Irrigador Nasal Lota pelo menor preço você encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 3 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
O Foro de São Paulo sem máscaras
04-02-2013, 03:52 PM
Resposta: #11
Exclamation RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Coisa "braba" esse fórum de SP... afff! ConfusedDodgy

"Em tempos de enganosidade universal, dizer a verdade é um ato de restauração"

Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Sann pelo seu post:
Doc S (06-07-2018), Marcelo Almeida (12-07-2018)
Você encontra o Sal Rosa do Himalaya pelo menor preço na Tudo Saudável
29-04-2013, 02:08 AM
Resposta: #12
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
A única salvação para nosso país é a educação , pessoas instruídas estão mais preparadas para liderar a massa, o fato é que a democracia em que vivemos não passa de uma ditadura das massas , massas essas manipuladas por nossos governantes que possuem todas as ferramentas em suas mãos .

Temos que mudar nossas raizes , o Brasil e a america latina sofrem pela herança maldita da Igreja católica , o poder do favorecimento e do nepotismo já faziam o mesmo papel que hj é ocupado pelo Capital , aos amigos tudo aos inimigos a LEI , criar consciência social no ovo brasileiro é uma missão quase impossivel , o nosso clima e os recursos naturais nos atrapalham , nunca precisamos nos unir para sobreviver , para não morrer de frio ou de fome , esses são fatores que no momento da criação de um povo são importantes e nós não temos .

Sair da zona de conforto é algo muito dificil , quem aqui vai abrir mão da sua individualidade e ir a luta para mudar o país ? eu que não , posso vir aqui discutir esses topicos com pessoas que tem o mesmo nivel de percepção e cultura que eu mas dai a ir a luta contra forças obscuras e sem escrupulos existe um abismo gigante .

eu recomendaria a FÉ mas sou uma pessoa agnostica , tenho fé na vida e no amor mas não abdico de minha responsabilidade , essa luta é nossa e se existe algum Deus ele não vai fazer nada .

obrigado pelas informações sobre o foro.

devemos continuar na BUSCA.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a Busca pelo seu post:
Chronoplast (06-05-2013), Doc S (06-07-2018), Marcelo Almeida (12-07-2018), Sensato (15-12-2014), yuryrodrigues (29-04-2013)
08-11-2014, 09:16 PM
Resposta: #13
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
A maior trama criminosa de todos os tempos

Olavo de Carvalho
Digesto Econômico, setembro/outubro/nov/dez de 2007



O pioneiro inconteste na investigação do fenômeno "Foro de São Paulo" foi o advogado paulista José Carlos Graça Wagner, homem de inteligência privilegiada, que muito me honrou com a sua amizade. Ele já falava do assunto, com aguda compreensão da sua importância histórica e estratégica, por volta de 1995, quando o conheci. Em 1999, a documentação que ele vinha coletando sobre a origem e as ações da entidade lotava um cômodo inteiro da sua casa, e uma prova da criteriosidade intelectual do pesquisador foi que só a partir de então ele se sentiu em condições de começar a escrever um livro a respeito. Na ocasião, ele me chamou para ajudá-lo no empreendimento, mas eu estava de partida para a Romênia e, com muita tristeza, declinei do convite.

Maior ainda foi a tristeza que experimentei anos depois, quando, ao retomar o contato com o Dr. Wagner, soube que o projeto tinha sido interrompido por uma onda súbita e irrefreável de revezes financeiros e batalhas judiciais, que terminaram por arruinar a saúde do meu amigo e de sua esposa, ambos já idosos. Não sai da minha cabeça a suspeita de que a perigosa investigação em que ele se metera teve algo a ver com a repentina liquidação de uma carreira profissional até então marcada pelo sucesso e pela prosperidade.

Ele tinha negócios nos EUA e era também lá, nas bibliotecas e arquivos de Miami e de Washington D.C., que ele coligia a maior parte do material sobre o Foro. Nos últimos anos, a pesquisa havia tomado um rumo peculiar. O Dr. Wagner esperava encontrar provas de uma ligação íntima entre o Foro de São Paulo e uma prestigiosa entidade da esquerda chique americana, o "Diálogo Interamericano". Não sei se essa prova específica existe ou não, nem se ela é realmente necessária para demonstrar algo que metade da América já conhece por outros e abundantes sinais, isto é, que os líderes mais barulhentos do Partido Democrata são notórios protetores de movimentos revolucionários e terroristas (de modo que o Foro, se acrescentado à lista, não modificaria em grande coisa as biografias desses personagens vampirescos).

O que sei é que o começo da ruína pessoal do meu amigo data aproximadamente de uma entrevista que ele deu ao Diário Las Américas, importante publicação de língua espanhola em Miami, na qual falava do Foro de São Paulo e de suas relações perigosas com o "Diálogo". Mas isto já seria matéria para outra investigação, e longe de mim a intenção de explicar obscurum per obscurius. Mesmo sem poder prometer a solução para esse aspecto particularmente enigmático do problema, uma coisa posso garantir: os arquivos do Dr. Wagner, recentemente postos à disposição da equipe de pesquisadores do Mídia Sem Máscara e da Associação Comercial de São Paulo, pela generosidade de José Roberto Valente Wagner, permitem retomar a investigação com a esperança de que antes de um ano teremos pelo menos a história interna do Foro de São Paulo reconstituída praticamente mês a mês. Então será possível colocar em bases mais sólidas a questão do "Diálogo", mas antes disso será preciso resolver outro enigma, bem mais urgente e bem mais próximo de nós.

Vou formular esse enigma mediante o contraste entre duas ordens de fatos:

Primeira: O Foro de São Paulo é a mais vasta organização política que já existiu na América Latina e, sem dúvida, uma das maiores do mundo. Dele participam todos os governantes esquerdistas do continente. Mas não é uma organização de esquerda como outra qualquer. Ele reúne mais de uma centena de partidos legais e várias organizações criminosas ligadas ao narcotráfico e à indústria dos seqüestros, como as FARC e o MIR chileno, todas empenhadas numa articulação estratégica comum e na busca de vantagens mútuas. Nunca se viu, no mundo, em escala tão gigantesca, uma convivência tão íntima, tão persistente, tão organizada e tão duradoura entre a política e o crime.

Segunda: Durante dezesseis anos, todos os jornais, canais de TV e estações de rádio deste País – todos, sem exceção, inclusive aqueles que mais se gabavam de primar pelo jornalismo investigativo e pelas denúncias corajosas – se recusaram obstinadamente a noticiar a existência e as atividades dessa organização, malgrado as sucessivas advertências que lhes lancei a respeito, em todos os tons possíveis e imagináveis. Do aviso solícito à provocação insultuosa, das súplicas humildes às argumentações lógicas mais persuasivas, tudo foi inútil. Quando não me respondiam com o silêncio desdenhoso, faziam-no com desconversas levianas, com objeções céticas inteiramente apriorísticas, que dispensavam qualquer exame do assunto, com observações sapientíssimas sobre o meu estado de saúde mental ou com a zombaria mais estúpida e pueril que se pode imaginar. Reagindo a essa pertinaz negação dos fatos, fiz publicar no jornal eletrônico Mídia Sem Máscara as atas quase completas das assembléias e grupos de trabalho do Foro de São Paulo. A volumosa prova documental mostrou-se incapaz de demover os negacionistas. Eles pareciam hipnotizados, estupidificados, mentalmente paralisados diante de uma hipótese mais temível do que seus cérebros poderiam suportar na ocasião.

O Foro de São Paulo reúne mais de uma centena de partidos legais e várias organizações criminosas ligadas ao narcotráfico e à indústria dos seqüestros, como as FARC e o MIR chileno.

A publicação das atas teve porém duas conseqüências importantes. De um lado, o site oficial do Foro, http://www.forosaopaulo.org, foi retirado do ar às pressas, para só voltar meses depois, em versão bastante expurgada. De outro lado, entre os jornalistas e analistas políticos, a afetação de desprezo pelo asunto cedeu lugar à negação ostensiva, pública, da existência mesma do Foro de São Paulo. Dois personagens destacaram-se especialmente nesse servicinho sujo: o inglês Kenneth Maxwell e o brasileiro Luiz Felipe de Alencastro. Para anunciar ao mundo a completa inexistência da entidade que eu denunciava, ambos – por ironia, historiadores de profissão – usaram como tribuna ou megafone o pódio do CFR, Council on Foreign Relations, o mais poderoso think tank americano, dando assim à ignorância dolosa (ou à mentira grotesca) o aval de uma autoridade considerável. Quem ainda tenha ilusões quanto à confiabilidade intelectual da profissão acadêmica, mesmo exercida nos chamados "grandes centros" (Alencastro é professor na Universidade de Paris, e Maxwell é o consultor supremo do próprio CFR em assuntos brasileiros), pode se curar dessa doença mediante a simples notificação desses fatos.

Mas aí a hipótese da mera ignorância organizada começa a ceder lugar à suspeita de uma trama consciente bem maior do que a nossa paranóia poderia imaginar. Membros importantes do CFR tiveram contatos próximos com as organizações criminosas participantes do Foro de São Paulo, cuja existência, portanto, não poderiam ignorar (leia-se a respeito o meu artigo "Por trás da subversão", Diário do Comércio, dia 05 de junho de 2006, http://www.olavodecarvalho.org/semana/060605dc.html). Em suma, o Brasil parecia estar preso entre as malhas de uma articulação criminosa, que envolvia, ao mesmo tempo, a totalidade dos partidos de esquerda latino-americanos, o grosso da classe jornalística nacional, as principais gangues de narcotraficantes do continente e, por fim, uma parcela nada desprezível da elite política e financeira norte americana.

A gravidade desses fatos mede-se pela amplitude e persistência da sua ocultação. Crescendo em segredo, o Foro de São Paulo tornou-se o motor principal das transformações históricas no continente, ao mesmo tempo que a ignorância geral a respeito fazia com que os debates públicos – e portanto a totalidade da vida cultural – se afastasse cada vez mais da realidade e se transformasse numa engenharia da alienação, favorecendo ainda mais o crescimento de um esquema de poder que se alimentava gostosamente da sua própria invisibilidade. A queda vertiginosa do nível de consciência pública nessas condições, era não só previsível como inevitável. As opiniões circulantes tornaram-se uma dança grotesca de irrelevâncias, desconversas e erros maciços, ao mesmo tempo em que a violência e a corrupção cresciam ante os olhos atônicos do público e dos formadores de opinião, cada um apegando-se às explicações mais desencontradas, extemporâneas e impotentes. Muitas décadas hão de passar antes que a devastação psicológica resultante desse quadro possa ser revertida. O fabuloso concurso de crimes que a determinou não tem paralelo na história universal.

Um dos aspectos mais grotescos da situação é a facilidade com que os culpados se desvencilham de qualquer tentativa de denúncia, qualificando-a de "teoria da conspiração". Mas quem falou em conspiração? O que vemos é uma gigantesca movimentação de recursos, de poderes, de organizações, de correntes históricas, que para permanecer imune à curiosidade popular não precisa se esconder em porões, mas apenas apostar na incapacidade pública de apreender a sua complexidade inabarcável e de acreditar na existência de tanta malícia organizada.

O Foro é uma entidade sui generis, sem correspondência em qualquer época ou país. Longo tempo depois de extinto, como espero venha a sê-lo um dia, ele ainda constituirá um enigma e um desafio ao tirocínio dos historiadores. Para nós, ele é mais do que isso. É o inimigo "onipresente e invisível" sonhado por Antonio Gramsci.

FONTE - http://www.olavodecarvalho.org/semana/07...omico.html
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a GU4RD1ÃO pelo seu post:
Marcelo Almeida (12-07-2018), yoda (09-11-2014)
09-11-2014, 11:24 AM
Resposta: #14
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Como diria o Felipe Moura Brasil, o PT está há 40 anos empreendendo uma guerra cultural para chegar ao poder.

Não é com algumas semanas no Facebook que a gente vai dar conta de reagir.

________________________

Ajudem o Fórum AntiNOM: http://www.tudosaudavel.com/?afiliado=6
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 6 usuários diz(em) obrigado a Gulameko pelo seu post:
dougglasrb (09-11-2014), John Dickinson (28-04-2015), luchmalaq (09-11-2014), Marcelo Almeida (12-07-2018), Mediador (09-11-2014), yoda (09-11-2014)
Maca Peruana pelo menor preço você encontra na Tudo Saudável
28-04-2015, 09:13 PM
Resposta: #15
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Foro de São Paulo: Carta de 22 de outubro parabeniza Dilma pela vitória do dia 26


Em seu site oficial o Foro de São Paulo divulgou uma carta da ANN (Alternativa Nueva Nacion) da Guatemala onde o grupo parabeniza Dilma pela vitória no segundo turno.

A carta foi divulga no dia quatro de novembro:

[Imagem: 42.png?resize=600%2C169]

Contudo a data da carta é de 22 de outubro como pode ser visto no print:

[Imagem: guat.png?resize=600%2C115]

[Imagem: 3m.png?resize=600%2C112]

FONTE:Liberdade Econômica
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a John Dickinson pelo seu post:
Marcelo Almeida (12-07-2018)
13-05-2015, 04:58 AM
Resposta: #16
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
[Imagem: 11140028_814981838585269_4779151044405875033_n.jpg]
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Alkin pelo seu post:
luchmalaq (13-05-2015), Marcelo Almeida (12-07-2018), pequeno gafanhoto (13-05-2015), tdah (13-05-2015)
14-05-2015, 12:02 AM
Resposta: #17
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Acho que ninguém está preparado para a ditadura comunista do FSP. Se ocorrer de verdade vai ser um período dramático para o povo brasileiro acostumado a festas, carnaval e futebol.

Numa ditadura comunista é comum que o governo promova perseguições de opositores, cristãos, homossexuais, comerciantes e agricultores. Também é natural que o governo tome as propriedades privadas das pessoas. Mas no Brasil, a ditadura pode ser diferente. O PT pode soltar os bandidos presos para que eles possam promover a violência generalizada com perseguições, assaltos e assassinatos. Pronto ! Já estaria do jeito que os comunistas querem, depois é só matar os bandidos.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a luchmalaq pelo seu post:
Alkin (14-05-2015), Gulameko (18-05-2016), Justo (14-05-2015), Marcelo Almeida (12-07-2018)
Compre o Melhor do Mel e Derivados na Tudo Saudável
06-07-2018, 11:45 AM
Resposta: #18
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
Com a presença das FARC, o objetivo do Foro de São Paulo se consolida como sendo a consolidação do Narcossocialismo do século XXI para a América Latina.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
29-08-2018, 03:13 PM
Resposta: #19
RE: O Foro de São Paulo sem máscaras
(02-09-2011 07:20 PM)yoda Escreveu:  
Depois de esconder por dezesseis anos a existência da mais poderosa entidade política latino-americana, a mídia chique deste país, vencida pela irrefreável divulgação dos fatos na internet, trata agora de disfarçar, como pode, o mais torpe e criminoso vexame jornalístico de todos os tempos.

O expediente que usa para isso é ainda mais depravado: caluniar, difamar, sujar a reputação daqueles poucos que honraram os deveres do jornalismo enquanto ela não se ocupava senão de prostituir-se, vendendo silêncio em troca de verbas estatais de propaganda.

Envergonhada de si mesma, ela não tem nem a dignidade de citar nominalmente essas honrosas exceções. Designa-as impessoalmente, fingindo superioridade, mediante pejorativos genéricos. O mais comum é “radicais de direita”. Encontro-o de novo no artigo “Os limites de uma onda esquerdista”, assinado por César Felício no jornal Valor no último dia 12.

O autor é uma nulidade absoluta, e eu jamais comentaria uma só linha da sua fabricação se as nulidades não se tivessem tornado, num jornalismo de ocultação, os profissionais mais necessários e bem cotados. Por favor, não me acusem de caçar mosquitos. Compreendam o meu drama: nas presentes circunstâncias, a recusa de falar de nulidades me deixaria totalmente desprovido de material nacional para esta coluna.

A primeira coisa que tenho a dizer a esse moleque é bem simples: Radical de direita é a vó. Antigamente chamava-se por esse qualificativo o sujeito que advogasse a matança sistemática de comunistas como os comunistas advogam e praticam a matança sistemática de populações inteiras.

Hoje em dia, para ser carimbado como tal, basta você ser contra o aborto ou o casamento gay. Basta você achar que o Foro de São Paulo existe e é perigoso. Basta você fazer as contas e notar que centenas de prisioneiros morreram de tortura na Guantanamo cubana e nenhum na americana.

Basta você apelar à matemática elementar e concluir que a guerra do Iraque matou muito menos gente do que o regime de Saddam Hussein sob os olhos complacentes da ONU. Se você incorre em qualquer desses pecados mortais, lá vem o rótulo infamante grudar-se na sua pessoa indelevelmente, como marca de escravo fujão ou ferrete de gado.

E não vem por via de nenhum jornaleco de partido, de nenhum panfleto petista. Vem pela Folha de São Paulo, pelo Globo, pelo Estadão, pelo jornal Valor – os órgãos da burguesia reacionária, segundo o site oficial do PT.

Que é que posso concluir disso, objetivamente, senão que a esquerda radical conseguiu impor à grande mídia a sua escala de mensuração ideológica e o correspondente vocabulário, agora aceitos como opinião centrista, equilibrada, mainstream, enquanto as opiniões que eram da própria grande mídia ontem ou anteontem já não podem ser exibidas ante o público porque se tornaram politicamente incorretas?

Será extremismo de direita concluir que o eixo, o centro, se deslocou vertiginosamente para a esquerda, criminalizando tudo o que esteja à direita dele próprio?

Será extremismo de direita concluir que a única direita admitida como decente na mídia chique é o tucanismo – abortista, gayzista, quotista racial, desarmamentista, politicamente corretíssimo, padrinho do MST e filiado à internacional socialista, além de bettista e boffista, quando não abertamente anticristão? Será extremismo direitista notar que o traço mais saliente dessa direita bem comportadinha é a abstinência radical de qualquer veleidade anticomunista?

Será extremismo de direita entender que esse fenômeno é a manifestação literal e exata da hegemonia tal como definida por Antonio Gramsci? Será extremismo de direita concluir que o establishment midiático deste país é, no seu conjunto, um órgão da esquerda militante mesmo nos seus momentos de superficial irritação antipetista, quando jamais proferiu contra o partido dominante uma só crítica que não viesse de dentro da esquerda mesma e que não fosse previamente expurgada de qualquer vestígio de conteúdo ideológico direitista?

Qualquer pessoa intelectualmente honesta sabe que um juízo de fato não pode ser derrubado mediante rotulação infamante. Tem de ser impugnado pelo desmentido dos fatos. Se quiser rotulá-lo, faça-o depois de provar que é falso. Não antes. Não em substituição ao desmentido. Ora, o tal Felício, em vez de desmentido, fornece uma brutal confirmação. Vejam só:

“O grupo que se reúne a partir de hoje em San Salvador... atende pelo nome de ‘Foro de São Paulo’ e nasceu sob o patrocínio do PT, em 1990. Os encontros anuais não costumam chamar muita atenção, a não ser de certos radicais de direita no Brasil.”

Ora, como é possível que encontros esquerdistas anuais repetidos ao longo de uma década e meia, com centenas de participantes, entre os quais vários chefes de Estado, não chamem atenção exceto de radicais de direita? Ninguém na esquerda prestou atenção ao Foro de São Paulo?

O sr. Lula fez um discurso presidencial inteiro a respeito sem prestar a mínima atenção à entidade da qual falava? Antes disso, quando presidia pessoalmente as sessões da entidade até 2002, não lhes prestou nenhuma atenção?

Entrava em transe hipnótico e balbuciava mensagens do além, sem se lembrar de nada ao despertar? Os jornalistas de esquerda que, às dezenas, compareceram aos debates, foram lá por pura desatenção, dormiram durante as assembléias e voltaram para casa sem coisa nenhuma para contar?

O sr. Bernardo Kucinsky, um dos fundadores da entidade, que emocionado assistiu ao nascimento dela num encontro entre Fidel Castro e Lula, não prestou a mínima atenção àquele momento supremo da sua vida de militante esquerdista?

Pago com dinheiro público para relatar aos eleitores os atos presidenciais, calou-se por mera distração, e também por mera distração guardou os fatos para contá-los depois no seu livro de memórias, onde só os colocou porque não tinham a mínima importância?

Ora, menino bobo, você não sabe a diferença entre a desatenção e a atenção extrema acompanhada de um propósito deliberado de ocultar?

Que você seja desprovido do senso da verdade, vá lá. Sem isso não se sobe no jornalismo brasileiro. Mas será que você precisa também desprover-se do senso do ridículo ao ponto de tentar minimizar a importância do Foro e logo em seguida, citando documento oficial da entidade, alardear que “ na primeira reunião do grupo, em 1990, os integrantes estavam no governo em um único país: Cuba.

Hoje desfrutam o poder na Venezuela, Brasil, Bolívia, Nicarágua, Argentina, Chile, Uruguai e Equador”? Você acha mesmo que a organização que planejou e dirigiu a mais espetacular e avassaladora expansão esquerdista já observada no continente é um nada, um nadinha, no qual só radicais de direita ou teóricos da conspiração poderiam enxergar alguma coisa?

Na verdade, o próprio Felício enxerga ali alguma coisa. Ele cita o documento oficial: “Passamos a controlar uma cota de poder, mas as outras cotas continuam sob controle das classes dominantes.

Os chamados mercados, as grandes empresas de comunicação, os setores da alta burocracia do Estado, os comandos centrais das Forças Armadas, os poderes Legislativo e Judiciário, além da influência dos governos estrangeiros, competem com o poder que possuímos.”

Ou seja: a entidade que já domina os governos de nove países não admite, não suporta, não tolera que parcela alguma de poder, por mais mínima que seja, esteja fora de suas mãos. Nem mesmo as empresas de comunicação e o judiciário, sem cuja liberdade a democracia não sobrevive um só minuto.

Com a maior naturalidade, como se fosse uma herança divina inerente à sua essência, o Foro de São Paulo, com a aprovação risonha do nosso partido governante, reivindica o poder ditatorial sobre todo o continente.

Felício lê esse documento assim: “Os limites a um poder absoluto parecem incomodar os participantes do encontro.” Parecem, apenas parecem. Quem ficaria alarmado com aparências, senão radicais de direita? Afinal, eles vivem enxergando comunistas embaixo da cama, não é mesmo?

Para tranqüilizar a população, Felício trata de lhe mostrar que no Foro não há socialismo nenhum, apenas o bom e velho populismo nacionalista, tão difamado pelos agentes do imperialismo. “Um mesmo discurso estava presente na oposição a Perón e a Getúlio nos anos 40 e 50. Reapareceu, quase igual, no tipo de ataque recebido ano passado por Lopez Obrador no México e Evo Morales na Bolívia.”

A circunstância de que, ludibriados por milhares de Felícios, até membros da oposição temam dar nome aos bois, preferindo falar de “populismo” em vez de comunismo, é usada como prova de que o Foro não é uma organização comunista.

O fato é que as idéias e as pessoas dos velhos populistas jamais aparecem citadas nos documentos do Foro como exemplos a ser imitados. Ao contrário, os apelos à tradição revolucionária comunista ressurgem a cada linha, com todos os seus heróis e símbolos, com todos os cacoetes lingüísticos medonhos do jargão marxista-leninista mais típico e obstinado, acompanhados da declaração explícita, infindavelmente repetida, de que a meta é o socialismo.

Mas, decerto, todos os participantes do Foro, todos aqueles tarimbados militantes revolucionários treinados em Cuba, na China e na antiga URSS, estão equivocados quanto à sua própria ideologia e metas. Eles apenas pensam que são comunistas, socialistas, marxistas.

Felício é quem, penetrando com seus olhos de raios-x no fundo das almas deles, sabe que não são nada disso. São getulistas que se ignoram.

A prova? Ele não se recusa a fornecê-la. É esta: “Antes de ser uma verdadeira marcha ao socialismo, a ofensiva de Chávez... sugere a coroação de um processo de concentração de poder ”. Entenderam a lógica profunda? Se é concentração de poder, não é socialismo. Pena que ninguém avisou disso Marx, Lênin, Stalin, Mao, Fidel e Che Guevara.

Todos eles sempre entenderam, ao contrário, que a concentração de poder é a única via para o socialismo, é a essência mesma do processo revolucionário. Mas talvez estivessem enganados, tanto quanto a turminha do Foro. Quem entende do negócio é César Felício.

No tempo em que havia jornalismo no Brasil, um sujeito como esse não seria designado para cobrir nem partida de futebol de botão. Hoje ele é uma espécie de modelo, reproduzido às centenas em todas as redações.

O resultado é óbvio. Faça um teste. Segundo pesquisa da Folha de São Paulo, a opinião majoritária dos brasileiros é acentuadamente conservadora. É contra o casamento gay, contra o aborto, contra as quotas raciais, contra o desarmamento civil. É contra tudo o que os Felícios amam.

É até a favor da pena de morte para crimes hediondos. E confia infinitamente mais nas forças armadas do que na classe jornalística que as difama sem cessar. Quantos jornalistas, nas redações das empresas jornalísticas de grande porte, se alinham com essa opinião majoritária? Não fiz nenhuma enquete, mas, por experiência pessoal, afirmo: poucos ou nenhum. A leitura diária dos jornais confirma isso da maneira mais patente.

A opinião pública brasileira não é refletida nem representada pela grande mídia. Não tem direito a voz, a não ser por exceção raríssima concedida a algum colaborador ocasional só para depois ser exibida como exemplo de aberração extremista, felizmente compensada pela pletora de articulistas serenos, normais e equilibrados que igualam George W. Bush a Hitler e Abu-Ghraib a Auschwitz.

A idéia mesma de que uma mídia só pode ser equilibrada quando reflete proporcionalmente a divisão das correntes de opinião no país já desapareceu por completo da memória nacional. O simples ato de enunciá-la tornou-se prova de direitismo radical.

Resultado: a elite microscópica de tagarelas esquerdistas que domina as redações (não mais de duas mil pessoas) se permite tomar a sua própria opinião como medida da normalidade humana, condenando como patológicas e virtualmente criminosas as preferências gerais da nação.

Quem se coloca em tais alturas está automaticamente liberado de prestar quaisquer satisfações à realidade. Não quer conhecê-la, quer transformá-la.

Para transformá-la, não é preciso mostrar os fatos às pessoas: é preciso alimentá-las de crenças imbecis que as induzam a se comportar da maneira mais adequada para favorecer a transformação. Da classe empresarial que lê o jornal Valor, que é que se espera? Que permaneça idiotizada e passiva, embriagada de falsa segurança, incapaz de mobilizar-se em tempo para se opor à onda revolucionária que vai submergindo o continente.

Foi para isso que os Felícios lhe negaram por dezesseis anos o conhecimento do Foro de São Paulo. É para isso que, hoje, não podendo mais levar adiante a operação-sumiço, apelam à operação-anestesia, chamando-a, cinicamente, de jornalismo.

E são pagos para fazer isso pelos próprios empresários de mídia, aqueles mesmos cujas empresas o Foro de São Paulo promete calar ou expropriar junto com todos os demais instrumentos de exercício da liberdade, num futuro mais breve do que todos imaginam.

Fonte do artigo, clique aqui





Atas do Foro de SP, clique aqui

Se manifestam na mídia e pedem o fim do Imperialismo

________________________________________________________________________________​__________________________________________

A história

O Foro de São Paulo (FSP) é um encontro de partidos políticos e organizações não governamentais de esquerda da América Latina e Caribe.

O Foro foi constituído em 1990 quando, juntamente com Fidel Castro, ex-ditador de Cuba (ficou no poder de 1959 a fevereiro de 2008 )o Partido dos Trabalhadores brasileiro convidou outros partidos e movimentos sociais e revolucionários da America Latina e do Caribe para discutir alternativas às políticas neoliberais dominantes na América Latina da década de 1990 e promover a integração econômica, política e cultural da região.

Segundo a organização, atualmente mais de 100 partidos e organizações políticas participam dos encontros. As posições políticas variam dentro de um largo espectro, que inclui partidos social-democratas, organizações comunitárias, sindicais e sociais inspirados pela Igreja Católica, grupos étnicos e ambientalistas, organizações nacionalistas, partidos comunistas e grupos guerrilheiros.

Esses últimas, porém, a exemplo das FARC, embora não tenham sido formalmente banidos do Foro, têm tido seu acesso eventualmente dificultado.

O Forum foi criado em 1990 pelo Partido dos Trabalhadores, em São Paulo, onde a reunião realizou pela primeira vez. Desde então, o FSP tem acontecido a cada um ou dois anos, em diferentes cidades: Manágua (1992), Havana (1993), Montevidéu (1995), San Salvador (1996), Porto Alegre (1997), México (1998), Manágua (2000), Havana (2001), Antígua (2002), Quito (2003), São Paulo (2005), San Salvador (2007) e Montevidéu (2008).

A ideia do Foro de São Paulo surgiu em julho de 1990, durante uma visita feita por Fidel Castro a Lula, ex-presidente do Brasil em São Bernardo do Campo, e foi formalizada quando 48 organizações, partidos e frentes de esquerda da América Latina e do Caribe, atendendo a convite do Partido dos Trabalhadores, reuniram-se na cidade de São Paulo visando debater a nova conjuntura internacional pós-queda do Muro de Berlim (1989), elaborar estratégias para fazer face ao embargo dos Estados Unidos a Cuba e unir as forças de esquerda latino-americanas no debate das consequências da adoção de políticas supostamente neoliberais pela maioria dos governos latino-americanos da época.

No encontro seguinte, realizado na Cidade do México, em 1991, com a participação de 68 organizações e partidos políticos de 22 países, examinou-se a situação e a perspectiva da América Latina e do Caribe frente à reestructuração hegemônica internacional. Na ocasião, consagrou-se o nome "Foro de São Paulo".

________________________________________________________________________________​__________________________________________
Membros

Argentina

Frente Grande
Frente Transversal Nacional y Popular
Movimiento Libres del Sur
Partido Comunista
Partido Comunista – Congreso Extraordinario
Partido Comunista Revolucionario
Partido Humanista
Partido Intransigente
Partido Obrero Revolucionario-Posadista
Partido Socialista
Partido Solidario
Unión de Militantes por el Socialismo.

Bolívia
Movimiento al Socialismo
Movimiento Bolivia Libre
Partido Comunista de Bolivia

Brasil

Partido Democrático Trabalhista
Partido Comunista do Brasil
Partido Comunista Brasileiro
Partido Socialista Brasileiro
Partido dos Trabalhadores


Chile

Izquierda Cristiana
Partido Comunista
Partido Humanista
Partido Socialista

Colômbia

Polo Democrático Alternativo
Presentes por el Socialismo
Partido Comunista Colombiano
Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia - FARC

A partir do ano 2005, o Partido dos Trabalhadores não permitiu que as FARC a participasse mais no foro. As FARC pediu formalmente uma participação ativa no foro. ( Será, então por que o Lula se encontra com o General das FARC? Para colocar a conversa em dia...sempre em lugares diferentes.

Cuba
Partido Comunista de Cuba

Equador

Movimiento de Unidad Plurinacional Pachakutik – Nuevo País
Movimiento PAIS
Movimiento Popular Democrático
Partido Comunista de Ecuador
Partido Comunista Marxista-Leninista del Ecuador
Partido Socialista-Frente Amplio

El Salvador
Frente Farabundo Martí para la Liberación Nacional

Guatemala
Alianza Nueva Nación
Unidad Revolucionaria Nacional Guatemalteca

Martinica
Pati Kominis pou Lendépandans eh Sosyalizm
Conseil National des Comités Populaires

México
Partido de los Comunistas Mexicanos
Partido Comunista de México
Partido de la Revolución Democrática
Partido del Trabajo

Nicarágua
Frente Sandinista de Libertação Nacional

Panamá
Partido del Pueblo de Panamá

Paraguai
Partido Popular Tekojoja
Partido Convergencia Popular Socialista
Partido Comunista Paraguayo
Partido del Movimiento al Socialismo
Partido País Solidario

Peru
Partido Comunista del Perú-Patria Roja
Partido Comunista Peruano
Partido Nacionalista del Perú
Partido Socialista

Porto Rico
Frente Socialista
Movimiento Independentista Nacional Hostosiano
Partido Nacionalista de Puerto Rico

República Dominicana

Alianza por la Democracia
Fuerza de la Revolución
Movimiento Izquierda Unida
Partido Comunista del Trabajo
Partido de la Liberación Dominicana
Partido de los Trabajadores Dominicanos
Partido Revolucionario Dominicano

Uruguai

Frente Amplio
Asamblea Uruguay
Corriente de Unidad Frenteamplista
Movimiento de Participación Popular
Movimiento de Liberación Nacional Tupamaros (integra o MPP)
Partido Comunista de Uruguay
Partido Obrero Revolucionario Troskista-Posadista
Partido por la Victoria del Pueblo
Partido Socialista de los Trabajadores
Partido Socialista de Uruguay
Vertiente Artiguista (integrantes del Frente Amplio)
Movimiento 26 de Marzo

Venezuela

Liga Socialista
Movimiento Electoral del Pueblo
Partido Comunista de Venezuela
Partido Socialista Unido de Venezuela
Patria Para Todos
________________________________________________________________________________​__________________________________________

[Imagem: 200px-FSP110903.jpeg]

________________________________________________________________________________​__________________________________________

ENTENDA EM 10 CAPÍTULOS, clique aqui
________________________________________________________________________________​__________________________________________

OS COMBATENTES, clique aqui e descubra

________________________________________________________________________________​__________________________________________




________________________________________________________________________________​__________________________________________
Eu as vezes começo a perceber que tudo realmente faz sentido porque não é possível...Existe um controle mental ou uma hipnose televisiva e midiática.

As pessoas não questionam isso
Desde quando precisamos de Foro, Sociedades para decidir por nós?

Será que todos querem se submeter a isso?
Nós precisamos saber o que as pessoas querem para si e sua vida.

Para assim saber como lutar e ajudar, porque não é possível.

Se julgam-se tão conhecedores da política por que não criam um Foro Anticorrupção? Lema para o Corrupto: Roubou. Será preso, julgado e condenado, isso é que o lei manda. Não é juiz. E a Lei.

Esses senhores precisam saber que o Brasil é o nosso.
Não pertence uma ideologia de realizações partidárias e ideológicas seja esquerda ou direita...pois fazem parte de um grande teatro combinado.

Não esta escrito em nenhum lugar que devemos estar submetidos a eles.
Não esta escrito que devemos aceitar a Corrupção, que é velha.
Não está escrito que temos que ficar omissos e indiferentes.

Está escrito que podemos escolher, entre o bem o mal. Nós no fundo sempre soubemos diferencia-los.
Está escrito que poderemos Fazer coisas maiores, do que ele fez.

Está na hora
A nossa hora

Hora a qual, a ideia chegou e não será vencida

Basta querermos.
Não quero me sentir como o Exército de um homem só

Ninguém precisa gostar de mim e nem dos meus posts
Basta compartilhar o mesmo sentimento, buscar a Verdade, nada mais do que a verdade,

Prepare-se
Junte-se
Lute

O tempo está acabando.
Não poderemos voltar
Só mudar.


Não queira a mudança, seja você a mudança





Este é o melhor artigo e o mais consentâneo com os objetivos deste forum, que eu já vi publicado aqui nesse espaço.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Mais Paulo Freire? Estudo mostra que qualidade dos novos professores é cada vez pior John Dickinson 52 6,094 08-06-2016 10:01 PM
Última Resposta: John Dickinson
Exclamation Temer quer o fim do Foro de SP? Será? IqueSouza 8 2,965 22-05-2016 06:08 PM
Última Resposta: Nikoloz
  Já que acordou, vai ter que encarar. FORA Foro de SP yoda 15 8,036 12-03-2016 09:32 PM
Última Resposta: John Dickinson
  Foro de São Paulo conspira contra o Brasil GU4RD1ÃO 1 3,512 29-01-2016 10:39 PM
Última Resposta: John Dickinson
  Na escuridão do foro especial, as "cobras" se devoram. Cimberley Cáspio 1 1,361 03-12-2015 01:54 PM
Última Resposta: Mayaman

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 146 usuários online.
» 0 Membros | 146 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,678
» Último Membro: alexandre lima 1971
» Tópicos do Fórum: 25,574
» Respostas do Fórum: 272,518

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Manipulados 2018 - by Steve Bannon
Última Resposta Por: Cecelo
Hoje 06:36 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 43
"Juiz que tentou sabotar às eleições, foi punido com aposentadoria compulsória."
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 05:55 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 92
Aumento do número de sem-teto nos EUA é ‘bomba-relógio’
Última Resposta Por: Zunim
Hoje 05:54 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 199
Políticos de estimação, por favor, NÂO!!!!!
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Hoje 05:30 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 197
Pesquisa de Opinião: Por que as Mulheres são facilmente seduzidas pela Esquerda?
Última Resposta Por: Beobachter
Hoje 04:24 PM
» Respostas: 39
» Visualizações: 1691
Candidato Bolsonaro leva facada
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 09:59 AM
» Respostas: 190
» Visualizações: 12035
Fraude nas eleições 2018
Última Resposta Por: Beobachter
Hoje 09:50 AM
» Respostas: 61
» Visualizações: 3199
Pesquiza Eleitoral A fraude
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
Hoje 09:17 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 224
Maçonaria escancarando
Última Resposta Por: Elvedito
Hoje 07:28 AM
» Respostas: 22
» Visualizações: 4146
[Documentos PDF]- Maçonaria, Ritos, Codigos, Fratenidade...
Última Resposta Por: Elvedito
Hoje 07:13 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 28748
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 04:52 AM
» Respostas: 1013
» Visualizações: 194199
O Líder Global Tomará Posse do Governo Unico Mundial a Qualquer Momento!
Última Resposta Por: FaggotDeny
Hoje 03:20 AM
» Respostas: 187
» Visualizações: 145040
Vem ai, mais uma Crise Economica Mundial.
Última Resposta Por: Ricardo T
Hoje 12:18 AM
» Respostas: 6
» Visualizações: 591
Nova descoberta pelo Grande Colisor de Hádrons poderá mudar toda ciência conhecida
Última Resposta Por: kdmais
Ontem 11:29 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 603
Monitoramento Global, Terremotos, Solares, Marés etc
Última Resposta Por: APollux
Ontem 02:19 PM
» Respostas: 61
» Visualizações: 42866
Seu Direito Termina Onde Começa O Meu, E Vice Versa...
Última Resposta Por: APollux
Ontem 02:08 PM
» Respostas: 10
» Visualizações: 9078
EUA detectam presença do ETA e Hezbollah na Venezuela
Última Resposta Por: APollux
Ontem 02:01 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 356
Em vídeo, Witzel ensina 'engenharia' dos juízes para receber gratificação.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 01:28 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 134
[ATENÇÃO] Conheça a Agenda Globalista por trás dos protestos e anarquia no Brasil
Última Resposta Por: APollux
Ontem 01:26 PM
» Respostas: 35
» Visualizações: 34242
O que há de melhor a se fazer????
Última Resposta Por: Nikoloz
Ontem 11:48 AM
» Respostas: 7
» Visualizações: 514
Haverá Segundo Turno e quem irá ganhar será a Esquerda Novamente.
Última Resposta Por: Beobachter
13-10-2018 05:50 PM
» Respostas: 96
» Visualizações: 4177
Não querem que você saiba: Geração de energia.
Última Resposta Por: Anonymous_T.ron
13-10-2018 05:27 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 251
O Eixo do Mal Latino-Americano e a Nova Ordem Mundial
Última Resposta Por: chuvoso
13-10-2018 04:25 PM
» Respostas: 9
» Visualizações: 478
Recebemos ordens p/fazer um antisserviço à população.Nem sequer sabemos quem deu à or
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
13-10-2018 02:00 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 317
Parece que o @ked acertou de novo o que vai acontecer no Brasil...
Última Resposta Por: Bogoton
13-10-2018 07:51 AM
» Respostas: 13
» Visualizações: 954
"Todos os que se intitulam 'Templários' ou 'Cavaleiros do Templo' são impostores."
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
12-10-2018 05:03 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 236
Um ocorrido não registrado na história brasileira
Última Resposta Por: Nikoloz
12-10-2018 01:27 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 380
Prognóstico Brasil 2019
Última Resposta Por: Diakonov
12-10-2018 11:55 AM
» Respostas: 12
» Visualizações: 561
Maduro banqueteia em restaurante caro enquanto o povo passa fome.
Última Resposta Por: pablo_hp
12-10-2018 08:14 AM
» Respostas: 2
» Visualizações: 515
É possível hackers invadirem urnas eletrônicas se elas não são conectadas à internet?
Última Resposta Por: pablo_hp
12-10-2018 08:10 AM
» Respostas: 39
» Visualizações: 1866

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial