Voce nao esta logado ou registrado. Por favor faca login ou se registre para utilizar todas as funcionalidades deste forum...



Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 0 Votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Sobre a "alma humana".
23-02-2013, 02:06 PM
Resposta: #1
Sobre a "alma humana".
É sob essa concepção religiosa de que a alma (***) continua viva mesmo depois da morte do corpo, que o cientista Duncan MacDougall em 1907 deu início a uma série de experiências no mínimo estranhas. Pesou seis pessoas que estavam em estado terminal, antes, durante e após a morte. Ele constatou que no processo de morte o corpo ia perdendo peso lentamente até que ao entrar em óbito, a super-balança em que a pessoa estava deitada indicava uma significante perda de peso. MacDougall fez as mesmas experiências com quinze cachorros e o ponteiro da balança nem saiu do lugar.



[Imagem: 20120621-fig1-alma.jpg]


“Para provar a sua hipótese, equipou seis leitos com balanças de boa precisão e ocupou-os com pacientes que estavam à beira da morte. Seguiu-se um período de observação, durante o qual o doutor esperou pela morte de seus pacientes. Cuidadoso, certificou-se de que a perda de peso medida já antes da morte era devida aos fluidos eliminados pelos pacientes pelo suor ou urina; após a sua evaporação, as balanças acusavam uma pequena perda de peso.” JORNAL DA CIÊNCIA


E necessário ter uma boa dose de credulidade para concluir que os experimentos de MacDougall comprovam qualquer coisa sobre a perda de peso pela morte, muito menos que a quantificação da massa da alma. Seus estudos não foram consistentes, variando os resultados entre os 6 pacientes.


Das seis pessoas em fase terminal que o doutor fez a experiência, cada uma delas resultou em um peso de alma diferente. Algumas delas ele não conseguiu fazer a experiência de forma efetiva, pois a “cobaia humana” morria antes mesmo dos instrumentos estarem ajustados. Mas a cobaia que passou pela análise mais bem feita, segundo MacDougall, resultou em 21 gramas de alma. Foi então que até criou-se o viral de que a alma humana pesava isso, e até foi feito um filme a respeito, com o sugestivo título “21 gramas”. Por essa inconsistência no estudo do doutor, a comunidade acadêmica, a crítica e os céticos caíram em cima das experiências, e não faltaram argumentos para justificarem a perda de peso das pessoas, e a ausência desse fenômeno nos animais. Meio constrangido, o doutor admite que sua experiência não foi lá muito bem feita, e que ela teve sim alguns furos, mas que ele está convencido de que a alma existe e de que ela pode ser pesada. E ele vai atrás de refazer com mais cuidado as experiências.

“Dos seis testes, dois tiveram que ser eliminados devido a erros nas balanças: num deles, a balança não havia sido calibrada corretamente; o outro morreu tão rápido que o médico não teve tempo de calibrá-la. Dos outros três, dois indicaram uma perda de peso que continuou durante um bom tempo, e o último indicou uma perda de peso que depois reverteu ao normal. (...) O doutor repetiu o experimento com quinze desafortunados cachorros, não encontrando qualquer diferença no momento da morte. O resultado não o surpreendeu. Pelo contrário, serviu de apoio à sua conclusão. Afinal, cachorros não têm almas.” JORNAL DA CIÊNCIA

Outra coisa interessante é a distinção entre almas. O doutor justifica a diferença de peso das almas e da diferença de tempo que cada alma levou para “deixar de vez o corpo” com o temperamento dessas pessoas. Percebam o argumento interessante (mas bizarro) de MacDougall:

Segundo o médico, a diferença tinha a ver com o temperamento de cada um. “ - Um dos homens era apático, lento no pensamento e na ação, nesse caso, acredito que a alma ficou suspensa no corpo, depois da morte, até se dar conta de que estava livre”.

Paciente 1 - "De repente, coincidindo com a morte (…) o peso decresceu 21 gramas."

Paciente 2 - "A perda de peso foi de aproximadamente 14 gramas. Meu companheiro verificou e descobriu o que o coração tinha parado. Eu tentei novamente e a perda de peso foi de 32 gramas."

Paciente 3 - "Meu terceiro caso mostrou 14 gramas de perda coincidindo com a morte, e uma perda de 28 gramas após alguns minutos."

Paciente 4 - "Nossas escalas infelizmente não estavam ajustadas, e houve alguma interferência de pessoas que não estavam satisfeita com meus estudos. Eu declaro que esse teste não teve valor."

Paciente 5 - "Esse caso mostrou uma perda de 10,5 gramas no momento da morte."

Paciente 6 - "Este último teste não foi confiável. Esse paciente morreu aproximadamente 15 minutos depois de ser posto na balança, enquanto eu estava ajustando as medidas."

[Imagem: eeg3.gif]

O sinal EEG está intimamente relacionado com o nível de consciência da pessoa.


A dúvida persiste. Quando de facto morremos? Na idade média a verificação era feita com um espelho. As pessoas eram enterradas sem certeza da sua morte física, por isso, foi inventado um sistema de campainha ligado com uma corda a um sino que estava na superfície do solo. Caso a pessoa acordasse, puxava a corda a campainha soava e era de imediato exumada. Daqui veio a expressão: "Saved by the Bell" A situação foi evoluindo, marreta na cabeça!!! 24h antes do enterro, escutar o bater do coração, electroencefalograma, e agora questiona-se, que tudo isto pode não ser suficiente. Há quem questione todas estas verificações, pois depois da morte física, as unhas continuam a crescer durante 1 a 2 semanas (ridículo, mas questionável, pois se morto e em decomposição, porque crescem as unhas???) A morte continuará a assustar e suscitar a curiosidade humana. De facto podemos quetionar: Quando estamos verdadeiramente mortos???

(***) “Alma é um termo que deriva do latim anǐma, este refere-se ao princípio que dá movimento ao que é vivo, o que é animado ou o que faz mover. Religiosamente é definida como um ser independente da matéria e que sobrevive à morte do corpo, que se julga continuar viva (...).” WIKIPÉDIA


“Seja como for, a grandiosa revolução humana de uma única pessoa irá um dia impulsionar a mudança total do destino de um país e, além disso, será capaz de transformar o destino de toda a humanidade.”
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 11 usuários diz(em) obrigado a ruicoelho pelo seu post:
A.Xavier (23-02-2013), alinell (11-03-2013), atsoc90 (23-02-2013), Daia (23-02-2013), Hubble (23-02-2013), Koala (11-03-2013), MALLBORO (23-02-2013), Minerim (24-02-2013), nelson manuel jesus ferreira (11-03-2013), Pantalião Silva (23-02-2013), pati (11-03-2013)
23-02-2013, 04:14 PM
Resposta: #2
RE: Sobre a "alma humana".
Muito interessante, mas quanto ao crescimento das unhas póst mortem penso que será uma idéia errada pois o que, para mim, acontece, é que o corpo mirra por estar seco, dando a sensação de que as unhas cresceram..
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a atsoc90 pelo seu post:
CristalShip (23-02-2013), ruicoelho (23-02-2013)
23-02-2013, 05:30 PM (Resposta editada pela última vez em: 23-02-2013 05:48 PM por ruicoelho.)
Resposta: #3
RE: Sobre a "alma humana".
(23-02-2013 04:14 PM)atsoc90 Escreveu:  Muito interessante, mas quanto ao crescimento das unhas póst mortem penso que será uma idéia errada pois o que, para mim, acontece, é que o corpo mirra por estar seco, dando a sensação de que as unhas cresceram..


A morte cerebral ou paragem cardíaca do ser humano é diferente da morte das células. (***) As células ainda continuam vivas depois da pessoa ser considerada morta. (***) O corpo humano é composto por diferentes células e cada uma delas possui um tempo de viabilidade diferente, tanto que é possível fazer transplante de órgãos e mante-los preservados após a colheita. As unhas e o cabelo continuam crescendo após a morte, mas este estímulo pára algum tempo depois porque as reservas do organismo se esgotam. É difícil estipular o tempo exacto para o final do crescimento, e acredito que não exista uma diferença significativa entre os diferentes tipos de pessoas e peles.

Fonte: José Arthur Chiese (Departamento de Genética da Universidade Federal do Rio Grande do Sul)







(***) Não consigo entender porque razão as células continuam vivas e o corpo já está sem vida. Será que é aqui que se encontra a explicação para a alma? A morte é verdadeira e objectivamente confirmada quando do abandono da alma do corpo humano?






“Seja como for, a grandiosa revolução humana de uma única pessoa irá um dia impulsionar a mudança total do destino de um país e, além disso, será capaz de transformar o destino de toda a humanidade.”
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
23-02-2013, 06:18 PM
Resposta: #4
RE: Sobre a "alma humana".
(23-02-2013 05:30 PM)ruicoelho Escreveu:  
(23-02-2013 04:14 PM)atsoc90 Escreveu:  Muito interessante, mas quanto ao crescimento das unhas póst mortem penso que será uma idéia errada pois o que, para mim, acontece, é que o corpo mirra por estar seco, dando a sensação de que as unhas cresceram..


A morte cerebral ou paragem cardíaca do ser humano é diferente da morte das células. (***) As células ainda continuam vivas depois da pessoa ser considerada morta. (***) O corpo humano é composto por diferentes células e cada uma delas possui um tempo de viabilidade diferente, tanto que é possível fazer transplante de órgãos e mante-los preservados após a colheita. As unhas e o cabelo continuam crescendo após a morte, mas este estímulo pára algum tempo depois porque as reservas do organismo se esgotam. É difícil estipular o tempo exacto para o final do crescimento, e acredito que não exista uma diferença significativa entre os diferentes tipos de pessoas e peles.

Fonte: José Arthur Chiese (Departamento de Genética da Universidade Federal do Rio Grande do Sul)







(***) Não consigo entender porque razão as células continuam vivas e o corpo já está sem vida. Será que é aqui que se encontra a explicação para a alma? A morte é verdadeira e objectivamente confirmada quando do abandono da alma do corpo humano?







Visto desta perspectiva abrem-se mais portas.. Será que possuímos uma espécie de "bateria" que permite conservar as células durante mais tempo além da dita morte física? Será então possível durante esse tempo rescuscitar alguém? enquanto há "bateria"? Há quem diga que após a morte ainda nos restam alguns segundos de audição, tal como sei que é provável existirem impulsos nervosos após a morte. Qualquer que seja a verdade, só a saberemos, ou não, após este processo tão certo mas tão duvidoso e que tantas questões e morais levanta.. Será que a resposta para a alma é tão simples demais que não temos capacidade de a ver mesmo à nossa frente?

Após visualizar o primeiro vídeo, cimento ainda mais a minha lógica quanto ao mito de que as unhas e o cabelo crescem, ou seja, é uma ilusão de óptica levada a cabo pela mirração da pele, e pegando no exemplo citado pelo Prof. Vaz Carneiro de que as unhas crescem mais rápido nas grávidas devido à maior produção de hormonas, sendo que estas são produzidas pelo cérebro, como é possível continuarem a produzir-se depois da dita morte cerebral? voltamos à questão da bateria? ou devíamos introduzir aqui a afirmação de que cabelo e unhas são resíduos expulsos do nosso organismo?

Para si, muito sinceramente, apesar de se informar e pesquisar sobre este assunto da morte, o que sente realmente que há? se é que há alguma coisa?
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a atsoc90 pelo seu post:
alinell (11-03-2013), ruicoelho (23-02-2013)
23-02-2013, 07:04 PM (Resposta editada pela última vez em: 23-02-2013 07:22 PM por A.Xavier.)
Resposta: #5
RE: Sobre a "alma humana".
Os povos antigos possuíam uma visão interessante sobre a alma, a morte e a vida pós-morte que é muito identificável com o post e as especulações do Dr. MacDougall (se assim posso chamá-lo).

Usarei o povo Egípcio para ilustrar a minha explicação.

No povo Egípcio existia uma conduta expressiva quanto à morte, alguns arqueólogos dizem que a morte era adorada por eles como um deus chamado de ANÚBIS que, conduzia a alma do homem pelo caminho da morte com segurança até chagar ao seu destino, o mundo dos mortos. Onde seu coração era julgado por Osíris. Se o coração fosse bom - VIDA ETERNA, senão era comido por um demônio chamado Ammint.
Que mais tarde esse nome Ammint foi transformado em Amenti que significa INFERNO.

Por esse motivo e alguns outros (que não cabem na explicação - no momento) haviam grandes túmulos (pirâmides) e o corpo era mumificado com tamanha precisão e junto ao local onde ficava o corpo mumificado, ficava também grandes riquezas que seria oferecidas a ANÚBIS que, mais tarde foram saqueadas, entretanto, essa explicação relacionada a entrega de riquezas a ANÚBIS tem suas controvérsias.

Alguns estudiosos sobre a cultura egípcia explicam que era uma crença da totalidade egípcia que quando o Faraó morresse ele retornaria ao corpo em um determinado tempo (segundo a cultura Egípcia da reencarnação) e lá estariam suas riquezas e o corpo em perfeito estado, essa é a mais aceita, pelos estudiosos e arqueólogos.

Voltando ao post, uns designam a alma como as vontades do corpo físico, ou o que define uma vontade, essa explicação se encaixa perfeitamente com o instinto na vida dos animais selvagens.
O que seria visível na balança do Dr. MacDougall.

Outros dizem ser o Espírito e a alma a mesma coisa.
Nesse ponto existe uma correlação muito genuína entre ambas que eu considero ser a mais correta, pois ambas pertencem ao mesmo corpo e são determinantes para a sobrevivência.

E existem aqueles que são céticos. Simplesmente vivem até morrerem.
----------------------------------------------------------------------------
Creio que exista o espírito mais que não possa ser pesado.

Se a diferença tem a ver com o temperamento então com o decorrer da vida se você se tornar uma pessoa que amadureça e tenha boas virtudes, você ficaria mais pesado, segundo a explicação, então nesse ponto achei muito ilógico.

Apesar da experiência apresentada nesse post e dos envolvidos serem capacitados para tal.

Quando estamos mortos? Vai depender de cada um!

Undecided

O ser é uma ficção vazia. O mundo "aparente" é o único: O mundo "verdadeiro" é apenas um acréscimo mentiroso ...- Heráclito
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a A.Xavier pelo seu post:
atsoc90 (23-02-2013), FaNtOmAs (23-02-2013), ruicoelho (24-02-2013)
23-02-2013, 08:20 PM
Resposta: #6
RE: Sobre a "alma humana".
(23-02-2013 07:04 PM)A.Xavier Escreveu:  Os povos antigos possuíam uma visão interessante sobre a alma, a morte e a vida pós-morte que é muito identificável com o post e as especulações do Dr. MacDougall (se assim posso chamá-lo).

Usarei o povo Egípcio para ilustrar a minha explicação.

No povo Egípcio existia uma conduta expressiva quanto à morte, alguns arqueólogos dizem que a morte era adorada por eles como um deus chamado de ANÚBIS que, conduzia a alma do homem pelo caminho da morte com segurança até chagar ao seu destino, o mundo dos mortos. Onde seu coração era julgado por Osíris. Se o coração fosse bom - VIDA ETERNA, senão era comido por um demônio chamado Ammint.
Que mais tarde esse nome Ammint foi transformado em Amenti que significa INFERNO.

Por esse motivo e alguns outros (que não cabem na explicação - no momento) haviam grandes túmulos (pirâmides) e o corpo era mumificado com tamanha precisão e junto ao local onde ficava o corpo mumificado, ficava também grandes riquezas que seria oferecidas a ANÚBIS que, mais tarde foram saqueadas, entretanto, essa explicação relacionada a entrega de riquezas a ANÚBIS tem suas controvérsias.

Alguns estudiosos sobre a cultura egípcia explicam que era uma crença da totalidade egípcia que quando o Faraó morresse ele retornaria ao corpo em um determinado tempo (segundo a cultura Egípcia da reencarnação) e lá estariam suas riquezas e o corpo em perfeito estado, essa é a mais aceita, pelos estudiosos e arqueólogos.

Voltando ao post, uns designam a alma como as vontades do corpo físico, ou o que define uma vontade, essa explicação se encaixa perfeitamente com o instinto na vida dos animais selvagens.
O que seria visível na balança do Dr. MacDougall.

Outros dizem ser o Espírito e a alma a mesma coisa.
Nesse ponto existe uma correlação muito genuína entre ambas que eu considero ser a mais correta, pois ambas pertencem ao mesmo corpo e são determinantes para a sobrevivência.

E existem aqueles que são céticos. Simplesmente vivem até morrerem.
----------------------------------------------------------------------------
Creio que exista o espírito mais que não possa ser pesado.

Se a diferença tem a ver com o temperamento então com o decorrer da vida se você se tornar uma pessoa que amadureça e tenha boas virtudes, você ficaria mais pesado, segundo a explicação, então nesse ponto achei muito ilógico.

Apesar da experiência apresentada nesse post e dos envolvidos serem capacitados para tal.

Quando estamos mortos? Vai depender de cada um!

Undecided

Já um dos maiores escritores de todos os tempos, Lev Tolstoi, tinha uma visão acerca da morte , no mínimo muito interessante, que passo a citar:

"O homem pode viver 100 anos na cidade sem perceber que já está morto há muito tempo"
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 2 usuários diz(em) obrigado a atsoc90 pelo seu post:
A.Xavier (23-02-2013), ruicoelho (24-02-2013)
23-02-2013, 08:25 PM
Resposta: #7
RE: Sobre a "alma humana".
Caros, segundo muitas correntes espiritualistas a alma é imaterial é essência divina e diferente da matéria portanto alma não tem massa.

Por outro lado, também prega que o espirito (alma), se reveste de um corpo espiritual, que é constituído de matéria sublimada, muito menos densa que o corpo material propriamente dito, mas ainda matéria, portanto pode ser que tenha massa mensurável. Teoricamente quando a alma abandona o corpo o faz levando seu corpo espiritual, dai então, a possível explicação.

Agora com toda a tecnologia atual com balanças de precisão digitais que podem ser sincronizadas com demais equipamentos de precisão numa UTI, estas constatações podem ser realizadas sem muita dificuldade.

A questão é, será que foram ou não foram refeitas estas avaliações, cade os resultados, Cade o espirito cientifico dos atuais médicos e pesquisadores modernos, puxa vida é só fazer de novo, simples com custo barato?

Se não refizerem estes estudos, vamos ficar sem concluir. Uma pena.

Onde o espírito não teme, a fronte não se curva.

Rabindranath Tagore
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 4 usuários diz(em) obrigado a Redfoca pelo seu post:
alinell (11-03-2013), Daia (24-02-2013), Koala (11-03-2013), ruicoelho (24-02-2013)
23-02-2013, 08:44 PM
Resposta: #8
RE: Sobre a "alma humana".
(23-02-2013 04:14 PM)atsoc90 Escreveu:  Muito interessante, mas quanto ao crescimento das unhas póst mortem penso que será uma idéia errada pois o que, para mim, acontece, é que o corpo mirra por estar seco, dando a sensação de que as unhas cresceram..

É isto mesmo que acontece , o corpo (carne) assim como uma ameixa começa a secar (se contrair) assim como os labios que se contraiem, que dão a impressão dos dentes ficarem maiores!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a MALLBORO pelo seu post:
atsoc90 (23-02-2013), CristalShip (23-02-2013), ruicoelho (24-02-2013)
24-02-2013, 11:20 AM
Resposta: #9
RE: Sobre a "alma humana".
sinceramente penso que esse senhor era um médico entediado....ao meu ver,é contraditório acreditar em alma e ao mesmo tempo tentar mensura-la

Olho por olho, a humanidade ficará cega
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 1 usuário disse obrigado a Eduardo - Unholy Confessions pelo seu post:
ruicoelho (24-02-2013)
24-02-2013, 01:26 PM (Resposta editada pela última vez em: 24-02-2013 01:28 PM por ruicoelho.)
Resposta: #10
RE: Sobre a "alma humana".
(23-02-2013 08:44 PM)MALLBORO Escreveu:  É isto mesmo que acontece , o corpo (carne) assim como uma ameixa começa a secar (se contrair) assim como os labios que se contraiem, que dão a impressão dos dentes ficarem maiores!

Meu amigo: no entanto na Idade Média a ciência não sabia explicar issoassim. e ainda mais. Que dizer da incorruptibilidade de alguns corpos? Passados dezenas de anos são exumados e parecem aparentemente estar intactos. Existe em Portugal um santuário (embora não reconhecido pela liturgia católica) onde uma suposta santa continua a ser venerada por esse facto.


[Imagem: ng1150241.jpg]


Destes cultos não reconhecidos pela Igreja, a Santa Maria Adelaide, em Arcozelo, é um dos mais conhecidos, talvez o maior de Portugal. À frente está a Junta de Freguesia de Arcozelo. «É uma situação que nenhum de nós poderá concretamente explicar a não ser pelo facto da Igreja não reconhecer a Santa Maria Adelaide, nem a ter santificado. «O povo se sobrepôs à vontade da Igreja e manifesta um culto à Santa Maria Adelaide que, independentemente das convicções religiosas ou crenças de cada um, deverá ser respeitado e ser admitido».


[Imagem: ng1150236.jpg]

Fonte para ler na integra: http://www.zerozero.pt/entidade.php?id=160

(23-02-2013 08:25 PM)Redfoca Escreveu:  Se não refizerem estes estudos, vamos ficar sem concluir. Uma pena.

Pois é caro amigo Redfoca, mas penso que isso se fosse respondido tiraria uma parte da nossa razão de existir. É belo e bom, saber que existe algo em nós que não sabemos responder. Embora goste de factos científicos esclarecidos, tenho dúvidas se gostaria de saber ao certo se sou um ser com alma ou sem alma. Fico-me pela dúvida. Para além de como referi anteriormente, não ter a certeza da validade desta experiência. Pelo menos em termos de ciência pura. Vamos continuar o nosso debate e, ficar à espera de mais respostas dos nossos colegas. Afinal temos alma? Afinal se sim, será material? Alguém disse que "o assento da alma estava no coração" !!! O coração está relacionado com as emoções, não é curioso.


(23-02-2013 08:20 PM)atsoc90 Escreveu:  "O homem pode viver 100 anos na cidade sem perceber que já está morto há muito tempo"

Amigo: e teria muita razão. Existem pessoas que não vivem, simplesmente existem. O sentido da vida é dado por cada um de nós, por isso somos dotados de razão e livre arbítrio. Uma existência unicamente virada para o materialismo, em nada enobrece o ser humano e a sua passagem por este mundo é vazia e sem significado. O que nos torna vivos, são os objectivos, os sonhos, os prazeres, a interajuda com o nosso semelhante e os afectos e sentimentos. Mas na realidade e infelizmente cada vez mais, somos vitimas da sociedade de consumo, que nos torna seres sonâmbulos e alienados desta realidade tão bela que é: Estar vivo.


(23-02-2013 07:04 PM)A.Xavier Escreveu:  E existem aqueles que são céticos. Simplesmente vivem até morrerem. (1)
Creio que exista o espírito mais que não possa ser pesado. (2)
Quando estamos mortos? Vai depender de cada um! (3)

Meu grande amigo, obrigado pela resposta, mais uma vez bom material para reflexão e conclusões sábias. Tentarei responder consoante meu parco conhecimento na matéria. Aliás penso que todos nós devemos assumir que este tema da morte irá continuar um grande mistério durante a existência do ser humano.

(1) Existem sábios que dizem, "só morre quem quer". Isto porque quem acredita que permanecerá vivo após a sua morte física, assim ficará embora num outro plano de energia menos densa. Quem não acredita, simplesmente o seu (eu) perde a identidade no universo sem fim.
(2) De facto espírito tem um sentido imaterial, como tal será em teoria desprovido das características da matéria. Penso que a experiência teria como finalidade provar que a diferença de peso antes e depois da morte, revelaria que algo justificaria esta diferença. Este algo, seria a tal "alma humana" Não sei até que ponto esta experiência terá validade cientifica, ou será mais uma coisa excêntrica. Vale o que vale. Penso que cada um de nós lhe deve dar a devida importância. Não deixa no entanto de ser mais do que uma curiosidade de um homem. Só prova que queremos encontrar respostas para o que nos intriga.
(3) "Um homem pode morrer em paz, quando já tiver feito um filho, plantado uma árvore e escrito um livro". isto é o que se diz por aqui na minha cidade e no meu país. Quanto a mim, o homem só morre verdadeiramente, quando deixa de ser lembrado pelos amigos que por cá ficaram. Quando se deixa de falar sobre o que morreu, sim, este morreu mesmo, pois nem na memória já resta algo que confirme a sua vida. Depois tem a tal questão da vida após a morte, mas isso sim, entendo que pertence a cada um decidir. Se acredita, continua vivendo, se não acredita, simplesmente se desvanece.



(23-02-2013 06:18 PM)atsoc90 Escreveu:  Para si, muito sinceramente, apesar de se informar e pesquisar sobre este assunto da morte, o que sente realmente que há? se é que há alguma coisa?

Obrigado pela participação, todas são úteis e acabam por enriquecer o nosso conhecimento geral. Relativamente ao fenómeno da morte, a conversa se alongaria de tal modo que seria muito difícil de abordar aqui numa simples resposta. Portanto quanto à sua pergunta eu digo o seguinte:
Podemos dividir logo de inicio a morte (como fenómeno) em duas vertentes. O lado mais religioso com suas análises teológicas e o lado mais cientifico e objectivo com bases em observação de factos e fenómenos concretos.
Relativamente ao aspecto religioso, tenho pouco a dizer. Sei que quem pratica e tem fé, acredita numa volta triunfante no dia do Juízo final. Independente de após a morte e o julgamento da sua alma, esta rumar para um dos 3 estados de que fala a Igreja. Céu, Purgatório e Inferno. Me abstenho, pois poderia estar a dizer besteira.
Ainda uma explicação intermédia, referem as psêudo ciências esotéricas, a alma após a morte tem uma viagem a fazer e, ou permanece num estado de beatitude infinita pois atingiu a iluminação, ou retorna, confirmando assim as teorias da reencarnação das filosofias orientais. Já no espiritismo, pode a alma permanecer por este mundo tridimensional e, até interagir com os membros que lhe eram chegados.
Na ciência médica, todos estes dilemas e questões, são substituídos por outros mais objectivos e, confirmados pela observação, quer tecnológica quer praticamente. Mas, mesmo a ciência médica, ao longo do tempo teve que ir alterando as suas decisões. E foi este o motivo pelo qual coloquei o tópico. Hoje em dia chegámos a um ponto, em que o médico substitui a natureza e Deus. A distanásia e a eutanásia são prova disso. Podemos não só adiar a morte, com as ressuscitações cárdio-respiratórias e outras técnicas de transplantes, como podemos fazer morrer, manter morto e, quando se quiser, trazer de volta a pessoa. A medicina pode também alterar o curso normal da vida do doente que, sem assistência médica morreria em poucas horas. Pode-se prolongar a vida (embora artificialmente) por tempo indeterminado.
Aqui, entra então aquilo que penso que diz respeito à alma, espírito, corpo vital etc... após a morte. Até mesmo a ciência reconhece que declarada a morte do corpo, este mantém ainda em si, uma energia vital que se vai enfraquecendo com o correr do tempo. Algo de muito subtil, vai abandonando o corpo cadáver, até que por fim este se torne num monte de matéria inerte. Esta situação me tem feito pensar e, chegar à conclusão, de que de facto não somos só um monte de osso e carne que vagueia por este mundo. Penso que existirá de facto em nós algo de transcendente que nos dá a energia da vida e nos acompanha até ao fim da mesma. Esse facto, ou essa falada energia, pode muito bem ser apelidado da "Alma Humana". Acredito sim, que somos feitos de uma parte física e permeados por uma energia de cariz não físico que nos torna diferentes dos outros seres vivos. A questão agora é saber, o que acontece a essa energia (Alma) depois que o corpo torna ao seu estado inicial ou seja, à terra. "Do pó vieste ao pó tornarás".

A morte e a consciência da mesma é o que nos torna diferentes de todos os outros seres vivos. Temos conhecimento da nossa finitude
e, mais grave ainda, temos medo do desconhecido terreno que está para além de... Certamente que será o maior enigma que a ciência tem para resolver. O mistério da vida/morte.

“Seja como for, a grandiosa revolução humana de uma única pessoa irá um dia impulsionar a mudança total do destino de um país e, além disso, será capaz de transformar o destino de toda a humanidade.”
Encontrar todas as respostas deste usuário
Adiciona agradecimento Citar esta mensagem em uma resposta
[-] O(s) seguinte(s) 3 usuários diz(em) obrigado a ruicoelho pelo seu post:
atsoc90 (24-02-2013), Minerim (24-02-2013), Redfoca (24-02-2013)
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas Visualizações: Última Resposta
  O Viajante do Tempo John Titor - Saiba mais sobre ele. Um dos maiores mistérios Bruno Ottoni 40 27,828 28-03-2014 05:00 PM
Última Resposta: Dom Ramón Valdés "tripa seca"
Exclamation Estou com um mal pressentimento sobre amanhã, 6 de fevereiro Tabosa 28 11,443 07-02-2013 11:05 AM
Última Resposta: pequeno gafanhoto
  Cão fica de guarda sobre o túmulo do falecido proprietário faz 6 anos WaitingForTheEnd 0 1,512 15-09-2012 03:54 PM
Última Resposta: WaitingForTheEnd
  Podem Estar Mentindo Sobre Marte Andre Specker 10 6,694 14-08-2012 11:15 AM
Última Resposta: yoshiki

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes
Tópicos relacionados...

Publicidade:
Anuncie no Fórum Anti-Nova Ordem Mundial

Recomende o Fórum


Sites Associados: Dossiê Vacina HPV
Registro de Efeitos Adversos das Vacinas
Rastreando Chemtrails
Site Notícias Naturais
Fórum Notícias Naturais Blog Anti-Nova Ordem Mundial

Pesquisar

(Pesquisa Avançada)

Olá, Visitante
Olá Visitante!
Para participar do fórum, é necessário se Registrar.



  

Senha
  





Usuários Online
Existem no momento 157 usuários online.
» 10 Membros | 147 Visitantes
DanDias, GabiiZ, Guinaldo, jjmac, Littlejohnbr, luchmalaq, naste.de.lumina, Petrus Praeliator, Starolive

Estatísticas do Fórum
» Membros: 13,779
» Último Membro: paschoal
» Tópicos do Fórum: 18,530
» Respostas do Fórum: 175,065

Estatísticas Completas

Tópicos Recentes
[Brasil Totalitário] A Desmilitarização da PM e a ONU
Última Resposta Por: luchmalaq
Hoje 11:25 PM
» Respostas: 12
» Visualizações: 773
Congressistas republicanos conseguem autorização para processar Obama
Última Resposta Por: Urtiga
Hoje 11:17 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 190
Dr.Antony Sutton e o papel da Skull and Bones na História Moderna
Última Resposta Por: naste.de.lumina
Hoje 10:56 PM
» Respostas: 14
» Visualizações: 733
Dois novos buracos gigantes são encontrados na Sibéria, e cientistas estão perplexos
Última Resposta Por: Paulo2011
Hoje 10:05 PM
» Respostas: 8
» Visualizações: 1671
Rússia oferece recompensa para quem 'quebrar' rede Tor
Última Resposta Por: karashy
Hoje 10:00 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 661
Físicos russos fazem campanha para a reconstrução da Torre Wardenclyffe de Tesla
Última Resposta Por: Paulo2011
Hoje 09:58 PM
» Respostas: 13
» Visualizações: 950
Israel ataca 20 alvos na Faixa de Gaza
Última Resposta Por: Henriquepp30
Hoje 08:54 PM
» Respostas: 32
» Visualizações: 2428
Mosquitos Trangênicos - Com a benção de Bill Gates
Última Resposta Por: WithoutDoctrine
Hoje 08:47 PM
» Respostas: 8
» Visualizações: 1030
Vírus Ebola Mortal, agora "uma ameaça regional", se espalha para capital de Guiné
Última Resposta Por: Henriquepp30
Hoje 08:41 PM
» Respostas: 22
» Visualizações: 4299
Globalistas no poder: 'Comissão Trilateral' quer impor candidatura de Aécio Neves
Última Resposta Por: Dave Wilderwein
Hoje 08:38 PM
» Respostas: 13
» Visualizações: 5459
[Atualizações] EUA-Rússia: A Nova Guerra Fria?
Última Resposta Por: Henriquepp30
Hoje 08:32 PM
» Respostas: 62
» Visualizações: 11318
A realidade brasileira em qual vivemos
Última Resposta Por: Javelin
Hoje 07:42 PM
» Respostas: 4
» Visualizações: 2511
[Atualizações] Conflitos na Ucrânia
Última Resposta Por: Henriquepp30
Hoje 07:35 PM
» Respostas: 432
» Visualizações: 74831
Cem anos após a 1ª, quais as chances de uma 3ª guerra mundial?
Última Resposta Por: Henriquepp30
Hoje 07:23 PM
» Respostas: 11
» Visualizações: 2330
Enéas Carneiro fala sobre o Homossexualismo
Última Resposta Por: Guinaldo
Hoje 07:06 PM
» Respostas: 15
» Visualizações: 2566
As Raízes Satânicas da Música Rock
Última Resposta Por: peagha
Hoje 06:02 PM
» Respostas: 76
» Visualizações: 5858
Rastrear os Chemtrails no Brasil - Ajude
Última Resposta Por: WithoutDoctrine
Hoje 05:54 PM
» Respostas: 498
» Visualizações: 179359
A União Europeia vai proibir imagens públicas da família natural e tradicional.
Última Resposta Por: Spectro
Hoje 04:40 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 3376
Dilma e a inauguração do Templo de Salomão
Última Resposta Por: Bill Goldberg
Hoje 04:01 PM
» Respostas: 41
» Visualizações: 5851
[Israel e Palestina] Não há clichê jornalístico que esconda a realidade
Última Resposta Por: canismajoris9
Hoje 01:48 PM
» Respostas: 42
» Visualizações: 6734
Como prosperar em tempos de crise?
Última Resposta Por: Eduardo - Unholy Confessions
Hoje 11:20 AM
» Respostas: 13
» Visualizações: 932
Policia diz que ativistas preparavam bombas para marcar a final da copa
Última Resposta Por: Guinaldo
Hoje 09:04 AM
» Respostas: 36
» Visualizações: 2202
Sanções contra Rússia: quem terá mais prejuízos
Última Resposta Por: Henriquepp30
Ontem 11:20 PM
» Respostas: 27
» Visualizações: 2320
Holograma de Michael Jackson no Billboard Music Awards propaga a Agenda Illuminati
Última Resposta Por: Spectro
Ontem 10:58 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 846
O fim do Brasil
Última Resposta Por: djaga
Ontem 10:40 PM
» Respostas: 31
» Visualizações: 3683
Falha de segurança no Android deixou 82% dos smartphones em risco
Última Resposta Por: Guinaldo
Ontem 10:29 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 378
Melatonina - O Super Hormônio
Última Resposta Por: Ricardo capistrano
Ontem 09:15 PM
» Respostas: 6
» Visualizações: 2896
Vida Real -Apocolypto de Gaza!
Última Resposta Por: GU4RD1ÃO
Ontem 03:04 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 671
Sobre o destino condenado de Israel
Última Resposta Por: GU4RD1ÃO
Ontem 02:42 PM
» Respostas: 0
» Visualizações: 651
Acredite: A Palavra Heterossexual Encontra-se em Extinção nas Línguas de Todo o Mundo
Última Resposta Por: luchmalaq
Ontem 02:15 PM
» Respostas: 22
» Visualizações: 1359

Lista completa de tópicos

Divulgue o fórum em seu site!

Camisetas:
camisetas resista à nova ordem mundial