Chás medicinais você encontra na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 1 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Os produtos com que a Monsanto contamina o planeta
26-03-2017, 01:46 PM (Resposta editada pela última vez em: 28-03-2017 05:11 PM por ruicoelho.)
Resposta: #1
Os produtos com que a Monsanto contamina o planeta


O envenenamento do meio ambiente e de populações com PCB's, a aplicação massiva de Agente Laranja no Vietname, os perigos para a saúde pública causados pela hormona de crescimento bovino, a contaminação de culturas pelos OGM ou os efeitos do herbicida Roundup nas células humanas são algumas das matérias que a Monsanto procura branquear a todo o custo.

[Imagem: monsanto.jpg]

Sendo, atualmente, uma empresa mundial de biotecnologia agrícola especializada em sementes transgénicas e herbicidas, que tem vindo a mudar a face da agricultura e a ditar a alteração dos nossos hábitos alimentares, a Monsanto começou como um fornecedor de produtos químicos.

[Imagem: governo%281%29.png]

Tentando, por todos os meios - manipulação de estudos, técnicas de marketing agressivas, entre outros -, limpar a sua imagem, a Monsanto auto intitula-se como “uma companhia de agricultura sustentável” com o objetivo "produzir melhores alimentos para os consumidores e uma melhor alimentação para os animais".

[Imagem: companies.png]

A empresa oculta da sua história “pequenos pormenores”, como as consequências profundamente dramáticas para o meio ambiente e a saúde pública da produção de PCB's, a contaminação de vietnamitas e veteranos de guerra com o Agente Laranja ou a toxicidade do Roundup, o herbicida que se transformou numa mina de ouro.

[Imagem: organismos-geneticamente-modificados-16-...1468233822]

PCB's: Consequências dramáticas para o meio ambiente e a saúde pública.

Cerca de 99% dos PCB's utilizados nos EUA foram produzidos pela Monsanto na sua fábrica de Sauget, em Illinois - que apresenta a taxa mais elevada de morte fetal e de nascimentos prematuros do estado -, até terem sido totalmente proibidos pelo Congresso norte americano em 1976.

Estes compostos, produzidos desde 1930 e utilizados como refrigerantes e lubrificantes em equipamentos elétricos, são cancerígenos, e têm efeitos prejudiciais para o fígado, sistema endócrino, sistema imunológico, sistema reprodutor, sistema de desenvolvimento, pele, olhos e cérebrov.

Em janeiro de 2002, o jornalista Michael Grunwald, do Washington Post, descrevia no seu artigo, intitulado “Monsanto Hid Decades of Pollution (link is external)”, a forma como, durante cerca de quatro décadas, a Monsanto envenenou a população de Anniston, despejando regularmente lixo tóxico num riacho na zona Oeste desta pequena cidade americana.

Em 1966, os administradores da Monsanto aperceberam-se que os peixes do riacho estavam a morrer. Três anos depois, encontraram peixes noutro riacho com 7.500 vezes os níveis legais de PCB's. Em 1975, um estudo verificou que os PCB's causavam tumores em ratos. Os responsáveis da Monsanto ordenaram a alteração dos resultados.

Vários memorandos internos, classificados como “confidenciais” comprovam que a Monsanto sabia quais as consequências das suas práticas, mas isso não a impediu de lucrar durante quatro décadas com a produção de PCB's. "Nós não nos podemos dar ao luxo de perder um dólar de negócios", frisava um dos documentos.

As indemnizações pagas décadas depois representaram somente uma pequena fração dos lucros, demonstrando que, de facto, o crime compensou.

Quase 30 anos depois de os PCB's serem proibidos nos EUA, continuam a aparecer no sangue de mulheres grávidas, conforme avança um estudo de 2011 da Universidade da Califórnia, em San Francisco. Outras pesquisas apontam um paralelo entre PCB's e autismo.

DDT: O inseticida proibido nos EUA em 1972

Em 1944, a Monsanto tornou-se num dos primeiros fabricantes do pesticida DDT (link is external), utilizado para combater os mosquitos transmissores da malária e do tifo e que foi massivamente utilizado na agricultura.

Ainda que durante décadas a Monsanto tenha assegurado veementemente que o DDT era seguro, em 1972, o inseticida foi proibido em todo os EUA, após terem ficado provados os verdadeiros efeitos da toxicidade do produto.

No livro Silent Spring a bióloga norte Americana Rachel Carson demonstra como o DDT pode provocar cancro em seres humanos e interfere com a vida animal, causando, por exemplo, o aumento de mortalidade entre os pássaros. Carson chegou a comparar o efeito das pulverizações massivas de DDT ao de uma nova bomba atómica. Vários estudos assinalaram que o DDT estava a matar vários insetos inofensivos essenciais para os ecossistemas e o pesticida chegou a ser responsabilizado pela quase extinção de, pelo menos, uma ave, o falcão-peregrino.

Em 23 de maio de 2001, 122 países assinaram a Convenção de Estocolmo sobre poluentes orgânicos persistentes (POPs), com o objetivo de eliminar uma lista inicial de 12 substâncias tóxicas, na qual se incluía o DDT.

Desenvolvimento das primeiras armas nucleares

Pouco depois de adquirir, em 1936, a Thomas e Hochwalt Laboratories, em Dayton , Ohio, a Monsanto transformou esta divisão no seu Departamento de Investigação Central, que, entre 1943 e 1945, teve uma participação significativa no Projeto Manhattan , cujo objetivo era desenvolver a primeira bomba atómica.

O Dr. Charles Thomas , que veio a assumir a presidência da Monsanto, era responsável pela purificação final do plutónio e esteve presente no primeiro teste de explosão da bomba atómica.

Utilização do Agente Laranja aos EUA durante a Guerra do Vietname

Entre 1961 e 1971, a Monsanto forneceu Agente Laranja, resultante da combinação entre os herbicidas 2,4-D e 2, 4, 5-T, ao exército norte americano, que o utilizou para desfolhar as árvores da selva tropical do Vietname durante a guerra. Os cerca de 80 milhões de litros deste desfolhante despejados no país pela Força Aérea dos EUA foram contaminados com dioxina, uma substância altamente tóxica e cancerígena criada como um subproduto do processo de fabrico do Agente Laranja.

Até hoje, a utilização do desfolhante durante a Guerra do Vietname traduz-se em consequências devastadoras para a população vietnamita e para os veteranos de guerra norte americanos, que vieram a processar a Monsanto.

Os Veteranos do Vietname da América identificaram pelo menos 50 doenças associadas à exposição ao Agente Laranja, bem como 20 tipos de defeitos de nascença.

Segundo a Rede de Agricultura Sustentável (RAS), algumas estimativas dão conta da existência de mais de 500 mil crianças nascidas no Vietname desde os anos 60 com deformidades relacionadas à dioxina contida no Agente Laranja.

A RAS refere ainda que uma ação judicial, originada pela denuncia de trabalhadores ferroviários expostos a dioxinas em consequência de um descarrilamento, evidenciou a manipulação de estudos para apoiar a posição da Monsanto. Um funcionário da Agência de Proteção Ambiental Americana (EPA) chegou à conclusão que os estudos foram manipulados por forma a levarem a crer que os efeitos da dioxina se limitava à cloroacne - uma enfermidade da pele. A Monsanto acabou por ser multada em 16 milhões de dólares, verificando-se ainda que muito dos produtos da empresa estavam contaminados por dioxina.

No artigo “A Obscura História da Monsanto”, publicado pela RAS, é também citado um memorando da Dra. Cate Jenkins, da EPA, de 1990, onde se pode ler que "a Monsanto remeteu informações falsas à EPA”. “A empresa adulterou amostras de herbicida que remeteram ao Departamento do Ministério da Agricultura dos EUA para registar o 2,4-D e vários clorofenóis; ocultou provas sobre a contaminação do Lysol, além de excluir centenas dos seus antigos trabalhadores doentes dos seus estudos comparados de saúde”, avança a RAS.

BST: Degradação da saúde dos animais e perigo para a saúde pública

Em 1993, a Monsanto conseguiu a aprovação, por parte da Food and Drug Administration (FDA), da comercialização da BST, uma substância com efeito hormonal utilizada para fazer aumentar, entre 10% a 20%, a lactação nas vacas.

Em 1994, o Government Accountability Office (GAO) chegou a promover uma investigação a três funcionários da FDA envolvidos na aprovação da BST, por existirem suspeitas de conflito de interesses. Michael Taylor, Margaret Miller e Suzanne Sechen estiveram envolvidos nos estudos iniciais da Monsanto sobre a BST, tendo mais tarde vindo a integrar a FDA e a avaliar esses mesmos estudos. Ainda que tenham ficado perfeitamente demonstradas as inúmeras ligações entre a Monsanto e a FDA, o GAO acabou por concluir que nenhum destes funcionários tinha violado qualquer regra sobre conflito de interesses, defendendo não existir base legal para qualquer processo.

Um estudo da comissão científica da União Europeia veio, entretanto, a concluir que a utilização da BST aumenta substancialmente a incidência de problemas de saúde nos animais, entre os quais problemas nas patas, processos infecciosos agudos das glândulas mamárias (mastite) e doenças do aparelho reprodutor. No caso das vacas com mastite, o leite produzido apresenta pus, sendo que são administrados antibióticos que trazem problemas para os animais e enormes perigos sobre os seres humanos.

Por outro lado, quando se administra BST na vaca é estimulada a produção de outra hormona, o Fator de Crescimento 1 (IGF1). Em 1996, um estudo da Universidade de Illinois, Chicago, mostrou que as concentrações de IGF1 que se verificam no leite das vacas tratadas com a BST multiplicam por quatro o risco de cancro da próstata nos homens e por sete o risco de cancro da mama nas mulheres.

A partir de 1999, a BST começou a ser proibida em vários países: primeiro no Canadá, depois na Austrália, na Nova Zelândia, no Japão, em Israel e em toda a União Europeia.

Em 2000, a BST já se tinha tornado no produto farmacêutico mais vendido na história da indústria de laticínios.

Sacarina: Um produto cancerígeno?

No início da sua atividade, a Monsanto dedicou-se à produção do adoçante sacarina. Em pouco tempo, a empresa tornou-se na principal fornecedora de matérias primas da Coca-Cola.

Em 1977, a Food and Drug Administration (FDA) tentou retirar a sacarina do mercado após Arnold D.L. e outros autores terem assinalado que este produto induzia cancro da bexiga. Esta mesma conclusão foi corroborada, em 1980, num estudo do National Cancer Institute, que assinalou ainda que a sacarina produzia também vários outros tipos de tumores em ratos. Em 1981, a sacarina foi, inclusive, incluída na lista de substâncias carcinogénicas em humanos da NTP National Toxicology Program (NTP).

A sacarina continuou, contudo, a ser comercializada, mediante a pressão da indústria de alimentos dietéticos e dos próprios consumidores exibindo, contudo, e até ao final da década de 90, uma advertência com a indicação de que tinha apresentado sinais cancerígenos.

Posteriormente, alguns estudos revelaram que os resultados dos estudos apenas se aplicavam a ratos, na medida em que os tumores nestes animais se deviam a um mecanismo não relevante em humanos. Em 2000, esta substância foi retirada da lista de substâncias carcinogénicas.

Vários cientistas desaconselharam a retirada da sacarina desta lista. O documento oficial tem, até à data, a seguinte redação: "embora seja impossível concluir com certeza que não representa uma ameaça para a saúde humana, não se pode afirmar razoavelmente que a sacarina sódica é um carcinógeno humano em condições de uso geral como um adoçante artificial”.

OGM: Contaminação de culturas e perseguição aos agricultores.

Os Organismos Geneticamente Modificados (OGM) são organismos cujo material genético foi manipulado de modo a favorecer alguma característica desejada. No caso das sementes produzidas pela Monsanto, as mesmas foram geneticamente modificadas por forma a repelirem pragas ou a resistirem exclusivamente aos herbicidas comercializados pela empresa.

O milho transgénico, por exemplo, liberta um forte inseticida que não só aniquila os insetos passíveis de destruir as colheitas como também aqueles que lhes são benéficos, e essenciais para os ecossistemas, como borboletas e abelhas.

Uma das preocupações no que se refere ao cultivo de plantas transgénicas prende-se com a polinização cruzada entre estas espécies e as espécies nativas ou as culturas que não foram manipuladas geneticamente. O pólen transportado por insetos ou pelo vento pode implicar a contaminação de campos situados até dezenas de quilómetros, dependendo da distância percorrida pelo mesmo e da própria planta em causa.

Esta contaminação pode ter consequências bastante preocupantes. Em meados dos anos 90, a Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA) descobriu que o milho Starlink, da empresa Aventis, era alergénico, interditando a sua comercialização para consumo humano. Contudo, entre 2000 e 2001, foram recolhidos mais de 300 produtos alimentares que continham traços do produto e 44 pessoas queixaram-se de reações alérgicas como consequência do consumo desses alimentos.

Por forma a espalhar a sua tecnologia por todo o mercado de fornecimento de sementes, a Monsanto não só comercializa as suas próprias sementes patenteadas, como também, tal como refere o Food & Water Watchxvi, utiliza acordos de licenciamento com outras empresas e distribuidores permitindo, nomeadamente, que a concorrência utilize características genéticas desenvolvidas pela Monsanto nos seus produtos.

Em documentários como "Food, Inc." e "The Future of Food" é abordada a perseguição da Monsanto contra os agricultores. A Monsanto não se coíbe de processar pequenos agricultores por quebrarem o acordo de licenciamento da tecnologia da empresa ao qual se vinculam quando, tão simplesmente, adquirem um saco de sementes da multinacional.

Este acordo estipula, por exemplo, que os agricultores não podem guardar e replantar as sementes e são responsáveis pelo acompanhamento de todos os procedimentos incluídos no Guia de Utilização da Tecnologia da Monsanto, bem como que a Monsanto pode investigar as plantações dos agricultores e aceder aos seus registos na USDA Farm Service Agency. A Monsanto criou, inclusive, uma linha gratuita para que qualquer cidadão possa denunciar os agricultores que utilizam a tecnologia da Monsanto sem licençaxvii.

Não só os agricultores que adquiriram produtos da Monsanto são alvo de processos como também aqueles que, inadvertidamente, acabam por encontrar características genéticas desenvolvidas pela empresa nas suas culturas graças à polinização cruzada.

As mais valias tão propaladas do cultivo de OGM, como aumentar a produtividade ou diminuir a necessidade da aplicação de pesticidas e herbicidas, têm vindo a ser desmentidas pela comunidade científica. Ao invés de "produzir melhores alimentos para os consumidores e uma melhor alimentação para os animais", a Monsanto procura encher os seus cofres impondo uma alteração radical dos sistemas agrícolas a nível mundial e dos hábitos alimentares das populações.

Em 2009, os produtos da Monsanto cresciam em 282 hectares a nível mundial e em 40% da área cultivada nos EUA. Perto de 93% de toda a plantação de soja e 80% da plantação do milho nos EUA foram cultivadas com sementes contendo material genético patenteado pela Monsantoxviii. A Monsanto controla mais de 90 por cento da produção de OGM no mundo.

A expansão da utilização de OGM traduz-se na perda permanente de biodiversidade e numa ameaça à soberania e segurança alimentar, principalmente nos países mais pobres, onde as populações sobrevivem à custa da conservação de sementes.

Roundup: O veneno que se transformou numa mina de ouro.

Criando sementes transgénicas que resistem unicamente a este herbicida, a Monsanto obriga os agricultores a adquirir o Roundup, tornando a sua comercialização numa verdadeira mina de ouro. Em 2011, as vendas do Roundup e de outros herbicidas representaram 27 por cento do total das vendas líquidas da Monsanto.

No documentário “O Mundo Segundo a Monsanto”, Marie-Monique Robin reproduz a peça publicitária na qual a Monsanto apresenta o Roundup, como um produto “biodegradável, (que) deixa o solo limpo e respeita o meio ambiente”. “O glifosfato é menos tóxico para os ratos do que o sal de mesa ingerido em grande quantidade” , acrescenta a Monsanto, esquecendo-se de referir que o Roundap é muito mais tóxico na sua fórmula global.

Na realidade, os estudos que justificaram a homologação do Roundup foram produzidos somente com base na análise do princípio ativo, não sendo tidas em conta as características da fórmula final.

O professor Robert Bellé, do Centro Nacional de Investigação Científica francês, citado por Robin, concluiu que o Roundap desencadeia a primeira etapa que pode conduzir a situações de cancro 30 a 40 anos mais tarde. “O Roundap é um assassino de embriões e em concentrações mais fracas é um perturbador endócrino para os fetos”, escreveu.

Gilles-Eric Seralini, professor de biologia molecular na Universidad de Caen (Francia), que desenvolveu várias investigações para a Comissão Europeia sobre os efeitos dos alimentos transgénicos na saúde, foi taxativo quanto aos efeitos do Roundup nas células humanas: “mata-as diretamente”.

Vários estudos têm associado ainda a utilização do Roundup ao desenvolvimento de problemas do sistema reprodutor.

[Imagem: monsanto.jpg]


Dossier Monsanto completo segue abaixo (fundamental ler)


1 - Monsanto: Há mais de um século a contaminar o planeta: leia aqui

Criada em 1901 como uma empresa de produtos químicos, a Monsanto, hoje dedicada à biotecnologia agrícola, tem vindo, ao longo dos anos, a contaminar o nosso planeta, a controlar a nossa alimentação e a exercer o seu poder e influência junto de governos e organismos públicos.

2 - Monsanto: “Possivelmente a corporação mais temida da América": leia aqui

A Monsanto passou de uma pequena empresa química para uma extremamente poderosa empresa mundial de biotecnologia agrícola, que a revista Fortune identifica como “possivelmente a corporação mais temida da América". Neste artigo, assinalamos alguns dados que nos ajudam a perceber a dimensão do poder e influência desta empresa.

3 - Os produtos com que a Monsanto contamina o planeta: leia aqui

O envenenamento do meio ambiente e de populações com PCB's, a aplicação massiva de Agente Laranja no Vietname, os perigos para a saúde pública causados pela hormona de crescimento bovino, a contaminação de culturas pelos OGM ou os efeitos do herbicida Roundup nas células humanas são algumas das matérias que a Monsanto procura branquear a todo o custo.

4 - Os atos das sementes: leia aqui

O acesso livre a sementes é a base da soberania alimentar, que é o direito de todos os povos à definição das suas próprias políticas agrícolas e alimentares de forma apropriada às suas circunstâncias particulares. Este direito está hoje a ser atropelado.

5 - Monsanto e a controvérsia científica: leia aqui

Os organismos geneticamente modificados (OGMS) são um tipo de biotecnologia que enquanto dispositivo político reforça os cânones da ciência moderna. Centrais na discussão sobre a objetividade e missão da ciência, bem como da legitimidade das publicações científicas, os OGMs promovem uma controvérsia que se desenha no eixo norte-sul e na dissidência científica.

6 - As agriculturas do mundo e o negócio das sementes, fertilizantes e pesticidas: leia aqui

Não por mero acaso, o percurso histórico de agravamento das desigualdades produtivas e da fome, no século XX, é coincidente com o da história das principais multinacionais que ainda hoje atuam no mercado mundial.

7 - Uma outra revolução verde: leia aqui

Em 1968, o diretor da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), William Gaud, anunciava uma revolução tecnológica para aumentar a produtividade agrícola. Hoje assistimos ao mesmo tipo de discurso, baseado no mesmo tipo de erros.

8 - Os novos Frankensteins: leia aqui

A Comissão Europeia continua determinada em aprovar o cultivo de uma variedade de milho geneticamente modificado da Pioneer. Se esta investida for bem sucedida, esta variedade de milho irá juntar-se a outra criada pela Monsanto, que já é cultivada na Europa, e abrir mais uma brecha na política anti-transgénicos europeia.

9 - Monsanto: Do agente laranja ao agente laranja: leia aqui

A Monsanto desenvolveu variedades OGM de algodão e soja resistentes ao herbicida dicamba (igualmente utilizado na guerra do Vietname, semelhante ao 2,4-D) aguardando apenas a aprovação do USDA. Com o cultivo destas variedades geneticamente modificadas regressa a utilização de um dos químicos do infame agente laranja. É um regresso às origens.

10 - Máquinas de guerra: Blackwater, Monsanto e Bill Gates: leia aqui

O maior exército mercenário do mundo, Blackwater vendeu serviços clandestinos de espionagem à transnacional Monsanto.

11 - O lado mais sujo da Monsanto: leia aqui

Para impor os seus produtos em todo o mundo, a empresa mobiliza agências de espionagem norte-americanas, vigia cientistas e dispara ataques cibernéticos.

12 - Documentários que falam sobre a Monsanto: leia aqui

Neste artigo, o esquerda.net reproduz os documentários “Le monde selon Monsanto” (O Mundo segundo a Monsanto), “Seeds of Freedom” (Sementes da Liberdade)”, “Food Inc.” (Alimentos SA), e “The Future of Food” (O futuro dos Alimentos).





O Mundo Segundo A Monsanto


[Imagem: 25uqjq9.jpg]
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 8 usuários diz(em) obrigado a ruicoelho pelo seu post:
#RSO# (26-03-2017), Andяew (28-03-2017), Binho C.R. (26-03-2017), Doc S (26-03-2017), Lucas_0512 (26-03-2017), OfimDoComeço (27-03-2017), rmuller (27-03-2017), YxY (28-03-2017)
Balas de Colágeno pelo melhor preço é na Tudo Saudável
26-03-2017, 07:43 PM
Resposta: #2
RE: Os produtos com que a Monsanto contamina o planeta
Eu lembro que entre 1998 e 1999 começou a surgir a polêmica sobre essas monoculturas de transgênicos no Brasil. Os "especialistas" pagos pela Monsanto passavam seus dias escrevendo artigos e dando entrevistas sobre as maravilhas da engenharia genética para a agricultura. Produtos com mais vitaminas, mais resistentes, que usariam menos veneno e menos água e produziriam mais. A mídia paga pela Monsanto repetia a mesma ***** e os bobalhões que não podem ouvir ou ler a palavra-fetiche ciência ficavam maravilhados com a "evolução" científica, outra palavra que adoram.

Eu quero saber onde estão, passado mais de 20 anos, onde estão os maravilhosos produtos vegetais com mais vitaminas, menor consumo de agrotóxico e água. Onde estão os alimentos "remédios" que os babacas diziam que iriam surgir se aprovassem o plantio dessas plantas deturpadas?

Ficaram nas páginas da Veja Coxinha, da Isto é Batedor de Panela, ou da Globo Ruralista Golpista.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 8 usuários diz(em) obrigado a MARCELO DF pelo seu post:
Doc S (29-03-2017), gonçalo ribas (26-03-2017), justiceiro (26-03-2017), OfimDoComeço (27-03-2017), ruicoelho (27-03-2017), tarcardoso (29-03-2017), WithoutDoctrine (27-03-2017), YxY (28-03-2017)
28-03-2017, 11:15 PM (Resposta editada pela última vez em: 29-03-2017 10:13 AM por Andяew.)
Resposta: #3
RE: Os produtos com que a Monsanto contamina o planeta
Caro @ruicoelho

Perdoe o erro...
O documentário é este daqui...
Monsanto: The Company that owns the World's Food Supply
Acabei anexando a imagem do q vc indicou q ainda não vi, pois fui salvar a mesma numa pasta em meu PC.

Acredito não ser tão completo como o q indicou mas é esclarecedor:





PS: Sabe como é, né? Tarde da noite...

Abs! Smile
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Andяew pelo seu post:
Doc S (29-03-2017), ruicoelho (29-03-2017)
16-06-2017, 06:36 PM
Resposta: #4
RE: Os produtos com que a Monsanto contamina o planeta
Lutar contra instituições criminosas como a maldita Monsanto pode ser perigoso demais,pois como todo grupo criminoso a retaliação existe ....

https://www.brasildefato.com.br/2017/06/...-le-monde/

*VISITE*
http://forum.noticiasnaturais.com
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a Sanderson S. Pierre pelo seu post:
Doc S (18-06-2017), Fire Fox (17-06-2017)
Aqui você encontra as barrinhas da Hart's Natural pelo menor preço
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
Exclamation [ATENÇÃO] Chuva de Meteoritos Por Todo o Planeta Sann 120 76,262 21-12-2016 09:09 PM
Última Resposta: Elenin20182024
  Monsanto Contaminou de Forma Intencional a Baía de São Francisco com PCB admin 0 916 16-11-2015 01:39 PM
Última Resposta: admin
  A Maior chuva do Planeta eduvix 18 14,839 28-12-2013 12:31 AM
Última Resposta: Tito Pito
  Tempestades Solares – A Ameaça ao Planeta Terra (Especial BBC – 2012) Pescada 0 2,394 06-11-2012 01:57 PM
Última Resposta: Pescada
  A Sexta Extinção no Planeta Terra Gladys 5 7,064 03-09-2011 02:03 AM
Última Resposta: Annunaki

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 155 usuários online.
» 1 Membros | 154 Visitantes
Elenin20182024

Estatísticas do Fórum
» Membros: 19,755
» Último Membro: John Hayworth
» Tópicos do Fórum: 24,329
» Respostas do Fórum: 258,745

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Projeto Blue Beam
Última Resposta Por: Branco
Ontem 07:33 PM
» Respostas: 153
» Visualizações: 35585
Como sair da Matrix por Olavo de Carvalho
Última Resposta Por: Tyler Durden
Ontem 07:31 PM
» Respostas: 23
» Visualizações: 1206
Sharia vs Secular Democracy – which is more tolerant? The debate video!
Última Resposta Por: Binho C.R.
Ontem 06:58 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 125
Elijah Wood denuncia escândalo de pedofilia em Hollywood
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
Ontem 05:47 PM
» Respostas: 14
» Visualizações: 2983
Dono da JBS grava Temer dando aval para comprar silêncio de Cunha
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
Ontem 04:18 PM
» Respostas: 258
» Visualizações: 13524
Google não irá mais ler seus emails para personalizar os anúncios na internet
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
Ontem 04:12 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 110
Hospital remove parte do estômago de paciente errado
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
Ontem 04:09 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 114
O desequilibrio da penalidade e suas consequências.
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
Ontem 03:28 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 123
O que aconteceria se a Terra de repente ficasse plana
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 11:19 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 158
Misterioso objeto planetário do tamanho de Marte pode estar se escondendo no Sistema
Última Resposta Por: Bruna T
Ontem 11:18 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 155
Nibiru, Elenin, - Transformações da Terra - o que ninguém te conta
Última Resposta Por: Elenin20182024
Ontem 11:04 AM
» Respostas: 1180
» Visualizações: 493190
Compra de arma de fogo
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 07:21 AM
» Respostas: 40
» Visualizações: 18780
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 05:35 AM
» Respostas: 411
» Visualizações: 118064
Terra Chata? Uma Nova Teoria sobre o Polo Sul
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 04:03 AM
» Respostas: 374
» Visualizações: 59365
Catastrofe climatica de Junho à Setembro?!...
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 03:53 AM
» Respostas: 8
» Visualizações: 1556
Série de TV Previu há 24 Anos o Incêndio Mortal da Torre Grenfell em Londres?
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 03:47 AM
» Respostas: 3
» Visualizações: 330
Cresce de Forma Alarmante a Censura na Internet no Mundo Todo
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 02:12 AM
» Respostas: 11
» Visualizações: 2414
Monitoramento Global, Terremotos, Solares, Marés etc
Última Resposta Por: Doc S
23-06-2017 06:06 PM
» Respostas: 60
» Visualizações: 36597
(Importante) III Guerra Mundial
Última Resposta Por: Doc S
23-06-2017 05:59 PM
» Respostas: 657
» Visualizações: 411673
COREIA DO NORTE: Centralização de Notícias importantes
Última Resposta Por: Doc S
23-06-2017 05:44 PM
» Respostas: 173
» Visualizações: 14796
Corte das relações com o Qatar é o início da desintegração dos países Árabes
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
23-06-2017 04:35 PM
» Respostas: 25
» Visualizações: 2030
'Pelo bem da humanidade', Stephen Hawking faz apelo para que homem volte à Lua
Última Resposta Por: Icarox
23-06-2017 02:52 PM
» Respostas: 10
» Visualizações: 538
Evolução da inteligencia artificial
Última Resposta Por: Xevious
23-06-2017 02:08 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 3384
Donald Trump: candidato anti-NOM ?
Última Resposta Por: Elenin20182024
23-06-2017 01:56 PM
» Respostas: 67
» Visualizações: 9487
Donald Trump morreu, o que vemos na mídia como candidato não é mais ele
Última Resposta Por: Elenin20182024
23-06-2017 01:55 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 10895
Novo Trailer da 29ª Temporada dos Simpsons (estranho)
Última Resposta Por: Elenin20182024
23-06-2017 01:55 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 3445
Olavo de Carvalho - O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota
Última Resposta Por: Olbiano
23-06-2017 01:26 PM
» Respostas: 51
» Visualizações: 29735
Simbologia Illuminati Maçônica na História Oculta de Brasília
Última Resposta Por: Olbiano
23-06-2017 01:25 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 30526
O Portugal das aparições. Um país "mesquinho, empobrecido e atrasado"
Última Resposta Por: Olbiano
23-06-2017 01:25 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 1436
Três Pilares. Três Bastiões. Um Tiro da NOM no Seio da Sociedade.
Última Resposta Por: jonas car
23-06-2017 09:16 AM
» Respostas: 10
» Visualizações: 1271

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial