Sabonetes naturais pelo menor preço é na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 2 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
One Belt, One Road: A Nova Rota da Seda Chinesa
24-01-2017, 09:35 PM (Resposta editada pela última vez em: 15-05-2017 07:21 PM por Doc S.)
Resposta: #1
One Belt, One Road: A Nova Rota da Seda Chinesa
[Imagem: 960x0.jpg?fit=scale]


One Belt, One Road: A nova rota da seda Chinesa


Citar:A Nova Rota da Seda: China lança rota Pequim-Londres para Trens de mercadorias

No domingo, o governo chinês lançou um serviço de transporte ferroviário de mercadorias entre a China e Londres. Esta é a primeira ligação ferroviária direta entre a China e a Grã-Bretanha. A rota do serviço atravessará de Beijing, através de Ásia e Europa, antes de terminar em Londres.

A rota não é realmente nova em tudo. Faz parte da antiga Estrada da Seda, que começou em 200 aC, através da qual as caravanas de seda chinesas transportadas usam para a Europa e África. A trilha proporcionou muita riqueza e prestígio para o Império chinês da época.

Agora, Pequim tem como objetivo ressuscitar esta histórica rota comercial usando o poder ferroviário.

A viagem é tanto um desafio de engenharia como um problema logístico. O frete deve trocar os trens ao longo do caminho, como os calibres da estrada de ferro variam entre os países de conexão. Em sua jornada de 18 dias, o frete será de 7.456 milhas de ferrovias, passando pelo Cazaquistão, Rússia, Bielorrússia, Polônia, Alemanha, Bélgica, França e Reino Unido.

A nova rota desbloqueia uma nova opção para os carregadores. Atualmente, a escolha é dupla. Um, pegue uma rota do oceano, que, embora barata, pode ser lenta. Dois, use uma transportadora aérea que é consideravelmente mais rápida, mas muito mais cara.

(E surprise - Três)

Uma ligação ferroviária direta entre Pequim e a Europa Ocidental permite aos fabricantes explorar novos meios para reduzir os custos de transporte. A linha não pode fornecer uma alternativa apropriada a todos os produtores, mas os negociadores espertos podem alavancar o mercado novo estreante a preços mais baixos de seus trajetos estabelecidos por barco ou por aviões.

Fonte: https://www.forbes.com/sites/jwebb/2017/...63bbfa1f13

Imagens para melhor entendimento:

[Imagem: YcKECzirCXez8ZXbgxKoSPvqwVMH7yYLJ47qFzpFDA0.jpg]

[Imagem: Map-China-New-Silk-Road-EAU.jpg?resize=768%2C496]

[Imagem: BUSINESS-China-silk-road.png]



Comentário: A China, futuro país número 1 em economia do mundo, anotem isso, está trabalhando a fim de restabelecer sua Rota da Seda, tal rota, além de proporcionar uma diminuição enorme de preço e tempo de entrega das mercadorias vai ser o passo mais forte dos últimos tempos que a China fará para assumir o lugar dos EUA no mundo.

Algo que disse aquele Maro filosofo, o ocidente foi imbecilizado e afeminado, exatamente ao contrário do oriente que agora graças a suas nações super poderosas com um povo altamente disciplinado estão apontando para o controle do mundo.

Essa é a Nova Ordem Mundial, a Ordem dos Asiáticos e o Mr. Trump foi a grande cartada para o próximo passo.

Inclusive em breve vou fazer outro tópico sobre como as mercadorias virão da China para o Brasil e vice e versa de modo mais rápido e barato.

"Agradecimento significa respeito, nem sempre significa concordância de opinião!"

Aqueles que se colocam como vítimas distorcendo a verdade não triunfarão, pois seus próprios atos lhes condenam. Não importa o que aconteça, a verdade prevalecerá!


1-2
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 7 usuários diz(em) obrigado a Doc S pelo seu post:
Alimah (24-01-2017), CaféSemAçúcar (24-01-2017), fallen1232 (25-01-2017), Gapre (25-01-2017), MARCELO DF (24-01-2017), marcosarierom (25-01-2017), Peter Joseph (26-01-2017)
Aromaterapia você encontra pelo menor preço na Tudo Saudável
24-01-2017, 11:49 PM
Resposta: #2
RE: A nova rota da seda Chinesa
Isso se uma guerra não começar e impedir o comércio.

Quanto ao ocidente ou oriente quero que ambos explodam.

A China é um país de escravos. O chinês é um povo que se deixa escravizar assim como o indiano.

Quanto aos efeminados e molengas ocidentais nada a acrescentar. Até mesmo o Brasil está entrando na onda. Hoje vejo marmanjos fazendo comentários e dizendo que duas bichas se pegando é (ARGHH!!!) fofo. Que putas, aqui não pode escrever a palavra ****, então vou escrever prostituta; são seres maravilhosos, etc.

As músicas aqui massacram as atitudes masculinas e os mostram como idiotas, o que não está longe da verdade. Principalmente quando vemos homens se matando "por amor" e matando mulheres "por ciúmes ou por rompimentos de relacionamento" ou aqueles idiotas que vivem de puxar o saco de prostitutas mostrando o rabo em instagram enquanto elas escrevem a palavra "gratidão" nas "legendas".

Ah! E só para saber o mundo "ocidental" de que falam europeus significa Europa Ocidental, EUA, Canadá, Japão, Coréia do Sul, Taiwan, Austrália, Nova Zelândia e Cingapura.

Sim, podem contestar mas a verdade é essa. América Latina não entra no "mundo ocidental". No máximo Porto Rico faça parte por sua relação com os EUA.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 6 usuários diz(em) obrigado a MARCELO DF pelo seu post:
Doc S (25-01-2017), fallen1232 (25-01-2017), Gapre (25-01-2017), marcosarierom (25-01-2017), Sanderson S. Pierre (25-01-2017), tarcardoso (16-05-2017)
25-01-2017, 02:28 PM
Resposta: #3
RE: A nova rota da seda Chinesa
Impressionante como a China se desdobra para se sair bem economicamente.
Essa nova rota será um duro golpe na economia do EUA,não me espantaria se nos próximos anos acontecer um conflito em algum dos países da rota para evitar sucesso da China ou algum "grupo terrorista" sabotar uma parte da rota.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 6 usuários diz(em) obrigado a Sanderson S. Pierre pelo seu post:
Doc S (25-01-2017), fallen1232 (25-01-2017), MARCELO DF (25-01-2017), Peter Joseph (26-01-2017), rmuller (25-01-2017), tarcardoso (16-05-2017)
26-01-2017, 04:22 PM (Resposta editada pela última vez em: 26-01-2017 04:27 PM por Peter Joseph.)
Resposta: #4
RE: A nova rota da seda Chinesa
Olê Olê Olá! Os Euroasianos vem aí!

Pra mim não tem nada de novo nisto, já percebo esta movimentação euro-asiática (Russia + China) já faz pelo menos uns três anos. Inclusive já postei vários tópicos aqui no fórum que abordam o declínio da ordem ocidental e possível reestabelecimento de um império mundial eurasiático:

http://forum.antinovaordemmundial.com/To...em-mundial

http://forum.antinovaordemmundial.com/To...em-mundial

http://forum.antinovaordemmundial.com/To...%C3%BAssia

http://forum.antinovaordemmundial.com/To...rob%C3%B4s

China e Russia já perceberam que o sistema capitalista global de dominação não tem mais futuro. China, que de boba não tem nada, aproveitou para pegar musculatura com seu regime capitalista altamente Estatal (o que lhe dá nisto certas vantagens sobre sistemas capitalistas “democráticos”), para que assim pudesse dar impulso ao seu novo modelo imperialista. Inclusive já sabe do grande poder decisório que a tecnologia e a quarta revolução industrial terão nisto tudo, e por isto já investem maciçamente em automação, inteligência artificial etc. (ver projeto “Made in China 2025” do governo chinês).

Por isto, quando o capitalismo falir de vez, eles é que estarão mandando e, consequentemente, assumirão a direção do mundo. Será uma ordem mundial diferente da atual illuminati sionista, mas não menos ruim. Por um lado a extrema utilização de tecnologia irá provavelmente exintguir a fome e a miséria, por outro lado dará uma capacidade de controle absurda ao poder ditatorial euroasiático. Podemos ter uma noção do que nos espera lendo esta matéria, que fala como o governo chinês pretende controlar seus cidadãos por meio de pontuações a seus comportamentos nas redes sociais e outras. Se a pontuação for baixa, ou seja, não seguir a cartilha do governo, a coisa fica feia pro cidadão. E isto é só a ponta do iceberg, quem vê aquela séria Black Mirror já tem ideia das pontencialidades disto:

Black Mirror da vida real: China quer dar pontos a seus cidadãos; e as notas baixas podem retirar direitos

OBS.: Aos religiosos/conservadores, atento para o fato de que a grande questão nisto tudo não é a moral sexual, mas o modelo econômico e a evolução da tecnologia. Na verdade, a moral/comportamento sexual é mais uma consequência destas coisas e não a causa do que vem ocorrendo no mundo. Um dos maiores problemas humanos na análise de circunstância é confundir causas com efeitos, pensem nisto.
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Peter Joseph pelo seu post:
Doc S (27-01-2017), rmuller (26-01-2017)
Biscoitos saudáveis e sem glúten
você encontra aqui!
27-01-2017, 04:45 AM
Resposta: #5
RE: A nova rota da seda Chinesa
(26-01-2017 04:22 PM)Peter Joseph Escreveu:  Olê Olê Olá! Os Euroasianos vem aí!


China e Russia já perceberam que o sistema capitalista global de dominação não tem mais futuro. China, que de boba não tem nada, aproveitou para pegar musculatura com seu regime capitalista altamente Estatal (o que lhe dá nisto certas vantagens sobre sistemas capitalistas “democráticos”), para que assim pudesse dar impulso ao seu novo modelo imperialista. Inclusive já sabe do grande poder decisório que a tecnologia e a quarta revolução industrial terão nisto tudo, e por isto já investem maciçamente em automação, inteligência artificial etc. (ver projeto “Made in China 2025” do governo chinês).

Por isto, quando o capitalismo falir de vez, eles é que estarão mandando e, consequentemente, assumirão a direção do mundo. Será uma ordem mundial diferente da atual illuminati sionista, mas não menos ruim. Por um lado a extrema utilização de tecnologia irá provavelmente exintguir a fome e a miséria, por outro lado dará uma capacidade de controle absurda ao poder ditatorial euroasiático.

Isso não vai acontecer sem uma boa guerra. O que vem aí é a 3 guerra. Para mim o palco já está armado. E será a velha tática de sempre, o sistema financeiro financiando os 2 lados. Quem tá lá no topo não vai deixar o jabá fácil não. E pior é que com esse feminismo aí espalhado mulheres vão acabar tendo que ir para a guerra também. Quer coisa melhor para a redução populacional?
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a Alétheia pelo seu post:
Doc S (27-01-2017), Peter Joseph (27-01-2017), rmuller (16-05-2017)
27-01-2017, 03:42 PM (Resposta editada pela última vez em: 27-01-2017 03:42 PM por Peter Joseph.)
Resposta: #6
RE: A nova rota da seda Chinesa
(27-01-2017 04:45 AM)Alétheia Escreveu:  O que vem aí é a 3 guerra. Para mim o palco já está armado. E será a velha tática de sempre, o sistema financeiro financiando os 2 lados. Quem tá lá no topo não vai deixar o jabá fácil não. E pior é que com esse feminismo aí espalhado mulheres vão acabar tendo que ir para a guerra também. Quer coisa melhor para a redução populacional?

Verdade, provavelmente vão tentar partir pro tudo ou nada de uma guerra generalizada, como fizeram nas ultimas duas grandes guerras. Mas vamos ver se a pressão popular e a pressão de que provavelmente não sobraria ninguém pra se declarar vencedor, possam fazer que isto seja evitado de alguma forma. Vamos ver o que acontece...
Visitar o website do usuário Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Peter Joseph pelo seu post:
Doc S (27-01-2017)
15-05-2017, 07:18 PM (Resposta editada pela última vez em: 15-05-2017 07:18 PM por Doc S.)
Resposta: #7
Information RE: A nova rota da seda Chinesa
E o projeto segue a todo Vapor:

Citar:
Chefes de Estado estão em Pequim para cúpula sobre infraestrutura

Chefes de Estado e de Governo já estão em Pequim para participar do Fórum do Cinturão e da Rota para a Cooperação Internacional (Belt and Road Forum for International Cooperation, em inglês) que visa a aumentar o investimento em projetos de infraestrutura em países da Ásia, da Europa e da África.

O evento, que tem início amanhã (14) e deve contar com a presença de quase 30 líderes mundiais, é o mais importante desde que a iniciativa Um Cinturão, Uma Rota (One Belt, One Road) foi lançada em 2013 pelo presidente chinês, Xi Jinping.

Os líderes começaram a chegar à capital chinesa na quinta-feira (11) para participar do fórum e fazer visitas de Estado. Os primeiros-ministros da Espanha, Mariano Rajoy, e da Grécia, Alexis Tsipras, e o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, são alguns dos chefes de Estado e de Governo que já estão em Pequim. Os presidentes da Argentina, Mauricio Macri, e do Chile, Michelle Bachelet, são os únicos líderes da América Latina que vão participar do evento.

A ideia da iniciativa chinesa é promover uma rede de infraestrutura, comércio e cooperação econômica ao longo dos mais de 60 países que compõem o que Pequim pretende estabelecer como uma Nova Rota da Seda, revivendo no século 21 as rotas milenares que conectavam o Ocidente e o Oriente.

O governo tem enfatizado que a iniciativa não foi proposta para beneficiar apenas a China. Nos documentos e declarações, as autoridades têm ressaltado que o objetivo é promover desenvolvimento mútuo e compartilhado com os países que quiserem participar dessa nova articulação internacional.

"A iniciativa Um Cinturão, Uma Rota é aberta e inclusiva. Damos as boas-vindas para que todas as partes [do mundo] participem", disse ontem (12), em entrevista coletiva, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Geng Shuang, após ser perguntado sobre a participação da delegação norte-americana no fórum.

Nova Rota da Seda

A iniciativa é composta pelo Cinturão Econômico da Rota da Seda, que busca ligar a China por meio de ferrovias e rodovias aos países da Ásia, da Europa e da África, e pela Rota da Seda Marítima do Século 21, cujo foco são os investimentos em modernização de portos nas regiões abrangidas pela proposta chinesa.

Para apoiar as obras de transporte, energia e telecomunicações, foi estabelecido em 2014 o Fundo da Rota da Seda, com US$ 40 bilhões de recursos. Além do fundo, em 2015, a China criou o Banco Asiático de Investimento em Infraestrutura que, segundo o governo, já aprovou financiamento para projetos no valor de US$ 1,7 bilhão.

As discussões da reunião de alto nível deverão se concentrar nas áreas de obras em infraestrutura, investimento industrial, cooperação econômica, comercial, financeira e marítima, recursos energéticos, intercâmbio cultural e meio ambiente. A expectativa do governo chinês é que sejam firmados cerca de 50 acordo de cooperação.

Além de líderes mundiais, são esperados o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, o presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, e a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde.

O embaixador do Brasil na China, Marcos Caramuru, e o secretário especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Hussein Ali Kalout, vão representar o Brasil no fórum internacional.

Fonte: https://www.terra.com.br/noticias/mundo/...qxgn9.html

"Agradecimento significa respeito, nem sempre significa concordância de opinião!"

Aqueles que se colocam como vítimas distorcendo a verdade não triunfarão, pois seus próprios atos lhes condenam. Não importa o que aconteça, a verdade prevalecerá!


1-2
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Doc S pelo seu post:
rmuller (16-05-2017)
Stévia pelo menor preço você encontra aqui
16-05-2017, 04:52 PM
Resposta: #8
RE: One Belt, One Road: A Nova Rota da Seda Chinesa
Xi Jinping posiciona a China no centro da nova ordem econômica


O presidente Xi Jinping da China apresentou uma visão abrangente de uma nova ordem econômica mundial no domingo, posicionando seu país como uma alternativa para os Estados Unidos sob o presidente Trump.

Xi, cercado por líderes autocráticos da Rússia e da Ásia Central em um fórum em Pequim, prometeu mais de US $ 100 bilhões para os bancos de desenvolvimento na China, que ele disse liderar grandes gastos com infraestrutura na Ásia, Europa e África. Evidentemente ausentes da reunião foram líderes das principais democracias ocidentais.

O projeto, baseado no investimento liderado por chineses em pontes, ferrovias, portos e energia, não é uma modéstia para o plano, o Sr. Xi chamou a iniciativa, conhecida como "One Belt, One Road", "de projeto do século". Mais de 60 países, formam a espinha dorsal da agenda econômica e geopolítica da China.

Em uma nova reviravolta para a China, que geralmente tem sido cética em relação aos programas sociais do Banco Mundial, Xi disse que a iniciativa abordaria a pobreza nos países beneficiários. Ele prometeu entregar ajuda alimentar de emergência e disse que a China começaria "100 projetos de pobreza", embora ele parou de fornecer detalhes.

Ele retratou o plano como "uma globalização econômica aberta, inclusiva, equilibrada e benéfica para todos". A China convidaria o Banco Mundial e outras instituições internacionais a juntar-se a ela para atender às necessidades dos países em desenvolvimento e desenvolvidos, disse ele em Uma sugestão de que ele está buscando forjar novos mercados e exportar o modelo da China de expansão liderada pelo Estado.

O Sr. Xi sublinhou as diferenças entre o sistema de alianças dos Estados Unidos e a sua noção de comércio sob a China.

"Não temos intenção de formar um pequeno grupo que desmantele a estabilidade, mas esperamos criar uma grande família de coexistência harmoniosa", disse ele, com o presidente russo, Vladimir V. Putin, na primeira fila do centro de convenções, onde ele falou.

Até agora, a China gastou apenas US $ 50 bilhões na iniciativa que o Sr. Xi anunciou há quatro anos, uma quantidade relativamente pequena em comparação com o vasto programa de investimentos internos.

Mas Xi disse à audiência - composta por mais de duas dezenas de líderes nacionais, enviados de mais de 100 países e funcionários de várias instituições financeiras e empresas - que ele estava aumentando os montantes disponíveis para os principais bancos políticos da China.

O Banco de Desenvolvimento da China e o Ex-Im Bank dispensariam empréstimos de US $ 55 bilhões entre eles, e o Fundo da Rota da Seda receberia US $ 14 bilhões adicionais, disse ele. Cerca de US $ 50 bilhões mais seriam direcionados para encorajar as instituições financeiras a expandir seus negócios de fundos renminbi no exterior.

O governo chinês tem planejado o fórum há meses, introduzindo uma extensa campanha de propaganda sobre a iniciativa em meios de comunicação estatais e squelching opiniões alternativas de estudiosos céticos e executivos da empresa estatal preocupado com a queima de dinheiro.

A China, buscando a validação do projeto, pressionou os países ocidentais e os aliados americanos a despachar seus líderes, mas a maioria recusou, enviando funcionários de nível inferior.

Entre os participantes estavam o chanceler Britânico do Tesouro, Philip Hammond, e Matthew Pottinger, diretor sênior para a Ásia no Conselho de Segurança Nacional em Washington.

Em declarações ao fórum, Pottinger instou a China a insistir na transparência nas compras governamentais conforme os projetos começaram. "A transparência assegurará que as empresas privadas possam licitar em um processo justo, e que o custo de participar de licitações valerá o investimento", disse ele.

As empresas americanas estavam ansiosas para trabalhar nos projetos, disse ele.

O primeiro-ministro Narendra Modi da Índia não apareceu, preocupado com a infusão significativa de dinheiro chinês em seu rival Paquistão. O primeiro-ministro Nawaz Sharif, do Paquistão, por seu lado, cujo país tem sido um antigo aliado da China, disse estar orgulhoso de estar "de lado a lado" com Pequim.

O governo indiano disse em uma declaração na véspera do fórum que a iniciativa corre o risco de "carga de dívida insustentável para os países", uma preocupação expressa por alguns economistas ocidentais que estudaram o programa. A China não está dando ajuda, dizem eles, mas está pedindo aos países que assumam a dívida dos bancos chineses para pagar a infra-estrutura.

Alguns funcionários dos Estados Unidos e da Europa Ocidental afirmam que a China está gastando no exterior e empurrando outros para aderir a ele, mantendo importantes setores de seu enorme mercado em casa fora dos limites para investidores estrangeiros.

"A abertura da China para as empresas estrangeiras ainda é tímida", disse Joerg Wuttke, ex-presidente da Câmara de Comércio da China.

Horas antes de o Sr. Xi falar, a Coréia do Norte disparou um míssil balístico de alcance intermediário.

Alguns delegados interpretaram o lançamento do teste, o primeiro desde que um novo presidente tomou posse na Coréia do Sul, como um esforço deliberado para embaraçar o Sr. Xi.

Os meios de comunicação chineses foram ordenados a retirar a cobertura do lançamento uma hora antes do discurso do Sr. Xi, disseram repórteres chineses. Então, 30 minutos antes de o Sr. Xi falar, as delegações da Coréia do Norte e da Coréia do Sul se reuniram brevemente, disse um diplomata sul-coreano que falou apenas sob a condição de anonimato.

Foi um procedimento bastante normal, disse o diplomata, para que essas delegações se reunissem em encontros internacionais. Ainda assim, o encontro parecia simbolizar o interesse da China em organizar conversações sobre o Norte entre todas as partes, inclusive os Estados Unidos.

A agência de notícias Yonhap do sul informou que Park Byeong-seok, um membro sênior do Partido Democrático da Coréia, disse à delegação norte que seu governo "opôs-se fortemente" ao teste do míssil.

A presença da delegação norte-coreana, liderada por Kim Yong-jae, ministro das Relações Econômicas, em um evento altamente coreografado atraiu críticas da Embaixada dos Estados Unidos em Pequim.

O governo Trump pediu à China para exercer pressão sobre o Norte, mas não está claro o que a China tem feito para cortar ainda mais seus laços econômicos.

A convite do Sr. Xi, o presidente Moon Jae-in da Coréia do Sul enviou o Sr. Park ao fórum, disse um porta-voz do líder sul-coreano.

Os dois líderes compartilharam uma conversa telefônica na quinta-feira, dias depois que o Sr. Moon foi eleito, preparando o cenário para relações tensas entre os países para melhorar.

Sr. Park deve se encontrar com um ex-ministro das Relações Exteriores da China, Tang Jiaxuan, em Pequim na segunda-feira, disse a Coréia do Sul.

Essas conversas provavelmente se concentrariam na forte oposição da China à implantação de um sistema de defesa antimísseis americano, conhecido como Thaad, no Sul, e como o Sr. Moon planeja caminhar uma fina linha entre os Estados Unidos, seu avalista de segurança e a China, Seu maior parceiro comercial.

O Ministério das Relações Exteriores chinês criticou o lançamento de mísseis do Norte, dizendo em uma declaração que violava as resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas e pedia contenção.


Fonte: https://www.nytimes.com/2017/05/14/world....html?_r=1

Alguém já sabia disso alguns anos atrás...




"Agradecimento significa respeito, nem sempre significa concordância de opinião!"

Aqueles que se colocam como vítimas distorcendo a verdade não triunfarão, pois seus próprios atos lhes condenam. Não importa o que aconteça, a verdade prevalecerá!


1-2
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
Exclamation [O Colapso] Europa- rumo á nova ordem mundial snoop_dogg10 118 69,403 05-11-2015 01:44 PM
Última Resposta: John Dickinson
  Nova Taxa Selic significa novos e maiores problemas John Dickinson 7 1,950 05-08-2015 09:43 PM
Última Resposta: John Dickinson
  O trágico legado da "Nova Matriz Econômica" - um resumo cronológico John Dickinson 12 3,291 20-06-2015 08:15 PM
Última Resposta: Vitoreli
  Crimeia: Uma nova Cuba surgindo . John Dickinson 3 1,940 08-01-2015 01:51 AM
Última Resposta: Zhurmë
  Nova pesquisa apontaria que um Colapso Econômico em 2014 é 99,9% inevitável rogcon 8 10,920 24-04-2014 07:19 PM
Última Resposta: John Dickinson

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 144 usuários online.
» 4 Membros | 140 Visitantes
aioria, TheLastNinja

Estatísticas do Fórum
» Membros: 20,129
» Último Membro: Robson F Sousa
» Tópicos do Fórum: 24,632
» Respostas do Fórum: 264,066

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Trump a caminho de reconhecer Jerusalém como capital de Israel?
Última Resposta Por: #RSO#
Hoje 07:18 PM
» Respostas: 93
» Visualizações: 6360
I.A, singularity, cripto-moedas e blockchain = Sistema da Besta
Última Resposta Por: CaféSemAçúcar
Hoje 04:35 PM
» Respostas: 39
» Visualizações: 3719
Não há crise financeira e sim, crise de ódio e desprezo pelos mais pobres.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 03:56 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 64
Juiz justifica adicionais no supersalário devido emboscada com jararaca.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Hoje 11:36 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 151
Presidente da Nestlé:" a água não é um direito básico humano."
Última Resposta Por: vLP
Hoje 11:19 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 504
Brasil: traidores de ontem e de hoje.
Última Resposta Por: Zunim
Hoje 11:10 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 383
Seul exige que EUA lhe entreguem o comando das tropas sul-coreanas.
Última Resposta Por: tarcardoso
Hoje 08:50 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 351
Os Bancos estão morrendo de medo: Bitcoin
Última Resposta Por: tarcardoso
Hoje 08:02 AM
» Respostas: 11
» Visualizações: 879
Não há nenhum Gene para o Espirito Humano - A Armadilha Saturno
Última Resposta Por: Menna
Ontem 11:54 PM
» Respostas: 1093
» Visualizações: 113385
A nova religião em que Deus é um robô
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 08:27 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 599
Jerusalém - o objetivo pode até ser justo, mas o preço a pagar pode ser alto.
Última Resposta Por: Xevious
Ontem 05:55 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 1150
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: Beobachter
Ontem 02:10 PM
» Respostas: 639
» Visualizações: 141238
2018 (pros e contras)
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
Ontem 01:09 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 1612
Investigação revela exército de perfis falsos usados para influenciar eleições
Última Resposta Por: Guigo Xavier
Ontem 12:58 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 398
Feliz Natal???
Última Resposta Por: NoNOM
Ontem 12:46 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 629
Japão planeja despejar toneladas de água radioativa de Fukushima p/ o mar.
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 11:50 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 162
Cura para cancer no cerebro descoberta no Brasil, na UFF (RJ) e uso em cancer pulmao
Última Resposta Por: Nacionalista BR
09-12-2017 11:44 PM
» Respostas: 10
» Visualizações: 11446
Demora do STF deixa suspensas 26.560 ações sobre medicamentos de alto custo
Última Resposta Por: safeAndSound
08-12-2017 10:43 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 406
Donald trump:O pervertido predador pedófilo
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
08-12-2017 08:15 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 1143
Congresso Nacional, ou Mercado Político Nacional?
Última Resposta Por: pablo_hp
08-12-2017 06:24 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 336
Pai de médico morre por negligência médica.
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
08-12-2017 01:09 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 610
Prepare-se, o Governo quer Proibir o Uso de Facas!
Última Resposta Por: Bogoton
07-12-2017 11:14 PM
» Respostas: 9
» Visualizações: 1367
Descartar Brasília e recriar novamente o Rio de Janeiro como capital Federal.
Última Resposta Por: Unk
07-12-2017 09:38 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 774
[Enquete] Porque os "inimigos do sistema" não denunciam o sistema ?
Última Resposta Por: tarcardoso
07-12-2017 08:54 AM
» Respostas: 8
» Visualizações: 1227
Brasil: onde a vida humana é desprezada, odiada, perseguida e discriminada.
Última Resposta Por: tarcardoso
06-12-2017 07:33 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 1439
Seis eventos recentes que estranhamente não chamaram atenção.
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
06-12-2017 06:16 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 3061
Política vitalícia. De pai para filho. "Brasileiro é tão bonzinho."
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
06-12-2017 04:42 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 755
Auto suficiencia: o pesadelo dos globalistas
Última Resposta Por: Nelson Ferreira
06-12-2017 04:22 PM
» Respostas: 20
» Visualizações: 10334
Controle social, do Grande Irmão ao Big Data
Última Resposta Por: Beobachter
05-12-2017 07:20 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 2617
Áustria: Lei da Integração entra em vigor
Última Resposta Por: pablo_hp
05-12-2017 01:52 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 745

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial