio
Asamblea Uruguay
Corriente de Unidad Frenteamplista
Movimiento de Participación Popular
Movimiento de Liberación Nacional Tupamaros (integra o MPP)
Partido Comunista de Uruguay
Partido Obrero Revolucionario Troskista-Posadista
Partido por la Victoria del Pueblo
Partido Socialista de los Trabajadores
Partido Socialista de Uruguay
Vertiente Artiguista (integrantes del Frente Amplio)
Movimiento 26 de Marzo

Venezuela

Liga Socialista
Movimiento Electoral del Pueblo
Partido Comunista de Venezuela
Partido Socialista Unido de Venezuela
Patria Para Todos
________________________________________________________________________________​__________________________________________

[Imagem: 200px-FSP110903.jpeg]

________________________________________________________________________________​__________________________________________

ENTENDA EM 10 CAPÍTULOS, clique aqui
________________________________________________________________________________​__________________________________________

OS COMBATENTES, clique aqui e descubra

________________________________________________________________________________​__________________________________________




________________________________________________________________________________​__________________________________________
Eu as vezes começo a perceber que tudo realmente faz sentido porque não é possível...Existe um controle mental ou uma hipnose televisiva e midiática.

As pessoas não questionam isso
Desde quando precisamos de Foro, Sociedades para decidir por nós?

Será que todos querem se submeter a isso?
Nós precisamos saber o que as pessoas querem para si e sua vida.

Para assim saber como lutar e ajudar, porque não é possível.

Se julgam-se tão conhecedores da política por que não criam um Foro Anticorrupção? Lema para o Corrupto: Roubou. Será preso, julgado e condenado, isso é que o lei manda. Não é juiz. E a Lei.

Esses senhores precisam saber que o Brasil é o nosso.
Não pertence uma ideologia de realizações partidárias e ideológicas seja esquerda ou direita...pois fazem parte de um grande teatro combinado.

Não esta escrito em nenhum lugar que devemos estar submetidos a eles.
Não esta escrito que devemos aceitar a Corrupção, que é velha.
Não está escrito que temos que ficar omissos e indiferentes.

Está escrito que podemos escolher, entre o bem o mal. Nós no fundo sempre soubemos diferencia-los.
Está escrito que poderemos Fazer coisas maiores, do que ele fez.

Está na hora
A nossa hora

Hora a qual, a ideia chegou e não será vencida

Basta querermos.
Não quero me sentir como o Exército de um homem só

Ninguém precisa gostar de mim e nem dos meus posts
Basta compartilhar o mesmo sentimento, buscar a Verdade, nada mais do que a verdade,

Prepare-se
Junte-se
Lute

O tempo está acabando.
Não poderemos voltar
Só mudar.


Não queira a mudança, seja você a mudança



Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 21 usuários diz(em) obrigado a yoda pelo seu post:
Aileron (15-10-2012), AnOliver (17-02-2013), Campanário (14-03-2012), Carlos Eugênio (13-04-2012), Clockwork (03-09-2011), Cypher3 (16-03-2012), gabrielk (13-04-2012), Gulameko (13-04-2012), Jah Soldier (13-05-2015), John Dickinson (28-04-2015), Justo (14-05-2015), klanpaia (02-07-2014), Lombritico (21-01-2015), Marcelo Almeida (06-07-2018), Mediador (03-01-2015), Renatoln (14-03-2012), Ruan.689 (29-04-2013), Sann (12-04-2012), snoop_dogg10 (13-04-2012), Vicki (14-03-2012), Zebola Estragado (13-04-2012)
Manteiga Ghee pelo menor preço é na loja Tudo Saudável
02-09-2011, 07:33 PM
Resposta: #2
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Eu acho que a nova ordem mundial terá um governo mundial com caracteristicas comunistas e totalitárias...

Seja livre, antes que seja tarde!

http://www.libertar.in
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 9 usuários diz(em) obrigado a Livre pelo seu post:
Aileron (15-10-2012), Jah Soldier (13-05-2015), klanpaia (02-07-2014), Marcelo Almeida (06-07-2018), Mediador (03-01-2015), Sann (12-04-2012), snoop_dogg10 (13-04-2012), Vicki (14-03-2012), Zebola Estragado (13-04-2012)
14-03-2012, 12:51 AM
Resposta: #3
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Citar:O Foro de São Paulo nos Estados Unidos

O Foro de São Paulo vai pelo impensado, vai pelo desafio maior: nada melhor do que conquistar o “Império”, os próprios Estados Unidos.

Há quase um ano, Periodismo Sin Fronteras publicou o artigo “O Foro de São Paulo - XVII Reunião na Nicarágua", no qual se fazia referência aos objetivos do plano de trabalho do Foro de São Paulo (FSP) para o ano de 2011. Dentre os quais, constava: “Ampliar o desafio aos Estados Unidos e Europa, utilizando para isto residentes latino-americanos”.

Hoje, em meio da crise econômica européia, já montaram a Secretaria Regional Européia, com sede na Espanha, utilizando para isto a grande quantidade de residentes latino-americanos que vivem lá e que foram utilizados previamente nas manifestações sociais do 15-M, que deram origem ao movimento dos “indignados”, coletivo que se expande como modo de protesto com objetivos difusos, cujo único lema é “Democracia Real JÁ”.

Nada mais adequado que um movimento “apartidário” e “espontâneo” de gente indignada (não com o sistema capitalista, senão com a crise econômica) para que este seja apadrinhado pelo FSP. Uma nova fachada que outorga credibilidade a essas assembléias populares que são o pau-para-toda-obra embrionário do FSP em cada região.

O que para alguns não é mais que óbvio, para outros ainda é algo impossível. Porém, o Foro de São Paulo vai pelo impensado, vai pelo desafio maior: nada melhor do que conquistar o “Império”, os próprios Estados Unidos, incorporando lenta e progressivamente a metodologia de protesto e cultura socialista, algo que já foi provado com êxito na América do Sul.

Viram o modo: os “indignados” através dos “Occupy” ou “ocupas”, que não são mais que a versão remasterizada dos piqueteros argentinos, cortando pontes, avenidas, organizando assentamentos, acampamentos e assembléias em zonas públicas.

Provocações, enfrentamentos com a polícia, imagens de 'Che' Guevara: uma mesma estética da liturgia do neo-comunismo vernáculo. Medem a reação à qual eventualmente se lhe irá subindo a aposta até que finalmente se imponham nas urnas: na aceleração da globalização este é um trabalho que não leva mais de 5 a 10 anos. Na América Latina, desde uma prefeitura a uma presidência deve-se chegar em não mais de 15 anos. Este prazo se reduz hoje em um entorno homogêneo de regimes neocomunistas. No caso dos Estados Unidos, desde a chegada de Obama, o país do norte se permeabilizou, amigável às correntes de esquerda.

Se continuar com a tentativa, o FSP também utilizará novos e falsos placebos opositores nos países que governa: já tentaram sem muito êxito com Wikileaks, que não contribuiu com nada de novo e agora, com Assange processado, utilizam os hackers “Anonymous”, com objetivo idêntico, os quais dizem lutar pela transparência, pela liberdade de expressão e pelos direitos humanos.

Estes Anonymous da internet também são um coletivo “a-partidário, espontâneo e sem lideranças” ao mesmo tempo que consideram “mais que superada a velha dialética esquerda-direita”, desconhecendo as realidades dos países comunistas de hoje.

Do mesmo modo que seus predecessores, os Occupy são “um movimento sem líderes, a-partidário e espontâneo”. Como mostra dessa “espontaneidade” se lançaram à ocupação em Boston, San Francisco, Los Angeles, Portland e Chicago. O grupo Anonymous alentou a ocupação de 52 cidades dos Estados Unidos atuando coordenadamente com os ocupas e obtendo os apoios dos conhecidos socialistas: Noam Chomsky, Michael Moore, Juan Gelman, Yoko Ono e Susan Sarandon, entre outros.

Para 2012, um dos objetivos do FSP é a implantação, até o mês de abril, da Secretaria Regional Estados Unidos, com atividades em Los Angeles, Chicago, Boston e Nova York. Para eles, a esquerda não tem nos Estados Unidos uma verdadeira expressão eleitoral, e pretendem se erigir no futuro como essa opção.

Em seu próprio Documento-Base do Plano de Trabalho 2012, o Foro de São Paulo propõe fortalecer laços com os movimentos de resistência nos Estados Unidos, particularmente com os movimentos de defesa dos migrantes e os de resistência contra a crise como os chamados “ocupa” (occupy).

Assim se expressam:

“Não se deve passar por alto o movimento dos indignados e ocupas na Europa e Estados Unidos. Embora eles não representem uma alternativa eleitoral nem uma frente política homogênea, converteram-se em um referente político de resistência contra o neo-liberalismo”.

E lá estará o FSP nesta ocasião para continuar sua expansão nos Estados Unidos, mesmo sem ter alternativa eleitoral alguma para estas eleições, mas sim para garantir, através do voto latino, o triunfo de Obama, o que lhes permitirá afiançar-se, expandir-se e apresentar-se nas eleições parlamentares e/ou comunitárias em um curto prazo, sob a aparelhagem de algum partido “progressista”, e que tentará esconder os líderes de suas gêneses originária: Castro-Lula-FARC.
Escrito por Viviana Padelin | 13 Março 2012
Fonte

Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a yoda pelo seu post:
klanpaia (01-02-2015), Marcelo Almeida (06-07-2018), Vicki (14-03-2012)
14-03-2012, 02:26 AM
Resposta: #4
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Então Bernardo Kucinsky, sionista e comunista foi fundador dessa porcaria?
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Renatoln pelo seu post:
Marcelo Almeida (06-07-2018)
Aqui você encontra as barrinhas da Hart's Natural pelo menor preço
16-03-2012, 02:34 PM
Resposta: #5
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Man.. Nem li, ninguem tem tempo de ficar 2 ~ 3 horas lendo.. Alguém que leu tudo pode falar o que aconteceu resumidamente?
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Spoown pelo seu post:
Marcelo Almeida (06-07-2018)
16-03-2012, 03:34 PM
Resposta: #6
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Eu falo a mais de um ano, o Foro de São Paulo pretende transformar boa parte da america latina na URBS (União das Republicas Bolivarianas Soviéticas) mas parece que é como falar pra uma porta. A maior parte do povo não pensa nisso.

╔══════════════════════╗
"Ŵαlķιиģ ιи тђε vαllεγ σf тђε ѕђα∂σŵ ι ѕђαll fεαя иσ εvιl.

ßεςαυѕε ι'м тђε ŵσяѕт мστђεя fυςķεя ιи тђατ vαllεγ"
╚══════════════════════╝
Twitter: @Carlos_RSL
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 8 usuários diz(em) obrigado a Cypher3 pelo seu post:
Aileron (15-10-2012), Gulameko (09-11-2014), John Dickinson (28-04-2015), Marcelo Almeida (06-07-2018), Mediador (03-01-2015), Sann (12-04-2012), tdah (13-05-2015), Zebola Estragado (13-04-2012)
12-04-2012, 01:44 AM
Resposta: #7
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras



Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a yoda pelo seu post:
Marcelo Almeida (06-07-2018), Sann (12-04-2012)
Shoyu e Missô Orgânicos Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
12-04-2012, 11:49 PM
Resposta: #8
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Citar:
O modelo brasileiro de Obama


Brasil fiasco: editorial do The Washington Times expõe os fracassos da gestão de Dilma Rousseff, seu passado vergonhoso de terrorista, seu antiamericanismo pueril e ressentido, bem como seu alinhamento com figuras como Fidel Castro, Hugo Chávez e Mahmoud Ahmadinejad.


O presidente Obama recebeu a presidente Dilma Rousseff na casa Branca na última segunda-feira. Uma reportagem publicada antes do encontro dos presidentes fez a seguinte pergunta: “O que poderia Obama aprender da presidente Dilma?” A resposta otimista era: espera-se que não muito. Essa relação não é do interesse dos EUA.

Dilma é um exemplar da esquerda linha dura antiamericana que está unindo os países em desenvolvimento para cercear o poder dos EUA. Um dos principais objetivos da missão da presidente a Washington é a de ganhar o apoio de Obama para a ambição de Brasília de adquirir um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

O apoio americano para esse esquema seria autodestrutivo, uma vez que o Brasil seria seguramente um voto contra os interesses americanos na ONU. Dilma Rousseff, ex-guerrilheira comunista, é uma firme defensora de ditaduras antiamericanas como a dos Castros em Cuba e a de Hugo Chavez na Venezuela.

Ela apoiou os esforços dos mulás iranianos em adquirir capacidade nuclear ao mesmo tempo em que lidera um clube de nações que fazem pressão pelo desarmamento nuclear americano. Se o mundo fosse dividido entre os que estão conosco e os que estão contra nós, Dilma estaria do lado errado.

Obama também não tem nada a aprender do Brasil no campo econômico. Antes de Dilma assumir o poder no ano passado, o gigante país sul-americano parecia finalmente escalar para a sociedade dos países sérios. Lula, antecessor de Dilma, embora também fosse tradicionalmente um esquerdista, deu grandes passos no sentido de aprimorar o clima empresarial do Brasil e o prestígio entre os investidores, modernizando a infraestrutura, trabalhando em conjunto com organizações não governamentais e seguindo uma agenda econômica pró-crescimento moderada.

A percepção de progresso ajudou o Brasil a ganhar a sede das Olimpíadas de 2016 e da Copa do Mundo de 2014, uma conquista suprema para uma população apaixonada por futebol.

Mas Dilma Rousseff reverteu completamente a política fiscal, criando restrições aos mercados, impondo consideravelmente mais burocracia e aumentando os gastos do governo. Assim como Obama nos EUA, o resultado tem sido um drástico declínio econômico.

Durante o auge da administração de Lula, a confiança no comando do Brasil gerou previsões de crescimento econômico de longo prazo de 5% para cima. Mas sob a nova direção estatista da coalizão do governo liderada pelo PT, a economia fracassou, com um crescimento do PIB em 2011 de 2,7%, o menor da América do Sul.

Os prejuízos sofridos pelo país são de interesse dos americanos porque a opressão de Brasília sobre seu povo e sua economia serve como um alerta para a ameaça que um poder estatal desenfreado impõe sobre a democracia.

O aumento da perseguição sobre o grupo conservador Tradição, Família e Propriedade (TFP) expõe os perigos da dissidência em um mundo que está rapidamente se secularizando. Fundada em 1960 para combater o comunismo e promover valores familiares, o TFP, que é bem conhecido em círculos de Washington por sua ativa filial nos EUA, é o principal oponente no Brasil das prioridades esquerdistas como aborto, a censura e as regulamentações que inibem os direitos de propriedade privada.

Por se colocar no caminho do Grande Irmão, o governo foi atrás do TFP. Recentemente o Superior Tribunal de Justiça, um dos tribunais mais importantes do país, julgou em favor de um grupo dissidente, os Arautos do Evangelho.

A decisão, que aconteceu sob grande pressão de autoridades da Igreja, incluindo um representante diplomático do Vaticano, está efetivamente amordaçando o TFP ao distribuir seus recursos entre dissidentes esquerdistas.

Essa história é importante porque o Brasil é agora a sexta maior economia do mundo e líder de uma coalizão de estados de segundo nível que busca vingança contra o que entendem como anos de imperialismo do “primeiro mundo” ocidental.

A narrativa reflete visão espasmódica de “culpar primeiro os americanos” do presidente Obama. Brasília também mostra como as burocracias esquerdistas se movem para reprimir a dissidência por meio da censura e do confisco de bens ao deparar com a oposição pública.

A confabulação desta semana entre Obama e Dilma foi mais para uma sessão de fotos entre dois esquerdistas que cochicham sobre como o mundo poderia ser se eles tivessem mais poder. É sobre o que já está acontecendo com o mundo. (fonte)


















Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a yoda pelo seu post:
Marcelo Almeida (06-07-2018), Mediador (03-01-2015)
13-04-2012, 09:29 AM
Resposta: #9
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Como combater essa máfia? O Foro de São Paulo está na imprensa, na academia, na política, na cultura... Como resistir?
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Gulameko pelo seu post:
Marcelo Almeida (06-07-2018), Mediador (03-01-2015), Voh (17-10-2012)
15-10-2012, 03:43 PM
Resposta: #10
Exclamation RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Pois é... aqui estão eles abrindo o bico e se revelando e mesmo assim o gado não enxerga:












Afff! Confused

"Em tempos de enganosidade universal, dizer a verdade é um ato de restauração"

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Sann pelo seu post:
klanpaia (02-07-2014), Marcelo Almeida (06-07-2018), Mediador (03-01-2015)
Sua pele mais bonita com colágeno hidrolisado
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Mais Paulo Freire? Estudo mostra que qualidade dos novos professores é cada vez pior John Dickinson 52 6,042 08-06-2016 10:01 PM
Última Resposta: John Dickinson
Exclamation Temer quer o fim do Foro de SP? Será? IqueSouza 8 2,940 22-05-2016 06:08 PM
Última Resposta: Nikoloz
  Já que acordou, vai ter que encarar. FORA Foro de SP yoda 15 7,997 12-03-2016 09:32 PM
Última Resposta: John Dickinson
  Foro de São Paulo conspira contra o Brasil GU4RD1ÃO 1 3,456 29-01-2016 10:39 PM
Última Resposta: John Dickinson
  Na escuridão do foro especial, as "cobras" se devoram. Cimberley Cáspio 1 1,354 03-12-2015 01:54 PM
Última Resposta: Mayaman

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 136 usuários online.
» 1 Membros | 135 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,638
» Último Membro: Byll
» Tópicos do Fórum: 25,500
» Respostas do Fórum: 271,671

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Ataque terrorista mata 25 em desfile militar no Iran
Última Resposta Por: Beobachter
Hoje 03:34 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 42
Você conhece a família Ferreira Gomes?
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 02:12 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 78
Em campeonato de corrupção, o Brasil ainda está muito atrás.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 11:41 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 123
Precisamos acabar com a CLT
Última Resposta Por: Beobachter
Hoje 11:04 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 269
Candidato Bolsonaro leva facada
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 11:02 AM
» Respostas: 181
» Visualizações: 10347
Porta do Inferno - República Gramscista do Brasil
Última Resposta Por: Bruna T
Hoje 08:53 AM
» Respostas: 16
» Visualizações: 856
É possível hackers invadirem urnas eletrônicas se elas não são conectadas à internet?
Última Resposta Por: Bruna T
Hoje 08:47 AM
» Respostas: 17
» Visualizações: 605
[VIDEO] A Máfia dos Transplantes de Órgãos e o Caso Paulinho Pavesi
Última Resposta Por: Bruna T
Hoje 08:39 AM
» Respostas: 26
» Visualizações: 26774
Modus Operandi do Jornalismo
Última Resposta Por: Bruna T
Hoje 08:15 AM
» Respostas: 34
» Visualizações: 1053
Por que a esquerda brasileira está muda diante da fome que mata crianças na Venezuela
Última Resposta Por: Bruna T
Hoje 08:00 AM
» Respostas: 30
» Visualizações: 1008
Atentado contra Bolsonaro - Informações
Última Resposta Por: Cecelo
Ontem 09:43 PM
» Respostas: 50
» Visualizações: 2816
Condenada à seca extrema, África do Sul, discute projeto p/rebocar icebergs da Antárt
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 05:24 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 85
O suposto relatório de 300 páginas que sacudirá a Igreja Católica
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Ontem 08:03 AM
» Respostas: 5
» Visualizações: 472
Não subestime o perigo da guerra comercial de Trump com a China
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 01:09 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 203
Alguns pontos da entrevista do Bolsonaro na Globo News
Última Resposta Por: Beobachter
20-09-2018 08:52 PM
» Respostas: 152
» Visualizações: 10190
Somos um povo tipo casal sem vergonha, ou podemos deixar de ser?
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
20-09-2018 06:23 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 157
A Origem da Vida
Última Resposta Por: NoNOM
20-09-2018 05:49 PM
» Respostas: 30
» Visualizações: 1792
Grupo Bilderberg, o que eles podem estar planejando
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
20-09-2018 10:29 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 342
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
20-09-2018 12:23 AM
» Respostas: 986
» Visualizações: 191318
ABORTO
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
19-09-2018 04:27 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 688
Uruçuí-PI - Epidemia que avança sob o silêncio forçado das vítimas.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
19-09-2018 03:34 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 255
(Importante) III Guerra Mundial
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
19-09-2018 03:11 PM
» Respostas: 690
» Visualizações: 441654
Imposto Justo
Última Resposta Por: tarcardoso
19-09-2018 10:07 AM
» Respostas: 3
» Visualizações: 256
Maduro banqueteia em restaurante caro enquanto o povo passa fome.
Última Resposta Por: Neo1
18-09-2018 07:12 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 336
Plano dos EUA Para Invasão do Brasil
Última Resposta Por: klanpaia
18-09-2018 06:14 PM
» Respostas: 27
» Visualizações: 22380
Daciolo denuncia Nova Ordem Mundial e pede volta de voto em papel em debate
Última Resposta Por: Nikoloz
18-09-2018 03:42 PM
» Respostas: 52
» Visualizações: 3267
Governo estuda tornar obrigatória vacinação de crianças.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
18-09-2018 03:15 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 153
Grécia:"o sentimento no país é de que não há futuro.O pessimismo chegou para ficar."
Última Resposta Por: Nikoloz
18-09-2018 02:54 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 355
Tudo que está na Wikipédia é confiável?
Última Resposta Por: pablo_hp
18-09-2018 10:10 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 186
Para a NOM, é proibido permitir uma vida decente para todos.
Última Resposta Por: pablo_hp
18-09-2018 09:07 AM
» Respostas: 3
» Visualizações: 265

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial