Compre Cúrcuma em Pó na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 4 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
O Medo. O Maior de Todos os Recursos?
10-10-2017, 03:31 AM (Resposta editada pela última vez em: 10-10-2017 03:58 AM por jonas car.)
Resposta: #1
O Medo. O Maior de Todos os Recursos?
[Imagem: 080245g.jpg?1507596357]


O medo é um dos instintos mais básicos dos seres vivos e isso vale pra 98% das criaturas que habitam esse planeta.(os 2% deixei por conta do desconhecido e de alguns psicopatas sinistros que vez ou outra surgem por ai Big Grin ).

[Imagem: cinema-it-a-coisa-20170908-001.jpg?quali...amp;crop=1]
Ha pouco mais de um mês a refilmagem do filme "It: A Coisa" fez sucesso na sua estreia nos Estados Unidos. No seu primeiro final de semana, a produção ultrapassou em mais que o dobro, o recorde de bilheteria para um filme de terror. Exibido em 4.103 salas, o longa arrecadou 117,2 milhões de dólares. Antes disso, a maior estreia do gênero era de Atividade Paranormal 3, que obteve 52,6 milhões de dólares no mesmo período em 2011.
[Imagem: 20527383.jpg]

"It" ja conseguiu mais de meio bilhão de dólares em pouco mais de um mês.
"O Sexto Sentido", filme onde uma criança era capaz de ver e conversar com os mortos conseguiu quase 700 milhões de dólares.

[Imagem: sequelas.png]

De acordo com Erno Hermans, diretor de um estudo da Universidade de Nova York que foi publicado na revista Science: "o estresse agudo altera a forma como nosso cérebro funciona. Esta mudança de estado cerebral pode ser entendida como uma redistribuição estratégica dos recursos que são vitais quando a sobrevivência está em jogo".

Quando o cérebro se altera, os sentidos se aguçam e o medo cria um estado de alerta que fortalece as lembranças das experiências estressantes, além de prejudicar nossa capacidade de análise.

Este tipo de estudo, realizado anteriormente com animais expostos a estresse agudo, marcou uma pauta sobre as reações neuroquímicas, porque liberam vários hormônios e neurotransmissores que são capazes de alterar algumas propriedades celulares e de grande escala em povoações neuronais no cérebro.
[Imagem: fear-4.gif]

A ativação do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (HPA), que resulta no aumento da liberação sistêmica dos corticosteróides, é o selo distintivo da resposta à tensão.
No entanto, a equipe de Hermans concluiu que o bloqueio do cortisol não influenciou na reorganização da rede cerebral.
"Mostramos que a atividade neuromoduladora noradrenérgica na primeira fase de resposta à tensão provoca uma reorganização de recursos neuronais. Estes estabelecem uma rede que contém áreas envolvidas na reorientação da atenção, no aumento do alerta perceptivo e no controle automático neuroendócrino", acrescentou.

[Imagem: janelevydemoncellartop.JPG]

Os cientistas expuseram os 80 participantes a materiais cinematográficos aversivos e de outros tipos para comparar as reações cerebrais e analisar os compostos salivares em cada uma das situações.
[Imagem: choice-multiple.jpg]
Outra das conclusões do estudo é que as situações de estresse agudo tornam difícil deliberar lentamente, enquanto se ativam no cérebro as regiões implicadas na atenção e no alerta, assim como no sistema neuroendócrino.

[Imagem: 89zhkxr28t_5muglmlq5e_file?dimensions=660x360]

Entre julho de 2016 e julho de 2017, a cidade do Rio registrou 3.829 tiroteios, uma média superior a dez confrontos por dia. O dado é da pesquisa "Educação em Alvo – Os Efeitos da Violência Armada nas Salas de Aula", desenvolvido pelo aplicativo Fogo Cruzado, em parceria com a DAPP/FGV (Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getúlio Vargas).

Os números demonstram como a violência tem se aproximado e afetado a população em idade escolar. Apenas este ano, confrontos interromperam as aulas em 99 dos 107 dias letivos. Isto é, apenas em oito dias do primeiro semestre de 2017, todas as escolas e creches da rede municipal de Educação funcionaram.

A rotina de confrontos impõe um "manual de sobrevivência" a quem passa e, sobretudo, para aqueles que vivem nessas áreas. Segundo a pesquisa "Educação em Alvo", a zona norte da cidade do RJ é o local com maior incidência de troca de tiros, com destaque para as áreas dos Complexos do Alemão (218 registros) e da Maré (119 registros). No Alemão, segundo os últimos dados disponíveis do ISP (Instituto de Segurança Pública), 21 pessoas foram mortas entre julho de 2016 e maio de 2017. Na Maré, por sua vez, 122 pessoas perderam a vida de maneira violenta no mesmo período.

[Imagem: crianca_e_violencia.jpg]

No Sul do Brasil, pesquisadores da Pontifícia Universidade Católica de Porto Alegre conseguiram identificar, exatamente, como a violência impacta o cérebro das crianças em idade escolar.

Memória, atenção, emoção. Quem estuda, precisa desses três fatores para conseguir aprender, mas será que as crianças submetidas à violência conseguem deixar as preocupações de lado e contar com isso quando estão em sala de aula?
Os pesquisadores do Instituto do Cérebro já desconfiavam da resposta, mas se surpreenderam com o que conseguiram comprovar.

Desde março, 60 alunos de escolas públicas estão fazendo exames de neuroimagem, enquanto respondem a tarefas de atenção, memória e reconhecimento de emoções. Eles têm entre 10 e 12 anos, e convivem com situações como maus-tratos, assaltos e ameaças.
Os resultados da pesquisa mostram que o cérebro dessas crianças entra em um modo de sobrevivência, desligando as partes responsáveis pela memória e pela empatia.

Atrapalhando a capacidade da criança de prestar atenção, de processar novas informações, de estar no ambiente em que ela quer aprender, porque na situação em que ela está, ela quer sobreviver”, explicou o coordenador da pesquisa, Augusto Buchweitz.

Como o cérebro dos jovens tem grande capacidade de recuperação, o objetivo da pesquisa, agora, é traçar um método para recuperar o aprendizado.

[Imagem: tenor.gif]

Façamos então uma analise simples. Se um mero filme de terror "ativa" nosso cérebro em modo sobrevivência e as estruturas responsáveis por nossa dificuldade de reação e até mesmo a inibição do cortisol não faz cessar essa estrutura, então a exposição longa ao medo não só pode, como vai imprimir uma conduta divergente em nossa percepção e conduta.
É o que muitos conhecem como cultura do horror mas cujos efeitos jamais foram analisados de forma evidente por quaisquer veículos "oficiais" até pouco tempo atrás.

[Imagem: hormonal-predisposition-to-post-traumati...285906.png]

A Perturbação Pós-Stress Traumático (PPST) é um problema de ansiedade que surge, como o próprio nome indica, depois de uma pessoa ter sido exposta a um acontecimento que constituiu um trauma psicológico.
O que os estudos da comunidade científica nos informam é que o número de pessoas a sofrerem desta perturbação ronda os 8% nos Estados Unidos da América e crescem cada vez mais.
A PPST pode ocorrer em qualquer idade, porque podemos sempre estar sujeitos a um acontecimento traumático.
A memória de um acontecimento traumático pode condicionar, em larga medida, o seu pensamento e comportamento individual.
As reações a acontecimentos potencialmente traumáticos são diferentes de pessoa para pessoa, por isso, entre pessoas expostas a um mesmo acontecimento uma parte pode senti-lo como traumático e outra parte não.
Isto acontece porque um aspecto determinante do desenvolvimento da perturbação se relaciona com a avaliação, o significado e o impacto que o acontecimento traumático tem para quem passou por ele, mesmo que não existam conclusões definitivas sobre aquilo que pode ser um elemento diferenciador entre essas pessoas.
A vivência de situações traumáticas pode estar na origem de outras disfunções psicológicas, algumas potencialmente mais complexas e graves, pelo que, no caso de se rever alguns sintomas de PPST, convém sempre passar por um diagnóstico efetuado por um psicólogo/psiquiatra qualificado, que possa determinar o quadro.
[Imagem: image.gif?format=300w]

A mente sempre será um terreno fértil, ilimitado e inseguro, mas muitas consequências e suas causas aprendemos a determinar com o tempo.

Pergunto então a vocês, se por um lado estímulos de terror, horror e medo retiram a capacidade de raciocínio e interpretação da realidade, podendo inclusive gerar traumas profundos e por outro cria mentes menos suscetíveis aos efeitos do horror, mentes apáticas e indiferentes quase imunes ao medo, qual o objetivo dessa constante agenda?

Pode ser difícil de compreender à primeira vista, mas o medo é imersivo e contínuo, como uma droga que precisa de doses cada vez maiores para surtir efeito gerando ao longo das décadas duas classes de pessoas.

[Imagem: idontcare-600-235.jpg]

As que desenvolvem uma couraça cada vez maior e tornam-se imunes aos efeitos das calamidades que as cercam.
São pessoas indiferentes, egocêntricas e letárgicas.
Não se sentem pressionadas pelas mudanças, não esboçam reação e por isso são altamente passivas. Não confundir com pacificas.
[Imagem: 2430-comportamento-violencia-08.jpg]
O cenário brasileiro, de "cozimento morno" acabou se tornando um cenário apático.
O povo ja não tem mais forças, mesmo quando sabe a diferença entre certo e errado.
O que antes teria gerado uma revolução nas ruas, agora causa apenas um gosto de lembrança amarga e distante.

[Imagem: mulher-sentada-medo-m%C3%A3os.jpg]

Na outra ponta, aqueles que perdem o controle da reação à enxurrada de imagens, noticias e circunstâncias do terror desenvolvem incapacidades cognitivas de cunho racional e sentimental e acabam sendo meras peças nas mãos das manobras elitistas.

As consequências dessa imersão do medo não estão apenas no campo cognitivo, mas também na área metabólica e em demais campos do organismo.
Não é a toa que aquele medinho causa o conhecido frio no estômago.
Viver nesse estágio traz sérios problemas e o mais incrível disso tudo é perceber como toda a mídia se fundamenta na exploração dessa agenda, do jornal da manhã até o filme/novela do fim de tarde, ou seriado da madrugada.
Nos tornaram(nos tornamos?) a cria do medo.
[Imagem: tunel_sem_luz.jpg]

E a solução está bem distante, pois a cada dia que se passa as tragédias precisam ser mais fortes, as mortes devem ser mais cruéis e as reações mais alarmantes.
Não à toa um atentado de caminhão, uma boate incendiada, uma escola onde crianças são queimadas vivas ou uma bomba em plena area civil ja não causam os mesmo efeitos que antes.
Não à toa eles(a elite) agora estão focando em nossas crianças(entendem as noticias sobre o queermuseum e sua pseudoArte?), pq sabem que precisam manter o nível de contraditório bestializado e as políticas de exploração sexual e do medo desde a tenra infância, até a idade juvenil para obterem êxito.
Assim o alto torna-se o baixo e o baixo torna-se o alto.

Isso precisa ser interrompido e já, pois diferente das grandes calamidades do passado, as de agora já não causam uma reação humana de misericórdia tão duradoura quanto antes. Não nos é dado tempo de correção.
A celeridade da informação e tecnologias, o condicionamento da mídia e a quase inexistência do luto são as implementações da velha e eficiente arma de controle universal: o medo

O que acham? Como vocês sentem as táticas do medo no seu dia a dia?
Como acham que essa agenda pode ser inibida?

Fonte1
Fonte2
Fonte3
Fonte4
Fonte5
Fonte6
Fonte7

"é um lobo predador; pela manhã devora a presa e à tarde divide o despojo"

Gênesis 49:27
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 14 usuários diz(em) obrigado a jonas car pelo seu post:
aioria (10-10-2017), Anonymous_T.ron (11-10-2017), Aragorn (10-10-2017), Branco (10-10-2017), djaga (11-10-2017), Doc S (11-10-2017), FaNtOmAs (10-10-2017), Fire Fox (10-10-2017), gonçalo ribas (12-10-2017), Guigo Xavier (13-10-2017), Ilusion (10-10-2017), marcosarierom (10-10-2017), rmuller (10-10-2017), Salsichinha (12-10-2017)
Compre Linhaça Dourada Orgânica pelo Menor Preço na Tudo Saudável!
10-10-2017, 09:32 AM
Resposta: #2
RE: O Medo. O Maior de Todos os Recursos?
(10-10-2017 03:31 AM)jonas car Escreveu:  ...
O que acham? Como vocês sentem as táticas do medo no seu dia a dia?

Endurecimento, embrutecimento das pessoas. Com o medo mais ainda as pessoas se acolhem nos seus e rejeitam os outros.

E a Síndrome de Estocolmo revela uma característica sinistra do ser humano, criar vinculo amigável, afetivo a quele que causam medo.

Por isso é comum ver tanto prol-NOM em um fórum anti-NOM.

Citar:Como acham que essa agenda pode ser inibida?

Estudar e entender, não ficar apenas na superficialidade.

Por exemplo a doutrina de choque. Hoje o Chile é um pais apático, submisso. A mesma característica pode ser dado ao Japão ou Alemanha. Antes esses países pegaram em arma para dizer não a elite mundial, hoje são lacaios fonte de renda para o império.

O medo destrói a auto afirmação das pessoas, por isso nas disciplinas condicionantes como o exercito, o medo faz parte do treinamento para começar a condicionar o comportamento das pessoas.

No filme Avatar, tem uma cena icônica onde o exercito enfurecido irracionalmente se predispõem a massacrar nativos pacíficos para roubar uma riqueza que não lhes pertence.

Por isso a violência é intrínseca do sistema. Acaba-se a violência o sistema rui.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a tarcardoso pelo seu post:
Ilusion (10-10-2017), jonas car (11-10-2017), marcosarierom (10-10-2017), rmuller (10-10-2017)
10-10-2017, 11:22 AM
Resposta: #3
RE: O Medo. O Maior de Todos os Recursos?
Excelente tópico Jonas!
Estes dias estive vendo a 7ª temporada da série American Horror Story aonde está sendo explorado exatamente este tema do MEDO para se conquistar objetivos escusos.

Vocês podem escravizar meu corpo e prender a minha mente, mas meu espírito é LIVRE!!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Aragorn pelo seu post:
Ilusion (10-10-2017), jonas car (11-10-2017), marcosarierom (10-10-2017)
11-10-2017, 05:22 PM
Resposta: #4
RE: O Medo. O Maior de Todos os Recursos?
O medo é usado como manobra das massas, eu já vi muitos por ai fazerem coisas ruins em suas vidas por causa do medo, alguns estragam coisas boas, outras nem tentam, o medo consome elas...

Todos tem medo, por menor que seja mas tem, alguns desde infância tinham medo de coisas banais como filmes de terror, escuridão, fantasmas, etc.
hoje em dia as crianças tem medo de outras coisas, violência, medo de que seus pais morram, enfim, as coisas tem se alterado bastante, estamos colocando medo de adultos (que em si é ruim) nas crianças (que é algo perigoso).

O medo nos impede de tomamos uma atitude, ação em determinadas situações, muitos não o fazem por medo de fracassar, por medo de ser rejeitado, eu já passei por isto e hoje não ligo muito, principalmente em relacionamentos, trabalho, etc.

A dica é: tente, deixe o medo de lado, se você não tem o que perde, vá em frente, ou mesmo que tenha a perde, tente, somente assim você saberá se poderia dar certo ou não, seja destemido, mas com cautela obviamente.

O filme IT - A Coisa eu percebi que uma mensagem subliminar mentalmente foi recebida, na parte final do filme, demonstra que o mal só ataca quando sente o medo dos outros, ou seja, na hora que a pessoa deixa de sentir medo, o mal recua, eu assistindo esse filme ruinzinho (convenhamos, foi algo genérico) percebi mais estes pontos do que o próprio terror que alguns procuram, parece que hollywood esta mais preocupado em passar mensagens do que produzir algo realmente que entretem as pessoas. (minha opinião).
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Anonymous_T.ron pelo seu post:
Ilusion (12-10-2017), jonas car (11-10-2017), marcosarierom (12-10-2017)
Goji Berry Pelo menor Preço Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
11-10-2017, 05:42 PM (Resposta editada pela última vez em: 11-10-2017 05:55 PM por jonas car.)
Resposta: #5
RE: O Medo. O Maior de Todos os Recursos?
(10-10-2017 09:32 AM)tarcardoso Escreveu:  Endurecimento, embrutecimento das pessoas. Com o medo mais ainda as pessoas se acolhem nos seus e rejeitam os outros.

E a Síndrome de Estocolmo revela uma característica sinistra do ser humano, criar vinculo amigável, afetivo a quele que causam medo.

Por isso é comum ver tanto prol-NOM em um fórum anti-NOM.
Concordo com boa parte do que voce disse, mas não acho que seja o caso da síndrome de Estocolmo. A "questão americana" tem muito mais haver com uma celebrização do país e de suas conquistas, uma constante condicionante ao longo das décadas especialmente proferida pela mídia e hollywood.
Veja o caso da Russia e países satélites onde não ha tal síndrome, ou China e Tibet, ou Índia e Paquistão.
Mesmo considerando as incursões de grupos BOPs fomentando revoluções, lá existe uma clara ausência de celebrização dos países mais fortes.

Sobre a doutrina do choque ainda não a vi então não posso comentar.

(10-10-2017 11:22 AM)Aragorn Escreveu:  Excelente tópico Jonas!
Estes dias estive vendo a 7ª temporada da série American Horror Story aonde está sendo explorado exatamente este tema do MEDO para se conquistar objetivos escusos.
Obrigado.
Vi um trailer dessa série e acho que é sim um belo exemplo dessa "exploração" do medo pela indústria cinematográfica.
São décadas de implementação de um condicionamento bem efetivo.
Claro que o terror sempre existiu e seus efeitos serão distintos de pessoa pra pessoa, mas uma coisa é certa o medo retira um certo nível de sensibilidade de nossa psiquê.

(11-10-2017 05:22 PM)Anonymous_T.ron Escreveu:  O medo nos impede de tomamos uma atitude, ação em determinadas situações, muitos não o fazem por medo de fracassar, por medo de ser rejeitado, eu já passei por isto e hoje não ligo muito, principalmente em relacionamentos, trabalho, etc.

O filme IT - A Coisa eu percebi que uma mensagem subliminar mentalmente foi recebida, na parte final do filme, demonstra que o mal só ataca quando sente o medo dos outros, ou seja, na hora que a pessoa deixa de sentir medo, o mal recua, eu assistindo esse filme ruinzinho (convenhamos, foi algo genérico) percebi mais estes pontos do que o próprio terror que alguns procuram, parece que hollywood esta mais preocupado em passar mensagens do que produzir algo realmente que entretem as pessoas. (minha opinião).

Sim, talvez o pior medo de todos seja o do desconhecido, pq nubla nossa percepção com algo que é incerto.
Ter medo de um tiro, ou uma serpente venenosa, ou de um procedimento cirúrgico é normal. O medo é um recurso que nos é util para a sobrevivencia.
O problema é ter medo virou uma parte de nossa cultura a tal ponto de nos viciar.
Acabamos tendo medo do resultado de uma ação que sequer fizemos ainda.
Teho um colega que em situações assim sempre diz: "o não ja é certo, vamos tentar um sim.".

Quanto aos filmes recentes, você está correto, não ha mais intenção de entreter os espectadores, nem em hollywood nem na TV.
A ordem é impor mensagens e por acaso, as vezes, isso vem acompanhado de entretenimento.
É triste, pq o cinema ja foi considerado uma arte, assim como a literatura ou o teatro. Vejam em que ponto chegamos.
No lugar de obras de teatro temos homens nus tocados por crianças, no lugar de belos quadros a repulsa da zoofilia e no lugar do sentimento e drama das telonas temos mensagens subliminares porcamente editadas.

O pior é que existem pessoas criativas que tentam mudar essa onda, mas elas são coibidas pelo sistema que não financia entretenimento de qualidade.

"é um lobo predador; pela manhã devora a presa e à tarde divide o despojo"

Gênesis 49:27
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a jonas car pelo seu post:
Anonymous_T.ron (12-10-2017), Doc S (11-10-2017), Ilusion (12-10-2017), marcosarierom (12-10-2017)
12-10-2017, 02:40 PM
Resposta: #6
RE: O Medo. O Maior de Todos os Recursos?
Inclua nisso o medo excessivo de conspirações.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Infinite pelo seu post:
Guigo Xavier (13-10-2017), Ilusion (13-10-2017), jonas car (13-10-2017), marcosarierom (12-10-2017)
12-10-2017, 03:47 PM
Resposta: #7
RE: O Medo. O Maior de Todos os Recursos?
Boa tarde.
jonas car disse:
"O que acham? Como vocês sentem as táticas do medo no seu dia a dia?
Como acham que essa agenda pode ser inibida?"

Excelente tópico jonas
de um tempo pra cá tenho( talvez uns 15 anos ) tenho observado como o sistema(corja) tem expandido a industria do medo.
Qdo posso tento discutir com amigos e tento desmitificar essa industria, mas como me passaram a me rotular de maluco eu parei.
Sim essa industria cria a passividade no rebanho ( que é interessante pra eles), mas tbm gera enormes lucros.
Na industria da segurança por exemplo, onde se vende de tudo para se criar a sensação desta, na industria farmacêutica, pois existem diversas doenças que surgem com medo, e ai remédios, etc, etc.
Qto mas táticas usadas pela corja, vão desde noticiários aonde só se fala de violência até exposições de arte e outros.
Eu acho impossível inibir essa agenda, pois a inibição passaria por mostrar como ela esta sendo imposta e o pior, criar um sentimento de coragem a massa para enfrenta-lo.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a gonçalo ribas pelo seu post:
Guigo Xavier (13-10-2017), Ilusion (12-10-2017), jonas car (13-10-2017), marcosarierom (12-10-2017)
Aromaterapia você encontra pelo menor preço na Tudo Saudável
13-10-2017, 01:37 AM
Resposta: #8
RE: O Medo. O Maior de Todos os Recursos?
(12-10-2017 02:40 PM)Infinite Escreveu:  Inclua nisso o medo excessivo de conspirações.
Vc está corretíssimo. É até contraprodutivo temer demais as conspirações pq isso engessa nossa reação e nos impedi de fomentar saídas desse sistema.
Mas o mais terrível é que para deixar o medo para trás é preciso admitir sua existência primeiro e isso esbarra em nosso ego.
Inclusive ja abordei isso aqui:tópico link

(12-10-2017 03:47 PM)gonçalo ribas Escreveu:  Na industria da segurança por exemplo, onde se vende de tudo para se criar a sensação desta, na industria farmacêutica, pois existem diversas doenças que surgem com medo, e ai remédios, etc, etc.
Qto mas táticas usadas pela corja, vão desde noticiários aonde só se fala de violência até exposições de arte e outros.
Eu acho impossível inibir essa agenda, pois a inibição passaria por mostrar como ela esta sendo imposta e o pior, criar um sentimento de coragem a massa para enfrenta-lo.
Eu nem tinha atentado a isso. Faz todo sentido.
Isso explica, por exemplo, pq a todo momento ha noticias sobre doenças que fazem as massas correrem para filas de vacinas que são compradas aos milhões.
Ou porque as pessoas vivem gastando com sistemas de segurança, infraestruturas de câmeras e ainda por cima acabam por beneficiar o "big brother" que nos vigia diuturnamente.
Talvez beire mesmo o impossível inibir essa agenda.
Mas ter medo de tentar ja é o primeiro passo pra derrota.

"é um lobo predador; pela manhã devora a presa e à tarde divide o despojo"

Gênesis 49:27
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a jonas car pelo seu post:
Guigo Xavier (13-10-2017), Ilusion (13-10-2017)
13-10-2017, 11:36 AM (Resposta editada pela última vez em: 13-10-2017 11:53 AM por Guigo Xavier.)
Resposta: #9
RE: O Medo. O Maior de Todos os Recursos?
Coincidentemente, hoje eu li a força do medo na construção dogmática legal do Dr. Iverson Kech, falando sobre como a estrutura legal foi balizadora da doutrina do medo, a regulamentação do domínio pelo medo do superior tecnológico.

Examinar as raízes dogmáticas que estruturam as matrizes do pensamento ocidental é considerar se a ruptura entre o “colonizador e colonizado” é real ou mera falácia (DUSSEL).

Em atos civilizadores pode-se identificar as formas de entrincheirar nos meandros da experiência realizada pelo encontro/choque entre culturas a dominação, da forma exata como foi feita no “descobrimento” ocidental. Essas são realizadas pelo domínio do mais forte tecnologicamente, pelo medo que seus aparatos bélicos nunca antes visto causam e pela percepção de que o seu enfrentamento é algo impossível. Como se o metafisico, deuses ou o extraordinário se fizessem presentes de uma hora a outra; até que um dia esse encontro se tornasse tão prejudicial e que mesmo “deuses” poderiam/deveriam ser desafiados em prol da sobrevivência. (ELIAS)

Ocorre que no período de civilização é mais importante para o estrangeiro em terra confiscada assumir o estereotipo do metafísico garantidor de que os pecados, inexistentes até então, serão punidos em benefício da higienização da terra nova. (BATISTA)

Por isso, inserir o medo é essencial, pois é por ele que se invoca os novos deuses que são apresentados como forma, tanto psicológica quanto estética, de salvação. Esses seres alienígenas por assim dizer, são a forma da limpeza e pureza europeia que se deseja incutir à nova fonte de energia para o trabalho escravo, que eram os novos civilizados.

Só que não basta incutir o medo e respeito pelo transcendente sem que o homem na terra (o dominador) possa assegurar uma forma de punição aos pecados e assim fazer com que o pecador entre em conexão com aquilo que deseja dele, ou seja, ande conforme a música tocada pelos instrumentos do “homem branco. ”

Foi pela religião que se iniciou a catequização dos “demônios sem alma” que ocupavam as novas terras, mas somente pela criminalização de determinados atos dos habitantes locais foi possível tomar conta tanto de alma quanto de corpo. (HOBSBAWN)

Dessa forma, a civilização seguiu seus processos de inclusão, exclusão e formação dos seus alicerces mais comuns e que são encontrados até hoje; como as raízes dogmáticas que imperam o legalismo escrito pelo dominador. Essas raízes estão tão estabelecidas que é quase impossível distingui-las, mas por atos denominados como dominação moral e legal podem ser encontradas.

É uma questão de continuidade a imposição das perspectivas daqueles que se encontram em posição de “dar as cartas ou jogar os dados. ” A história ressalta o “domínio dos bons e justos” que ponderam o melhor para o povo e agem conforme suas crenças, repassadas por uma linguagem dominante, seja ela carismática ou emblemática, insurgente ou violenta.

Na atualidade a forma violenta passou a ser combatida por organismos e classes internacionais como ONU, OEA e várias outras organizações com poderes de pacificação. Não que determinados órgãos se preocupem com a paz no mundo e com a violência/direitos humanos e lancem campanhas de pacificação. Preocupam-se mais com a pressão do mercado, que precisa ser livre pelo mundo para poder tocar sua via consumidora a espaços ainda a serem explorados globo afora; e uma ditadura pautada na violência impede o seu crescimento. Os discursos de paz possuem em seu amago o reflexo atuante do mercado e suas possibilidades de lucro. (CHOMSKY)

Mas a dominação dos dias atuais é tão ligada ao estilo do passado que não há como deixar de identifica-las, quando os dominantes que possuem o direito e a força para positivar a lei, estão interligados, dogmaticamente, a uma práxis que revela o metafísico presente que ainda deve vir e salvar os “demônios sem alma. ”

É muito perigoso inserir temas catequizadores no legalismo, mesmo que em sede de interpretação, como vêm muito acontecendo nos últimos dias.

Pode-se frisar que não está tão distante assim o pensamento do homem dominador hodierno para o antigo colonizador: dominar pelo medo, pela evangelização e pelo metafísico ainda é uma forma de controle bem aceita, pois a grande maioria já está catequisada e tudo o que soar diferente ou estranho é uma afronta que pode (ou deve) ser retirada do convívio.

Dentro em pouco tempo, do jeito que flui o rio em que navegamos, apenas um Malleus Malleficarum será pouco.

https://iversonkfadv.jusbrasil.com.br/ar...-legalismo

É por isso que os jovens da favela não tem medo de serem mortos e de irem para cadeia. Isso faz parte da vida delas desde a mais tenra idade.

Por isso essas políticas de pena de morte e redução da maioridade penal são ineficazes.

O ser humano em estado de sobrevivência não é inibido de práticas que trazem benefícios.

Nós somos feitos para superar desafios para aplacar algum objetivo, seja ele para necessidade de sobrevivência ou para mera necessidade psicológica. Essa necessidade psicológica entendo por vaidade de ser reconhecido.

Vejamos:

Por que as pessoas desafiam a morte em lutas sangrentas? Por que dirigem a mais de 300 km/h? Por que saltam de wind suit passando perto de rochedos? Por que saltam de ski de 90 metros?

Pelo mesmo sentimento que faz os favelados desafiarem o governo, ou necessidade ou pelo reconhecimento.

O medo não inibe o ser humano mais resistente.

Muitos são controlados, mas existem aqueles que transpassam o medo e agem.

Somente a conscientização e o amor mudam pessoas atormentadas.

E muitas das doutrinas do medo são imposição de limites para que se aceite o poder constituído.

A história de Jesus é a mudança do paradigma do medo de Deus para o amor de Deus.

(12-10-2017 03:47 PM)gonçalo ribas Escreveu:  Boa tarde.
jonas car disse:
"O que acham? Como vocês sentem as táticas do medo no seu dia a dia?
Como acham que essa agenda pode ser inibida?"

Excelente tópico jonas
de um tempo pra cá tenho( talvez uns 15 anos ) tenho observado como o sistema(corja) tem expandido a industria do medo.
Qdo posso tento discutir com amigos e tento desmitificar essa industria, mas como me passaram a me rotular de maluco eu parei.
Sim essa industria cria a passividade no rebanho ( que é interessante pra eles), mas tbm gera enormes lucros.
Na industria da segurança por exemplo, onde se vende de tudo para se criar a sensação desta, na industria farmacêutica, pois existem diversas doenças que surgem com medo, e ai remédios, etc, etc.
Qto mas táticas usadas pela corja, vão desde noticiários aonde só se fala de violência até exposições de arte e outros.
Eu acho impossível inibir essa agenda, pois a inibição passaria por mostrar como ela esta sendo imposta e o pior, criar um sentimento de coragem a massa para enfrenta-lo.

Sim. É a economia do medo.

Só lembrar da gripe h1n1 que fez vender milhões de frascos de álcool em gel.

Fora que, atribuindo preço à segurança, somente aqueles que tem dinheiro tem acesso a ela.

Isso movimenta a industria militar dos países dos governos que defendem o seus senhores donos das finanças. Cria-se o medo do terrorista para fundamentar o investimento na indústria bélica, sendo que ela é destinada para o controle da população mundial, inclusive a dos próprios territórios.

"Não é quem eu sou por dentro e sim o que eu faço é que me define." Batman.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Guigo Xavier pelo seu post:
gonçalo ribas (13-10-2017), jonas car (13-10-2017)
13-10-2017, 10:36 PM
Resposta: #10
RE: O Medo. O Maior de Todos os Recursos?
@Guigo Xavier cada vez que vc aborda temas como esse eu sempre fico dividido.
Por um lado sei que você expõe uma razão superior das coisas.
Um raciocínio que logicamente se ampara na percepção dos erros que foram cometidos pela sociedade e pelos acertos que estão ao nosso alcance.

Mas(e sempre há um "mas"), bem no meio do estômago eu sinto aquele frio... aquela lembrança quase instintiva de que no ponto da história em que nos encontramos ja não há espaços para essas concessões.

Eu quero que crer que os homens, se receberem uma chance, um voto de confiança, mudarão. Desistirão do medo. Ajo como se assim fosse.
Mas sinto que a sociedade ainda não está preparada para isso(e reflito acerca do que seria essa preparação).

É por isso que tenho fundamentado minhas esperanças em impedir novas gerações de caírem nesse condicionamento tão voraz, mas o que vejo é abusos das imagens das crianças...a propaganda da ideia de que uma simples e ingênua criança deve receber doutrinas vis de adultos corrompidos e muito pior, pais que não respeitam e amam de verdade nem mesmo seus filhos. Já não vejo sequer o legitimo instinto de maternidade nas mães que dão a vida por suas crias, o legitimo instinto de paternidade nos homens que dão a vida por seu lar.

Aos adultos, resta partilhar nossa visão e esperar que a semente floresça em alguns...muito longe da maioria, mas, bem...aqui estamos nós não é.
Será que alguém que nos lê é capaz de despertar para uma nova realidade?

"é um lobo predador; pela manhã devora a presa e à tarde divide o despojo"

Gênesis 49:27
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
O Melhor em Suplementos Esportivos Você encontra na Tudo Saudável
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  Pênis pequeno é o maior responsável agressões sexuais e AIDS na Índia Firenze 11 42,522 31-07-2017 07:20 PM
Última Resposta: Sanderson S. Pierre
  As perguntas de todos os dias, E de todas a pessoas FaNtOmAs 10 2,943 27-02-2016 04:58 PM
Última Resposta: MARCELO DF
  O estado intervencionista se mantém porque sabe explorar o medo dos indivíduos John Dickinson 9 3,059 26-07-2015 03:00 PM
Última Resposta: paupau
  A igualdade que todos querem John Dickinson 0 1,056 17-04-2015 10:05 PM
Última Resposta: John Dickinson
  Quem tem medo da loucura? ruicoelho 13 7,346 11-05-2013 07:28 AM
Última Resposta: ruicoelho

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 103 usuários online.
» 0 Membros | 103 Visitantes

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,149
» Último Membro: Gabrael
» Tópicos do Fórum: 24,650
» Respostas do Fórum: 264,207

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Feliz Natal???
Última Resposta Por: Unk
Hoje 12:01 AM
» Respostas: 14
» Visualizações: 945
Não há nenhum Gene para o Espirito Humano - A Armadilha Saturno
Última Resposta Por: O Mensageiro
Ontem 11:41 PM
» Respostas: 1095
» Visualizações: 113862
Fantoche Trump fez o que nem Obama conseguiu : Anunciar o fim da Internet
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 07:46 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 425
Jim Carrey Brinca com o Simbolismo Illuminati
Última Resposta Por: ULTRON
Ontem 07:40 PM
» Respostas: 9
» Visualizações: 6202
A história secreta da L'Oréal
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 12:35 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 153
O Fim do Mundo e o Ocidente
Última Resposta Por: O Mensageiro
16-12-2017 10:40 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 862
Os Bancos estão morrendo de medo: Bitcoin
Última Resposta Por: Branco
16-12-2017 02:17 PM
» Respostas: 29
» Visualizações: 2058
Trump corta impostos e gera empregos!
Última Resposta Por: Tecnocrata
16-12-2017 02:14 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 235
Miséria, um ativo poderoso para práticas obscuras e mal intencionadas.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
16-12-2017 01:37 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 94
Controle social, do Grande Irmão ao Big Data
Última Resposta Por: Beobachter
16-12-2017 08:10 AM
» Respostas: 14
» Visualizações: 2841
Trump a caminho de reconhecer Jerusalém como capital de Israel?
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
15-12-2017 11:28 PM
» Respostas: 108
» Visualizações: 7422
Guerra civil contra Governo Oculto nos EUA se intensifica.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
15-12-2017 07:34 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 190
É assim que os direitos, propriedades e heranças do mais simples desaparecem.
Última Resposta Por: Beobachter
15-12-2017 04:21 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 456
Zombar com a morte alheia não é torcer pelo esporte.
Última Resposta Por: ULTRON
15-12-2017 11:50 AM
» Respostas: 1
» Visualizações: 459
O império Chinês está criando uma colônia no Brasil
Última Resposta Por: Beobachter
15-12-2017 11:34 AM
» Respostas: 19
» Visualizações: 1577
Geração Nem-Nem+: uma bomba-relógio
Última Resposta Por: Beobachter
15-12-2017 11:22 AM
» Respostas: 16
» Visualizações: 14665
O estranho "movimento" dos combustíveis fosseis.
Última Resposta Por: Anonymous_T.ron
14-12-2017 05:28 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 791
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
14-12-2017 04:41 PM
» Respostas: 643
» Visualizações: 141868
1º Medicamento de Maconha no Brasil
Última Resposta Por: Beobachter
14-12-2017 02:42 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 927
Ex-membro do HAMAS desmascara palestinos
Última Resposta Por: ASAFernandes
14-12-2017 02:32 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 435
Donald trump:O pervertido predador pedófilo
Última Resposta Por: Binho C.R.
13-12-2017 11:21 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 1574
(Importante) III Guerra Mundial
Última Resposta Por: ULTRON
13-12-2017 09:45 PM
» Respostas: 663
» Visualizações: 421153
Seul exige que EUA lhe entreguem o comando das tropas sul-coreanas.
Última Resposta Por: Nikoloz
13-12-2017 08:54 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 566
Padrão de ouro 2.0' da Rússia e China promete acabar com dólar
Última Resposta Por: jonas car
13-12-2017 07:45 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 459
Expo 2020: O 'Espírito Global' - A NOM em Dubai
Última Resposta Por: O Mensageiro
13-12-2017 06:26 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 726
Chile vende base de submarinos a Israel. 10.000 soldados israelenses na Patagônia.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
13-12-2017 06:22 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 416
Presidentes americanos permitiram venda de urânio para os russos.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
13-12-2017 02:06 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 229
Ivanka Trump: A mão do pai nos negócios com Israel
Última Resposta Por: ASAFernandes
13-12-2017 01:53 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 467
Suspensas por tempo indeterminado operações da Belo Sun na Amazônia.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
13-12-2017 12:27 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 281
Feliz 2018?? Sei não...
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
13-12-2017 11:17 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 328

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial