Loja Tudo Saudável



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 0 Votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Rússia considera "inaceitável" resposta militar ao ataque na Arábia Saudita
16-09-2019, 07:47 PM (Resposta editada pela última vez em: 16-09-2019 08:10 PM por Bruna T.)
Resposta: #1
Rússia considera "inaceitável" resposta militar ao ataque na Arábia Saudita
[Imagem: 2019-09-16-18-44-52-ultimosegundo-ig-com...298a28.png]

Russos acreditam que usar o ocorrido para aumentar tensões em volta do Irã seria improdutivo e se assemelharia à "conhecida" política americana

A Rússia considerou ser “inaceitável” discutir uma possível retaliação militar ao ataque contra instalações petrolíferas na Arábia Saudita . Diante de acusações diretas feitas ao governo iraniano e ameaças veladas vindas dos EUA, Moscou disse que tal discurso não ajuda a melhorar a situação regional.

“Acreditamos ser contraproducente usar o ocorrido para aumentar as tensões em volta do Irã através da conhecida política americana”, afirmou, em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores. “Propostas sobre retaliações, que parecem ter sido discutidas em Washington, são ainda mais inaceitáveis.”

No comunicado, os russos ainda condenam o ataque, dizendo rejeitar ações contra alvos não-militares, mas também afirmam que esse é um resultado direto da crise no Iêmen.

A ação vai ser discutida nesta segunda-feira durante uma reunião de cúpula dos líderes da Rússia, Turquia e do Irã em Ancara. O encontro foi inicialmente convocado para que os três países discutissem uma visão conjunta para a Síria, onde há mais divergências que acordos.

Em uma linha similar, o governo do Catar condenou o incidente de sábado, mas fazendo um apelo para a resolução de conflitos regionais, sem mencionar nominalmente a guerra no Iêmen. O Catar não possui relações diplomáticas com a Arábia Saudita desde 2017, sendo inclusive alvo de um bloqueio econômico por parte de outras monarquias regionais. Segundo Riad, o país dá apoio logístico aos Houthis no Iêmen, e estaria “alinhado” aos interesses do Irã.

O governo de Omã, visto como uma espécie de moderador regional, também condenou o ataque, mas disse que qualquer escalada das tensões é “sem sentido”.

Já o Reino Unido, através do premier Boris Johnson, prestou solidariedade ao governo saudita. Para ele, o ataque foi uma “violação das leis internacionais”, porém sem apontar culpados ou responsabilidades.

Leia também: Homem de cueca cai ao fugir da casa de amante descendo pelas paredes de prédio

Ainda relacionado ao Iêmen, o governo da Alemanha anunciou hoje que vai estender uma proibição às exportações de armas para a Arábia Saudita, em vigor desde outubro do ano passado. Inicialmente adotada como resposta ao assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, a medida foi ampliada nos últimos meses, agora com a intenção de evitar que os armamentos alemães sejam usados pela coalizão, liderada pelos sauditas, que há quatro anos trava uma guerra contra os rebeldes Houthis. Nas palavras da Human Rights Watch, o conflito transformou o país em uma “zona de catástrofe humanitária”.

FONTE: https://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/20...udita.html


O que sabemos até agora sobre o ataque contra a Arábia Saudita




Trump diz que parece que o Irã estava por trás dos ataques à Arábia Saudita

[Imagem: 2019-09-16-19-05-05-www-arabnews-com-bfabb265f947.png]


* O secretário de Estado Mike Pompeo e o secretário de Energia dos EUA, Rick Perry,
culparam Teerã pelos ataques.
* `` Não quero guerra com ninguém, mas estamos preparados mais do que ninguém '', disse Trump

Translate by Google

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos EUA, Donald Trump, disse na segunda-feira que o Irã está por trás de ataques a usinas de petróleo na Arábia Saudita no fim de semana que levantaram temores de um novo conflito no Oriente Médio, mas acrescentou que não quer guerra com ninguém.

Os ataques danificaram a maior planta de processamento de petróleo do mundo na Arábia Saudita e provocaram o maior salto nos preços do petróleo em décadas.

Vários funcionários do gabinete dos EUA, incluindo o secretário de Estado Mike Pompeo e o secretário de Energia dos EUA Rick Perry, culparam Teerã pelos ataques.

O presidente iraniano Hassan Rouhani disse que os ataques foram realizados pelo "povo iemenita" em retaliação na guerra contra os militantes houthis do Iêmen.

Perguntado por um repórter na Casa Branca se o Irã estava por trás dos ataques, Trump disse: “Certamente parece que está neste momento e nós o informaremos. Assim que descobrirmos definitivamente, nós o informaremos, mas parece que sim. ”

Os ataques reduziram cinco por cento da produção mundial de petróleo.

A tensão na região do Golfo aumentou dramaticamente este ano depois que Trump impôs severas sanções dos EUA ao Irã, com o objetivo de interromper completamente suas exportações de petróleo.

O líder dos EUA disse que não queria agir precipitadamente.

“Temos muitas opções, mas não estou analisando opções no momento. Queremos encontrar definitivamente quem fez isso. Estamos lidando com a Arábia Saudita. Estamos lidando com o príncipe herdeiro e outros vizinhos. E todos estamos falando juntos sobre isso. Vamos ver o que acontece - ele disse.

"Sou alguém que gostaria de não ter guerra", disse Trump. "Não, eu não quero guerra com ninguém, mas estamos preparados mais do que ninguém."

Os preços do petróleo subiram 19% após os incidentes, mas mais tarde saíram de seus picos. O salto intradiário foi o maior desde a crise do Golfo entre 1990 e 1991, sobre a invasão do Kuwait pelo Iraque.

O mercado diminuiu depois que Trump anunciou que iria liberar suprimentos de emergência dos EUA e os produtores disseram que havia estoques suficientes armazenados em todo o mundo para compensar o déficit. Os preços estavam cerca de 12% mais altos à tarde nos Estados Unidos.

A Arábia Saudita disse que os ataques foram realizados com armas iranianas, acrescentando que era capaz de responder com força e instando os especialistas da ONU a ajudar a investigar o ataque.

O Irã rejeitou as acusações americanas de que ele era responsável.

Trump disse no domingo que os Estados Unidos estavam "trancados e carregados" para responder ao incidente.

O secretário de Energia dos EUA, Perry, atribuiu a culpa ao Irã por "um ataque à economia global e ao mercado global de energia".

"Os Estados Unidos condenam de todo o coração o ataque do Irã à Arábia Saudita e pedimos que outras nações façam o mesmo", disse ele à agência de vigilância nuclear da ONU, AIEA. Ele acrescentou que estava confiante de que o mercado de petróleo "é resiliente e responderá positivamente".

FONTE: https://www.arabnews.com/node/1555436/saudi-arabia
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Bruna T pelo seu post:
Fire Fox (17-09-2019)
Loja Tudo Saudável
17-09-2019, 11:54 AM
Resposta: #2
RE: Rússia considera "inaceitável" resposta militar ao ataque na Arábia Saudita
Investigação indica que ataque à Arábia Saudita foi lançado de base iraniana

[Imagem: 2019-09-17-10-51-48-www-gazetadopovo-com...8bccd1.png]

Investigadores sauditas e americanos determinaram "com probabilidade muito alta" que o ataque às instalações petrolíferas da Arábia Saudita, no sábado (14), foi lançado a partir de uma base iraniana perto do Iraque, segundo revelou a CNN com base nas informações de uma fonte familiarizada com a investigação. Provas ainda não foram apresentadas publicamente.

A reportagem cita que o ataque envolveu mísseis de cruzeiro que voaram a baixa altitude, cuja trajetória indicou que eles vieram do norte do complexo de Abqaiq, atingido por mais de uma dúzia de projéteis - por isso, não há nenhuma indicação de que esses mísseis vieram da região sul e, especialmente, de um local no Iêmen, como os rebeldes houthis reivindicaram. Os mísseis, de acordo com os investigadores, voaram sobre o sul do Iraque e entraram espaço aéreo do Kuwait antes de atingir seus alvos - uma trajetória que implicaria que o ponto de lançamento do ataque estaria sendo mascarado.

FONTE: https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/br...-iraniana/
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Bruna T pelo seu post:
Fire Fox (17-09-2019)
17-09-2019, 04:25 PM
Resposta: #3
RE: Rússia considera "inaceitável" resposta militar ao ataque na Arábia Saudita
Já não é mais segredo que o eixo China/Rússia/Irã querem varrer EUA e Israel do mapa.

Deus seja louvado!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
17-09-2019, 07:48 PM
Resposta: #4
RE: Rússia considera "inaceitável" resposta militar ao ataque na Arábia Saudita
Ataques à Arábia Saudita: por que os EUA guardam milhões de barris de petróleo debaixo da terra

Donald Trump disse que iria autorizar o uso desse reservatório "para manter os mercados bem abastecidos, se necessário"

[Imagem: 2019-09-17-17-21-46-epocanegocios-globo-...cf05e6.png]

Após os ataques às principais instalações petrolíferas da Arábia Saudita, as autoridades americanas cogitaram recorrer à reserva estratégica de petróleo dos Estados Unidos.

À medida que o preço do barril disparava no mercado internacional, o presidente americano, Donald Trump, escreveu no Twitter que autorizava o uso desse reservatório "para manter os mercados bem abastecidos, se necessário".

A reserva a que ele se referia equivale a mais de 640 milhões de barris de petróleo, que estão armazenados em cavernas subterrâneas de sal nos Estados do Texas e da Louisiana.

A ideia de manter "reservas estratégicas" remonta à década de 1970.

Todos os países membros da Agência Internacional de Energia (AIE) precisam armazenar um estoque equivalente a 90 dias de importações de petróleo, mas a reserva emergencial dos EUA é a maior do mundo.

Por que a reserva foi criada?

Os políticos americanos tiveram a ideia de estocar petróleo no início dos anos 1970, depois que um corte no fornecimento de petróleo por parte de países do Oriente Médio fez com que os preços do barril disparassem em todo o mundo.

Membros da Organização dos Países Árabes Exportadores de Petróleo — incluindo Irã, Iraque, Kuwait, Catar e Arábia Saudita — se recusaram a exportar petróleo para os EUA após o país apoiar Israel na Guerra Árabe-Israelense de 1973, também conhecida como Guerra do Yom Kippur.

[Imagem: 2019-09-17-17-22-02-epocanegocios-globo-...d93657.png]

O conflito, que ocorreu em outubro daquele ano, levou apenas três semanas. Mas o embargo — que também atingiu outros países — durou até março de 1974, fazendo com que os preços do barril quadruplicassem em todo o mundo, saltando de cerca de US$ 3 para quase US$ 12.

As fotos das longas filas de carros nos postos de gasolina, provocadas pelo racionamento de combustível nos países afetados, se tornaram imagens icônicas da crise.

Em 1975, o Congresso dos EUA aprovou a Lei de Política e Conservação de Energia, que estabeleceu a criação da Reserva Estratégica de Petróleo (SPR, na sigla em inglês) para o caso de outra grande crise de abastecimento.

Qual é o tamanho da reserva?

Atualmente, há quatro locais onde o petróleo está armazenado: perto de Freeport e Winnie, no Texas; e nos arredores de Lake Charles e Baton Rouge, na Louisiana.

Cada um destes locais possui várias cavernas subterrâneas de sal feitas pelo homem de até um quilômetro de profundidade, onde o petróleo é armazenado. O tamanho das cavernas varia; podem armazenar o equivalente a entre 6 a 35 milhões de barris.

É muito mais barato mantê-lo assim do que em tanques acima do solo, além de mais seguro — a composição química do sal e a pressão geológica evitam o vazamento de óleo. Além disso, as diferenças de temperatura entre o topo e a base da caverna fazem com que o petróleo circule continuamente, mantendo sua qualidade.

Segundo o Departamento de Energia, o fato do óleo flutuar sobre a água ajuda a mover petróleo desses reservatórios. Basta bombear água fresca na base da caverna para empurrar o petróleo para a superfície. Através de oleodutos, o produto é pode então ser enviado e terminais e refinarias do país.

O maior reservatório, localizado em Bryan Mound, perto de Freeport, tem 19 cavernas e uma capacidade de armazenamento equivalente a 254 milhões de barris de petróleo.

O site da Reserva Estratégica de Petróleo dos EUA afirma que no dia 13 de setembro deste ano havia, no total, 644,8 milhões de barris estocados nessas cavernas.

[Imagem: 2019-09-17-17-22-15-epocanegocios-globo-...0b3b90.png]

De acordo com a Agência de Informação de Energia dos EUA (EIA, na sigla em inglês), os americanos usaram 20,5 milhões de barris de petróleo por dia, em média, em 2018 — o que significa que há petróleo suficiente para manter o país funcionando por cerca de 31 dias.

Como a reserva funciona?

Segundo a lei de 1975 assinada por Gerald Ford, então presidente dos EUA, o presidente só pode autorizar a liberação das reservas de petróleo se houver uma "grave interrupção no fornecimento de energia".

Devido a restrições físicas, apenas uma pequena quantidade de petróleo pode ser removida das cavernas diariamente, o que significa que, mesmo que haja uma autorização presidencial para liberar o petróleo, levaria quase duas semanas para chegar aos mercados.

Além disso, o óleo não é refinado. Precisaria ser transformado em combustível antes de poder ser usado em carros, navios e aviões.

O secretário de energia dos EUA, Rick Perry, disse à emissora de televisão CNBC na segunda-feira que é "um pouco prematuro" falar sobre recorrer à reserva após os ataques na Arábia Saudita.

A reserva é usada com frequência?

A reserva foi usada pela última vez em 2011, quando as turbulências causadas pelos levantes da Primavera Árabe levaram os países membros da AIE a liberar um total combinado de 60 milhões de barris de petróleo para reduzir as interrupções no fornecimento de energia.

[Imagem: 2019-09-17-17-22-28-epocanegocios-globo-...e705be.png]

No entanto, os EUA recorreram à reserva em algumas ocasiões. O ex-presidente George H. W. Bush autorizou seu uso durante a Guerra do Golfo em 1991, enquanto seu filho George W. Bush permitiu a venda de 11 milhões de barris após a passagem do furacão Katrina.

Mas a utilidade de se manter uma reserva tão grande no momento em que a produção de energia dos EUA está em expansão é questionada. Em Washington, há quem sugira até se livrar dela por completo.

Um relatório do Government Accountability Office, órgão que conduz auditorias e investigações para o Congresso americano, recomendou exatamente isso em 2014, argumentando que a medida poderia baixar o preço do combustível para os consumidores.

Em 2017, o governo Trump discutiu a venda de metade da reserva estratégica para ajudar a combater o deficit federal.

Vinte anos antes, sob a gestão do presidente Bill Clinton, 28 milhões de barris foram vendidos como parte de uma estratégia para reduzir o deficit.

FONTE: https://epocanegocios.globo.com/Mundo/no...terra.html



Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Bruna T pelo seu post:
Fire Fox (17-09-2019)
Loja Tudo Saudável
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  A busca da China pela supremacia tecno-militar Bruna T 1 123 08-10-2019 11:00 AM
Última Resposta: Marcelo Almeida
  Ataque à Aramco pode afetar cerca de 5% da produção mundial de petróleo bruto Bruna T 0 73 16-09-2019 11:17 AM
Última Resposta: Bruna T
  General Villas Bôas, critica Macron e fala de “ameaça militar" Bruna T 13 773 30-08-2019 07:38 PM
Última Resposta: Bruna T
  Trump aprovou ataque contra o Irão, mas cancelou “abruptamente” ruicoelho 1 455 23-06-2019 11:33 AM
Última Resposta: Cimberley Cáspio
  A Arábia Saudita já sabia que os ataques no Sri Lanka iriam ocorrer.Ficou em silêncio Cimberley Cáspio 0 273 28-05-2019 02:28 PM
Última Resposta: Cimberley Cáspio

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Receitas para Secar em 30 dias

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 109 usuários online.
» 2 Membros | 107 Visitantes
Aragorn

Estatísticas do Fórum
» Membros: 21,259
» Último Membro: jomeros
» Tópicos do Fórum: 26,487
» Respostas do Fórum: 281,312

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
Os brasileiros sem pátria em seu próprio país.
Última Resposta Por: ULTRON
Hoje 04:22 PM
» Respostas: 8
» Visualizações: 307
Um milhão de pessoas estão presas nos Gulags da China
Última Resposta Por: Velho Druida
Hoje 03:27 PM
» Respostas: 9
» Visualizações: 364
Um apanhado em OUT de 2019
Última Resposta Por: Xevious
Hoje 02:20 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 956
Algumas músicas anom
Última Resposta Por: Xevious
Ontem 11:52 PM
» Respostas: 202
» Visualizações: 35270
Vazamento de óleo no nordeste: descobriram a nossa mentira. Desculpa aí Maduro!
Última Resposta Por: Cimberley Cáspio
Ontem 11:10 PM
» Respostas: 26
» Visualizações: 1331
Alerta - 03_11_2019 - Possível False Flag em Seattle - Gatilho para WW3
Última Resposta Por: naste.de.lumina
20-10-2019 10:34 PM
» Respostas: 30
» Visualizações: 1949
A campanha de ódio, mentiras e desinformação contra a ativista Greta Thunberg
Última Resposta Por: Velho Druida
19-10-2019 11:19 AM
» Respostas: 78
» Visualizações: 3490
Os saques em andamento da África sob vigilância de líderes africanos corruptos
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
18-10-2019 04:47 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 111
13º no Bolsa Família? E a indenização bilionária pelo prejuízo de bilhões de reais?
Última Resposta Por: Velho Druida
18-10-2019 02:57 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 229
Revelação: Você sabia que "666" não é o número da Besta?
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
18-10-2019 02:07 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 235
Biblioteca Virtual Anti-NOM -- Livros Raros
Última Resposta Por: Alimah
18-10-2019 12:26 PM
» Respostas: 78
» Visualizações: 99604
Você já sofreu Bullying ou Rejeição?
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
18-10-2019 12:21 PM
» Respostas: 15
» Visualizações: 8207
Como vc lida com pessoas agressivas virtuais ou nao ?
Última Resposta Por: DeOlhOnafigueira
18-10-2019 11:52 AM
» Respostas: 26
» Visualizações: 4494
A Batalha da NOM contra nós
Última Resposta Por: Mister Pelf
18-10-2019 11:27 AM
» Respostas: 0
» Visualizações: 119
O problema do Brasil é o Brasileiro.
Última Resposta Por: ULTRON
17-10-2019 10:02 AM
» Respostas: 59
» Visualizações: 3114
Padre afirma que o Papa Francisco em breve ungirá o líder global
Última Resposta Por: Juquinha
16-10-2019 10:27 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 312
O Brazil com "Z" de Ama'Z'ônia
Última Resposta Por: Velho Druida
16-10-2019 09:38 PM
» Respostas: 112
» Visualizações: 4967
Olavogate: Olavo de Carvalho / Sidi Muhammad seria um agente a serviço do Sionismo?
Última Resposta Por: Juquinha
16-10-2019 09:37 PM
» Respostas: 133
» Visualizações: 83287
Coringa - a ideologia da destruição.
Última Resposta Por: Xevious
16-10-2019 02:05 PM
» Respostas: 20
» Visualizações: 1034
Banimento do usuário Rui Coelho
Última Resposta Por: Supermoderador
16-10-2019 10:21 AM
» Respostas: 52
» Visualizações: 2672
Banimento do usuário Café sem açúcar.
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
14-10-2019 06:23 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 1046
Glenn Greenwald envolvido na desestabilização do Equador?Quem é esse cara afinal?
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
14-10-2019 04:22 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 414
30 lições de Olavo de Carvalho
Última Resposta Por: Marcelo Almeida
14-10-2019 04:15 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 258
Últimos acontecimentos ONLINE
Última Resposta Por: NoNOM
14-10-2019 10:45 AM
» Respostas: 1402
» Visualizações: 246647
Forças Ocultas (Forces Occultes)
Última Resposta Por: pequeno gafanhoto
13-10-2019 09:29 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 465
Echelon – A rede de espionagem global
Última Resposta Por: Bruna T
12-10-2019 08:56 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 2386
Os segredos do Paralelo 33
Última Resposta Por: Bruna T
12-10-2019 04:00 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 16162
A Vacina contra o Zika Vírus Modificará Geneticamente seu DNA
Última Resposta Por: Alimah
12-10-2019 12:09 PM
» Respostas: 7
» Visualizações: 2177
Porte de arma
Última Resposta Por: Velho Druida
11-10-2019 08:01 PM
» Respostas: 8
» Visualizações: 456
Vídeo Impressionante - O Ritual Maçônico
Última Resposta Por: Bruna T
10-10-2019 09:24 PM
» Respostas: 74
» Visualizações: 62024

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial