Shoyu Orgânico Fermentado Naturalmente Você Encontra na Tudo Saudável


Atualizações: Operação Jade Helm

Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 1 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes
13-02-2017, 09:26 AM
Resposta: #1
Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes
Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes


Sei que muito já foi discutido sobre a nova geração, mas creio que o texto abaixo é bastante enriquecedor especialmente no que diz respeito a vida profissional e na relação entre pais e filhos, geração x e y. É um dos textos mais interessantes que já li sobre o assunto e por isso quis compartilhar com vocês. Creio que pode fomentar uma ótima troca de opiniões e experiências.


Esta é a Ana.

[Imagem: Lucy.png]


Ana é parte da Geração Y, a geração de jovens nascidos entre o fim da década de 1970 e a metade da década de 1990. Ela também faz parte da cultura Yuppie, que representa uma grande parte da geração Y.

Citar:“Yuppie” é uma derivação da sigla “YUP”, expressão inglesa que significa “Young Urban Professional”, ou seja, Jovem Profissional Urbano. É usado para referir-se a jovens profissionais entre os 20 e os 40 anos de idade, geralmente de situação financeira intermediária entre a classe média e a classe alta. Os yuppies em geral possuem formação universitária, trabalham em suas profissões de formação e seguem as últimas tendências da moda. – Wikipedia

Eu dou um nome para yuppies da geração Y — costumo chamá-los de “Yuppies Especiais e Protagonistas da Geração Y”, ou “GYPSY” (Gen Y Protagonists & Special Yuppies). Um GYPSY é um tipo especial de yuppie, um tipo que se acha o personagem principal de uma história muito importante.

Então Ana está lá, curtindo sua vida de GYPSY, e ela gosta muito de ser a Ana. Só tem uma pequena coisinha atrapalhando:

Ana está meio infeliz.

Para entender a fundo o porquê de tal infelicidade, antes precisamos definir o que faz uma pessoa feliz, ou infeliz. É uma formula simples:

[Imagem: HR-E.png]


É muito simples — quando a realidade da vida de alguém está melhor do que essa pessoa estava esperando, ela está feliz. Quando a realidade acaba sendo pior do que as expectativas, essa pessoa está infeliz.

Para contextualizar melhor, vamos falar um pouco dos pais da Ana:

[Imagem: Lucys-Parents.png]


Os pais da Ana nasceram na década de 1950 — eles são “Baby Boomers“. Foram criados pelos avós da Ana, nascidos entre 1901 e 1924, e definitivamente não são GYPSYs.

[Imagem: Lucys-Grandparents.png]


Na época dos avós da Ana, eles eram obcecados com estabilidade econômica e criaram os pais dela para construir carreiras seguras e estáveis. Eles queriam que a grama dos pais dela crescesse mais verde e bonita do que eles as deles próprios. Algo assim:

[Imagem: green-grass.png]


Eles foram ensinados que nada podia os impedir de conseguir um gramado verde e exuberante em suas carreiras, mas que eles teriam que dedicar anos de trabalho duro para fazer isso acontecer.

[Imagem: parent-expectation.png]


Depois da fase de hippies insofríveis, os pais da Ana embarcaram em suas carreiras. Então nos anos 1970, 1980 e 1990, o mundo entrou numa era sem precedentes de prosperidade econômica. Os pais da Ana se saíram melhores do que esperavam, isso os deixou satisfeitos e otimistas.

[Imagem: parent-reality2.png]


Tendo uma vida mais suave e positiva do que seus próprios pais, os pais da Ana a criaram com um senso de otimismo e possibilidades infinitas. E eles não estavam sozinhos. Baby Boomers em todo o país e no mundo inteiro ensinaram seus filhos da geração Y que eles poderiam ser o que quisessem ser, induzindo assim a uma identidade de protagonista especial lá em seus sub-conscientes.

Isso deixou os GYPSYs se sentindo tremendamente esperançosos em relação à suas carreiras, ao ponto de aquele gramado verde de estabilidade e prosperidade, tão sonhado por seus pais, não ser mais suficiente. O gramado digno de um GYPSY também devia ter flores.

[Imagem: flowers.png]


Isso nos leva ao primeiro fato sobre GYPSYs:

GYPSYs são ferozmente ambiciosos

[Imagem: President1.png]


O GYPSY precisa de muito mais de sua carreira do que somente um gramado verde de prosperidade e estabilidade. O fato é, só um gramado verde não é lá tão único e extraordinário para um GYPSY. Enquanto seus pais queriam viver o sonho da prosperidade, os GYPSYs agora querem viver seu próprio sonho.

Cal Newport aponta que “seguir seu sonho” é uma frase que só apareceu nos últimos 20 anos, de acordo com o Ngram Viewer, uma ferramenta do Google que mostra quanto uma determinada frase aparece em textos impressos num certo período de tempo. Essa mesma ferramenta mostra que a frase “carreira estável” saiu de moda, e também que a frase “realização profissional” está muito popular.

[Imagem: a-secure-career.png]


[Imagem: a-fulfilling-career.png]


Para resumir, GYPSYs também querem prosperidade econômica assim como seus pais – eles só querem também se sentir realizados em suas carreiras, uma coisa que seus pais não pensavam muito.

Mas outra coisa está acontecendo. Enquanto os objetivos de carreira da geração Y se tornaram muito mais específicos e ambiciosos, uma segunda ideia foi ensinada à Ana durante toda sua infância:

[Imagem: youre-special.png]


Este é provavelmente uma boa hora para falar do nosso segundo fato sobre os GYPSYs:

GYPSYs vivem uma ilusão


Na cabeça de Ana passa o seguinte pensamento: “mas é claro… todo mundo vai ter uma boa carreira, mas como eu sou prodigiosamente magnífica, de um jeito fora do comum, minha vida profissional vai se destacar na multidão”. Então se uma geração inteira tem como objetivo um gramado verde e com flores, cada indivíduo GYPSY acaba pensando que está predestinado a ter algo ainda melhor:

Um unicórnio reluzente pairando sobre um gramado florido.

[Imagem: unicorn.png]


Mas por que isso é uma ilusão? Por que isso é o que cada GYPSY pensa, o que põe em xeque a definição de especial:

Citar:es-pe-ci-al | adjetivo
melhor, maior, ou de algum modo
diferente do que é comum

De acordo com esta definição, a maioria das pessoas não são especiais, ou então “especial” não significaria nada.

Mesmo depois disso, os GYPSYs lendo isto estão pensando, “bom argumento… mas eu realmente sou um desses poucos especiais” – e aí está o problema.

Uma outra ilusão é montada pelos GYPSYs quando eles adentram o mercado de trabalho. Enquanto os pais da Ana acreditavam que muitos anos de trabalho duro eventualmente os renderiam uma grande carreira, Ana acredita que uma grande carreira é um destino óbvio e natural para alguém tão excepcional como ela, e para ela é só questão de tempo e escolher qual caminho seguir. Suas expectativas pré-trabalho são mais ou menos assim:

[Imagem: GYPSY-expectation.png]


Infelizmente, o mundo não é um lugar tão fácil assim, e curiosamente carreiras tendem a ser muito difíceis. Grandes carreiras consomem anos de sangue, suor e lágrimas para se construir – mesmo aquelas sem flores e unicórnios – e mesmo as pessoas mais bem sucedidas raramente vão estar fazendo algo grande e importante nos seus vinte e poucos anos.

Mas os GYPSYs não vão apenas aceitar isso tão facilmente.

Paul Harvey, um professor da Universidade de New Hampshire, nos Estados Unidos, e expert em GYPSYs, fez uma pesquisa onde conclui que a geração Y tem “expectativas fora da realidade e uma grande resistência em aceitar críticas negativas” e “uma visão inflada sobre si mesmo”. Ele diz que “uma grande fonte de frustrações de pessoas com forte senso de grandeza são as expectativas não alcançadas. Elas geralmente se sentem merecedoras de respeito e recompensa que não estão de acordo com seus níveis de habilidade e esforço, e talvez não obtenham o nível de respeito e recompensa que estão esperando”.

Para aqueles contratando membros da geração Y, Harvey sugere fazer a seguinte pergunta durante uma entrevista de emprego: “Você geralmente se sente superior aos seus colegas de trabalho/faculdade, e se sim, por quê?”. Ele diz que “se o candidato responde sim para a primeira parte mas se enrola com o porquê, talvez haja um senso inflado de grandeza. Isso é por que a percepção da grandeza é geralmente baseada num senso infundado de superioridade e merecimento. Eles são levados a acreditar, talvez por causa dos constantes e ávidos exercícios de construção de auto-estima durante a infância, que eles são de alguma maneira especiais, mas na maioria das vezes faltam justificativas reais para essa convicção”.

E como o mundo real considera o merecimento um fator importante, depois de alguns anos de formada, Ana se econtra aqui:

[Imagem: looking-up.png]


A extrema ambição de Ana, combinada com a arrogância, fruto da ilusão sobre quem ela realmente é, faz ela ter expectativas extremamente altas, mesmo sobre os primeiros anos após a saída da faculdade. Mas a realidade não condiz com suas expectativas, deixando o resultado da equação “realidade – expectativas = felicidade” no negativo.

E a coisa só piora. Além disso tudo, os GYPSYs tem um outro problema, que se aplica a toda sua geração:

GYPSYs estão sendo atormentados

Obviamente, alguns colegas de classe dos pais da Ana, da época do ensino médio ou da faculdade, acabaram sendo mais bem-sucedidos do que eles. E embora eles tenham ouvido falar algo sobre seus colegas de tempos em tempos, através de esporádicas conversas, na maior parte do tempo eles não sabiam realmente o que estava se passando na carreira das outras pessoas.

A Ana, por outro lado, se vê constantemente atormentada por um fenômeno moderno: Compartilhamento de Fotos no Facebook.

As redes sociais criam um mundo para a Ana onde: A) tudo o que as outras pessoas estão fazendo é público e visível a todos, B) a maioria das pessoas expõe uma versão maquiada e melhorada de si mesmos e de suas realidades, e C) as pessoas que expõem mais suas carreiras (ou relacionamentos) são as pessoas que estão indo melhor, enquanto as pessoas que estão tendo dificuldades tendem a não expor sua situação. Isso faz Ana achar, erroneamente, que todas as outras pessoas estão indo super bem em suas vidas, só piorando seu tormento.

[Imagem: taunted.png]


Então é por isso que Ana está infeliz, ou pelo menos, se sentindo um pouco frustrada e insatisfeita. Na verdade, seu início de carreira provavelmente está indo muito bem, mas mesmo assim, ela se sente desapontada.

Aqui vão meus conselhos para Ana:

1) Continue ferozmente ambiciosa. O mundo atual está borbulhando de oportunidades para pessoas ambiciosas conseguirem sucesso e realização profissional. O caminho específico ainda pode estar incerto, mas ele vai se acertar com o tempo, apenas entre de cabeça em algo que você goste.

2) Pare de pensar que você é especial. O fato é que, neste momento, você não é especial. Você é outro jovem profissional inexperiente que não tem muito para oferecer ainda. Você pode se tornar especial trabalhando duro por bastante tempo.

3) Ignore todas as outras pessoas. Essa impressão de que o gramado do vizinho sempre é mais verde não é de hoje, mas no mundo da auto-afirmação via redes sociais em que vivemos, o gramado do vizinho parece um campo florido maravilhoso. A verdade é que todas as outras pessoas estão igualmente indecisas, duvidando de si mesmas, e frustradas, assim como você, e se você apenas se dedicar às suas coisas, você nunca terá razão pra invejar os outros.

Fonte
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 7 usuários diz(em) obrigado a Rafaelsimões pelo seu post:
Alimah (13-02-2017), Angelick (02-03-2017), evandro.petrobras (03-03-2017), Gapre (13-02-2017), gonçalo ribas (13-02-2017), Salsichinha (12-03-2017), Zunim (13-02-2017)
Biscoitos saudáveis e sem glúten
você encontra aqui!
13-02-2017, 10:55 AM
Resposta: #2
RE: Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes
Esse texto me parece que reflete muito bem a realidade estadosunidense. No Brasil ela é um pouco mais restrita às classes mais abastadas e bem formadas. Para os mais pobres nunca se teve muita expectativa de nada e, ultimamente, elas tem se reduzido cada vez mais com essa crise toda.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 6 usuários diz(em) obrigado a Gapre pelo seu post:
gonçalo ribas (13-02-2017), MARCELO DF (14-02-2017), Peter Joseph (13-02-2017), Rafaelsimões (13-02-2017), tarcardoso (03-03-2017), Zunim (13-02-2017)
13-02-2017, 10:59 AM
Resposta: #3
RE: Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes
Essa "Ana" é feliz e não sabe... Ela só precisa ter mais bom senso e pés no chão, o resto ela deve ter de sobra...

E a grande massa assalariada (como deve ser a maioria de nós) que já trabalha e dificilmente consegue tempo ou recursos pra pagar uma faculdade...

E aqueles que estão desempregados/subempregados e que lutam pelo pão de cada dia (refiro-me aqui aos que realmente lutam e não aos que vivem de "bolsas" do governo)...

No final das contas, todos têm suas dificuldades e seus desafios. Alguns mais, outros menos. Mas o sol nasce para todos, não é mesmo?

Gentileza gera gentileza. Smile
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 7 usuários diz(em) obrigado a Zunim pelo seu post:
Doc S (13-02-2017), FaNtOmAs (16-02-2017), Gapre (13-02-2017), MARCELO DF (14-02-2017), pequeno gafanhoto (14-02-2017), Rafaelsimões (13-02-2017), Salsichinha (12-03-2017)
13-02-2017, 12:52 PM
Resposta: #4
RE: Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes
O problema é a midia, propaganda..

Aí tu ve gente falando.. "Larguei tudo e vivo a vida feliz viajando pelo mundo e sendo rico"..

Ou "Saí do meu serviço e hoje sou um magnata da informática"

Ou "Vivo na praia, trabalho com meu noteBook, entre uma onda e outra"..

Pode até ser realidade, mas é para uma mínima, mas mínima mesmo quantidade de gente.. e não adianta ser "bom", se não tiver contatos, muita coisa não sai do chão..
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 6 usuários diz(em) obrigado a Xevious pelo seu post:
FaNtOmAs (16-02-2017), Gapre (13-02-2017), gonçalo ribas (13-02-2017), MARCELO DF (14-02-2017), Rafaelsimões (13-02-2017), Zunim (14-02-2017)
Compre amendoim e derivados pelo menor preço aqui - Loja Tudo Saudável
13-02-2017, 04:56 PM
Resposta: #5
RE: Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes
A verdade é que a pior geração em todos os sentidos pegou o pior momento da história da humanidade e quando se fala do Brasil aí a situação fica mais delicada ainda,pois temos a pior geração passando pelo pior momento do país que será longo,para piorar mais ainda essa situação temos pais que mimam muito os filhos,que adoram comparar a situação dos filhos com a deles no passado sendo que são contextos totalmente diferentes,enfim,essa geração vai sofrer muito ainda.
Tenho pena e nojo deles ao mesmo tempo,eles tem tanta coisa a favor deles,mas ao mesmo tempo tem tanta coisa contra.

http://forum.noticiasnaturais.com
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a Sanderson S. Pierre pelo seu post:
FaNtOmAs (16-02-2017), MARCELO DF (14-02-2017), pequeno gafanhoto (14-02-2017), Rafaelsimões (13-02-2017), Zunim (14-02-2017)
13-02-2017, 07:21 PM
Resposta: #6
RE: Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes
O problema é que vivemos entre masturbadores ambulante.

Eu vou explicar esssa concepção..

Através de séries e internet, os jovens estão criando imagens artificiais bem distante da realidade.

Para citar exemplos : medicina legal e forense na realidade, é bem distante de CSI, para os masturbadores de plantão, CSI é o padrão mundial da ciência forense, vc descobre o DNA até no fio de cabelo, e a realidade é bem diferente disso. Existem pelo menos três classes de profissionais das ciências forenses : existe o médico legista, responsável por encontrar a amostra intrinseca ao corpo de estudo. Existe o cientista in loco, que é o forense responsável por ir até o local, descrever a cena do crime e simular como pode ter sido desenvolvida a trama e ainda existe o perito laboratorial, responsável por avaliar essas amostras em laboratório.
Muitos acreditam que ciência, é aquele postzinho que uma página aleatória faz no facebook, e que todo cientista ao fazer uma descoberta de anos e anos de progresso e tempo perdido grita "EUREKA!" e vira famoso tendo seu nome espalhando pelas redes "sociais"...quando na realidade é bem diferente disso. Está correto que as pesquisas levam anos e não é raro ter contra tempos, mas as formas de correlacionar os dados e encontrar padrões estatísticos comportamentais são diversas e o esforço é colossal, além disso, o pesquisador passa mais tempo pesquisando como o mundo desenvolve uma metodologia semelhante a dele, do que de fato desenvolvendo, e quando desenvolve, sempre existe algo único que carrega sua própria identidade e necessário de passar por vários filtros de avaliação da própria lógica e metodologia.
Não podemos excluir as tais "redes sociais" que faz com que os masturbadores acreditem estar próximos de alguém distante, o que de fato não é verdade: a única coisa próxima de você é um monitor ou o seu celular. A única coisa que a tecnologia teoricamente deveria fazer é facilitar a comunicação entre os distantes, no entanto, os masturbadores tem feito isso de tal maneira, que o próprio mundo real se tornou um campo de existência distante.

Como os masturbadores vivem tendo seus prazeres constantemente alimentado e desejando mais, eles acreditam que o mundo deve estar esperando por eles "quando eles estiverem prontos" e não se preocupam em "estar prontos para o mundo".

Nada é tão diferente da pornografia : no ato solitário, busca-se/deseja-se a concretização dos fatos apresentados na tela em sua própria realidade, o que jamais irá ocorrer, além de ser algo perigoso para a própria pisquê. Certamente, os mais vividos podem concordar, que a pornografia é algo muito surreal se comparado ao ato verdadeiro.

Essa é a famosa matrix.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a fallen1232 pelo seu post:
MARCELO DF (14-02-2017), NoNOM (13-02-2017), Rafaelsimões (13-02-2017), tarcardoso (03-03-2017), Zunim (14-02-2017)
13-02-2017, 10:04 PM
Resposta: #7
RE: Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes
(13-02-2017 07:21 PM)fallen1232 Escreveu:  O problema é que vivemos entre masturbadores ambulante.

Eu vou explicar esssa concepção..

Através de séries e internet, os jovens estão criando imagens artificiais bem distante da realidade.

...

Como os masturbadores vivem tendo seus prazeres constantemente alimentado e desejando mais, eles acreditam que o mundo deve estar esperando por eles "quando eles estiverem prontos" e não se preocupam em "estar prontos para o mundo".

Nada é tão diferente da pornografia : no ato solitário, busca-se/deseja-se a concretização dos fatos apresentados na tela em sua própria realidade, o que jamais irá ocorrer, além de ser algo perigoso para a própria pisquê. Certamente, os mais vividos podem concordar, que a pornografia é algo muito surreal se comparado ao ato verdadeiro.

Essa é a famosa matrix.

Disse tudo, amigo. A expectativa x realidade é o que tem derrubado essa turma. Perdem muito tempo com teorias mirabolantes e vidas de mentira. Sociedade do self, do politicamente correto, da luta por likes, do ego. Vende-se uma imagem de perfeição enquanto na verdade não se sabe como lidar com os próprios problemas e desafios. Para piorar, essa imagem é comprada por outros que se sentem diminuídos e inferiorizados frente a um ideal inatingível.

Nunca tivemos tanto e ao mesmo tempo somos tão pouco. Incrível como a tal aldeia global, que dizem aproximar os distantes e distanciar os próximos, tem contribuído para a perda de identidade. Óbvio que tem muitos pontos bons, como a liberdade de expressão e a grande quantidade de informação disponível. Porém perde-se tempo em coisas fúteis e em pluralismos onde qualquer opinião diferente da maioria é preconceito, é ofensiva, é ultrapassada. O que dizer então dos conselhos dos mais velhos? Tornaram-se ideias ignorantes frente à uma juventude que pensa que tudo sabe. Já diria o pregador: Vaidade das vaidades! Tudo é vaidade!

E em tempos de grande vaidade, onde todos cresceram se achando especiais, nada nunca será o bastante...a não ser para postar no facebook.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a Rafaelsimões pelo seu post:
fallen1232 (14-02-2017), FaNtOmAs (16-02-2017), MARCELO DF (14-02-2017), tarcardoso (03-03-2017), Zunim (14-02-2017)
Desodorante Bion Vitta sem Alumínio ou Triclosan Você Encontra na Tudo Saudável Produtos Naturais
14-02-2017, 01:21 AM
Resposta: #8
RE: Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes
(13-02-2017 10:59 AM)Zunim Escreveu:  Essa "Ana" é feliz e não sabe... Ela só precisa ter mais bom senso e pés no chão, o resto ela deve ter de sobra...

E a grande massa assalariada (como deve ser a maioria de nós) que já trabalha e dificilmente consegue tempo ou recursos pra pagar uma faculdade...

E aqueles que estão desempregados/subempregados e que lutam pelo pão de cada dia (refiro-me aqui aos que realmente lutam e não aos que vivem de "bolsas" do governo)...

No final das contas, todos têm suas dificuldades e seus desafios. Alguns mais, outros menos. Mas o sol nasce para todos, não é mesmo?

Eu realmente queria saber como.alguém vive com bolsa do governo. Afinal a enormidade de 200 reais deve ser algo para Sheik nenhum recusar.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a MARCELO DF pelo seu post:
Gapre (14-02-2017), Rafaelsimões (14-02-2017)
14-02-2017, 01:26 AM
Resposta: #9
RE: Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes
Essa é Ana. Ana é uma coxinha. Como coxinha Ana tem todas as facilidades da vida e nenhum talento real. Assim ela fica infeliz por não ter a vida de fotos de Instagram com as paisagens de dubai, fotos com tigres siberianos albinos, viagens para a Polinésia francesa. Ana não sabe que vive num país em que de cada 3 pessoas 1 não tem água tratada ou esgoto, em que 24 crianças entre mil morrem antes de completar 12 meses de vida e em que 10% da população retém 67% da riqueza do país.
É Ana, sua vida é muito dura. Você acorda as 5 da manhã, talvez às 4, e usa 3 ou mais veículos barulhentos e apinhados de pessoas e três horas depois você chega ao local de trabalho para passar 8 horas por dia em alguma função mal remunerada e sem perspectiva alguma de melhora. Depois mais 2 ou 3 horas para retornar para casa com medo de, ao descer do.ônibus ser assaltada ou estuprada por um bandido. Passaram-se apenas 14 horas da vida de Ana. Agora ela tem 2 horas de folga antes de dormir, claro se for "preguiçosa" e quiser dormir 8 horas como o recomendado pelos fisiologistas. Se for uma mulher "guerreira" ela vai fazer coisas como lavar, passar, limpar ou quem sabe frequentar um curso noturno. Se tiver sorte de trabalhar perto de onde estuda. Ah! Ana receberá o rótulo de favelada e/ou vileira.

Eu realmente fico com raiva quando vejo essas análises sobre essas gerações de coxinhas. Parece que essas pessoas sofrem e o "sofrimento" delas é algo especial. Ah! Não se trata de sofrimento é apenas uma análise da "geração" mi mi mi. É uma mostra de como até nisso existe discriminação. Quando fazem análise de pessoas da periferia focam sempre em bandidos ou vagabundos.
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 5 usuários diz(em) obrigado a MARCELO DF pelo seu post:
Balzaquiana (02-03-2017), Gapre (14-02-2017), Rafaelsimões (14-02-2017), tarcardoso (03-03-2017), Zunim (14-02-2017)
14-02-2017, 08:12 AM
Resposta: #10
RE: Porque os jovens profissionais da geração Y estão infelizes
Simples :


[Imagem: bfaab608-f73e-44a9-b779-949fe53f224b-large.jpeg]



Geração blá, blá, blá...Big Grin

Ainda bem que sou raiz Angry

Depois dos ataques de 11 de setembro de 2001, David Rockefeller disse: "Encontramo-nos perante uma iminente transformação mundial. Tudo o que necessitamos é precisamente uma crise que envolva tudo para que as nações venham a aderir à Nova Ordem Mundial" .
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 6 usuários diz(em) obrigado a Jápeto pelo seu post:
Acacia (14-02-2017), FaNtOmAs (16-02-2017), MARCELO DF (14-02-2017), pequeno gafanhoto (14-02-2017), Rafaelsimões (14-02-2017), Zunim (14-02-2017)
Stévia pelo menor preço você encontra aqui
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  A Geração dos idiotas. Anonymous_T.ron 42 5,037 20-03-2017 07:30 PM
Última Resposta: Anonymous_T.ron
  A Geração Alpha (2010-2025) Andяew 9 1,103 17-03-2017 10:31 PM
Última Resposta: Nikoloz
  Após proibir palmadas, Suécia "sofre" com geração de crianças mimadas Lady Fire 15 7,912 10-12-2016 10:43 PM
Última Resposta: Nikoloz
  Porque as pessoas estão criando centenas de locais de refúgio em toda a América? DeOlhOnafigueira 8 1,809 09-03-2016 01:27 PM
Última Resposta: marcosarierom
  Como os Illuminatis estão corrompendo a nossa civilização AlexSleipnir 7 1,778 09-12-2015 04:24 AM
Última Resposta: HomoSulphur

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Loja de Produtos Naturais Tudo Saudável

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 159 usuários online.
» 8 Membros | 151 Visitantes
Aragorn, Branco, dlukynha, dyego.jhou, rmuller, Xevious

Estatísticas do Fórum
» Membros: 19,510
» Último Membro: andlucs
» Tópicos do Fórum: 24,165
» Respostas do Fórum: 254,592

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Desesperada escassez de medicamentos na Venezuela está afetando gravemente o seu povo
Última Resposta Por: Doc S
Hoje 06:25 PM
» Respostas: 36
» Visualizações: 1382
Wall Street Journal: ‘Como o Papa Francisco se Tornou o Líder da Esquerda Global’
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
Hoje 05:45 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 233
Bolsonaro e a verdade que a imprensa omite
Última Resposta Por: ULTRON
Hoje 03:08 PM
» Respostas: 53
» Visualizações: 13843
Ocultismo: mitos, verdades e história
Última Resposta Por: justiceiro
Hoje 03:03 PM
» Respostas: 75
» Visualizações: 6283
Wikileaks: Soros, Obama e Clinton derrubaram Bento XVI
Última Resposta Por: Campanário
Hoje 01:57 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 500
O Teste do Marshmallow
Última Resposta Por: NoNOM
Hoje 12:46 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 513
Cristal de Tempo: Estaria o Homem desafiando Deus?
Última Resposta Por: Andяew
Hoje 10:18 AM
» Respostas: 5
» Visualizações: 547
Febre satanista e ocultismo em Naruto
Última Resposta Por: andlucs
Hoje 03:22 AM
» Respostas: 50
» Visualizações: 68419
Os produtos com que a Monsanto contamina o planeta
Última Resposta Por: MARCELO DF
Ontem 07:43 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 378
Trump está errado, a imigração muçulmana reduz o islamismo.
Última Resposta Por: justiceiro
Ontem 06:50 PM
» Respostas: 33
» Visualizações: 1444
As descobertas de Galileu e a reação da Igreja Católica
Última Resposta Por: ruicoelho
Ontem 08:04 AM
» Respostas: 4
» Visualizações: 558
O medicamento "nimesulida" é altamente perigoso e potencialmente tóxico ao fígado
Última Resposta Por: jonas car
Ontem 02:14 AM
» Respostas: 8
» Visualizações: 4245
Simplesmente algo como o inferno na terra: lady gaga show de horror! CENAS FORTES
Última Resposta Por: H.chisholm
Ontem 12:16 AM
» Respostas: 58
» Visualizações: 22845
Centros de Clonagem
Última Resposta Por: Buscadora da Verdade
25-03-2017 08:38 PM
» Respostas: 196
» Visualizações: 13730
A Doutrina do Choque (The Shock Doctrine)
Última Resposta Por: dlukynha
25-03-2017 07:07 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 2986
Projeto de terceirização um retrocesso para os trabalhadores
Última Resposta Por: ULTRON
25-03-2017 05:43 PM
» Respostas: 148
» Visualizações: 35314
Não há nenhum Gene para o Espirito Humano - A Armadilha Saturno
Última Resposta Por: Angelick
25-03-2017 04:11 PM
» Respostas: 1068
» Visualizações: 94827
Morre David Rockfeller
Última Resposta Por: Beobachter
25-03-2017 01:47 PM
» Respostas: 21
» Visualizações: 2217
PIB brasileiro cai 3,6% em 2016 e confirma pior recessão desde 1930
Última Resposta Por: Angelick
25-03-2017 01:38 PM
» Respostas: 53
» Visualizações: 2086
Péssima notícia pra democracia direta
Última Resposta Por: jonas car
25-03-2017 04:43 AM
» Respostas: 3
» Visualizações: 344
O Verdadeiro Objetivo da Mídia é SUPRIMIR e DESTRUIR o Conhecimento Humano
Última Resposta Por: jonas car
25-03-2017 03:49 AM
» Respostas: 8
» Visualizações: 634
As Energias Negativas em Móveis e Roupas Usadas
Última Resposta Por: jonas car
25-03-2017 03:01 AM
» Respostas: 16
» Visualizações: 42515
A guerra não declarada contra a História
Última Resposta Por: Bogoton
24-03-2017 09:53 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 6516
Matrix: A metáfora da sociedade controlada e vigiada
Última Resposta Por: Binho C.R.
24-03-2017 06:21 PM
» Respostas: 8
» Visualizações: 699
Quando o segundo sol chegar - Musica famosa de Cassia Eller fala de nibiru?
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
24-03-2017 05:56 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 20836
Vazamento "Dark Matter" do WikiLeaks Mostra Como a CIA faz para Hackear Iphone
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
24-03-2017 05:49 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 327
O Fascínio dos Números: Os Números existem mesmo?
Última Resposta Por: Xevious
24-03-2017 05:17 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 313
Será que viemos todos de um mesmo lugar ?
Última Resposta Por: Xevious
24-03-2017 04:16 PM
» Respostas: 46
» Visualizações: 15944
[ANÚNCIO] Novo Fórum: Notícias Naturais
Última Resposta Por: Sanderson S. Pierre
24-03-2017 03:44 PM
» Respostas: 56
» Visualizações: 55906
Estudo confirma: Vacinas possuem qualidade duvidosa
Última Resposta Por: Doc S
24-03-2017 02:38 PM
» Respostas: 14
» Visualizações: 830

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial